Você está na página 1de 2

Missão do Aprendiz

o A:.M:. Bruno Pregil


o A.O.M.M
 ARLS:. Cavaleiros da Luz 0001
A missão do aprendiz
A Pedra Bruta possui uma carga muito grande de simbolismo, e talvez seja uma das lembranças mais
vivas para o Maçom, não somente para o recém-iniciado, mas, para todo o restante da nossa trajetória
maçônica, como se a lembrar-nos sempre do quanto é longo o caminho em busca da perfeição, ou o
quanto é difícil desvencilhar-se de todas as nossas impurezas e defeitos.

O Aprendiz, a partir do momento aquele que sucedeu ao da sua Iniciação e de ter recebido a sua
primeira lição, é considerado apto a dar início ao trabalho esse que inaugura a sua caminhada rumo à
libertação do ego, com o desbaste contínuo da sua pedra bruta, até então uma massa informe, e o lugar
onde residem as suas imperfeições, paixões e defeitos.

Certamente pela sua condição de Aprendiz, o trabalho a que irá se dedicar deverá ser cumprido com
uma maior intensidade, movido pela máxima vontade e afinco, pois, o Aprendiz é ainda um ser muito
rústico, mais material e, portanto, imperfeito do ponto de vista espiritual.

Porque é livre e de bons costumes, liberdade de pensamento, pedreiro-livre, liberdade, igualdade e


fraternidade, são expressões e conceitos afetos ao mundo maçônico, mas, como eles irão sendo
assimilados, como eles irão sendo entendidos pelo Aprendiz, e depois de digeridos totalmente, como
serão devolvidos pelo Maçom, já um Mestre, e assim, consciente de que a sua maior missão é mesmo
colaborar para a evolução da humanidade como um todo.

A Maçonaria que propicia ao Aprendiz lições éticas de elevação para o ser humano, dá-lhe os
instrumentos desde o primeiro momento, para que trabalhando a sua pedra bruta venha a despir-se do
seu egoísmo.

Dá-lhe também o conhecimento das vertentes filosóficas para o devido discernimento, para concluir que
somente é possível ao homem desfrutar de certo grau da própria liberdade, se souber abrir mão dela
em proveito do bem comum.

A Maçonaria propicia ao Aprendiz um novo nascimento, depois o sólido aprendizado com as instruções
e os exemplos, ensina-o a usar das ferramentas necessárias para que, se aprimorando sempre, melhore,
apare, e desbaste as asperezas existentes na sua pedra bruta.

De posse do seu maço e cinzel empreenderá a sua tarefa, de libertação do ego, de construção do seu
templo interior, só finalizando quando estiver livre das paixões materiais.

Você também pode gostar