Você está na página 1de 6

UNIVERSIDADE DE MOGI DAS CRUZES

NOME
RGM:

ESPORTES DE PRECISÃO:
BOCHA

MOGI DAS CRUZES


2020
PLANO DE AULA

Escola:
Disciplina: Educação Física
Turma/Ano: 11 Anos
Período: Manhã
Duração: 50 minutos
Local: Ginásio 2
Professor:

1. UNIDADE TEMÁTICA:
Esportes
2. OBJETOS DE CONHECIMENTO:
Esportes de Precisão (Bocha)

3. COMPETÊNCIAS:

3.1. GERAIS:
 Experimentar e fruir esportes de precisão valorizando o trabalho coletivo
e o protagonismo.
 Propor e produzir alternativas para experimentação dos esportes não
disponíveis e/ou acessíveis na comunidade e das demais práticas
corporais tematizadas na escola
3.2. ESPECÍFICAS:
 Experimentar, desfrutar, apreciar e criar diferentes brincadeiras, jogos,
danças, ginásticas, esportes, lutas e práticas corporais de aventura,
valorizando o trabalho coletivo e o protagonismo.
 Usufruir das práticas corporais de forma autônoma para potencializar o
envolvimento em contextos de lazer, ampliar as redes de sociabilidade e
a promoção da saúde.

4. CONCEITO:
A bocha tem sua origem em 3 a 4 mil anos a.C. Nesta época, o esporte era
praticado com objetos esféricos (pedras) no Egito e na Grécia Antiga, como
forma de passatempo. Como esporte, surgiu na Itália, no período dos
imperadores, datado entre 68 / 69 d.C., o chamado “bocce”, acontecia em
festivais organizados por nobres e governantes. A versão italiana da bocha
consiste em rolar bolas pelo chão em direção a algum objetivo. Com a
expansão do exército romano, a modalidade foi difundida pela Europa. Em
1500, o esporte já era praticado na França, Espanha, Portugal e Inglaterra,
com diversas alterações na regra que culminaram na popularidade que o
esporte tem atualmente.
Na América do Sul o esporte também chegou pelas mãos dos italianos. Os
imigrantes trouxeram a prática para a Argentina e depois para o Brasil.
Atualmente a entidade que representa o esporte pelo mundo é a Confederação
Mundial de Bocha. Aqui no Brasil, o esporte foi reconhecido como tal em 1943.
Em 1944 em Buenos Aires foi realizado o primeiro Campeonato Sul-Americano
de Bochas, mas o Brasil só foi representado no ano de 1957. O primeiro
Campeonato Mundial foi em 1951. A partir da década de 60 a bocha firmou-se
no país, com a evolução técnica de nossos atletas e a conquista de novos
adeptos, em 1966 as mulheres iniciaram sua participação. Os atletas
paraolímpicos tem a bocha de forma tão consolidada que o esporte compõe a
lista das modalidades disputadas nas Paraolímpiadas.
Apesar do velho conceito de que a bocha é "esporte para idosos", a bocha é
praticada por pessoas de todas as idades e classes sócias, homens, mulheres,
jovens e crianças, atraindo a participação de atletas de faixa etária cada vez
menor. Hoje em dia, é possível encontrar atletas vivendo do esporte. Nos
clubes ainda encontramos Canchas Naturais (areia), no entanto os
Campeonatos Estaduais são realizados em Canchas Sintéticas ou de Carpete.
O objetivo principal do jogo
O objetivo da bocha consiste na marcação de pontos, através do lançamento
das bolas, a fim de que elas se aproximem de um ponto, determinado
aleatoriamente pelo lançamento de uma bola menor chamada de bolim.
4.1. REGRAS DA BOCHA
A bocha pode ser jogada entre duas pessoas ou duas equipes.
Cada jogador ou equipe tem direito a 4 bochas por partida.
O início da partida se dá com o arremesso de uma bola pequena denominada
bolim. O lugar em que o bolim parar, passa a ser o ponto daquela partida do
qual as bochas devem ser aproximadas. Em seguida, os jogadores começam o
lançamento das próprias bochas.
É permitido aos jogadores eliminarem uns aos outros, através do
distanciamento das bochas adversárias ao chocá-las com as próprias bochas.
O lançamento das bolas deve ser feito pelo ar. Os jogadores não podem
deslizá-las enquanto rolam.
O jogador ou equipe vencedora é aquele que conseguir aproximar mais bochas
do ponto estabelecido e, consequentemente, conseguir conquistar mais pontos.
As medidas regulamentares da cancha são de 24 metros de comprimento por
04 metros de largura.
5. PROCEDIMENTOS:
Serão aplicadas 03 atividades, sendo 01 atividade inicial instrutiva, 01 atividade
principal de vivência e 01 atividade final avaliativa, totalizando 50 minutos.
5.1. ATIVIDADE INICIAL:
APRESENTAÇÃO DA MODALIDADE
5.1.1. TEMPO DE DURAÇÃO: 10 MINUTOS
5.1.2. MATERIAIS UTILIZADOS:
 Nenhum material será utilizado pelos alunos nesta atividade, porém,
o professor deverá utilizar o material descrito na atividade principal
como demonstração.
5.1.3. DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE:
O Professor solicitará que os alunos sentem no chão. Será apresentada a
história da bocha, bem como os aspectos técnicos e sociais que envolvem e
abrangem a modalidade.
5.2. ATIVIDADE PRINCIPAL:
BRINCANDO DE BOCHA
5.2.1. TEMPO DE DURAÇÃO: 30 MINUTOS
5.2.2. MATERIAIS UTILIZADOS:
 Giz.
 Bolas: Nesta atividade foi sugerido a utilização de bolas de Medicinebol
e bolas de tênis, porém este material poderá ser adaptado utilizando-se
outros tipos de bola, atentando-se para que a bola utilizada como bolim
seja diferente das demais.
5.2.3. DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE:
Neste momento o professor convidará os alunos a vivenciarem o jogo de
bocha. O jogo pode ser realizado usando pequenas bolas de medicinebol (duas
ou quatro para cada criança) e uma pequena bola de tênis usada como bolim.
Em seguida, será solicitado às crianças que se dividam em grupos, inicialmente
com quatro integrantes e desenhem com giz, no chão, um retângulo com mais
ou menos 1 metro e meio de largura por 06 ou 08 metros de comprimento que
será sua cancha. Através de um simples sorteio (dois ou um) os alunos de
cada grupo se dividem novamente, agora em duplas. Nesta atividade a bocha
será jogada com regras simples, onde cada equipe deverá busca aproximar
suas bolas do bolim e afastar as da equipe adversária. O jogo começa com um
sorteio (par ou ímpar) para ver quem lançará o bolim primeiro. Após o sorteio,
aquele que ganhou, lança o bolim tentando alcançar uma marca, previamente
definida pela dupla, dentro do retângulo. Quem lançou o bolim, tem direito de
lançar sua primeira bola e depois será a vez do colega. As crianças podem
definir, que após terem lançado todas as suas bolas somarão os pontos
daquelas que mais se aproximaram do bolim. Vencerá quem marcar mais
pontos e vencer uma melhor de 03 partidas. No decorrer do tempo da
atividade, deverá o professor incentivar a troca de duplas para uma maior
interação entre os alunos.
5.3. ATIVIDADE FINAL:
AVALIAÇÃO FINAL
5.3.1. TEMPO DE DURAÇÃO: 10 MINUTOS
5.3.2. MATERIAIS UTILIZADOS:
 Folhas de sulfite e caneta.
5.3.3. DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE:
Nesta atividade o professor irá realizar um questionário (em anexo) com o
objetivo de aferir a absorção teórica e o grau de satisfação do aluno em
conhecer uma modalidade esportiva atípica do seu cotidiano.
OBS: Este questionário deverá ser entregue ao professor.
6. REFERÊNCIAS:
Site Federação Paulista de Bocha e Bolão: https://fpbb.com.br/historia/ -
Acessado em 24/03/2020 as 23:00
Site Regras do Esporte: https://regrasdoesporte.com.br/bocha-como-jogar-
bocha-conheca-as-regras.html - Acessado em 24/03/2020 as 23:20
Site Techesporte: http://techesporte.blogspot.com/2011/12/historia-do-
bocha.html - Acessado em 25/03/2020 as 00:10
7. ANEXO
Avaliação a ser aplicada na atividade final:
1) Qual a origem da bocha como passatempo?
Resposta: Egito e Grécia.
2) Como esporte, onde e quando surgiu a bocha?
Resposta: Na Itália, entre 68/69 a.C.
3) No Brasil quando a bocha foi reconhecida como esporte?
Resposta: 1943.
4) Quais as medidas oficiais da cancha de bocha?
Resposta: 24 metros de comprimento por 04 metros de largura.
5) Qual o nome dado a bola menor utilizada como ponto de referência
na bocha?
Resposta: Bolim.
6) O que você achou da bocha?
(A) Gostei e vou praticar.
(B) Gostei, mas não vou praticar.
(C) Não gostei.