Você está na página 1de 4

UFRGS - UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL

EE - ESCOLA DE ENGENHARIA
DELET - DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA
PLANO DE ENSINO
ENG04464 – INSTALAÇÕES ELÉTRICAS
PERÍODO LETIVO: 2008/1

1. IDENTIFICAÇÃO.

Nome do Departamento: DELET - DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA (http://www.ufrgs.br/delet/)

Nome da Atividade de Ensino: - ENG04464 – INSTALAÇÕES ELÉTRICAS


Cursos(s) de Oferecimento: - 101.00 ENGENHARIA CIVIL

Caráter: - Obrigatória

Pré-requisitos por Curso:


ENG04453 - Eletricidade
CRE000135

Etapa Aconselhada no Curso: - 09

Professor Regente:

Corpo Docente:
André Borin Soares; borin@eletro.ufrgs.br; Fone: 33083136

Súmula: Projeto de instalações elétricas e telefônicas prediais.

Regulamento ou Plano de Atividades: - O ensino se desenvolverá em aula teórica e aula de exercícios.

Créditos: - 4

Carga Horária: - 4 horas semanais

Horários e Salas:

-Turma U- Segunda-feira 10:30 , Quarta-feira 10:30


-Turma V- Segunda-feira 18:30 , Quarta-feira 18:30

2. OBJETIVOS.
Fornecer o embasamento teórico-prático necessário ao convívio harmônico e seguro das pessoas com a
eletricidade, ressaltando sua importância e seus usos mais freqüentes. Apresentar a teoria básica e as normas
técnicas aplicáveis às instalações elétricas. Aplicação de técnicas para elaboração de projetos elétricos
prediais de baixa tensão.

3. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO NA FORMA DE UNIDADES OU SEQÜÊNCIAS.


1-Apresentação; esclarecimentos; exposição do conteúdo programático; forma de avaliação
2-Grandezas elétricas; potências: aparente,ativa, reativa; Fator de potência; tensão,corrente; sistema
elétrico brasileiro: geração, transmissão, distribuição,consumo;
3-Simbologia elétrica; diagramas elétricos: multifilar, unifilar, funcional; dispositivos de comando e formas
de ligação:interruptores: simples,duplo,triplo;tomada de corrente.
4-Dispositivos de comando: interruptores:paralelo e cruz, formas de ligação; prescrições da NBR 5410/2004
para interruptores;localização dos interruptores.
5-Prescrições da NBR 5410/2004 para tomadas de corrente; TUG's e TUE's; localização e dimensionamento; tipos.
6-Divisão da instalação em circuitos; previsão de carga; quadro de carga; prescrição da NBR 5410/2004 para
centros de distribuição;localização e dimensionamento dos centros de distribuição
7-Condutores elétricos: especificações, tipos de encordoamento, isolação e isolamento, materiais
constituintes,composição; carga instalada e carga demandada.
8-Condutores elétricos: dimensionamento: linhas elétricas, modos de instalação, critérios de dimensionamento:
capacidade de corrente, fatores de correção (temperatura e agrupamento).
9-Critérios de dimensionamento: queda de tensão; limites de queda de tensão em circuitos elétricos de acordo
com a NBR 5410/2004
10-Eletrodutos: materiais empregados, tipos, taxas máximas de ocupação de acordo com a NBR 5410/2004;
dimensionamento. Prescrições da NBR 5410/2004 para aplicações das caixas de derivação e passagem.
11-Sistemas de aterramento: TN, TNC, TNS, TNC-S; TT;IT. Efeitos da corrente elétrica no corpo humano;tensão
de contato;tensão de passo; prescrições da NBR 5410/2004 para proteção contra contatos diretos.
12-Dispositivos de proteção contra sobrecorrente, sobretensão e choques elétricos;fusíveis, disjuntores,
dimensionamento e características; prescrições da NBR 5410/2004.
13-Dispositivos de proteção: interruptores DR, disjuntores DR, DPS; dimensionamento e características,
prescrições da NBR 5410/2004 e 5419/2001; exemplo de instalação de SPDA.
14-Projeto de instalações telefônicas
15-Projeto de instalações de TV (convencional e cabo)
16-Entrada de energia, alimentador, ramal de ligação e medição para consumidor individual.
17-Exercício (exemplo) de utilização de RICBT para dimensionamento completo da entrada de energia individual.
Fator de demanda e diversidade;coluna montante,medição de energia coletiva.
18-Especificações do cubículo da subestação transformadora
19-Exercício (exemplo) de utilização do RICBT para dimensionamento da entrada de energia coletiva.
20-Luminotécnica: conceitos básicos: parâmetros de iluminamento;
21-Lâmpada incandescente; lâmpadas à descarga;
22-Fluorescente, vapor de mercúrio, vapor de sódio, mista;
23-Exemplo de cálculo luminotécnico
24-Iluminação de emergência:prescrições da norma 10898, detalhes para projeto.

4. METODOLOGIA ADOTADA

Nas aulas teóricas serão apresentados os conceitos básicos para o projeto de instalações elétricas,
abrangendo o conteúdo citado. Nas aulas de exercícios serão resolvidos alguns exemplos de forma a consolidar
os conteúdos apresentados.

5. CRONOGRAMA DE ATIVIDADES.

Semana Data Conteúdo Previsto


1 03/03/2008 1
05/03/2008 2
2 10/03/2008 3
12/03/2008 4
3 17/03/2008 5
19/03/2008 6
4 24/03/2008 7
26/03/2008 8
5 31/03/2008 9
02/04/2008 10
6 07/04/2008 11
09/04/2008 AULA EXERCICIOS
7 14/04/2008 Prova PI
16/04/2008 12
8 21/04/2008 FERIADO
23/04/2008 13
9 28/04/2008 14
30/04/2008 15
10 05/05/2008 16
07/05/2008 17
11 12/05/2008 18
14/05/2008 19
12 19/05/2008 20
21/05/2008 21
13 26/05/2008 SEMANA ACADEMICA
28/05/2008 SEMANA ACADEMICA
14 02/06/2008 22
04/06/2008 23
15 09/06/2008 24
11/06/2008 AULA EXERCICIOS
16 16/06/2008 AULA EXERCICIOS
18/06/2008 Prova PII
17 23/06/2008 Entrega dos trabalhos
25/06/2008 Esclarecimento de dúvidas para o exame
18 30/06/2008 Publicação dos conceitos e devolução dos trabalhos
02/07/2008 Exame
19 07/07/2008 Conceitos finais
6. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO.

Serão realizadas duas provas individuais, PI e PII, abrangendo, cumulativamente, os conteúdos desenvolvidos
nas aulas e um trabalho PE (projeto elétrico de uma residência unifamiliar) em grupo de, no máximo,6 (seis)
alunos. A nota média NM será calculada da seguinte forma:
NM=(PI+PII+PE)/3

Será atribuído de acordo com a seguinte tabela para a Nota final:

9,0 ≤ A ≤ 10,0
7,5 ≤ B < 9,0
6,0 ≤ C < 7,5
0,0 ≤ D < 6,0
FF = falta de freqüência < 75%

Nota Mínima: O aluno com qualquer uma das 3 notas (PI, PII ou PE) inferior a 4,0 estará automaticamente em
exame.

Será reprovado por Falta de Freqüência (FF), o aluno que obtiver freqüência inferior a 75%, do período de
aulas ministradas no semestre, de acordo com o Regimento Geral da Universidade (RGU), Art. 134: “É
obrigatória a freqüência dos alunos às atividades didáticas, considerando-se reprovado aquele que, ao término
do período letivo, houver deixado de freqüentar mais de 25 % (vinte e cinco por cento) da carga horária
prevista no plano da disciplina.”

7. ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO.
Recuperação: o aluno é considerado recuperável e, portanto, apto a realizar uma avaliação final, a título de
recuperação, se a média das notas (NM) estiver no intervalo:

3,0 ≤ NM < 6,0


A nota final será considerada, para fins de conceito final,a nota obtida na prova de recuperação, atribuindo-
se a esta os conceitos expressos anteriormente.

8. BIBLIOGRAFIA BÁSICA.

NBR 5410/2004 - instalações elétricas de baixa tensão,ABNT;


NBR 5419/2004 - sistema de proteção contra descargas atmosféricas, ABNT;
RIC BT ed. Maio 2004 – regulamento de instalações consumidoras em baixa tensão, CEEE, RGE, AESSUL
Instalações Elétricas – Ademaro Cotrim – ed. McGraw-Hill
Instalações Elétricas – Hélio Creder – ed. Livros Técnicos e Científicos
Aterramento Elétrico – Geraldo Kindermann e Jorge M Campagnolo – MM Editora
Projeto de Instalações Elétricas Prediais – Domingos Leite Lima Filho – ed. Erica

9. ALGUMAS DATAS IMPORTANTES DO CALENDÁRIO UFRGS 2008/1.

03/03/2008 - INÍCIO DAS AULAS do 1º Período Letivo (2008/1).

03/03 a partir das 8h até 07/03/2008 às 18h - AJUSTE DE MATRÍCULA PELA INTERNET: Período de solicitação do
Ajuste de Matrícula, para o 1º Período Letivo de 2008 (2008/1), via Portal do Aluno.

03/03/2008 - RECEPÇÃO AO CALOURO: Recepção aos calouros nas Unidades de Ensino, com realização de atividades
de integração conforme programa específico.

07/03/2008 - CANCELAMENTO DE MATRÍCULA EM DISCIPLINAS, VIA INTERNET: Data limite para efetuar Cancelamento de
Matrícula nas disciplinas do 1º Período Letivo de 2008 (2008/1), via Portal do Aluno.

11/03/2008 - DIVULGAÇÃO DO RESULTADO DO AJUSTE DE MATRÍCULA: Divulgação dos resultados de Ajuste de


matrícula, pela Internet.

14/03/2008 - TRANCAMENTO DE MATRÍCULA, VIA INTERNET: Data limite para efetuar o Trancamento de Matrícula ou
Renovação de Trancamento de Matrícula, no Período 2008/1, para alunos aptos à matrícula e que não a tenham
efetuado no prazo hábil (exceto calouros ingressantes no semestre), via Portal do Aluno.

21/03/2008 – Paixão de Cristo

31/03/2008 - PLANOS DE ENSINO: Data limite para os Departamentos entregarem às Comissões de Graduação, os
Planos de Ensino das Disciplinas do 1º Período Letivo de 2008 (2008/1). As Comissões de Graduação deverão
encaminhar cópia dos Planos de Ensino ao DECORDI.

21/04/2008 – Tiradentes

01/05/2008 – Dia Internacional do Trabalho

22/05/2008 – Corpus Christi

26/05 a 30/05/2008 - SEMANA ACADÊMICA (Período estabelecido para valorizar a realização de atividades
acadêmicas na Universidade como um todo ou especificamente nas Unidades, tais como: o Salão de Extensão,
palestras, seminários e fóruns e o Salão de Iniciação Científica, palestras, seminários e fóruns. Sugere-se
que os estudantes sejam liberados para apresentação de seus trabalhos.)

13/06/2008 - TRANCAMENTO DE MATRÍCULA VIA INTERNET: Data limite para efetuar Trancamento de Matrícula no
semestre corrente, para alunos regularmente matriculados em 2008/1, via Portal do Aluno.
10/07/2008 - VINCULAÇÃO DOS DOCENTES: Data Limite para registro dos Docentes responsáveis pelas disciplinas,
no Sistema de Informações Acadêmicas , para apropriação dos conceitos de 2008/1.

10/07/2008 - TÉRMINO DAS AULAS do 1º Período Letivo de 2008 (2008/1).

14/07/2008 até as 18h - APROPRIAÇÃO DOS CONCEITOS: Data limite de apropriação dos conceitos relativos a
2008/1 pelos Professores das disciplinas.

14/07/2008 após as 18h - DIVULGAÇÃO DOS CONCEITOS FINAIS do 1º Período Letivo de 2008 (2008/1).

16/07/2008 até as 18h - ALTERAÇÕES DE CONCEITOS: Data e hora limite para apropriação pelos Departamentos, das
alterações de conceitos referentes a 2008/1 no Sistema de Informações Acadêmicas.

17/07/2008 - REVISÕES DE CONCEITOS: Data limite para solicitações, pelos alunos, de alterações de conceitos
do 1º Período Letivo de 2008 (2008/1) junto aos Departamentos, nos termos do Regimento Geral da Universidade.

10. ALGUMAS OBSERVAÇÕES IMPORTANTES SOBRE NORMAS NA UFRGS.

RESOLUÇÃO Nº 07/2004 do CEPE/UFRGS; Extratos do "CÓDIGO DISCIPLINAR DISCENTE".

Art. 7º - São infrações disciplinares discentes leves:


V - incumbir outra pessoa do desempenho de tarefa que seja de sua responsabilidade.

Art. 8º - São infrações disciplinares discentes médias:


I - constranger alguém a fazer o que a lei não permite, ou a fazer o que ela não manda;
VII - recorrer a meios fraudulentos para lograr aprovação, promoção ou outra vantagem, para si ou para
outrem;
VIII - devassar o conteúdo ou se apossar indevidamente de correspondência alheia; e

Art. 9º - São infrações disciplinares discentes graves:


IX - plagiar, total ou parcialmente, obras literárias, artísticas, científicas, técnicas ou culturais;
X - apresentar, em nome próprio, trabalho que não seja de sua autoria;
XI - divulgar, ceder ou comercializar, sem a autorização da autoridade competente, dados relativos a
pesquisas da Universidade;
XII - acessar computadores, softwares, dados, informações, redes ou porções restritas do sistema
computacional da Universidade, sem a devida autorização, prejudicando, sob qualquer forma, o seu normal
funcionamento; e

Art. 10 - São infrações disciplinares estudantis gravíssimas:


I - destruir ou inutilizar o patrimônio histórico, artístico, científico, cultural ou ambiental da
Universidade;

11. NOTA DA CHEFIA DO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA:

O DELET não autoriza que alunos freqüentem disciplinas/turmas para as quais não
estejam regularmente matriculados e não reconhece as atividades realizadas de tal
forma •