Você está na página 1de 93

rg

a 2.o
escrito por Audrey Conjat

end
em colaboração com
Wagner Quevedo,
Jocy Donato

apr
o-

ALEGRIA
ativ
str
on

a2.1 aprenda 2
dem

curso de português
livro de classe

www.aprenda2.org 1
rg
a 2.o
end
apr
o-
ativ
str
on
dem

2 ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1


PROGRAMA ALEGRIA
curso de português

rg
C

a 2.o
Falante
nível c2
Proficiente
nível c1

B
end
nível b2.2
Falante nível b2.1
Independente

A
nível b1.2

Falante
apr nível b1.1
nível a2.2
Básico nível a2.1 Você está aqui!
nível a1.2
o-
nível a1.1
ativ
str
on
dem

www.aprenda2.org/portugues

www.aprenda2.org três 3
VISUALIZAÇÃO DE MEU OBJETIVO

rg
a 2.o
Exemplo:

end
Encontrar um trabalho
Se eu pudesse definir meu objetivo em poucas
palavras, o que eu escreveria aqui?
apr
E T
xiste um estudo científico que here is a scientific study that
diz que as pessoas que escre- says people who write their
vem o seu objetivo num pedaço goal on a piece of paper, and
de papel, para depois lê-lo todos os then read it every day, is more likely to
o-

dias, têm mais chances de atingí-lo, achieve it, than people who do not write.
do que as pessoas que não escrevem. This is because you will not stop thinking
Isto porque ao ler o seu objetivo todos os about your objective if you read it everyday.
dias, você não vai deixar de pensar nele.
ativ

1) Qual é o nível que eu quero atingir?


str

Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas

A1 A2 B1 B2 C1 C2
on

Nível
dem

Nível Iniciante Nível Básico Nível Intermediário Proficiência Operativa Domínio Pleno
Independente
Eficaz

2) Dentro de quanto tempo vou alcançar o nível que eu quero?

4 quatro
ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
VISUALIZAÇÃO DE MEU PROGRESSO
45 Sistema escolar brasileiro

rg
46 História da bossa nova
47 O governo JK
48 Música Garota de Ipanema

a 2.o
22Falar sobre o seu
1 Percurso escolar percurso escolar 49 Música chega de sáudade
12 Contrações
2 Roupas 23 Contar o seu passado 50 MúsicaSambadeumanotasó
13 Revisão do presente 35 Os sons da língua
3 Maneiras de dizer Contar fatos passados 51 Música Eduardo e Mônica
do indicativo 24
portuguesa
usando o verbo ‘‘acabar’’ 52 Os bons ladrões (Paulo
14 Pretérito Perfeito (ver- 25 Contar eventos 36 As vogais orais
4 Maneiras de dizer bos regulares e irregulares) Mendes Campos)

end
usando o verbo ‘‘ficar’’
26 Comprar roupas 37 As vogais nasais 53
15 Pretérito Imperfeiro O lixo (Luis Fernando
Maneiras de dizer
27 Falar sobre roupas 38 Os ditongos nasais Verríssimo)
5 (verbos regulares e irregulares)
usando o verbo ‘‘dar’’ 28 Dar ordens 39 As consoantes
16 Perfeito vs. imperfeito 54 A cultura do boteco
6 Doenças 29 Dar conselhos 40 Diferença de pronún- 55 A receita da felicidade
17 Fazer perguntas
7 cia no Rio de Janeiro (Toquinho)
Remédios 30 Falar sobre saúde
18 Uso de advérbios
8

10
O corpo humano
Comida
Advérbios de tempo
19

20

21
Imperativo
Condicional
Pretérito Perfeito
31

32

33
apr
Ir no médico
Comprar remédio
Falar sobre comida
41

42

43

44
A sílaba tônica
‘r’ vs. ‘rr’
‘nh’ e ‘lh’
56 Receitas de comida
brasileira
57 O metrô de São Paulo
diferênça entre singu- 58 Simpatia
11 Vocabulário do roubo composto 34 Pedir na churrascaria lar e plural
o-
Vocabulário Gramática Conversação Pronúncia Cultura
ativ

A1.2

a2.1
57 58 59
A2.2
53 55 56
str

50 51 52
47 48 49
43 44 46
Nível de Conhecimento

41 42 45
36 51 75%
on

11 35 25
24 10 52
Para cada item aprendido, preencha o número 23 34 22
correspondente e visualize seu progresso.
21 9 33
50%
dem

8 7 32
19 20 31
30 18
17 16
39 6 15
38 40 14 25%
49 37
50 4 5
27 28 29

Eu
12 13 26
1 2 3
0%

www.aprenda2.org
Elementar - A2.1 cinco 5
rg
a 2.o
end
apr
o-
ativ
str
on
dem

6 seis
ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
rg
a 2.o
UNIDADE 1
end
VALE A PENA VER DE NOVO
apr
o-
ativ
str
on
dem

www.aprenda2.org sete 7
1. Gramática ativa
Unidade 3
Unidade 4
Unidade 5
Unidade 6

rg
Unidade 7
Unidade 8
Unidade 10

a 2.o
Unidade 11

end
apr
o-
ativ
str
on
dem

8 oito ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1


2. O RESTAURANTE

Trabalhe em dupla com um colega de sala.


Pergunte para ele sobre o seu restaurante/café favorito.

rg
Depois de ter completado as respostas do seu colega, continue com mais duas pessoa.

a 2.o
Restaurante Aluno 1 Aluno 2 Aluno 3

end
Nome?

Tipo de comida ?

Localização? apr
Prato preferido?
o-
Que frequência?

Com quem?
ativ

Restaurante/ café Aluno 1 Aluno 2 Aluno 3


str

Nome?
on

Prato/bebida
preferido/a ?

Localização?
dem

Atividade?

Que frequência?

Com quem?

www.aprenda2.org nove 9
3. Vamos criar um cardápio?
A comida brasileira é muito diferente da comida do seu país de origem?
Você enfrenta dificuldade para comer no Brasil? Por quê?
Que pratos típicos do Brasil você conhece?
Quando foi a última vez que comeu em um restaurante?

rg
Vamos imaginar que um amigo seu está abrindo um restaurante brasileiro na sua cidade natal.

a 2.o
Ajude-o a criar o menu.

3.1 Converse com os seus colegas de sala sobre qual seria o menu ideal para um res-
taurante brasileiro.

end
Menu

Entrada/ couvert
________________________
apr
________________________
________________________

Prato principal
________________________
o-

________________________
________________________
ativ

Sobremesa
________________________
str

________________________
________________________
on

3.2 Escreva um e-mail para o seu amigo explicando as suas escolhas.


_________________________________________________________
dem

_________________________________________________________
_________________________________________________________
_________________________________________________________
_________________________________________________________
_________________________________________________________
_________________________________________________________
_________________________________________________________
_________________________________________________________
10 dez ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
_________________________________________________________
_________________________________________________________
_________________________________________________________
_________________________________________________________
_________________________________________________________

rg
_________________________________________________________
_________________________________________________________

a 2.o
_________________________________________________________
_________________________________________________________
_________________________________________________________
_________________________________________________________

end
_________________________________________________________
_________________________________________________________
_________________________________________________________

3.3 Diálogo no restaurante


apr
Imagine um diálogo no restaurante. Um aluno faz o papel de garçom e o outro faz o papel de cliente.

Garçom Cliente
o-
Receber os clientes
Levar o menu
ativ

Oferecer as bebidas Pedir bebidas


Ler o menu

Servir as bebidas
Anotar o pedido
Pedir a comida
str

Levar a comida até a mesa


on

Agradecer ao garçom
Elogiar a comida/ fazer um
comentário
dem

Perguntar se dá para
tirar os pratos e se quer so-
bremesa e café Recusar a sobremesa e
o café
Pedir a conta

Levar a conta e pergun-


tar a forma de pagamento
Pagar e agradecer

www.aprenda2.org onze 11
3.4 Reclamações
O seu prato chegou queimado. O que você vai falar?

Você pediu um suco sem açúcar e chegou com açúcar. O que você vai falar?

Você pediu frango e chegou bife. O que você vai falar?

rg
3.5. Resumo

a 2.o
Escreva alguns pratos brasileiros.
_________________________________________________________
_________________________________________________________
_________________________________________________________

end
Quais são as formas de pagamento?
_________________________________________________________
_________________________________________________________
apr
_________________________________________________________

Pedidos
FORMAL INFORMAL
o-

Por gentiliza, você podia? Você podia...? (por favor)


O senhor poderia...? Você pode...?
Você poderia ...?
Dá para você...?
ativ

Escolhe a maneira mais adequada para solicitar algum serviço.


1) Cliente: ______________________ trazer o cardápio?
str

Garçom: Pois não, senhor.


2) Cliente: ______________________ trazer o cardápio?
Garçom: Claro que sim.
on

2) Cliente: ______________________ trazer o cardápio?


Garçom: Dá sim. É pra já.
dem

4. No Hotel
4.1 Leia a ficha e complete o diálogo.
Nome: Victor Martins
Entrada: 18.08
Saída: 21.08
Apartamento: duplo de frente
Recepcionista: Hotel Albatroz, bom dia!
Você: _____________________________________________________________________

12 doze ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1


Recepcionista: Pois não?
Você:______________________________________________________________________
Recepcionista: Para que dia é a reserva?
Você:______________________________________________________________________
Recepcionista: E quantos dias vão ficar?

rg
Você:______________________________________________________________________
Recepcionista: Apartamento duplo ou simples?

a 2.o
Você:______________________________________________________________________
Recepcionista: Para esta data só temos um apartamento duplo, de frente para rua.
Você:______________________________________________________________________

end
Recepcionista: Não muito, a rua é tranquila. O quarto é grande e tem todo conforto. O senhor
vai gostar.
Você:______________________________________________________________________
Recepcionista: A reserva é em nome de quem?

apr
Você:______________________________________________________________________
Recepcionista: Muito Bem, está reservado. Muito obrigado. Até logo.

4.2 Uma carta. Complete com as palavras da caixa.


o-
DIÁRIA, ESTAR, FICAR, BARULHO,
TER, APARTAMENTO, CAMA, FUN-
DOS, SIMPLES
ativ

Guarujá, 17 de setembro de 2011.


Querido Mário,
Tudo bem? Estou de férias no Guarujá. _____________hospedada no Xangrilá que é um
hotel____________e tranquilo. _______________perto da praia e ___________um bom res-
str

taurante. Meu _________________é pequeno, mas tem uma_____________confortável, tel-


evisão, telefone (665 3221). É um quarto de ____________porque você sabe que não gosto
on

de______________. O mais interessante é que a ________________não é muito cara. Acho que


vou ficar aqui duas semanas. Mas estou muito sozinha. Por que você não aproveita, dá uma esca-
padinha e vem descansar um pouco?
dem

Um abraço, Jussara

3.4 Reclamações. O que você pode dizer?


a) o ar condicionado ( ) é muito dura.
b) a cama ( ) não está funcionando.
c) a rua ( ) é muito escuro.
d) a televisão ( ) tem cheiro de mofo.
e) o quarto ( ) é muito frio.
f) o chuveiro ( ) é muito barulhento(a).
g) o elevador ( ) está muito abafado.

www.aprenda2.org treze 13
rg
a 2.o
UNIDADE 2
end
PERCURSO ESCOLAR apr
o-
ativ
str
on
dem

14 quatorze ou catorze
ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
1. Observe o sistema escolar brasileiro:

rg
a 2.o
end
apr
o-
http://modersmal.skolverket.se/portugisiska/index.php/46-nyheter-och-information/96-sistema-educacional-no-brasil
ativ

O sistema de ensino brasileiro é parecido com o sistema de ensino do seu país? Quais são as similari-
dades? Quais são as diferenças?
Você estudou na universidade? O que você estudou?

No Brasil, para entrar na universidade, é preciso realizar um exame: o vestibular. Veja o testemunho do
str

Leonardo:

Em agosto de 2002, na idade de 17 anos, prestei o vestibular pela primeira vez para
farmácia bioquímica. Havia me preparado bastante para esta prova, mas infelizmente
on

no dia da avaliação fiquei muito nervoso e acabei errando coisas que havia decorado.
Fiquei muito abalado, pois tinha quase certeza de que não havia passado, pois além de
ter errado coisas fáceis a concorrência era muito grande.
dem

Vocabulário:
Prestar um exame
Passar no exame
Prova
Avaliação
Acabar + gerúndio (acabar errando)
Decorar
Ficar + adjetivo (ficar nervoso/ ficar abalado)

www.aprenda2.org quinze 15
2. Diferença entre os ensinos público e privado no Brasil é grande barreira para vencer a desigualdade
Escolas públicas federais e particulares têm melhor desempenho

A educação é considerada a principal garantia de conquista de liberdade e igualdade de oportuni-


dade a todos os cidadãos (independentemente de sexo, etnia ou classe social). Mas a diferença entre
a qualidade do ensino público e privado ainda é uma grande barreira para vencer a desigualdade.

rg
O Programa Internacional de Avaliação de Alunos (PISA) avaliou o desempenho de alunos na faixa dos
15 anos em três áreas: Leitura, Matemática e Ciências. O Brasil ficou em 55º lugar entre os 65 países
avaliados.

a 2.o
A pontuação das escolas privadas foi de 502 pontos. Ao considerar essa média, o Brasil estaria em 18º
lugar.
A pontuação das escolas públicas federais foi de 528 pontos. Contabilizando apenas as escolas públi-
cas federais, o Brasil passaria para o 7º lugar, na frente do Canadá.
A pontuação das escolas públicas não-federais foi de apenas 387.

end
No entanto, aproximadamente 90% dos estudantes nacionais frequentam escolas públicas não-fede-
rais, que com sua pontuação ficaria entre os últimos colocados.

desempenho = performance apr


2.1 Compreensão de texto:
1) Segundo o texto, qual é a principal garantia de conquista de liberdade e igualdade de oportunidade?
................................................................................................................................................................
Você concorda?
o-

..........................................................................................................................................................
2) Qual é, no Brasil, a grande barreira para vencer a desigualdade?
ativ

................................................................................................................................................................
3) Segundo o PISA, qual é o lugar (colocação) do Brasil no que diz respeito ao desempenho dos alunos?
................................................................................................................................................................
4) Que tipo de escola tem o melhor desempenho: escolas públicas federais/ escolas públicas não-fede-
str

rais/ escolas privadas?


................................................................................................................................................................
5) Que tipo de escola tem o pior desempenho?
on

................................................................................................................................................................

2.2 Puxa conversa:


dem

Você estudou no sistema público ou no sistema privado?


Em geral, no seu país, a escola pública é de boa qualidade?
No seu país, é permitido comer na sala de aula?
No seu país, é permitido fumar na escola?
Você usou uniforme na escola?
Você já estudou arte?
Você já teve um professor que mudou a sua vida?
Você já prestou um exame oficial?
Você já se atrasou para aula? Por quê?
Você já repetiu uma série?

16 dezesseis ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1


Quanto tempo você gasta com as terefas de casa diaramente?
Qual tipo de atividade você prefere fazer na aula?
Que horás começa a sua aula na terça-feira?
Qual era a sua matéria preferida na escola?
Quantas vezes por semana você tem aula?
Você estudou num sistema de ensino rígido ou flexível?

rg
a 2.o
2.3 Vocabulário:

Repor aula

Perder a aula

end
Faltar a aula

Substituir

Professor substituto

aprFichário

Apostila

Livro
o-
Dicionário

Caneta
ativ

Lápis

Quadro branco/quadro negro/ lousa

Giz
str

Folha de papel
on

Furador

Grampeador
dem

Letras

Notas

Série

Ano

Repetir de ano

www.aprenda2.org dezessete 17
3. LEIA

Minha produtividade

rg
Olha só que genial, bati aumentou em 30% e
todas as minhas metas fiquei acima da meta,

a 2.o
este mês!!! além de reduzir o nível
de retrabalho. Sou um
fenômeno!!!!!

end
apr
Meu trabalho é de desenvolvi- Deve ser deprimente
o-

mento e não pode ser mensu- trabalhar sem um


rado, pois uso a mente. Então propósito!!!
não tenho meta!
ativ
str
on
dem

18 dezoito ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1


4. FICAR + ADJETIVO

1. Quando souberam da notícia, eles .................. malucos e rasgaram os


documentos;

rg
2. Ela tingiu o cabelo e .................. toda loira

a 2.o
3. Foi o aniversário do vovô Paulo ontem. Ele .................. mais velhinho!

4. Você .................. bonita de vestido!


5. Nós.................. muito felizes de encontrar com nossos amigos

end
6. Eu .................. mal-humorada se não tomo café da manhã
7. Depois de ficarem ricos, vocês .................. sofisticados
8. Eu .................. relaxada depois da massagem de ontem
9. Quando o João não faz a barba, ele .................. barbudo

5. ACABAR
apr
10. Você.................. com vergonha quando fala em público?

5.1 Acabar = terminar, concluir, pôr fim a


Eu vou acabar a faculdade em 2017
o-
= Pôr fim a
Ele já acabou a pintura da sala
= a situação não se resolve
ativ

Depois da briga, acabaram o noivado e fica do jeito que está

Infelizmente, muitas investigações no = terminar, concluir


Brasil acabam em pizza.
str

Usar salto acaba com meus pés = prejudicar


on

5.2 ACABAR + GERÚNDIO


1. Eu não estava com fome mas.................. indo no restaurante para fazer companhia para minha
namorada
dem

2. A Maria não pensava em viajar mas ................... acompanhando o seu marido no Caribe.
3. Os meninos não tiraram notas boas. Mesmo assim, .................. passando de ano.
4. O Márcio parou de fazer esporte e ................... engordando muito.
5. Os políticos ficaram com medo dos protestos e .................. mudando a lei.
6. Você estava sem dinheiro, por isso, ................... vendendo o seu carro.
7. Eu queria assitir o último filme de Woody Allen, mas não tinha mais ingresso. Por isso, .................
assistindo um filme nacional. Não me arrenpendi!
8. Os alunos não entederam bem e ................... tirando as dúvidas na última aula.
www.aprenda2.org dezenove 19
5.3 ACABAR DE + INFINITIVO

rg
a 2.o
end
O Eric vai comer O Eric está comendo O Eric acabou de comer

Fazer frases utilizando acabar de + infinitivo:


apr
o-
ativ

.......................................... .......................................... ..........................................


.......................................... .......................................... ..........................................
str
on
dem

.......................................... .......................................... ..........................................


.......................................... .......................................... ..........................................

20 vinte
ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
rg
a 2.o
UNIDADE 4 end
apr
o-
PRONÚNCIA
ativ
str
on
dem

www.aprenda2.org vinte e um 21
A PRONÚNCIA

1 As vogais orais

rg
símbolo Como se Quando? Exemplos
fonético escreve?

a 2.o
[a] a, á Quando tônico má, pá, canadá
lado, pago

a Em sílaba não acentuada nada, vaca, folha

end
a Antes do l na mesma sílaba mal, sal, nasal

[e] e, ê cedo, medo, orelha


bebê, você

err, é terra, guerra


pontapé, café

[o] o, ô
apr sobre, medo, amor
alô, avô, fôlego

o, ó sacola, escola, porta


avó, óculos
o-
[i] i, e saci, ali, feliz
e: em sílaba final não acentuada contente, presente

[u] u, o, l uva, uma


o: em sílaba final não acentuada muro, surdo
ativ

l: letra final da palavra Brasil, normal, animal

2 As vogais nasais:
As vogais a, e, i, o, u podem ser feitas nasalmente. A nasalização se indica por um “m” ou “n” depois
da vogal ou por um til (~) sobre a mesma. A letra “m” se usa no final das palavras ou, antes de p e b
str

(como no francês e espanhol).

símbolo Como se Exemplos


fonético escreve?
on

[ã] ã, am, an irmã, manhã, maçã


manga, santo
samba
dem

em, en diferente, tenso, lento


sempre, embarque

[ĩ] im, in ainda, internet, lindo


mim, importante

[õ] om, on conta, onda


ombro, som, com, computador

[ũ] um, un sunga, funcionar


macumba, bumbum, comum

22 vinte e dois
ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
3 Os ditongos nasais:
Símbolo Como se Quando? Exemplos
fonético escreve?

rg
[ãj] ãe mãe, alemães

[ãw] ão, am mamão, paixão


am: final de palavra (verbo) andam, contam

a 2.o
em, en final de palavra tem, bem, além, alguém
benzinho

[õj] õe põe, manifestações, infomações

[ũj] ui Fui, muito, conclui

end
4 As consoantes:
Letra(s)

b
Símbolo
fonético
[b]
Observação
apr Exemplos

boa, barco, breve, cobra

ca [k] caro, carro, cabeça


co cola, coragem
o-
cu cunhada

ce [s] cego, cebola


ci cinema, circuito
ativ

ç [s] açúcar, braço

sc [s] nascer, crescer

xc [s] excesso, exceto


str

ch chuva, chave, chinelo, chegar

da [d] amada, dar


do doente, dor
du duzia, dúvida
on

d + consoante droga

di Antes do som [i] dia, diferente


de sáude, delícia
dem

f [f] fazer, forte, feliz

ga [g] gato, galego


go gota, gosto
gu guerreiro, preguiça

ge geral, gentil
gi girafa, gilete

h A letra h não tem som na língua humano, hospital, história


portuguesa

h [R] No inicio de palavra estrangeira Heineken, hippie

www.aprenda2.org vinte e três 23


Letra(s) Símbolo Observação Exemplos
fonético
x [s] próximo, máximo

x [ks] táxi, sexo

rg
x xarope, enxaguar, xerife
roxo, deixar

ex- [z] exame, exemplo

a 2.o
z [z] zangar, zero, zona
azul, azar, azedo

z [s] vez, paz

end
5 No Rio de Janeiro:
Símbolo Letra(s) Observação apr Exemplos
fonético
s antes de consoantes surdas (c, qu, f, p, t) escada, esquisito, asfalto, espectro,
estamos

-s final português, cariocas, paulistas


o-

-z final vez, paz

[R] r final de palavra ou antes de uma consoante amar, calor, beber


porta, força
ativ
str
on
dem

24 vinte e quatro ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1


6. Sílaba tônica
A sílaba tônica numa palavra é aquela que é pronunciada mais “forte”. Nas palavras, as síla-
bas não estão todas no mesmo nível de sons – há sempre uma sílaba mais acentuada, mais longa,
mais “forte”. Essa sílaba mais acentuada é chamada sílaba tônica.

rg
Na língua portuguesa, todas as palavras tem uma sílaba mais forte.

Penúltima sílaba

a 2.o
Para a maioria das palavras, a penúltima sílaba é tônica.
Ex: Mesa, carro, planta, sapato, escola, apartamento...

Acentos gráficos
Os acentos gráficos são utilizados para indicar, na escrita, a pronúncia correta de uma palavra quan-
do a sílaba tônica não é a penúltima. Podem ser agudo (´), circunflexo (^), e grave (`).

end
Ex: A palavara ônibus. Sem o acento, nós falaríamos: onibus. Com o acento, nós falamos ônibus.

O acento agudo (‘) deixa a sílaba aberta. Ex: sofá, café.


O acento circunflexo (^) deixa sílaba fechada. Ex: ônibus, metrô.

Onde está a sílaba forte?


Na penúltima sílaba
apr homem, menino, porteiro
Onde tem o acento chinês, música
Na última sílaba quando a palavra termina com beber, comer, trabalhador
o-
-r
Na vogal antes do l quando a palavra termina perfil, normal, lençol
com -l
ativ

A sílaba tônica
A sílaba tônica é muito importante em português. Se ela não está colocada no lugar certo, o signifi-
cado da palavra pode mudar.
str

Ex: maçã: a fruta.


massa: a mistura de farinha com líquidos usada para fazer pão, bolos, o espaguete, o macar-
on

rão...

sábia: pessoa que sabe muito, que tem muito conhecimento


sabia: pretérito imperfeito do verbo saber
dem

sabiá: nome comum de pássaros

www.aprenda2.org vinte e cinco 25


7. Singular e plural
Em português, o som das palavras muda no plural.

Exemplos:
1. As palavras comuns. No plural, a palavra recebe um -s.

rg
O cavalo - Os cavalos
A casa - As casas

a 2.o
2. As palavras que terminam com -m. O plural das palavras que terminam com -m é feito com -ns.
O jardim - os jardins
O bombom - os bombons
Um homem - Uns homens

end
3. As palavras que terminam com -al, el ou ol. O plural das palavras que terminam com -al, el ou ol é
feito com -is.
O anel - os anéis
O pastel - os pastéis
O animal - os animais
O canal - o canais
O lençol - os lençóis
apr
O caracol - os caracóis

4. As palavras que terminam com ês, z ou r. O plural das palavras que terminam com ês, z ou s é
feito com -es.
o-

A cor - as cores
O amor - os amores
O mês - os meses
O francês - os franceses
ativ

A luz - as luzes
A voz - as vozes

5. As palavras que terminam com -ão. O plural das palavras que terminam com -ão é feito com -ãos
ou ões.
str

O citadão - os cidadãos
A mão - as mãos
O avião - os aviões
O melão - os melões
on
dem

26 vinte e seis
ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
8. -RR- VERSUS -R-; [R] VERSUS [r]
Palavras com dois -rr- entre dois vogais
Erra
Terra

rg
Carregar
Sorriso
Carro

a 2.o
Marrom
Corrupto

Palavras com um -r- entre duas vogais


Caro
Para

end
Maria
Bandeira
Quarenta
Jogadores
Careca

apr
Guru

9. PALAVRAS EM LH E NH
o-
Palavras em lh
Filho
Folha
ativ

Ilha
Joelho
Milho
Alho

Palavras em nh
str

Banho
Dinheiro
Ganhar
Minha
on

Vinho
Amanhecer
dem

10. AS VOGAIS NASAIS


Vogais nasais: São as vogais pronunciadas em que uma parte do ar usado para a pronúncia escapa pela
cavidade nasal. Em português, existem cinco vogais nasais. Nas palavras: “maçã”, “sempre”, “capim”,
“bondade”, e “fundo”, os grafemas assinalados em negrito representam vogais nasais.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Fonema#Quanto_.C3.A0_intensidade

www.aprenda2.org vinte e sete 27


Palavras em -ã


Maçã
Manhã

rg
Hortelã
Tobogã

a 2.o
Palavras em -en ou -em
Tem
Quem
Pensar
Tentar

end
Alguém
Podem

Palavras em -im
Sim
aprFim
Ruim
Jardim
Assim
Pudim

Palavras em -on ou -om


o-

Dom
Som
Tonto
ativ

Contar
Bombom
Garçom

Palavras em un ou -um
Num
str

Nenhum
Comum
Juntar
Nunca
on

Fundo
dem

Pronúncia as palavras seguintes:


sim
sem
som
sum

28 vinte e oito ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1


rg
a 2.o
UNIDADE 3
end
COMPRAR ROUPAS apr
CONTRAÇÕES
o-
ativ
str
on
dem

www.aprenda2.org vinte e nove 29


1. VOCABULÁRIO
1.1 Entre amigos, roupa casual

rg
a 2.o
____________ _____________ ____________ _____________ ______________

end
apr
____________ _____________ ____________ _____________ ______________
o-

1.2 No trabalho, roupa social


ativ

1 8
4
6 7
3

5 9
str

2 6 _____________
7 _____________

1 _____________
on

3 _____________ 10
2 _____________ 4 _____________ 8 _____________
1+2 ___________ 5 _____________ 10 _____________ 9 _____________
dem

1.3 Em casa, para descansar

____________ ____________ ____________

30 trinta ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1


1.4 Os calçados

rg
____________ _____________ ____________ _____________ ______________

a 2.o
1
1 _____________
2 _____________
2

end
____________ _____________

1.5 Roupa intima

apr
____________ _____________ ____________ _____________ ______________
o-
1.6 Acessório 1
ativ

____________

____________ ____________ ____________ 1 _____________


str

2 _____________

____________
on

1.7 Bijuteria
dem

____________ _____________ ____________ _____________ ______________

www.aprenda2.org trinta e um 31
1.8 Na praia

rg
____________ _____________ ____________ _____________ ______________

a 2.o
____________ _____________ ____________ _____________ ______________

end
apr
____________ _____________ ____________ _____________ ______________
o-
ativ

____________ _____________ ____________ _____________

1.9 NA LOJA
str

Pagar a vista
Parcelar
Aceita cheque?
on

Só dinheiro
Cartão de débito
Cartão de crédito
CPF na nota
dem

nota fiscal
Tem trocado?
Atacado/ Varejo
Promoção
Desconto
Provador(es)
Experimentar roupa
Vendedora
Caixa

32 trinta e dois
ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
2. EXERCÍCIOS
Exercício1: Descreva as roupas:

rg
a 2.o
end
apr
o-
ativ

Exercício 2: O que você vai levar? Faça sua mala:


str
on
dem

www.aprenda2.org trinta e três 33


Exerício 3: Leia o diálogo.

Vendedor: Bom dia! Qual é o seu nome?


Lúcia: Bom dia! Meu nome é Lúcia.
Vendedor: Bem-vinda, Lúcia. Meu nome é Raimundo. Em que posso ajudá-la?
Lúcia: Gostaria de comprar umas calças jeans.
Vendedor: Que tamanho e cor?

rg
Lúcia: Tamanho 38, pode ser cor preta ou azul.
Vendedor: Temos estes dois modelos, um é xadrez e o outro é liso.
Lúcia: Então prefiro o liso. Onde posso experimentar esta peça?

a 2.o
Vendedor: Tem um provador ali.
Alguns minutos depois...
Vendedor: Temos também um lindo cinto para essa calça jeans.
Lúcia: Gostei, levo ele também. Também gostaria de comprar umas calcinhas.
Vendedor: As calcinhas estão naquela seção.

end
Lúcia: Ok, muito obrigada, levarei duas da cor verde. Quanto lhe devo?
Vendedor: São 220 reais. Essas calcinhas estão na promoção: você ganhou a terceira calcinha de
graça!
Lúcia: Que boa notícia! Estou feliz.
Vendedor: Temos também blusas na promoção. Gostaria de dar uma olhada?
Lúcia: Não, obrigada, não tenho tempo. Eu olharei na próxima vez. Vou encontrar as minhas amigas
daqui a pouco.
apr
Vendedor: Vai pagar com cartão ou dinheiro?
Lúcia: Aceitam cartão de crédito?
Vendedor: Sim, aceitamos.
Lúcia: Aqui está.
o-

Vendedor: Você vai pagar à vista?


Lúcia: Vou.
Vendedor: Você quer a nota fiscal?
Lúcia: Quero sim. O meu número de CPF é 345.908.868-70.
ativ

Vendedor: Obrigado! Tenha um bom dia e volte sempre!

1) Explica as palavras em negrito


str

2) Explique :
Se precisar, pode me chamar.
Tem desconto se eu pagar em dinheiro?
on

Vai querer ficar com o cabide?


Onde tem um provador?
Cai bem em mim?
dem

Fica bem em mim?

3) Veja as definições do verbo FICAR


1. Estar no lugar (ficar + lugar)
As calcinhas ficam naquela seção.

2. Passar a ser, tornar-se (Ficar + adjetivo)


Esse lindo cinto fica ótimo para essa calça jeans.
A Lúcia ficou feliz quando soube da promoção.
34 trinta e quatro ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
3. Permanecer no lugar (ficar + lugar)
A Lúcia saiu, mas o vendedor ficou na loja.

4. Permanecer x horas/dias (ficar + dias, horas)


A Lúcia ficou duas horas experimentando roupa na loja.

rg
5. Restar/ sobrar (ficar + substantivo)
A Lúcia comprou tudo que precisava. Só ficaram as blusas.

a 2.o
6. Custar (ficar + R$ ou barato ou caro)
As peças ficaram R$220. As peças ficaram baratas.

7. Fazer companhia (ficar com)

end
O vendedor ficou com a Lúcia enquanto estava na loja.

8. Tomar posse de, possessão (ficar com)


A Lúcia ficou com a calça jeans, o cinto e as calcinhas.

9. Ter direito a (ficar com)


A Lúcia ficou com três calcinhas pelo preço de duas. apr
10. Popular: namorar sem compromisso (ficar com)
A Lúcia ficou com o João na festa.
o-
11. Ser adiado (ficar para)
A compra das blusas ficaram para depois.
ativ

No diálogo, troque as palavras ou grupo de palavras sublinhadas por uma expressão que contém o
verbo FICAR:
Temos também um lindo cinto para essa calça jeans
str

..............................................................................................
levo ele também
....................................................................................................
on

As calcinhas estão naquela seção


....................................................................................................
levarei duas cor verde
dem

....................................................................................................
você ganhou a terceira calcinha de graça!
....................................................................................................
Estou feliz
....................................................................................................
Eu olharei a próxima vez
....................................................................................................

www.aprenda2.org trinta e cinco 35


Exercício 4: Imagine o diálogo.

rg
a 2.o
end
apr
$R
o-
ativ

Cliente: _________________________________________________________

Vendedora: _____________________________________________________

Cliente: _________________________________________________________
str

Vendedora: _____________________________________________________

Cliente: _________________________________________________________
on

Vendedora: _____________________________________________________

Cliente: _________________________________________________________

Vendedora: _____________________________________________________
dem

Cliente: _________________________________________________________

Vendedora: _____________________________________________________

Cliente: _________________________________________________________

Vendedora: _____________________________________________________

36 trinta e seis
ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
Exercício 5: Puxa conversa.

Quanto você gasta com roupas em um ano?


Você gosta de comprar roupas?
Você compra roupas frequentemente?
Quais peças de roupa você gosta mais?

rg
Você lê revistas de moda?
Você costuma usar chapéu?
Você acha importante estar na moda?

a 2.o
Você usa muitos acessórios? Que tipo de acessório você usa?
Que cores de roupas você geralmente usa?
Você usa as mesmas cores hoje do que há cinco anos atrás (para roupas)?
Você usa o mesmo tamanho de roupa hoje do que no ano passado?
Você já confeccionou uma roupa? Que roupa você já confeccionou?
Você já viu modas estranhas? Que modas estranhas você já viu?

end
Você tem luvas? Quantos pares?
Que roupas você está usando hoje?
Que roupas você estava usando ontem?
Que cores ficam bem em você?
Você usa tatuagem?
Você usa piercing no nariz ou na língua?
Você tinge o seu cabelo?
Você usa sapatos altos? Por quê?
Que tipo de roupas está na moda agora?
apr
Qual é o seu tamanho de roupa?
Qual é o seu tamanho de sapato?
o-
Que tipo de roupa você usa normalmente?
Qual é a sua cor favorita para uma blusa? Para um par de sapato?
Onde você compra roupas em geral?
Você conhece lojas legais perto daqui para comprar roupas?
ativ

Que tipo de roupa você usava quando era adolescente?


Você acha que as roupas são uma maneira de se expressar?
Você usava uniforme na escola?
Você concorda em ter uniforme na escola? Por quê?
Os brasileiros se vestem iguais às pessoas do seu país?
str

Que tipo de roupas seus avós usam?


O que está na moda no seu país de origem que não está na moda no Brasil?
O que está na moda no Brasil e não está na moda no seu país de origem?
Qual é a sua marca preferida?
on

Você gosta de fazer compras durante as promoções?


Que roupas você veste no trabalho?
Que roupas você veste nos seus dias de folga?
dem

www.aprenda2.org trinta e sete 37


Exercício 6: DAR
1. Transferir bens ou posses. Dar...
A Lúcia deu R$220 para o vendedor.

2. Oferecer como presente ou brinde a. Dar....


O vendedor deu de brinde uma terceira calcinha. O vendedor deu a promoção para a Lúcia.

rg
3. Informar. Dar uma notícia/ dar uma informação. Dar...
Os jornais deram uma triste notícia agora.

a 2.o
O vendedor deu a informação da (= informou sobre a) promoção à Lúcia.

4. Ser a causa de; provocar. Dar...


Uma calça apertada dá dor nas pernas.

end
5. Tem acesso/vista para... Dá para...
A janela da loja dá para o quintal. A porta da loja dá para a rua.

6. É suficiente; Dá para...
Com R$220, deu para comprar uma calça jeans, um cinto e três calcinhas.
apr
7. É possível; Dá para...
Dá para visitar as minhas amigas depois das compras? Dá, sim.

8. Ministrar aula, curso, lição; Lecionar. Dar aula.


A Lúcia dá aulas às crianças carentes.
o-

9. Soar, bater. Dar + horas


Deu duas horas quando a Lúcia entrou na loja.
ativ

10. Relacionar-se. Dar-se bem/mal com...


A Lúcia se dá bem com as amigas dela.

10. Ter êxito bom ou mau. Dar bem/mal com...


A Lúcia se deu bem: ela ganhou uma calcinha de graça.
str

11. Ter consequência. Dar certo/errado


A promoção deu certo (ou errado).
on

12. Observe:
Dar atenção para/a
Dar uma olhada
dem

Dar um beijo
Dar de presente

38 trinta e oito
ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
3. CONTRAÇÕES
DE com artigo definido (obrigatório) DE com artigos indefinido (Língua falada)
DE + O = DO DE + UM = DUM

rg
DE + A = DA DE + UMA = DUMA
DE + OS = DOS DE + UNS = DUNS
DE + AS = DAS DE + UMAS = DUMAS

a 2.o
EM com artigo definido (obrigatório) EM com artigo indefinido (Língua falada)
EM + O = NO EM + UM = NUM
EM + A = NA EM + UMA = NUMA
EM + OS = NOS EM + UNS = NUNS
EM + AS = NAS EM + UMAS = NUMAS

end
POR com artigo definitivo (obrigatório) PARA com artigo definitivo (Língua falada)
POR + O PARA + O = PRO
POR + A = PELA PARA + A = PRA
POR + OS = PELOS PARA + OS = PROS


POR + AS = PELAS
apr PARA + AS = PRAS

Exercício 1. Indique qual CONTRAÇÃO completa corretamente as frases (escreva-a nos espaços).
o-
1. Vocês vão ____ (a / ao / à) dentista regularmente? Esse é um hábito recomendado ______ (pelos
/ pelo / por um) especialistas.
2. Meu marido deu ______ (à / a / as) minha mãe um belíssimo anel.
ativ

3. Estive ______ (nas / no / nos) Estados Unidos ______ (nas / no / nos) últimas férias.
4. As crianças esconderam os brinquedos ______ (numa / nuns / num) lugar onde ninguém os encontrou.
5. ______ (do / no / num) jantar de ontem, mamãe preparou um lindo assado ______ (ao / à / do) forno.
str

6. ______ (dos / da / das) pessoas presentes ______ (do / ao / aos) espetáculo, apenas algumas não
aplaudiram.
7. Você já ouviu a nova música ______ (na / da / à) sua cantora preferida?
on

8. A: Você soube ______ (do / no / pro) acidente do Frederico?


B: Não. O que aconteceu?
A: Ele caiu ______ (da / pra / à) escada.
dem

9. Luísa não foi ______ (ao / pelo / do) trabalho hoje. Ela estava indisposta e preferiu ficar
_________ (da / pela / na) cama.

Exercício 2. Complete as frases usando as seguintes CONTRAÇÕES (use-as somente uma vez).
à - ao - aos - da - das - do - dos - duma - na - nas no - nos - numa - num - pela - pelos - pras - pros
1. O saci é um personagem muito popular _____ folclore brasileiro. Ele é um garoto negro _____
perna só que usa _____ cabeça um capuz vermelho.
2. Acho que vou contar _____ pais daquele garoto sobre seu comportamento.
www.aprenda2.org trinta e nove 39
3. Aquela pobre senhora vivia _____ velha cabana _____ montanhas.
4. O menino desaparecido foi encontrado _____ policias, que o levaram para casa.
5. Juliana perguntou _____ suas filhas se elas gostaram _____ tortas que ela preparou.
6. _____ Natal, os garotos ganharam muitos presentes _____ parentes.
7. Hoje tive um dia estressante: levei meus filhos _____ escola, fui _____ banco, preparei o jantar
_____ minha família e ainda tive tempo de fazer compras.

rg
8. Paulo vai dar uma festa de despedida porque vai morar _____ Estados Unidos. Ele deu convites
somente _____ amigos mais íntimos.

a 2.o
9. O pássaro entrou _____ janela e pousou _____ canto da sala.

Exercício 3. Complete as frases com CONTRAÇÕES.


1. Todos os dias, assim que saio _____ trabalho, passo _____ casa de minha mãe.

end
2. Carolina foi _____ cinema com suas amigas. Infelizmente elas não gostaram _____ filme.
3. _____ sábados Helena vai _____ cabeleleira, _____ supermercado e _____ posto de gasolina,
onde lava e abastece seu carro.
4. Moro _____ bairro muito tranquilo: as pessoas são amigas e não há violência.
5. Ligue _____ seu chefe e diga-lhe que vou enviar os relatórios _____ próxima semana.
apr
6. A: Você foi _____ casamento de Maria e Ricardo?
B: Não pude ir. Eles se casaram _____ mês de março?
A: Sim. _____ dia bem ensolarado.
7. Deixei minhas chaves _____ carro e não posso abri-lo. Tenho que ir _____ chaveiro.
o-

8. O funcionário escreveu _____ ficha os dados _____ paciente.


9. _____ dia 14 de fevereiro de 1998, houve uma festa grandiosa _____ casa dos Oliveira.
ativ

4 - Complete os espaços com artigos definidos, indefinidos, preposições ou suas contrações:


A sala de trabalho de Luísa
______Luísa mandou decorar a sua sala, para criar _______ ambiente agradável e organizado porque
ela precisa ter todas _______coisas sempre ao seu alcance.
str

Há duas mesas de trabalho ______ sala, uma para _____Luís e a outra para ____Isabel. _______duas
são de madeira e vidro. Entre elas tem um pequeno móvel para _____computador. Embaixo ______
computador fica ______impressora.
on

Atrás ______ mesa da Isabel tem uma pequena janela com uma persiana. E atrás ____mesa _____
Luísa, ela mandou colocar um grande quadro. _____centro _____quadro está _____mapa _____Bra-
sil e no alto, ____bandeira _____país.
dem

Ao lado ______ mapa, a Luísa mandou pendurar um pequeno quadro de avisos, onde ela coloca todas
______ informações para ______ trabalho, pequenos lembretes de datas importantes, além ______
algumas fotos e alguns cartões postais.

40 quarenta
ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
rg
a 2.o
UNIDADE 4
end
PRETÉRITO PERFEITO
apr
PRETÉRITO IMPERFEITO
o-
ativ

GRAMÁTIVA ATIVA
Unidade 12
Unidade 13
str

Unidade 14
Unidade 16
Unidade 17
on

Unidade 18
Unidade 19
Unidade 20
dem

www.aprenda2.org quarenta e um 41
1. EDUARDO E MÔNICA - LEGIÃO URBANA
1.1 Leia as letras da música e assita ao vídeo clip:
1. Quem um dia irá dizer

rg
Que existe razão
Nas coisas feitas pelo coração?
E quem irá dizer

a 2.o
Que não existe razão1?

2. Eduardo abriu os olhos, mas não quis se levantar


Ficou deitado e viu que horas eram
Enquanto Mônica tomava um conhaque
No outro canto2 da cidade, como eles disseram

end
3. Eduardo e Mônica um dia se encontraram sem querer
E conversaram muito mesmo pra tentar se conhecer
Um carinha3 do cursinho4 do Eduardo que disse
“Tem uma festa legal, e a gente quer se divertir”
apr
4. Festa estranha, com gente esquisita5
“Eu não tô6 legal”, não aguento mais birita”
E a Mônica riu, e quis saber um pouco mais
Sobre o boyzinho7 que tentava impressionar
E o Eduardo, meio tonto8, só pensava em ir pra casa
o-

“É quase duas, eu vou me ferrar”

5. Eduardo e Mônica trocaram telefone


ativ

Depois telefonaram e decidiram se encontrar


O Eduardo sugeriu uma lanchonete
Mas a Mônica queria ver o filme do Godard

6. Se encontraram então no parque da cidade


A Mônica de moto e o Eduardo de “camelo”9.
str

O Eduardo achou estranho, e melhor não comentar


Mas a menina tinha tinta10 no cabelo

7. Eduardo e Mônica eram nada parecidos


on

Ela era de Leão e ele tinha dezesseis


Ela fazia Medicina e falava alemão
E ele ainda nas aulinhas de inglês
dem

8. Ela gostava do Bandeira e do Bauhaus


Van Gogh e dos Mutantes, de Caetano e de Rimbaud
E o Eduardo gostava de novela
E jogava futebol-de-botão11 com seu avô

9. Ela falava coisas sobre o Planalto Central


Também magia e meditação
E o Eduardo ainda tava12 no esquema13
Escola, cinema, clube, televisão

42 quarenta e dois
ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
10. E mesmo com tudo diferente, veio mesmo, de repente14
Uma vontade de se ver
E os dois se encontravam todo dia
E a vontade crescia, como tinha de ser

11. Eduardo e Mônica fizeram natação, fotografia

rg
Teatro, artesanato, e foram viajar
A Mônica explicava pro Eduardo
Coisas sobre o céu, a terra, a água e o ar

a 2.o
12. Ele aprendeu a beber, deixou o cabelo crescer
E decidiu trabalhar (não!)
E ela se formou no mesmo mês
Que ele passou no vestibular15

end
13. E os dois comemoraram juntos
E também brigaram juntos, muitas vezes depois
E todo mundo diz que ele completa ela
E vice-versa16, que nem feijão com arroz

apr
14. Construíram uma casa há uns dois anos atrás
Mais ou menos quando os gêmeos17 vieram
Batalharam grana, seguraram legal
A barra mais pesada18 que tiveram

15. Eduardo e Mônica voltaram pra Brasília


o-
E a nossa amizade dá saudade18 no verão
Só que nessas férias, não vão viajar
Porque o filhinho do Eduardo tá de recuperação19
ativ

16. E quem um dia irá dizer


Que existe razão
Nas coisas feitas pelo coração?
E quem irá dizer
Que não existe razão?
str

1.2 Exercícios
Exercício 2. Com a ajuda do dicionário e do professor, explique as palavras e expressões
on

seguintes:

1. razão: _____________
dem

2. outro canto: ___________


3. carinha: _____________
4. Cursinho: _____________
5. Esquisita: _____________
6. Tô: _____________
7. Boyzinho: _____________
8. Tonto: _____________
9. Camelo: _____________
www.aprenda2.org quarenta e três 43
10. Tinta: _____________
11. Futebol-de-botão: _____________
12. Tava: _____________
13. Esquema: _____________
14. De repente: _____________

rg
15. Vestibular: _____________
16. Vice-versa: _____________

a 2.o
17. Gêmeos: _____________
18. Dar saudade: _____________
19. Estar de recuperação: _____________

Tem outro palavras e/ou expressões que não entende? Quais?

end
3. Exercício 2: No parágrafo 2 até o parágrafo 15, encontre os verbos conjugados no
passado, o tempo verbal deles (préterito perfeito ou préterito imperfeito) e o infinito
deles.
apr
Verbo conjugado Tempo verbal Infinitivo
Abriu pretérito perfeito abrir
Estrofe 1

Quis pretérito perfeito querer


o-

Ficou pretérito perfeito ficar


Viu pretérito perfeito ver
ativ

Eram pretérito imperfeito ser


Estrofe 2

str
on
Estrofe 3

dem
Estrofe 4

44 quarenta e quatro
ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
Estrofe 13 Estrofe 12 Estrofe 11 Estrofe 10 Estrofe 9 Estrofe 8 Estrofe 7 Estrofe 6 Estrofe 5

www.aprenda2.org
dem
on
str
ativ
o-
apr
end

quarenta e cinco
a 2.o
rg

45
Estrofe 14 e 15

rg
a 2.o
Compreensão:
O que o Eduardo gostava de fazer?
O que a Mônica gostava de fazer?
O que o Eduardo estudava quando encontrou a Mônica?

end
O que a Mônica estudava quanto encontrou o Eduardo?
O que mudou na vida do Eduardo depois do encontro com a Mônica?

Puxa conversa, no passado


O que você gostava de fazer quando era adolecente e que não faz mais hoje?
Conte o encontro da sua esposa (seu esposo) ou conte o encontro dos seus pais ou conte o
encontro dos seus avós.
apr
Conte seu último fim de semana: o que você fez? Onde você foi? Quem você visitou?
Conte suas últimas férias: quantas dias durou a viagem? Com quem você viajou? Que meio
de transporte você usou? Onde você foi? Do que você comeu? Como foi o tempo? O que
você mais gostou? Do que você menos gostou?
o-

Quem é o seu melhor amigo/sua melhor amiga? Conte como foi o encontro de vocês?
O que você fazia há cinco anos atrás que não fez mais hoje?
Com quem você brincava quando era criança?
Onde você morava quando era criança?
ativ

O que você assistia na televisão quando era criança?


str
on
dem

46 quarenta e seis
ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
2. PERFEITO VS. IMPERFEITO
Pretérito perfeito:
- Mostrar uma ação terminada, já realizada.
Nós arrumamos tudo e saímos mais cedo de casa.

rg
Ana pediu meu livro emprestado na semana passada.
Eu construí uma casa nova.

a 2.o
end
Pretérito imperfeito

Indicar uma ação interrompida, não terminada.


Eu andava pela rua quando você me parou.
Pedro brincava no quintal, quando começou a chover.



apr
Indicar uma ação contínua, feita no passado, mas que não se faz mais. Um hábito do passado.
João viajava todo final de semana = João costumava viajar todo final de semana
Esta frase indica que no passado João viajava todo final de semana, mas atualmente ele
não viaja mais.
o-
Antigamente, Paulo jogava futebol = Antigamente , Paulo costumava jogar futebol .
Ana comprava muita coisa inútil = Ana costumava comprar muita coisa inútil.

Descrever pessoas, coisas, situações, etc.. no passado


ativ

O jantar estava ótimo.


A cozinheira estava cansada.
Os convidados usavam roupas adequadas.

Para indicar ação simultânea


str

Eu escrevia as cartas enquanto Rodrigo colava os selos.


Renata fazia o almoço enquanto Beth arrumava a casa.
on
dem

www.aprenda2.org quarenta e sete 47


rg
a 2.o
Exercício1: Quando era jovem, Leandro era jogador de futebol profissional. Descreva a vida dele no

end
imperfeito:

apr
o-
ativ
str
on
dem

48 quarenta e oito
ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
Adverbios

Pretérito perfeito Pretérito imperfeito


DE REPENTE O DIA TODO
IMEDIATAMENTE MUITAS VEZES
ONTEM TODO DIA DE MANHÃ

rg
ANTEONTEM DIARIAMENTE
ONTEM DE MANHÃ TODAS AS NOITES
ONTEM À TARDE EM GERAL

a 2.o
ONTEM À NOITE TODO ANO
HOJE DE MANHÃ DE TEMPOS EM TEMPOS
ESTA MANHÃ GERALMENTE
A SEMANA PASSADA SEMPRE
O MÊS PASSADO USUALMENTE

end
O ÚLTIMO FIM DE SEMANA TODO VERÃO
HÁ DOIS MESES ATRÁS TODOS OS INVERNOS
HÁ TRÊS DIAS ATRÁS
HÁ UM ANO ATRÁS
DESTA VEZ

Faça frases usando os advérbios acima:


apr
1........................................................................................................................................................
o-
2........................................................................................................................................................
3........................................................................................................................................................
4........................................................................................................................................................
ativ

5........................................................................................................................................................
6........................................................................................................................................................
7........................................................................................................................................................
8........................................................................................................................................................
str

9........................................................................................................................................................
10........................................................................................................................................................
on
dem

www.aprenda2.org quarenta e nove 49


3. HISTÓRIA DA BOSSA NOVA

rg
a 2.o
end

(http://www.bossanova.mus.br/artigos/historias.htm)
A palavra ‘bossa’ era um termo da gíria carioca que, no fim dos anos cinquenta, significava ‘jeito’,
apr
‘maneira’, ‘modo’. Quando alguém fazia algo de modo diferente, original, de maneira fácil e simples,
dizia-se que esse alguém tinha ‘bossa’. Se o Ricardo desenhava bem, dizia-se que tinha ‘bossa de ar-
quiteto’. Se o Paulo escrevia, redigia bem, tinha ‘bossa de jornalista’. E a expressão ‘Bossa Nova’ surgiu
em oposição a tudo o que um grupo de jovens achava superado, velho, arcaico, antigo.

(http://www.brasilescola.com/artes/bossa-nova.htm)
o-

Durante a década de 50, o Brasil vivia a euforia do crescimento econômico gerado após a Segunda
Guerra Mundial. Com base na onda de otimismo dos “Anos Dourados”, um grupo de jovens músicos
e compositores de classe média alta do Rio de Janeiro começou a buscar algo realmente novo e que
fosse capaz de fugir do estilo operístico que dominava a música brasileira. Estes artistas acreditavam
ativ

que o Brasil poderia influenciar o mundo com sua cultura, por isso, o novo movimento visava a inter-
nacionalização da música brasileira.
Para a maioria dos críticos, a Bossa Nova se iniciou oficialmente em 1958, com um compacto simples
do violonista baiano João Gilberto. Um ano depois, o músico lançou seu primeiro LP, “Chega de sau-
dade”, que marcou definitivamente a presença do estilo musical no cenário brasileiro. Grande parte
str

das músicas do LP era proveniente da parceria entre Tom Jobim e Vinícius de Moraes. A dupla compôs
“Garota de Ipanema”, que é, sem dúvida, uma das mais importantes canções da história da música
brasileira. Para se ter uma ideia, a mesma foi considerada em 2005, pela Biblioteca do Congresso
norte-americano, como uma das 50 grandes obras musicais da humanidade.
on

A Bossa Nova foi consagrada internacionalmente no ano de 1962, em um histórico concerto no Car-
negie Hall de Nova Iorque, no qual participaram Tom Jobim, João Gilberto, Oscar Castro Neves, A-
gostinho dos Santos, Luiz Bonfá, Carlos Lyra, entre outros artistas.
A Bossa Nova tem como características principais o desenvolvimento do canto-falado, ao invés da va-
dem

lorização da “grande voz”, e a marcante influência do jazz norte-americano. Esta influência, inclusive,
foi criticada posteriormente por alguns artistas. Em meados da década de 1960, um grupo formado
por Marcos Valle, Dori Caymmi, Edu Lobo e Francis Hime procurou reaproximar a Bossa Nova ao
samba, ao baião e ao xote nordestino.
Com as mudanças políticas causadas pelo Golpe Militar de 1964, as canções começaram a trazer te-
mas sociais. Desta forma, a música se transformou em um claro instrumento de contestação política
da classe média carioca, um símbolo de resistência à repressão instaurada pela ditadura. Era o início
da MPB, a moderna música popular brasileira. De fato, o movimento que originou a Bossa Nova se
findou em 1966, entretanto, seu fim cronológico não significou a extinção estética do estilo musical,
o qual serviu de referência para inúmeras gerações de artistas.

50 cinquenta
ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
Samba de Uma Nota Só
João Gilberto

Eis aqui este sambinha feito numa nota só.

rg
Outras notas vão entrar, mas a base é uma só.
Esta outra é consequência do que acabo de dizer.

a 2.o
Como eu sou a consequência inevitável de você.
Quanta gente existe por aí que fala tanto e não diz
nada,
Ou quase nada.
Já me utilizei de toda a escala e no final não sobrou
nada,

end
Não deu em nada.
E voltei pra minha nota como eu volto pra você.
Vou contar com uma nota como eu gosto de você.
E quem quer todas as notas: ré, mi, fá, sol, lá, si,
dó.
Fica sempre sem nenhuma, fique numa nota só.
apr
Desafinado canta João Gilberto
Composição: Tom Jobim e Newton Mendonça
o-
Se você disser que eu desafino amor
Saiba que isso em mim provoca imensa dor
Só privilegiados têm ouvido igual ao seu
Eu possuo apenas o que Deus me deu
ativ

Se você insiste em classificar


Meu comportamento de anti-musical
Eu mesmo mentindo devo argumentar
Que isto é bossa-nova, isto é muito natural
O que você não sabe nem sequer pressente
str

É que os desafinados também têm um coração

Fotografei você na minha Roleiflex


Revelou-se a sua enorme ingratidão
on

Só não poderá falar assim do meu amor


Este é o maior que você pode encontrar
Você com sua música esqueceu o principal
Que no peito dos desafinados
dem

No fundo do peito bate calado


Que no peito dos desafinados
Também bate um coração

Fonte: http://www.vagalume.com.br

www.aprenda2.org cinquenta e um 51
Garota de Ipanema
Tom Jobim

rg
Olha que coisa mais linda
Mais cheia de graça

a 2.o
É ela menina
Que vem e que passa
Num doce balanço
A caminho do mar

Moça do corpo dourado

end
Do sol de lpanema
O seu balançado é mais que um poema
É a coisa mais linda que eu já vi passar

Ah, por que estou tão sozinho?


Ah, por que tudo é tão triste?
apr
Ah, a beleza que existe
A beleza que não é só minha
Que também passa sozinha

Ah, se ela soubesse


o-

Que quando ela passa


O mundo inteirinho se enche de graça
E fica mais lindo
Por causa do amor
ativ

Fonte: http://www.vagalume.com.br
str
on
dem

52 cinquenta e dois
ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
JK: O Presidente Bossa Nova
Adaptado do texto de Leandro Carvalho, Mestre em História

Juscelino Kubitschek foi eleito presidente da República em 1955. Rapidamente, ele colocou em ação

rg
o PLANO DE METAS e a construção de BRASÍLIA, transferindo a capital do Brasil da cidade do Rio de
Janeiro para o Planalto Central.

a 2.o
1) “Cinquenta anos em cinco”
O Plano ou Programa de Metas (31 metas) tinha como principal objetivo o desenvolvimento econômi-
co do Brasil, priorizando a dinamização do processo de industrialização do Brasil.
O desenvolvimentismo econômico que o Brasil viveu durante o mandato de JK priorizou o investi-
mento nos setores de transportes e energia, na indústria de base (bens de consumos duráveis e não

end
duráveis), na substituição de importações, destacando a ascensão da indústria automobilística, e na
Educação. Para JK e seu governo, o Brasil iria diminuir a desigualdade social gerando riquezas e de-
senvolvendo a industrialização e consequentemente fortalecendo a economia. Sendo assim, estava
lançado seu Plano de Metas: “o Brasil iria desenvolver 50 anos em 5”.
Para alcançar os objetivos do Plano de Metas era necessária uma intervenção maior do Estado na eco-
nomia, priorizando, então, a entrada de capitais estrangeiros no país, principalmente pela indústria
apr
automobilística. Ressalta-se que nesse período o Brasil iniciou o processo de endividamento externo.
Os setores de energia e transporte foram considerados fundamentais para o desenvolvimentismo
econômico. Outros setores que ganharam relevância foram o agropecuário; JK procurou aumentar a
produção de alimentos e o setor energético, construindo as usinas Hidrelétricas de Paulo Afonso no
rio São Francisco e as barragens de Furnas e Três Marias.
o-
Contudo, tais mudanças empreendidas por JK ocasionaram a acentuação da industrialização do país
com um aumento do Produto Interno Bruto (PIB) anual em 7%, mas não superando a inflação da dí-
vida externa. A industrialização do país se efetivou basicamente na região sudeste, destacando neste
momento a grande migração nordestina para esta região.
ativ

2) Transferência da Capital
Em fins de 1956, depois de o Congresso Nacional ter aprovado a transferência da capital, iniciaram-
se as obras da construção de Brasília. A nova capital do Brasil teria um moderno e arrojado conjunto
arquitetônico realizado pelo arquiteto Oscar Niemeyer. O Plano Piloto da cidade foi desenvolvido pelo
str

urbanista Lúcio Costa.


A interiorização da capital federal já era um sonho de muitos brasileiros anteriores a JK, mas foi Jus-
celino que efetivou a transferência da capital. Acostumado a lidar com projetos arrojados, JK deu a
ordem para o início da construção de Brasília, os trabalhos tiveram início no final de 1956. A nova
on

capital foi inaugurada no ano de 1960.


Com Juscelino Kubitschek, o interior do Brasil passou a ser visto como espaço de possibilidades, como
parte integrante da civilização brasileira.
dem

3) Os resultados finais do Plano de Metas


A política de JK, que era de base econômica desenvolvimentista, apresentou vários pontos positivos,
mas também alguns negativos para o Brasil. Com a entrada de grandes empresas, empregos foram
gerados, contudo o país acabou ficando muito dependente do capital externo. A zona rural foi deixada
de lado com o investimento na industrialização nas capitais, algo que prejudicou bastante os tra-
balhadores do campo e a produção agrícola. Brasília foi uma ótima ideia, contudo a dívida externa
deixada por essa obra cresceu significativamente. Problemas com a migração e o êxodo rural descon-
trolados fizeram a pobreza e violência aumentarem consideravelmente.

www.aprenda2.org cinquenta e três 53


4) Responda

Quem foi o JK?


...................................................................................

rg
Quando ele foi eleito?
..................................................................................

a 2.o
Quais foram os dois grandes projetos do presidente JK?
................................................................................................................................................................
...............................................................................................................................................................
Quais foram os pontos positivos do governo JK?

end
................................................................................................................................................................
................................................................................................................................................................
................................................................................................................................................................
..............................................................................................
apr
Quais foram os pontos negativos do governo JK?
................................................................................................................................................................
................................................................................................................................................................
................................................................................................................................................................
o-

..............................................................................................
ativ
str
on
dem

54 cinquenta e quatro
ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
4. PUXA CONVERSA
Você já pulou de pára-quedas?
Você já viajou ao redor do mundo?
Você já viu uma nave espacial?
Você já comeu cachorro?

rg
Você já achou dinheiro na rua?
Você já conheceu uma celebridade?
Você já visitou a cidade de Paris?

a 2.o
Você já foi acampar nas montanhas?
Você já bebeu mais de quatro cervejas seguidas?
Você já passou uma noite sem dormir?
Você já teve um acidente de carro?
Você já participou de uma maratona?
Você já participou de um programa de TV?

end
Você já pediu carona na estrada?
Você já surfou?
Você já bebeu uma caipirinha?
Você já foi membro do júri em um julgamento?
Você já dormiu sob as estrelas?
Você já ficou preso (a) num elevador?
apr
Você já subiu as escadas de um prédio de mais de 20 andares?
Você já perdeu o avião?
Alguma vez você ganhou uma viagem num concurso?
Você já recebeu uma massagem?
Você já andou de skate?
o-
Quando você era criança, você assistia muito televisão?
Quando você era criança, com quais brinquedos brincava?
Quando você era criança, você tinha um animal de estimação?
Qual era seu sonho dez anos atrás?
ativ

Que música você ouvia quando era adolescente?


Qual esporte você praticava quando você era adolescente?
Onde você morava há cinco anos?
Quem era presidente há cinco anos?
Qual era o nome de seu professor quando você era estudante?
str

Em 1998, você vivia em casa ou apartamento?


Você estudava em 2000? O quê?
Você tinha um carro em 2000?
Você falava português há dois anos?
on

Você tinha uma carteira de motorista em 1998?


Você tinha um emprego em 1998?
Você ia frequentemente ao cinema quando era adolescente?
Quem era seu chefe cinco anos atrás? Qual o nome dele (a)?
dem

Há dez anos, o que você tinha (que você não tem hoje)?
Você gostava de ir à escola quando era adolescente?
Onde você vivia quando era criança?
Em 1998, você vivia com seus pais?
O que você assistia na TV quando era pequeno?
Você tinha amigos estrangeiros dez anos atrás?
Onde você trabalhava há cinco anos?
Onde você estava no dia 11 de setembro de 2001?

www.aprenda2.org cinquenta e cinco 55


rg
a 2.o
UNIDADE 5 end
apr
OS BONS LADRÕES
o-

PAULO MANDES CAMPOS


ativ
str
on
dem

56 cinquenta e seis
ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
OS BONS LADRÕES - PAULO MENDES CAMPOS
Morando sozinha e indo à cidade em um dia de festa, uma senhora de Ipanema teve a sua bolsa
roubada, com todas as suas joias dentro. No dia seguinte, desesperada de qualquer eficiência poli-
cial, recebeu um telefonema:

rg
- É a senhora de quem roubaram a bolsa ontem?
- Sim.

a 2.o
- Aqui é o ladrão, minha senhora.
- Mas como o... senhor descobriu o meu número?
- Pela carteira de identidade e pela lista.
- Ah, é verdade. E quanto quer para devolver meus objetos?
- Não quero nada, madame. O caso é que sou um homem casado.
- Pelo fato de ser casado, não precisa andar roubando. Onde estão as minhas joias, seu sujeito or-

end
dinário?
- Vamos com calma, madame. Quero dizer que só ontem, por um descuido meu, minha mulher
descobriu quem eu sou realmente. A senhora não imagina o meu drama.
- Escute uma coisa, eu não estou para ouvir graçolas de um ladrão muito descarado...
- Não é graçola, madame. O caso é que adoro minha mulher.

apr
- E por que o senhor está me contando isso? O que me interessa são as joias e a carteira de identi-
dade (dá um trabalho danado tirar outra), e não tenho nada com a sua vida particular. Quero o que
é meu.
- Claro, madame, claro. Estou lhe telefonando por isso. Imagine a senhora que minha mulher falou
que me deixa imediatamente se eu não regenerar...
- Coitada! Ir numa conversa dessas.
o-
- Pois eu prometi nunca mais roubar em minha vida.
- E ela bancou a pateta de acreditar?
- Acho que não. Mas o que eu prometo, cumpro; sou um homem de palavra.
- Um ladrão de palavra, essa é fina. As minhas joias naturalmente o senhor já vendeu.
ativ

- Absolutamente, estão em meu poder.


- E quanto quer por elas? Diga logo.
- Não vendo, madame, quero devolvê-las. Infelizmente, minha mulher disse que só acreditaria em
minha regeneração se eu lhe devolvesse as joias. Depois ela vai lhe telefonar para checar. - Pois
fique sabendo que estou gostando muito de sua senhora. Pena uma pessoa de tanto caráter casada
str

com um... homem fora-da-lei.


- É também o que eu acho. Mas gosto tanto dela que estou disposto a qualquer sacrifício.
- Meus parabéns. O senhor vai trazer-me as joias aqui?
- Isso nunca. A senhora podia fazer uma suja.
on

- Uma o quê?
- A senhora, com o perdão da palavra, podia chamar a polícia.
- Prometo que não chamo, não por sua causa, por causa de sua senhora.
- Vai me desculpar, madame, mas nessa eu não vou.
dem

- Também sou uma mulher de palavra.


- O caso, madame, é que nós, os desonestos, não acreditamos na palavra dos honestos.
- Tá. Mas como o senhor pretende fazer, então?
- Estou bolando um jeito de lhe mandar as joias sem perigo para mim e sem que outro ladrão possa
roubá-las. A senhora não tem uma ideia?
- O senhor entende mais disso do que eu.
- É verdade. Tenho um plano: eu lhe mando umas flores com as joias dentro dum pequeno em-
brulho.
- Não seria melhor eu encontrá-lo numa esquina?
- Negativo! Tenho o meu pudor, madame.

www.aprenda2.org cinquenta e sete 57


- Mas não há perigo de mandar coisa de tanto valor por uma casa de flores?
- Não. Vou seguir o entregador a uma certa distância.
- Então, fico esperando. Não se esqueça da carteira.
- Dentro de vinte minutos está tudo aí.
- Sendo assim, muito agradecida e lembranças para a sua senhora.
Dentro do prazo marcado, um menino confirmava que, em certas ocasiões, até os ladrões mandam
flores e joias.

rg
a 2.o
Vocabulário suplementar do
telefone
Telefone
Aparelho telefônico
Vocabulário do texto: Ligar/ desligar

end
Indo à cidade Discar
desesperada Posto telefônico
telefonema Orelhão
carteira de identidade Cabine
lista telefônica Pedir ligação
devolver Fazer ligação
madame
apr Ocupado
sujeito ordinário Telefone mudo
descuido Bater o telefone
não imagina O telefone toca
graçolas Alguém atende
o-

descarado Secretária eletrônica


danado Deixar recado
regenerar Telefone sem fio
pateta Celular
ativ

É fina Mandar torpedo


absolutamente Torpedear
para checar Quem gostaria?
pena Quem fala?
suja
str

com perdão da palavra


desonestos
eu mando
Vocabulário suplementar do roubo
embrulho
Ladrão/ ladra
on

negativo
Roubo armado
pudor
Assalto
entregador
Furto
Arrastão
dem

Trombadinha
Sumiço
Prender
Impune
Todo cuidado é pouco
Correr o risco
Incauto
Esbarrão
Distração
Choroso
58 cinquenta e oito
ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
O que aconteceu? O que houve?

Imagine os diálogos:

rg
a 2.o
........................................

end
........................................ ........................................ ........................................
........................................ ........................................ ........................................ ........................................
........................................ ........................................ ........................................ ........................................
........................................ ........................................ ........................................ ........................................
..................................... ..................................... .....................................
apr
Você nunca vai imaginar o que aconteceu comigo!
.....................................

O que houve? O que aconteceu?


Eu tive que ir/ ligar....
o-
A - Sabe o que aconteceu comigo ontem?
B - O que aconteceu?
A - Eu perdi o último trem para voltar em casa;
B - O que você fez?
ativ

A - Eu esperei até 5 da manhã para pegar o primeiro


trem;
B - Não acredito! Que azar!
str

A - Você sabe o que aconteceu com o João


on

ontem à noite?
B - Não sei.
A - Então, ele _______________________________
_______________________________________
dem

B - E agora?
A - ________________________________________
______________________________
B - Ele não tem sorte!

www.aprenda2.org cinquenta e nove 59


ESCREVA OUTROS DIÁLOGOS COM AS SITUAÇÕES ABAIXO:
1. Alguém roubou os seus documentos de identidade - passou o dia inteiro na delegacia.

2. greve de transporte - voltar para a casa a pé.

3. derrapar num chão molhado - terminar no hospital

rg
4. um vasamento no banheiro - ligar para o encanador

5. bater o carro do vizinho - pagar o conserto

a 2.o
6. O carro parou de funcionar na estrada - ligar para o guincho

7. apagão - passar a noite a luz da vela

8. queimar o frango - pedir comida na restaurante

end
apr
Puxa conversa:
- Você já foi roubado/a? Conte.
o-

- Tem algumas partes da cidade que são consideradas mais perigosas do que as outras? Onde fica?
- Tem problemas de drogas onde vive?
- Você tem medo de sair na rua à noite?
ativ

- Você sempre tranca a porta da sua casa?


- Você acha que legalizar a venda de arma é uma solução contra o crima?
- Você acha que legalizar a venda de drogas é uma solução contra o crime?
- Você acha que colocar o usuário de drogas na prisão é uma solução contra o crime?
- A cidade onde nasceu é considerada segura?
- Você acha que graffiti é vandalismo ou arte?
str

- Tem corrupção no seu país? Qual é a melhor maneira de lutar contra a corrupção?
- O que quer dizer ‘‘propriedade intelectual’’?
- Você acha que carregar música ou filme na internet é um crime?
- Qual é a diferença entre o crime e o pecado?
on
dem

60 sessenta
ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
O boletim de ocorrência na polícia

VIAGEM

rg
a 2.o
VIAGEM
VIAGEM

end
apr
o-
ativ

Delegado: _____________________________________________________
str

Vítima: _________________________________________________________

Delegado: _____________________________________________________
on

Vítima: _________________________________________________________

Delegado: _____________________________________________________
dem

Vítima: _________________________________________________________

Delegado: _____________________________________________________

Vítima: _________________________________________________________

Delegado: _____________________________________________________

Vendedora: _____________________________________________________

Delegado: _____________________________________________________

Vendedora: _____________________________________________________
www.aprenda2.org sessenta e um 61
Criado por Jocy Donato

COMO FAZER PERGUNTAS


A interrogação, em português, pode ser feita de duas formas:

1. Interrogação total. As marcas da interrogação são:

rg
- Na língua oral: entonação.

- Língua escrita: ponto de interrogação.

a 2.o
As respostas a esse tipo de interrogação são: sim ou não.

Ex.: - Você vai ao cinema?


- Vou, sim/ Não, não vou.

end
2. Interrogação parcial. As marcas da interrogação são:

- Na língua oral: entonação.

- Na língua escrita: palavras interrogativas.


apr
Ex.:
O que é isso?
Qual é a sua cor favorita?
Quem é aquele homem?
Quando é seu aniversário?
o-

Quantos anos ele tem?


Quanto custa um refrigerante?
Por que ele está rindo?
ativ

Onde você mora?

- Muitas vezes, precisamos de uma preposição para fazer a pergunta:

Preposição Exemplo
A A quem ele deu o prêmio?
str

Até Até quando passa a peça?


Até onde vai o ônibus?
Com Com quem ele está?
on

Com quantos ovos você faz o bolo?


De De que é a torta?
De quem é o carro?
De quando é o jornal?
dem

De onde você é?
Para Para quem é o presente?
Para que serve isso?
Para quando é o trabalho?
Mesa para quantas pessoas?
Para onde vai o ônibus?
Por Por onde passa o ônibus?

62 sessenta e dois
ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
Criado por Jocy Donato
Exercício: Faça perguntas.

1. Eu sou de São Paulo.


...
2. Ele é do Brasil.

rg
...
3. O presente é para a Maria.
...

a 2.o
4. O ônibus vai até a avenida São João.
...
5. O ônibus passa pelo Museu de Arte.
...

end
6. Eu vou com Camila.
...
7. O trabalho é para amanhã.
...
8. Isto serve para escrever.
...
9. O jornal é da semana passada.
apr
...
10. O bolo é de abacaxi.
o-
...
11. Ele deu um presente para Joana.
...
ativ

12. Eu recebi um presente de Elisa.


...
13. Comprei a câmera por R$ 500,00.
...
str

14. A peça fica até domingo.


...
15. Sou de Belo Horizonte.
on

...
16. O carro é meu.
...
dem

17. Nós vamos com Célia.


...
18. Estamos conversando sobre futebol.
...
19. Essa música é de Caetano Veloso.
...
20. Estamos correndo porque estamos com pressa.
...

www.aprenda2.org sessenta e três 63


rg
a 2.o
UNIDADE 6
ORDEM E CONSELHO end
apr
RECEITAS
o-
ativ
str
on
dem

64 sessenta e quatro
ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
rg
a 2.o
perfeito /
imperfeito

end
apr
o-
ativ
str

* Pare com essa bricadeira, Júlia!


on

* Por gentilez, cuide do seu dever!


dem

www.aprenda2.org sessenta e cinco 65


O USO DO IMPERATIVO – COSTUMES
1. GRAMÁTICA ATIVA - UNIDADE 26

rg
2. Exercícios

a 2.o
FEIJOADA
__________ (escolher) as carnes (mais ou menos 200g de carne por pessoa):
Salgadas: costela, carne-seca, lombo salgado e bacon.

end
Embutidos: linguiça calabresa, linguiça portuguesa e paio.
Carne de vaca: músculo.
Você pode ainda pôr pé de porco, orelha, rabo, etc.
___________ (selecionar) um feijão preto bem graúdo - mais ou menos 150g por pessoa.
apr
O ideal é iniciar o preparo dois dias antes:
Dois dias antes, __________ (pôr) as carnes salgadas de molho em água limpa. ____________
(trocar) esta água pelo menos umas cinco vezes em 24 horas.
o-

Doze horas antes de começar a cozinhar, ___________ (colocar) o feijão de molho em água abun-
dante, ____________ (cortar) as carnes em pedaços já do tamanho que serão servidas.
No dia seguinte, __________ (pôr) tudo em uma panela (carnes e feijão) e ___________ (deixar)
ativ

cozinhar em fogo forte até que o feijão esteja macio.


Agora ________ (dar) o seu toque: ___________ (juntar) os temperos que você gostar (cebola,
alho, pimenta-dedo-de-moça, pimenta-do-reino, salsa, etc.), ______________ (fazer) um bom re-
str

fogado utilizando, de preferência, gordura de bacon e ________________ (jogar) dentro da fei-


joada.
____________ (deixar) ferver por uns quinze minutos.
on

____________ (tampar) a panela e __________________ (esperar) que ela descanse (pode ser
fora da geladeira) até o dia seguinte. Assim, é só esquentar e servir.
dem

Acompanhamentos: arroz branco, couve à mineira, molho vinagrete e farinha de mandioca.


(Texto adaptado do site CYBERCOOK – www.cybercook.com.br)

66 sessenta e seis
ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
3. O Metrô
Você já andou de metrô? Preencha as placas com os verbos no imperativo: aguardar,
entrar, dar, deixar (x2), destravar, embarcar, empurrar, fazer, fumar, garantir, prender,
puxar (x2), quebrar, respeitar, ultrapassar, utilizar , vacinar-se
No mural da plataforma:

rg
Não ___________

a 2.o
__________sua vitória
Contra a pólio
__________ o ____________!
desembarque
antes de
embarcar.

end
__________as crianças
e as pessoas com
restrição de
mobilidade.
Elas têm prioridade
de embarque.

___________
apr
as crianças,
sempre segurando-as
o-
pelas mãos.
ativ

No chão da plataforma: Na janela do metro:


Para abrir a janela,
Antes de entrar no trem,
_________ os dois trincos ao mes-
_________ as pessoas
str

mos tempo e puxe.


saírem.
Para fechar,
_________ os dois trincos ao mes-
_____ um grande gesto:
on

mo tempo, até que eles se travem.


_____ a passagem para
quem sai do trem. Na porta dos empregados:
dem

No saida do metro, na escada rolante:


_________o corrimão,
_________ a esquerda livre para circulação

www.aprenda2.org sessenta e sete 67


Simpatia e Lenda do Bolo de Santo Antônio
Santo Antônio de Lisboa, mais conhecido como Santo Antônio de Pádua, viveu na Idade Média.
Naquela época era difícil arrumar marido, pois era um tempo de guerras. Afinal os homens saíam dos
feudos para lutar nas batalhas e por isto não se interessavam por casamento.

rg
Diz a lenda que uma vez uma jovem apaixonou por um soldado. Mas ele não podia casar porque sua
missão era servir, exclusivamente, ao exército. A moça foi conversar com o padre Antônio para que
conseguisse uma maneira dela contrair o matrimônio com o seu amado . Então , antes de iniciar esta

a 2.o
conversa, a donzela ofereceu um bolo com o objetivo de agradar ao sacerdote.
O pároco rezou, meditou e foi conversar com o comandante que era rígido. Como um milagre, o chefe
do exército autorizou o casamento do soldado com a sua amada .
Reza a lenda que o padre conseguiu a proeza graças ao bolo que a jovem ofereceu-lhe. A partir daquele
dia, várias mulheres que desejavam o matrimônio passaram a presentear o sacerdote com o bolo e

end
pedir o milagre do casamento para ele.
Desta maneira Santo Antônio ganhou a fama de casamenteiro .
O dia deste santo é dia 13 de junho , por isto colocaram o dia dos namorados em 12 de junho, na
véspera da comemoração do santo casamenteiro .
apr
Até hoje existe a simpatia do bolo de Santo Antônio e várias senhoras afirmam que dá certo . A receita é esta :

Modo e Preparo :
1 xícara (chá) de manteiga;
2 xícaras (chá) de açúcar;
4 ovos;
o-

120 gramas de chocolate meio amargo derretido;


1 colher (chá) de baunilha;
1 xícara (chá) de farinha de trigo;
ativ

1 xícara (chá) de castanhas do Pará;


1 colher (sopa) de fermento em pó.

Modo de fazer:
_________(bater) a manteiga com o açúcar. ________(Juntar) os ovos um de cada vez, mexendo
str

sempre acrescente os outros ingredientes, sendo o fermento por último.


_________(Despejar) a massa na assadeira untada e enfarinhada.
on

_________(Levar) ao forno quente, por uma hora, mais ou menos.


_________(Deixar) esfriar, _________(cortar) em quadrados
dem

Simpatia :
Antes de levar o bolo para assar, coloca-se na massa dele: 1 aliança; 1 dedal e 1 moeda.
Quem sair com a fatia que tem:
A aliança: a pessoa casará em breve.
O dedal: a pessoa ficará para titia (não vai casar nunca).
A moeda: a pessoa se tornará rica.
Atenção : Não se ___________(esquecer) de rezar antes de comer o bolo . Você, também, deve levar
uma fatia deste quitute a uma igreja de Santo Antônio e colocar embaixo da imagem dele .
Luciana do Rocio Mallon
68 sessenta e oito
ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
A FELICIDADE
Receita da Felicidade - Toquinho
Após assistir ao vídeo (http://www.youtube.com/watch?v=HlINclbl0KY), responda:

rg
1) Preencha:
.................. uns pedacinhos de afeto e de ilusão

a 2.o
.................. com um pouquinho de amizade.
.................. com carinho uma pontinha de paixão
E uma pitadinha de saudade.
.................. o dom divino maternal de uma mulher.

end
E um sorriso limpo de criança
.................. a ingenuidade de um primeiro amor qualquer.
Com o eterno brilho da esperança.
.................. emprestada a ternura de um casal,

apr
E a luz da estrada dos que amam pra valer.
.................. sempre muito amor.
Que amor nunca faz mal
.................. a vida com um arco-íris de prazer
o-
.................., pois sonhar ainda é fundamental.
E um sonho sempre pode acontecer...
ativ

.................. o dom divino maternal de uma mulher.


E um sorriso limpo de criança
..................a ingenuidade de um primeiro amor qualquer.
str

Com o eterno brilho da esperança.


.................. emprestada a ternura de um casal,
E a luz da estrada dos que amam pra valer.
on

.................. sempre muito amor.


Que amor nunca faz mal
.................. a vida com um arco-íris de prazer
dem

.................., pois sonhar ainda é fundamental.


E um sonho sempre pode acontecer..

2) Quais são as dicas que o Toquinho dá para encontrar a felicidade?

3) Você concorda com a receita? Por quê?

4) Que outras coisas, além das citadas, podem trazer felicidade na sua opinião?

5) Crie a sua “Receita da Felicidade


www.aprenda2.org sessenta e nove 69
“Métodos para se tornar mais feliz foram testados em laboratórios. E funcionam.”

Um dos motivos pelos quais a Felicidade é tão difícil de alcançar é que nem sabemos bem o que ela
é. Daí a importância das pesquisas do psicólogo americano Martín Seligman, da Universidade da
Pensilvânia. Seligman concluiu que felicidade é na verdade a soma de três coisas diferentes: prazer,
engajamento e significado.

rg
Prazer, você sabe o que é. Um jeito fácil de reconhecer se alguém está tendo prazer é procurar em seu
rosto por um sorriso e por olhos brilhantes. Já engajamento é a profundidade de envolvimento entre
a pessoa e sua vida. Um sujeito engajado é aquele que está absorvido pelo que faz, que participa ati-

a 2.o
vamente da vida. E, por fim, significado é a sensação de que nossa vida faz parte de algo maior.
A vantagem de dividir felicidade em três é que assim fica mais fácil definirmos nossos objetivos. “Bus-
car a Felicidade” é uma meta meio vaga, fica difícil até de saber por onde começar. Mas se você se
conscientizar de que basta juntar essas três coisas – prazer, engajamenro e significado – para a felici-
dade vir de brinde, a tarefa torna-se menos penosa.

end
Fonte: adaptação de artigo da revista Super interessante, abril/2005

1) Definição
Felicidade é realmente algo muito subjetivo; entretanto, no dicionário Aurélio, a definição de felicidade é:
1. Qualidade ou estado de feliz.
2. Bom êxito; sucesso.
apr
E a definição de feliz é:
1. Ditoso, afortunado.
2. Contente, alegre.
o-

3. Bem-sucedido.
4. Bem lembrado, imaginado.

a) Como você definiria “prazer” e “engajamento”


ativ

b) Que elementos, em sua opinião, nunca poderiam ser atribuídos à felicidade?


c) Se você tivesse que fazer uma fórmula para a felicidade, que ingredientes completariam essa
fórmula?

FELICIDADE = _____________+______________x_____________
str

2) Dicas
Seligman ainda dá algumas dicas práticas para ser feliz. Essas dicas referem-se aos três pilares da
felicidade definidios por ele.
on

Escreva (1) para as dicas que se referem ao prazer, (2) para as dicas que se referem ao engajamento
e (3) para as dicas que se referem ao significado.

( ) Dedique-se a tudo que você faz, no trabalho ou fora. Lembre-se: a diferença entre um emprego
dem

chato e um emprego legal pode ser a sua postura. Se você se envolver mais, ele vai ficar mais diver-
tido.
( ) Pesquisas mostram que escrever num diário as coisas pelas quais você é grato garante um au-
mento no nível de felicidade, que dura seis semanas. Portanto, de tempos em tempos, lembre-se de
agradecer.
( ) Permita-se ter experiências sensorialmente agradáveis de vez em quando. Não se trata só de
emoções fortes. Essas experiências podem ser bem simples: conversar, ver uma paisagem bonita,
comer algo gostoso.
( ) Arrume uma atividade desafiadora, difícil, e esforce-se para se tornar cada vez melhor nela.
Yoga, aeromodelismo, flauta, mountain bike, culinária vegetariana…Há opções para todos os gostos.

70 setenta
ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
( ) Tire “fotografias mentais” dos momentos agradáveis de sua vida e repare nos detalhes, nas
cores, nos cheiros. Nas horas difíceis, tente recordar-se de tudo.
( ) Se tem alguém que foi importante na sua vida, ainda que num passado remoto, faça-o saber
disso, de preferência com uma visita pessoal. Os cientistas dizem que essa “visita de gratidão” pode
valer um mês de felicidade.

rg
Provérbios sobre Felicidade

a 2.o
“Só se sabe a felicidade depois que ela vai embora.”

“A felicidade é algo que se multiplica, quando se divide.”

“A felicidade não é uma recompensa, é uma consequência.”

end
“Toda a felicidade é feita de coragem e trabalho.”

“A felicidade do corpo consiste na saúde; e, a do espírito, no saber.”

“A fórmula da felicidade é não viver do passado, nem do futuro, mas viver do presente.”
apr
“Felicidade, cada um faz a sua.”

CUIDADO
o-
ativ

Tanto na linguagem corporativa quanto na vida familiar e social, os brasileiros não gostam que alguém
se dirija a eles usando este tempo verbal.
No Brasil, se um executivo chega cheio de imperativos, logo encontrará inimigos e piadas pela frente.
Sabemos que em outras culturas é comum o uso desse tempo verbal. Por isso,
str

sugerimos que tentem substituí-lo, a fim de evitar constrangimentos.


on

Vejam os exemplos de algumas expressões utilizadas neste caso:


dem

Ordem Imperativo Solicitação (graus de polidez)

- Abre a janela.
Abrir a janela - Você pode abrir a janela?
- Será que você pode abrir a janela?
- Você podia abrir a janela?
- Será que você podia abrir a janela?
- Você poderia abrir a janela?
- Será que você poderia abrir a janela?

www.aprenda2.org setenta e um 71
rg
a 2.o
UNIDADE 7
DOENÇAS E CONSELHOS
end
apr
o-
ativ
str
on
dem

72 setenta e dois
ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
FUTURO DO PRETÉRITO
Também conhecido como condicional.

1. GRAMÁTIVA ATIVA - UNIDADE 25

rg
2. POR VOCÊS – BARÃO VERMELHO

Conjugue os verbos a seguir no futuro do pretérito:

a 2.o
aceitar __________________ x2 limpar ___________________
conseguir ___________________ mudar ___________________x3
dançar ___________________ pintar ___________________
deixar ___________________ ter ___________________

end
desejar ___________________x3 tomar ___________________x2
dormir ___________________ viajar ___________________x2
ficar ___________________ viver ___________________x3
ir _______________________

apr
Ouça a música e preencha os espaços em branco:
Por você __________ até ficar alegre
Eu __________ tango no teto __________ todo o céu
Eu __________ De vermelho
o-
Os trilhos do metrô Eu __________mais herdeiros
Eu __________ a pé Que um coelho
Do Rio à Salvador Eu __________
Eu __________ A vida como ela é
ativ

A vida como ela é __________ à prazo


__________ a prazo Pro inferno
Pro inferno
Eu __________ banho gelado Eu __________ banho gelado
No inverno No inverno
str

Por você! Eu__________


Eu __________ de beber Até o meu nome
Por você! Eu __________
Eu __________ rico num mês Em greve de fome
on

Eu __________ de meia __________ todo o dia


A mesma mulher
Prá virar burguês Por você! Por você!
dem

Eu __________ Por você! Por você!


Até o meu nome Eu __________
Eu__________ Até o meu nome
Em greve de fome Eu __________
__________ todo o dia Em greve de fome
A mesma mulher __________ todo o dia
A mesma mulher
Por você! Por você! Por você! Por você!
Por você! Por você! Por você! Por você! Por você!

www.aprenda2.org setenta e três 73


AS DOENÇAS
1. O corpo humano
cópia dada pelo instituto (Anexos)

rg
a 2.o
end
apr
o-
ativ
str
on
dem

74 setenta e quatro
ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
2. Quais dores o moço tem?

rg
a 2.o
3. Sintomas. Quais sintomas eles têm?

end
apr
o-
ativ

4. REMÉDIOS
str
on
dem

www.aprenda2.org setenta e cinco 75


rg
a 2.o
5. Aconselhe o seu amigo. O que ele deveria fazer?

end
Uma picada de abelha:
apr
........................................ ........................................ ........................................
você deveria passar ........................................ ........................................ ........................................
creme! ....................................... ....................................... .......................................
o-
ativ

........................................ ........................................ ........................................ ........................................


str

........................................ ........................................ ........................................ ........................................


....................................... ....................................... ....................................... .......................................
on
dem

........................................ ........................................ ........................................ ........................................


........................................ ........................................ ........................................ ........................................
....................................... ....................................... ....................................... .......................................

76 setenta e seis
ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
rg
........................................ ........................................ ........................................ ........................................

a 2.o
........................................ ........................................ ........................................ ........................................
....................................... ....................................... ....................................... .......................................

end
apr
........................................ ........................................ ........................................ ........................................
........................................ ........................................ ........................................ ........................................
o-
....................................... ....................................... ....................................... .......................................
ativ

6. Consulta médica. Durante a consulta médica, o que o médico faz?


str
on
dem

www.aprenda2.org setenta e sete 77


Puxa conversa, saúde e conversa

Você vai frequentemente ao salão de beleza?


Você faz esporte com frequência?
Você se considera uma pessoa saudável?
Você sempre come comida saudável?

rg
Você come muitas frutas? Come muitos legumes?
Você fica resfriado/a mais de uma vez por ano?
Você sofre algum tipo de alergia?

a 2.o
Você bebe muito álcool?
Você tem dor de cabeça com frequência?
Com que frequência você vai ao médico?
Você está estressado/a?
Você tem alguma cicatriz?

end
Você come com frequência no fast food?
Você fuma?
Você toma vitaminas ou minerais em comprimido?
Você toma remédios com frequência?
Você toma remédio quando está doente?
Você acha que animal de estimação é bom para saúde?
Você usa um alarme para acordar?
apr
Você já esperimentou medicina alternativas ?
Você já quebrou um osso? Conte.
Você já foi internado/a?
Você já sofreu queimaduras?
o-

Você dorme bem?


O que você aconselharia para curar uma gripe?
O que você aconselharia para curar um resfriado?
O que você aconselharia para curar uma tosse?
ativ

Que bebidas são saudáveis? Que bebidas não são saudáveis?


Você já fez uma cirurgia?
Você já sofreu um acidente?
Qual é a expectativa de vida no seu país?
str
on
dem

78 setenta e oito
ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
rg
a 2.o
end
UNIDADE 8 apr
VAMOS MAIS LONGE...
o-
ativ
str
on
dem

www.aprenda2.org setenta e nove 79


O LIXO - LUÍS FERNANDO VERÍSSIMO
Encontram-se na área de serviço. Cada um com seu pacote de lixo. É a primeira vez que se falam.
- Bom dia...
- Bom dia.
- A senhora é do 610?

rg
- E o senhor é do 612?
- É.
- Eu ainda não lhe conhecia pessoalmente...

a 2.o
- Pois é...
- Desculpe a minha indiscrição, mas tenho visto o seu lixo...
- O meu quê?
- O seu lixo.
- Ah...
- Reparei que nunca é muito. Sua família deve ser pequena...

end
- Na verdade sou só eu.
- Mmmm... Notei também que o senhor usa muito comida em lata.
- É que eu tenho que fazer minha própria comida. E como não sei cozinhar...
- Entendo.
- A senhora também... apr
- Me chame de você.
- Você também perdoe a minha indiscrição, mas tenho visto alguns restos de comida em seu lixo.
Champignons, coisas assim...
- É que eu gosto muito de cozinhar. Fazer pratos diferentes. Mas, como moro sozinha, às vezes sobra...
- A senhora... Você não tem família?
- Tenho, mas não aqui.
o-

- No Espírito Santo.
- Como é que você sabe?
- Vejo uns envelopes no seu lixo. Do Espírito Santo.
- É. Mamãe escreve todas as semanas.
ativ

- Ela é professora?
- Isso é incrível! Como foi que você adivinhou?
- Pela letra no envelope. Achei que era letra de professora.
- O senhor não recebe muitas cartas. A julgar pelo seu lixo.
- Pois é...
str

- No outro dia tinha um envelope de telegrama amassado.


- É.
- Más notícias?
- Meu pai. Morreu.
on

- Sinto muito.
- Ele já estava bem velhinho. Lá no Sul. Há tempos não nos víamos.
- Foi por isso que você recomeçou a fumar?
- Como é que você sabe?
dem

- De um dia para o outro começaram a aparecer carteiras de cigarro amassadas no seu lixo.
- É verdade. Mas consegui parar outra vez.
- Eu, graças a Deus, nunca fumei.
- Eu sei. Mas tenho visto uns vidrinhos de comprimido no seu lixo...
- Tranquilizantes. Foi uma fase. Já passou.
- Você brigou com o namorado, certo?
- Isso você também descobriu no lixo?
- Primeiro o buquê de flores, com o cartãozinho, jogado fora. Depois, muito lenço de papel.
- É, chorei bastante, mas já passou.
- Mas hoje ainda tem uns lencinhos...
80 oitenta
ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1
- É que eu estou com um pouco de coriza.
- Ah.
- Vejo muita revista de palavras cruzadas no seu lixo.
- É. Sim. Bem. Eu fico muito em casa. Não saio muito. Sabe como é.
- Namorada?
- Não.

rg
- Mas há uns dias tinha uma fotografia de mulher no seu lixo. Até bonitinha.
- Eu estava limpando umas gavetas. Coisa antiga.
- Você não rasgou a fotografia. Isso significa que, no fundo, você quer que ela volte.

a 2.o
- Você já está analisando o meu lixo!
- Não posso negar que o seu lixo me interessou.
- Engraçado. Quando examinei o seu lixo, decidi que gostaria de conhecê-la. Acho que foi a poesia.
- Não! Você viu meus poemas?
- Vi e gostei muito.
- Mas são muito ruins!

end
- Se você achasse eles ruins mesmo teria rasgado. Eles só estavam dobrados.
- Se eu soubesse que você ia ler...
- Só não fiquei com eles porque, afinal, estaria roubando. Se bem que, não sei: o lixo da pessoa ainda
é propriedade dela?
- Acho que não. Lixo é domínio público.

apr
- Você tem razão. Através do lixo, o particular se torna público. O que sobra da nossa vida privada se
integra com a sobra dos outros. O lixo é comunitário. É a nossa parte mais social. Será isso?
- Bom, aí você já está indo fundo demais no lixo. Acho que...
- Ontem, no seu lixo...
- O quê?
- Me enganei, ou eram cascas de camarão?
o-
- Acertou. Comprei uns camarões graúdos e descasquei.
- Eu adoro camarão.
- Descasquei, mas ainda não comi. Quem sabe a gente pode...
- Jantar juntos?
ativ

- É.
- Não quero dar trabalho.
- Trabalho nenhum.
- Vai sujar a sua cozinha?
- Nada. Num instante se limpa tudo e põe os restos fora.
str

- No seu lixo ou no meu?


on

COMPREENSÃO
1)A crônica é um gênero textual que traz, explícita ou implicitamente, uma crítica a algum aspecto da
vida em sociedade. Em relação à crônica “O lixo” de Veríssimo, qual a crítica presente?
dem

2) Onde aconteceu o primeiro encontro dos personagens?

3) No início do diálogo, os personagens se cumprimentam e, em seguida, iniciam uma conversa.


a) Qual é a forma de tratamento usada por eles?
b) Que palavra representa essa forma de tratamento?

4) A conversa entre os personagens continua. A senhora do 610 diz: “Me chame de você”.
a) Qual foi a mudança ocorrida quanto a forma de tratamento?
b) Qual a palavra que aponta para essa mudança?

www.aprenda2.org oitenta e um 81
5) Qual a estratégia utilizada pela senhora do 610 para saber se o senhor do 612 tem família ou não?

6) Por meio dos objetos jogados no lixo pelos personagens podemos levantar hipóteses quanto à
condição social deles. Qual é a condição social de cada um? Justifique sua resposta com elementos
do texto.

7) Como o senhor do 612 descobriu que a senhora do 610 tinha parentes no Espírito Santo? Quem

rg
é o parente distante da senhora? O que mais ele descobriu sobre essa pessoa (parente)?

a 2.o
8) Em “Isso é incrível!! Como foi que você adivinhou?”, o elemento destacado retoma qual ideia?

9) De acordo com a crônica, os elementos abaixo fazem com que cada personagem chegue a uma
conclusão. Aponte a conclusão a que cada um chegou a partir dos elementos:
a) telegrama amassado:
b) carteira de cigarro amassadas:

end
c) vidrinhos de comprimidos
d) buquê de flores:
e) palavras cruzadas:
f) fotografia:

10) Em “Você brigou com o namorado, certo?”, o senhor do 612 conclui que a senhora do 610 tinha
apr
terminado com o namorado. Descreva os passos do raciocínio do homem para alcançar essa con-
clusão.

11)Toda a conversa revela um drama muito comum entre os habitantes das grandes cidades. Que
drama é esse?
o-

Avaliação e Produção textual


ativ

Releia o final da crônica “O lixo” de Veríssimo:


“- Acertou. Comprei uns camarões graúdos e descasquei.
- Eu adoro camarão.
- Descasquei, mas ainda não comi. Quem sabe a gente pode...
- Jantar juntos?
str

- É.
- Não quero dar trabalho.
- Trabalho nenhum.
- Vai sujar a sua cozinha?
on

- Nada. Num instante se limpa tudo e põe os restos fora.


- No seu lixo ou no meu?”

Escreva um pequeno diálogo dando continuidade a este encontro entre o senhor do 612
dem

e a senhora do 610.

82 ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1


Criado por prof. Wagner Quevedo

QUEM MORA NESSE LUGAR?


Na frente de um pequeno condomínio há três latões de lixo de três apartamentos.

Latão A :

rg
1. 14 cartões parabenizando Fernanda e Roberto pelo aniversário de 10 anos de casamento.
2. Um vidro vazio de doce.
3. Um folder de uma imobiliária com informações sobre casas de praia no litoral de São Paulo.

a 2.o
4. Uma bola de futebol velha.
5. Uma caixa de sabão em pó vazia.
6. Uma conta de uma oficina da Ford.
7. Papéis impressos com textos corrigidos a caneta.
8. Dois pares de botas de borracha infantis.
9. Várias fraldas descartáveis.

end
10. Um bilhete de loteria vencido.
11. Duas latas vazias de comida para gato.
12. Um caderno velho de geografia.
13. Um pote de nozes.
14. Uma embalagem de farinha integral.
15. Uma sacola cheia de jujubas.

Latão B :
1. Uma prancha de surf.
apr
2. Um pacote vazio de batatas chips.
3. Um catálogo com equipamentos para montanhismo.
4. Uma tabela de horários do 3º ano do ensino médio.
o-
5. Dois bilhetes de cinema.
6. Um pote de gel de cabelo.
7. Uma bola de pingue-pongue.
ativ

8. Uma lata de sardinha.


9. Vários gibis do Mickey Mouse.
10. Classificados de imóveis.
11. Uma roda de bicicleta.
12. Uma revista de esporte.
13. Uma lâmpada queimada.
str

14. Um despertador com defeito.


15. Um par de tênis.

Latão C :
on

1. Um envelope de analgésicos vazio.


2. Uma conta de telefone de R$ 350.00 .
3. Um tubo de ketchup.
4. Três cartões postais dos EUA.
dem

5. Uma jaqueta de couro quase nova.


6. Um par de botas de cowboy.
7. Uma revista de Heavy Metal.
8. Um pedaço de papel com o rascunho de uma carta.
9. Uma embalagem vazia de café.
10. 6 latas vazias de cerveja.
11. Uma sacola de plástico com propaganda de um « Duty Free Shop ».
12. Um cartão de bilhete único.
13. Uma carteirinha de estudante vencida.
14. Um caderno com modelos de corte e costura.
15. Uma flauta doce velha
www.aprenda2.org cento e cinco
83
Perguntas Latão A Latão B Latão C

1 . Quem mora nesses


apartamentos? Descre-
va as pessoas a partir
do que você encontrou

rg
no lixo.

a 2.o
2. Quais os hábitos
desses moradores?

end
3. Onde eles passam as
férias?
apr
o-

4. O que eles gostam de


comer?
ativ
str

5. Eles possuem ani-


mais de estimação?
on
dem

6. O que mais você


pode dizer sobre esses
moradores?

84 ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1


www.aprenda2.org
dem
on
str
ativ
o-
apr
end
a 2.o
rg

85
rg
a 2.o
end
apr
o-
ativ
str
on
dem

86 ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1


Glossário
Achegados: aqueles que estão próximos, vizinhos.

rg
Barzinho: diminutivo de bar, local onde se vendem bebidas.

a 2.o
Batuque: tipo de música e dança de origem africana, ao som de instrumentos de percussão (tambores).

Belisco: semelhante ao petisco, pequena porção de comida.

Boteco: diminutivo de botequim.

end
Botequeiro: pessoa que frequenta bastante o boteco.

Botequim: estabelecimento comercial que vende bebidas e petiscos.

Botecoterapia: gíria para demonstrar que o boteco também pode ser lugar para se fazer terapia, ou
apr
seja, para resolver problemas pessoais de uma forma descontraída.

Caipirinha: bebida popular brasileira feita à base de limão, açúcar, pinga e gelo.

Churrasqueira: local onde se assa o churrasco.


o-
Churrasquinho de gato: gíria para designar que a carne não é de primeira qualidade.

Curtir: gostar, sentir prazer em fazer algo.


ativ

Espetinho: carne assada na churrasqueira e servida no espeto.

Fofoca de bastidores: conversa sobre coisas ou acontecimentos relativos a pessoas que não estão
presentes.
str

Fora da roda: gíria para indicar que a pessoa não faz parte do ambiente.

Freguês: cliente, aquele que compra habitualmente.


on

Jogar conversa fora: gíria para indicar um bate-papo, uma conversa despretensiosa, sem muita im-
portância.
dem

Loura bem gelada: gíria para cerveja, referindo-se à sua cor e temperatura.

Padaria: estabelecimento comercial onde os pães são fabricados e vendidos.

Prato feito: comida típica brasileira, relativamente barata, que contém arroz, feijão, salada, batata
frita e algum tipo de carne (pode ser bife, frango, linguiça ou peixe) ou ovo; a refeição já vem servida
no prato.

Sapo de fora: gíria para designar aquele indivíduo que não faz parte do ambiente.

Trocados: pequena quantidade de dinheiro.


www.aprenda2.org 87
rg
a 2.o
end
apr
o-
ativ
str
on
dem

88 ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1


www.aprenda2.org
dem
on
str
ativ
o-
apr
end
a 2.o
rg

89
A) ‘‘brasileiro é botequeiro por excelência’’

rg
B) ‘‘Filosofia de botequo’’

a 2.o
C) ‘‘uma boa filosofia de boteco com a sua profundidade de poça d´água’’

D) ‘‘O final de semana é reservado para recarregar as baterias’’

end
E) ‘‘frequentadores assíduos acabam graduados em botecoterapia’’

F) ‘‘ninguém é de ferro’’

G) ‘‘ é o espaço para colocar o papo em dia’’


apr
7. O que você tem feito últimamente?
............................................................................................................................................................
o-

............................................................................................................................................................
...................................................................................................
ativ

8. Explique a diferença entre as duas frases abaixo:


a) Henrique foi ao boteco na sexta-feira passada.
b) Henrique tem ido ao boteco toda sexta-feira.
str

9. Explique, com suas próprias palavras, como se forma e quando se usa o pretérito perfeito
composto.
on
dem

90 ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1


10. Complete o parágrafo abaixo com o verbo indicado em parênteses:

rg
a 2.o
end
apr
o-
ativ
str
on
dem

www.aprenda2.org 91
rg
a 2.o
end
apr
o-
ativ
str
on
dem

92 ALEGRIA com aprenda2 - Módulo A2.1


www.aprenda2.org
dem
on
str
ativ
o-
apr
end
a 2.o
rg

93