Você está na página 1de 91

MATRIZES, DETERMINANTES

E SISTEMAS LINEARES.ippt
Farmácia
Escola Superior da Amazônia (ESAMAZ)
90 pag.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Matrizes,
Determinantes
e Sistemas
Lineares
Prof. Angelo Pinheiro

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
MATRIZES

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
MATRIZES
INTRODUÇÃO
Organizando dados
Uma fábrica produz quatro tipos de peças: A, B, C e D. No
início deste ano, a diretoria da fábrica queria ter uma síntese
das vendas da fábrica no último trimestre do ano passado. O
gerente de produção preparou o seguinte quadro:
Vendas (em milhares de peças)
Peça A Peça B Peça C Peça D
Outubro 3 5 8 2,3
Novembro 5 4 5,4 1,4
Dezembro 6 3 2,5 0

A partir desse quadro, a diretoria pôde fazer várias


análises e projeções.
Document shared on www.docsity.com
Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
MATRIZES
 Qual a peça mais vendida no trimestre?

 Em que mês do trimestre o total de peças


vendidas foi maior?

 Qual das peças vem apresentando crescimento


nas vendas?

 Em que mês o faturamento da fábrica foi maior?

 A resposta a essa última pergunta depende de


alguma variável que não está nessa tabela?
Qual é essa variável?

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
MATRIZES
Note que o quadro apresenta doze números reais,
dispostos de forma ordenada, em 3 linhas
(horizontais) e 4 colunas (verticais). No cruzamento
de certa linha (mês) com uma certa coluna (peça), o
número real encontrado mostra quantos milhares
daquela peça foram vendidos no referido mês.

Organizar dados dessa forma é muito importante.


Fica mais fácil analisá-los, combiná-los com outros
dados, tirar conclusões e tomar decisões a respeito.

A quadros desse tipo damos o nome de


matrizes. Vamos, agora, aprender a contruí-las e a
operar com elas.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
O QUE É UMA MATRIZ?
Toda tabela com m . n elementos dispostos em m linhas
e n colunas denomina-se matriz m x n (lê-se m por n).

Representa-se a matriz utilizando duas barras, dois


parênteses ou colchetes.

A matriz é indicada por letra maiúscula, e o elemento


da matriz, por letra minúscula acompanhada de dois
índices - o primeiro indicando a linha em que está o
elemento, e o segundo, a coluna à qual ele
pertence.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
REPRESENTAÇÃO
GENÉRICA DE UMA
Representa-seMATRIZ
genericamente uma matriz A do
tipo m x n por

Essa é a representação extensa, podendo-se


escrevê-la de forma abreviada.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
REPRESENTAÇÃO
GENÉRICA DE UM
• Um
ELEMENTO
elemento qualquer de uma matriz costuma ser
representado por uma letra minúscula (em geral, a
mesma letra que representa a matriz), acompanhada
de dois índices, que indicam a posição que ele ocupa.

• Dessa forma, um elemento genérico de uma matriz A


é representado assim:

• aij onde i indica a linha do elemento


j indica a coluna do elemento

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
INDICANDO MATRIZES E
SEUS ELEMENTOS
• Na matriz X definida abaixo, cada elemento xij representa a
média, em Matemática, da turma i no bimestre j, no Colégio
Saber.
6,1 8,4 9,0 7,5
8,0 6,1 9,5 8,7
X = 9,4 7,0 8,0 6,3
6,9 7,1 6,2 6,8
8,0 8,2 7,9 8,3
 De que tipo é a matriz?
 Qual foi a média da turma 2 no 3° bimestre? E da turma 4
no 1º bimestre?
 Qual a média anual da turma 3?

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
CONSTRUINDO MATRIZES
A PARTIR DO TERMO
• GERAL
Construir a matriz A = (a ) tal que a = i – 2j.
ij 3x2 ij

i + j, se i ≥ j
• Construir a matriz B = (bij)2x2 tal que bij =
j2 – i, se i < j.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
EXERCÍCIOS
1. Uma empresa decide contratar um funcionário. Para
preenchimento da vaga, três candidatos realizaram três
provas, valendo 10 pontos cada uma. Na matriz A
definida abaixo, cada elemento aij representa a nota do
candidato i na prova j.
6,2 7,1 8,2
A = 7,3 6,1 9,2
9,1 5,1 5,3

a) De que tipo é a matriz, considerando-se o número de


linhas e de colunas?
b) Qual é o elemento a23? E o elemento a31?
c) Qual candidato obteve a maior nota na prova 1?

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
d) Qual candidato obteve a menor nota na prova 3?

e) Em que prova o candidato 2 obteve sua maior


nota?

f) Qual a média das notas dos candidatos na prova 3?

g) Se o critério de classificação dos candidatos for a


média das notas obtidas em todas as provas, que
candidato será contratado?

h) Se o critério de classificação dos candidatos for a


média ponderada das notas obtidas nas provas 1, 2 e
3, com pesos respectivos 4, 2 e 1, qual candidato
será contratado?

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
EXERCÍCIO 2
• Na frente de batalha, o comandante da força aérea acaba de
receber a missão de bombardear as cidades 1, 2, 3 e 4. A
ordem em que o bombardeio deve acontecer está definido
por meio de um código matricial. A matriz A enviada é
formada apenas pelos elementos 0 e 1, sendo que aij = 1 só
se a cidade i for bombardeada antes da cidade j. Quando o
comandante recebeu o código, quase todos os elementos da
matriz estavam apagados, exceto tês. Veja:
---- 1 ---- ----
A = ---- ---- ---- ----
1 ---- ---- 0
---- ---- ---- ----
a) Caso seja possível, ajude o comandante a descobrir, apenas
com os elementos legíveis da matriz, a ordem em que as
cidades devem ser atacadas.
b) Em seguida complete a matriz, determinando os elementos que faltam.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
EXERCÍCIO 3
• Em janeiro deste ano (mês 1), um certo produto era
vendido pelas lojas 1, 2 e 3 a R$ 10,00 e R$ 15,00,
respectivamente. Em fevereiro (mês 2), a loja 1
reajustou seus preços em 15%, a loja 2 em 25% e a
loja 3 abaixou seus preços em 20%. Construa a
matriz A, do tipo 3x2, em aij representa o preço
daquele produto na loja i, no mês j.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
IGUALDADE DE MATRIZES
• A importância da posição dos elementos

Observe as matrizes A e B definidas a seguir.


3 1 3 1
A = 5 -2 B= 4 6
4 6 5 -2
Note que elas são de mesmo tipo (3x2) e são formadas
exatamente pelos mesmos elementos. No entanto,
elementos iguais ocupam posições distintas. Dizemos por
isso, que elas são diferentes. Em símbolos, A ≠ B.
Dizemos que A e B são matrizes iguais somente
quando
 são do mesmo tipo;
 os elementos de mesma posição são iguais.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
TRANSPOSTA DE UMA
• MATRIZ
Trocando as linhas pelas colunas
A fase final do campeonato brasileiro foi disputada
pelos clubes A, B, C e D. Dois jornais X e Y publicaram
quadros mostrando o número de pontos ganhos (PG) e
o saldo de gols (SG) de cada um dos clubes.
Jornal X Jornal Y
PG SG
A B C D
A 8 7
B 6 0 PG 8 6 6 4
C 6 -2
D 4 -5 SG 7 0 -2 -5

Qual a diferença entre os dois quadros? Houve


apenas uma inversão entre linhas e colunas. Observe:
 a 1ª linha em X é a 1ª coluna em Y;
 a 2ª linha em X é a 2ª coluna em Y; e assim por diante.
Document shared on www.docsity.com
Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Sendo A a matriz relativa ao primeiro
quadro, a matriz relativa ao segundo quadro é
chamada transposta de A (símbolo: At ).
Portanto,
8 7 8 6 6 4
A= 6 0 At =
6 -2 7 0 -2 -5
4 -5
Temos, portanto, a seguinte definição:

Se A é uma matriz do tipo m x n, chama-se


transposta de A a matriz representada por
At , do tipo n x m, obtida de A, invertendo-se,
entre si, linhas e colunas de mesma ordem.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
É possível que uma matriz
seja igual à sua transposta?
Em que condições isso pode
ocorrer? Qual é a transposta
da transposta de uma matriz
A?

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
MATRIZ QUADRADA
• Um time especial de matriz

Chama-se matriz quadrada toda matriz em que o


número de linhas é igual ao de colunas. No caso, o
número de linhas (ou de colunas) é a ordem da matriz.
Por exemplo,
2 -2
 5 ½ é a matriz quadrada de ordem 2;

2 0,1 4
 5 -1 3 é a matriz quadrada de ordem 3.
0,1 4 0

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
MATRIZ QUADRADA
Se A = (aij) é a matriz quadrada de ordem n, chamamos de

 diagonal principal o conjunto dos elementos aij em que i = j


 diagonal secundária o conjunto dos elementos aij em que
i+j=n+1

Observe, por exemplo, o caso de uma matriz quadrada de


ordem n = 3.
2 0,1 4
5 -1 3
0,1 4 0

Os elementos da diagonal principal são 2, -1 e 0; os da


diagonal secundária, 4, -1 e 0,1.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
MATRIZ IDENTIDADE
Chama-se matriz identidade de ordem n a matriz
quadrada representada por i, cujo termo geral aij é definido
por
1, se j = 1
aij =
0, se i ≠ j.
Numa matriz identidade, todos os elementos da diagonal
principal são iguais a 1; os demais elementos são iguais a
0. Veja, por exemplo, a matriz identidade de ordem 3.
1 0 0
I3 = 0 1 0
0 0 1
A matriz identidade em um papel importante no cálculo
com matrizes. Você vai observar isso mais adiante.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
MATRIZ LINHA E MATRIZ
COLUNA
A matriz que apresenta somente uma linha, do
tipo
1 x n, é chamada de matriz linha.
A que possui somente uma coluna, do tipo m x 1,
é denominada matriz coluna.
a) [5 7 9 2 3] é matriz linha 1 x 5

3
b)9 é matriz coluna 3 x 1
2

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
MATRIZ NULA E MATRIZ
DIAGONAL
 MATRIZ NULA
Possui todos os elementos iguais a zero.
0 0 0
A = 0 0 0
0 0 0

 MATRIZ DIAGONAL
Quando uma matriz quadrada de ordem n possui
os elementos que não pertencem à diagonal
principal igual a zero, ela é matriz diagonal.
100
A= 030
005

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Operações com matrizes
Muitas vezes, é necessário ou conveniente suprimir unidades
inferiores às de determinada ordem. Esta técnica é
denominada arredondamento de dados.
De acordo com a resolução 886/66 da Fundação IBGE,
o arredondamento é feito da seguinte maneira:
• Quando o primeiro algarismo a ser abandonado é 0, 1, 2, 3,
ou 4, fica inalterado o último algarismo a permanecer.
Exemplo: 53,24 passa a 53,2.
• Quando o primeiro algarismo a ser abandonado é 6, 7, 8 ou 9,
aumenta-se de uma unidade o algarismo a permanecer.
Exemplos: 42,87 passa a 42,9
25,08 passa a 25,1
53,99 passa a 54,0

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
• Quando o primeiro algarismo a ser abandonado é 5, há duas
soluções:
a. Se ao 5 seguir em qualquer casa um algarismo diferente de zero,
aumenta-se uma unidade ao algarismo a permanecer.
Exemplos: 2,352 passa a 2,4
25,6501 passa a 25,7
76,250002 passa a 76,3

b. Se o 5 for o último algarismo ou se ao 5 só se seguirem zeros, o


último algarismo a ser conservado só será aumentado de uma
unidade se for ímpar.
Exemplos: 24, 75 passa a 24,8
24,65 passa a 24,4
24,75000 passa a 24,8
24,6500 passa a 24,6
NOTA:
• Não devemos nunca fazer arredondamentos sucessivos.
Exemplo: 17,3452 passa a 17,3 e não a 17,35 a 17,4
Se tivermos necessidade de um novo arredondamento, fica recomendada a
volta aos dados originais.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Compensação
Suponhamos os dados abaixo, aos quais aplicamos as regras do
arredondamento:
25,32 25,3
17,85 17,8
10,44 10,4
+ 31,17 + 31,2
84,78 84,8 (?)
(84,7)
Verificamos que houve uma pequena discordância: a soma é
exatamente 84,7 quando, pelo arredondamento, deveria ser 84,8.
Entretanto, para a apresentação dos resultados, é necessário que
desapareça tal diferença, o que é posssível pela prática do que denominamos
compensação, conservando o mesmo número de casas decimais.
Praticamente, usamos “descarregar” a diferença na(s) maior(es)
parcela(s). Assim, passaríamos a ter:
25,3
17,8
10,4
+ 31,3
84,78
NOTA:
• Convém, ainda, observar que, se a maior parcela é igual ao dobro de qualquer outra
parcela (ou maior que esse dobro), “descarregamos” a diferença (maior que uma
unidade) apenas na maior parcela.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Operações com matrizes
• Arredonde cada um dos numerais abaixo,
conforme a precisão pedida:
I) Para o décimo mais próximo:
a) 23,50 b) 43,45002 c) 120,6500 d) 234,9832
e) 78,25 f) 129,97 g) 45,87
h) 12,75 i) 199,96  

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Exercícios

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Operações com matrizes

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Operações com matrizes

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Multiplicação de matrizes

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Multiplicação de matrizes

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Propriedades da
Multiplicação

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Exercícios
1- Em São Paulo, na região do ABC, uma montadora precisa
fazer a previsão da quantidade de rodas e eixos que irá utilizar
no primeiro trimestre do próximo ano. A montadora pretende
lançar dois novos modelos de carretas. Observe as tabelas.
Na primeira tabela, tem-se a relação entre os modelos e o
número de rodas e eixos por eles utilizados.
Modelo A Modelo B
Rodas 4 6
Eixos 3 4
A segunda tabela apresenta a previsão do número de
carretas a serem produzidas no primeiro trimestre.
Janeiro Fevereiro Março
Modelo A 10 20 25
Modelo B 10 15 20

Calcule a quantidade de rodas e eixos de que a montadora


precisará para cada um dos meses, colocando numa tabela.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Resolução

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Exercícios
2- Uma indústria produz carros X e Y nas versões
standard, luxo e superluxo. Peças A, B e C são
utilizadas na montagem desses carros. Para certo plano
de montagem, é dada a seguinte informação:

Carro X Carro Y Standard Luxo Superluxo

Peça A 4 3 Carro X 2 4 3
Peça B 3 5 Carro Y 3 2 5

Peça C 6 2

Em termos matriciais:

Determine a matriz peça-versão.


Document shared on www.docsity.com
Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Resolução

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Exercícios
3- A matriz C fornece, em reais, o custo
das porções de arroz, carne e saladas
usadas num restaurante. A matriz P
fornece o número de porções de arroz,
carne e salada usadas na composição dos
pratos tipo P1, P2 e P3 desse restaurante.

Determine a matriz que fornece o custo


de produção, em reais, dos pratos P1, P2 e
P3 .
Document shared on www.docsity.com
Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Exercícios
4- Um produtor agrícola tem duas propriedades que
produzem soja, café e milho. Em cada uma das
propriedades, foi feito um levantamento do número de
toneladas colhidas, de cada tipo de grão, nos dois últimos
meses.
Produção no penúltimo mês (em t) Produção no último
Soja Café Milho Soja Café Milho
mês (em t)
Propriedade 1 6,0 8,0 3,5 Propriedade 1 5,3 9,1 4,8
a) Qual a produção acumulada nos dois últimos meses?
Propriedade 2 5,0 4,3 7,0 Propriedade 2 5,0 3,0 6,4
b)Suponhamos que, para o próximo mês, o produtor deseje dobrar a

produção de cada tipo de grão, em cada uma das duas propriedades,

qual a produção prevista para o próximo mês?

c) Se o mercado de preços desses grãos informar que a tonelada da soja

custa U$ 40,00, a tonelada do café custa U$ 50,00 e a tonelada do milho

custa U$ 35,00, qual o valor da produção prevista para o próximo mês


Document shared on www.docsity.com
Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Exercícios
5- Nas lojas A, B, C e D de uma rede de autopeças o estoque de suas peças
tipos P1, P2 e P3 é o seguinte:

Autopeças/ P1 P2 P3
Lojas
A 42 90 60
B 5 26 38
C 30 40 30
Suponha agora que foi feita
D uma60entrega
20 para60essas lojas com as seguintes
quantidades de cada uma das autopeças P1, P2 e P3.

Autopeças P P2 P3
1
/ Lojas
A 10 30 40
B 15 24 22
a) Qual o estoque atualizado
C da20rede de
14 autopeças
20 depois da entrega?
b) Se a tabela de preços
D desses
20 peças
50 informar
30 que P1 custa R$ 25,00, P2
custa R$ 40,00 e P3 custa R$ 80,00, qual o valor do estoque atualizado após a
entrega em cada uma das quatro lojas?

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Equações matriciais
Equações matriciais são aquelas cujas incógnitas
são matrizes. Para resolvê-las, utilizam-se as
operações definidas para adição e subtração de
matrizes e multiplicação de número real por matriz.
Exemplos:
1- Sendo

calcule a matriz X sabendo que X – B = A.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Equações matriciais
2- Determine a matriz X, sabendo que 3B + X = 2A.
Sendo

Resolução:

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Equações matriciais
3- Resolva a equação matricial AX = B, em
que

Resolução:

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Equações matriciais
4- Calcule os valores de X e Y que satisfazem à
equação
matricial

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
A Inversa de uma
Matriz
Seja A uma matriz quadrada de ordem. Dizemos
que A é uma matriz inversível (ou não-singular)
não-singular se
existir uma matriz, chamada de A-1 , tal que A.A-1 =
A-1.A = In . Onde In é a matriz identidade de ordem
n. Se A não é inversível,
inversível dizemos que A é uma matriz
singular.
singular
Exemplos:

1- Calcular a inversa da matriz , se existir.


Como A A-1= In , tem-se:

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Resolução

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Resolução
2- Determine, se existir, a matriz inversa de :

a) b)

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Resolução

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Resolução

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Determinante de uma
matriz quadrada
A toda matriz quadrada A associa-se um
número real, obtido por meio de certas
operações realizadas com seus elementos.
Esse número é chamado determinante de A.
O determinante de uma matriz A pode ser
indicado por det A ou escrevendo-se a própria
matriz, substituindo-se os parênteses ou
colchetes por barras simples.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Determinantes
 DETERMINANTE DE MATRIZ QUADRADA DE
ORDEM 1

 DETERMINANTE DE MATRIZ QUADRADA DE


ORDEM 2

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Determinantes

 DETERMINANTE DE MATRIZ QUADRADA DE


ORDEM 3

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Determinantes
Para facilitar o cálculo, utiliza-se a regra
prática de Sarrus.
 Copia-se o determinante e repetem-se as
duas primeiras colunas à direita da matriz;
Multiplicam-se os três elementos da
diagonal principal e os paralelos a essa
diagonal;
Multiplicam-se os três elementos da
diagonal secundária e os das paralelas a
essa diagonal, trocando o sinal dos
produtos;
Adicionam-se os produtos obtidos.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Regra de Sarrus

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Regra de Sarrus

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Exercícios
Calcule os determinantes de cada matriz.

a) c)

b) d)

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Determinantes
 DETERMINANTE DE MATRIZ DE ORDEM N
Co-fator

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Exercícios

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Teorema de Laplace
O teorema de Laplace permite realizar
sucessivos rebaixamentos de ordem da
matriz, sem alterar o valor do seu
determinante, até recair em um determinante
de terceira ordem, que pode ser calculado
pela regra de Sarrus.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Exercícios
Calcule o determinante da matriz.

Para facilitar essa resolução, escolhe-se a linha ou


coluna que possua a maior quantidade de zeros. No
caso, a coluna 4.
Aplicando o teorema de Laplace:

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Exercícios

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Exercícios
Calcule o determinante da matriz

NOTA: Para resolver por Laplace, é importante


escolher a linha ou a coluna com a maior quantidade
de zeros, diminuindo assim o cálculo.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Resolução

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
PROPRIEDADES DOS
DETERMINANTES
As propriedades dos determinantes facilitam o cálculo
do determinante da matriz.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
PROPRIEDADES DOS
DETERMINANTES

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
SISTEMAS LINEARES
Observe os problemas.
1- Durante a temporada
de exibição de um filme,
foram vendidos 2.000
bilhetes, com arrecadação
de R$ 7.600,00. O preço do
bilhete para adulto era R$
5,00, e para criança, R$
3,00.
a) Quantas crianças e
quantos adultos assistiram
ao filme nesse período?
b) Quantas soluções possui
esse sistema?

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Resolução
Para resolver o problema, monta-se um sistema de
equações em que o número de adultos é x, e o de
crianças,
crianças y.

Assistiram ao filme, portanto, 1.200 crianças e


800 adultos.
Document shared on www.docsity.com
Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Exercícios
2- Numa partida de futebol, dois times marcam juntos 5
gols. Quantos gols marcou cada time?

Quantas soluções há para o problema? Apresente


algumas.
Pode-se determinar o número exato de gols de cada time?
Document shared on www.docsity.com
Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Respostas
Denominando x e y o número de gols
de cada time: x + y = 5 (equação com
duas incógnitas).

Há várias soluções: 1 e 4 , 2 e 3 , 0 e 5,


entre outras.

Nesse caso não, pois faltam dados no


problema.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Exercícios
3- Resolva:
Numa granja existem coelhos e
galinhas totalizando 20 cabeças e 52
pés. Sabendo-se que não existe
nenhum animal defeituoso, quantos
coelhos e quantas galinhas existem
nessa granja?

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Equações lineares
A equação 2x + 6y – 7z = 12 é linear, na qual:
 os coeficientes são 2, 6 e –7;
 as incógnitas são x, y e z;
 o termo independente é 12.
Representa-se a equação linear sob a forma

são números reais, os coeficientes das variáveis, e b é o


termo independente.
Solução de uma equação linear:
 a) 3x + 2y = 11
Uma solução para essa equação é o par ordenado (1, 4),
pois a sentença 3 . 1 + 2 . 4 = 11 é verdadeira.
 b) 8x – y + 3z = –1
Uma solução para essa equação é o termo ordenado (0,
4, 1), pois a sentença 8 . 0 – 4 + 3 . 1 = –1 é verdadeira.
Document shared on www.docsity.com
Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Equações lineares
Portanto:
A solução da equação linear
é toda ênupla (seqüência de n elementos) de números
, tal que a sentença
seja verdadeira.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Sistemas lineares
Sistema linear é todo aquele formado por equações
lineares.

De modo geral, representa-se o sistema linear de m


equações com n incógnitas por

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Solução de um sistema linear
A solução do sistema linear é aquela comum a todas
as equações do sistema. O conjunto de todas as
soluções do sistema é o conjunto-solução ou
conjunto-verdade.
conjunto-verdade
1- Observe os anúncios.

Conforme os anúncios, qual o preço de cada


borracha, lápis e caneta?
Document shared on www.docsity.com
Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Resolução

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Sistemas lineares
2- Um copo cheio de água pesa 385 g; com 2/3 da
água, pesa 310 g. Pergunta-se:
 a) Qual é o peso do copo vazio?
 b) Qual o peso do copo com 3/5 da água?

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Resolução
a) Qual é o peso do copo vazio?

b) Qual o peso do copo com 3/5 da água?

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
ESCALONAMENTO DE SISTEMAS
LINEARES
O sistema linear é denominado escalonado quando, na
primeira equação, aparecem todas as incógnitas; na
segunda, desaparece a incógnita x; na terceira, a
incógnita y; e assim sucessivamente.
Sistemas escalonados:

Método do escalonamento
O método do escalonamento transforma um sistema
dado em outro equivalente utilizando transformações
como:
 multiplicar a equação dada por número real
diferente de zero e adicionar o resultado à outra
equação;
 trocar a posição das equações ou das incógnitas.
Document shared on www.docsity.com
Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Resolução de um sistema por
escalonamento

Multiplica-se a segunda equação por (–1) e


adiciona-se o resultado à primeira, obtendo assim
o sistema equivalente.

Multiplica-se a primeira equação por (–2) e adiciona-


se o resultado à terceira.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Resolução de um sistema por
escalonamento
Multiplica-se a segunda equação por (3); a terceira, por
(7); e adicionam-se os resultados.

Portanto: z = 2
Substituindo z na segunda equação:
7y + 5 . 2 = –4
7y = –4 – 10
y = − 14/7
y = –2
Substituindo os valores de y e z na primeira equação:
x + 4 . (–2) + 3 . 2 = 1
x=1+8–6
x=3 Logo S = {(3, –2, 2)}
Document shared on www.docsity.com
Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Exercícios
3- Ao voltar de uma viagem à Europa, Carlos
trouxe 100 moedas de três tipos.

Peso em gramas Valor em dólar


Tipo 1 3 10
Tipo 2 5 20
Tipo 3 9 50

Se o peso total das 100 moedas era 600


gramas e o valor total que ele trouxe foi 2.800
dólares, calcule quantas moedas de cada tipo
tem Carlos.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Resolução

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Classificação de um sistema
linear de acordo com o número de
Um sistema linear é classificado
soluções que ele admite.
 a) Sistema possível e determinado (SPD) é todo sistema que
admite uma única solução.

é sistema linear que admite como única solução o par


ordenado (3, –1).
 b) Sistema possível e indeterminado (SPI) é todo sistema que
admite mais de uma solução. Se o sistema admite mais de uma
solução, então admite infinitas soluções.

é um sistema linear que admite mais de uma solução:


(2, 1), (0, 5), ..., etc.
 c) Sistema impossível (SI) é todo sistema linear que não admite
solução.

é um sistema que não tem solução, pois não existem dois


números x e y cuja soma seja igual a 1 e, ao mesmo tempo, igual a 2.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Exercícios
4- Um grupo de judô tem 107 alunos na faixa preta e
faixa azul,
74 na faixa azul e faixa branca, 91 na faixa branca e faixa
preta.
Determine o total de alunos do grupo.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Resolução

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Exercícios
5- Três ligas metálicas são formadas de carbono,
cromo e ferro, cujos percentuais são dados pelo
quadro a seguir:Liga A Liga B Liga C
Carbon 1% 1% 4%
o
Cromo 0% 15% 3%
Ferro 99% 84% 93%

Que quantidade de cada tipo de liga pode ser


obtida com 1,5 toneladas de carbono, 3,9 toneladas
de cromo e 54,6 toneladas de ferro?

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Exercícios
6- Lucia resolve organizar uma festa de
aniversário para seu filho e encomenda, para
servir aos convidados, 120 refrigerantes, 165
salgadinhos e 210 doces. Servirá, a cada
homem, 3 refrigerantes, 3 salgadinhos e 3
doces; a cada mulher, 2 refrigerantes, 5
salgadinhos, 4 doces; a cada criança, 2
refrigerantes, 2 salgadinhos e 4 doces. Para
que não faltem e nem sobrem refrigerantes,
salgadinhos e doces qual devem ser o total de
pessoas convidadas?

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Exercícios
7- Um mestre de obras registrou, na tabela abaixo,
seus gastos na compra de sacos de cimento e areia,
durante
uma semana, para posterior prestação de contas.
m3 de
Dia da Semana Sacos de cimento Despesa do Dia
Areia
Segunda-feira 4 3 R$ 198,00
Quarta-feira 2 5 R$ 239,00
Sexta-feira 3 4 X
Total = Y

Considerando que os preços permaneceram


constantes durante essa semana, e que ele esqueceu
de anotar a despesa (X) da sexta-feira, calcule o total
(Y) gasto com cimento e areia.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Exercícios
8- Sejam X, Y e Z três artigo distintos que são
vendidos em uma certa loja. Sabe-se que: X
custa tanto quanto Y e Z juntos; o preço de Y é
a diferença entre o dobro do de X e 50 reais; o
preço de Z é a diferença entre o triplo do de Y
e 80 reais. Nessas condições, quanto reais
deverão ser reembolsados, pela compra dos
três artigos, sendo um único exemplar de cada
tipo?

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)
Equações lineares
9. Um aluno da Faculdade SEAMA vai retirar dinheiro
num caixa eletrônico, onde existem 2 tipos de notas: de
R$ 1,00 e de R$ 5,00. Sabe-se que na retirada ele ficou
com 21 notas no valor total de R$ 53,00. Quantas
notas de R$ 1,00 e de R$ 5,00 foram retiradas?

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: guilherme-vogt-8 (gui.vogt@hotmail.com)