Você está na página 1de 3

TAREFA 2 – EA869 A

Gabriel Henrique de Martin Andretta – RA: 216267

1 - Um modelo típico de memória contempla o barramento de endereços


e os barramentos de dados (entrada e saída), além de alguns sinais de
controle (também conhecidos como barramento de controle). Como
as memórias ROM são apenas de leitura, elas não precisam de um
barramento de entrada de dados, mas apenas um de saída. Explique em
que contexto esta afirmação é correta?

R: De modo geral, as memórias ROM, de fato, não possuem


barramento de entrada de dados (seja MROM, PROM, EPROM, EEPROM,
etc). Pegando como exemplo a memória ROM programável (PROM),
através de dispositivos conhecidos como gravadores é possível acessar a
memória através dos barramentos de endereço e de controle. Contudo,
este tipo de memória continua não tendo barramento de entrada, apenas
de saída. Cada tipo de memória ROM possui uma arquitetura própria, na
qual apenas o barramento de saída de dados está presente.

2 - As memórias de maior capacidade de armazenamento são as que têm


geralmente o maior desempenho (menor tempo de resposta) e, por isso,
elas têm o maior custo por byte armazenado. Analise esta sentença e
discuta seu(s) ponto(s) correto(s) (se houver) e incorreto(s) (se houver).

R: Ponto(s) correto(s): memórias com alto desempenho, ou seja,


com baixo tempo de acesso (para acompanhar a velocidade do
processador) possuem, de fato, um alto custo (de dinheiro e de espaço), já
que, para alcançar uma memória de alto desempenho, seria essencial uma
facilidade de acesso, leitura e escrita, o que implicaria em uma tecnologia
embarcada mais robusta e eficaz, resultando em um alto custo de projeto.
Ponto(s) incorreto(s): a maior capacidade de armazenamento implica em
um menor desempenho, já que, com tantos endereços de memória a
serem usados em, por exemplo, um ciclo de busca, a tempo de acesso a
essas memórias seria menor, acarretando em uma memória com tempo
de resposta mais alto e, portanto, menor desempenho.
3 - Explique por que as memórias dinâmicas DRAM são mais baratas por
byte que as estáticas SRAM, já que as primeiras exigem vários circuitos
adicionais para "refrescar" seu conteúdo para que ele não seja perdido
ou corrompido.

R: Apesar de as memórias DRAM necessitarem de circuitos


adicionais em relação à SRAM para que seu conteúdo não seja perdido, a
memória SRAM utiliza uma célula básica de armazenamento com
aproximadamente 6 transistores, fato que encarece e muito o custo por
byte deste tipo de memória em relação a DRAM (esta armazena, mesmo
que por pouco tempo, sua carga – dados – em um capacitor).

4 - Com base no último gráfico apresentado na aula sobre memórias,


faça uma pesquisa sobre densidade de bits por área em HDs e SSDs e
discuta a possibilidade de se justificar os diferentes custos destas
tecnologias com base em suas densidades de armazenamento. Cite as
referências consultadas que serviram de base para suas alegações.

R: Basicamente, os SSDs e os HDs possuem tamanhos físicos bem


distintos, o que se traduz em um espaço de armazenamento distinto entre
os dois. O HD é composto por um disco rígido, em geral feito de alumínio,
coberto por uma película fina de material magnético; neste disco, serão
armazenados todos os dados. Por ocupar um espaço maior, naturalmente,
sua capacidade de armazenamento será maior, com apenas um porém:
sua velocidade de leitura é limitada a velocidade de rotação máxima do
disco dentro do HD (em geral, 7200 rpm), o que implica em uma baixa
densidade de armazenamento. Por outro lado, em um SSD, o espaço físico
é menor, o que se traduz em um menor espaço de armazenamento.
Contudo, o SSD se utiliza de uma tecnologia diferente: ao invés dos discos,
o armazenamento é feito através de células de memória flash, não
voláteis, que implica em uma alta velocidade de leitura/escrita se
comparado ao HD convencional. O fato de o SSD armazenar uma
quantidade significativa de memória em um espaço muito pequeno (bem
menor que o de um HD) implica em uma alta densidade de
armazenamento. Isto, aliado a uma alta velocidade de acesso, leitura e
escrita, traduz-se em uma grande diferença de custos (ainda que estes
custos venham diminuindo com a popularização do SSD).
Fonte: https://www.techtudo.com.br/artigos/noticia/2011/06/qual-diferenca-entre-hd-e-
ssd.html

Você também pode gostar