Você está na página 1de 34

Professor Manfredo Frederico Felipe Hoppe

Mestre em Engenharia Civil/ Arquiteto e Urbanista

Belo Horizonte
Certificações de construções
sustentáveis utilizadas no Brasil
Leed
Selo azul da caixa
Aqua

Prof. Manfredo FF Hoppe


Características Gerais:

Comportamento Global

Esta Foto de Autor Desconhecido está licenciado em CC BY-SA

Com a escassez de matérias primas, com as crises energéticas mundiais e o


aumento da conscientização e da educação de uma parte considerável da
população, um novo comportamento baseado na sustentabilidade com
foco na redução do consumo de energia, redução do consumo de matérias
primas e no meio ambiente vem surgindo com força no comportamento de
grandes empresas.

Essa nova realidade faz com que o ‘mercado sustentabilidade’ ganhe força,
principalmente pelo fato de começar a se tornar economicamente viável.

Prof. Manfredo FF Hoppe


Características Gerais:

Exigências do Usuário

Esta Foto de Autor Desconhecido está licenciado em CC BY-SA

Os usuários passaram a cobrar das empresas políticas de preservação e


respeito ao meio ambiente, apesar do usuário ainda exigir um alto grau de
conforto e comodidade, que muitas vezes não condiz com as novas
necessidades da sociedade.

Vale ressaltar que quanto maior é a instrução e conscientização do


usuário mais ele tende a questionar o ‘conjunto’.

É extremamente importante realizar campanhas de conscientização e


educação para as classes sociais mais baixas para que elas possam ter
acesso a informação e assim adquirirem novos hábitos.
Prof. Manfredo FF Hoppe
Green Building Council - GBC
Conselho de Construção Sustentável

Fonte: https://www.gbcbrasil.org.br/

Prof. Manfredo FF Hoppe


Conselho de Construção Sustentável (USGBC), foi fundada pelo
atual CEO Rick Fedrizzi, Mike Italiano, e David Gottfried em 1993, é
uma organização ‘sem fins lucrativos’ baseada em associação
privada que promove a sustentabilidade na forma como os
edifícios são concebidos, construídos e operados. USGBC é mais
conhecido por seu desenvolvimento da Liderança em Energia e
Design Ambiental (LEED), sistemas de classificação de construção
verde e seu relatório anual Greenbuild International Conference
and Expo, a maior conferência do mundo e exposição dedicada à
construção verde. USGBC foi um dos oito conselhos que ajudou a
fundar o Conselho Mundial de Green Building (WorldGBC), dos
quais USGBC CEO Rick Fedrizzi é o atual presidente.

Prof. Manfredo FF Hoppe


A USGBC trabalha para desenvolver edifícios que são
ambientalmente responsáveis​​, rentáveis ​e saudáveis ​para viver
e trabalhar. Para isso, desenvolveu uma variedade de
programas e serviços, e trabalha em conjunto com a suas
redes regionais.

Através de sua parceria com o Instituto de Certificação Verde


Building (GBCI), USGBC oferece um conjunto de credenciais
para os profissionais e empresas que denotam experiência na
área de construção verde.

Prof. Manfredo FF Hoppe


LEED - Leadership in Energy and Environmental Design
Liderança em Energia e Design Ambiental

Fonte: https://www.gbcbrasil.org.br/

Prof. Manfredo FF Hoppe


Criada em 2000, pelo U.S. Green Building Council ( USGBC ),
nos EUA, a certificação LEED para construção sustentável
chegou ao Brasil há quase nove anos e hoje é considerado um
dos principais selos para edificações no país. A certificação já
atestou o comprometimento de dezenas de empreendimentos
nacionais com a sustentabilidade e colocou o Brasil na quarta
posição do ranking mundial dos países mais preocupados com
a construção sustentável.

O LEED orienta e atesta o comprometimento de uma


edificação com os princípios da sustentabilidade para a
construção civil - antes, durante e depois de suas obras.

Prof. Manfredo FF Hoppe


Emitido em 160países (dados de 2018) de todo o mundo, o
LEED é considerado referencia mundial em certificação de
construções sustentáveis. No Brasil o selo é representado
oficialmente pelo Conselho de Construção Sustentável do
Brasil, que foi criado no país em 2007.

Fonte: https://www.gbcbrasil.org.br/

Prof. Manfredo FF Hoppe


Esta Foto de Autor Desconhecido está licenciado em CC BY-SA Esta Foto de Autor Desconhecido está licenciado em CC BY-SA

The Gold and Platinum rating of David L. The University of Texas at Dallas Student
Lawrence Convention Center in Pittsburgh, is Services Building is the first academic
the first convention center in the world to have building in Texas to receive LEED
such certifications. Platinum status.

Prof. Manfredo FF Hoppe


Museu do amanhã – Rio de Janeiro

Fonte: Arquivo pessoal – Prof. Manfredo FF Hoppe

Santiago Calatrava

Prof. Manfredo FF Hoppe


RAJA BUSINESS CENTER Belo horizonte

Esta Foto de Autor Desconhecido está licenciado em CC BY-SA

Prof. Manfredo FF Hoppe


Renaissance work center - Belo horizonte
Rua Paraíba - Belo horizonte

Fonte: Arquivo pessoal – Prof. Manfredo FF Hoppe Fonte: Arquivo pessoal – Prof. Manfredo FF Hoppe

Prof. Manfredo FF Hoppe


LEED Brasil

http://goinggreen.com.br/2019/03/28/cresce-o-numero-de-projetos-registrados-leed-no-brasil-em-2018/

Prof. Manfredo FF Hoppe


As edificações interessadas em conquistar o selo LEED devem entrar
com pedido de certificação na Plataforma LEED Online, referente ao
seu tipo de empreendimento. No Brasil, existem oito selos diferentes e
nos Estados Unidos 10 tipos.

Green Building Design & Construction


*LEED for New Construction - para novas construções ou grandes
projetos de renovação.
*LEED for Core & Shell - para projetos na envoltória e parte central do
edifício
*LEED for Schools , para escolas.
*LEED for Retail: New Construction and Major Renovations - para lojas
de varejo.
*LEED for Healthcare - para unidades de saúde.

Prof. Manfredo FF Hoppe


Green Interior Design & Construction
*LEED for Commercial Interiors , para projetos de interior ou
edifícios comerciais.
* LEED for Retail: Commercial Interiors
Green Building Operations & Maintenance
*LEED for Existing Buildings: Operations & Maintenance -
para projetos de manutenção de edifícios já existentes.
Green Neighborhood Development
*LEED for Neighborhood Development * - para projetos de
desenvolvimento de bairro.
Green Home Design and Construction
* LEED for Homes: Residencial

Prof. Manfredo FF Hoppe


Em seguida, a edificação cadastrada passa pelo processo de
avaliação do Conselho de Construção Sustentável do Brasil que, no
Brasil, leva em conta sete quesitos principais:

- uso racional da água;


- eficiência energética;
- redução, reutilização e reciclagem de materiais e recursos;
- qualidade dos ambientes internos da edificação;
- espaço sustentável;
- inovação e tecnologia
- atendimento a necessidades locais, definidas pelos próprios
profissionais da GBC, que variam de empreendimento para
empreendimento.

Prof. Manfredo FF Hoppe


Cada quesito tem um peso diferente na avaliação - a categoria Eficiência
Energética, por exemplo, vale 37 pontos, enquanto a categoria Qualidade dos
Ambientes Internos vale 17. O empreendimento avaliado pode conseguir até
110 pontos, sendo que, para receber a certificação LEED, é preciso ter
pontuação superior a 40. Quanto maior a pontuação da edificação, melhor será
o nível do selo conquistado. Existem quatro tipos:
- Selo LEED, conferido a empreendimentos que tiveram mais de 40 pontos;
- Selo LEED Silver, para edificações com mais de 50 pontos;
- Selo LEED Gold, para empreendimentos com pontuação superior a 60 e
- Selo LEED Platinum, para edificações que conquistaram mais de 80 pontos.

Fonte: https://www.gbcbrasil.org.br/

Prof. Manfredo FF Hoppe


BRASIL: QUARTO PAÍS NO RANKING DA
CONSTRUÇÃO VERDE

De acordo com levantamento realizado pela


USGBC, atualmente, o Brasil ocupa a quarta
posição no ranking dos países que possuem
o maior número de edificações em processo
de certificação LEED - que é o selo verde
com maior reconhecimento internacional
no setor da construção civil.

Na frente do Brasil, no ranking dos países


mais preocupados com a construção Esta Foto de Autor Desconhecido está licenciado em CC BY-SA

sustentável, estão apenas EUA, China e


Emirados Árabes Unidos

Prof. Manfredo FF Hoppe


O LEED já teve 4 versões. As atualizações realizadas buscam
benefícios:

A)Econômicos

• Diminuição dos custos operacionais


• Diminuição dos riscos regulatórios
• Valorização do imóvel para revenda ou arrendamento
• Aumento na velocidade de ocupação
• Aumento da retenção
• Modernização e menor obsolescência da edificação

Prof. Manfredo FF Hoppe


B)Sociais

• Melhora na segurança e priorização da saúde dos trabalhadores e


ocupantes
• Inclusão social e aumento do senso de comunidade
• Capacitação profissional
• Conscientização de trabalhadores e usuários
• Aumento da produtividade do funcionário; melhora na recuperação
de pacientes (em Hospitais); melhora no desempenho de alunos (em
Escolas); aumento no ímpeto de compra de consumidores (em
Comércios).
• Incentivo a fornecedores com maiores responsabilidades
socioambientais
• Aumento da satisfação e bem estar dos usuários
• Estímulo a políticas públicas de fomento a Construção Sustentável

Prof. Manfredo FF Hoppe


C)Ambientais

• Uso racional e redução da extração dos recursos naturais


• Redução do consumo de água e energia
• Implantação consciente e ordenada
• Mitigação dos efeitos das mudanças climáticas
• Uso de materiais e tecnologias de baixo impacto ambiental
• Redução, tratamento e reuso dos resíduos da construção e
operação.

Prof. Manfredo FF Hoppe


Conclusão

O LEED é um selo reconhecido internacionalmente, e suas


propostas são claras, objetivas e eficientes.
Selos como o LEED tornam, para a sociedade, claras as
formas como algumas construtoras, Arquitetos e
Engenheiros trabalham, dificultam a manipulação
publicitaria de empresas que não trabalham de forma
coerente com as novas necessidades globais e dão
credibilidade aos que trabalham de forma adequada.

Prof. Manfredo FF Hoppe


O Selo Casa Azul

http://www.caixa.gov.br/sustentabilidade/negocios-sustentaveis

O Selo Casa Azul é uma classificação socioambiental dos projetos


habitacionais financiados pela Caixa. É a forma que o banco
encontrou de promover o uso racional de recursos naturais nas
construções e a melhoria da qualidade da habitação. A principal
missão do selo é reconhecer projetos que adotam soluções
eficientes na construção, uso, ocupação e manutenção dos
edifícios.

Prof. Manfredo FF Hoppe


O Selo Casa Azul
Para receber o Selo Casa Azul, o
São 53 critérios de avaliação, divididos empreendimento deve obedecer a 19
em 6 categorias: critérios obrigatórios e, de acordo com o
Qualidade Urbana número de critérios opcionais atendidos, o
projeto ganha o selo nível bronze, prata ou
Projeto e Conforto ouro:
Eficiência Energética *Bronze: atende aos 19 itens obrigatórios;
Conservação de Recursos Materiais *Prata: atende aos 19 itens obrigatórios,
Gestão da Água mais 6 opcionais;
Práticas Sociais. *Ouro: atende aos 19 itens obrigatórios,
mais, pelo menos, 12 opcionais.​

Prof. Manfredo FF Hoppe


Fonte:http://www.caixa.gov.br/sustentabilidade/negocios-sustentaveis

Prof. Manfredo FF Hoppe


O Selo Casa Azul
Como solicitar o Selo Casa Azul

A adesão ao selo é voluntária. Confira o que a empresa interessada precisa fazer


* 1- Documentação
O primeiro passo é apresentar o projeto para análise de financiamento da Caixa,
juntamente com toda a documentação e informações técnicas que comprovem o
preenchimento dos requisites do selo.

* 2- Graduação
Após a aprovação, a Caixa informa a graduação do selo alcançada e, no ato da
contratação, emite o atestado de concessão do selo.

*3- Verificação
Durante a obra, a Caixa verificará o atendimento aos critérios.

Prof. Manfredo FF Hoppe


O Selo AQUA
O Processo AQUA-HQE é uma certificação internacional da construção
sustentável desenvolvido a partir da certificação francesa Démarche HQE
(Haute Qualité Environnementale) e aplicado no Brasil exclusivamente pela
Fundação Vanzolini.

Em 2013 os organismos de certificação residencial-QUALITEL e não-


residencial-CERTIVEA se juntam para criar a Rede Internacional de
certificação HQE™, uma unificação de critérios e indicadores para todo o
mundo, que cria uma identidade de marca única, cujo órgão certificador passa
a ser a Cerway, fundamentado nas premissas da certificação HQE francesa.

Todos os referenciais de certificação terão um alinhamento de parâmetros


para permitir a comparação dos valores avaliados, porém os níveis de
exigência respeitarão sempre as especificidades e diferenças de cada país.

Prof. Manfredo FF Hoppe


O Selo AQUA
A Fundação Vanzoliniao celebrar um acordo de cooperação com o CERWAY
passa a ser a representante no Brasil da rede de certificação HQE™ e o
Processo AQUA transforma-se em AQUA-HQE uma certificação com
identidade e reconhecimento internacional.
Desde seu lançamento em 2008 o Processo AQUA-HQE propõe um novo
olhar para sustentabilidade nas construções brasileiras; seus referenciais
técnicos foram desenvolvidos considerando a cultura, o clima, as normas
técnicas e a regulamentação presentes no Brasil, mas buscando sempre uma
melhoria contínua de seus desempenhos.
Mantendo a base conceitual francesa, o reconhecimento dessa proposta é
agora reforçado pela sua efetiva atuação na rede de certificação internacional
HQE™.
.

Prof. Manfredo FF Hoppe


O Selo AQUA
O processo de certificação traz exigências de um Sistema de Gestão do
Empreendimento (SGE) que permitem o planejamento, a operacionalização e
o controle de todas as etapas de seu desenvolvimento, partindo do
comprometimento com um padrão de desempenho definido e traduzido na
forma de um perfil de Qualidade Ambiental do Edifício (QAE).

Além do estabelecimento de um sistema de gestão específico para o


empreendimento, o empreendedor deve realizar a avaliação da qualidade
ambiental do edifício em pelo menos três fases (construção nova e
renovações): Pré-projeto, Projeto e Execução; e na fase pré-projeto da
Operação e Uso e fases Operação e Uso periódicas (edifício em operação e
uso).
.

Prof. Manfredo FF Hoppe


O Selo AQUA
A avaliação da Qualidade Ambiental do Edifício é feita para cada uma das 14
categorias de preocupação ambiental e as classifica nos níveis BASE, BOAS PRATICAS
ou MELHORES PRATICAS, conforme perfil ambiental definido pelo empreendedor na
fase pré-projeto.
Para um empreendimento ser certificado AQUA-HQE, o empreendedor deve alcançar
no mínimo um perfil de desempenho com 3 categorias no nível MELHORES PRATICAS,
4 categorias no nível BOAS PRATICAS e 7 categorias no nível BASE.
•1- RELAÇÃO DO EDIFÍCIO COM O SEU ENTORNO •8- CONFORTO HIGROTÉRMICO
•2- ESCOLHA INTEGRADA DE PRODUTOS, SISTEMAS E •9- CONFORTO ACÚSTICO
PROCESSOS CONSTRUTIVOS •10- CONFORTO VISUAL
•3- CANTEIRO DE OBRAS DE BAIXO IMPACTO AMBIENTAL •11- CONFORTO OLFATIVO
•4- GESTÃO DA ENERGIA •12- QUALIDADE SANITÁRIA DOS AMBIENTES
•5- GESTÃO DA ÁGUA •13- QUALIDADE SANITÁRIA DO AR
•6- GESTÃO DE RESÍDUOS DE USO E OPERAÇÃO DO EDIFÍCIO •14- QUALIDADE SANITÁRIA DA ÁGUA
•7- MANUTENÇÃO – PERMANÊNCIA DO DESEMPENHO
AMBIENTAL

Prof. Manfredo FF Hoppe


O Selo AQUA

Prof. Manfredo FF Hoppe


Fonte:http://www.caixa.gov.br/sustentabilidade/negocios-sustentaveis
Bibliografia
http://planetasustentavel.abril.com.br/ambiente/
http://www.gbcbrasil.org.br/?p=educacao&gclid=CM3Xy-
vE9bgCFSlo7AodD3IAxg
http://www.usgbc.org/search/leed

Prof. Manfredo FF Hoppe