Você está na página 1de 1

Questões dissertativas sobre Modernismo em Portugal

Professora Roberta Silva


Turmas 3º ano 3 a 6
1. Qual a revista que deu início ao Modernismo em Portugal? Quais os objetivos dessa revista?
2. Quais os autores que participaram do grupo chamado Orpheu?
3. Quem foi Fernando Pessoa e qual sua importância para esse movimento?
4. Quais as duas dialéticas básicas encontradas em Fernando Pessoa Ele-mesmo? Explique cada
uma.
5. Quem são os três heterônimos de Fernando Pessoa? Cite as características de cada um deles.
6. Quais são as características que definem um heterônimo?
7. Alberto Caeiro tem um objetivo em sua poesia. Qual é?

Leia a poesia a seguir:


Mar português
Ó mar salgado, quanto do teu sal
São lágrimas de Portugal!
Por te cruzarmos, quantas mães choraram,
Quantos filhos em vão rezaram!
Quantas noivas ficaram por casar
Para que fosses nosso, ó mar!

Valeu a pena? Tudo vale a pena


Se a alma não é pequena.
Quem quere passar além do Bojador
Tem que passar além da dor.
Deus ao mar o perigo e o abismo deu,
Mas nele é que espelhou o céu.

A poesia de Fernando Pessoa expressa uma certa melancolia sobre a era portuguesa enquanto império
forte. Hoje, o pequeno país da Península Ibérica não possui mais a pujança político-econômica de
outrora. Entretanto, os portugueses – saudosos de seu tempo de ouro, do império com suas colônias,
que não volta mais – visam tentar reviver sua época de hegemonia com a promoção daquilo que está
sendo conhecido como o “império cultural”: a valorização da língua portuguesa enquanto difusão da
lusitanidade.
Com relação ao que foi dito anteriormente, responda:
8. Quais acontecimentos vividos no século 20 demonstram a decadência total do império e do
colonialismo português?
9. Cite um exemplo atual de tentativa de construção do império cultural.

Epitáfio de Bartolomeu Dias


“Jaz aqui, na pequena praia extrema,
O Capitão do Fim, Dobrado o Assombro,
O mar é o mesmo: já ninguém o tema!
Atlas, mostra alto o mundo no seu ombro.”
(Mensagem, de Fernando Pessoa, é uma obra dividida em três partes: “Brasão”, “Mar português” e “O
encoberto”.)
Os heterônimos de Fernando Pessoa nascem de um múltiplo desdobramento de sua personalidade.
Alberto Caeiro é o poeta que se volta para o campo, procurando viver em simplicidade.
10. A que parte da obra pertence o poema transcrito?
11. Que dados do poema permitem enquadrá-lo nessa parte?