Você está na página 1de 3

Neutro Interrompida como Identificar

Entenda o real problema do fio neutro interrompido em uma instalação elétrica e saiba
exatamente com identificar e solucionar transformando em oportunidade.

Por diversas vezes já fui questionado em relação ao neutro interrompido, e se esta é uma dúvida
ou necessidade que você tem em relação a instalações elétricas pode ter certeza que este artigo é
para você.
Este é um dos típicos problemas de uma instalação elétrica que é causado em função de má
instalação e de não conhecimento técnico do assunto.

Analisando podemos chegar à conclusão que em diversos casos somos questionados por situações
onde o grande problema é a intervenção de profissionais sem capacitação realizando instalações
elétricas sem nenhum quesito técnico ou por problemas do cotidiano como um cabo rompido por
um roedor (rato).

Para entender melhor sobre o assunto continue lendo este artigo.

Fio Neutro Interrompido, o que é e como identificar

Você já deve ter escutado a seguinte frase:

“O 110V virou 220V na minha casa”

Bom, quando este é o argumento, a identificação do problema é, teoricamente, rápida, fio neutro
interrompido.

O grande problema é identificar e solucionar esta ocorrência, veja que podemos listar no mínimo
3 causas:

1. Emenda de neutro realizada incorretamente;

2. Roedor rompeu o cabo neutro;

3. Disjuntor no cabo neutro

É claro que estas são simplesmente 3 possíveis causas e de antemão te convido a comentar logo
abaixo se você teve um problema como estes que eu listei.
O principal problema de um fio neutro interrompido é que quando isso ocorre temos um
comportamento do circuito onde a tensão elétrica pode elevar e com isso a queima de
equipamentos e eletrodomésticos é praticamente inevitável se estes não forem fullrange (bivolt).

Isso ocorre porque em diversas situações, possuímos cargas elétricas na instalação com as
características resistivas e/ou indutivas, veja na imagem abaixo:

Estas cargas fazem com que sua própria estrutura se transforme em um condutor e quando
acontece o rompimento do neutro existe uma espécie de retorno por suas estruturas.

Outro caso é quando o profissional não qualificado ou o leigo acaba instalando o disjuntor no
neutro, quando este vem a desarmar o comportamento é idêntico.

Como acontece tecnicamente?

Como você pode observar na imagem abaixo, quando existe o rompimento do neutro o circuito se
comporta como um circuito série. Nesta hora podemos afirmar que a carga resistiva ou indutiva
acaba contribuindo para que exista um retorno na instalação fazendo com que o circuito que
antes era 127V se transforme em algo próximo a 220V.

Observe que neste instante o componente/equipamento que está ligado ao circuito acaba
recebendo uma tensão com valor acima do suportado, por exemplo, antes alimentado por 127V
agora recebendo 220V.
Como usar este problema ao seu favor

Você, como um profissional da área elétrica deve ser estratégico em todas as suas ações, todos os
serviços prestados e todos os seus contatos com possíveis clientes.

Quando falamos de resolver um problema, neste caso o cabo neutro interrompido, não é
diferente.

Observe que quando um cliente te procura para este tipo de intervenção ele está com um
problema e “o que você falar é lei”.

Analisando o tipo de cliente você pode tomar a seguinte ação:

 Caso seja um comércio ou pequena indústria você mostra o prejuízo que ele teve para
mostrar a necessidade de contratar você como um prestador de serviço de manutenção
preventiva para não ter novamente problemas igual ou parecido a este.

 Se for um cliente residencial/predial você deve usar a mesma ideia anterior, no entanto,
sabemos que não é comum um contrato de manutenção para este público alvo, então você
deve se embasar no capítulo 6 (Dimensionamento de Circuitos) da NBR 5410 para mostrar
a necessidade de verificar toda a instalação, pois com certeza existirá mais intervenções
técnicas para que seu cliente não tenha novos prejuízos.

Conclusão

Quando você analisar um problema de cabo neutro interrompido quero que você lembre de
identificar todas as possibilidades que possam ter ocasionado este problema, mas não perca a
oportunidade de fazer deste problema uma forma de monetizar sua mão de obra.

Você também pode gostar