Você está na página 1de 13

Electrónica de Potencia 2009/10

RELATÓRIO DE ELECTRÓNICA
DE POTÊNCIA LEEC

Departamento de Engenharia Electrotécnica


Instituto Superior de Engenharia do Porto
1º SEMESTRE 2009/2010

X
Vitor Renato Almeida Soares
1050808
1
Electrónica de Potencia 2009/10

Índice
Introdução ........................................................................................................................ 3
1ª Parte com T=25ms e Ton= 10ms ................................................................................... 4
Forma da tensão e da corrente na carga. (ver anexo).................................................. 4
Valor máximo da corrente no primeiro período. ......................................................... 4
Determinação de CT .................................................................................................. 5
Determinação de Imáximo no primeiro período........................................................... 5
Determinação de Iminimo no primeiro período. .......................................................... 6
Valor médio da corrente e da tensão ........................................................................... 6
Determinação da tensão média. ............................................................................... 6
Determinação da corrente média. ............................................................................ 7
2ª Parte com T=25ms e Ton= 1ms ..................................................................................... 8
Forma da tensão e da corrente na carga. (ver anexo 2)............................................... 8
Valor máximo da corrente no primeiro período. ......................................................... 8
Determinação de CT .................................................................................................. 9
Determinação de Imáximo no primeiro periodo........................................................... 9
Determinação de Iminimo no primeiro periodo. .......................................................... 9
Valor médio da corrente e da tensão ......................................................................... 10
Conclusão: ................................................................................................................... 11
Biografia .......................................................................................................................... 11
Software ......................................................................................................................... 11
Anexo 2 ........................................................................................................................... 13

2
Electrónica de Potencia 2009/10

Introdução
Em muitas aplicações industriais, é necessário converter uma fonte de tensão CC
fixa em uma fonte de tensão CC variável. Um chopper pode ser considerado o
equivalente em CC de um transformador CA com uma relação de espiras
continuamente variável. Da mesma maneira que um transformador, ele pode ser
utilizado para baixar ou elevar a tensão de uma fonte CC.
Os choppers são amplamente utilizados para o controlo de tracção de motores em
automóveis eléctricos, trolebus, quinastes marinhos, empilhadores de
almoxarifados, transportadores em minas etc… Eles fornecem controlo de
aceleração suave, alta eficiência e resposta dinâmica rápida. Os choppers podem
ser usados na frenagem regenerativa de máquinas de corrente contínua (MCC),
para devolver energia á fonte de alimentação, e essa característica resulta em
economia de energia para sistemas de transporte com um indutor para gerar uma
fonte de corrente CC, especialmente para os inversores do tipo fonte de corrente.

Choppers tipo C

Fig. 1 Montagem conversora CC-CC.

Este chopper tipo C é uma combinação dos choppes de tipo A e B, trabalhando no primeiro
e segundo quadrante podendo regenerar energia para a fonte!

3
Electrónica de Potencia 2009/10

1ª Parte com T=25ms e Ton= 10ms

Forma da tensão e da corrente na carga. (ver anexo)

Fig.2 Gráfico da tensão e da corrente na carga.

Este circuito tem dois regimes de funcionamento, o primeiro quando a bobine está
a carregar e segundo quando a bobine esta a descarregar. No primeiro regime do
primeiro período a corrente inicial é nula Mosfet 1 entra em condução até aos
10ms, a bobine está carregada e vai descarregar através de D2 ate a corrente de
anular (este diodo faz de roda livre), quando a corrente se anula D2 deixa de
conduzir e Mosfet 2 é polarizado e entra em condução ate ao final do período.
Neste instante a corrente na carga é negativa e Mosfet 1 não está polarizado para
entrar em condução, no entanto D1 está em condições de conduzir (o chopper está
a funcionar no segundo quadrante e a fornecer energia á fonte) até a corrente se
anular e Mosfet 1 estar polarizado para entrar em condução.

Valor máximo da corrente no primeiro período.


A corrente atinge o valor máximo ao fim de Ton e depois baixa até atingir o valor mínimo
ao final do período T, enquanto o circuito não estabiliza a corrente mínima e máxima vão
variar pelo que para as determinar num determinado período seria necessário calcular as
correntes de todos os períodos anteriores já que dependem do valor anterior.

𝑅 𝑉𝐷𝐶 − 𝐸
𝑖 𝑡 = 𝐶𝑇 𝑒 − 𝐿 .𝑡 +
𝑅

4
Electrónica de Potencia 2009/10
Determinação de CT
𝑅 𝑉𝐷𝐶 − 𝐸
𝐼𝑖𝑛𝑖𝑐𝑖𝑎𝑙 = 𝑖 0 = 𝐶𝑇 𝑒−𝐿 .𝑡 + =0
𝑅
𝑉𝐷𝐶 − 𝐸
𝐶𝑇 =
𝑅
120 − 40
𝐶𝑇 = − = −320
250𝑚

Determinação de Imáximo no primeiro período.

𝑅 𝑉𝐷𝐶 − 𝐸
𝐼𝑚á𝑥 = 𝑖 𝑇𝑜𝑛 = 𝐶𝑇 𝑒−𝐿 .𝑇𝑜𝑛 +
𝑅

250
×10×10−3 120 − 40
𝐼𝑚á𝑥 = −320𝑒− 2 + = 228,3 𝐴
250 × 10−3

Fig.3 Valor máximo da corrente no primeiro período.

5
Electrónica de Potencia 2009/10
Determinação de Iminimo no primeiro período.

𝑅 𝐸 𝑅
𝐼𝑚𝑖𝑛 = 𝐼𝑚á𝑥 𝑒−𝐿 .(𝑇−𝑇𝑜𝑛) − 1 − 𝑒−𝐿 .(𝑇−𝑇𝑜𝑛 )
𝑅

250
×(25×10−3 −10×10−3 ) 40 250 −3 −3
𝐼𝑚𝑖𝑛 = 228.3𝑒− 2 − −3
1 − 𝑒− 2 ×(25×10 −10×10 ) = −101 𝐴
250 × 10

Fig.4 Valor mínimo da corrente no primeiro período.

Valor médio da corrente e da tensão

Determinação da tensão média.


A determinação da tensão média é resolvida através da seguinte fórmula:

−3
1 Ton 1 10×10
𝑉0 médio = 𝑉0 dt = 120 𝑑𝑡 = 48 𝑉
T 0 25 × 10−3 0

6
Electrónica de Potencia 2009/10
Determinação da corrente média.
Para a determinação da corrente média faz-se uma aproximação pela fórmula a
baixo embora o valor não seja exacto é muito aproximado como se pode verificar
na simulação.

𝐼𝑚á𝑥 + 𝐼𝑚𝑖𝑛 228,3 − 101


𝐼0 médio = = = 63,65 A
2 2

Fig.5 Gráfico da tensão média e da corrente média na carga.

7
Electrónica de Potencia 2009/10

2ª Parte com T=25ms e Ton= 1ms

Forma da tensão e da corrente na carga. (ver anexo 2)

Fig.6 Gráfico da tensão e da corrente na carga.

Embora o circuito seja o mesmo que foi estudado na primeira parte do trabalho,
com estes novos parâmetros ele irá se comportar de maneira diferente. Pelo
gráfico da corrente e tensão na carga é evidente que este só irá funcionar no
primeiro quadrante e o Mosfet 2 nunca estará polarizado de forma a entrar em
condução, posto isto o funcionamento baseia-se num chopper tipo A, Mosfet 1
conduz ate ao fim de Ton e em seguida D2 faz de roda livre, como a corrente não se
anula Mosfet 2 não entra em condução.

Valor máximo da corrente no primeiro período.


Para a resolução desta questão serão utilizado os mesmos métodos que na 1ª
parte.

𝑅 𝑉𝐷𝐶 − 𝐸
𝑖 𝑡 = 𝐶𝑇 𝑒 − 𝐿 .𝑡 +
𝑅

8
Electrónica de Potencia 2009/10
Determinação de CT

𝑅 𝑉𝐷𝐶 − 𝐸
𝐼𝑖𝑛𝑖𝑐𝑖𝑎𝑙 = 𝑖 0 = 𝐶𝑇 𝑒−𝐿 .𝑡 + =0
𝑅
𝑉𝐷𝐶 − 𝐸
𝐶𝑇 =
𝑅
120 − 40
𝐶𝑇 = − = −320
250𝑚

Determinação de Imáximo no primeiro periodo.

𝑅 250
𝑉𝐷𝐶 −𝐸 ×1×10−3 120−40
𝐼𝑚á𝑥 = 𝑖 𝑇𝑜𝑛 = 𝐶𝑇 𝑒−𝐿 .𝑇𝑜𝑛 + 𝐼𝑚á𝑥 = −320𝑒− 2 + 250×10−3 = 37,6 𝐴
𝑅

Fig.7 Valor máximo da corrente no primeiro período.

Determinação de Iminimo no primeiro periodo.

𝑅 𝐸 𝑅
𝐼𝑚𝑖𝑛 = 𝐼𝑚á𝑥 𝑒−𝐿 .(𝑇−𝑇𝑜𝑛) − 1 − 𝑒−𝐿 .(𝑇−𝑇𝑜𝑛 )
𝑅

250
×(2,5×10−3 −1×10−3 ) 40 250
×(2,5×10−3 −1×10−3 )
𝐼𝑚𝑖𝑛 = 37,6 × 𝑒− 2 − 1 − 𝑒 −
2 = 3,8 𝐴
250 × 10−3

9
Electrónica de Potencia 2009/10

Fig.8 Valor mínimo da corrente no primeiro período.

Valor médio da corrente e da tensão

−3
1 Ton 1 1×10
𝑉0 médio = 𝑉0 dt = 120 𝑑𝑡 = 48 𝑉
T 0 2,5 × 10−3 0

𝐼𝑚á𝑥 + 𝐼𝑚𝑖𝑛 37,6 + 3,8


𝐼0 médio = = = 20,7 A
2 2

Fig.9 Gráfico da tensão média e da corrente média na carga.

10
Electrónica de Potencia 2009/10

Conclusão:
Ao longo deste relatório não foi abordado como temas os valores simulados e
obtidos, dado que, como as diferenças são mínimas, os valores simulados eram os
esperados pela solução analítica que eram de fácil resolução.
T=25ms e Ton= 10ms (1ºcaso) VS T=2,5ms e Ton= 1ms (2º caso)
Ao comparar se os resultados obtidos para o primeiro caso e para o segundo
verifica-se uma igualdade na tensão media isto deve ser as proporções serem as
mesmas, mas ao comparar a corrente média há uma grande diferença de valores
isto deve-se ao facto de Ton do primeiro causo ser superior ao do segundo para
uma constante de tempo igual, e assim a corrente sobe para um valor superior no
primeiro causo, mas também desce ao ponto de ser negativa tendo a vantagem de
se poder regenerar energia para a fonte.
Assim sendo pode-se de uma forma geral analisar a versatilidade deste tipo de
circuito.

Biografia
Power Electronics Handbook - Rashid
Power Converter Circuits – Li Zhang & William Shepherd
Industrial Electronics Series - J. David Irwin
Introduction to Power Electronics – Denis Fewson
Lessons in Electric Circuits, Volume III – Tony R. Kuphaldt
Electrónica Díodos de junção - Franclim F.Ferreira

Software
Psim
Microsoft Math
Microsoft Word
11
Electrónica de Potencia 2009/10

Anexo 1

12
Electrónica de Potencia 2009/10

Anexo 2

13