Você está na página 1de 17

PMSC

Soldado
Matemática para Concursos Todos os Cargos
Prof. Rodrigo Gonçalves

Apresentação
Sejam bem-vindos a Nova Concursos!
Eu sou o Professor Bruno Chieregatti e vou
passar uma informação geral a respeito de
Matemática!
Muita gente tem medo da disciplina, e já digo
de antemão que a primeira coisa que vocês
precisam fazer para estudar matemática é NÃO
TENHA MEDO!
Matemática é como qualquer disciplina,
precisa de dedicação na parte teórica e muita
prática nos exercícios. Realizando esse “arroz
com feijão” básico, posso garantir que você
estará mais perto de sua aprovação, uma vez que a minha disciplina normalmente
classifica bem os candidatos por ter uma diferença muito grande de nível entre os
participantes de um concurso. Antes de começar, gostaria de fazer uma breve
apresentação:
Eu sou Engenheiro Mecânico formado pela Escola Politécnica da USP (2008) e
também fiz mestrado (2012) e doutorado (2019) por lá. Atualmente sou docente
do Instituto Mauá de Tecnologia (IMT) e leciono disciplinas na minha área.
Porém, sempre gostei de lecionar matemática mesmo, aquela “matemática raiz” do
ensino médio e assim, desde 2015, estou na Nova Concursos ajudando muita gente
a entrar na tão sonhada carreira pública. Eu fiz uma estimativa e acho que já gravei
mais de 500 horas de conteúdo, é muita coisa!
Também gosto muito de escrever e já publiquei livros para concursos públicos em
editoras, além, é claro, das apostilas aqui da Nova Concursos, e como matemática
tem em muitos concursos, o meu nome aparece em várias delas, é uma
responsabilidade muito grande!
Por falar em escrita, este PDF tem como objetivo justamente te dar uma “aula no
papel”, onde a leitura irá te auxiliar nos estudos e dar um “norte” na sua preparação.
A nossa aula tem como objetivo proporcionar a você o melhor material para deixá-
lo pronto para derrubar qualquer banca.
E claro, se quiser mais conteúdo nosso, visite nossas redes sociais, vejam nossas
videoaulas gratuitas e também adquiram nossos cursos, bons estudos.

Prof. Bruno Chieregatti 1 de 16


www.novaconcursos.com.br
Matemática para Concursos Todos os Cargos

SUMÁRIO
1 – Introdução ________________________________________________________ 3

2 – Conteúdos elementares _____________________________________________ 4

3 – Exercícios comentados _____________________________________________ 10

4 – Hora de praticar __________________________________________________ 12

5 – Gabarito _________________________________________________________ 16

Prof. Bruno Chieregatti 2 de 16


www.novaconcursos.com.br
Matemática para Concursos Todos os Cargos

1 – Introdução

A disciplina de matemática em concursos públicos costuma dar uma dor de cabeça


em muitos candidatos. Infelizmente, o Brasil é um dos piores países em desempenho
de matemática no mundo e isso se reflete em medo, preocupação e as vezes até
raiva da disciplina.
Muitas vezes quando eu falo que sou professor de matemática, as pessoas falam:
“Vixi”, “Afe, eu odeio matemática”, “Isso não é pra mim”, “Nossa, você deve ser
muito nerd”. Eu sinceramente me divirto com os comentários mas acabei chegando
em uma constatação preocupante: Matemática se tornou um problema psicológico
para as pessoas.
Eu, como um cara de exatas, tive até dificuldade de enxergar isso no começo, pois
matemática sempre foi algo que gostei e não entendia tamanha repulsa. Então,
busquei me informar a respeito e vi que a falta de confiança atrapalha as pessoas.
Quando alguém quer estudar matemática, já vem aquela mensagem na cabeça; “Ah,
é difícil”, “Você não vai conseguir”, “Só nerd sabe matemática”.
Então, na introdução dessa aula, a primeira coisa que peço para vocês é: QUEBREM
ESTE PARADIGMA!
Você precisa, antes de mais nada, de uma afirmação pessoal, de que pode e vai
conseguir estudar algo que você tenha dificuldade. Não estou falando que será fácil,
mas se desde o começo vocês não tiverem confiança... esquece, não irão conseguir.
Assim, respire fundo e digam: “Eu vou estudar matemática”, “Eu vou entender
matemática” e “Matemática não irá me assustar mais”.
Falou em voz alta? Se sim, as próximas seções trarão conteúdos importantes para
vocês estudarem para concursos. Está pronto candidato? A aprovação depende de
você!

Prof. Bruno Chieregatti 3 de 16


www.novaconcursos.com.br
Matemática para Concursos Todos os Cargos

2 – Conteúdos elementares

Quando se vai prestar concurso público, obviamente você precisa analisar o edital
daquele certame1 e ver quais conteúdos serão cobrados. Nestes meus 5 anos de
experiência, já li muitos editais e percebi um padrão interessante: Alguns conteúdos
dentro da matemática são sempre cobrados, independente se o concurso é de nível
médio ou nível superior, se é cadastro reserva ou para chamada imediata. Então, se
você ainda não definiu um concurso que irá prestar, a melhor maneira de começar
os estudos de matemática é por esses conteúdos. Eu vou lista-los os principais aqui,
passando uma teoria básica e nas seções seguintes, vocês terão exercícios
comentados e alguns para praticar.

2.1 Números Inteiros


Definimos o conjunto dos números inteiros como a união do conjunto dos números
naturais (N = {0, 1, 2, 3, 4, ..., n, ...}, com o conjunto dos opostos dos números
naturais, que são definidos como números negativos. Este conjunto é denotado pela
letra Z e é escrito da seguinte forma:

ℤ = {… , −4, −3, −2, −1, 0, 1, 2, 3, 4, … }

Então, é fundamental que vocês aprendam realizar as operações fundamentais com


os números negativos:
Adição: Diferentemente da adição de números naturais, a adição de números
inteiros pode gerar um pouco de confusão ao leitor. Para melhor entendimento
desta operação, associaremos aos números inteiros positivos o conceito de
“ganhar” e aos números inteiros negativos o conceito de “perder”. Vejam os
exemplos:

Ex: (+3) + (+5) = ?

1
Os concursos públicos também são chamados de “certame”. Então se nunca viram essa palavra, agora
já sabem, rs.

Prof. Bruno Chieregatti 4 de 16


www.novaconcursos.com.br
Matemática para Concursos Todos os Cargos

Obviamente, quem conhece a adição convencional, sabe que este resultado será 8.
Vamos ver agora pelo conceito que chamamos de “ganhar” e “perder”:
+3 = Ganhar 3
+5 = Ganhar 5
Logo: (Ganhar 3) + (Ganhar 5) = (Ganhar 8)
Ou seja, na soma, temos o “ganhar” e agora veremos na subtração o conceito de
“perder”.

Ex: (−3) + (−5) = ?


No caso em que temos dois números negativos, usando o conceito:
-3 = Perder 3
-5 = Perder 5
Logo: (Perder 3) + (Perder 5) = (Perder 8)
Neste caso, estamos somando duas perdas ou dois prejuízos, assim o resultado
deverá ser uma perda maior.
E se tivermos um número positivo e um negativo? Vamos ver os exemplos:

Ex: (+8) + (−5) = ?


Neste caso, temos um ganho de 8 e uma perda de 5, que naturalmente sabemos
que resultará em um ganho de 3:
+8 = Ganhar 8
-5 = Perder 5
Logo: (Ganhar 8) + (Perder 5) = (Ganhar 3)
Se observarem essa operação, vocês irão perceber que ela tem o mesmo resultado
que 8 − 5 = 3. Basicamente ambas são as mesmas operações, sem a presença dos
parênteses e a explicação de como se chegar a essa simplificação será apresentado
nos itens seguintes deste capítulo.
Agora, e se a perda for maior que o ganho? Veja o exemplo:
Ex: (−8) + (+5) = ?
Usando a regra, temos que:
-8 = Perder 8
+5 = Ganhar 5
Logo: (Perder 8) + (Ganhar 5) = (Perder 3)

Prof. Bruno Chieregatti 5 de 16


www.novaconcursos.com.br
Matemática para Concursos Todos os Cargos

Subtração: A subtração terá a mesma regra que a adição, porém, antes de realizar
a operação, temos que analisar o sinal dos números, usando uma regrinha que
muitos devem conhecer, observe:

Ex: (+3) − (+5) = ?


Agora temos um sinal de “-“ entre o +3 e o +5. Antes de fazer a operação, temos
que juntar o sinal de “-“ com o sinal de “+” que está com o 5. Para juntar esses
sinais, temos que usar uma regra básica:
+ com + dá +

+ com - dá -
- com + dá -

- com - dá +
Ou seja, neste exemplo, temos uma contração de um “-“ com um “+”, ou “menos
com mais dá menos”. Alterando a expressão:
+3 − 5 = ?
Agora, podemos usar a regra do ganhar e perder. Eu ganho 3 e perco 5, logo o
resultado será “perder 2”, assim:
+3 − 5 = −2
A multiplicação e a divisão, funcionam da maneira como vocês conhecem, basta
fazer a operação que o resultado é encontrado. A única preocupação deve ser em
relação ao sinal do resultado. Vejam os exemplos:

Exs:
(+3) 𝑥 (+5) = +15
(+3) 𝑥 (−5) = −15
(−3) 𝑥 (+5) = −15
(−3) 𝑥 (−5) = +15
Perceba que todos os produtos tiveram como resultado numérico o “15”. A
diferença ficou nos sinais dos resultados, que seguiram a regrinha da tabela. Na
divisão, ocorre a mesma coisa:

Prof. Bruno Chieregatti 6 de 16


www.novaconcursos.com.br
Matemática para Concursos Todos os Cargos

Exs:
(+8) ∶ (+2) = +4
(+8) ∶ (−2) = −4
(−8) ∶ (+2) = −4
(−8) ∶ (−2) = +4

2.2 Mínimo Múltiplo Comum (MMC)


O mínimo múltiplo comum de dois ou mais números é o menor número positivo
que é múltiplo comum de todos os números dados. A melhor maneira de entender
o conceito é através de um exemplo:
Ex. Encontrar o MMC entre 8 e 6
Primeiro, vamos listar aqui os múltiplos de 6 e 8
Múltiplos positivos de 6: 𝑀(6) = {6, 12, 18, 24, 30, 36, 42, 48, 54, . . . }
Múltiplos positivos de 8: 𝑀(8) = {8, 16, 24, 32, 40, 48, 56, 64, . . . }
Vamos procurar agora, os números que estão tanto na lista do 6, quanto na lista
do 8: 𝑀(6) ∩ 𝑀(8) = {24, 48, 72, . . . }. Esses serão os múltiplos comuns, ou seja,
que pertencem aos dois números.
Observando esses múltiplos comuns, pode-se identificar o mínimo múltiplo comum
dos números 6 e 8 é o menor deles, ou seja: 𝑚𝑚𝑐(6,8) = 24
Na maioria dos casos, não será assim que você encontrará o MMC. Existe uma
técnica geral, chamada de decomposição isolada em fatores primos: Para obter o
MMC de dois ou mais números por esse processo, procedemos da seguinte maneira:
- Decompomos cada número dado em fatores primos.
- O MMC é o produto dos fatores comuns e não-comuns, cada um deles elevado
ao seu maior expoente.
Ex. Achar o MMC entre 18 e 120.
18 2 120 2 18 = 2 . 32
9 3 60 2 120 = 23 . 3 . 5
3 3 30 2
1 15 3 𝑚𝑚𝑐 (18, 120) = 23 . 32 . 5 = 8 . 9 . 5 = 360
5 5
1

Prof. Bruno Chieregatti 7 de 16


www.novaconcursos.com.br
Matemática para Concursos Todos os Cargos

O ponto chave do MMC é vocês memorizarem os números primos para fazerem a


decomposição. Um jeito rápido de ser feito é realizar as decomposições ao mesmo,
em uma mesma barra, mas isso explicamos melhor em nossas videoaulas e apostilas
completas. De começo, é a maneira ideal de vocês aprenderem.

2.3 Frações
Frações são representações de partes iguais de um todo. São expressas como um
𝑥
quociente de dois números , sendo 𝑥 o numerador e 𝑦 o denominador da fração,
𝑦

com 𝑦 ≠ 0. Além desta definição, é importantíssimo que vocês saibam realizar


operações com este tipo de número pois são pré-requisito para muitos conteúdos
de matemática:
Adição e Subtração: Para somarmos ou subtrairmos frações, elas precisam ter
denominadores iguais:

3 2
Ex. 8 + 8 = ?
Para somar essas frações, basta manter o denominador e somar os numeradores:
3 2 3+2 5
+8= =8
8 8

E quando tivermos frações diferentes? Neste caso, temos uma etapa antes de
realizar a operação. Vamos ao exemplo:

3 5
Ex. 8 + 6 = ?
Inicialmente, devemos colocar as frações no mesmo denominador, para realizar a
operação. Para isso, encontramos o mínimo múltiplo comum (MMC) entre os dois
(ou mais, se houver) denominadores e, em seguida, encontramos as frações
equivalentes com o novo denominador:
Assim: 𝑚𝑚𝑐 (8,6) = 24
Ou seja, vamos transformar 3/8 e 5/6 em frações com denominador 24:
3 5
+ 6 = 24 + 24
8

Para isso, vamos usar a regra “divide pelo de baixo, multiplica pelo de cima”, ou
seja, para achar os numeradores, pegue o denominador comum (24), divida pelo
denominador original e multiplique pelo numerador original. Na primeira, fração,
vamos dividir 24 por 8, que resulta em 3 e depois multiplicar por 3, que resulta em

Prof. Bruno Chieregatti 8 de 16


www.novaconcursos.com.br
Matemática para Concursos Todos os Cargos

9. Na segunda, vamos dividir 24 por 6, que dá 4 e multiplicar por 5, que dá 20,


assim:
3 5 9 20 29
+ 6 = 24 + 24 = 24
8

Multiplicação: Na multiplicação, o procedimento é bem mais simples, basta fazer


“numerador pelo numerador” e “denominador pelo denominador”.

2 4
Ex. 3 𝑥 5 = ?.
Multiplicando pela regra:
2 4 2𝑥4 8
𝑥 5 = 3𝑥5 = 15
3

Divisão: A divisão de frações não possui uma operação direta de resolução. Para
resolvê-la, temos que transformá-la em uma multiplicação, invertendo a segunda
fração da operação, observe o exemplo:

4 8
Ex. 3 : 5 = ?
Invertendo a segunda fração e transformando em produto:
4 5 4𝑥5 20
𝑥 = 3𝑥8 = 24
3 8

O resultado da divisão possui tanto o numerador como o denominador sendo


múltiplos de 4. Dividindo ambos por este número:
4 5 4𝑥5 20 5
𝑥 = 3𝑥8 = 24 = 6
3 8

Prof. Bruno Chieregatti 9 de 16


www.novaconcursos.com.br
Matemática para Concursos Todos os Cargos

3 – Exercícios comentados
1. (PREFEITURA DE PERUÍBE – Auxiliar de Transporte – VUNESP – 2019) Dona
Cleide retirou um frango do congelador a –12 ºC e colocou esse frango em um
forno de micro-ondas para descongelar. Ao retirar o frango do forno de micro-
ondas, percebeu que a temperatura do frango era de +18 ºC. A temperatura desse
frango aumentou em:
A. 20°C
B. 22°C
C. 26°C
D. 30°C
E. 40 °C

Como o frango saiu de -12°C e chegou a +18°C, a variação de temperatura é dada


pela subtração da temperatura final em relação a inicial, assim:
+18°𝐶 – (−12 °𝐶) = +18°𝐶 + 12°𝐶 = 30 °𝐶.
GABARITO OFICIAL: D

2. (CÂMARA DE JABOTICABAL – Motorista – VUNESP – 2018) Uma empresa possui


dois funcionários que fazem visitas periódicas a filiais localizadas em outras cidades.
Para essas visitas, um deles viaja a cada 9 dias, e o outro viaja a cada 15 dias. Se
ambos viajaram hoje, então a próxima viagem que irão fazer no mesmo dia será
daqui a.
A. 25 dias
B. 20 dias
C. 35 dias
D. 40 dias
E. 45 dias

Para saber o próximo dia que eles viajarão, basta calcular o MMC de 9 e 15, que
são os intervalos de cada um dos funcionários. Assim: MMC (9,15) = 3.3.5 = 45
dias
GABARITO OFICIAL: E

Prof. Bruno Chieregatti 10 de 16


www.novaconcursos.com.br
Matemática para Concursos Todos os Cargos

3. (PREFEITURA DE PERUÍBE – Inspetor de Alunos – VUNESP – 2019) Uma empresa


tem os funcionários divididos em três turnos, sendo que cada funcionário trabalha
em apenas um turno. Nessa empresa, um quarto dos funcionários trabalham no 1º
turno; três quintos trabalham no 2º turno e 27 funcionários trabalham no 3º turno.
O número de funcionários que trabalha no 2º turno é
A. 36
B. 76
C. 108
D. 173
E. 180

Chamando de x a quantidade de funcionários da empresa, basta somar as


quantidades de cada turno e igualar com o total:
𝑥 3𝑥
+ + 27 = 𝑥
4 5
Isolando todos os termos com x de um lado e passando os números para o outro,
temos que:
𝑥 3𝑥
− 𝑥−= 27
4 5
Usando o conceito de soma/subtração de frações, vamos tirar o MMC dos
denominadores e alterando os numeradores, temos que:
20𝑥 5𝑥 12𝑥
− − = 27
20 20 20
Realizando a operação:
3𝑥
= 27
20
Multiplicando em cruz:
27.20
𝑥= = 180 𝑓𝑢𝑛𝑐𝑖𝑜𝑛á𝑟𝑖𝑜𝑠
3
GABARITO OFICIAL: E

Prof. Bruno Chieregatti 11 de 16


www.novaconcursos.com.br
Matemática para Concursos Todos os Cargos

4 – Hora de praticar
1. (IBGE – Agente Censitário – FGV – 2019) Marlene comeu, inicialmente, um quarto
da barra de chocolate que comprou. Depois, comeu um terço do que tinha sobrado.
A fração da barra de chocolate que Marlene ainda tem para comer é:
A. 1/2
B. 1/3
C. 1/4
D. 3/4
E. 1/12

2. (PREFEITURA DE BOMBINHAS – Agente Municipal de Trânsito – FEPESE – 2019)


Uma pessoa tem que tomar dois remédios, A e B. O remédio A deve ser tomado a
cada 3 horas e o remédio B, a cada 4 horas. Se neste instante a pessoa tomou os
dois remédios simultaneamente, isto voltará a ocorrer em, no mínimo:
A. 12 horas
B. 10 horas
C. 8 horas
D. 6 horas
E. 4 horas

3. (MPE-SP – Auxiliar de Promotoria – VUNESP – 2019) A tabela a seguir mostra o


desempenho de um grupo de candidatos em uma avaliação qualitativa de um
processo seletivo.

Prof. Bruno Chieregatti 12 de 16


www.novaconcursos.com.br
Matemática para Concursos Todos os Cargos

Nessa avaliação, o conceito regular foi atribuído a um número de candidatos igual


a

A. 12
B. 16
C. 20
D. 18
E. 10

4. (IPREMM – Agente Municipal – VUNESP – 2019) Um feirante começou o dia de


trabalho com 80 dúzias de bananas-nanicas e 50 dúzias de bananas-maçã. Ao final
da feira, em sua banca, restaram 5 dúzias de bananas-nanicas e 2 dúzias de
bananas-maçã. O número de bananas que ele vendeu foi
A. 1276
B. 1376
C. 1476
D. 1576
E. 1676

5. (CÂMARA DE JALES – Diretor de Finanças – VUNESP – 2018) Em uma pequena


rodoviária, um ônibus sai para São Paulo a cada 3 dias, outro ônibus sai para Belo
Horizonte a cada 5 dias, e outro sai para Vitória a cada 9 dias. No dia 13 de março,
saíram ônibus para essas três cidades, e esse evento irá se repetir, em abril, no dia
A. 26
B. 27
C. 28
D. 29
E. 30

Prof. Bruno Chieregatti 13 de 16


www.novaconcursos.com.br
Matemática para Concursos Todos os Cargos

6. (FMS – Eletricista – NUCEPE - 2019) Em um prédio há 6 apartamentos, em cada


apartamento há 6 janelas e, em cada janela há 4 dobradiças. Qual é o total de
dobradiças dessas janelas?
A. 24
B. 36
C. 72
D. 98
E. 144

7. (PREFEITURA DE ARUJÁ – Analista de Recrutamento – VUNESP- 2019) Uma


padaria produz seus doces, diariamente, antes de abrir as portas para o público, e
só vende doces produzidos no mesmo dia. Em certo dia, no período da manhã,
foram vendidos 3/4 do total de doces produzidos e no período da tarde foram
vendidos 6/7 dos doces que ainda restavam. Sabendo-se que os funcionários
dividiram entre si os 40 doces que sobraram da produção do dia, o total de doces
vendidos pela manhã foi
A. 420
B. 560
C. 700
D. 840
E. 980

8. (PREFEITURA DE ARUJÁ – Analista de Recrutamento – VUNESP- 2019) Uma


secretária tem 756 fichas de alunos para atualizar. Um quarto dessas fichas são de
alunos novos e as demais de alunos veteranos. Se 3/7 dos alunos veteranos são
homens 2/3 e dos alunos novos são mulheres, o número de fichas de mulheres que
serão atualizadas será
A. 420
B. 436
C. 450
D. 466
E. 480

Prof. Bruno Chieregatti 14 de 16


www.novaconcursos.com.br
Matemática para Concursos Todos os Cargos

9. (Prefeitura de Serrana – Eletricista – VUNESP- 2018) Três amigas estão dando


voltas em uma praça. Uma delas, de bicicleta, completa cada volta na praça em 45
segundos. Outra, de patins, completa cada volta em 1 minuto e 15 segundos, e a
outra, de skate, completa cada volta em 1 minuto e 30 segundos. Como elas
começaram a primeira volta juntas, o tempo necessário, em minutos, para que elas
voltem a se encontrar é de
A. 7,0
B. 7,5
C. 8,0
D. 8,5
E. 9,0

10. (CÂMARA DE PIRACICABA – Motorista – VUNESP - 2019) Júlia viu a seguinte


tabela de preços na entrada de um estacionamento

Sabendo que Júlia dispõe de apenas R$ 25,00 para gastar com estacionamento,
então, o maior número de horas que ela poderá deixar seu carro nesse
estacionamento é
A. 4
B. 5
C. 6
D. 7
E. 8

Prof. Bruno Chieregatti 15 de 16


www.novaconcursos.com.br
Matemática para Concursos Todos os Cargos

5 – Gabarito

1 A 6 E

2 A 7 D

3 B 8 C

4 C 9 B

5 B 10 C

Aula – Matemática Para Concursos

Assista Agora

Prof. Bruno Chieregatti 16 de 16


www.novaconcursos.com.br