Você está na página 1de 9

MECANISMO LEGAL

E INTERVENÇÃO BIOPSICOSOCIAL
DA DISSUASÃO DO CONSUMO DE
DROGAS
DISSUASÃO

A DISSUASÃO é um mecanismo legal de


intervenção preventiva, terapêutica e sanitária
junto dos consumidores de drogas,
responsabilizando-os pelo seu comportamento de
uso, com o objectivo de proteger a saúde
individual, e a saúde e segurança públicas.

2
OBJECTIVOS DA DISSUASÃO

 Dissuasão dos consumos;

 Prevenção e redução do uso e abuso de


drogas;

 Protecção sanitária dos consumidores e da


comunidade.

3
MODELO TEÓRICO DA DISSUASÃO

 O toxicodependente é visto como um doente que


carece de apoio;

 Intervenção precoce, específica e integrada junto


dos consumidores;

 Intervenção centrada nas características e


necessidades individuais.

4
Conceito e Evolução Legislativa

 Descriminalizar /não liberalizar

 O consumo e posse para consumo de drogas


deixou de ser crime punível com pena de prisão,
nos termos previstos no DL 15/93 e passou a ser
tipificado como um ilícito de mera ordenação
social.

 O consumidor/toxicodependente passa a ser


encarado mais como um doente que importa
tratar, mas continua a ser responsabilizado por ter
um comportamento ilícito.
5
O CONSUMIDOR DE DROGAS: DOENTE ou
CRIMINOSO?

LEI 30/2000 DE 29 DE NOVEMBRO

pretendeu-se intervir junto dos consumidores numa


lógica descriminalizadora

6
Delimitação legal da contra-ordenação por consumo de
drogas

1. Lei 30/2000 de 29 Novembro


art. 2º - o consumo, a aquisição e a detenção para
consumo próprio de quantidades necessárias ao
consumo médio individual para 10 dias das
substâncias inscritas nas tabelas I a IV anexas ao
DL 15/93 de 22 de Janeiro

2. Acórdão de fixação de jurisprudência STJ de


05.08.08
no caso de quantidades superiores, a conduta
integra o crime de consumo (art. 40º da DL 15/93
de 22 de Janeiro)

7
CDT - Comissão de Dissuasão para a
Toxicodependência

As CDT’s são as entidades competentes para


apreciação dos processos de contra-
ordenação por consumo de drogas.

Em cada uma das capitais de distrito e nas


regiões autónomas existe uma CDT para onde
são encaminhados os indivíduos encontrados
na posse para consumo ou a consumir drogas.

8
Competências das CDT’s

FACTO ILÍCITO – Autoridades de polícia e Tribunais


Notificação do Indiciado

AUDIÇÃO DO INDICIADO

AVALIAÇÃO DO ESTATUTO de consumidor, para APLICAÇÃO DE


MEDIDAS em conformidade

Toxicodependente Não Toxicodependente

Você também pode gostar