Você está na página 1de 2

CORRELAÇÃO DAS COMPETÊNCIAS DO PODER JUDICIÁRIO

PROCESSO E JULGAMENTO ORIGINÁRIO

SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA


CRIME COMUM COMUM E RESPONSAB. CRIME COMUM COMUM E RESPONSAB.
Presidente e Vice Ministros de Estado DESEMB. TJ
Membros do congresso Comandantes das Forças membros TCE
Seus próprios Ministros membros Trib. Superiores GOV DE ESTADO E DF membros TRF
PGR membros TCU membros TRE e TRT
Chefes M. diplomática perm. memb. Conse /TCM / MPU

SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA


HÁBEAS CORPUS 1 HÁBEAS CORPUS
sendo paciente qualquer dos referidos acima
HÁBEAS CORPUS 2 sendo coator ou paciente qualquer dos referidos acima ou quando coator
for Tribunal (na sua jurisdiçao) + Ministro de Estado, e os Comandantes das
Quando coator for Tribunal SUP ou quando o coator ou paciente for Forças.
AUTORIDADE ou FUNCIONÁRIO cujos atos se sujeitem a jurisdição do
STF.

MANDADO DE SEGURANÇA E HABEAS DATA MANDADO DE SEGURANÇA E HABEAS DATA


CONTRA ATOS: CONTRA ATOS:
1- Presidente da República 1- Ministros de Estado
2- mesas do Congresso 2- Comandantes das Forças
3- do TCU 3- do próprio Tribunal
4- PGR
5- do proprio STF
LITÍGIOS ENTRE: LITÍGIO
1- Estado estrangeiro ou Organismo. Internacional.
x Não julga Litígios.
União, Estado, DF e Territórios

CONFLITOS DE COMPETÊNCIA ENTRE: CONFLITOS DE COMPETÊNCIA ENTRE:


STJ Tribunais Superiores Quaisquer tribunais ressalvados os cados do supremo;
X X entre tribunal e juízes a ele não vinculados;
Qualquer Tribunal outro Tribunal Sup. ou outro Tribunal entre juízes vinculados e Tribunais Diversos
qualquer
CAUSAS E CONFLITOS ENTRE: CONFLITOS DE ATRIBUIÇÃO ENTRE:
UNIÃO UNIÃO 1- autoridades administrativas da União;
X X 2- entre autoridades judiciárias de um estado e adminitrativa de outro
ESTADOS DF 3- autoridades administrativas do DF e da União.
Entre uns e outros
EXTRADIÇÃO EXTRADIÇÃO
Solicitada por estado estrangeiro Não aprecia
HOMOLOGAÇÃO HOMOLOGAÇÃO

NÃO APRECIA de sentenças estrangeiras e a Concessão de exequatur ás cartas Rogatórias

MANDADO DE INJUÇÃO quando norma for atribuição: MANDADO DE INJUÇÃO quando norma for atribuição:

1- PRESIDENTE DA RPÚBLICA;
2- CONGRESSO NACIONAL
3- CÂMARA DOS DEPUTADOS 1- ÓRGÃO, ENTIDADE OU AUTORIDADE FEDERAL da administração ou
4- SENADO; indireta EXCETO os casos de competência do STF e dos órgãos da JUSTIÇA
MILITAR, ELEITORAL, DO TRABALHO E JUSTIÇA FEDERAL
5- das MESAS DE UMA DESSAS CASAS;
6- TCU;
7-DOS TRIB. SUP. Ou do próprio STF.
REVISÃO CRIMINAL E AÇÃO RESCISÓRIA REVISÃO CRIMINAL E AÇÃO RESCISÓRIA
de seus julgados de seus julgados
RECLAMAÇÃO RECLAMAÇÃO
para preservação de sua competência e garantia de suas descisões
para preservação de sua competência e garantia de suas descisões
DEMAIS COMPETÊNCIAS EXCLUSIVAS DO STF
1- AÇÃO em que todos os membros da magistratura sejam DIRETA ou INDIRETAMENTE ineressados
2- PEDIDO de medida cautelar das ações diretas de inconstitucionalidade
3- as AÇÕES contra o CNJ e o CNMP.
STIÇA
M E RESPONSAB.
DESEMB. TJ
embros TCE
embros TRF
bros TRE e TRT
onse /TCM / MPU

STIÇA

s acima ou quando coator


do, e os Comandantes das

BEAS DATA

ças

ENTRE:
os do supremo;
inculados;
is Diversos

ENTRE:
da União;
e adminitrativa de outro
F e da União.

uatur ás cartas Rogatórias

a for atribuição:

RAL da administração ou
F e dos órgãos da JUSTIÇA
USTIÇA FEDERAL

SCISÓRIA

ntia de suas descisões

dos