Você está na página 1de 2

1

Prática de Ensino nos anos iniciais do Ensino Fundamental

Nome:keila Eliza Grimberg


RGM:20805187
Atividade Reflexiva - Unidade: I
Polo: São Carlos

Somos todos Iguais: Vamos ensinar na escola o respeito à diversidade?

A responsabilidade do professor na escola vai além de ensinar conteúdos. Ele


também precisa estar envolvido num trabalho direcionado na questão da
pluralidade cultural. Este trabalho propicia aos alunos um comportamento
democrático e um entendimento do direito e respeito à diversidade.
A sociedade brasileira é muito diversificada culturalmente e a escola é um
ambiente onde os professores convivem com crianças e jovens e observam a
existência da exclusão social e das discriminações por suas diferenças.
Os PCN ressaltam a importância do cuidado e atenção no tratamento desse
tema:

Convém lembrar que, por se tratar de Ensino Fundamental regular, portanto de


crianças, pré-adolescentes e adolescentes, é preciso especial atenção para
trabalhos voltados para a formação de novas mentalidades, voltados para a
questão dos Direitos Universais da Pessoa Humana, da consolidação
democrática do Brasil, da valorização de todos os povos e grupos humanos
que formam a população brasileira, do pleno respeito a todo cidadão, nas
diferentes esferas da vida. Pela dificuldade do tema, há que se lidar com
cuidado, para garantir um tratamento objetivo e compreensivo daqueles
aspectos considerados mais relevantes em cada região, localidade, escola,
classe (BRASIL, 1997a, p. 22).

O trabalho na escola com o tema pluralidade cultural deverá partir inicialmente


do respeito do professor diante da diversidade existente entre os próprios
alunos. Logo após, é importante inserir o conceito de pluralidade cultural
associado a um diálogo entre eles, levando sempre em consideração a
individualidade e os valores de cada aluno para somente depois direcionar
suas ações num trabalho coletivo em sala de aula.
1

No decorrer das atividades com os alunos, o professor deverá estar atento


quanto á reflexão sobre sua própria práxis pedagógica, ou seja, ele precisa
observar constantemente se a maneira como relaciona a teoria com a prática
está atingindo os seus objetivos de aprendizagem. Esta observação é
indispensável para que o professor possa fazer uma reorganização da própria
prática a partir da reflexão.
A questão da diversidade precisa ser vista pelo professor como um momento
de oportunidades para que os alunos possam conhecer suas origens, sua
história como indivíduo participante e conhecer os outros grupos culturais.
Dessa forma, a função do professor é valorizar a diversidade cultural e fazer
com que os alunos tenham a segurança de expor, discutir, refletir sobre esta
questão e que compreendam o próprio valor e também que possam respeitar
as diferenças existentes entre eles.
Portanto, é fundamental que o educador tenha um comprometimento tanto no
ensino dos conteúdos, quanto na formação dos alunos como cidadãos, a fim de
prepará-los para a convivência em sociedade.

Referências:
Universidade cruzeiro do Sul EaD. Unidade 1-Prática de Ensino e o Estágio
Curricular Supervisionado.
Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros
curriculares nacionais: pluralidade cultural, orientação sexual. V. 10.1.
Brasília, DF, 1997 a. Disponível em: Acesso em: dez. 2015.