Você está na página 1de 7

TERAPÊUTICA MEDICAMENTOSA EM ODONTOPEDIATRIA

 Segura
 Eficaz
 Precisa
 Previsível
Anamnese:

 Anamnese detalhada

 História médica

 Reações alérgicas

 Medicamentos já utilizados

Dor:

 Subjetiva em crianças

 Diferenciar dor de medo

Vias de administração do uso infantil:

 Oral: suspensão, solução e gotas


 Comprimidos em últimos casos, quando as mesmas não estiverem disponíveis

Doses em odontopediatria:

 Ajustes são necessários, até o peso máximo de 25 a 30kg.

 A dose máxima de uma criança é a mínima do adulto;

 Pode ser terapêutica ou tóxica (depende da dose)

Se as recomendações não estiverem disponíveis:

NOME DA REGRA PARTICULARIDADE DA REGRA

Regra de Clark Peso corporal <30kg

Regra de Law Até 1 ano de idade

Fórmula de Young 1 a 12 anos de idade


REGRA DE YOUNG:

- não é tão precisa pois se baseia na idade do paciente

Ex. Dipirona 500mg – paciente com 6 anos

DP = idade da criança (anos) x D A

idade da criança +12

DP = 6x500mg = 3000 = 166mg

6 +12 18

DP: DOSE PEDIÁTRICA

DA: DOSE ADULTA

REGRA DE CLARK:

- é a mais recomendada pois utiliza o peso corporal como referência

Ex. Dipirona 500 mg paciente com 15 kg

DP = DA x peso da criança

70

DP= 500mg x 15 = 107mg

70

REGRA DE LAW:

Ex. Dipirona 500mg – paciente de 8 meses

DP= idade da criança em meses x DA

150

DP= 8 X500 = 4000 = 26mg

150 150
O QUE PRESCREVER? QUANDO PRESCREVER? COMO PRESCREVER?

ANALGÉSICOS

 Pequeno grau de trauma


 Exodontia de dentes decíduos
 Gengivectomia
 Ulectomia
 Dor e desconforto

ANTI-INFLAMATÓRIOS

 Exodontia de dentes inclusos

 Cirurgias periradiculares

 Frenectomia

 Processos inflamatórios
ANTIBIÓTICOS

 Sinais de disseminação da infecção local

 Trismo

 Infartamento de gânglios

 Abcessos periapicais + disseminação

 Traumatismo com possibilidade de infecção


* Se for associado a febre, inapetência, taquicardia = encaminhar para o
hospital

AMOXICILINA:
SUSPENSÃO: 125mg/5ml
250mg/5ml
500mg/5ml
Para infecções muito graves: associar com Metronidazol 200/5 ml
ou Clavulanato 250mg
A cada
Transformar
8h = 3
mg para ml
vezes ao
dia

PROFILAXIA ANTIBIÓTICA:

 Medicação antes do procedimento

 Utilizar em cirurgias complexas ou se o paciente possuir alguma alteração


sistêmica

 Administrar 1h antes do procedimento


ANSIOLÍTICOS:

 Paciente com alto nível de ansiedade (não controlado)

 Paciente de difícil contenção

COMO PRESCREVER?

 Receituário simples – analgésicos e antiinflamatórios

 Receituário de controle especial – antibióticos