Você está na página 1de 1

DICIONÁRIO GAUDÉRIO

-Guaiaca -Ibirocaí que o gaúcho -“Queres Ler”


Cinto largo de Pequeno arroio carrega seus Antigo livro
Julio Machado, autor da canção couro tradicional afluente do Ibicuí, pertences. Pode usado para o
junto com seu irmão, João, da pilcha gaúcha em Alegrete ser usada sobre início da
comenta trechos da música. usado para guardar o próprio ombro alfabetização
dinheiro e objetos -Mala de garupa ou carregada no das crianças no
pequenos Espécie de saco em lombo do cavalo Rio Grande do Sul

GURI
(João Machado / Julio Machado)
É o cavalo manso, do guri. É ele que leva .com.br
Das roupas velhas do pai queria que a mãe fizesse para o colégio, que puxa pipa d’água, RECORDE A SÉRIE
Uma mala de garupa, uma bombacha e me desse que está pronto para qualquer lida.
No verso, falava da Maricota. Eu disse -TIMBRE DE GALO
que não era poético. Aí surgiu o nome Queria boinas, alpargatas e um cachorro companheiro A história da música e entrevista
do Bento-Correio, que era o homem Pra me ajudar a botar as vacas no meu petiço sogueiro Assim como a guaiaca do com Pedro Ortaça.
que levava cartas a pé na Campanha. Uruguai, eram aquelas esporas zhora.co/timbredegalo
Mas nunca teve filha. Na verdade, Hei de ter uma tabuada e o meu livro “Queres Ler” que todo mundo queria
poderia ser qualquer pessoa. Vou aprender a fazer contas e algum bilhete escrever ter. E eu tentei encontrar os -MILONGA ABAIXO DE
Pra que a filha do seu Bento saiba que é ela meu bem querer descendentes da família que MAU TEMPO
E se não for por escrito eu não me animo a dizer as fazia, mas não foi possível. Clipe da música e entrevista
com Mauro Moraes.
Quero gaita de oito baixos pra ver o ronco que sai zhora.co/milongamautempo
Isso é a coisa mais fantástica Botas feitio do Alegrete e esporas do Ibirocaí Que o poeta nunca saia desse
que existe. Não só no amor, mas Lenço vermelho e guaiaca comprada lá no Uruguai estágio de oito anos, de criança, -VETERANO
quantas coisas nem por escrito Pra que digam quando eu passe: “saiu igualzito ao pai” Do que se trata a canção e
que todo mundo tem. Este é o
eu me animo a dizer! É a timidez entrevista com Ewerton Ferreira.
verso mais importante da música.
própria do guri de Campanha. E se Deus não achar muito tanta coisa que eu pedi zhora.co/veterano
Não deixe que eu me separe deste rancho onde nasci
Nem me desperte tão cedo do meu sonho de guri -GURI
E de lambuja permita que eu nunca saia daqui Neto, Borghetti e Julio Machado
Continue sonhando! E “ai” de quem não comentam a composição.
sonhe. É uma preciosidade que resume zhora.co/guri
tudo que aparece antes na letra.