Você está na página 1de 2

CENTRO EDUCACIONAL CRISTO REDENTOR período da Renascença.

Esses benfeitores, amantes e


Série: 7º ano/Turma:_____/Data:______/______/___________ protetores das letras e das artes que praticavam o Mecenato,
Disciplina: História/Professora: Erika Gualberto. foram essenciais para o desenvolvimento da cultura
renascentista. Essas ações eram bem vistas pela sociedade e
Aluno(a):___________________________________________ com o tempo, eles adquiriam grande prestígio.
Esse termo estendeu-se até os dias atuais, e da
mesma forma, indica a pessoa física ou jurídica que patrocina
RENASCIMENTO CULTURAL eventos culturais-artísticos. Note que a palavra “Mecenas” faz
alusão ao político romano Caio Cílnio Mecenas (70 a.C. -8 a.C.),
Renascimento é o nome que se dá a um grande conselheiro do Imperador Augusto, que patrocinou os trabalhos
movimento de mudanças culturais, que atingiu as camadas dos poetas romanos Horácio (65 a.C.-8 a.C.) e Virgílio (70 a.C.-
urbanas da Europa Ocidental entre os séculos XIV e XVI, 19 a.C.).
caracterizado pela retomada dos valores da cultura greco- Durante o período do renascimento os mecenas
romana, ou seja, da cultura clássica. Esse momento é italianos que merecem destaque são: Lourenço de Medici
considerado como um importante período de transição (1449-1492), Cosme de Medici (1389-1464), Galeazzo Maria
envolvendo as estruturas feudo capitalistas.  Sforza (1444-1476).
As bases desse movimento eram proporcionadas por Cultura Renascentista
uma corrente filosófica reinante, o humanismo, que descartava a A cultura renascentista teve quatro características
escolástica medieval, até então predominante, e propunha o marcantes, a saber:
retorno às virtudes da antiguidade. Platão, Aristóteles, Virgílio,  Racionalismo - os renascentistas estavam convictos de
Sêneca e outros autores greco-romanos começam a ser que a razão era o único caminho para se chegar ao
traduzidos e rapidamente difundidos.  conhecimento, e que tudo podia ser explicado pela razão e pela
Inspirado nos valores da Antiguidade Clássica e gerado ciência.
pelas modificações estruturais da sociedade, resultou na  Experimentalismo - para eles, todo conhecimento
reformulação total da vida medieval, dando início à Idade deveria ser demonstrado através da experiência científica.
Moderna.
 Individualismo - nasceu da necessidade do homem
Os artistas, escritores e pensadores renascentistas
conhecer a si próprio, buscando afirmar a sua própria
expressavam em suas obras os valores, ideais e nova visão do
personalidade, mostrar seus talentos, atingir a fama e satisfazer
mundo, de uma sociedade que emergia da crise do período
suas ambições, através da concepção de que o direito individual
medieval.
estava acima do direito coletivo.
Na Idade Média, grande parte da produção intelectual e
artística estava ligada à Igreja. Já na Idade Moderna, a arte e o  Antropocentrismo - colocando o homem como a
saber voltaram-se para o mundo concreto, para a humanidade e suprema criação de Deus e como centro do universo.
a sua capacidade de transformar o mundo.  O traço marcante do Renascimento era o racionalismo.
O Renascimento teve sua origem na península Itálica, Baseado na convicção de que tudo se podia explicar pela razão
que era o centro do comércio mediterrâneo. Com a economia e pela observação da natureza, tentava compreender o universo
dinâmica e rica, os excedentes eram investidos em produção de forma calculada e matemática.
cultural.  O elemento central foi o humanismo, no sentido de
A burguesia oriunda das camadas marginais da valorizar o ser humano, considerado a obra mais perfeita de
sociedade medieval, tornaram-se mecenas, investindo em Cristo.
palácios, catedrais, esculturas e pinturas, buscando aproximar  Daí surge o antropocentrismo renascentista, ou seja, a
seu estilo de vida ao da nobreza. ideia do homem como centro das preocupações intelectuais e
O Mecenato no Renascimento artísticas.
O Mecenato representa uma forma de financiamento
 Outras características do movimento renascentista
das artes com origem no Império Romano e que acompanha a
foram o naturalismo, o hedonismo e o neoplatonismo.
humanidade até os dias de hoje. Esse recurso financeiro foi
muito utilizado na Antiguidade e na época do Renascimento  O naturalismo pregava a volta à natureza.
Cultural, versado sob os ideais humanistas e antropocêntricos  O hedonismo defendia o prazer individual como o único
(homem no centro do Universo) da arte renascentista. bem possível.
Anterior ao período Renascentista, que surge a partir  O neoplatonismo defendia uma elevação espiritual,
do século XV na Europa, a Idade Média foi um longo período uma aproximação com Deus através de uma interiorização em
(entre os séculos V e XV) pautado essencialmente na visão detrimento de qualquer busca material.
Teocêntrica, donde Deus é o centro do Universo, ou seja, os O Humanismo Renascentista
aspectos sociais, econômicos e políticos da sociedade do O humanismo foi um movimento de glorificação do
Medievo eram creditadas na figura de Deus “o salvador” e em homem e da natureza humana, que surgiu na Itália em meados
sua única verdade. do século XIV.
Dessa maneira, após a expansão demográfica e do O homem, a obra mais perfeita do Criador, era capaz
comércio, o surgimento da classe burguesa, bem como o de compreender, modificar e até dominar a natureza. O
declínio do sistema feudal e da Igreja Medieval geradas pela pensamento humanista provocou uma reforma no ensino das
Contrarreforma de Martinho Lutero, a Idade Média foi universidades, com a introdução de disciplinas como poesia,
considerada pelos humanistas renascentistas como a “Idade história e filosofia.
das Trevas”, posto que, para eles esse período esteve marcado Os humanistas buscavam interpretar o cristianismo,
pelo obscurantismo e estagnação do conhecimento e das letras utilizando escritos de autores da Antiguidade, como Platão.
e das artes em geral. O estudo dos textos antigos despertou o gosto pela pesquisa
No tocante às artes, os humanistas da Renascença histórica e pelo conhecimento das línguas clássicas como o
tentavam trazer à tona aspectos da arte greco-romana, latim e o grego.
relegados durante toda a Idade Média. Para eles, a arte do A partir do século XIV, ao mesmo tempo que os
medievo esteve limitada e totalmente voltada para os aspectos renascentistas se dedicavam ao estudo das línguas clássicas,
religiosos. Diante disso, a mentalidade teocêntrica e rural da diferentes dialetos davam origem às línguas nacionais.
Idade Média foi sendo modificada pelo antropocentrismo e Gestado nessa época, o humanismo se tornou
urbanização que despontava no início da idade Moderna. referência para muitos pensadores nos séculos seguintes,
Os Mecenas eram os reis, príncipes, condes, duques, inclusive para os filósofos iluministas do século XVIII.
bispos, nobres e burgueses poderosos, dotados de poderes Principais representantes do Renascimento Italiano:
econômicos, os quais financiavam e incentivavam as artes no  
- Giotto di Bondone (1266-1337) - pintor e arquiteto italiano. Um e) os estudiosos do período buscaram apoio no método
dos precursores do Renascimento. Obras principais: O Beijo de experimental e na reflexão racional, valorizando a natureza e o
Judas, A Lamentação e Julgamento Final.  ser humano.  
- Fra Angelico (1395 - 1455) - pintor da fase inicial do
Renascimento. Pintou iluminuras, altares e afrescos. Obras 2) As transformações culturais ocorridas na Europa dos séculos
principais: O coração da Virgem, A Anunciação e Adoração dos XIV a XVI ficaram conhecidas como Renascimento. Foram
Magos. características deste movimento: 
- Michelangelo Buonarroti (1475-1564)- destacou-se em
arquitetura, pintura e escultura. Obras principais: Davi, Pietá, a) Misticismo e tentativas de reinterpretar o cristianismo. 
Moisés, pinturas da Capela Sistina (Juízo Final é a mais b) Teocentrismo e recuperação de línguas clássicas (latim e
conhecida). grego). 
- Rafael Sanzio (1483-1520) - pintou várias madonas c) Individualismo e utilização de novos recursos como a
(representações da Virgem Maria com o menino Jesus). perspectiva no desenho e na pintura. 
- Leonardo da Vinci (1452-1519)- pintor, escultor, cientista, d) Racionalismo e críticas ao período conhecido como
engenheiro, físico, escritor, etc. Obras principais: Mona Lisa, Antiguidade Clássica. 
Última Ceia. e) Antropocentrismo e rejeição de temas religiosas nas
- Sandro Botticelli - (1445-1510)- pintor italiano, abordou temas produções artísticas. 
mitológicos e religiosos. Obras principais: O nascimento de
Vênus e Primavera. 3) Para as artes visuais florescerem no Renascimento era
- Tintoretto - (1518-1594) - importante pintor veneziano da fase preciso um ambiente urbano. Nos séculos XV e XVI, as regiões
final do Renascimento. Obras principais: Paraíso e Última Ceia. mais altamente urbanizadas da Europa Ocidental localizavam-
- Veronese - (1528-1588) - nascido em Verona, foi um se na Itália e nos Países Baixos, e essas foram as regiões de
importante pintor maneirista do Renascimento Italiano. Obras onde veio grande parte dos artistas. 
principais: A batalha de Lepanto e São Jerônimo no Deserto. (Adaptado de Peter Burke, O Renascimento Italiano. São Paulo:
- Ticiano - (1488-1576) - o mais importante pintor da Escola de Nova Alexandria, 1999, p. 64.) 
Veneza do Renascimento Italiano. Sua grande obra foi O
imperador Carlos V em Muhlberg de 1548. A relação entre o Renascimento cultural e o ambiente urbano na
- Giorgio Vasari - (1511-1574) - além de pintor foi um importante Europa dos séculos XV e XVI justifica-se porque. 
biógrafo da vida de vários artistas renascentistas. Entre suas
obras principais, podemos citar: Adoração dos magos e Perseu a) As cidades eram centros comerciais e favoreciam o contato
e Andrômeda. com a cultura árabe, cujo domínio das técnicas do retrato e da
O Renascimento em outras regiões da Europa perspectiva sobrepôs-se à arte europeia, dando origem ao
- Holanda (Países Baixos): Erasmo de Roterdã foi um dos Renascimento. 
principais representantes da filosofia e literatura renascentista b) A presença de artistas nas cidades atraía os investimentos de
nos Países Baixos. Humanista e fervoroso crítico social, sua ricos burgueses em busca de prestígio social, fazendo com que
principal obra foi Elogio da loucura. Já no campo das artes as regiões que concentravam os artistas, como a Itália e os
plásticas, podemos destacar o pintor holandês Jan Van Eyck, Países Baixos, se urbanizassem mais que as outras. 
cuja obra principal e mais conhecida é O Casal Arnolfini. c) Nas cidades podia-se estudar a cultura artística em
- Espanha: Na literatura podemos destacar o escritor Miguel de universidades, dedicadas ao cultivo da tradição clássica e ao
Cervantes, autor da conhecida obra Dom Quixote de la Mancha. ensino de novas técnicas, como o uso do estilo gótico na
Nas artes plásticas, destaca-se o pintor El Greco, autor de A arquitetura e da perspectiva na pintura. 
Ascensão da Virgem, Adoração dos reis magos, El Expolio, d) A riqueza concentrada nas cidades permitia a prática do
entre outras. mecenato, enquanto o crescimento do comércio estimulava o
- França: no campo da literatura renascentista francesa, encontro entre as culturas europeia e bizantina, possibilitando a
podemos destacar o escritor e padre François Rabelais, autor redescoberta dos valores da antiguidade clássica.
da série de romances Gargântua e Pantagruel. Outro importante e)  As feiras, que ficavam nas cidades, eram locais onde, em
escritor renascentista francês foi o filósofo Montaigne, autor meio ao comércio, os artistas produziam e vendiam sua arte na
de Ensaios. rua, vendendo-a barato pela produção em série, assim, com o
- Inglaterra: William Shakespeare foi o grande destaque da Renascimento Comercial, a arte se popularizou, pois todos
literatura inglesa renascentista. Considerado também um dos podiam comprar as obra a baixo custo com a ajuda do mecenas
maiores escritores de todos os tempos, é autor de muitas obras no financiamento.
famosas como, por exemplo, Romeu e Julieta, O Mercador de
Veneza, O Rei Lear e Macbeth, etc. 4) O Renascimento iniciou-se:

Exercícios de fixação a) Na França.


b) Na Inglaterra.
1) O Renascimento, amplo movimento artístico, literário e c) Na Holanda.
científico, expandiu-se da Península Itálica por quase toda a d) Na península itálica. 
Europa, provocando transformações na sociedade. Sobre o e) No Novo mundo.
tema, é correto afirmar que:
5) Durante o Renascimento, houve um notável desenvolvimento
a) o racionalismo renascentista reforçou o princípio da da produção literária, além das artes plásticas. Indique a
autoridade da ciência teológica e da tradição medieval. alternativa em que obra e autor estão corretos:
b) houve o resgate, pelos intelectuais renascentistas, dos ideais
medievais ligados aos dogmas do catolicismo, sobretudo da a) O Príncipe – Shakespeare.
concepção teocêntrica de mundo. b) Dom Quixote - Miguel de Cervantes.
c) nesse período, reafirmou-se a ideia de homem cidadão, que c) Os Lusíadas - Erasmo de Rotterdan.
terminou por enfraquecer os sentimentos de identidade nacional d) Hamlet - Dante Alighieri.
e cultural, os quais contribuíram para o fim das monarquias e) Utopia - François Rabelais.
absolutas.
d) o humanismo pregou a determinação das ações humanas
pelo divino e negou que o homem tivesse a capacidade de agir
sobre o mundo, transformando-o de acordo com sua vontade e
interesse.