Você está na página 1de 3

ATIVIDADE INDIVIDUAL

Matriz de atividade individual

Disciplina: Economia empresarial Módulo:

Aluno: Roberta Ferraz Turma:

Tarefa: Atividade Individual

Questão 1 – Teoria da oferta e da demanda e estrutura de mercado

a) a elasticidade-preço da demanda dos produtos comercializados pela Comida Boa Ltda.;

Podemos classificar a demanda da Comida boa como elástica em relação ao preço, principalmente
dada a existência de uma grande quantidade de concorrentes que oferecem produtos similares no
mercado, tanto voltados para alimentação saudável e natural, quanto alimentos menos saudáveis
que podem acabar sendo escolhidos pelo menor preço, o que os torna facilmente substituíveis.
Dessa forma, uma variação no preço afeta consideravelmente a demanda.

b) a elasticidade-preço (produção) da oferta com que a empresa se defronta;

Já quando falamos de elasticidade-preço da oferta, podemos também classificá-la como elástica, já


que uma variação no preço dos produtos irá impactar consideravelmente na quantidade ofertada.
Isso se confirma uma vez que a empresa tem um sistema produtivo com poucas restrições e
consegue se adaptar rapidamente para produzir mais numa variação de alta de preços, por
exemplo.

c) a estrutura de mercado que a empresa está inserida

Sobre o mercado em que a Comida Boa está inserida, podemos dizer que tem a estrutura de
concorrência perfeita. Isso se deve ao fato de que há um grande número de ofertantes e também
grande número de demandantes, com baixa barreira de entrada e produtos facilmente substituíveis.
Dessa forma, nem os ofertantes nem os demandantes têm diretamente poder de influência sobre os
preços, que acabam sendo ditador pelo mercado e a lei da oferta e procura.

Questão 2 – Determinação da receita ótima de vendas

A receita ótima se dá quando a receita total se iguala ao custo total, já que:

Lucro = Receita Total (RT) - Custo Total (CT)

Para determinarmos o equilíbrio, ou seja, a Receita ótima, o lucro deve ser igual a 0. Com isso:

0 = RT - CT
RT = CT

Sendo CT = CMV + despesas administrativas + imposto sobre lucro + impostos e devoluções

CT = 3.250.000 + 7.800.000 + 1.300.000 + 1.040.000

CT = 13.390.000 (em reais)

Sendo RT = CT
RT = R$ 13.390.000,00

1
Questão 3 – Custos totais (CT), receita total de vendas (RT) e lucro econômico

Considerando a operação de congelados em 2016, podemos verificar:

a) o valor da receita total de vendas (RT)

Considerando que o valor total da receita da Comida Boa foi de 20 milhões de reais, e a operação de
congelados representou 10% desta receita, podemos verificar que a receita desta operação é igual a
0,1 x 20.000.000, ou seja, R$ 2.000.000,00 (2 milhões de reais).

b) o valor do preço médio do congelado

Já que foram vendidas 3.500 unidades por mês, o total no ano foi igual a 42.000 congelados.

Sendo que RT = Preço x Quantidade

Preço = RT/Quantidade
Preço = 2.000.000/42.000

Preço = aprox. R$ 47,62

c) o valor da margem bruta por unidade

Considerando que a margem bruta é de 85% conforme informado no texto, podemos dizer que o valor
da margem bruta por unidade é de 0,85 x preço médio

0,85 x R$ 47,62 = aprox. R$ 40,48

Questão 4 – Custos totais (CT), receita total de vendas (RT) e lucro econômico

Para verificar a estratégia proposta pelos acionistas da empresa em relação ao enfoque somente na
venda dos congelados, podemos verificar qual seria a quantidade necessária a se vender para que a
empresa alcance o equilíbrio, ou seja, a Receita Total calculada na questão 2 deste trabalho.

Sendo RT = Preço x Quantidade

13.390.000 = 47,62 x Quantidade

13.390.000/47,62 = Quantidade
Quantidade = 281.185 (anual)

Quantidade = aprox. 23.432 unidades por mês

Desta forma podemos verificar que a quantidade necessária para a empresa se manter focando
somente na venda dos congelados é extremamente alta, quase 8 vezes maior do que a quantidade
vendida no ano de 2017. Assim, a estratégia se mostra inviável.

2
Questão 5 – Política monetária (créditos e juros) e fiscal (isenções de impostos)

Podemos verificar que o Governo adotou um pacote de medidas salvadoras conforme abaixo:

- Política monetária expansionista, com crédito a juros subsidiados, um ponto percentual abaixo da
taxa básica de juros (Selic) praticada pelo Banco Central;

- Redução da alíquota de imposto sobre os produtos alimentícios de 0,5 ponto percentual da


praticada no mercado

- Prazo de pagamento para os impostos devidos estendido até o décimo dia útil do mês sem
cobrança de juros de mora

Se bem aproveitadas, essas medidas realmente podem ajudar a Comida Boa a reestabelecer seu
equilíbrio financeiro. Uma sugestão seria renegociar sua dívida com o banco ou buscar outro banco
que ofereça melhores condições de parcelamento e pagamento desta dívida, uma vez que a
medida colocada pelo Governo declara uma taxa de juros reduzida neste momento.

Além disso, com a redução do imposto sobre os produtos alimentícios também seria possível tentar
renegociar os preços dos insumos, uma vez que os fornecedores também serão beneficiados com
esta medida.

Por fim, seria necessário fazer um planejamento financeiro adequado para que os benefícios
trazidos pelas mudanças sejam aproveitados ao máximo, a fim de reestabelecer o equilíbrio do
fluxo de caixa e ser possível honrar os compromissos assumidos pela Comida Boa.

Questão 6 – Política cambial e flutuações cambiais

Considerando o atual cenário, acredito que investir os esforços no mercado externo não  seria uma
boa opção. Segundo o jornal Valor Econômico, o coronavírus traz fortes impactos sobre as
operações logísticas de exportação, provocando uma escassez global de contêineres que estão
parados na China. Além disso, muitos países estão fechando fronteiras, o que deve dificultar muito
a chegada dos alimentos produzidos aqui no Brasil.

Por fim, governos de outros países já estão instaurando medidas para estímulo das economias
locais, o que deve dificultar a entrada de empresas de fora no mercado. Mesmo com o dólar super
valorizado (próximo dos 5 reais), o que seria bom para a operação de exportação, acredito que
neste momento não é uma alternativa viável apostar nas exportações dos produtos da Comida Boa.

Você também pode gostar