Você está na página 1de 2

História - Atividade 1

Allyce Coelho eletro 2

1. De que forma algumas cidades africanas alcançaram grande desenvolvimento econômico


no século XVI? Cite o exemplo de uma cidade africana descrevendo-a.
Eles alcançaram esse desenvolvimento graças a comercialização de ouro e sal e a própria
cultura que preservava os valores e incentivou o cooperativismo e uma educação adequada
para época.
As costas africanas do oceano índico são povoadas por uma civilização extremamente rica e
complexa, os swahili, conjunto de grupos étnicos articulados por uma língua e uma série de
elementos culturais que fundem as tradições africanas, o islã, a cultura indiana, entre
outras.

2. Qual era a importância dos tributos para a manutenção do Reino do Congo? De que
forma era feita a arrecadação tributária?
Serviam para prestar serviços que atendam às necessidades públicas.A forma de
arrecadação era passando nas casas e cobrando os impostos por meio de funcionários do
governo.

3. Que consequências a presença portuguesa trouxe para os habitantes do Reino do Congo?


Por que com a chegada dos portugueses a região, teve início a desestruturação política,
social e cultural do reino do congo e em pouco tempo os chefes do reino do congo tiveram
seu poder enfraquecido.

4. Sobre o estabelecimento de feitorias portuguesas no litoral africano, responda:

a) Por que o contato pacífico entre portugueses e africanos prevaleceu sobre o contato
belicoso?
Por questões das trocas comerciais, pois interessava aos portugueses o fornecimento de
ouro, escravos, marfim, noz-de-cola, peles e pimenta-malagueta, dentre outros víveres
oferecidos pelos líderes tribais africanos.

b) Que dificuldades os portugueses encontraram na instalação de feitorias no litoral


africano?
A resistência africana, pois ela complicou e muito com o desenvolvimento dos trabalhos
para se instalarem no território africano.

c) Como era realizado o apresamento de pessoas para serem escravizadas?


Eles eram vendidos em feiras livres, como se fossem uma mercadoria. Os comerciantes
avaliavam a força e davam o valor que achava merecido a cada um.
5. Leia os versos a seguir:

“Seiscentas peças barganhei:


- Que Pechincha! - no Senegal
A carne é rija, os músculos de aço,
Boa liga do melhor metal.
Em troca dei só aguardente,
Contas, latão – um peso morto!
Eu ganho oitocentos por cento
Se a metade chegar ao porto.”

HEINE, Heinrich. Citado em: BOSI, Alfredo. Dialética da colonização. São Paulo:Companhia
das Letras, 1992.

Com base nos versos acima, elabore um texto sobre o comércio de escravos no litoral do
continente africano.
Bom, o comércio de pessoas que se tornavam escravizadas estava presente no continente
africano desde os egípcios antigos. As pessoas se tornavam escravas na África
principalmente em razão das guerras: membros de tribos rivais eram reduzidos à condição
de cativos, ou seja, escravos. As guerras se davam entre os diversos reinos africanos e,
também, por meio dos conflitos que ocorriam entre as diferentes etnias africanas. Outra
forma pela qual as pessoas se tornavam escravas era através das dívidas.

6. Cite algumas das atividades desenvolvidas pelos africanos escravizados nos reinos
ibéricos.
Agricultura, mineração e alguns faziam trabalhos domésticos

7. Qual é a relação entre a religiosidade africana e a resistência à escravidão na Europa?


A resistência vinha de uma negação de esquecer a sua cultura, deixar tudo que você tinha
para trás e simplesmente 'viver em um novo mundo', e como eles eram muito religiosos na
época não aceitavam.

Você também pode gostar