Você está na página 1de 2

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO


DIRETORIA DE ENSINO DE MAUÁ
Rua: Álvares Machado, 194 – Vila Bocaina - Mauá – CEP: 09310-020
BANCO DE QUESTÕES PARA CHECAGEM
RECUPERAÇÃO DO 1º BIMESTRE
LÍNGUA PORTUGUESA
3ª SÉRIE ENSINO MÉDIO

QUESTÃO 5

Leia os textos e responda à questão 05.


Texto I
SANEAMENTO BÁSICO

Texto II
21/02/2017 16h41 - Atualizado em 21/02/2017 16h58
Maranhão ocupa 23ª posição em saneamento básico, diz pesquisa
Somente 12,1% da população do estado tem acesso à coleta de esgoto.
São Luís ocupa a posição de número 79 no ranking das 100 cidades.
O Maranhão é um dos estados menos assistidos do país em coleta de esgoto e fornecimento de água. Os
dados foram divulgados pelo Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS) em janeiro deste
ano e mostram que apenas 12,1%, dos maranhenses têm acesso a esse tipo de serviço em relação a esgoto.
Segundo o levantamento do SNIS, no tratamento de esgoto, o Maranhão só fica à frente de estados como
Pará, Acre, Rondônia e Amapá, considerado o pior em assistência no serviço. Quando o assunto é água, o
Maranhão sobe uma posição e fica à frente do Piauí. O Maranhão tem 56,2% de cobertura neste serviço,
enquanto o Amapá é o pior, com irrisórios 3,8%.
Em um ranking das 100 maiores cidades do país, São Luís (MA) é a 79ª no quesito, segundo o levantamento
produzido pelo Instituto Trata Brasil. Apesar de oferecer serviços d’água tratada a 88,02% dos habitantes,
47,9% da população tem acesso à coleta de esgoto e somente 4,03% do esgoto produzido é tratado.
Ainda segundo o estudo, por causa da precariedade na distribuição, 28,35% dessa água se perde entre
vazamentos, roubos e ligações clandestinas, erros ou simplesmente falta de medição. A perda média entre
as 100 cidades, de acordo com o instituto, é de 36,9%. O levantamento aponta ainda que desde 2008, a
capital maranhense investiu em água e esgotos apenas R$ 68.138.968 do que foi arrecadado com os
serviços, o que corresponde a cerca de 20%.
Disponível - http://g1.globo.com/ma/maranhao/noticia/2017/02/maranhao-ocupa-23-posicao-em-saneamento-basico-diz-pesquisa.html
Acesso realizado em 14/06/2019.

Habilidade
Reconhecer diferentes formas de tratar uma informação na comparação entre textos (HQ, letra de música,
poema, trecho de romance, resenha, argumentativo) que se referem ao mesmo tema.

Questão 05.
A informação que corresponde ao que se lê no Texto I (gráfico) sobre saneamento básico, no Brasil, está
comparando os Estados da União, no Texto II refere-se
(A) à situação do Brasil em relação aos países desenvolvidos no que concerne ao saneamento básico.
(B) à discussão sobre a importância do saneamento básico e sua influência na saúde preventiva da
população.
(C) ao fato de o Estado do Maranhão ser um dos menos assistidos em saneamento em virtude do desvio de
água.
(D) ao levantamento de o Brasil estar quite com o fornecimento de água, mas possuir problemas quanto ao
esgoto.
(E) à condição do Estado do Maranhão no que diz respeito ao fornecimento de água potável e à coleta de
esgoto.

Você também pode gostar