Você está na página 1de 39

ORIENTAÇÕES EM ODONTOLOGIA SOBRE

PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA
EM TEMPOS DE COVID-19
AUTORES
VICTOR ANGELO MARTINS MONTALLI
DOCENTE DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA DA FACULDADE SÃO LEOPOLDO MANDIC

FERNANDO LAGO
MESTRANDO EM ODONTOLOGIA DA FACULDADE SÃO LEOPOLDO MANDIC

ALEXANDRE SCREMIN CZEZACKI


GRADUANDO EM MEDICINA DA FACULDADE SÃO LEOPOLDO MANDIC

ATHUS GARCIA
CIRURGIÃO-DENTISTA PELA FACULDADE SÃO LEOPOLDO MANDIC

MARIANA TROMBETTA DE LIMA RAEDER


DOCENTE DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA DA FACULDADE SÃO LEOPOLDO MANDIC

AGUINALDO GARCEZ
DOCENTE DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA DA FACULDADE SÃO LEOPOLDO MANDIC

FLÁVIA MARTÃO FLÓRIO


DOCENTE DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA DA FACULDADE SÃO LEOPOLDO MANDIC

ALMENARA DE SOUZA FONSECA SILVA


DOCENTE DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA DA FACULDADE SÃO LEOPOLDO MANDIC

MARCELO HENRIQUE NAPIMOGA


DIRETOR DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA DA FACULDADE SÃO LEOPOLDO MANDIC

LEONARDO RUFFING
DOCENTE DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA DA FACULDADE SÃO LEOPOLDO MANDIC

ANDRÉ RICARDO RIBAS FREITAS


DOCENTE DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA DA FACULDADE SÃO LEOPOLDO MANDIC

JAYRO GUIMARÃES JUNIOR


DOCENTE JUBILADO DO CURSO DE ODONTOLOGIA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

PAULO DE CAMARGO MORAES


DOCENTE DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA DA FACULDADE SÃO LEOPOLDO MANDIC
O EPR é indicado para os
profissionais de saúde que trabalham

EPR
INTRODUÇÃO com contaminantes biológicos.

Este equipamento oferece proteção


e promove o vedamento das
vias respiratórias.

(EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA) Assim, seu uso adequado


proporciona segurança
ao usuário.
QUAL
EPR DEVO
USAR ?
DÚVIDAS SÃO COMUNS!

Principalmente quanto ao
uso de máscaras cirúrgicas,
uso de respiradores e qual
a indicação correta para
o cirurgião-dentista.
QUAL A DIFERENÇA ENTRE
A MÁSCARA CIRÚRGICA
E RESPIRADORES ?
MÁSCARA CIRÚRGICA
PROTEÇÃO INDICADA PARA GOTÍCULAS
Acima de 5 µm

RESPIRADORES PROFISSIONAIS
PROTEÇÃO INDICADA PARA AEROSSÓIS
Abaixo de 5 µm
QUAL A PROTEÇÃO DA MÁSCARA
CIRÚRGICA E DOS RESPIRADORES ?

PROTEÇÃO DE VEDAÇÃO PARTÍCULAS


NARIZ E BOCA ABAIXO DE 5 µm

MÁSCARA
CIRÚRGICA

RESPIRADORES
PROFISSIONAIS
AEROSSOL GERADO
EM AMBIENTE
ODONTOLÓGICO
RISCOS:

• Proximidade da equipe
profissional com o paciente;

• Máscaras cirúrgicas não


vedam a face do profissional.
MÁSCARA
CIRÚRGICA NÃO
PROTEGE CONTRA
AEROSSÓIS
O QUE É
RESPIRADOR
PFF-2?
É UM DOS TIPOS
DE RESPIRADORES
PROFISSIONAIS

Indicado para proteger contra


poeiras, névoas e fumos (aerossóis
termicamente gerados), incluindo
partículas biológicas.
QUAL A DIFERENÇA ENTRE OS
RESPIRADORES PFF-1, PFF-2 E PFF-3?

PFF-1 PFF-2 PFF-3

PROTEÇÃO
AEROSSÓIS

CUSTO
NÃO UTILIZAR
EM AMBIENTES
$ $ $$
$ QUE GERAM
AEROSSÓIS
APLICÁVEL
À ROTINA
CUSTO
ALTO
N95 SÃO IGUAIS?
PFF-2

São equivalentes, diferem quanto à certificação do país.


• N95 é uma certificação NIOSH*
adotada nos Estados Unidos da
América e Canadá. Possui 95% de

N95
eficiência no bloqueio de aerossol.

• PFF-2 (Peças Faciais Filtrantes)

E PFF-2
possuem, no mínimo, 94%
de eficiência.

• Respiradores N95 equivalem a


respiradores PFF-2.
ABNT/NBR 13698:1996

*National Institute for Occupational Safety


and Health (NIOSH)
COMO
PFF-2 é o mais indicado para uso
do cirugião-dentista e equipe

ESCOLHER O
devido à grande quantidade de
aerossóis gerados na odontologia.

RESPIRADOR Existem três modelos de EPR


disponíveis no mercado.

PFF-2? Utilize conforme disponibilidade


e rotina.
TIPOS DE PFF-2

CONCHA DOBRÁVEL BICO DE PATO

Todos os respiradores PFF-2 devem ter certificação do Ministério do Trabalho.


De acordo com os fabricantes, são produtos descartáveis e de uso único.
PFF-2
COM VÁLVULA
DE EXALAÇÃO
A válvula não tem função de filtragem
pois facilita a saída do ar exalado.

Utilizado para minimizar odores


em ambientes fétidos.

É contraindicado em ambientes
clínicos.
Devido ao aumento da demanda

POSSO
causada pela covid-19, a PFF-2
poderá, excepcionalmente, ser usada

REAPROVEITAR por período maior, mas dependerá


do estado de conservação.
MINHA PFF-2? CONFORME NOTA TÉCNICA GVIMS/GGTES/ANVISA Nº 04/2020
COVID - 19
Neste momento, devemos alertar que
estas práticas de conservação não são
ideais, conforme regulação, mas podem
ser úteis em caso de recursos escassos e
a grande necessidade de reaproveitamento
de EPR por maior tempo.
Molhei o

PARA SUA
respirador

PROTEÇÃO:
DESCARTE-O!
Amassei o
respirador

Contaminei
o respirador

“Caiu só um
pouco de
líquido”
ATENÇÃO
A presença de barba, maquiagem ou cicatriz de face pode
não vedar o equipamento corretamente.

Não escreva seu nome no respirador! Algumas canetas


podem danificar as fibras e sua capacidade filtrante.

O uso sempre é pessoal, não empreste.


Leia as recomendações de cada fabricante.
COMO COLOCAR
E RETIRAR MINHA
PFF-2?
Antes de colocar e depois
de retirar, sempre lave as mãos.
COLOCANDO
RESPIRADOR NOVO

1• SEGURAR O RESPIRADOR 2• ADAPTAR DO QUEIXO 3• AJUSTAR A PINÇA


COM A MÃO NA PARTE PARA CIMA E FIXAR OS NASAL E TESTAR A
FRONTAL. TIRANTES (PRIMEIRO VEDAÇÃO DO EPR.
TIRANTE SUPERIORMENTE
E DEPOIS, O SEGUNDO,
NA NUCA).
VISEIRA
ESCUDO FACIAL, PROTETOR FACIAL OU FACE SHIELD;
Protege a PFF-2 de contato com gotículas;

UTILIZE NA SUA ROTINA

• A viseira não substitui o uso de respiradores


e máscaras cirúrgicas. Seu uso aumenta
a conservação dos respiradores;

• É reutilizável após desinfecção.


Toda vez que tocar
em uma PFF-2 já utilizada:

HIGIENIZE
AS SUAS
MÃOS
RETIRANDO
O RESPIRADOR

1• SEGURE O 2• AFASTE DO ROSTO E 3• DEPOSITE


EQUIPAMENTO PELOS NÃO TOQUE NA PARTE NOS RESÍDUOS
TIRANTES PARA AFASTAR FRONTAL. INFECTANTES.
DO ROSTO.
O QUE DIZ A ANVISA?

Em momentos de falta de recursos e


que se deseja prolongar a vida útil da
PFF-2 e reduzir a sujidade da mesma.
Cartilha de Proteção Respiratória contra Agentes Biológicos para
Trabalhadores de Saúde - ANVISA

POSSO O profissional de saúde não deve usar

SOBREPOR
a máscara cirúrgica sobreposta à
máscara N95 ou equivalente, pois além

A PFF-2 COM
de não garantir proteção de filtração
ou de contaminação, também pode

MÁSCARA
levar ao desperdício de mais um EPI.
Nota técnica gvims/ggtes/anvisa nº 04/2020 orientações para

CIRÚRGICA?
serviços de saúde: medidas de prevenção e controle que devem
ser adotadas durante a assistência aos casos suspeitos ou
confirmados de infecção pelo novo coronavírus (sars-cov-2).
CONSIDERANDO AS PARTICULARIDADES
DA ODONTOLOGIA...

Os profissionais da Equipe de Saúde são os mais


expostos ao risco de contaminação pela covid-19,

POSSO
em vista das características do ambiente de
trabalho, com a geração de grande quantidade

SOBREPOR
de aerossóis e a proximidade com o paciente.

Desta forma, pela falta de recursos e necessidade

A PFF-2 COM de prolongar a vida útil da PFF-2, além de


reduzir sua sujidade, a sobreposição com máscara

MÁSCARA
cirúrgica para proteção do respirador contra
gotículas tem sido uma estratégia utilizada por
alguns profissionais.

CIRÚRGICA? (NOTA TÉCNICA GVIMS/GGTES/ANVISA Nº 04/2020).


A máscara cirúrgica não deve
comprimir a PFF-2, de modo a
prejudicar a selagem da mesma
POSSO no rosto, e deve ser descartada
a cada paciente.
SOBREPOR
A PFF-2 COM
NUNCA utilize a máscara cirúrgica
sob o respirador, pois interfere

MÁSCARA
na vedação da PFF-2.

CIRÚRGICA?
REUTILIZAÇÃO DE RESPIRADOR
COM SOBREPOSIÇÃO DE MÁSCARA

1• CAIXA PLÁSTICA É 2• NOTAR QUE 3• INDIVIDUALIZAR


O DISPOSITIVO USADO O DISPOSITIVO O DISPOSITIVO
PARA RETIRADA, DEVE APRESENTAR COM O NOME DO
ARMAZENAMENTO E PERFURAÇÕES PARA PROFISSIONAL.
COLOCAÇÃO DO EPR EM PERMITIR QUE FIQUE
REUTILIZAÇÃO, EVITANDO AREJADO.
A MANIPULAÇÃO.
COLOCANDO
O RESPIRADOR

1• POSICIONAR 2• ESTABILIZAR O 3• POSICIONAMENTO


O DISPOSITIVO DISPOSITIVO COM UMA DOS TIRANTES E
JUNTO AO ROSTO. DAS MÃOS E, COM A OUTRA ADAPTAÇÃO DO EPR
POSICIONAR O PRIMEIRO AO ROSTO.
TIRANTE SUPERIORMENTE
E DEPOIS, O SEGUNDO,
NA NUCA.
COLOCANDO
O RESPIRADOR

4• AJUSTAR A 5• SEGURAR A 6• POSICIONAR A


PINÇA NASAL MÁSCARA CIRÚRGICA MÁSCARA SOBRE
E TESTAR A PELOS ELÁSTICOS. O RESPIRADOR.
VEDAÇÃO DO
EPR.
COLOCANDO
O RESPIRADOR

7• AJUSTAR A 8• AJUSTAR A PINÇA 9• EPR POSICIONADO


MÁSCARA PARA NASAL E TESTAR A E PROFISSIONAL
RECOBRIR O VEDAÇÃO DOs EPRs. PREPARADO PARA
MÁXIMO POSSÍVEL POSICIONAR
O RESPIRADOR, OS ÓCULOS DE
PROTEGENDO-O PROTEÇÃO.
DE GOTÍCULAS.
COLOCANDO
O RESPIRADOR

10• COLOCAR A 11• UMA OPÇÃO PARA 12• PROFISSIONAL


VISEIRA PARA MELHOR RECOBRIR PARAMENTADO
PROTEÇÃO DOS EPIs O RESPIRADOR É CONFORME CONDUTA
CONTRA GOTÍCULAS. SUBSTITUIR A TOUCA MUNDIALMENTE
CONVENCIONAL PRECONIZADA CONTRA
PELA TOUCA O SARS-COV-2.
BALACLAVA.
REMOVENDO
OS EPRs

1• SEGURAR A 2• PROFISSIONAL 3• ESTABILIZAR


MÁSCARA PELOS COM RECIPIENTE PARA O DISPOSITIVO NO
ELÁSTICOS E ARMAZENAMENTO ROSTO E REMOVER O
DESCARTÁ-LA A DA PFF-2. TIRANTE SUPERIOR
CADA ATENDIMENTO. DA CABEÇA.
RETIRANDO
O RESPIRADOR

4• O TIRANTE DEVE 5• REMOVER O TIRANTE 6• RESPIRADOR


SER POSICIONADO INFERIOR E ADAPTÁ-LO ARMAZENADO NO
EXTERNAMENTE NO EXTERNAMENTE DISPOSITIVO, QUE
DISPOSITIVO. NO DISPOSITIVO. DEVE SER FECHADO E
GUARDADO EM LOCAL
SECO E PROTEGIDO.
SEMPRE AVALIE
• SUA SEGURANÇA PESSOAL;

• RISCO DE CONTAMINAÇÃO;

• CUSTO X BENEFÍCIO;

• DISPONIBILIDADE DO EQUIPAMENTO;

• RECURSOS DO SEU CONSULTÓRIO;

• CARÁTER EMERGENCIAL X ROTINA;

• RISCO DE TRANSMISSÃO DE CADA


PACIENTE E PROCEDIMENTO.
A literatura consultada, materiais de apoio
e atualização de ideias para conservação
de EPR estão disponíveis para o seu acesso.
Tudo o que é criado parte de uma experiência, de uma necessidade.

O ideal é a evidência científica.

Porém, quando ainda não a temos, relatamos a nossa experiência atual.

Com carinho, os autores.


EDITORIAL
CENTRO DE PESQUISAS ODONTOLÓGICAS SÃO LEOPOLDO MANDIC
R. Dr. José Rocha Junqueira, 13 - Pte. Preta, Campinas - SP, 13045-755

REVISÃO
SILVIA BALBO MESSIAS, AGÊNCIA 12K

PUBLICAÇÃO
SAMANTA CAPELETTO

CRIAÇÃO E ARTE
BRUNO DEL’ ACQUA, AGÊNCIA 12K

PRIMEIRA EDIÇÃO
PUBLICAÇÃO EM ABRIL DE 2020

CAMPINAS, SÃO PAULO, BRASIL.


As opiniões expressas neste e-Book
representam os pontos de vista dos autores
e não necessariamente os da SLMANDIC.