Você está na página 1de 2
EXPOSICAO DO GRANDE JUBILEU DO ANO 2000 CRISTO fonte de esperanga 17 DE JUNHO | 17 DE SETEMBRO CATALOGO Porto 2000 102 Prato paleocristio Medterineo ao de Late Roman C 103 Fibula ibograia especie ETIENNE, R; HBRE,G; LEVER tseu Monogr bloga complement File CABROL FE Pareecese Fagmenosdescoberos durante as pesquisas arqueotégicas da Casa do Infante (Porto), o qual ests associado & ocupagio tardia de um palécio do Baixo-Impétio, cujos restos se identficaram neste mesmo local Nos séculos V e Vi importaram-se ceramics finas, ‘com fabrico no Norte de Africa e no Mediterraneo Oriental. Elas s80 provenientes em grande medida da ftea de influéncia de Bizancio. Além de demonstrarem a persisténcia das antigas rotas comerciais, comecam a surgir em ambientes domésticos romanos, miltiplos objectos de artes menores e elementos de arte sumptustia (ceramic, vidro, metal, mosaico, etc), tem Conimbriga, nas escavacbes de 1965, (canalizacSo Sul Il, 6) enquadra-se numa tipologia de pequenos utensilios em metal com diversos fins, testemunhando através da decoraco que veiculam a progressiva cristianizacdo do quotidiano na Antiguidade Tardia no terrtério que hoje & Portugal Este objecto tem sido considerado como um cunho litirgico, euja funcdo poderia ser a de marcar 0 pao ‘eucaristico, O conhecimento de pecas idénticas e uma ‘observacao atenta da que aqui se expde leva-nos 3 ‘outta leitura: estaremos em presenca de uma fibula sem fuzihao que conserva 0 disco decorado & respectivo aro, funcionando como passador de cintur3o ‘ou de baiteus, tendo em conta que o eixo do aro 0 mesmo do Crismon. Esta fibula poderd estar incompleta, mas duas volutas laterais e dois pequenos botoes esféricos de proteccao parecem sublinhar 0 seu uuso como fecho de cinturgo. Ressalta no centro a representaco do Crismon ou anagrama constantiniano, com a sobreposicgo das duas primeitas letras da palavra Cristo, em grego, € 05 elementa « @ a. A inversa0 destes caracteres 6 normal, iio se the devendo der importancia de maior. E: ppequeno objecto em bronze, encontrado (0s quais vem decorados com mates cistdos. A dfusto do ciistianismo ~ e de iconografa ‘com ele associada ~ dase sobretudo através deste meio, no seio da vida familar, antes mesmo de se assist renovacao da arquitecturareligioss 0 prato portuense de sigillata fociona tardia, corresponde & forma Hayes 3. Apesar de muito fragmentada quando apareceu, ainda se reconhece uma cruz a0 centro, em redor da qual se dispunham vtios cordeiros. Na Casa do Infante apareceu um outro ‘fragmento de cerdmica, talvez do discus de uma lucera, no qual se vislumbra um Crismon, Manuel ad \erifica-se logo no século Ie terd a ver com 0 desconhecimento do seu significado por parte dos artfices ou, neste caso, por distraccdo ou escolha decorativa nos trabalhos preparativos de fundicio. © Crismon, por sua vez, ndo ests em retrogrado. Apresenta-se-nos de um modo em que a haste cimeire ea cunatura do p s80 substtuidos por uma pequens oval que nasce do centro do 7. Também em relevo, como 0 Crismon, e em volta deste lé-se a insci¢do VIVAS + IN AETERNU(M), com nexus das letras RNV: Vive para a Eternidade. Entre ‘verbo e 0 complemento inscreve-se uma cruz greg, ligeiramente patea, A expresso & tipca dos primeiros tistaos e faz destacar 0 sentido que Jesus Cristo, © Principio e o Fim, segundo o texto do Apocalipse, tinha para eles no passado, no presente e no futuro. ‘A expresso visual e artista destes signos numa pega de bronze que seré de fabrico local, tendo em conta © paralelo que apresenta da tipica gafia do A presente também em outras inscrigdes paleacristas de Conimbriga, revela até que pponto Cristianismo marcou a totaidade vivencial do dia dia na sociedade que viveu no nosso tenitério nos contextos tardo-omano e sudvico, Maina Na!