Você está na página 1de 2

Nome do Aluno Classe Componente Professor Data

Filosofia Renato César ___/___/ 2020


Bases tecnológicas Critérios Menção
Filosofia e suas práticas Interpretação de Texto
Metafísica Senso Crítico

Introdução a metafísica
Michael J. Loux

(...) O termo “metafísica”, como nome da disciplina na qual se empenharem desde que sejam bem-
disciplina, é retirado do título de um dos tratados sucedidos em levar a cabo um dos projetos no programa
de Aristóteles. O próprio Aristóteles nunca se referiu ao da disciplina.
tratado por esse nome; este foi conferido por pensadores Mas Aristóteles não se satisfaz em descrever a
posteriores. Aristóteles chamou à disciplina em causa no metafísica como a investigação de primeiras
tratado filosofia primeira ou teologia, e sabedoria ao causas. Também nos diz que é a ciência que estuda o ser
conhecimento que é o objetivo da disciplina. Ainda enquanto ser. À medida que se expande esta
assim, o uso subsequente do título Metafísica torna caracterização, a metafísica acaba por não ser outra
razoável supor que aquilo a que chamamos “metafísica” disciplina departamental com um objeto de estudo
é o gênero de coisa que se faz nesse tratado. Infelizmente, próprio. É, ao invés, uma ciência universal, que toma em
Aristóteles não nos dá uma única explicação do que ali consideração todos os objetos que há. Nesta
faz. Em alguns contextos, diz-nos que aquilo que procura caracterização, pois, a metafísica examina os itens que
no tratado é um conhecimento de primeiras causas. Isto constituem o objeto de estudo das outras ciências. O que
sugere que a metafísica é uma das disciplinas a metafísica tem de distinto é o modo como examina
departamentais, uma disciplina com um objeto de estudo esses objetos; examina-os a partir de uma perspectiva
distinto do que é objeto de consideração de qualquer particular, da perspectiva de serem seres, ou coisas que
outra disciplina. Que objeto de estudo é identificado pela existem. Pelo que a metafísica considera as coisas como
expressão “primeiras causas”? Talvez uma série de seres ou existentes e procura especificar as propriedades
coisas diferentes; mas aqui é central deus ou o motor ou aspectos que estas exibem apenas na medida em que
imóvel. Pelo que aquilo que depois se veio a chamar são seres, ou existentes. Consequentemente, procura
“metafísica” é uma disciplina que se ocupa de deus, e compreender não só o conceito de ser, mas
Aristóteles fala-nos bastante acerca da disciplina. Diz- também conceitos muito gerais, como a unidade ou a
nos que é uma disciplina teórica. Ao contrário das identidade, a diferença, a semelhança e a dissemelhança,
diversas artes que se ocupam da produção e das diversas que se aplicam a tudo o que há. Também central para a
ciências práticas (ética, economia, política) cujo fim é metafísica, entendida como ciência universal, é a
orientar a ação humana, a metafísica tem por objetivo a delineação daquilo a que Aristóteles chamou categorias.
apreensão da verdade por si própria. Neste aspecto, Estas são os tipos mais elevados ou mais gerais em que
concorda com as ciências matemáticas e as diversas as coisas se subsumem. Supõe-se que a metafísica deve
ciências físicas. As primeiras têm por objeto de identificar esses tipos mais elevados, especificar
estudo quantidades (quantidades discretas no caso da os aspectos que são peculiares a cada categoria, e
aritmética e quantidades contínuas no caso da geometria), identificar as relações que ligam entre si as
e as segundas ocupam-se da natureza e estrutura das diferentes categorias; e ao fazê-lo, o metafísico dá-nos
substâncias imateriais ou físicas (tanto as vivas como supostamente um mapa da estrutura de tudo o que há.
as inanimadas) que compõem o mundo natural. A Encontramos então duas explicações diferentes do que é
metafísica, por contraste, tem por objeto de estudo a metafísica, em Aristóteles. Por um lado, há a ideia de
a substância imaterial. E a relação entre a disciplina e o uma disciplina departamental ocupada com a
seu objeto de estudo dá à metafísica um identificação das primeiras causas — em particular, Deus;
estatuto intrigante. Ao contrário das outras disciplinas, a e, por outro lado, há a ideia de uma disciplina universal
metafísica não pressupõe simplesmente a existência do ou perfeitamente geral cuja tarefa é considerar as coisas
seu objeto de estudo; tem na verdade de provar que há pela perspectiva de que se trata de seres ou existentes, e
uma substância imaterial que seja o seu objeto. Pelo dar uma caracterização geral de todo o domínio do ser. À
que o projeto de provar que há um motor imóvel fora do primeira vista parece haver uma tensão entre estas duas
mundo da natureza faz parte da própria metafísica; concepções da metafísica. É difícil compreender como
mas uma vez que Aristóteles pensa que só temos uma uma única disciplina pode ser ao mesmo tempo
disciplina distinta quando temos um objeto de departamental e universal. O próprio Aristóteles está
estudo distinto, está comprometido com a ideia de que os aqui ciente da aparência de tensão, e esforça-se por
metafísicos podem estar seguros de que há uma mostrar que a tensão é apenas aparente. Por outro lado,
sugere que uma ciência de primeiras causas irá primário neste sentido, a ciência que estuda as primeiras
identificar as causas subjacentes às características causas será apenas a ciência que investiga o ser enquanto
primárias das coisas, as características que são ser. Por outro lado, parece defender que qualquer
pressupostas por quaisquer outras características que as disciplina que examine qualquer coisa na medida em que
coisas possam exibir; e Aristóteles parece disposto a é um ser irá numerar deus entre os itens que procura
afirmar que visto que o ser ou existência de uma coisa é caracterizar. (...).

A partir do texto explique COM SUAS PALAVRAS o por que


é possível afirmar a existência de duas metafísicas em Aristóteles? Identifique-as e demonstre as
diferenças entre elas. Como Aristóteles resolve a combinação entre as duas metafísicas?

____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
www.cps.sp.gov.br / www.etecmontemor.com.br
Rua Salomão Hadade Baruque, 1660 • 13190-000 • Monte Mor • SP • Tel.: (19) 3879.6515