Você está na página 1de 205

Fábio Ribeiro von Glehn

COIItrole dD IDIIDr DeiPhiiTT21E


PT IIIRMI rl~_h Elatrolnjator 1
Aterramento da U.C.E 1157
ll 11
rmJ. (+30) LRIPT
K8D IIIRIBR r i . = h..._..
111110 Elatroinjetor 2
.--ro (+30) LRIPT LI J,l .........
~
KD
I LIIIPT
IIIRIPT d~b ......... Elatrolnjator 3
,_.... (+'111 LRIYD
K11 1111 ...........
............ KIZ
1111
IIIRND ri-=.~ . ........... Eletroinjetor 4

Doblo
Relé do c:ompiWIICir
lnjeçlo allltr6nlca
lnjec;lo allltr6nlca
--- ~
'~

-~- ~
1.8 Flex lnjeçlo allltr6nica
-
........, riaa ~
1117-

~ h - Bobina da igniçio
T09 • Rel6 principal ~~
~"

-
BR
~-

00
K'll
- Lll•' ••L
IIRIVII 11113
IPTND
IPTND
~
~
- (NI6TUI
............ 1147
l IIRIVII te
I IIRJ\1111
1141
. .i
.
Bomba da c:ombuatrvel ~
1114
~ ~~i- ri Interruptor Inercial
~

1
~ ~~~
- riaa -' ~rh
T10 ·Reli da bomba
da c:ombustiYal ~&~I BR
KZI Bombe da c:ombustiYel ~
i
Sensor da rotaçio
~2f

..
CZB>'T
1111
1122 -
;,...r......., Sansor da niYel
da combustível
~
c

reto
1187
PTIBR ,..,.. Sansor da Vlllocldeda
•i
~
Sensor da pressio absoluta
~ li R - -!!
~
Sansor de temperatura do ar 1,.......,..;;
~
IIRIPT

-
~ ~.
c

••-
Sensor da temperatura da J"'?'"Lzb AZM ~
égua ~.u li R KA3
ILRIBR
Computador da bordo i
1.1
.....
K11
IIIRMI
n-- aQ com lmoblllzlldor :i:
Sensor da poslçlo da _.L,

l;==a
li R

AZMIVIII --... IBRIRB


Dl. .
CZ/P1
PTIRS
BRIRB
incorporado

,.fc
..
borboleta
--r IIRIVII
PTNII

AZM
-
'li1i-
1111
I:-
.......,},-~,
~
!:.

"'
~
... 1112 AntenaCODE
Acelerador alllr6nlco
~ -1111 LI ~
1131 5

Sansor da poslçlo do -............


_.L,
AZI:IIPT
IIRIBR
YD/BR
--
K8D
r
u· ~
.- Painel da lnstrumeniDs
.:"'
i
paclal acelerador BRIPT
PTNI
IC3I+
IC3I+
-
~
~
.
~~
--r '!!!. ~

-;...
~
~
Alternador ;'
........... ---..
~L
-;:;-
CZ/\111 +---;: ;.;
i.
Sonda lambda aquecida ~ .. Ali
rl -i.=zh ~ ~
-

- -
VIIIAZM IIIRMI
IIOS EletroviiiYula do cenister
.:.:;
Sensor da datonaçlo ~
11.
zu
...
PTNII
liR -- IAZc:IIVD r1
...
_...
I
...
.- Interruptor da pl'lllllllo
do 61ao do motor
.:-c
....~
Interruptor do pedal da
embreagem
I~ ZL_I'1__1r,
CZIPT

-- ..,
t;
..-
----
'I'

~2 .... LRIBR ~
Interruptor duplo ~c
do pedal da freio .......... u.
~
J.._ .I LIIIAZd
~

~nu 15M VI
ICI1
T18 ·Reli da partida frio IF21Ln•
...10 ,
n
1171

Motor da partida a frio


I
IL...rliJI.
Injetor de pertide a frio ..................
......... ~ ... VI
...
I

11

eI eI ~ . _. . -. _.
a
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlal
Sebt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

ENGENHARIA www.aolo.oro.bo'
nd..@dcmn"""harl._..,m_b,
ImPresso orjg jna) em PAPEL REC)CLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

conlrlle do motor DeiPhl rrmE

=
TOB Ral6 do YtlnOi ador do
radi ador I condanll8dor
(baixa velocidade)
Interruptor do
ar condicionado Raalator li mitador da
Ytllocidada

Eletl'oventllador
Doblo
Selator da valoc:lcladaa
=
107 Ralé do venOi ador do
1.8 Flex
radi ador I condanaador
do alatrovantllador lntarno (alta velocidade)

Interruptor ar condicionado
Elatrovantilador da
caixa da ar
Termostato alatr6ni co

T08= Ralé do
eletrovanOiador Sanaor da pnsalo do fluido
da cabra de ar da refrlgaraçlo do
ar condicionado

Conjunto da raalatoraa Embreagem do compraaaor


limitadora& da velocidade do da ar condicionado
aletroventilador
da cabra de ar
Comando do ralé (TOS) do
compraaaor
da ar condicionado

19

lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO Cl cI~


a lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
ENGENHARIAwww~cloong.br
Fábio Ribeiro von Glehn

COIItrole dD IDIIDr DeiPhiiTT21E

Pln-aut da unidade de calllnlle do mlllr


(Qj M~ ~KlQ
8448 3216 0117 3349

Doblo
1.8 Flex

49 33 17 01 16 32 "'64

l9l ~ ~ (Q
Term. Descrição
K02 Positivo de bateria- linha 30 protegida pelo fusrvel F18
K03 Sensor de pressão do fluido de refrigeração do ar condicionado pino 2
K04 Sensor de pressão do fluido de refrigeração do ar condicionado pino 3
K05 Interruptor do pedal de freio pino 3
K07 Relé T05 do compressor de ar condicionado pino 86
K11 Computador de bordo com imobilizador incorporado pino C37- CAN H
K13 Interruptor do pedal de freio pino 4
K16 Relé T09 principal da injeção eletrônica pino 85
K19 Positivo de bateria- linha 30 protegida pelo fusível F18
K20 Sensor de posição do pedal do acelerador pino 1
K23 Relé T10 da bomba de combustível pino 85
K24 Ralé T07 da 28 velocidade do ventilador do radiador pino 86
K25 Interruptor do pedal da embreagem pino 1
K33 Sensor de posição do pedal do acelerador pino 5
K35 Sensor de posição do pedal do acelerador pino 2
K36 Sensor de posição do pedal do acelerador pino 6
K37 Sensor de posição do pedal do acelerador pino 4
K39 Ralé TOS da 18 velocidade do ventilador do radiador pino 85
K43 Computador de bordo com imobilizador incorporado pino C36- CAN L
K45 Solicitação de ar condicionado (interruptor do A/C pino 28 ou termostato eletrônico pino 2)
K49 Sensor de pressão do fluido de refrigeração do ar condicionado pino 1
K50 Sensor de posição do pedal do acelerador pino 3
K51 Relé T19 da partida a frio pino 86
K52 Positivo pós chave de ignição -linha 15 protegida pelo fusível F16
K54 Computador de bordo com imobilizador incorporado pino C20- Diagnose
K60 Positivo de bateria - linha 30 protegida pelo fusível F23

21

e.I eI ~ . _. . -. _.
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSabt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~"
nd..@dcaongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjn8l em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia flex

conlrlle do motor DeiPhiiiT21E

P..DII dl Unldadl dl CIRUIII dO m010r

l544 3216 01 17 3349

Doblo
1.8 Flex

.!
e
E
~ 49 33 17 01 16 32 "'64
~

f M01 Bobina de ignição pino A

Ql ~ ~ (Ci
-1;
'õl M03 Eletroválvula do canister pino 1
l M05 Sensor de rotação pino 2
~
~ M09 Sensor de posição da borboleta pino B
~ M10 Sensor de temperatura da água pino 2
-=
.i
M12 Sensor de posição da borboleta pino C
{
;: M13 Sensor de posição da borboleta pino A
~

M15 Acelerador eletrônico pino E


I.
~ M16 Acelerador eletrônico pino H
~ M17 Bobina de ignição pino A
i
•i: M22 Sensor de rotação pino 1
-e. M26 Sensor de pressão e temperatura do ar pino 4
~
.
~
.;
M31
M32
Acelerador eletrônico pino E
Acelerador eletrônico pino H
!
~ M33 Bobina de ignição pino C
..
~ M37 Sensor de rotação pino 3
s
~
.;: M39 Sensor de detonação pino 1
t
"'
't;
M40 Injetor de partida a frio
': M42 Sonda lambda aquecida pino A
~
M43 Sensor de pressão e temperatura do ar pino 2
~
;: M44 Sonda lambda aquecida pino B
~ M45 Sensor de pressão e temperatura do ar pino 1
~
.:l
~
M46 Sensor de posição da borboleta pino D
.I
~ M47 Alimentação positiva proveniente do ralé T09 e protegida pelo fusível 17
"' M48 Alimentação positiva proveniente do ralé T09 e protegida pelo fusível 17
ê:s
..
:
M49 Bobina de ignição pino C
~ M52 Sonda lambda aquecida pino C
!
M56 Interruptor da pressão do óleo do motor
M57 Eletroinjetor 1 pino 2
M58 Eletroinjetor 3 pino 2
M59 Eletroinjetor 4 pino 2
M60 Eletroinjetor 2 pino 2
M62 Sensor de detonação pino 2
M62 Sensor de temperatura da água pino 1
M63 Sensor de pressão e temperatura do ar pino 3
M64 Alimentação positiva proveniente do ralé T09 e protegida pelo fusfvel 17
21

lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C•IcI~ lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
ENGENHARIAwww~cloong.br
Fábio Ribeiro von Glehn

COIItrole dD IDIIDr DeiPhl ITT21E


Alimentação da U.C.E Sensor de detonação
carcaça e massa continuidade pinos M39 e M62 I resistência infinita
pino K02 e massa 12,5V
Eletroi njetores
pino K19 e massa 12,5V
Isolado 11,0 a 14,00:
pino K50 e massa 12,5V
pinos M57 e M60 22,0 a 28,00:
pino K52 e massa 0,05V (ignição desligada)
Doblo pinos M57 e M58 22,0 a 28,0Q
1.8 Flex pino K52 e massa 12,3V (ignição ligada)

I Relê principal
pinos M57 e M59 22,0 a 28,00:

: pinos K16 e K02 170 a 900: I Sistema de Ignição


primário isolado 0.4 a 0,6 a
Sensor de rotação e PMS pinos M01 e M33 0,8 a 1,2 a
pinos M05 e M22 500 a 6100: secundário isolado 4,2 a 5,2 Ml

Sensor de pressão absoluta Sistema de combustfvel


Verificar gráfico nas páginas seguintes Pressão da linha I 3,5 bar
Sensor de temperatura do ar Válvula de purga do canister
Verificar gráfico nas páginas seguintes isolado 23,0 a 29,00:
M03 e M57 (canlster +Injetor) 34,0 a43,0D:
Sensor de temperatura da ãgua
Verificar gráfico nas páginas seguintes Eletroválvula de partida a frio
pinos M40 e K52 18,0 a 22,00:
Sensor posição da borboleta *
Fechada Aberta f
*Adote uma margem de 5% para mais ou para menos !
B eA(M09 e M13) 14810: 26900: Ê
como faixa de tolerância
C eA(M12 e M13) 24920: 1190.0
D eA(M46 e M13) 18510: 1851 0:
B e C (M09 e M 12) 3431 0: 3431 0:
B e D (M09 e M46) 26660: 12900:
C e D (M 12 e M46) 1316Q 25650:
HeE(M16eM31) 1,60:

Aquecimento da sonda lambda aquecida


reslst. aquecimento 9,0 a 11 .on
pinos M52 e M57 (aquec.+lnjetor) 22,0 a 25,0.0
pinos M44 e M42 (marcha-lenta) 0,1 a 0,9V

Sensor posição do pedal do acelerador *


Pedal solto Acionado
2 e 3 (K35 e K50) 12350: 12350:
2 e 4 (K35 e K37) 2000Q 1211.0
3 e 4 (K50 e K37) 11490: 1951 0:
5 e 6 (K33 e K36) 1090Q 16350:
1 e 5 (K20 e K33) 16830: 16830:
1 e 6 (K20 e K36) 25090: 19530:

zz
e.I eI ~ . ... .-....
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSabt.., 11111a 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~"
nd..@dcaongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

conlrlle do motor DeiPhl rrmE


Sensor de temperatura do ar na tubulação de admissão
Medida de tensão: Unidade de gerenciamento do motor conectada, sensor conectado, chave de ignição
ligada. Meça a tensão entre os dois fios do sensorde temperatura introduzindo uma agulha pela parte traseira
do conectar do sensor, ou do conectar da unidade de comando ou utilize um chicote adaptador. No sensor
utilize os terminais 1 e 2, já na unidade de comando utilize os correspondentes M45 e M43.
Medida de resistência: Unidade de gerenciamento do motor desconectada, sensor conectado, chave
de ignição desligada. Meça a resistência do sensor utilizando a extensão do próprio chicote do verculo, ou
seja, conecte o ohmímetro nos terminais correspondentes ao sensor de temperatura no conectar da unidade Doblo
de gerenciamento do motor, para isso utilize os terminais M45 e M43. Ou diretamente no componente 1.8 Flex
desconectado, meça a resistência entre os terminais 1 e 2 .
.!
~
~
~

f
~ Temp. Tensão Sensor de temperatura do ar
l (DC) (V) 5 ~················································
o 4.17
10 3.78 4
20 3.36
30 2.91
40 2.37
50 1.98
60 1.61
70 1.30
80 1.04
90 0.82
100 0.64
110 0.51 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110 120
120 0.41 Temperatura rCJ
Temp. Resist. Sensor de temperatura do ar
7000 I I I I I I I I • I I I I I I I .. I I I • I I I .. I I I • I I I I I I I - I I I .. I I I I I I I I

(DC) (Q) I I
I
I
I
I
I
I I
I
I
I
I
I
I
I
I
I
I
I
I
I

o 6100
6000 -.-.-.-:.-.- ... -,:.....-.-l.-.-·-·-··-·-·-·-,:.- ...-.- :.-.-.-.-,:.....-.- l. -.-.-.- l.-.-.-.-l.-.-.-.- 1.-.-·-·-=
I I I I I I I I I I I

10 3800
20 2500 5000 - .- t- .- .-.-L-.-.-.- t- .- .- .- .~- .- .- .- t- .- .-.- r.-.- .- .- t- .- .- .- t - .- .- .- t - .- .-.-r.-.-.-.- t - .- .- .-:
30 1700 c:
.!!! 4000
40 1100 u
c
•lll
50 800
~ 3000
~
-I"-- I" I" I"
~.
I " o- I" I " 11"
~
I" •. I" •.•. I".. ~
•. ·-I" •.•. I" •.•.•.•. I"-- •.•.•.~r ~
H" ••••
~
I" •. I" •.•.• .

60 580 a::
70 430 2000 •. ·-I",_·- I"·- t- ·-·-I" t- ·- ·- ·- ~- ·-·-I" t -I"·-·-:

80 320
1000 . - ·- I " ~- . - I" . - t- . - .- I " ~- .- . - .- ~- . - .- I " ~ - I" . - . - :
90 240 ~ p ~ ~ p

100 180
o • I . • 11. I •'• I . •'• • • • • I . 1 1• . I •'• I . • ' • . I • 11 •• 1 1• . I • ' • •• 1 1• I ••
• I • I • • • • • •

110 140 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110 120


0
120 110 Temperatura [ C]

Equação da tensão: Unte= 5,0 I (1 + 1220 I Rntc) ± 5%


Equação da resistência: ln(Rntc) = 39951(T+273) - 3, 77 :1:: 1O%
23

ImPresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C•IcI~


ENGENHARIAwww~cloong.br
lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
Fábio Ribeiro von Glehn

COIItrole dD IDIIDr DeiPhiiTT21E


Sensor de tem peratura da água
Medida de tensão: Unidade de gerenciamento do motor conectada, sensorconectado, chave de ignição
ligada. Meça a tensão entre os dois fios do sensor de temperatura introduzindo uma agulha pela parte traseira
do conector do sensor, ou do conector da unidade de comando ou utilize um chicote adaptador. No sensor
utilize os terminais 1 e 2, já na unidade de comando utilize os correspondentes M62 e M10.
Medida de resis tência: Unidade de gerenciamento do motor desconectada, sensor conectado, chave
de ignição desligada. Meça a resistência do sensor utilizando a extensão do próprio chicote do verculo, ou
Doblo seja, conecte o ohmímetro nos terminais correspondentes ao sensor de temperatura no conecto r da unidade
1.8 Flex de gerenciamento do motor, para isso utilize os terminais M62 e M10. Ou diretamente no componente
desconectado, meça a resistência entre os terminais 1 e 2.

Temp. Tensão Sensor de temperatura da água


5 •...•...•...•..••.•.••..•..••...•...•...•.•.••...
(OC) (V)
o 3.00
10 2.42 4 ................................................................... .

20 1.91
30 1.48
40 1.07
50 0.82
50 3.45
60 3.09
70 2.72
80 2.35
90 2.00
100 1.67 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110
110 1.40 Temperatura [0 C]
120 1.17

Temp. Resist. Sensor de temperatura da água


7000 I I O .. I I O .. I I I • I I I .. I I I .. I I O "

(OC) (Q) O
I
I
I
I
I
I
I
I
I

o 6100
BOOO ·-·---.1.-.-----1.---·-·- ·-·---.1.-.-·-·- .- .- .- ~- .- .- __ ~- .- .- .- t - .- .- .- ~- .- .-.-r-.-.-.-:
10 3800
20 2500 5000
.-.---,:.-.-----1.-.----- ______ ..______ _ - . .
·-----:.-.--- --l.-.---.- l.-.-·---,:.-, .• -.-1.-.-----:
. .

30 1700 c:
.!ll 4000
40 1100 ()
c:
•<ll
50 800 .
.gj 3000 ~
-I"-- I"
:"
I" I " , . . O" I " I"
:"
OI " I" o-
:"
I"--
:"
I" I" I " , . .
:-
o· o· o· • • o· O"
:"
• • H"
:"
o· o· o· • • o· O"
:"
o· • • O" o· O"
:"
oo- o· O" • • 00

60 580 <1l
0:::
70 430 2000 - ·- t- ·- ·-·-r..·-·-·-,_·-·-·- t - ·- ·- ·- t- ·- ·- ·-r..·-·-·- ,_·-·-·- t- ·- ·- ·- !:.- ·- ·- ·-:
80 320
1000
90 240
100 180 o .... '· ... '· ... '· ... '· ... '· ... '· .. ·'· ... '· ... '· ... '· ... '• ...
110 140 o 10 20 30 40 50 BO 70 80 90 100 110 120
0
120 110 Temperatura [ C]

Equação da tensão até 50 °C: Unte= 5,0 I (1 + 4060 I Rntc) ± 5%


Equação da tensão acima de 50 °C: Unte= 5,0 I (1 + 360 I Rntc) ± 5%
24 Equação da resistência: ln(Rntc) = 35501(T+273) - 4,30 ± 10%

e.I eI ~ . ... .-....


~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSebt.., llllla 719
Novo Sulça. 74280-010, Gollnl!ll- Golú

ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~'
nd..@dcaongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

conlrlle do motor DeiPhl rrmE


Sensor de pressão absoluta
Medida de tensão: Unidade de gerenciamento do motor conectada, sensor conectado, chave de ignição
ligada. Meça a tensão entre os terminais correspondentes a sinal e massa, ou seja 1 e 4 no sensor ou M45
e M26 na unidade de comando do motor. Introduza uma agulha pela parte traseira do conectar ou utilize um
chicote adaptador.
Erro: admita a possibilidade de uma variação de ± 3% na medida de tensão.

Doblo
Bosch O 261 230 030 1.8 Flex
bar KPa mmHg Tensão (V)
0,2 20 150,01 0,301
0,3 30 225,02 0,739
0,35 35 262,52 0,958
0,4 40 300,02 1,177
0,5 50 375,03 1,615
0,6 60 450,04 2,053
0,7 70 525,04 2,491
0,8 80 600,05 2,929
0,9 90 675,05 3,367
0,92 92 690,06 3,455
1 ,O 100 750,06 3,805
1,1 110 825,07 4,243
1,2 120 900,07 4,681
1,23 123 922,57 4,812

Sensor de pressão absoluta


5 ................................................. .

4 • • •• • •• •• •••••••••••••••••••••••••••

3 . . . . . . . • . . . . . . • . . . . . . . . . . . . . . ....•......•.......
~
o
t('Q
UI
c: 2 • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • •••••••••••••••••••••••••••
~

o 20 40 60 80 100 120 140 kPa


o 0,2 0.4 0,6 0,8 1 1,2 1,4 Bar
o 150 300 450 600 750 900 1050 mmHG
Pressão

Equação da tensão: U = 4,38 * P(bar)- 0,575


Equação da pressão: P(bar) =0,228 * U + 0,131
25

lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C•IcI~ lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
ENGENHARIAwww~cloong.br
Fábio Ribeiro von Glehn

COIItrole dD IDIIDr DeiPhiiTT21E

Locallzlçla de componentes

Caixa de relés elusíveis interno


VISTA ANTERIOR VISTA POSTERIOR
Doblo ~
~
1.8 Flex

Verde =W

Azul= D

Preto =A Azul= C
Computador de bordo Computador de bordo

FUS DESTINO FUS DESTINO

12 Farol baixo direito (D) 49 Auto-rádio (A02)


13 Farol baixo esquerdo (D) Interruptor do farol de neblina (4)
31 Interruptor de marcha a ré (1) Comando do espelho elétrico (7 e 8)
Relê eletroventilador caixa de ar (86) Central de estacionamento (A01)
32 Conjunto de alavancas (806) Sensor de chuva (6)
35 Interruptor do pedal de freio (1) Central do vidro elétrico (A 17)
37 Interruptor do pedal de freio (2) 50 Airbag (A02)
Computador de bordo (13) 51 Acendedor de cigarros ( 1)
38 Computador de bordo (01) Computador de bordo (A27)
39 Computador de bordo (17) Painel de comando (A06)
Auto-rádio (AOB) Luz de placa (1)
40 Vidro traseiro térmico (2) Luz de placa (2)
42 ABS (13) Iluminação de comando aquecedor (1)
43 Conjunto de alavancas (A 11) 52 Central do vidro elétrico (A07)
44 Acendedor de cigarros (2) Conjunto de alavancas (C02)
47 Central do vidro elétrico (A01) 53 Computador de bordo (19)
48 Central do vidro elétrico (A10)
Relé Função

T01 Farol baixo


T11 Aquecedor traseiro térmico
T12 Relé de serviços 1
T13 Relé de serviços 2

28

e.I eI ~ . _. . -. _.
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSebt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~"
nd..@dcaongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
ln}eçlo eleiJ1Jnlca tecnologia tfex

LI•IIIIOillll - • • • • •
Caixa de relés do vão do motor·

Doblo
1.8 Flex

FUS DESTINO FUS DESTINO

01 Central do painel (P01) 18 Injeção eletrOnica


02 Central do painel (P02) 12 se ME 7.9.6
03 Comutador de ignição (A2) 29B se IAW 59FB
04 ABS (17 e 18) B12 e B29 se IAW 5NF
06 Relé TOS eletroventilador (baixa vel.} K02 e K19 se Delphi
07 Relé T07 do eletroventilador (alta vel.) Relé T09 principal da injeção (86)
08 Relé TOS do eletroventilador interno 19 Relé T05 do compressor do ar condic.
09 Relé T17 20 Relé T19 da partida a frio
10 Relé T03 da buzina 21 Relé T1 Oda bomba de combustrvel
11 Sonda lambda (4) 22 Bobina de igniçlo (1)
Eletroválvula do canister (1) Eletro-injetores (1)
Sensor de velocidade (3) Bomba de combustfvel (1) se Marelli
14 Farol alto direito (C) 23 Relé T20 do farol suplementar
15 Farol alto esquerdo (C) Injeção eletrOnica (K60 se Delphi)
16 Injeção eletrOnica 30 Relé T14 do farol de neblina
13 se ME 7.9.6
4 7B se IAW 59FB Relê Função
B16 se IAW 5NF
K52 se Delphi T02 Farol aHo
Relé 19 da partida a frio (86) T03 Buzina
17 Injeção eletrOnica T05 Compressor de ar condicionado
44, 45 e 63 se ME 7.9.6 TOS Eletroventilador (baixa velocidade)
M47, M48 e M64 se Delphi T07 Eletroventilador (alta velocidade)
o
Relé T1 da bomba de combustível (86) TOS Eletroventilador interno
T09 Injeção eletrõnica (principal)
T1 O Bomba de combustível
T14 Farol de neblina
T17
T19 Partida a frio
T20 Farol suplementar

lmP!HIO Q!'IQID8! em PAPEL BEC!CLADO


Fábio Ribeiro von Glehn

COIItrole dD IDIIDr DeiPhiiTT21E

lDCIIIzaÇiD dOI CIIDPDDin• dl


COIItroll dD IDitlr

Doblo
1.8 Flex

Pressão e
temperatura do ar

~UCM

Injetor
•+-Velocidade
partida a frio • Detonação
Temperatura
Pressão~• ./a água
do óleo

Rotação
~
: IRelésl
'\Bobina
Pressão

'
doAC
~ Eletroinjetores Sonda lambda

Frente do veículo

21

e.I eI ~ . _. . -. _.
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSebt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~"
nd..@dcaongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

conlrlle do motor DeiPhiiiT21E

Acelerador eletrônico Na entrada do coletor de admissão


Alternador Frente do motor- lado direito
Bobina de ignição Parte traseira do motor fixado ao cabeçote
Bomba de combustrvel Reservatório de combustrvel
Bomba de partida a frio Reserv. partida a frio - lado direito do veículo
Central de injeção eletrônica Vão do motor- acima do servo freio
Doblo
Computador de bordo Abaixo e a esquerda do volante do veículo- fixado 1.8 Flex
à central de fusíveis
Eletro-injetores Coletor de admissão lado direito do motor
Eletroválvula de purga do canister Coletor de admissão próximo ao alternador
Injetor de partida a frio Painel corta fogo acima do alternador
Interruptor da pressão de óleo do motor Frente do motor no lado direito e abaixo
Interruptor do pedal de embreagem Fixado ao pedal de embreagem
Interruptor duplo do pedal de freio Pedal de freio
Interruptor inercial Coluna à direita da perna do passageiro
Painel de instrumentos Painel de instrumentos
Sensor de detonação À frente do motor de partida
Sensor de posição da borboleta Na entrada do coletor de admissão
Sensor de posição do pedal do acelerador Pedal acelerador
Sensor de pressão e temperatura do ar Coletor de admissão- acima duto 4° cilindro
Sensor de pressão do ar condicionado Duto do ar condicionado- abaixo farol direito
Sensor de rotação Frente do motor
Sensor de temperatura da água Abaixo da bobina de ignição
Sensor de velocidade Cambio logo abaixo da central de injeção
Sonda lambda aquecida Coletor de escape próximo válvulas escape
Termostato eletrônico No evaporador

21

lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C•IcI~ lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
ENGENHARIAwww~cloong.br
Fábio Ribeiro von Glehn

CDIIII'Oie dD IIIIDr Bosch .EJ.I.I

PTND 1"1 ~. 1-1..,.,.,....,


PT 117 ....-..
D1
PT
PT •
17 13
VIIND ~,yyv.. ~
PT

~

,_,., (+10) VIIIBR


11
• IIRND rL~~
,_,., f+15)

......
LR
• d ~h 'Fii"
=
BRND
Rel6 do comprauor 11 ~

ldea
lnjaçlo alatr6nica
lnjeçlo eletr6nlca
- ~
~ IIIIA'T
111
1.4 Flex lnjaçio alatr6nica ~

Bomba da combuatlvel

T19 • Rallli da bomba


da combu.UV.I
"'Toõ'
~Lf
.........
.....,.,..

-
..-:o-
1"1••
..

"fii"' rtao -' uh


~u~r
~

f+IOliTIIl
••ti
IIIJ
YI'IIR

LR

BR
4CI

OI
111
AIIIIPT

.
m 1
z
I ~I
f-mu Bobina da igni çio

Interruptor Inercial
~"
~
~

~
te
.i
.
4;crmo
12
11 I5LJ
1
Sanaor da rotaçio ~:l
BR
VIl •• z J-
r= Bomba da combustfval ~
s_,...r........,
.............. Sanaor da nlwl de i

-a: o·
VIWR

-
Sanaor da praaalo absoluta combuatlwl
IIIR 'JI,;. c

L.S; I'T
~
.
-
~ •i
Sanaor da velocidade

Sensor da temperatura do ar a.u-

--
~ ~

Sensor da temperatura da
~1-1
AZdiPT
- -!!
~

-cn(fS)
PTM C1J
lilgua .U.IBR "'iiij#
BRNII
C11
li
~.
c

~
CZIPT
• ÇZJPT Al i

..
'"":"'
Sanaor da poalçlo da ,........1..., BIIJPT
• •
27
ltiiiiR
R8IPT
CANL
ÇAIOIH
CSI
Computador da bordo i
R • :i:
borboleta com lmoblll:ra.dor
::
Dlliln••·L~IIaK

---
BRIRI CZIPT incorporado
ÇZJVD
aRMI
YDIPT
CZoiiR
f
..
011
1 I'TNI ~ '1!
c
114
Acelerador aletr6nico L...r.õin-4 VIINI
111 r-- !:

~,
~

~
Sanaor de poalçlo do
4
,........1...,.
AZciii'T
IIIRIBR
CZIIIIR
-.,.
J1+
4
AntenaCODE "'
~
pedal acelerador BRILR 5
---r-
• PTM
IIM'T ~
1...

- -----B:....(fS) Painel da lnlltrumantoa .:"'


i
,_,..,[ ............... RI- -
...;..
~.
- ~~
.......... L 12
Sonda lambda aquecida '"""'"':':i"'. cz ~
I 2 VDIAJI .;- Altamador ~

- ,.
~
;'

Sanaor de detonaçlo
2b
1
AZoo
Yl
i7 101
AIIIND
tr ·-··-e Elatrvvilvula do canister
;.;
i.
~

Interruptor do pedal da
embreagem
~~- ~~ PT
...
CZJBR
-- CZJAII r.l

"'
_.... h
...
.. Interruptor de pre"lo
do 6111o do motor
.:.:;
.:-c
Interruptor duplo ~-·h
LRIBR
-- ....~
do pedal de fralo 'Fli"

-
• 2

111:1
LRII'T

I'TNI
-
~

..,
t;
'I'
T1 o · Rel6 de partida frio 13
,_, u • u - ~
~c
~ "'• tF l riJ ~

Motor da partida a frio ll..criD r1 .


InJetor da partida a frio

ao
e.I eI ~ . _. . -. _.
ENGENHARIA www.aolo.oro.br
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSebt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú
nd..@dcmngoanharlo.oam.bo
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

comrale do •••r Bosch 111.1.1

T07 • Ralé do ventilador do


radiador I condensador
(albl velocidade)
Interruptor do
ar condicionado

Reslstincla
ldea
1.4 Flex
Saletor da velocidades
do aletrovantllador Interno
=
T08 Ralé do venOiador do
radiador I condensador
cz
41 (baixa velocidade)

T21 o Ralé '"velocidade do


elatrovantilador caixa de ar
""'IIIIR Tennostato eletr6nlco
11
AIIIAZ+o Senaor da presalo do fluido
Elelroventllador da +ti BRND
caixa de ar BlllPT
da rafrlgaraçlo do
o77 ar condicionado

~ T08 Ralé 1" velocidade do


o
Emb...gam do compreaaor
~ eletroventllador caixa da ar da ar condicionado
~
-= Comando do ralé (TOS) do
.i Conjunto de NSistores
{ llmltadoNS de velocidade do
Yl compreaaor
;: eletrovantllador AMND da ar condicionado
~ da caixa de ar BR

31

lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C •IcI~ lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
ENG ENHARIAwww~cloong.br
Fábio Ribeiro von Glehn

CDIIII'Oie dD IIIIDr Bosch .EJ.I.I

Pln-aut da unidade de calllnle do 1111Dr

ldea
1.4 Flex

Term. Descrição
01 Aterramento
02 Aterramento
04 Alimentação positiva proveniente do relé T09 e protegida pelo fusível17
14 Interruptor do pedal de freio
16 Sensor de posição do pedal do acelerador pino 4
17 Interruptor do pedal de freio
18 Positivo de bateria- linha 30 protegida pelo fusível F18
19 Sensor de posição do pedal do acelerador pino 1
Sensor de pressão do fluido de refrigeração do ar condicionado pino 2
21 Sensor de posição do pedal do acelerador pino 2
23 Relé T05 do oompressor de ar condicionado pino 85
24 Relé T07 da 28 velocidade do ventilador do radiador pino 85
27 Computador de bordo oom imobilizador incorporado pino C37- CAN H
33 Solicitação de ar condicionado (termostato eletrônico pino 2)
38 Computador de bordo oom imobilizador incorporado pino C20- Diagnose
39 Positivo pós chave de ignição- linha 15 protegida pelo fusível F16
40 Relê T09 principal da injeção pino 85
43 Relé T06 da 18 velocidade do ventilador do radiador pino 85
46 Computador de bordo oom imobilizador incorporado pino C36- CAN L
54 Sensor de posição do pedal do acelerador pino 6
55 Sensor de pressão do fluido de refrigeração do ar condicionado pino 3
62 Relê T19 da bomba de combustível pino 85
63 Relê T10 da partida a frio pino 85
67 Aterramento
68 Aterramento
72 Interruptor do pedal da embreagem
77 Sensor de pressão do fluido de refrigeração do ar condicionado pino 1
78 Sensor de posição do pedal do acelerador pino 5
79 Sensor de posição do pedal do acelerador pino 3

az
e.I eI ~ . _. . -. _.
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSabt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~"
nd..@dckoongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

comrale do •••r Bosch 111.1.1


PI•Dit da unidade de c.uole do ••r

ldea
1.4 Flex
····-····
.!
e
E
····-····
~
~

f
-1;
'õl Term. Descrição
l 83 Eletroinjetor 2 pino 2
~
~ 84 Sonda lambda aquecida pino 2
~ 85 Sensor de posição da borboleta pino 2
-=
.i
{ 86 Sensor de pressão e temperatura do ar pino 1
;:
~
87 Sensor de temperatura da água pino 2

I.
~
89
91
Sensor de detonaçao pino 2
Eletroinjetor 4 pino 2
~
i 92 Sonda lambda aquecida pino 3
•i: 93 Sensor de posição da borboleta pino 3
-e. 94 Sensor de pressão e temperatura do ar pino 3
~
.
~
.;
95
96
Sensor de rotação pino 1
Sensor de rotação pino 2
!
~
.. 97 Sensor de detonação pino 1
~
s
~
.;:
99 Eletroinjetor 3 pino 2
100 Sensor de pressão e temperatura do ar pino 4
t
"'
't;
103 Sonda lambda aquecida pino 1
': 104 Sensor de posição da borboleta pino 5
~
105 Interruptor da pressão de óleo do motor
~
;: 106 Eletroválvula do canister pino 2
~
~
107 Eletroinjetor 1 pino 2
.:l
~ 108 Sensor de pressão e temperatura do ar pino 2
.I
~ 109 Sensor de temperatura da água pino 1
"'
ê:s 112 Sensor de posição da borboleta pino 6
..
: 114 Acelerador eletrônico pino 1
~
! 116 Bobina de ignição pino 1
119 Acelerador eletrônico pino 4
121 Bobina de ignição pino 3

33

lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C•IcI~ lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
ENGENHARIAwww~cloong.br
Fábio Ribeiro von Glehn

CDIIII'Oie dD IIIIDr Bosch .EJ.I.I

Alimentação da UCE Sensor poslçlo do pedal do acelerador*


carcaça e massa continuidade Fechada Aberta
pino 01 e massa continuidade 2 e 4 (21 e 16) 2127Q 1142Q
pino 67 e massa continuidade 3 e 4 (79 e 16) 1216Q 2191 Q
pino 68 e massa continuidade 2 e 3 (21 e 79) 1303n 1303Q
18 e massa 11,0 a 13,5V- motordeslig. 1 e 6 (19 e 54) 2645Q 1974Q
ldea
1.4 Flex 18 e massa 11 ,O a 13,5V- motor ligado 1 e 5 (19 e 78) 1760Q 17600:
39 e massa O,OV -motor desligado 6 e 5 (54 e 78) 1151 Q 17940:
39 e massa 12,0 a 15,0V- motor ligado
Sensor de detonação (resistência)
Relê principal (resistência) pinos 89 e 97 I 4, 75 a 5,25 MQ
40 e 39 70 a 90 n
Eletro-lnjetores (resistência)
Sensor de rotação e PMS (resistência) isolado 11,0 a 14,0 n
95 e 96 860a 1060 Q pinos 107 e 83 22,0 a 28,0 n
pinos 107 e 89 22,0 a 28,0 n
Sensor de pressão absoluta
pinos 107 e 91 22,0 a 28,0 n
Verificar gráfico nas páginas seguintes
Sistema de lgnlçlo (resistência)
Sensor de temperatura do ar
primário isolado 0,5 a 0,7 Q
Verificar gráfico nas páginas seguintes
pinos 1 e 2 (116 e 121) 1,0 a 1,4 n
Sensor de temperatura da água secundário 1 (1 e 4) 11,0 a 13,0 kQ
Verificar gráfico nas páginas seguintes secundário 2 (2 e 3) 11,0 a 13,0 kQ

Sensor posição da borboleta * Bomba de Combustível


Fechada Aberta Pressão da linha I 3,5 bar
2 e 3 (85 e 93) 978Q 978Q
Eletrovélvula de purga do canister (resist.)
2 e 5 (85 e 104) 1227Q 429Q
isolado I 18,0 a 22,0 n
2 e 6 (85 e 112) 657Q 13160
3 e 5 (93 e 104) 560Q 12550
3 e 6 (93 e 112) 1321 Q 478Q
5e6(104e112) 1619Q 16190

Acelerador eletr6nico (resistência)


1e4(114e119) 1,8 Q

Sonda Lambda
resist. de aquec. 9,0 a 11,0Q
pinos 92 e 107 20,0 a 25,00 aq sonda +
injetor
pinos 103 e 84 O, 1 a 0,9V (marcha-lenta)

34

e.I eI ~ . _. . -. _.
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSabt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~"
nd..@dckoongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

comrale do •••r Bosch 111.1.1


Sensor de temperatura do ar na tubulação de admissão
Medida de tensão: Unidade de gerenciamento do motor conectada, sensor conectado, chave de ignição
ligada. Meça a tensão entre os dois fios do sensorde temperatura introduzindo uma agulha pela parte traseira
do conectar do sensor, ou do conectar da unidade de comando ou utilize um chicote adaptador. No sensor
utilize os terminais 1 e 2, já na unidade de comando utilize os correspondentes 86 e 108.
Medida de resistência: Unidade de gerenciamento do motor desconectada, sensorconectado, chave de
ignição desligada. Meça a resistência do sensor utilizando a extensão do próprio chicote do verculo, ou seja,
conecte o ohmímetro nos terminais correspondentes ao sensor de temperatura no conectar da unidade de ldea
gerenciamento do motor, para isso utilize os terminais 86 e 108. Ou diretamente no componente desconectado, 1.4 Flex
meça a resistência entre os terminais 1 e 2.

Temp. Tensão Sensor de temperatura do ar


5 •...•...•...•...•...•.. - •...•...•...•...•...•....
(DC) (V)
o 4.28
10 3.94 4
20 3.55
30 3.13
40 2.59 c.o
50 2.20 lt'tl
1/)
c:
60 1.81 ~
70 1.48
80 1.19
90 0.95
100 0.75 o ........ . ....... . ....... . ........... .. ....... . ... .
110 0.60 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110 120
120 0.49 Temperatura [0 C]

Temp. Resist. Sensor de temperatura do ar


7000 O I I O I I I I • I I I • I I I .. I I I • I I I .. I I I • I I I I I I I - I I I .. I I I I I I I I

(DC) (Q) I I
I
I
I
I
I
I I
I
I
I
I
I
I
I
I
I
I
I
I
I

o 6100
6000 -.-.-.-:.-.- ... -,:.....-.-l.-.-·-·-··-·-·-·-,:.- ...-.- :.-.-.-.-,:.....-.- l. -.-.-.- l.-.-.-.-1.-.-.-.- l. -.-·-·-=
I I I I I I I I I I I

10 3800
20 2500 5000 - .- t- .- .-.-L-.-.-.- t- .- .- .- .~- .- .- .- t- .- .-.- r.-.- .- .- t- .- .- .- t - .- .- .- t - .- .-.-r.-.-.-.- t - .- .- .-:
30 1700 c:
.!!! 4000
40 1100 u
c:
•lll
50 800
~ 3000
~
-I"-- I" I" I"
~.
I " o- I" I " 11" I"
~
I" I " - - I" I" I" I" o-
~
I"-- I" I" I"
~r
I" •••• I"-- •.•.•. ~
H" ••••
~
I" •. I" •.•.• .

60 580 a::
70 430 2000 •. ·-I",_·- I"·- t- ·-·-I" t - ·- ·- ·- ~- ·-·-I" t -I"·-·-:

80 320
1000 . - .~ I " ~- . - I" . - t- . - .- I " ~- .- . - .- ~- . - .- I " ~ - I" . - . - :
90 240 ~ p ~ ~ p

100 180 • I. • 11. I •'• I. •'• • • • • I. 1 1• . I •'• I . • ' • . I • 11 •• 1 1•. I • ' • •• 1 1• I ••


o
• I • I • • • • • •

110 140 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110 120


0
120 110 Temperatura [ C]

Equação da tensão: Unte= 5,0 I (1 + 1020 I Rntc) ± 5%


Equação da resistência: ln(Rntc) = 34151(T+273) - 3,80 :1:: 1O%
35

ImPresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C•IcI~


ENGENHARIAwww~cloong.br
lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
Fábio Ribeiro von Glehn

001111'011 dD IIIIDr
Sensor de tem peratura da água
Medida de tensão: Unidade de gerenciamento do motor conectada, sensorconectado, chave de ignição
ligada. Meça a tensão entre os dois fios do sensor de temperatura introduzindo uma agulha pela parte traseira
do conector do sensor, ou do conector da unidade de comando ou utilize um chicote adaptador. No sensor
utilize os terminais 1 e 2, já na unidade de comando utilize os correspondentes 109 e 87.
Medida de resistência: Unidade de gerenciamento do motor desconectada, sensor conectado, chave de
ignição desligada. Meça a resistência do sensor utilizando a extensão do próprio chicote do verculo, ou seja,
ldea conecte o ohmímetro nos terminais correspondentes ao sensor de temperatura no conector da unidade de
1.4 Flex gerenciamento do motor, para isso utilize os terminais 109 e 87. Ou diretamente no componente desconectado,
meça a resistência entre os terminais 1 e 2.

Temp. Tensão Sensor de temperatura da água


5 •...•...•...•...•...•...•...•...•...•...•...•....
(DC) (V)
o 4.28
10 3.94 4 •••••r••r•••••••••••••••••r•••••••r••••••••• C

20 3.55
.
~

30 3.13 •i
~
-!!
~
40 2.59
~
50 2.20
60 1.81
70 1.48
80 1.19
90 0.95
100 0.75 o ................................................. .
110 0.60 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110
120 0.49 Temperatura [•C]

Temp. Resist. Sensor de temperatura da água


7000 O O O O .. I O O 10 O O I .. I O O .. O O O .. O O O. O O O .. O O I .. O I O .. I O O .. O O O .. O O O ..

(DC) (Q) O I
I
O
I
O
I
O
I
O
I
O
I
O O
I
I
I
O
I
O
I

o 6100
6000
I O O O O O
-o-o-o-.l.-o-o-o-l.-o-o-o-lo-o-o-o-.l.-o-o·o-l.-o-o-o-l.-o-o-o- ..-o-o-o- l. -o-o·o-.l.-o-o-o- 1. -.-o-o-lo-o-o-o-:
O O I O O

10 3800
.·-· . . . . . . . . . -.- .1.-.-·-·- .:· -·-·-·-=
20 2500 5000 •.•. ,:.., .• -.-l.-.-.-.-:.-.--- --,:.- •.• -.-l.-.-.-.-l.-.---.- ..--- --.- l.-.-.-.-,:.., .•

30 1700 9.
.!!l 4000
40 1100 u
c:
•Cil
50 800
60 580
"*a::
C1)
3000
- ·- ·- ·- ·- ·- ··- ·- ·- ·- -- ·- ·- ·- -- ·- ·- ·- ·- ·- ·- ·- ..- ·- ·- ·- -- ·- ·- ·- -- ·- ·- ·- -- ·- ·- ·- .. - ·- ·- ·-.
~ ~ ~~~. ~ ~ ~r .

70 430 2000 - .. r.-.- .... ,_ ...... t- •.•.•. t .•.•.•. .:..•.•- .. , _•...•. t- ..•.•. t - •.•.•. r. .•.•- •. :
80 320
1000
90 240
100 180
o
110 140 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110 120
120 110 Temperatura [ 0 C]

Equação da tensão: Unte= 5,0 I (1 + 1020 I Rntc) ± 5%


Equação da resistênçia: ln(Rntc) = 3415/(T+273)- 3,80 ± 10%
18

e.I eI ~ . ... .-....


ENGENHARIA www.aolo.oro.br
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSebt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280-010, Gollnl!ll- Golú
nd..@dcaongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

comrale do •••r Bosch 111.1.1


Sensor de pressão absoluta
Medida de tensão: Unidade de gerenciamento do motor conectada, sensor conectado, chave de ignição
ligada. Meça a tensão entre os terminais correspondentes a sinal e massa, ou seja 1 e 4 no senso r ou 86 e
100 na unidade de comando do motor. Introduza uma agulha pela parte traseira do conectar ou utilize um
chicote adaptador.
Eno: admita a possibilidade de uma variação de ± 3% na medida de tensão.

ldea
Bosch O 261 230 030 1.4 Flex
bar KPa mmHg Tensão (V)
0,2 20 150,01 0,301
0,3 30 225,02 0,739
0,35 35 262,52 0,958
0,4 40 300,02 1,177
0,5 50 375,03 1,615
0,6 60 450,04 2,053
0,7 70 525,04 2,491
0,8 80 600,05 2,929
0,9 90 675,05 3,367
0,92 92 690,06 3,455
1 ,O 100 750,06 3,805
1,1 110 825,07 4,243
1,2 120 900,07 4,681
1,23 123 922,57 4,812

Sensor de pressão absoluta


5 ................................................. .

4 • • •• • •• •• •••••••••••••••••••••••••••

3 . . . . . . . • . . . . . . • . . . . . . . . . . . . . . ....•......•.......
~
o
t('Q
UI
c: 2 • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • •••••••••••••••••••••••••••
~

o 20 40 60 80 100 120 140 kPa


o 0,2 0.4 0,6 0,8 1 1,2 1,4 Bar
o 150 300 450 600 750 900 1050 mmHG
Pressão

Equação da tensão: U = 4,38 * P(bar)- 0,575


Equação da pressão: P(bar) =0,228 * U + O, 131
ll

lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C•IcI~ lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
ENGENHARIAwww~cloong.br
Fábio Ribeiro von Glehn

Clllflll jiiiOIIr Bosch 10.9.9

Caixa de relés efusíveis interno


VISTA ANTERIOR VISTA POSTERIOR
Idaa
1.4 Flax

Azul = D

Preto =A A.zul =C
Computador de bordo Computador de bordo

FUS DES11NO FUS DES11NO

12 Farol baixo direito (2) 49 Auto-rádio (A02)


13 Farol baixo esquerdo (2) lntenuptor do farol de neblina (4)
31 Interruptor de marcha a ré (1) Comando do espelho elétrico (7 e 8)
32 Conjunto de alavancas (806) Central de estacionamento (A01)
33 Central do vidro elétrico (8 11) Sensor de chuva (6)
34 Central do vidro elétrico (820) Central do vidro elétrico (A17)
35 Sensor de nfvel de combustfvel (1) Central do teto solar (1)
Interruptor do pedal de freio (3) Comando do teto solar (4)
36 Subwoofer (3) B(Jssola e inclinOmetro (4)
37 Interruptor do pedal de freio (4) Painel de comando (12)
Computador de bordo (13) 50 Airbag {A02)
Painel de instrumentos (A01) 51 Acendedor de cigarros (1)
38 Computador de bordo (01) Computador de bordo (A27)
39 Computador de bordo (17) Painel de comando (AOS)
Auto-rádio (AOS) Luz de placa {1)
40 Vidro traseiro térmico (2) Luz de placa {2)
41 Retrovisor térmico Iluminação de comando aquecedor (1)
42 A8S (18) 52 Central do vidro elétrico (A07)
43 Conjunto de alavancas (A11) Banco elétrico (2)
44 Acendedor de cigarros (2) Conjunto de alavancas (C02)
45 Banco elétrico (2) 53 Computador de bordo (19)
46 Central e motor do teto solar (3} Painel de instrumentos (A03)
47 Central do vidro elétrico {A01}
48 Central do vidro elétrico (A1O} Relê Função

T01 Farol baixo


T11 Aquecedor traseiro térmico
T12 Relê de serviços 1
T13 Relê de serviços 2

18

!mp!1§1o orla !Da! em PAPEL BEC!ClADQ


ln}eçto eltJtt&llca tecnologia tfax

CGIUUII•mlllr BDIC. MD.U

LlaiiZI• •• - • • • • •
Caixa de relés efusíveis do vão do motor
VISTA SUPERIOR
ldea
1.4 Flax

o
::J
-~
Q)
>
o
"O
co
EQ)
::J
CT
cn
Q)

co
...co
'-
Q)

frente do veículo

FUS DESTINO FUS DESTINO

01 Central do painel {P01) 21 Ralé T10 da partida a frio


02 Central do painel {P02) 22 Bobina de igniçao {1)
03 Comutador de igniçAo {A2) Eletro-injetores (1)
04 ABS (02 e 03) 23 Ralé T20 do farol suplementar
06 Ralé T06 eletroventilador (baixa vel.) 30 Ralé T14 do farol de neblina
07 Ralé T07 do eletroventilador (alta vai.)
os Ralé TOS do eletroventilador interno Rei é Funçlo
09 ReléT17
10 Ralé T03 da buzina T02 Farol alto
11 Sonda lambda (4) T03 Buzina
Eletrovélvula do canister (1) TOS Compressor de ar condidonado
Sensor de veloddade (3) T06 Eletroventilador (baixa veloddade)
14 Farol alto direito (10) T07 Eletroventilador (alta velocidade)
1S Farol alto esquerdo (10) TOS Eletroventilador interno
16 Central de injeçAo eletrOnica T09 lnjeçAo eletrOnica (principal)
(39 - Bosch I K52 - Delphi) T10 Partida a frio
Ralé T09 da injeçAo eletrônica T14 Farol de neblina
17 Central de injeçAo eletrônica T17
(M47, M48 e M64- Delphi) T19 Bomba de combustfvel
(04 - Bosch) T20 Farol suplementar
1S Central de injeção eletrônica
(1S- Bosch, K02 e K19- Delphi)
19 Ralé TOS do compressor do ar condic.
20 Ralé T19 da bomba de combustrvel

lmorwo or!glllll em PAPEL BECICLADO eI eI ~ II<C-n'mCenroE~M--n•
a..,...-
-8oAÇO. Te<><>~ O.
ENGENHARIA:.;:::..;,-uo_n,__,..,
Fábio Ribeiro von Glehn

CDIIII'Oie do IIIIDr Bosch .EJ.I.I

lDCIIIzaÇiD dOI CDIIDDDin• dO


CDIIII'OII dO IIIIOr

ldea
1.4 Flex

Injetor
partida a frio
\• cam.
Posição da
Pressão e~· borboleta • -~Velocidade
temperatura do ar -
Detonaçao ~•
~------~~----------~ Temperatura
./a água
Rotação
~
• : IRelésl
Pressão~•
do óleo \ Bobina
Pressão
doAC •
~

Eletroinjetores Sonda lambda
'

Frente do veículo

41

e.I eI ~ . _. . -. _.
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSebt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~"
nd..@dckoongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

..
comrale do •••r Bosch 11111
Bobina de ignição parte traseira do cabeçote
Bomba de combustível no interior do tanque de combustivel
Bomba de partida a frio na caixa de roda dianteira direita
Central de injeção eletrônica vão do motor fixado ao painel corta fogo
Computador de bordo fixado à caixa de fusíveis interna
Corretor da marcha-lenta corpo de borboleta (próx. central injeção)
ldea
Eletro-injetores coletor de admissão 1.4 Flex
Eletroválvula de purga do canister coletor de admissão acima tubulação 4° cil.
Injetor de partida a frio abaixo da central de injeção
Interruptor do reservatório de partida a frio na caixa de roda dianteira direita
Interruptor inercial ao lado do pedal de embreagem
Painel de instrumentos painel de instrumentos
Relé T21 da 4 8 vel. do eletroventildor interno à esquerda do porta-luvas
Sensor de detonação bloco motor abaixo do coletor de admissão
Sensor de posição da borboleta corpo de borboleta (próx. central injeção)
Sensor de pressão e temperatura do ar coletor de admissão acima tubulação 2° cil.
Sensor de pressão do ar condicionado frente do veículo próximo farol lado direito
Sensor de rotação frente do motor
Sensor de temperatura da água parte traseira do cabeçote, próx. bobina ign.
Sensor de velocidade caixa de cambio abaixo do cj. trambulador
Sonda lambda aquecida tubulação de escape na frente do veículo
Termostato eletrônico no conjunto evaporador (alguns possuem)

41

lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C•IcI~ lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
ENGENHARIAwww~cloong.br
Fábio Ribeiro von Glehn

Controle da IDIIDr DelphllmE

Atllm1mento Elatroinjator 1

~~~------~--~~-~
L.-~~. . K.
Elatrolnjator 2

~~~----------~~-~ Elatrolnjator 3
Relé do c:ompi'IIAOr
lnjeçlo eletr6nlca Elatrolnjator 4
lnjeçlo eletr6nlca
ldea lnjeçio eletrônica
1.8 Flex
T09 • Relé principal

Bobina da lgnlçlo

Bomba da c:ombulrlfval

T18 • Relé da bomba


da cornbuatlval lntllrruptor inercial

Saneor da rotaçlo Bomba da combustível


Sanaor da nível da
cornbuatlval
Seneor de prenio abaoluta
Senaor de velocidade
Saneor da tllmplll'lltura do ar

s..,eor da tllmparatura da
égua

Saneor de posiçio da Computador da bordo


borboleta com imobilizador
Incorporado

Acalenldor al.trOnlc:o

AntllnaCODE
Seneor de posiçio do
pedal ecalerador
Painel da lnatrumantas

Sonda lambda aquecida


Altllmador

Saneor da d.tDnaçlo Elatrorilvula do canlatllr

lntllrruptor da praalo
lntllrruptor do pedal da do óleo do motor
embreagem

lntllrruptor duplo
do pedal da freio

T10 • Relé de partida frio

Motor da partida a frio

lnjator da parllda a frio

e.I eI ~ . _. . -. _.
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSebt.., 11111a 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~"
nd..@dcaongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

conlrlle do motor DeiPhl rrmE

Comando da relá (T07) da


2" velocidade da ventilador
da radiador
Interruptor da
ar condicionada
Ventilador do radiador

R11~ncla
ldea
1.8 Flex
Seletor de velocidades
da aletraventlladar Interna Comando da relá (T061 da
CZIVD 1" velocidade da ventilador
101 do radiador
T21 ·Ralá '"velocidade da
eletroventlladar cabal de ar
AZ<:IIIIIR Termoateto eletr6nico
K41
AIIIAZoo
Elatravantlladar de t«<I BRND
Sen1or de preS8Io do fluido
caixa de ar BRJPT
de refrlgereçlo do
K4l ar condicionada

~ TOI • Ralá 1" velocidade da Embresgem do compre11ar


~ eletravantlladar caixa da ar da ar condicionado
~ cz
-= Comando da ralá (TOS) da
.i Conjunta de reslstares Yl compre~~ ar
{ limitadores de velocidade do
de ar condicionada

i
;: elatravantllador AMND

d:a~ce:=lxll~d:•~•=-"~,;~;:~~~·~R~........~

a
lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C l cI~
a lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
ENG ENHARIAwww~cloong.br
Fábio Ribeiro von Glehn

Contnlle da IDIIDr DelphllmE


Pln-aut da unidade de calllnlle do miiDr
(Qj M~ ~KlQ
()448 3216 0117 3349

ldea
1.8 Flex

49 33 17 01 16 32 4864

LO! ~ ~ (q
Term. Descrição
K02 Positivo de bateria- linha 30 protegida pelo fusível F18
K03 Sensor de pressão do fluido de refrigeração do ar condicionado pino 2
K04 Sensor de pressão do fluido de refrigeração do ar condicionado pino 3
K05 Interruptor do pedal de freio pino 3
K07 Relê T05 do compressor de ar condicionado pino 85
K11 Computador de bordo com imobilizador incorporado pino C37- CAN H
K13 Interruptor do pedal de freio pino 1
K16 Relê T09 principal da injeção eletrônica pino 85
K19 Positivo de bateria -linha 30 protegida pelo fusível F18
K20 Sensor de posição do pedal do acelerador pino 1
K23 Relê T19 da bomba de combustfvel pino 85
K24 Relê T07 da 2• velocidade do ventilador do radiador pino 85
K25 Interruptor do pedal da embreagem pino 1
K33 Sensor de posição do pedal do acelerador pino 5
K35 Sensor de posição do pedal do acelerador pino 2
K36 Sensor de posição do pedal do acelerador pino 6
K37 Sensor de posição do pedal do acelerador pino 4
K39 Relê T06 da 1• velocidade do ventilador do radiador pino 85
K43 Computador de bordo com imobilizador incorporado pino C36- CAN L
K45 Solicitação de ar condicionado (interruptor do A/C pino 28 ou termostato eletrônico pino 2)
K49 Sensor de pressão do fluido de refrigeração do ar condicionado pino 1
K50 Sensor de posição do pedal do acelerador pino 3
K51 Relê T10 da partida a frio pino 86
K52 Positivo pós chave de ignição -linha 15 protegida pelo fusível F16
K54 Computador de bordo com imobilizador incorporado pino C20- Diagnose

e.I eI ~ . _. . -. _.
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSabt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~"
nd..@dcaongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

conlrlle do motor DeiPhiiiT21E

PI•Dit da unidade da c.uela da m010r

l5448 3216 01 17 ss49

ldea
1.8 Flex
.!
e
E
~ 49 33 17 01
~ Term. Descrlçlo
f
-1;
M01 Bobina de ignição pino A
'õl M03 Eletroválvula do canister pino 1
l M05 Sensor de rotação pino 2
~
~ M09 Sensor de posição da borboleta pino B
~ M10 Sensor de temperatura da água pino 2
-=
.i
M12 Sensor de posição da borboleta pino C
{
;: M13 Sensor de posição da borboleta pino A
~

M15 Acelerador eletrônico pino E


I.
~ M16 Acelerador eletrônico pino H
~ M17 Bobina de ignição pino A
i
•i: M22 Sensor de rotação pino 1
-e. M26 Sensor de pressão e temperatura do ar pino 4
~
.
~
.;
M31
M32
Acelerador eletrônico pino E
Acelerador eletrônico pino H
!
~
.. M33 Bobina de ignição pino C
~ M37 Sensor de rotação pino 3
s
~
.;: M39 Sensor de detonação pino 1
t
"'
't;
M40 Injetor de partida a frio
': M42 Sonda lambda aquecida pino A
~
M43 Sensor de pressão e temperatura do ar pino 2
~
;: M44 Sonda lambda aquecida pino B
~ M45 Sensor de pressão e temperatura do ar pino 1
~
.:l
~ M46 Sensor de posição da borboleta pino D
.I
~ M47 Alimentação positiva proveniente do relé T09 e protegida pelo fusfvel 17
"' M48 Alimentação positiva proveniente do relé T09 e protegida pelo fusfvel 17
ê:s
..
: M49 Bobina de ignição pino C
~ M52 Sonda lambda aquecida pino C
!
M56 Interruptor da pressão do óleo do motor
M57 Eletroinjetor 1 pino 2
M58 Eletroinjetor 3 pino 2
M59 Eletroinjetor 4 pino 2
M60 Eletroinjetor 2 pino 2
M62 Sensor de detonação pino 2
M62 Sensor de temperatura da água pino 1
M63 Sensor de pressão e temperatura do ar pino 3
M64 Alimentação positiva proveniente do relê T09 e protegida pelo fusível 17
45

lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C•IcI~ lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
ENGENHARIAwww~cloong.br
Fábio Ribeiro von Glehn

Contnlle da IDIIDr DelphllmE


Alimentação da U.C.E Eletroi njetores
carcaça e massa continuidade Isolado 11,0 a 14,00
pino K02 e massa 12,5V pinos M57 e M60 22,0 a 28,00
pino K19 e massa 12,5V pinos M57 e M58 22,0 a 28,00:
pino K52 e massa 0,05V (ignição desligada) pinos M57 e M59 22,0 a 28,00
pino K52 e massa 12,3V (ignição ligada)
ldea
1.8 Flex I Relê principal
Sistema de Ignição
primário isolado 0,4 a 0,6 a
: pinos K16 e K02 170 a 900 I pinos M01 e M33
secundário isolado
0,8 a 1,2 a
4,2 a 5,2 kn
Sensor de rotação e PMS
pinos M05 e M22 500 a 6100
Sistema de combustível
Sensor de pressão absoluta Pressão da linha I 3,5 bar
Verificar gráfico nas páginas seguintes
Vãlvula de purga do canlster
Sensor de temperatura do ar isolado 23,0 a 29,00
Verificar gráfico nas páginas seguintes M03 e M57 (canister +injetor) 34,0 a43,00 .
i
Sensor de temperatura da égua Eletrovélvula de partida a frio

~
-!!
~
Verificar gráfico nas páginas seguintes pinos M40 e K52 I 18,0 a 22,00 .
~
~

Sensor posição da borboleta * ~


*Adote uma margem de 5% para mais ou para menos ~
Fechada Aberta como faixa de tolerância ~
B eA(M09 e M13) 1481 0: 26900
C eA(M12 e M13) 24920: 1190.Q
D eA(M46 e M13) 1851 0: 1851 0
B e C (M09 e M 12) 3431 Q 3431 0:
B e D (M09 e M46) 26660 12900:
C e D (M 12 e M46) 13160 25650:
HeE(M16eM31) 1,60

Aquecimento da sonda lambda aquecida


resist. aquecimento 9,0 a 11,00
pinos M52 e M57 22,0 a 25,0n
aq sonda + injetor
pinos M44 e M42 O, 1 a 0,9V (marcha-lenta)

Sensor posição do pedal do acelerador *


Pedal solto Acionado
2 e 3 (K35 e K50) 12350 12350:
2 e 4 (K35 e K37) 20000 1211.Q
3 e 4 (K50 e K37) 11490 1951 0:
5 e 6 (K33 e K36) 10900: 16350:
1 e 5 (K20 e K33) 16830 16830:
1 e 6 (K20 e K36) 25090 19530:

Sensor de detonação
pinos M39 e M62 resistência infinita

48

e.I eI ~ . _. . -. _.~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlal


Sabt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

ENGENHARIA www.aolo.oro.br
nd..@dckBngoanharl• .oam.b.
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

conlrlle do motor DeiPhl rrmE


Sensor de temperatura do ar na tubulação de admissão
Medida de tensão: Unidade de gerenciamento do motor conectada, sensor conectado, chave de ignição
ligada. Meça a tensão entre os dois fios do sensorde temperatura introduzindo uma agulha pela parte traseira
do conectar do sensor, ou do conectar da unidade de comando ou utilize um chicote adaptador. No sensor
utilize os terminais 1 e 2, já na unidade de comando utilize os correspondentes M45 e M43.
Medida de resistência: Unidade de gerenciamento do motor desconectada, sensor conectado, chave
de ignição desligada. Meça a resistência do sensor utilizando a extensão do próprio chicote do verculo, ou
seja, conecte o ohmímetro nos terminais correspondentes ao sensor de temperatura no conectar da unidade ldea
de gerenciamento do motor, para isso utilize os terminais M45 e M43. Ou diretamente no componente 1.8 Flex
desconectado, meça a resistência entre os terminais 1 e 2 .
.!
~
~
~

f
~ Temp. Tensão Sensor de temperatura do ar
l (DC) (V) 5 ~················································
o 4.17
10 3.78 4
20 3.36
30 2.91
40 2.37
50 1.98
60 1.61
70 1.30
80 1.04
90 0.82
100 0.64
110 0.51 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110 120
120 0.41 Temperatura rCJ
Temp. Resist. Sensor de temperatura do ar
7000 I I I I I I I I • I I I I I I I .. I I I • I I I .. I I I • I I I I I I I - I I I .. I I I I I I I I

(DC) (Q) I I
I
I
I
I
I
I I
I
I
I
I
I
I
I
I
I
I
I
I
I

o 6100
6000 -.-.-.-:.-.- ... -,:.....-.-l.-.-·-·-··-·-·-·-,:.- ...-.- :.-.-.-.-,:.....-.- l. -.-.-.- l.-.-.-.-l.-.-.-.- 1.-.-·-·-=
I I I I I I I I I I I

10 3800
20 2500 5000 - .- t- .- .-.-L-.-.-.- t- .- .- .- .~- .- .- .- t- .- .-.- r.-.- .- .- t- .- .- .- t - .- .- .- t - .- .-.-r.-.-.-.- t - .- .- .-:
30 1700 c:
.!!! 4000
40 1100 u
c
•lll
50 800
~ 3000
~
-I"-- I" I" I"
~.
I " o- I" I " 11"
~
I" •. I" •.•. I".. ~
•. ·-I" •.•. I" •.•.•.•. I"-- •.•.•.~r ~
H" ••••
~
I" •. I" •.•.• .

60 580 a::
70 430 2000 •. ·-I",_·- I"·- t- ·-·-I" t- ·- ·- ·- ~- ·-·-I" t -I"·-·-:

80 320
1000 . - ·- I " ~- . - I" . - t- . - .- I " ~- .- . - .- ~- . - .- I " ~ - I" . - . - :
90 240 ~ p ~ ~ p

100 180
o • I . • 11. I •'• I . •'• • • • • I . 1 1• . I •'• I . • ' • . I • 11 •• 1 1• . I • ' • •• 1 1• I ••
• I • I • • • • • •

110 140 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110 120


0
120 110 Temperatura [ C]

Equação da tensão: Unte= 5,0 I (1 + 1220 I Rntc) ± 5%


Equação da resistência: ln(Rntc) = 39951(T+273) - 3, 77 :1:: 1O%

ImPresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C•IcI~


ENGENHARIAwww~cloong.br
lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
Fábio Ribeiro von Glehn

Controle da IDIIDr DeiPhllmE


Sensor de tem peratura da água
Medida de tensão: Unidade de gerenciamento do motor conectada, sensorconectado, chave de ignição
ligada. Meça a tensao entre os dois fios do sensor de temperatura introduzindo uma agulha pela parte traseira
do conectar do sensor, ou do conectar da unidade de comando ou utilize um chicote adaptador. No sensor
utilize os terminais 1 e 2, já na unidade de comando utilize os correspondentes M62 e M10.
Medida de resis tência: Unidade de gerenciamento do motor desconectada, sensor conectado, chave
de ignição desligada. Meça a resistência do sensor utilizando a extensão do próprio chicote do verculo, ou
ldea seja, conecte o ohmímetro nos terminais correspondentes ao sensor de temperatura no conecto r da unidade
1.8 Flex de gerenciamento do motor, para isso utilize os terminais M62 e M10. Ou diretamente no componente
desconectado, meça a resistência entre os terminais 1 e 2.

Temp. Tensão Sensor de temperatura da água


5 ................................................. .
(OC) (V)
o 3.00
10 2.42 4 ................................................................... .

20 1.91
30 1.48
40 1.07
50 0.82
50 3.45
60 3.09
70 2.72
80 2.35
90 2.00
100 1.67 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110
110 1.40 Temperatura [0 C]
120 1.17

Temp. Resist. Sensor de temperatura da água


7000 I I O .. I O O .. O I I • I I I .. I I I - I I • "

(OC) (Q) I
I
I
I
I
I
I
I
I
I

o 6100
BOOO ·-·---.1.-.-----1.-.-·-·- ·-·---.1.-.-·-·- ·- ·- ·- t- ·- ·- ·- ~- ·- ·- ·- t - ·- ·- ·- ~- ·- ·- ·- !.- ·- ·- --:
10 3800
. . . . .
20 2500 5000 .-.-.-,:.., .• -.-1.-.-·-·- .-.- •. ,:.-.-·-·- ·-·---:.-.--- . -l.-.---.- l.-.-.-.-,:.., .• - ........-.-11

30 1700 c:
.!ll 4000
40 1100 ()
c:
•<ll
50 800
.gj 3000 ~
-I"-- I"
~
I" I " , . . I" I" I"
~
OI " I " o-
~
I"-- I" I" I"
~
.. - I" I"
~
I"-- I" I"
~
• • H" •••• I"
~
•••• I"
~
•••• I"
~.
•• I " - - • • • • • • "

60 580 Cll
0:::
70 430 2000 - .- t- .- .-.-r.-.-.-.-,_.-.-.- t - .- .- .- t- .- .- .-r.-.-.-.- ,_.-.-.- L-.-.-.- t- .- .- .-:
80 320
1000
90 240
100 180 o .... '· ... '· ... '· ... '· ... '· ... '· .. ·'· ... '· ... '· ... '· ... '• ...
110 140 o 10 20 30 40 50 BO 70 80 90 100 110 120
0
120 110 Temperatura [ C]

Equação da tensão até 50 °C: Unte= 5,0 I (1 + 4060 I Rntc) ± 5%


Equação da tensão acima de 50 °C: Unte= 5,0 I (1 + 360 I Rntc) ± 5%
41 Equação da resistência: ln(Rntc) = 35501(T+273) - 4,30 ± 10%

e.I eI ~ . ... .-....


~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSebt.., llllla 719
Novo Sulça. 74280-010, Gollnl!ll- Golú

ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~'
nd..@dcaongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

conlrlle do motor DeiPhl rrmE


Sensor de pressão absoluta
Medida de tensão: Unidade de gerenciamento do motor conectada, sensor conectado, chave de ignição
ligada. Meça a tensão entre os terminais correspondentes a sinal e massa, ou seja 1 e 4 no sensor ou M45
e M26 na unidade de comando do motor. Introduza uma agulha pela parte traseira do conectar ou utilize um
chicote adaptador.
Erro: admita a possibilidade de uma variação de ± 3% na medida de tensão.

ldea
Bosch O 261 230 030 1.8 Flex
bar KPa mmHg Tensão (V)
0,2 20 150,01 0,301
0,3 30 225,02 0,739
0,35 35 262,52 0,958
0,4 40 300,02 1,177
0,5 50 375,03 1,615
0,6 60 450,04 2,053
0,7 70 525,04 2,491
0,8 80 600,05 2,929
0,9 90 675,05 3,367
0,92 92 690,06 3,455
1 ,O 100 750,06 3,805
1,1 110 825,07 4,243
1,2 120 900,07 4,681
1,23 123 922,57 4,812

Sensor de pressão absoluta


5 ................................................. .

4 • • •• • •• •• •••••••••••••••••••••••••••

3 . . . . . . . • . . . . . . • . . . . . . . . . . . . . . ....•......•.......
~
o
t('Q
UI
c: 2 • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • •••••••••••••••••••••••••••
~

o 20 40 60 80 100 120 140 kPa


o 0,2 0.4 0,6 0,8 1 1,2 1,4 Bar
o 150 300 450 600 750 900 1050 mmHG
Pressão

Equação da tensão: U = 4,38 * P(bar)- 0,575


Equação da pressão: P(bar) =0,228 * U + O, 131
41

lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C•IcI~ lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
ENGENHARIAwww~cloong.br
Fábio Ribeiro von Glehn

Caixa de relés etusiVeisinterno


VISTA ANTERIOR VISTA POSTERIOR

Azul = D

Preto= A A.zul =C
Computador de bordo Computador de bordo

FUS DES11NO FUS DES11NO

12 Farol baixo direito (2) 49 Auto-rádio (A02)


13 Farol baixo esquerdo (2) lntenuptor do farol de neblina (4)
31 Interruptor de marcha a ré (1) Comando do espelho elétrico (7 e 8)
32 Conjunto de alavancas (806) Central de estacionamento (A01)
33 Central do vidro elétrico (8 11) Sensor de chuva (6)
34 Central do vidro elétrico (820) Central do vidro elétrico (A17)
35 Sensor de nfvel de combustfvel (1) Central do teto solar (1)
Interruptor do pedal de freio (3) Comando do teto solar (4)
36 Subwoofer (3) B(Jssola e inclinOmetro (4)
37 Interruptor do pedal de freio (4) Painel de comando (12)
Computador de bordo (13) 50 Airbag {A02)
Painel de instrumentos (A01) 51 Acendedor de cigarros (1)
38 Computador de bordo (01) Computador de bordo (A27)
39 Computador de bordo (17) Painel de comando (AOS)
Auto-rádio (AOS) Luz de placa {1)
40 Vidro traseiro térmico (2) Luz de placa {2)
41 Retrovisor térmico Iluminação de comando aquecedor (1)
42 A8S (18) 52 Central do vidro elétrico (A07)
43 Conjunto de alavancas (A11) Banco elétrico (2)
44 Acendedor de cigarros (2) Conjunto de alavancas (C02)
45 Banco elétrico (2) 53 Computador de bordo (19)
46 Central e motor do teto solar (3} Painel de instrumentos (A03)
47 Central do vidro elétrico {A01}
48 Central do vidro elétrico (A1O} Relê Função

T01 Farol baixo


T11 Aquecedor traseiro térmico
T12 Relê de serviços 1
T13 Relê de serviços 2

51

!mp!1§1o orla !Da! em PAPEL BEC!ClADQ


ln}eçto eltJtt&llca tecnologia tfax

Caixa de relés elusivels do vão do motor


VISTA SUPERIOR

o
::J
-~
(].)
>
o
"''ro
"E
(].)
::J
cr
cn
(].)

ro
\...

....ro
Q)

frente do veículo

FUS DESTINO FUS DESTINO

01 Central do painel {P01) 21 Ralé T10 da partida a frio


02 Central do painel {P02) 22 Bobina de igniçao {1)
03 Comutador de ignição {A2) Eletro-injetores (1)
04 ABS (02 e 03) 23 Ralé T20 do farol suplementar
06 Ralé T06 eletroventilador (baixa vel.) 30 Ralé T14 do farol de neblina
07 Ralé T07 do eletroventilador (alta vai.)
os Ralé TOS do eletroventilador interno Rei é Funçlo
09 ReléT17
10 Ralé T03 da buzina T02 Farol alto
11 Sonda lambda {4) T03 Buzina
Eletrovélvula do canister {1) TOS Compressor de ar condidonado
Sensor de veloddade (3) T06 Eletroventilador {baixa veloddade)
14 Farol alto direito (10) T07 Eletroventilador {alta velocidade)
1S Farol alto esquerdo (10) TOS Eletroventilador interno
16 Central de injeçAo eletrOnica T09 lnjeçAo eletrOnica (principal)
(39 - Bosch I K52 - Delphi) T10 Partida a frio
Ralé T09 da injeçAo eletrônica T14 Farol de neblina
17 Central de injeção eletrônica T17
(M47, M48 e M64- Delphi) T19 Bomba de combustfvel
(04 - Bosch) T20 Farol suplementar
1S Central de injeção eletrônica
(1S- Bosch, K02 e K19- Delphi)
19 Ralé TOS do compressor do ar condic.
20 Ralé T19 da bomba de combustrvel

lmorwo or!glllll em PAPEL BECICLADO


Fábio Ribeiro von Glehn

Controle da IDIIDr DelphllmE


lOCIIIzaçia dOI COIDPDDin• dD
Contnll da IDIIOr

ldea
1.8 Flex

Pressão e
temperatura do ar

~UCM

•+-Velocidade
Detonação
Temperatura
Pressão~• ./a água
do óleo

Rotação : IRelésl
\ '\Bobina

Eletroinjetores Sonda lambda


' • "-.Pressão
doAC

Frente do veículo

52

e.I eI ~ . _. . -. _.
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSebt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~"
nd..@dcaongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

conlrlle domDIar leipbl 11T21E


Alternador Frente do motor, lado direito
Bobina de ignição Parte traseira do motor fixado ao cabeçote
Bomba de combustível Reservatório de combustível
Bomba de partida a frio Reserv. partida a frio, lado direito do verculo
Central de injeção eletrônica Vão do motor, acima do servo freio
Computador de bordo Abaixo e a esquerda do volante do veículo, fixado à
ldea
central de fusrveis
1.8 Flex
Eletro-injetores Coletor de admissão lado direito do motor
Eletroválvula de purga do canister Coletor de admissão próximo ao alternador
Injetor de partida a frio Painel corta fogo acima do alternador
Interruptor da pressão de óleo do motor Frente do motor no lado direito e abaixo
Interruptor do pedal de embreagem Fixado ao pedal de embreagem
Interruptor duplo do pedal de freio Pedal de freio
Interruptor inercial Ao lado do pedal de embreagem
Painel de instrumentos Painel de instrumentos
8
Relé R21 da 4 vel. do eletroventildor interno à esquerda do porta-luvas
Sensor de detonação À frente do motor de partida
Sensor de posição da borboleta Na entrada do coletor de admissão
Sensor de posição do pedal do acelerador Pedal acelerador
Sensor de pressão e temperatura do ar Coletor de admissão, acima duto 4° cilindro
Sensor de pressão do ar condicionado Duto do ar condicionado, abaixo farol direito
Sensor de rotação Frente do motor
Sensor de temperatura da água Abaixo da bobina de ignição
Sensor de velocidade Cambio logo abaixo da central de injeção
Sonda lambda aquecida Coletor de escape próximo válvulas escape
Termostato eletrônico Ao lado da caixa de ar no lado direito

53

lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C•IcI~ lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
ENGENHARIAwww~cloong.br
Fábio Ribeiro von Glehn

Controle da motor Maaneu Mare111• UF


Elatrolnjator 1

Aterramento
Elatrolnjator 2

Elatrolnjator 3

Eletroinjetor .&

R31 - Ral6 principal


Mille Bobina de igniçlo 1
1.0 Flex
Senso r da rotaçlo

Bobina de lgnlçlo 2

Seneor de pn141do e
temperatura do ar
lndleador de nlvel do
reaervat6rlo auxiliar
da partida a frio
San.or de temperatura da
illgua Senaor de veloeldade

Sen.or de poelçio da Bomba de eombuativel


borboleta Sensor de nlvel de
eombuatlvel

Sonda lambda aquecida


Painel de inatrumentoe

Sansor de detonaçio

RA1 - Rel6 de partida frio

lmoblllzador
Motor da partida a frio

Injetor de partida a frio


Antena da chave ele1r6nlea

Tomada de dlagnoae

Interruptor de
acionamento do Comttor da mareha.-nta
ar c:ondicionado
e rec:Jreulo
Eletr'ovtlvula do çanJater

R32 - Ral6 do venUiaclor do


radiador I c:ondenaador
(baixa veloeldade)
Aluadordo
rec:Jreulo R..lattncla

RD5 -Rel6 do
eletroventllador VenUiador do radiador
da eatxa de ar

R33 - Relê do venUiaclor do


radiador I c:ondenaador
Saletor de valoeidad• (alta veloeldade)
do alatrovantilador
Interruptor ar c:ondlclonado
da eatxa de ar

EletrovenUiaclor da Tarmoetato aletrOnlc:o


ealxa de ar

Conjunto de reailltorea Senaor da pr888lo do


limitadora• de valocidade do aiatama da ar c:ondicionado
eletroventilador
da eaixa de ar
Embreagem do eompreaaor
de ar condicionado
R11 = Rel6 da ambraqam
do c:ompreaaor de
54 ar c:ondlclonado

e.I eI ~ . _. . -. _.
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSebt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~"
nd..@dcaongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio eletr6n/ca tecnologia flex

Collmle do motor 1111etllare1111• 4AF

P..Oil da Ulldadl dl COIUOII dO IR OlOr

Mille
1.0 Flex

.!
e
E
~
~

f
-1;
'õl
l
~
~ Term. Descrição Term. Descrição
~ 01 Sonda lambda aquecida pino 3 53 Sensor de rotação pino 1
-=
.i
{ 09 Sonda lambda aquecida pino 2 54 Sensor de posição da borboleta pino 1
;:
~ 13 Central do imobilizador pino A06 54 Sensor de temperatura da agua pino 1
I.
~
14 8
Relé R33 pino 86 - 2 velocidade ventilador 55 Sensor de pressão e temperatura ar pino 2
15 Relé R31 pino 85- principal da injeção 56 Sensor de detonação pino 2
~
i 17 Instrumentos pinoA13- sinal temperatura 57 Corretor de marcha-lenta pino 3
•i: 20 Sonda lambda aquecida pino 1 58 Corretor de marcha-lenta pino 4
-e. 25 Tomada de diagnose pino 3 59 Bobina de ignição 1 pino 1
~
.
~
.;
26 Painel de instrumentos pino B14 60 Sensor de posição da borboleta pino 2
! 27 Aterramento 61 Sensor de pressão e temperatura ar pino 1
..~ 28 Aterramento 62 Sensor de temperatura da agua pino 2
~
~
s
.;:
29 Linha 30 protegida pelo fusrvel 33 63 Sensor de detonação - malha
30 Sensor de pressão ar condicionado pino 2 64 Corretor de marcha-lenta pino 2
t
"'
't; 33 Sensor de pressão ar condicionado pino 1 65 Corretor de marcha-lenta pino 1
': Indicador de nivel da partida a frio Bobina de ignição 2 pino 1
~ 34 66
36 Painel de instrumentos pino B04 67 Sensor de rotação pino 2
~
;:
38 Ralé R41 pino 85- partida a frio 68 Sensor de pressão e temperatura ar pino 3
~
~ 39 Sensor de pressão ar condicionado pino 3 70 Sensor de detonação pino 1
.:l
~ 40 Relé R32 pino 86 - 1• velocidade ventilador 71 Eletroinjetor 1 pino 2
.I
~ 41 Relé R11 pino 85- compressor 72 Eletroinjetor 4 pino 2
"'
ê:s 42 Painel de instrumentos pinoA13 75 Sensor de pressão e temperatura ar pino 4
..
:
44 Sonda lambda aquecida malha 76 Sensor de posição da borboleta pino 3
~
! 47 Positivo pós chave de ignição -linha 15 77 Sensor de rotação pino 3
48 Termostato pino 2 ou solicitação de A/C 78 Eletroinjetor 3 pino 2
50 Painel de instrumentos pino A08 79 Eletroinjetor 2 pino 2
52 Eletroválvula do canister pino 2

55

lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO Cl cI~


a lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
ENGENHARIAwww~cloong.br
Fábio Ribeiro von Glehn

Controle da motor Maaneu Mare111• UF


Alimentaçlo da UCE Eletro-lnjetores (resistência)
carcaça e massa continuidade isolado 13,0 a 17,0 o
pino 02 e massa continuidade pinos 71 e 79 26,0 a 34,0 Q
pino 27 e massa continuidade pinos 71 e 78 26,0 a 34,0 n
29 e massa 11,0 a 13,5V- motordeslig. pinos 71 e 72 26,0 a 34,0 O
29 e massa 11 ,O a 13,5V- motor ligado
Mille Sistema de Ignição (resistência)
1.0 Flex 47 e massa O,OV -motor desligado
primário isolado 0,5 a 0,7 n
47 e massa 12,0 a 15,0V- motor ligado
pinos 1 e 3 (66 e 59) 1.0 a 1.4 n
Relê principal (resistência) secundário 1 (1 e 4) 11,0 a 13,0 kO
15 e 47 70 a 90 Q secundário 2 (2 e 3) 11,0 a 13,0 kO

Sensor de rotação e PMS (resistência) Bomba de Combustfvel


53e67 840a 1450 Q Pressão da linha I 3,5 bar
Sensor de pressão absoluta Corretor da marcha-lenta (resistência)
Verificar gráfico nas páginas seguintes pinos 65 e 58 20,0 a 53,0 Q
pinos 64 e 57 20,0 a 53,0 n
Sensor de temperatura do ar
pinos 65 e 57 resistência Infinita
Verificar gráfico nas páginas seguintes
pinos 64 e 58 resistência infinita
Sensor de temperatura da ãgua
Eletroválvula de purga do canister (resist.)
Verificar gráfico nas páginas seguintes
isolado I 18,0 a 22,0 o
Sensor posição da borboleta *
Fechada Aberta
3 e 1 (76 e 60) 2215 a 27080 1334 a 1631!1
3 e 2 (76 e 54) 1447 a 17680 2160 a 2640!1
1 e 2 (60 e 54) 1065 a 13020 1065 a 1302!1

Sonda Lambda
reslst. de aquec. 3,0 a 4,00!
pinos 01 e 71 16,0 a 21,00 aq sonda +
Injetor
pinos 09 e 20 O, 1 a 0,9V (marcha-lenta)

Sensor de detonação (resistência)


pinos 56 e 70 4, 75 a 5,25 MQ

58

e.I eI ~ . _. . -. _.
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSabt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~"
nd..@dckBngoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

Collmle do motor 1111etllare1111• 4AF


Sensor de temperatura do ar na tubulação de admissão
Medida de tensão: Unidade de gerenciamento do motor conectada, sensor conectado, chave de ignição
ligada. Meça a tensão entre os dois fios do sensorde temperatura introduzindo uma agulha pela parte traseira
do conectar do sensor, ou do conectar da unidade de comando ou utilize um chicote adaptador. No sensor
utilize os terminais 3 e 4, já na unidade de comando utilize os correspondentes 55 e 61.
Medida de resistência: Unidade de gerenciamento do motor desconectada, sensorconectado, chave de
ignição desligada. Meça a resistência do sensor utilizando a extensão do próprio chicote do verculo, ou seja,
conecte o ohmímetro nos terminais correspondentes ao sensor de temperatura no conectar da unidade de Mille
gerenciamento do motor, para isso utilize os terminais 55 e 61. Ou diretamente no componente desconectado, 1.0 Flex
meça a resistência entre os terminais 3 e 4.

Temp. Tensão Sensor de temperatura do ar


5 •...•...•...•...•...•...••..•...•...•...•...•...•
(ºC) (V)
o 3,75
10 3,25 4 ...................... 111" ..................................... .. .. .

20 2,75
30 2,27
3
40 1,75
50 1,41
60 1'11
70 0,87
80 0,68
90 0,53
100 0,41
110 0,32 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110 120
120 0,26 Temperatura [°C]

Temp. Resist. Sansor da temperatura do ar


7000 .•..•...•...•...•..••...•...•.•. • ...•...•...•....
(DC) (U) • • ~~ r ~~ p . ~ p ,.

o 6100
6000 - . - . - o- .:.- o+. - ,- t - •+ o• . - ~- ,- .- .- t - .- .-.- r.-.-.- o - ~- •+ o- . - t - .- .- .- ,:- ,- .- .- ~ - .- .- ,- t - .- ,- .- t - •- o+.- :
10 3800
20 2500 5000 - ·- ...- ·- ·-·- -- ·- ,. ·- -- ,. ·- ·- -- ·- ·- ·- ··- ·- ·- ·- -- ·- ·- ·- -- ·- ·- .. ·.- ·- ·- ·-. . ·- ·- ,. -- ·- ,. ·- -- ·- ·- ·-..
~ ~ :" :" :" :" :" :" :-

30 1700 c
-~ 4000
40 1100 c
•Q)
50 800
]i 3000
60 580 0:::
Q)

70 430 2000
80 320
90 240
100 180
110 140 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110 120
120 110 Temperatura [•C]

Equação da tensão: Unte= 5,0 I (1 + 2040 I Rntc) ± 5%


Equação da resistência: ln(Rntc) = 3554/(T+273) - 4,30 ± 10%
51

lmoresso orjgjoa! em PAPEL BECICLADO C•IcI~


ENGENHARIAwww~cloong.br
lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
Fábio Ribeiro von Glehn

Controle dD IDIIDr Maaneu Mare111• UF


Sensor de temperatura da água
Medida de tensão: Unidade de gerenciamento do motor conectada, sensorconectado, chave de ignição
ligada. Meça a tensão e ntre os dois fios do sensor de temperatura introduzindo uma agulha pela parte traseira
do conectar do sensor, ou do conectar da unidade de comando ou utilize um chicote adaptador. No sensor
utilize os terminais 1 e 2, já na unidade de comando utilize os correspondentes 54 e 62.
Medida de resist-encia: Unidade de gerenciamento do motor desconectada, sensor conectado, chave de
ignição desligada. Meça a resistência do sensor utilizando a extensão do próprio chicote do verculo, ou seja,
Mille conecte o ohmímetro n os terminais correspondentes ao sensor de temperatura no conectar da unidade de
1.0 Flex gerenciamento do motor, para isso utilize os terminais 54 e 62. Ou diretamente no componente desconectado,
meça a resistência entre os terminais 1 e 2.

Temp. Tensão Sensor de temperatura da água


5 •...•...•...•...•...•...•...•...•...•...•...•....
(DC) (V)
o 4.28
10 3.94 ............................................................... c
~
20 3.55
30 3.13
40 2.59
50 2.20
60 1.81
70 1.48
80 1.19
90 0.95
100 0.75 o .... . ........... . ............... .. ............... .
110 0.60 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110
120 0.49 Temperatura [•C]

Temp. Resist. Sensor de temperatura da água


7000 O O O O .. I O O 10 O O I - O O O .. O O O .. O O O '" O O O - O O O .. O I O .. I O O 10 O O O .. O • O ~

(oC) (.Q) O I O
I
O
I
O
I
O O
I
O
I
O
I
I O
I
O
I

o 6100
6000
I O O O O
o-o-o·oo-o·o-o-l.-o-o-o-l..-o-o·o-.l.-o-o-o- .. -o-o-o- l. -o-o-o- ..-o-•-•- 1. -o-o-o-oo-o·o-o- l. -o-o·o- l. -o-•-o-:
O I O O

10 3800
.·-· ·-·-··-·-·---l.-.--.-.-:..-.-.-.-,:.
. . . ..•-.-.- ... -·-·---1.-.--.-.-
. . . . . .
..... . -.- :. -.-·-·-··-·-·-·- r. -.-.-.- :. -.---.-:
20 2500 5000
30 1700 9.
.!!l 4000
40 1100 u
c:
•Cil
50 800
60 580
"*a::
C1)
3000
- ·- ·- ·- ·- ·- -- ·- ·- ·- -- ·- ·- ·-..• - ..·- ·- ·- ·- ·- ·- -- ·- ·- ·- -- ·- ·- ·- ··-• ·- ·- ·- ·- ·- ·- ·- -- ·- ·- ·-.
~

r~~
~ ~.~~

r~~
~ . ~r

r ~
.

70 430 2000 - ·- t- ·- ·- ·- ,_ ·- ·- ·- ~- .. ·- ·- t. ·- ·- •. t- ·- ·- ·- t - ·- ·- ·- .~- ·- ·- ·- t - ·- •. ·- t - •. ·- ·-:

80 320
1000
90 240
100 180
o
110 140 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110 120
120 110 Temperatura [ 0 C]

Equação da tensão: Unte= 5,0 I (1 + 1020 I Rntc) ± 5%


Equação da resistência: ln(Rntc) = 39951(T+273) - 3, 77 :1:: 1O%
58

e.I eI ~ . ... .-....


ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~"
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSebt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280-010, Gollnl!ll- Golú
nd..@dcaongoanharl• .oom.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

Collmle do motor 1111etllare1111• 4AF


Sensor de pressão absoluta
Medida de tensão: Unidade de gerenciamento do motor conectada, sensor conectado, chave de ignição
ligada. Meça a tensão entre os terminais correspondentes a sinal e massa, ou seja 4 e 1 no sensor ou 75
e 61 na unidade de comando do motor. Introduza uma agulha pela parte traseira do conectar ou utilize um
chicote adaptador.
Eno: admita a possibilidade de uma variação de ± 3% na medida de tensão.

Mille
Bosch O 261 230 030 1.0 Flex
bar KPa mmHg Tensão (V)
0,2 20 150,01 0,301
0,3 30 225,02 0,739
0,35 35 262,52 0,958
0,4 40 300,02 1,177
0,5 50 375,03 1,615
0,6 60 450,04 2,053
0,7 70 525,04 2,491
0,8 80 600,05 2,929
0,9 90 675,05 3,367
0,92 92 690,06 3,455
1,0 100 750,06 3,805
1,1 110 825,07 4,243
1,2 120 900,07 4,681
1,23 123 922,57 4,812

Sensor de pressão absoluta


5 ................................................. .

4 • . . . . . . •. . • . . • • . . • . . . . . . . . . . . . . . . . . •

3 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .................. .
~
o
tt"O
1/)
c: 2 • •. . •. . • . . • . . • • . . • . . . •..•.•.•....••..•..••....•.
~

o ................................................. .
o 20 40 60 ao 100 120 140 kPa
o 0,2 0,4 0,6 0,8 1 1,2 1,4 Bar
o 150 300 450 600 750 900 1050 mmHG
Pressão

Equação da tensão: U = 4,38 * P(bar)- 0,575


Equação da pressão: P(bar) =0,228 * U + O, 131
59

lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C•IcI~ lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
ENGENHARIAwww~cloong.br
Fábio Ribeiro von Glehn

Controle da matar Maaneu Mare111• UF


lDcallzaÇID de CDIDP•entes

Mille
BBB
1.0 Flex
B Atnis da caixa de fusfvels
interna

B
Vão do motor atr
do far~l esquerd
ou aba1xo do pn~
estepe

Caixa de fusfvels Interna

Atenção: a localização pode mudar de veículo para veículo.


Identifique pela coloração e também pela amperagem do componente.
CaiXa de fusíveis Interna Fus DESTINO
22 lmobilizador
Indicador de nfvel de combustrvel
FUS DESTINO Injeção eletrônica
01 Autorádio Relé da injeção eletrônica
Luzes de placa Relé de partida a frio
Luz de posição diant. esq e tras. dir. 23 Relé de partida a frio
Painel de instrumentos
02 Acendedor de cigarros Relé Função
Conjunto de interruptores R04 Limpador traseiro
Luz de posição diant. dir. e tras. esq. R05 Eletroventilador interno
03 Farol baixo esquerdo R06 Exclusão de cargas
04 Farol baixo direito R07 Desembaçador do vidro traseiro
05 Farol alto esquerdo R11 Compressor do ar condicionado
Painel de instrumentos
06 Farol alto direito Atrás da caixa de fusíveis interna
09 Alavanca de direçao
10 Interruptor dos vidros elétricos FUS DESTINO
12 Acendedor de cigarros 31 30A- Relé da injeção eletrônica
Autorádio 32 15A- Sonda lambda
Iluminação interna Eletroválvula do canister
Interruptor do pedal de freio 33 1OA- Imobilizador
Painel de instrumentos Injeção eletrônica
13 Buzina Relés do eletroventilador
14 Relê do desembaçador do vidro traseiro 34 7,5A- Rei é do compressor do AJC
15 Alavanca de direção
Ar condicionado e recrrculo Relé Função
Motor do limpador do vidro traseiro R31 Amarelo -Injeção eletrônica
R32 Amarelo - 18 vel. do eletroventilador

.......... _.....
Relê do limpador do vidro traseiro
16 Alavanca de direção R33 Azul- 28 vel. do eletroventilador
17 Ar condicionado e recrrculo llllll•llr llrá IID ...lll.lrlll
Interruptor de marcha a ré
Painel de instrumentos -=---- - - - - - _ J
18 Ventilação interna FUS DESTINO
20 Relês do eletroventilador 41 Relé de partida a frio
21 Relê do compressor do ar condicionado
Relé Função
81 R41 Partida a frio

e.I eI ~ . ... .-....


ENGENHARIA
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSabt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

www.aolo.oro.bo'
nd..@dcaongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

Collmle do motor 1111etllare1111• 4AF

lOCIIIZiçiO dl COIIHIIIIII

lOCIIIZiçiO dOI COIDPOIIItel dO


collrole do motor
Injetor
Nível partida a f~o
partida a frio~ \ osição da Mille
• borbt'eta 1.0 Flex
Bomba \ CaniJ>ter
partida a frio,.....
Pressão e_... i Corretor : •~Velocidade
temperatura do ar Deton~ção ML ~.
UCM
~,
..... Temperatura
./a água
Rota~o
~
I• • • -•1

//F
; ? : ina

Pressão--...
t
do óleo Relé
partida a frio

Eletroinf Sond~mbda
\~~~
Frente do veículo
Bobina de ignição parte traseira do cabeçote
Bomba de combustível no interior do tanque de combustível
Bomba de partida a frio painel corta-fogo canto direito
Central de injeção eletrônica vão do motor lado direito
Central do imobilizador fixado abaixo da coluna de direção
Corretor da marcha-lenta corpo de borboleta
Eletro-injetores coletor de admissão
Eletroválvula de purga do canister próximo à tubulação de admissão do 2° cil.
Injetor de partida a frio painel corta-fogo lado esquerdo
Interruptor do reservatório de partida a frio painel corta-fogo canto direito
Interruptor térmico do compressor ao lado caixa de ar próx. pedal acelerador
Painel de instrumentos painel de instrumentos
Pressostato próximo ao farol esquerdo
Sensor de detonação bloco motor abaixo do coletor de admissão
Sensor de posição da borboleta corpo de borboleta
Sensor de pressão e temperatura do ar coletor de admissão próx. tubulação 2° cil.
Sensor de pressão do ar condicionado próximo ao farol esquerdo
Sensor de rotação frente do motor
Sensor de temperatura da água parte traseira do cabeçote- próx. bobina ign.
Sensor de velocidade caixa de cambio abaixo do cj. trambulador
Sonda lambda aquecida tubulação de escape na frente do veículo
Termostato eletrônico no conjunto evaporador (alguns possuem)
Tomada de diagnose ao lado da central de injeção eletrônica 11

lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C•IcI~ lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
ENGENHARIAwww~cloong.br
Fábio Ribeiro von Glehn

Controle dD IDIIOr MagneU Mare111• UF 1:011 CDIDPUIIdDr de bordo

r:t~h
...
.:1
PT
PT
'ZT
71
AZ-T Eletroinjetor 1

21
Aterramento ::I
-..
PT
71
PTND r:t~ h
-
r=r"' Eletrolnjetor 2

........ (+10)

-
~(+'11)
VIl

LR
21
47
71
IIRND r:t ~h
-
r=r"'
Eletrolnjetor 3

Palio = ...
.... 1...~
72

.
BRND rt ~ ~
-
r=:"''
Eletrolnjetor 4

~~ ,_
IIR/PT

Siena ~o-~ 11hl


Strada Ralé principal (T09)
~r 15
VI
11 Bobina de lgnlçlo

l.~t!
~-
~"
1.0 oav 1 ...11M_
- ~
~ i7 •
BR AMIPT
Senaor de rotaçio . L!!!!!:
FIex ... 77 ~
te

_±::j~ Interruptor Inercial


.i
.
~
VIIIPT ~
1.3 oav ~
FIex Seneor de preulo e
liR

- ~1 1
temperatura do er
~
PT
~ Bomba de combustfvel
RBIPT

- - ' .i.C"rBY"' 1
s
. ~

..I.
............
fi-

Serwor de nlvel
~
i
- de comb1111tivel

d!O•
c
...1"7'"1.•~
Senaor de temperatura de
aligue ~· 1-1
CZIIIR
BM'T
if
~
.
............ 21 YIIND
Sensor de velocidade
•i
~
Senaor de poalçlo de --r" YDIPT ~ -!!
C1 7 ~
8t"

--E©
borboleta i[ PT
C11 ~.
.-
BAIPT
CZMI
Ati c

- r 4-a YIIPT ..... ~


Sonde lembde aquecida
-L
~. .... D1
--:-- OI
RUIR
PTIRS
CAN L
CAN H Computador de bordo i
:i:

--
~.. 2 32
VD
21
DI o•-L~II• K com lmoblllzedor
"1::: ... 44 BRNII Incorporado
Ih. IIIIIAZioL
,.fc
Senaor de detoneçlo
tll
....-
VI
-1!!!!!!.: ... ar:- -
-
C11 ..
t:.

~ ~
~~ ...... "1'1 PTNI
31
R1 O • Reli de partida frio
~
........, l!;jSD :l""i7
"'
LI
AnteneCODE ~
5
Motor de pertlde e frio
LcriD-JI-+ ...,_
...... .:"'
i
Injetor de partida e frio ~ ..,......
~~ Alternador ~
~
.
~

Ll~QQ
~
;'
1]- Painel de lnetrumentos ;.;
u"" i.

. ·-
11

14
A2oiiPT

BRJRS
CZIVD
1
4~
2
~~
Corretor da marcha-lente
~
.:.:;
.:-c
....~
17

YDIBR ri~ h ........


12 Eletrorilvula do cenlstar
- ~

:::::. CZ/AIII r1
LI ... Interruptor de preulo
~
..,
t;
'I'

do óleo do molar
~c
I ~

82

e.I eI ~ . _. . -. _. ~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSebt.., llllla 719


Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll- Golú

ENGENHARIA www.aolo.oro.bo"
nd..@dcaongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

Collrale llo m•or Maanetllarellll• 4Af com eomputallor lle borllo

TD6-rwléda1"~
do ventlllldor do racladDr
Interruptor do
ar condicionado Eletravenlllador de
•...r.c~menta

T06 • rel6 da 1" velocidade


do venthdor do radiador Palio
Siena
Seletor de velocldadea
do eletroventllador Interno Realator limitador de Strada
velocidade

T21 ·Ralá '"velocidade do Elatroventllador de 1.008V


eletroventllador caixa de ar ~rrefec:lmento FIex
Eletroventllador da T07 • ral6 da Z' velocidade
caixa da ar 14
CZIPI' do ventil ador do radiador 1.308V
FIex
TOI • Ralá 1" velocidade do
alatroventllador caixa da ar
... AZc~MR Termostato eletr6nlco

.uo~eR
+H Sansor de preulo do fluido
de refrtgeraçlo do
ConJunto da raalatorn · 33 ar condicionado
llmltadorea de velocidade do
eletrovantllador
AZoo/VIII
da caixa de ar 41
T05 - n1116 do compraasor
de ar condicionado

Embn~agem do
compressor de ar

~~. ..-.-.-.-.-.-.-
. . . . . . .----~
. . . ~--~-~
. ... -..
I' • • • • • • • • • • 'I
, .IIL
I' • • • • • •

~'~c" ~ L------..1

13

lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO Cl cI~ a lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
ENGENHARIAwww~cloong.br
Fábio Ribeiro von Glehn

Controle dD IDIIOr MagneU Mare111• UF 1:011 CDIDPUIIdDr de bordo

Pln-aut da unidade de calllnle do miiDr

Palio
Siena
Strada

1.0 oav
FIex
Term. Descrição
1.3 oav
FIex 01 Sonda lambda aquecida pino 3
06 Computador de bordo com imobilizador incorporado pino C36- CAN L
08 Interruptor da pressão do óleo
09 Sonda lambda aquecida pino 2
14 Ralé T07 pino 85- 2ª velocidade do ventilador do radiador
15 Ralé T09 pino 85- principal da injeçao eletrônica
20 Sonda lambda aquecida pino 1
25 Computador de bordo com imobilizador incorporado pino C20- Diagnose
27 Aterra manto
28 Aterra manto
29 Positivo de bateria- linha 30 protegida pelo fusrvel F18
30 Sensor de pressão do fluido de refrigeração do ar condicionado pino 2
32 Computador de bordo com imobilizador incorporado pino C37- CAN H
33 Sensor de pressão do fluido de refrigeração do ar condicionado pino 1
38 Ralé T1 O pino 85 - partida a frio
39 Sensor de pressão do fluido de refrigeração do ar condicionado pino 3
40 Ralé T06 pino 85- 1ª velocidade do ventilador do radiador
41 Ralé T05 pino 86 - compressor de ar condicionado
44 Sonda lambda aquecida - malha
47 Positivo pós chave de ignição- linha 15 protegida pelo fusrvel F16
48 Solicitação de ar condicionado (interruptor do A/C) pino 2B
52 Eletroválvula do canister pino 2
Term. Descrição

84

e.I eI ~ . _. . -. _.
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSabt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~"
nd..@dcaongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

Collrale llo m•or Maanetllarellll• 4Af com eomputallor lle bonlo


PIHUllll Ulldldl dl COIUOII dO IDOlOr

Palio
Siena
Strada
.!
e
E
~ 1.008V
~
FIex
f
-1; 53 Sensor de rotação pino 1
'õl 1.308V
54 Sensor de posição da borboleta pino 1
l FIex
~ 54 Sensor de temperatura da agua pino 1
~
55 Sensor de pressão e temperatura do ar pino 2
~
-=
.i
56 Sensor de detonação pino 2
{ 57 Corretor de marcha-lenta pino 3
;:
~
58 Corretor de marcha-lenta pino 4
I.
~
59 Bobina de ignição pino 3

~ 60 Sensor de posição da borboleta pino 2


i 61 Sensor de pressão e temperatura do ar pino 1
•i:
62 Sensor de temperatura da água pino 2
-e.
~ 63 Sensor de detonação- malha
.
~
.;
64 Corretor de marcha-lenta pino 2
! 65 Corretor de marcha-lenta pino 1
..~ 66 Bobina de ignição pino 1
~
~
s
.;:
67 Sensor de rotação pino 2

t
"'
't;
68
70
Sensor de pressão e temperatura do ar pino 3
Sensor de detonação pino 1
':
~ 71 Eletroinjetor 1 pino 2
~
;:
72 Eletroinjetor 4 pino 2
~ 75 Sensor de pressão e temperatura do ar pino 4
~
.:l
76 Sensor de posição da borboleta pino 3
~
.I 77 Sensor de rotação malha
~ 78 Eletroinjetor 3 pino 2
"'
ê:s
..
:
79 Eletroinjetor 2 pino 2
~
!

15

lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C•IcI~ lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
ENGENHARIAwww~cloong.br
Fábio Ribeiro von Glehn

Controle da motor Maaneu Mare111• UF m11 CDIDPUIIdDr de bordo

Alimentação da UCE Eletro-injetores (resistência)


carcaça e massa continuidade isolado 13,0 a 17,0 o
pino 27 e massa continuidade pinos 71 e 79 26,0 a 34,0 n
pino 28 e massa continuidade pinos 71 e 78 26,0 a 34,0 n
29 e massa 11,0 a 13,5V- motordeslig. pinos 71 e 72 26,0 a 34,0 O
29 e massa 11 ,O a 13,5V- motor ligado
Palio Sistema de Ignição (resistência)
Siena 47 e massa O,OV -motor desligado
primário isolado 0,5 a 0,7 n
Strada 47 e massa 12,0 a 15,0V- motor ligado
pinos 1 e 3 (66 e 59) 1.0 a 1.4 n
1.0 oav Relê principal (resistência) secundário 1 (1 e 4) 10,4 a 12,8 kQ
FIex 15 e 47 70 a 90 .0 secundário 2 (2 e 3) 10,4 a 12,8 kQ

1.3 oav Sensor de rotação e PMS (resistência) Bomba de Combustfvel


FIex
53e67 840a 1450 n Pressão da linha I 3,5 bar
Sensor de pressão absoluta Corretor da marcha-lenta (resistência)
Verificar gráfico nas páginas seguintes pinos 65 e 58 20,0 a 53,0 Q
pinos 64 e 57 20,0 a 53,0 o
Sensor de temperatura do ar
pinos 65 e 57 resistência infinita
Verificar gráfico nas páginas seguintes
pinos 64 e 58 resistência infinita
Sensor de temperatura da água
Eletroválvula de purga do canister (resist.)
Verificar gráfico nas páginas seguintes
isolado 18,0 a 22,0 o
Sensor posição da borboleta * pinos 52 e 71 31 ,0 a 39,0 n canister + inj.
Fechada Aberta
3 e 1 (76 e 60) 2500 a 31000 1400 a 1800.0
3 e 2 (76 e 54) 1600 a 2000Q 2400 a 2900.0
1 e 2 (60 e 54) 1200 a 1500n 1200 a 1500n

Sonda Lambda
resist. de aquec. 3,0 a 6,0n
pinos 01 e 71 16,0 a 23,00 aq sonda +
injetor
pinos 09 e 20 O, 1 a 0,9V (marcha-lenta)

Sensor de detonação (resistência)


pinos 56 e 70 4, 75 a 5,25 Mn

88

e.I eI ~ . _. . -. _.
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSebt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~"
nd..@dckBngoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

Collrale llo m•or Maanetllarellll• 4Af com eomputallor lle bonlo


Sensor de temperatura do ar na tubulação de admissão
Medida de tensão: Unidade de gerenciamento do motor conectada, sensor conectado, chave de ignição
ligada. Meça a tensão entre os dois fios do sensorde temperatura introduzindo uma agulha pela parte traseira
do conectar do sensor, ou do conectar da unidade de comando ou utilize um chicote adaptador. No sensor
utilize os terminais 1 e 2, já na unidade de comando utilize os correspondentes 61 e 55.
Medida de resistência: Unidade de gerenciamento do motor desconectada, sensorconectado, chave de
ignição desligada. Meça a resistência do sensor utilizando a extensão do próprio chicote do verculo, ou seja,
conecte o ohmímetro nos terminais correspondentes ao sensor de temperatura no conectar da unidade de Palio
gerenciamento do motor, para isso utilize os terminais 61 e 55. Ou diretamente no componente desconectado, Siena
meça a resistência entre os terminais 1 e 2 . Strada
.!
~ 1.008V
~
~
FIex
f
-1;
Temp. Tensão Sensor de temperatura do ar
'õl 5 •...•...•...•...•...•...•...••..•...•...•...•.... 1.308V
(OC)
l (V) FIex
o 3,75
10 3,25 4 ~··•ll•••• • ••••••..,•••••••••••••••v•••••••••• • ••• • •

20 2,75
30 2,27
40 1,75 ~
o
50 1,41 <(IJ
cn
c 2
60 1,11 ~
70 0,87
80 0,68
90 0,53
100 0,41
o ····-···-···-·······-···--··-···-···-···-···-····
110 0,32 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110 120
120 0,26 Temperatura rC1

Temp. Resist. Sensor de temperatura do ar


7000 ••• •• • ••• •• ' • • ' •• ' ••• •• •• • ••• ••• • •• •• ' •• • •• ' • •• ••
(OC) (Q) • r ~ r ~ • r r r • r r

o 6100
6000 - o- o- o- t- . - o- o - ~- o- o- ,- t - o- , - o + ~- , - o - o - .:.- o+ o- o- r.- o+ o- o - ~- o- o- o- t- r - o- o - ,: - , - o- o+ r. - o+ o- , - t - o- o+ o- :
10 3800
20 2500 5000
~
- r - - - r- r· r·
r
~
H"

r
r· r - I"
~

r
O" I" r·--
r
~.
I" r· O" . .-


O" O" r·
~
10 "

r
O" r·
~
O"--

r
r· O" O"
:"
r · r·
r
O" r·
.
10"


I" r· O"
~
.. .

r
r· O" I"
~

r
O" O"
.
r· r

30 1700 Cf
40 1100 -~ 4000
c
•Gl
50 800 ]2
cn 3000
60 580 ~
70 430 2000 - ·- ~- ·- ·- ·- ~- ·- ·- ·- ,:_ ·- ·- ·- ~ - ·- ·- ·- ~- ·- ·- ·- t. ·- ·- ·- .:- ·- ·- ·- ~- ·- ·- ·- t - ·- ·- ·-:

80 320
90 240
100 180
110 140 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110 120
120 110 Temperatura [ 0 C]

Equação da tensão: Unte= 5,0 I (1 + 2040 I Rntc) ± 5%


Equação da resistência: ln(Rntc) = 35541(T+273) - 4 ,30 ± 10%
11

lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C•IcI~


ENGENHARIAwww~cloong.br
lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
Fábio Ribeiro von Glehn

Controle dD IDIIOr Maaneu Mare111• UF 1:011 Computador de bordo


Sensor de temperatura da água
Medida de tensão: Unidade de gerenciamento do motor conectada, sensorconectado, chave de ignição
ligada. Meça a tensão e ntre os dois fios do sensor de temperatura introduzindo uma agulha pela parte traseira
do conector do sensor, ou do conector da unidade de comando ou utilize um chicote adaptador. No sensor
utilize os terminais 1 e 2, já na unidade de comando utilize os correspondentes 54 e 62.
Medida de resist-encia: Unidade de gerenciamento do motor desconectada, sensor conectado, chave de
ignição desligada. Meça a resistência do sensor utilizando a extensão do próprio chicote do verculo, ou seja,
Palio conecte o ohmímetro n os terminais correspondentes ao sensor de temperatura no conector da unidade de
Siena gerenciamento do motor, para isso utilize os terminais 54 e 62. Ou diretamente no componente desconectado,
Strada meça a resistência entre os terminais 1 e 2.

1.0 oav
FIex

1.3 oav Temp. Tensão Sensor de temperatura da água


5 •...•...•...•...•...•...•...•...•...•...•...•....
FIex (DC) (V)
o 4.28
10 3.94 •••••r••r••••••••••••••••••••r•••••••••••••• C
~
20 3.55
30 3.13
40 2.59
50 2.20
60 1.81
70 1.48
80 1.19
90 0.95
100 0.75 o .... . ............................ .. ............... .
110 0.60 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110
120 0.49 Temperatura [•C]

Temp. Resist. Sensor de temperatura da água


7000 O O O O .. I O O 10 •• I - ...... O . .. O •• 10 •• O ........ I ... I •• 10 • O . .. . . . ~

(oC) (.Q) • I •
I

I

I
O •
I

I

I
I
I

I

I

o 6100
6000
I • • O • •
-o-o-o-oo-o·o-o-l.-o-o-o-l..-o-o·•-.1.-o-o-o- .. -o-o-o- l. -o-o-o-.'.-o-•-•- l. -o-o-o-.l.-o-o-o- l. -o-o-o- lo -o-•-•-=
I • •

10 3800
.·-· . . .
·-·-··-·-·---1.-.-.-.-:..-.-·- --,:.-. ...-.- .. -.-.-.-l.-.-.-.-l.-.-
. . --.- .:..-.-.-.-,:..,
. .• -.- .l. -.-.-.- .:.-.---.-:
20 2500 5000
30 1700 9.
.!!l 4000
40 1100 u
c:
•Cil
50 800
60 580
"*a::
C1)
3000
- ·- .. - ·- ·- ·- -- ·- ·- ..- -- ·- ·- ·-..• - ,. ·- ·- .. - ·- ·- ·- ..- ·- ..- ·- -- ·- ·- ·- -- ·- ·- ·- .. - ·- ·- ·- .. - ·- ..- ·-.
~

r~~
~ ~.~~

r~~
~ ~

~
~r

r ~
.

70 430 2000 - .. t- ....... ,_ •...•. ~- ..•.•. t .•.•... !:.- ....... t - •...•. L- •.•••• t - •.•.•. r. ........ :

80 320
1000
90 240
100 180
o
110 140 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110 120
120 110 Temperatura [ 0 C]

Equação da tensão: Unte= 5,0 I (1 + 1020 I Rntc) ± 5%


Equação da resistência: ln(Rntc) = 3995/(T+273) - 3, 77 :1:: 1O%
81

e.I eI ~ . ... .-....


ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~"
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSebt.., llllla 719
Novo Sulça. 74280-010, Gollnl!ll- Golú
nd..@dcaongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

Collrale llo m•or Maanetllarellll• 4Af com eomputallor lle bonlo


Sensor de pressão absoluta
Medida de tensão: Unidade de gerenciamento do motor conectada, sensor conectado, chave de ignição
ligada. Meça a tensão entre os terminais correspondentes a sinal e massa, ou seja 1 e 4 no sensor ou 61
e 75 na unidade de comando do motor. Introduza uma agulha pela parte traseira do conectar ou utilize um
chicote adaptador.
Eno: admita a possibilidade de uma variação de ± 3% na medida de tensão.

Palio
Bosch O 261 230 030 Siena
bar KPa mmHg Tensão (V) Strada

0,2 20 150,01 0,301 1.008V


0,3 30 225,02 0,739 FIex
0,35 35 262,52 0,958
1.308V
0,4 40 300,02 1,177
FIex
0,5 50 375,03 1,615
0,6 60 450,04 2,053
0,7 70 525,04 2,491
0,8 80 600,05 2,929
0,9 90 675,05 3,367
0,92 92 690,06 3,455
1 ,O 100 750,06 3,805
1,1 110 825,07 4,243
1,2 120 900,07 4,681
1,23 123 922,57 4,812

Sensor de pressão absoluta


5 ................................................. .

4 • • •• • ••• • •••••••••••••••••••••••••••

3 . . . . . . . • . . . . . . • . . . . . . . . . . . . . . ....•......•.......
~
o
t('Q
UI
c: 2 • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • •••••••••••••••••••••••••••
~

o 20 40 60 80 100 120 140 kPa


o 0,2 0.4 0,6 0,8 1 1,2 1,4 Bar
o 150 300 450 600 750 900 1050 mmHG
Pressão

Equação da tensão: U = 4,38 * P(bar)- 0,575


Equação da pressão: P(bar) =0,228 * U + O, 131
li

lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C•IcI~ lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
ENGENHARIAwww~cloono.br
Fábio Ribeiro von Glehn

Clllflll jll1011r· - M. .lll . .4IF COII CIIIJIIIjlfda bofjO

laCII..çll dlc. .J•ntn

Caixa de relés efusíveis interno


VISTA ANTERIOR VISTA POSTERfOR
Palio
Siana
Strada
12l lJrrom=

1.0 08V
Flex

1.3 08V Azul= D


Flex

Preto =A A.zul =C
Computador de bordo Computador de bordo

FUS DES11NO FUS DES11NO

12 Farol baixo esquerdo (2) 49 Auto-rádio (A04)


13 Farol baixo direito (2) Interruptor do farol de neblina (4)
31 Interruptor de marcha a ré (1) Comando do espelho elétrico (7 e 8)
32 Conj. alavancas (806) Central de estacionamento (A01)
33 Central do vidro elétrico (B 11) Sensor de chuva (1)
34 Central do vidro elétrico (820) Central do vidro elétrico (A17)
35 Sensor de nfvel de combustfvel (1) 50 Airbag (A02)
37 Interruptor do pedal de freio (1) 51 Acendedor de cigarros (1)
Computador de bordo (13) Painel de comando (A06)
38 Computador de bordo (01) Iluminação de comando aquecedor (1)
39 Computador de bordo (17) 52 Central do vidro elétrico (A07)
Auto-rádio (A07) Banco elétrico (2)
40 Vidro traseiro térmico (2) 53 Computador de bordo (19)
42 ABS (15)
43 Conj. alavancas (A11) Relê Função
44 Acendedor de cigarros (2)
45 Banco elétrico (1) T01 Farol baixo
47 Central do vidro elétrico (A01) T11 Aquecedor traseiro ténnico
48 Central do vidro elétrico (A1O) T12 Ralé de serviços 1
T13 Ralé de serviços 2

11

!mp!1§1o orla !Da! em PAPEL BEC!ClADQ


ln}eçfo elettenlca tecnologia tlex

C. . .ll ........ --IMIIIIII . . 41FCOIII CIIIIJIIIdDrdiiMrdO

llallllliO 111 COIIDOIIIIII

Caixa de relés efusíveis do vão do motor


VISTA SUPERIOR

~~Q~
u o~~~~
Palio
Slena
Strada
~ N m ~ ~ rn oo o 1.008V
:J

I 18 I I
,ü FIex
(1)
> 1.308V
[ill] T06 T02 [ill] o FIex
I F231 T07 ITill -o
~
ro
[ill] [ ros] [ill] "E
(1)

[ill]~
:::J
o-
I F221 T09 [ T03]= Cf)
(1)

T20 I ~IF30I ~
[ill] [ ~
c=J WKl ro
IF2ol~: Tos]~I Fo91
frente do veículo
.
~ FUS DESTINO FUS DESTINO
'e
i
.a
~ 01 Central do painel (P02) 21 Relê T10 da partida a frio
~
~
02 Central do painel (P02) 22 Bobina de ignição (1) se IAW 4AF ou IAW 4SF
'! 03 Comutador de ignição (A2) Eletro-injetores (1) se IAW 4AF ou IAW 4SF
~ 04 ABS (17 e 18) Bomba de combusttvel {1)
~ 06 Rei é TOS eletroventilador (baixa vel.) 23 Relé T20 do farol suplementar
a
:1
o1 Relé T07 do eletroventilador {aHa vel.} 30 Ralé T14 do farol de neblina
3 08 Relé TOS do eletroventilador interno
~ 09 ReléT17 Relé Função
.=.
t, 10 Relé T03 da buzina
~
11 Sonda lambda (4) T02 Farol aHo
Eletroválvula do canister (1) T03 Buzina
Sensor de velocidade (3) TOS Compressor de ar condicionado
14 Farol alto direito {10) TOS Eletroventilador (baixa velocidade)
15 Farol alto esquerdo (10) T07 Eletroventilador {alta velocidade)
16 Central de injeção eletrônica TOS Eletroventilador interno
(05 se IAW 4SF /15 se IAW 4AF I B62 se 5NF) T09 Injeção eletrônica (principal)
Relé T09 da injeção eletrônica T1 O Partida a frio
Relê T10 da partida a frio T14 Farol de neblina
17 Bobina de ignição (2)- somente 5NF T17
Eletro-injetores (1)- somente 5NF T19
18 Central de injeção eletrônica T20 Farol suplementar
(28 se IAW 4SF /29 se IAW 4AF I B16 se 5NF)
19 Relé TOS do compressor da ar condic.
20 ReléT19 J1

lmP!H110 Q!'IQID8! em PAPEL BEC!CLADO


Fábio Ribeiro von Glehn

Controle dD IDIIOr MagneU Mare111• UF 1:011 CDIDPUIIdDr de bordo

lOCIIIzaÇiD dOI COIDPDIII. dO


Controle dD IDIIOr

Palio
Siena
Strada

1.0 oav
FIex
Injetor
1.3 oav partida a frio
FIex
\• cam.
Posição da
Pressão e~· borboleta • -~Velocidade
temperatura do ar -
De tonaçao ~•
~------~r---------~ Temperatura
./a água
Rotação
~
• : IRelésl
Pressão~•
do óleo \ Bobina
Pressão
doAC •
~

Eletroinjetores Sonda lambda
'

Frente do veículo

1Z

e.I eI ~ . _. . -. _.
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSebt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~"
nd..@dcaongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

Collrale llo m•or Maanetllarellll• 4Af com eomputallor lle bonlo


Bobina de ignição parte traseira do cabeçote
Bomba de combustível no interior do tanque de combustivel
Bomba de partida a frio na caixa de roda dianteira direita
Central de injeção eletrônica vão do motor fixado ao painel corta fogo
Computador de bordo fixado à caixa de fusíveis interna
Corretor da marcha-lenta corpo de borboleta (próx. central injeção)
Palio
Eletro-injetores coletor de admissão Siena
Eletroválvula de purga do canister coletor de admissão acima tubulação 4° cil. Strada
Injetor de partida a frio abaixo da central de injeção
1.008V
Interruptor do reservatório de partida a frio na caixa de roda dianteira direita FIex
Interruptor inercial à esquerda do pedal de embreagem
Painel de instrumentos painel de instrumentos 1.308V
FIex
Relé T21 da 4 8 vel. do eletroventildor interno à esquerda do porta-luvas
Sensor de detonação bloco motor abaixo do coletor de admissão
Sensor de posição da borboleta corpo de borboleta (próx. central injeção)
Sensor de pressão e temperatura do ar coletor de admissão acima tubulação 2° cil.
Sensor de pressão do ar condicionado frente do veículo próximo farol lado direito
Sensor de rotação frente do motor
Sensor de temperatura da água parte traseira do cabeçote, próx. bobina ign.
Sensor de velocidade caixa de cambio abaixo do cj. trambulador
Sonda lambda aquecida tubulação de escape na frente do veículo
Termostato eletrônico no conjunto evaporador (alguns possuem)

13

lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C•IcI~ lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
ENGENHARIAwww~cloong.br
Díag- volume 13 -F/ex 1
C1nao1e do nmor lagnetllarellll• w sem Comallldor de bordo
Eletroinjetor ~
At.rrarnento
Eletroinjetor 2

Eletroinjetor ~

Elelroinjelor 4
Palio
Siena R11 • Relé principal
Strada
Bobina de lgnlçlo

1.0 OBV Seneor de rutaçlo


FIex
Eletrovilvula de purga do
canlstar
1.3 OBV
Seneor de preaalo e
FIex temperautra do ar
Indicador de nfval do
reurvatórlo auxiliar
da partida a frio

Seneor de wlocldade
Senaor de temperatura da
igua

Interruptor inercial
Seneor de poslçlo da
borbollllll
Bomba de combustíval
Senaor da nlval de
Sonda lambda aquecida combuatlvel

Saneor de clatonaçio

Painel de lnetrurnantoa
R10 • Relê de piU11da rrfo

Motor da partida a frio

l nj@lor de partida a frio

lmobll lzador

Antena da chave alatr6nlca ~


G

Torneda de dlagnose

Tornada de dlagnoee

Corrvtor da marcha-lenta

Jl Impresso em papel RECICLADO


Diag - volume 13 - Flex 1
10111r11e do molar MagneiiMareiiiiiW UF sem loma•d•r de bordo

R12 · Relé elelroventf ~ o


(Rixa~)

R12 , Relé elelroventllador Palio


Comutador de velocidad88 (baixa velocidade)
Siena
Reeletor limitador de Strada
velocidade

Eletrovantllador de
1.0 oav
R21 • R~lé do ventilador arrefecimento Flex
lntamo
R14 • Relé eletroventilador
Eletrwentllador
(alta velocidade) 1.3 oav
Flex
Senaor de preulo do fluido
de rafrlgeraçlo do
ar condicionado

R•letoree llmltll.doree da
velocidade do R13 • relê do compr&Ssor
eletrwentllador de ar condicionado

Embrugemdo
compre11or de ar

~
~~c;;~~~~IE> ....._ _ _ ___.

Impresso em papel RECICLADO J5


Díag- volume 13 -F/ex 1
Cenuole do .mr launed larelli IM w •m Compllldor de bordo
Pln-all da unld•e de canuole do momr

Palio
Siena
Strada

1.008V
FIex
Term. Descrição
1.308V
FIex 01 Sonda lambda aquecida pino 3
09 Sonda lambda aquecida pino 2
13 Central do imobilizador pino A06
14 Relé R14 pino 85- 2° velocidade do ventilador do radiador
15 Relé R11 pino 85- principal da injeção
17 Painel de instrumentos pino A13 - painel com led indicador de superaquecimento
20 Sonda lambda aquecida pino 1
25 Tomada de diagnose pino 3 - versão comum
Tomada de diagnose pino 7 - versão Celebration
26 Painel de instrumentos pinoA14
27 Aterramento
28 Aterramento
29 Positivo de bateria - linha 30 protegida pelo fusível F1 OA
30 Sensor de pressão do fluido de refrigeração do ar condicionado pino 2
33 Sensor de pressão do fluido de refrigeração do ar condicionado pino 1
34 Indicador de nível do reservatorio auxiliar da partida a frio
36 Painel de instrumentos pino 804- sinal de nível do reservatório de combustível
38 Relé R10 pino 85- partida a frio
39 Sensor de pressão do fluido de refrigeração do ar condicionado pino 3
40 Relé R12 pino 85- 1° velocidade do ventilador do radiador
41 Relé R13 pino 86- compressor de ar condicionado
42 Painel de instrumentos pinoA13- painel com indicador de temperatura
47 Positivo pós chave de ignição- linha 15
48 Solicitação de ar condicionado (interruptor do AJC) pino 28
50 Painel de instrumentos pino A08
52 Eletrovalvula do canister pino 2

Jl Impresso em papel RECICLADO


Diag - volume 13 - Flex 1
10111r11e do molar MagneiiMareiiiiiW UF sem loma•d•r de bordo
Pln-ell da unidade de conlrola do mDIIr

Palio
Siena
Strada
s
;
:. 1.0 oav
~ Flex
e
r
'C
Term. Descrição
~ 1.3 oav
53 Sensor de rotação pino 1
I Flex
e 54 Sensor de posição da borboleta pino 1
"i!
"~ 54 Sensor de temperatura da água pino 1
.!!!
55 Sensor de pressão e temperatura do ar pino 2
i.
x
l> 56 Sensor de detonação pino 2
•"
~
i.;
57 Corretor de marcha-lenta pino 3
58 Corretor de marcha-lenta pino 4
i
~ 59 Bobina de ignição pino 3

i 60
61
Sensor de posição da borboleta pino 2
Sensor de pressão e temperatura do ar pino 1
i
~ 62 Sensor de temperatura da agua pino 2
~
~ 63 Sensor de detonação- malha
i
i 64 Corretor de marcha-lenta pino 2
~ 65 Corretor de marcha-lenta pino 1
!
~ 66 Bobina de ignição pino 1
Í 67 Sensor de rotação pino 2
,i 68 Sensor de pressão e temperatura do ar pino 3
~
~

! 70 Sensor de detonação pino 1


~ 71 Eletroinjetor 1 pino 2
1:1
ll. 72 Eletroinjetor 4 pino 2
I;!

:i 75 Sensor de pressão e temperatura do ar pino 4

I~ 76 Sensor de posição da borboleta pino 3


,. 77 Sensor de rotação pino 3
~ 78 Eletroinjetor 3 pino 2
l
; 79 Eletroinjetor 2 pino 2
;!
~
I:

Impresso em papel RECICLADO 7J


Díag- volume 13 -F/ex 1
C1nao1e do nmor lagnetllarellll• w sem Comallldor de bordo
Alimentação da UCE Eletro-injetores (resistência)
carcaça e massa continuidade isolado 13,0 a 17,0 n
pino 02 e massa continuidade pinos 71 e 79 26,0a 34,0 0
pino 27 e massa continuidade pinos 71 e 78 26,0a 34,0 n
29 e massa 11,0 a 13,5V- motor deslig. pinos 71 e 72 26,0a 34,0 0
29 e massa 11,0 a 13,5V- motor ligado
Palio Sistema de Ignição (resistência)
Siena 47 e massa O,OV - motor desligado
primário isolado 0,5a0,7 0
Strada 47 e massa 12,0 a 15,0V- motor ligado
pinos 1 e 3 (66 e 59) 1,0a1 ,4 0
1.0 OBV Relé principal (resistência) secundário 1 (1 e 4) 10,4 a 12,8 kO
FIex 15e47 70 a90 n secundário 2 (2 e 3) 10,4 a 12,8 kO

1.3 OBV Sensor de rotação e PMS (resistência) Bomba de Combustível


FIex
53 e67 840 a 1450D Pressão da linha 3,5 bar

Sensor de pressão absoluta Corretor da marcha-lenta (resistência)


Verificar gráfico nas páginas seguintes pinos 65 e 58 20,0a 53,0 0
pinos 64 e 57 20,0a 53,0 0
Sensor de temperatura do ar
pinos 65 e 57 resistência infinita
Verificar gráfico nas páginas seguintes
pinos 64 e 58 resistência infinita
Sensor de temperatura da água
Eletroválvula de purga do canister (resist.)
Verificar gráfico nas páginas seguintes
isolado 18,0a 22,0 0
Sensor posição da borboleta * pinos 52 e 71 31 ,O a 39,0 o canister + inj.
Fechada Aberta
3 e 1 (76 e 60) 2215 a 2708.0 1334 a 1631.0
3 e 2 (76 e 54) 1447 a 1768Q 2160 a 2640Q
1 e 2 (60 e 54) 1065 a 1302.0 1065 a 1302.0

Sonda Lambda
reslst. de aquec. 3,0a4,00
pinos 01 e 71 16,0 a 21,0D aq sonda +
injetor
pinos 09 e 20 0,1 a 0,9V (marcha-lenta)

Sensor de detonação (resistência)


pinos 56 e 70 I 4,75 a 5,25 MQ

J8 Impresso em papel RECICLADO


Diag - volume 13 - Flex 1
10111r11e do molar MagneiiMareiiiiiW UF sem loma•d•r de bordo
Sensor de tem peratura do ar na tubulação de admissão
Medida de tensã o: Unidade de gerenciamento do motor conectada, sensor conectado, chave de ignição
ligada. Meça a tensão entre os dois fios do senso r de temperatura introduzindo uma agulha pela parte traseira
do conectar do sensor, ou do conectar da unidade de comando ou utilize um chicote adaptador. No sensor
utilize os terminais 1 e 2, jâ na unidade de comando utilize os correspondentes 61 e 55.
Medida de resistência: Unidade de gerenciamento do motor desconectada. senso r conectado. chave de
ignição desligada. Meça a resistência do sensor utilizando a extensão do próprio chicote do veículo, ou seja,
conecte o ohmrmetro nos terminais correspondentes ao sensor de temperatura no conectar da unidade de Palio
gerenciamento do motor, para isso utilize os terminais 61 e 55. Ou diretamente no componente desconectado, Siena
meça a resistência entre os terminais 1 e 2. Strada

1.0 oav
Flex
Sensor de temperatura do ar
Temp. Tensão 5 •...•...•...•...•...•...•...•...•...••..•...•..•. 1.3 oav
(OC) M Flex
o 3,75
10 3,25 4 ••••••.••.•.•..••...••..•••.•••••••••••••••.•.••.

20 2,75
30 2,27
40 1,75 ~
o
50 1,41 t('IJ
(J)
c
60 1'11 ~
70 0,87
80 0,68
90 0,53
100 0,41
110 0,32 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110 120
120 0,26 Temperatura [°C]

Temp. Resist. Sensor de temperatura do ar


ec) (n) 7000 O

I~~
I I I • I I I I I I I •

p
I I I ..

~I~
I I I n I I I • I I I •

p
I I I •

~
I I I I

p
I I I •

..
I I I ..

I
I I I I

o 6100 8000 - . - . - . - !.- . - .- ·- ! - . - . - . - ~- . - . - · - !:.- .- · - · - .: - . - · - · - ~- · - · - · - ~ - · - · - . - !.- · - ·- · - ! - · - · - · - ~- . - . - · - ,:_ ·- . - . - .:


~ r r ~ • r r r r r •
10 3800 r r r r r
r r r r r
20 2500 5000 : . . . ~ . . . ! . . . ~ . . . r . . . .: . . . ~ ... ~ ... ~ . .. ! . . . ~ . . . .: . . . .:
• r r r r · r r r r r •

30 1700 ã
40 1100 -~
g
4000 .:- .- .-. L-.-.-.- t- .- .- .- t- .- .- .- !:.- .- .- .- . .- .- .- .~- ~- .- .- .- t - .- .-.-L-.-.-.- t - .- .- .- t- .- .- .- .:,_ .- .- .- .:
.
<Q)
50 800
~ 3000 : - .- .- .- ~- .- - .- ~ - .- .- .- ~- .- .- .- !:.- .- .- .- .:- .- .- .- ~- .- .- .- ~ - .- .- .- ~- .- .- .- ~ - .- .- .- ~- .- .- .- .:- ·- .- .- .:
• r r r r • r r r r r •
60 580 Q)
0::
70 430 2000 ····-····· ............... . ........................ .

• i
r r
i
r
i
~

i

.
~

i
r
i i
r r
i
r
i

.
,

i i i i
80 320 p p p p p p p ..

1000 :- .- .-.-L-.-.-.- t- .- .- .- t- .- .- .-.. - .- .~- .- .- .- ~- .- .- .- t - .- .-.-L-.-.-.- t - .- .- .- t- .- .- .- .:,_ .- .- .- .:


90 240 • ~ ~
r
r~
r
I' r ~~
r
I"
r

r r r
100 180 0 · . . . . r• • • , , • • • r • • • • r •• , , • • • • • r. , , . r • • • • r • • • , r , , •• r • • • • • • • ,

110 140 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110 120


120 110 Temperatura [0 C]

Equação da tensão: Unte= 5,0 I (1 + 2040 I Rntc) ± 5%


Equação da resistência: ln(Rntc) = 35541(T+273)- 4,30 ± 10%
Impresso em papel RECICLADO 11
Díag- volume 13 -F/ex 1
C1nao1e do nmor lagnetllarellll• w sem Comallldor de bordo
Sensor de temperatura da ãgua
Medida de tensã o: Unidade de gerenciamento do motor conectada, sensor conectado , chave de ignição
ligada. Meça a tensão entre os dois fios do senso r de temperatura introduzindo uma agulha pela parte traseira
do conectar do sensor, ou do conectar da unidade de comando ou utilize um chicote adaptador. No sensor
utilize os terminais 1 e 2, jâ na unidade de comando utilize os correspondentes 54 e 62.
Medida de resist"encia: Unidade de gerenciamento do motor desconectada, senso r conectado, chave de
ignição desligada. Meça a resistência do sensor utilizando a extensão do próprio chicote do veiculo, ou seja,
Palio conecte o ohmrmetro nos terminais co11respondentes ao sensor de temperatura no conectar da unidade de
Siena gerenciamento do motor, para isso utilize os terminais 54 e 62. Ou diretamente no componente desconectado,
Strada meça a resistência ent11e os terminais 1 e 2.

1.0 OBV
FIex

1.3 OBV Temp. Tensão Sensor de temperatura da água


FIex 5 •...•...•...•...•...•...•. - .•...•...•...•...•....
(O C) (V)
o 4.28
10 3.94 • . . • . • . • • • • • • • • • • . • • . • . • . . . • • . . • . • • • • . • • • • • . f
~

20 3.55
30 3.13
40 2.59 ~
o
50 2.20 lt\l
(/)
c
60 1.81 ~
70 1.48
80 1.19
90 0.95
100 0.75 o
110 0.60 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110
120 0.49 Temperatura ["C]

Temp. Resist. Sensor de temperatura da âgua


eC) (O)
7000 .
I I I I •

~.
I I I .. I I I ..

~
I I I •

~
I I I •

~
I I I •

~
I I I I I I I

~
I I I •

~
I I I •

~
I I I •

!"
I I I I

o 6100 ~ ~ ~
- .- .- .- t.- .- .- .- .:,_ .- .-.-r.-.-.-.- t- .- .- .- t- .- .-.-L-.-.-.-
p ' ~ ~ ~ ~

6000 ~ . ~ ~ ~ ~
·- ·- ·- ~ - ·- ·- ·- ,_ ·- ·- ·- t - ·- ·- ·- ,_ ·- ·- ·- :
~ ~ ~ ~

10 3800
20 2500 5000 :. •. . •. ~- •.•.•. ~- •.•.•. r. .•.•.•. ,_ ,. ,.•. ~- •.•.•. '· •.•. ,. •.•.•. ' · •.•.•. ,_ •. ,. '. ~ - •.•.•. ,_ ,. ,.•. '

30 1700 a ...................................................
.
-~ 4000
40 1100 (.)
c
• ·r~~~ r ~ r ~

•Ql
50 800 ti' 3000 ... ~ ... ~ ... ~ ... ~ ... :
'üi r r r r
60 580 Q)
0:::
70 430 :-.-.-.- ~- .-.-.-.:.- . . - r. - . - .- .- ~- ,- ,- .-
' ,- ,- .- :
t - .- .- .- t - .- .- .- t- .- .- .- t- .- .- .- ~- .- .- ,. ~ - .- .- .- ~-
2000 • r • r r r r r r r r r
80 320
90 240 1000 ,

... ·- ·- --r ·- ·- ·- ..•- ·- ......r- ·- ·- ·- --r
· r · r
- ·- -- ·- ·- ·- --r ·- ·- ·- .... ·- ·- ·-r ·- ·- ·- --r ·- ·- , ...r ·- ·-·---r ·- ·- ·-.
~~ ~r

r
~ r ~.

100 180
110 140 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110 120
120 110 Temperatura ["C]

Equação da tensio: Unte = 5,0 I (1 + 1020 I Rntc) ± 5%


Equação da resistência: ln(Rntc) = 39951(T+273) • 3,77 ± 10%
li Impresso em papel RECICLADO
Diag - volume 13 - Flex 1
10111r11e do molar MagneiiMareiiiiiW UF sem loma•d•r de bordo
Sensor de pressão absoluta
Medida de tensão: Unidade de gerenciamento do motor conectada, sensor conectado, chave de ignição
ligada. Meça a tensão entre os terminais correspondentes a sinal e massa, ou seja 1 e 4 no sensor ou 61
e 75 na unidade de comando do motor. Introduza uma agulha pela parte traseira do conector ou utilize um
chicote adaptador.
Erro: admita a possibilidade de uma variação de ± 3% na medida de tensão.
Palio
Bosch O 261 230 030 Siena
bar KPa mmHg Tensão (V) Strada

0,2 20 150,01 0,301 1.0 oav


0,3 30 225,02 0,739 Flex
0,35 35 262,52 0,958
0,4 40 300,02 1,177
1.3 oav
Flex
0,5 50 375,03 1,615
0,6 60 450,04 2,053
0,7 70 525,04 2,491
0,8 80 600,05 2,929
0,9 90 675,05 3,367
0,92 92 690,06 3,455
1,0 100 750,06 3,805
1,1 110 825,07 4,243
1,2 120 900,07 4,681
1,23 123 922,57 4,812

Sensor de pressão absoluta


5 ............ o o •• o o ••••••••• o ••• o o •••••• o o •• o ••••••

4 . • ....••.••...•...•••••••...•....•.•

3 . . ....•..••...•......•......
5'
o
•ro
rJI
c 2 . •. . . . • •. •• . . . • . . . •• • ••...•....•.••....••.••.•••
~

o 20 40 80 80 100 120 140 kPa


o 0,2 0,4 0,6 0,8 1 1,2 1,4 Bar
o 150 300 450 800 750 900 1050 mmHG
Pressao

Equação da tensão: U = 4,38 * P(bar) - 0,575


Equaçio da pressio: P(bar) = 0,228 * U + 0,131
Impresso em papel RECICLADO ECICLO 0 11
E .ARIHM ESQUEMAS AUTQMOTIVOS
Díag- volume 13 -F/ex 1
Cenuole do .mr launed larelli IM w •m Compllldor de bordo
LocaiiZIÇio de comaonemes

Caixa de relés erusíveis inlerno

Tomada de diagnose
Palio ,--versão Celebration

--------
R15
Siena
Strada
ROB R09 ROB .J.i------.1
1.008V
FIex

1.308V
FIex
-
c/ central
vidro

- -
s/ central
vidro
08 01

FUS DESTINO Relé Função

01 Limpador do parabrisa R01


02 Central dos vidros elétricos R02
03 Central dos vidros elétricos R03
04 Farol alto esquerdo R04 Farol ba1xo
05 Farol alto direito R05 Desembaçador do vidro traseiro
06 Lanterna de neblina R06 Buzina (não em todos)
07 Luz de posição - lado esquerdo R07
08 Luz de posição - lado direito R08 Limpador traseiro (peq./marrom)
09 Farol de neblina R09 Limpadores
10 Trava de porta Ventilação intema
11 Desembaçador do vidro traseiro Relé do farol baixo
12 Sinalização de emergência R15 Vidro elétrico (amarelo/grande)
13 Buzina
14 Interruptor do pedal de freio
15 Painel de instrumentos
16 Ar condicionado
17 Farol baixo esquerdo
18 Farol baixo direito
19 Ventilação interna
20 Iluminação intema
Tomada de diagnose (16)- v. Celebration
21 Partida a frio
22 ABS
23 lmobilizador

82 Impresso em papel RECICLADO


Diag - volume 13 - Flex 1
10111r11e do molar MagneiiMareiiiiiW UF sem loma•dar de bordo
locallzaçlo da componalln
Caixa de fusíveis ao lado da bateria
Fus Função

EFI Injeção eletrOnica


IGN Comutador de ignição Palio
JB1 Farois baixos Siena
Iluminação intema, Strada
Limpador do pára-brisa,
Partida a frio, 1.0 oav
Ventilação interna Flex
JB2 Buzina ,
Desembaçador, 1.3 oav
Flex
frente do veículo Emergência

Caixa de relês efusíveis próximo ao


•notreio
Fus Função

G
F1 OA Injeção eletrOnica R10comNC IF30Aou F40AI
F15A Sonda lambda e canister R12 semNC
F30A Arrefecimento (1 8 veloc. sem A/C) R10
(sem AJC)
F40A Arrefecimento (1 8 veloc. com A/C) I F15A I I F10A I

Relê Função frente do veículo


R1O Partida a frio
R11 Principal
R12 Arrefecimento (1 8 veloc. sem A/C) *A posição dos relés pode mudar de carro para
carro

Caixa de relés abaixo do suporte da


balaria [com 1111

Relé Função
R13 R12 Arrefecimento (1 8 Veloc. com A/C)
(com AJC) R13 Compressor
R14 Arrefecimento (28 Veloc. com A/C)

R12 *A posição dos relés pode mudar de carro para carro


(com AJC)

R14
(com AJC)

frente do veículo
Impresso em papel RECICLADO ECICLO 0 13
E .ARIHM ESQUEMAS AUTQMOTIVOS
Díag- volume 13 -F/ex 1
C1nao1e do nmor lagnetllarellll• w sem Comallldor de bordo
locallzaçlo dos comp01a•s do
cantrola do llllllr

Palio
Siena
Strada

1.0 OBV
FIex
Injetor
1.3 OBV partida a frio
FIex \ Posição da
~. borboleta UCM
Cani ter ~

Pressão e~· •_ Corretor • •+-Velocidade


temperatura do ar Detonaçao ML ~.
Temperatura
,/a água
Rota~o
~ •~obina

Pressão~•
• •
do óleo IFusel

~ [!]
Pressão
doAC
~

Eletroinjetores '
Sonda lambda

Frente do veículo

84 Impresso em papel RECICLADO


Diag - volume 13 - Flex 1
10111r11e do molar MagneiiMareiiiiiW UF sem loma•d•r de bordo
Bobina de ignição parte traseira do cabeçote
Bomba de combustível no interior do tanque de combustível
Bomba de partida a frio na caixa de roda dianteira direita
Central de injeção eletrônica vão do motor fixado ao painel corta fogo
Central do imobilizador fixado abaixo da coluna de direção
Corretor da marcha-lenta corpo de borboleta (próx. central injeção) Palio
Eletro-i njetores coletor de admissão Siena
Eletroválvula de purga do canister coletor de admissão acima tubulação 4° cil. Strada
Injetor de partida a frio abaixo da central de Injeção
1.0 oav
Interruptor do reservatório de partida a frio na caixa de roda dianteira direita Flex
Interruptor inercial à esquerda do pedal de embreagem
Painel de instrumentos painel de instrumentos 1.3 oav
Flex
Relé R21 da 48 vel. do eletroventildor interno ã esquerda do porta-luvas
Sensor de detonação bloco motor abaixo do coletor de admissão
Sensor de posição da borboleta corpo de borboleta (próx. central injeção)
Sensor de pressão e temperatura do ar coletor de admissão acima tubulação 2° cil.
Sensor de pressão do ar condicionado frente do veículo próximo farol lado direito
Sensor de rotação frente do motor
Sensor de temperatura da água parte traseira do cabeçote, próx. bobina ign.
Sensor de velocidade caixa de cambio abaixo do cj. trambulador
Sonda lambda aquecida tubulação de escape na frente do veículo
Termostato eletrônico no conjunto evaporador (alguns possuem)
Tomada de diagnose (versão comum) ao lado da central de injeção eletrônica
Tomada de diagnose (versão Celebration) acima da caixa de fusíveis interna

Impresso em papel RECICLADO 15


Fábio Ribeiro von Glehn

Controle dD IDIIDr MagneU Mare111• UF IIID Compllldor de bDrdD


e lmobllbador no painel
... T1 CZJPT rl~b~
~
El.tloii1Jetor 1
~ I'T
%7
At.rramenta

=
:::11
-..
(+Sil
I'T

WAIII
• 71
PTND
-
d-=-b,.......... El.tloi11Jetor 2
21

-
,_.., (+t5l LRIIIR
~ 71
IIRIVD .-~~~-~~
........... El.tloi11Jetor 3

Palio
Siena
=I
'f'EFi' doe ~ ITb
72


BRND

AIIIPT
rl~b,..........
- El.trolnjetor 4

~• )Q
R11 • Relé principal VI
11
Strada
l ..............
~"
Bobina de igniçio
~:~......
VIII
S.nsor de nrtaçlo 13 J~

1.0 oav T
BR
17
J] ~

·---
U/LR
T7
FIex ~
VIIIP'T
• IIRIPT
te

~
Sensor de preMio absoluta li R
.i
S.nsor de temperab.Jra do ar
PT
II8JPT ~
12
AIIIVD d1-=-2b '9i' ~
Elalrorilvula de purga do
canlster
~
.
~
CZIAII
- ....,... lntemuptar de pressio
do 61eo do IIIOtDr
1
S.nsor de temperab.Jra de ,......,4,2b CZIIR ~
cz 4
~ PT
ii i
...-.
água 11
~
• CZJPT 1

Sensor de poaiçio da
borboleta .. -
_..L.,•LI
,
a VDJPT
YIIIIVD
I'T
-
_..
10+
.....
14
17
Ali
AIIIVII

r.!_l
a Corretor da marcha.-nta
~
c

.
•i
~

I~
lntemuptar lnerdal -!!
-r 4~1 AZcli'AII ~
Sonda lambda aquecida
-...=L
"""';7 1
J
2
Alll
YD
~

õí
01
4 B 1 ,..........
J- Bomba de combustlwl
~.
c

, ........_
2
~
S.nsor de detonaçl.o =
1b.
211
F T
.~

RSILR
Vl?t - a ~
-
AntenaCODE
i
:i:
,.fc
~ ""11 • L~u ..
AZooiVIl

.:,;;::: 11 •
R10 • Reli de partida frto
"fSI ,r 17
-~
-14
.. ~
t:.

Motor da partida a frio


~·· • RSJBR CAtH..
111

~~~1l i&l21
2l
: Painel de instrumentos
com imobilizador
"'
~

-··i:
PT..U CAN·H
S2 Incorporado
Injetor de partida a frio %7 ..=:j; 5
~·· 11 .:"'
-~o· i
rt h ...
Nível de ól eo de fl'eio
~
~
.
q fi ... ~

_...
~
;'
11 L ...... lntemuptar do fl'eio de ;.;
q I estacionamento i.
~

_±:ft:o3 Sensor de wloc:idade


.:.:;
.:-c
.....~
~
~

..Lfl··~
r{·~
Alternador
..,
t;
'I'

Indicador de nlvlll do ~
................
"... ... - ~c
BRNII
reaervat6rlo auxili ar
*' da partida a frio ~

;-
'--- •
32
RSJBR
PTIIUI
CAN-l..
CAN_,.
o 14
0 OI
004
•11--C 0 OI
Tomada de dlagnose
BRNII
_ ....... lfm-- 011
21 o 07
o 01
003
L.-

ou Alr Bag

o 11 ABS

I
18

e.I eI ~ . ... .-.... ~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSebt.., llllla 719


Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

ENGENHARIA www.aolo.oro.bo'
nd..@dcaongoanharl• .oam.b,
Jmoresso orjgjnal em PAPEL RECJCLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

Controle do motor laanetl Mare111• 4IF sem computador de bordo


e lmobllbador no painel

Termostato eletr6nico

R12 ·Reli Ntrvventllador


(baiu wlac:ld.a)

Comutador de velocidades
R12 - Rll6 eletroventll ador
Palio
(baixa velocidade) Siena
Strada
Reslator limitador da
valocldade
1.008V
R21 - Rlll6 do ven111ador Eletroventilador da FIex
lnfllmo arrafllclmanto

Elatroven111ador R14- Rll6 aletrovantll ador


CZJPT (alta velocidade)
14

...33
AZdiiiR

.,....
BRND
Sansor de prasslo do flui do
de rafrlgeraçlo do
ar condicionado
Realatorn llmltadorn da
velocldllde do AZaiVII
41 R13- Rll6 de plena carga do
ellltnwen111ador
comprnaor de ar

Embrugemdo
compre..or de ar

:z,-- ----
~~t-:
~
:-:-:---:-:--:---~
:~ ~:-:.:.:.
. ------~
'
c; (I c; c; ' Ci L------..1

11

lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C•IcI~


ENGENHARIAwww~cloong.br
lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
Fábio Ribeiro von Glehn

Controle dD IDIIDr MagneU Mare111• UF IIID Compllldor de bDrdD


e lmobllbador no painel
Pln-aut da unidade de calllnle do miiDr

Palio
Siena
Strada

1.0 oav
FIex

Term. Descrição
01 Sonda lambda aquecida pino 3
06 CAN-L
Painel de instrumentos pino 18
Tomada de diagnose pino 14
08 Interruptor da pressão do óleo do motor
09 Sonda lambda aquecida pino 2
14 Relê R14 pino 85- 2° velocidade do ventilador do radiador
15 Relê R11 pino 86- principal da injeção
20 Sonda lambda aquecida pino 1
25 Tomada de diagnose pino 7
27 Aterramento
28 Aterramento
29 Positivo de bateria- linha 30 protegida pelo fusível F1 OA
30 Sensor de pressão do fluido de refrigeração do ar condicionado pino 2
32 CAN-H
Painel de instrumentos pino 19
Tomada de diagnose pino 6
33 Sensor de pressão do fluido de refrigeração do ar condicionado pino 1
34 Indicador de nivel do reservatorio auxiliar da partida a frio pino 1
38 Relê R10 pino 85- partida a frio
39 Sensor de pressão do fluido de refrigeração do ar condicionado pino 3
40 Relê R12 pino 85- 1° velocidade do ventilador do radiador
41 Relê R13 pino 86- compressor de ar condicionado
47 Positivo pós chave de ignição -linha 15 protegida pelo fusível F23
48 Solicitação de ar condicionado (termostato eletrônico pino 2)
52 Eletrovalvula do canister pino 2

18

e.I eI ~ . _. . -. _.
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSabt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~"
nd..@dcaongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

Controle do motor laanetl Mare111• 4IF sem computador de bordo


e lmobllbador no painel
PIHUl da Ulldldl dl COIUIII da matar

Palio
Siena
Strada
.!
e
E
~ 1.008V
~
FIex
f
-1;
'õl Term. Descrição
l 53 Sensor de rotação pino 2
~
~ 54 Sensor de posição da borboleta pino 1
~ 54 Sensor de temperatura da água pino 1
-=
.i 55 Sensor de pressão e temperatura do ar pino 2
{
;: 56 Sensor de detonação pino 1
~
57 Corretor de marcha-lenta pino 2
I.
~ 58 Corretor de marcha-lenta pino 1
~ 59 Bobina de ignição pino 1
i
•i: 60 Sensor de posição da borboleta pino 2
-e. 61 Sensor de pressão e temperatura do ar pino 1
~ 62 Sensor de temperatura da agua pino 2
.
~
.; 63 Sensor de detonação- malha
!
~ 64 Corretor de marcha-lenta pino 3
..
~ 65 Corretor de marcha-lenta pino 4
s
~
.;: 66 Bobina de ignição pino 3
t
"'
't;
67 Sensor de rotação pino 1
': 68 Sensor de pressão e temperatura do ar pino 3
~
70 Sensor de detonação pino 2
~
;: 71 Eletroinjetor 1 pino 1
~ 72 Eletroinjetor 4 pino 1
~
.:l
~
75 Sensor de pressão e temperatura do ar pino 4
.I
~ 76 Sensor de posição da borboleta pino 3
"' 77 Sensor de rotação- malha
ê:s
..
:
78 Eletroinjetor 3 pino 1
~ 79 Eletroinjetor 2 pino 1
!
Interruptor de pressão do óleo do motor

19

lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C•IcI~ lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
ENGENHARIAwww~cloong.br
Fábio Ribeiro von Glehn

Controle da motor Maaneu Mare111• UF seID Compllldor de borda


e lmobllbador no painel
Alimentação da UCE Eletro-lnjetores (resistência)
carcaça e massa continuidade isolado 13,0 a 17,0 Q
pino 02 e massa continuidade pinos 71 e 79 26,0 a 34,0 Q
pino 27 e massa continuidade pinos 71 e 78 26,0 a 34,0 Q
29 e massa 11,0 a 13,5V- motordeslig. pinos 71 e 72 26,0 a 34,0 n
Palio 29 e massa 11 ,O a 13,5V- motor ligado
Siena Sistema de Ignição (resistência)
47 e massa O,OV -motor desligado
Strada primário isolado 0,5 a 0,7 n
47 e massa 12,0 a 15,0V- motor ligado
pinos 1 e 3 (66 e 59) 1.0 a 1.4 n
1.0 oav
Relê principal (resistência) secundário 1 (1 e 4) 10,4 a 12,8 kQ
FIex
15 e 47 70 a 90 Q secundário 2 (2 e 3) 10,4 a 12,8 kQ

Sensor de rotação e PMS (resistência) Bomba de Combustível


53e67 840a 1450 Q Pressão da linha I 3,5 bar
Sensor de pressão absoluta Corretor da marcha-lenta (resistência)
Verificar gráfico nas páginas seguintes pinos 65 e 58 20,0 a 53,0 Q
pinos 64 e 57 20,0 a 53,0 Q
Sansor da temperatura do ar
pinos 65 e 57 resistência Infinita
Verificar gráfico nas páginas seguintes
pinos 64 e 58 resistência infinita
Sensor de temperatura da água
Eletroválvula de purga do canister (resist.)
Verificar gráfico nas páginas seguintes
isolado 18,0 a 22,0 Q
Sansor posição da borboleta * pinos 52 e 71 31,0 a 39,0 n canister + inj.
Fechada Aberta
3 e 1 (76 e 60) 2215 a 27080: 1334 a 1631.0
3 e 2 (76 e 54) 1447 a 17680: 2160 a 2640.0
1 e 2 (60 e 54) 1065 a 13020: 1065 a 1302.0

Sonda Lambda
reslst. de aquec. 3,0 a 4,00:
pinos 01 e 71 16,0 a 21 ,on aq sonda +
injetor
pinos 09 e 20 O, 1 a 0,9V (marcha-lenta)

Sensor de detonação (resistência)


pinos 56 e 70 4, 75 a 5,25 MQ

li

e.I eI ~ . _. . -. _.
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSabt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~"
nd..@dcaongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

Controle do motor laanetl Mare111• 4IF sem computador de bordo


e lmobllbador no painel
Sensor de temperatura do ar na tubulação de admissão
Medida de tensão: Unidade de gerenciamento do motor conectada, sensor conectado, chave de ignição
ligada. Meça a tensão entre os dois fios do sensorde temperatura introduzindo uma agulha pela parte traseira
do conectar do sensor, ou do conector da unidade de comando ou utilize um chicote adaptador. No sensor
utilize os terminais 1 e 2, já na unidade de comando utilize os correspondentes 61 e 55.
Medida de resistência: Unidade de gerenciamento do motor desconectada, sensorconectado, chave de
ignição desligada. Meça a resistência do sensor utilizando a extensão do próprio chicote do veículo, ou seja, Palio
conecte o ohmímetro nos terminais correspondentes ao sensor de temperatura no conectar da unidade de Siena
gerenciamento do motor, para isso utilize os terminais 61 e 55. Ou diretamente no componente desconectado, Strada
.! meça a resistência entre os terminais 1 e 2.
~ 1.008V
~
~
FIex
f
-1;
': Sensor de temperatura do ar
l Temp.
(OC)
Tensão
(V)
5 .................................................... .

o 3,75
10 3,25 4 • . • . • • . .• . . • • . • . • . . . • . . • • • • . • • . • • . . . • . . . • . . • •. •• .

20 2,75
30 2,27
3
40 1,75
o
50 1,41 <CO
rJl
c
60 1'11 ~
70 0,87
80 0,68
90 0,53
100 0,41
o ····-··· · ··········· · ·······-······· · ······· · ····
110 0,32 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110 120
120 0,26 Temperatura rCJ

Temp. Resist. Sensor de temperatura do ar


(OC) 7000
(O)
o 6100
6000
10 3800
20 2500 5000 "
.

I" •• I" I' 0'
O
'
N' I' I" I'
O
'
I ' I" I'
I
'
I' •• I'
I
0' I' ... I' I"
I
'
I " 11 ' I" I' I' ••
I
' I' I' I"
.
I
I ' I" I" I'
I
11 " I' I' I"
.
I
O' I' I" I'
I
'
I ' I' I" I'
.
a

30 1700 c
-~ 4000
40 1100 c
<Q)
50 800 --~ - .--- , - ~ - -- , - ..~- .---.-.:,_..-- -~ ~ - ... .-~- .-.--- ~ - -- ,- .-.:•- , - .-.. r~ - ..-- , - r~ - --.-.- :
-~ 3000 ~ ~ • ~ ~~r
-

60 580 a:::
Q)

70 430 2000 • ~ • • • ~ • • o .: o • • r. • • o ~ • o • ~ • • • .: • • • t • • . ~ • - • :

80 320
1000
90 240
100 180 o ... ·'· ... '· ... '· ... '· ... ·... · '· ... '· ... '· ... ·.... '· ... '· ...
110 140 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110 120
120 110 Temperatura rCJ
Equação da tensão: Unte= 5,0 I (1 + 2040 I Rntc) ± 5%
Equação da resistência: ln(Rntc) = 3554/(T+273) - 4,30 :1:: 1O%
11

ImPresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C•IcI~


ENGENHARIAwww~cloong.br
lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
Fábio Ribeiro von Glehn

Controle dD IDIIDr Maaneu Mare111• UF sem Compilador de borda


e IIDDbllbador ID Palnel
Sensor de temperatura da água
Medida de tensão: Unidade de gerenciamento do motor conectada, sensorconectado, chave de ignição
ligada. Meça a tensão e ntre os dois fios do sensor de temperatura introduzindo uma agulha pela parte traseira
do conector do sensor, ou do conector da unidade de comando ou utilize um chicote adaptador. No sensor
utilize os terminais 1 e 2, já na unidade de comando utilize os correspondentes 54 e 62.
Medida de resistência: Unidade de gerenciamento do motor desconectada, sensor conectado, chave de
Palio ignição desligada. Meça a resistência do sensor utilizando a extensão do próprio chicote do veículo, ou seja,
Siena conecte o ohmímetro n os terminais correspondentes ao sensor de temperatura no conector da unidade de
Strada gerenciamento do motor, para isso utilize os terminais 54 e 62. Ou diretamente no componente desconectado,
meça a resistência entre os terminais 1 e 2.
1.0 oav
FIex

Temp. Tensão Sensor de temperatura da água


5 • . . . • . . . • . . . • . . . • . . . • . . . • . . . • . . . • . . . • . •. • . . . • . .. •
(DC) (V)
o 4.28
10 3.94
20 3.55
30 3.13
40 2.59
50 2.20
60 1.81
70 1.48
80 1.19
90 0.95
100 0.75
110 0.60 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110
120 0.49 Temperatura [•C]

Temp. Resist. Sensor de temperatura da água


(OC) (.Q) 7000 I


I O O ..


I I I 10

r
I I I -

~
I I I ..

~
I I I ..


I I I 10

r
I I I -

~
I I I ..

r
I I I ..


I I I 10

r
I I I ..

r
I • I ~

o 6100
6000 • • • .: . • • t • • . ~ • • • ~ • o • : o • • t • • o !. • • • ~ • . • .: . • • t • o • ~ • • • :

10 3800
20 2500 5000 : .• ·- ·- .:- ·- ·- ·- t- ·- ·- ·- t- ·- ·- ·- ~- ·- ·- ·- :. ·- ·- ·- t- ·- ·- ·- t- ·- ·- ·- t - ·- ·- ·- .:- ·- ·- ·- t - ·- ·- ·- t - ·- ·- ·-:
• • r ~ ~ • r ~ r • r r

30 1700 c
-~ 4000
40 1100 c
•Ql
50 800
~ 3000
60 580 ~
70 430 2000
80 320
90 240
100 180 o .... ·.... '· ....... ''· ... ·... ·'· ... '· ... '· ... ·.... '· ...... .
110 140 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110 120
120 110 Temperatura [°C]

Equação da tensão: Unte= 5,0 I (1 + 1020 I Rntc) ± 5%


Equação da resistência: ln(Rntc) = 3995/(T+273) - 3, 77 :1:: 1O%
82

e.I eI ~ . ... .-....


ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~"
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSebt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll- Golú
nd..@dcaongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

Controle do motor laanetl Mare111• 4IF sem computador de bordo


e lmobllbador no painel
Sensor de pressão absoluta
Medida de tensão: Unidade de gerenciamento do motor conectada, sensor conectado, chave de ignição
ligada. Meça a tensão entre os terminais correspondentes a sinal e massa, ou seja 1 e 4 no sensor ou 61
e 75 na unidade de comando do motor. Introduza uma agulha pela parte traseira do conectar ou utilize um
chicote adaptador.
Erro: admita a possibilidade de uma variação de :t 3% na medida de tensão.
Palio
Siena
Bosch O 261 230 030 Strada
bar KPa mmHg Tensão (V)
0,2 20 150,01 0,301 1.008V
FIex
0,3 30 225,02 0,739
0,35 35 262,52 0,958
0,4 40 300,02 1,177
0,5 50 375,03 1,615
0,6 60 450,04 2,053
0,7 70 525,04 2,491
0,8 80 600,05 2,929
0,9 90 675,05 3,367
0,92 92 690,06 3,455
1 ,O 100 750,06 3,805
1,1 110 825,07 4,243
1,2 120 900,07 4,681
1,23 123 922,57 4,812

Sensor de pressão absoluta


5 •......•......•...................................

4 •......•......•.....................

3 . . .. . .. •. .. . .. •. . . . . . . . . . . . .
~
o
tt"O
IJ)
c 2 • •. . •. . • . . • . . • • . . • . . . •..•.•.•....••..•..••....•.
~

o ...................................•......•.......
o 20 40 60 ao 100 120 140 kPa
o 0,2 0,4 0,6 0,8 1 1,2 1,4 Bar
o 150 300 450 600 750 900 1050 mmHG
Pressão

Equação da tensão: U = 4,38 * P(bar)- 0,575


Equação da pressão: P(bar) = 0,228 * U + 0,131 13

lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C•IcI~ lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
ENGENHARIAwww~cloong.br
Fábio Ribeiro von Glehn

Controle dD IDIIDr MagneU Mare111• UF IIID Compllldor de bDrdD


e lmobllbador no painel
localbaÇID de CDIDPDiellel

Caixa de relés efusíveis Interno

Palio
Siena

~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ --------
Strada

1.0 oav
Ji------~
08 01
FIex

~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ GG
R06

FUS DESTINO Relé Função

01 Limpador do parabrisa R01 Follow me home


02 Central dos vidros elétricos R02 Farol de neblina
03 Central dos vidros elétricos R03 Farol baixo
04 Farol alto esquerdo R04 Limpador traseiro
05 Farol alto direito R05 Buzina
06 Central dos vidros elétricos
07 Luz de posição - DEITO e luz de placa
08 Luz de posição - DD/TE
09 Farol de neblina
10 Trava de porta
11 Desembaçador do vidro traseiro
12 Sinalização de emergência
13 Buzina
14 Interruptor do pedal de freio
15 Serviços
16 Ar condicionado
17 Farol baixo esquerdo
18 Farol baixo direito
19 Ventilação intema e acendedor de cigarros
20 Iluminação intema
Rádio
Tomada de diagnose pino 16
21 Partida a frio
22 ABS
23 Injeção eletrônica pino 47
24 Vidro elétrico traseiro esquerdo
25 Vidro elétrico traseiro direito
84

e.I eI ~ . _. . -. _.
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSebt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~"
nd..@dcaongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

Controle do motor laanetl Mare111• 4IF sem computador de bordo


e lmobllbador no painel
Locanmçio de com•nemes
Caixa de fusíveis ao lado da bateria
Fus Função

EFI Injeção eletrônica Palio


IGN Comutador de ignição Siena
JB1 Farois baixos Strada
Iluminação interna,
Limpador do pára-brisa, 1.008V
Partida a frio, FIex
Ventilação interna
JB2 Buzina,
Desembaçador,
frente do veículo Emergência

Caixa de relés efusíveis próximo ao


servatrelo
Fus Função

G
i F1 OA Injeção eletrOnica R10 comA/C IF30A ou F40AI
~ F15A Sonda lambda e canister R12 sem A/C
-e_ F30A Arrefecimento (1 8 veloc. sem A/C) R1 0
(sem A/C)
~ F40A Arrefecimento (1 8 veloc. com A/C) I F1 5A I I F10A I
~

Relê Função frente do veículo


R1 O Partida a frio
R11 Principal
R12 Arrefecimento (1 8 veloc. sem A/C) *A posição dos relés pode mudar de carro para
carro

~ Caixa de relés abaixo do supone da


.:~ bltlria ICDRI A/Cl

Relê Função
R13 R12 Arrefecimento (1 8 Veloc. com A/C)
(comNC) R13 Compressor
R14 Arrefecimento (28 Veloc. com A/C)

R12 *A posição dos relés pode mudar de carro para carro


(comNC)

R14
(comNC)

frente do veículo 15

lmoresso orjgjn8! em PAPEL BECICLADO C•IcI~ lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
ENGENHARIAwww~cloong.br
Fábio Ribeiro von Glehn

Controle dD IDIIDr MagneU Mare111• UF IIID Compllldor de bDrdD


e lmobllbador no painel
Tabela diiDCiriZiçiD dDI CDIDPDIIIIII
dD CGib'lll dO IDDIDr

Palio
Siena
Strada

1.0 oav
FIex
Injetor
partida a frio
\ Posição da
~. borboleta UCM
Cani ter -11!'

Pressão e~·
temperatura do ar Detonação
• Corretor
ML ~.
e -~Velocidade

Temperatura
./a água
Rotação
~ ~obina

Pressão~•
• IFusel
do óleo
Pressão
doAC •
~

Eletroinjetores Sonda lambda
'

Frente do veículo

98

e.I eI ~ . _. . -. _.
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSebt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~"
nd..@dcaongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

Cantrale da mDIDr laanetl Mare111• 4IF sem camputadar de barda


e lmabllbadar na painel
Bobina de ignição parte traseira do cabeçote
Bomba de combustível no interior do tanque de combustivel
Bomba de partida a frio na caixa de roda dianteira direita
Central de injeção eletrônica vão do motor fixado ao painel corta fogo
Central do imobilizador incorporado ao painel de instrumentos
Corretor da marcha-lenta corpo de borboleta (próx. central injeção)
Palio
Eletro-injetores coletor de admissão Siena
Eletroválvula de purga do canister coletor de admissão acima tubulação 4° cil. Strada
Injetor de partida a frio abaixo da central de injeção
1.008V
Interruptor do reservatório de partida a frio na caixa de roda dianteira direita FIex
Interruptor inercial à esquerda do pedal de embreagem
Painel de instrumentos painel de instrumentos
Sensor de detonação bloco motor abaixo do coletor de admissão
Sensor de posição da borboleta corpo de borboleta (próx. central injeção)
Sensor de pressão e temperatura do ar coletor de admissão acima tubulação 2º cil.
Sensor de pressão do ar condicionado frente do veiculo próximo farol lado direito
Sensor de rotação frente do motor
Sensor de temperatura da água parte traseira do cabeçote, próx. bobina ign.
Sensor de velocidade caixa de cambio abaixo do cj. trambulador
Sonda lambda aquecida tubulação de escape na frente do veículo
Termostato eletrônico no conjunto evaporador (alguns possuem)
Tomada de diagnose na caixa de fusíveis interna

IJ

lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C•IcI~ lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
ENGENHARIAwww~cloono.br
Fábio Ribeiro von Glehn

Controle da motor Maaneu Mare111• 4SF com Computador de borda


C1111tral da
lnjaçAo allllr6nlca

Abmam1111to
__..
:::11
:::11
:::11
PT
PT
PT
01
az
71

77
AZHIPT

PTND
d ...5i5a b

ri-h-
-
r-=="1 Eletroinjetor 1

Eletroinjetor 2
-. 27 ~

- "15
- "ID VIl
• 10
IIRIVD ... .-. D Eletrolnjator 3
~ LR
SI

;;;~ d~
BRIVD
71 Eletrolnjator 4
Palio
Siena .;.., r.lao ./_ 11 b 111
AIIIPT

~ ~~~ ,
T09- Rel6 principal
Strada 11 ""
VI
05
,_.,
~"
Bobina da lgnl s;lo
1.4 oav BR
•...
Jl~
1 J~

Senaor de rotaçio
~ VIl
~
FIex IIRIPT ~
VIIIPT 73 te
.i
1.a oav
Senaor da praulo abeoluta
18;-
IIIR ~
-
.:...
~
.
-- +---ifb;::1
PT

FIex Senaor da famparatura do ar ~ IWPT l~r Inercial


1
~1~
~

~
.J"7"i.2 ti CZIIR
Senaor da famparatura da
·~
~
i

~
BRJPT
água . ~ J~
.... c

__._ t CZAID
I ...............
.....____. l~r inercial ~
.
Sansor da poalçlo da
borbolllta
I~
L...r."ri.TJ..
I
VDIPT

CZIPT
BRIPT

VIIM
n
d:O• C17
Senaor de velocidade
•i
~
-!!
~
~.
c

~
PTNI C11
Acalaradcr alatr6nlco 17 BRIPT

-
ti
c.-
• i
4 AZci'PT
- A ti :i:

..-
IQJBR CAJI L
~
,........!.., I IIRIBR. 14 Computador da bordo
Sansor da poalçlo do ....._____. 2 CZIIIR
... IUIPT CANH
DlqnoH • U nh• K
:(JQ com lmoblllzador
,.fc

10+

--
pedal do acelerador incorporado
..
BRILA BRNII
Dll
PTNI
--.- IIRIPT
D4- DIS
!:
-
~
Ctl
....,., ..__..., -
-
[ PTNI
41

~
Sonda lambda aquac:lda
~L
--;;;-, Ali "'
2
~
"
JU
VD

..... -
AnfanaCODE 5
VI LI .:"'
=
Sansor da datonaçlo -ir ~ i
-- .
~

~~
CZIIIR ~
lrrfarrupiDr do pedal da
ambraagam Cê5"JJ=+ Altarnador ~

---
~
~

.J 1 •~~o VUPT ;'


;.;
lnlarrupiDr duplo
do pedal do freio
r-:="1

r-::='1 IJz j._ I VDJAII IJ ::(JQ Painel da Instrumentos i.

.
IJM7
~
~

LI
..........,._ IU'I ~
.:.:;
~11~11
.:-c
T10 - Ral6 da partida fr1o

Motor da partida a frio


- " lfi.J
l'""'7'ftT""'I
... ..-
LI
d ...5i5a b Elatrovilvula da purga do
....~
~ 43
AZciiPT
-
..-:=-.
caniafar
..,
t;
'I'
Injetor da partida a hto ~JI-+
-
~ CZIAII r1
LI
-"" I
I
...
..-
l~or da praealo
do óleo do motor
~
~c
~

91

e.I eI ~ . _. . -. _. . ,.
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSebt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

ENGENHARIA www.aolo.ero."'
@dc""'"""""""·-=m.b, ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

Collrale llo m•or Maanetllarellll. GF COID COIDPIIIIIDr lle bonlo

lntall'uptor do
ar condicionado

TOe - Rel6 eletrovenUi ador Palio


(baixa velocidade)
Seletor da velocldad• Siena
do eletrovantllador Interno
R•lator limitador de Strada
velocidade
TZ1 - Ralé 4" velocidade do 1.408V
aletrovanUiador cabal de ar Eletrovantllador de
arrefecimento FIex
EletrovenUiador da T07 - Relt eletrovenUi ador
caixa de ar CZIPT (alta velocidade) 1.808V
u
FIex
TOS - Ralé 1" velocidade do
eletroventllador caixa de ar ,, ~R Tannoatato aletr6nlco

Conjunto de n~~~letorea
limitadores de velocidade do
...
M
BRILR
BRND
PTM
Senaor da prasalo do fluid
da rafrlgeraçlo do
ar condicionado
eletroventilador
da caixa de ar AZoo/VIII
17
TOS - Ralt de plana carga d
compreaaor de ar

Embreagem do
compreaaor da ar

~1----,
~~:c:::::::::.::: .-!-~-~ !·-~-~
- ~ '··········'_ "
;··········· ...... .
11' ••••• '1

~
llltilllllllllll ...__ _ _ _ __.

li

jmoresso orjgjnaj em PAPEL BECjCLADO Cl cI~


a lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
ENGENHARIAwww~cloong.br
Fábio Ribeiro von Glehn

Controle da motor Maaneu Mare111• 4SF com Computador de borda

Pln-aut da unidade de calllnle do miiDr

Palio
Siena
Strada

1.4 oav
FIex

1.a oav Term. Descrição


FIex 01 Aterramento
02 Aterramento
04 Sensor de posição do pedal acelerador pino 5
Sensor de pressão ar condicionado pino 1
05 Relê T09 principal da injeção pino 85
10 Sensor de posição do pedal acelerador pino 2
11 Sonda lambda aquecida pino 2
14 Computador de bordo pino C36 - CAN L
15 Sensor de posição do pedal acelerador pino 3
17 Relé T05 do ar condicionado pino 86
18 Interruptor duplo do pedal de freio pino 4
19 Solicitação de ar condicionado (termostato eletrônico pino 2)
22 Sonda lambda aquecida pino 1
25 Computador de bordo pino C37 - CAN H
27 Aterramento
28 Positivo de bateria- linha 30 protegida pelo fusível F18
32 Relé T07 da 2º velocidade do ventilador do radiador pino 85
35 Interruptor duplo do pedal de freio pino 3
36 Sensor de posição do pedal acelerador pino 1
Sensor de pressão do fluido de refrigeração do ar condicionado pino 2
38 Positivo pós chave de ignição- linha 15 protegida pelo fusfvel F16
39 Sensor de pressão do fluido de refrigeração do ar condicionado pino 3
41 Sonda lambda aquecida pino 3
42 Relê T06 da 1º velocidade do ventilador do radiador pino 85
43 Eletroválvula de purga do canister pino 2
45 Interruptor do pedal da embreagem
46 Computador de bordo pino C20 - Diagnose
48 Sensor de posição do pedal acelerador pino 6
49 Sensor de posição do pedal acelerador pino 4

100

e.I eI ~ . _. . -. _.
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSabt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~"
nd..@dcaongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

Collrale llo m•or Maanetllarellll. GF COID COIDPIIIIIDr lle bonlo

PIHUllll Ulldldl dl COIUOII dO IDOlOr

Palio
Siena
Strada
.!
e
E
~ 1.408V
~
FIex
f
-1;
Tenn. Descrição
'õl 1.808V
l 53 Acelerador eletrônico pino 3 FIex
~ 54 Sensor de rotação pino 2
~

~ 55 Sensor de temperatura do ar pino 2


-=
.i 56 Sensor do sensor da borboleta pino 4
{ 57 Sensor do sensor da borboleta pino 2
;:
~
58 Sensor de temperatura da água pino 1
I.
~
Sensor do sensor da borboleta pino 6
~ 59 Relê T10 da partida a frio pino 85
i
•i: 60 Interruptor de pressão do óleo do motor

-e. 61 Sensor de detonação pino 1


~ 62 Sensor de pressão absoluta pino 4
.
~
.; 64 Sensor de pressão absoluta pino 3
!
65 Sensor de temperatura do ar pino 1
..~
~ 67 Acelerador eletrônico pino 5
~
s
.;: 68 Sensor de rotação pino 1
t
"'
't;
69 Sensor de temperatura da agua pino 2
': 70 Bobina de ignição pino 1
~ 73 Bobina de ignição pino 3
~
;:
75 Sensor de detonação pino 2
~ 76 Sensor do sensor da borboleta pino 1
~
.:l 77 Eletroinjetor 2 pino 2
~
.I 78 Eletroinjetor 4 pino 2
~
"' 79 Eletroinjetor 1 pino 2
ê:s
..
:
80 Eletroinjetor 3 pino 2
~
!

101

lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C•IcI~ lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
ENGENHARIAwww~cloong.br
Fábio Ribeiro von Glehn

Controle da motor Maaneu Mare111• 4SF c111 CDIDPUIIdDr de borda


Alimentação da UCE Sonda Lambda
carcaça e massa continuidade resist. de aquec. 3,0 a 4,00
pino 01 e massa continuidade pinos41 e 79 16,0 a 21 ,on aq sonda +
pino 02 e massa continuidade injetor
pino 27 e massa continuidade pinos 22 e 11 O, 1 a 0,9V (marcha-lenta)
28 e massa 11,0 a 13,5V- motordeslig. Sensor de detonação (resistência)
Palio
Siena 28 e massa 11 ,O a 13,5V- motor ligado pinos 75 e 61 I 4,55 a 5,15 MO
Strada 38 e massa O,OV -motor desligado
38 e massa 12,0 a 15,0V- motor ligado Interruptor do pedal de embreagem
1.4 oav pino 45 e massa resist. infinita (pedal solto)
FIex Relê principal (resistência) pino 45 e massa oo (pedal acionado)
1.a oav 05 e 38 70 a 90 n
FIex Eletro-lnjetores (resistência)
Sensor de rotação e PMS (resistência) isolado 13,0 a 17,0 o
68e 54 480 a 600 o pinos 79 e 77 26,0 a 34,0 D:
Sensor de pressão absoluta pinos 79 e 80 26,0 a 34,0 o
Verificar gráfico nas páginas seguintes pinos 79 e 78 26,0 a 34,0 o

Sensor de temperatura do ar Sistema de Ignição (resistência)

Verificar gráfico nas páginas seguintes primário isolado 0,5 a 0,7 n


pinos 1 e 3 (70 e 73) 1,0 a 1,4 o
Sensor de temperatura da água secundário 1 (1 e 4) 10,4 a 12,8 kO
Verificar gráfico nas páginas seguintes secundário 2 (2 e 3) 10,4 a 12,8 kO

Sensor posição da borboleta * Bomba de Combustível


Fechada Aberta Pressão da linha I 3,5 bar
1 e 2 (76 e 57) 1200 a 14800! 350 a 4400
1 e 6 (76 e 58) 700 a 8600 1180 a 14600: Eletroválvula de purga do canister (resist.)

2 e 6 (57 e 58) 880 a 10900: 880 a 1090.Q isolado 18,0 a 22,0 O

4 e 2 (56 e 57) 550 a 6800 1150 a 14200: pinos43 e 79 31,0 a 39,0 n canister + inj.

4 e 6 (56 e 58) 1060 a 13100! 320 a 4100 Ralé de partida a frio

Acelerador eletr6nico (resistência) pinos 59 e 79 I 93,0 a 117,0 O bobina+ inj.

3 e 5 (53 e 67) 1,0 a 2,0 n

112

e.I eI ~ . ... .-....~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlal


Sabt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

ENGENHARIA www.aolo.oro.br
nd..@dckBngoanharl• .... m.b.
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

Collrale llo m•or Maanetllarellll. GF COID COIDPIIIIIDr lle bonlo


Sensor de temperatura do ar na tubulação de admissão
Medida de tensão: Unidade de gerenciamento do motor conectada, sensor conectado, chave de ignição
ligada. Meça a tensão entre os dois fios do sensorde temperatura introduzindo uma agulha pela parte traseira
do conectar do sensor, ou do conectar da unidade de comando ou utilize um chicote adaptador. No sensor
utilize os terminais 1 e 2, já na unidade de comando utilize os correspondentes 65 e 55.
Medida de resistência: Unidade de gerenciamento do motor desconectada, sensorconectado, chave de
ignição desligada. Meça a resistência do sensor utilizando a extensão do próprio chicote do verculo, ou seja,
conecte o ohmímetro nos terminais correspondentes ao sensor de temperatura no conectar da unidade de Palio
gerenciamento do motor, para isso utilize os terminais 65 e 55. Ou diretamente no componente desconectado, Siena
meça a resistência entre os terminais 1 e 2 . Strada
.!
~ 1.408V
~
~
FIex
f
-1;
Temp. Tensão Sensor de temperatura do ar
'õl 5 •...•...•...•...•...•...•...••..•...•...•...•.... 1.808V
(OC)
l (V) FIex
o 3,75
10 3,25 4 ~··•ll•••• • ••••••..,•••••••••••••••v•••••••••• • ••• • •

20 2,75
30 2,27
40 1,75 ~
o
50 1,41 <(IJ
cn
c 2
60 1,11 ~
70 0,87
80 0,68
90 0,53
100 0,41
o ····-···-···-·······-···--··-···-···-···-···-····
110 0,32 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110 120
120 0,26 Temperatura rC1

Temp. Resist. Sensor de temperatura do ar


7000 ••• •• • ••• •• ' • • ' •• ' ••• •• •• • ••• ••• • •• •• ' •• • •• ' • •• ••
(OC) (Q) • r ~ r ~ • r r r • r r

o 6100
6000 - o- o- o- t- . - o- o - ~- o- o- ,- t - o- , - o + ~- , - o - o - .:.- o+ o- o- r.- o+ o- o - ~- o- o- o- t- r - o- o - ,: - , - o- o+ r. - o+ o- , - t - o- o+ o- :
10 3800
20 2500 5000
~
- r - - - r- r· r·
r
~
H"

r
r· r - I"
~

r
O" I" r·--
r
~.
I" r· O" . .-


O" O" r·
~
10 "

r
O" r·
~
O"--

r
r· O" O"
:"
r · r·
r
O" r·
.
10"


I" r· O"
~
.. .

r
r· O" I"
~

r
O" O"
.
r· r

30 1700 Cf
40 1100 -~ 4000
c
•Gl
50 800 ]2
cn 3000
60 580 ~
70 430 2000 - ·- ~- ·- ·- ·- ~- ·- ·- ·- ,:_ ·- ·- ·- ~ - ·- ·- ·- ~- ·- ·- ·- t. ·- ·- ·- .:- ·- ·- ·- ~- ·- ·- ·- t - ·- ·- ·-:

80 320
90 240
100 180
110 140 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110 120
120 110 Temperatura [ 0 C]

Equação da tensão: Unte= 5,0 I (1 + 2040 I Rntc) ± 5%


Equação da resistência: ln(Rntc) = 35541(T+273) - 4 ,30 ± 10%
103

lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C•IcI~


ENGENHARIAwww~cloong.br
lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
Fábio Ribeiro von Glehn

Controle da motor Maaneu Mare111• 4SF com Computador de borda


Sensor de temperatura da água
Medida de tensão: Unidade de gerenciamento do motor conectada, sensorconectado, chave de ignição
ligada. Meça a tensão entre os dois fios do sensor de temperatura introduzindo uma agulha pela parte traseira
do conectar do sensor, ou do conectar da unidade de comando ou utilize um chicote adaptador. No sensor
utilize os terminais 1 e 2, já na unidade de comando utilize os correspondentes 58 e 69.
Medida de resistência: Unidade de gerenciamento do motor desconectada, sensor conectado, chave de
ignição desligada. Meça a resistência do sensor utilizando a extensão do próprio chicote do verculo, ou seja,
Palio conecte o ohmímetro nos terminais correspondentes ao sensor de temperatura no conectar da unidade de
Siena gerenciamento do motor, para isso utilize os terminais 58 e 69. Ou diretamente no componente desconectado,
Strada meça a resistência entre os terminais 1 e 2.

1.4 oav
FIex

1.a oav Temp. Tensão Sensor de temperatura da água


FIex 5 •...•...•...•...•...•...•...•...•...•...•...•....
(OC) (V)
o 4,01
10 3,58 4

20 3,13
30 2,66 3
40 2,12
50 1,74
60 1,39
70 1'11
80 0,88
90 0,69
100 0,54 o ................. . ................ . ........... . ... .
110 0,43 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110
0
120 0,34 Temperatura [ C]

Temp. Resist. Sansor da temperatura da água


7000
(OC) (U)
o 6100
6000
10 3800
20 2500 5000
30 1700 ã
40 1100 -~ 4000
c
•Ql
50 800
~ 3000 •• I" I" .:.
I
I" I" I" ~-
I
I
I" I" I" t.
I
I
I" I" I" t. ••

I
I " I " .:..
I
I" I" I" t.
I
I
I" I" I" t.
I
I
I" I" I" I" I" I" r.. I" I" I" :

60 580 ~
70 430 2000 · o · , : . o· o· o·~- o· o· o · t. o· o · o·~- • · o· o · . : . o· o · o· t. o · o· o· t. o· o· o · o· o · o· lo · o · o· o·:

80 320
90 240 1000 ·- ·- ·- ~- ·- ·- .. '
'
100 180
o
110 140 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110 120
120 110 Temperatura [0 C]

Equação da tensão: Unte= 5,0 I (1 + 1500 I Rntc) ± 5%


Equação da resistênçia: ln(Rntc) = 3554/(T+273) - 4,30 ± 10%
114

e.I eI ~ . ... .-....


~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSebt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll- Golú

ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~"
nd..@dcaongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

Collrale llo m•or Maanetllarellll. GF COID COIDPIIIIIDr lle bonlo


Sensor de pressão absoluta
Medida de tensão: Unidade de gerenciamento do motor conectada, sensor conectado, chave de ignição
ligada. Meça a tensão entre os terminais correspondentes a sinal e massa, ou seja 1 e 4 no sensor ou 65
e 62 na unidade de comando do motor. Introduza uma agulha pela parte traseira do conectar ou utilize um
chicote adaptador.
Eno: admita a possibilidade de uma variação de ± 3% na medida de tensão.

Palio
Bosch O 261 230 030 Siena
bar KPa mmHg Tensão (V) Strada

0,2 20 150,01 0,301 1.408V


0,3 30 225,02 0,739 FIex
0,35 35 262,52 0,958
1.808V
0,4 40 300,02 1,177
FIex
0,5 50 375,03 1,615
0,6 60 450,04 2,053
0,7 70 525,04 2,491
0,8 80 600,05 2,929
0,9 90 675,05 3,367
0,92 92 690,06 3,455
1 ,O 100 750,06 3,805
1,1 110 825,07 4,243
1,2 120 900,07 4,681
1,23 123 922,57 4,812

Sensor de pressão absoluta


5 ................................................. .

4 • • •• • ••• • •••••••••••••••••••••••••••

3 . . . . . . . • . . . . . . • . . . . . . . . . . . . . . ....•......•.......
~
o
t('Q
UI
c: 2 • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • •••••••••••••••••••••••••••
~

o 20 40 60 80 100 120 140 kPa


o 0,2 0.4 0,6 0,8 1 1,2 1,4 Bar
o 150 300 450 600 750 900 1050 mmHI
Pressão

Equação da tensão: U = 4,38 * P(bar)- 0,575


Equação da pressão: P(bar) =0,228 * U + O, 131
105

lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C•IcI~ lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
ENGENHARIAwww~cloono.br
Fábio Ribeiro von Glehn

ce11re1e ••11our• -••m•• ... ce•lllldorda 110n11


laCII..çll dlc. .J•ntn

Caixa de relés efusíveis interno


VISTA ANTERIOR VISTA POSTERfOR
Palio
Siana
Strada
12l lJrrom=

1.408V
Flex

1.8 08V Azul= D


Flex

Preto =A A.zul =C
Computador de bordo Computador de bordo

FUS DES11NO FUS DES11NO

12 Farol baixo esquerdo (2) 49 Auto-rádio (A04)


13 Farol baixo direito (2) Interruptor do farol de neblina (4)
31 Interruptor de marcha a ré (1) Comando do espelho elétrico (7 e 8)
32 Conj. alavancas (806) Central de estacionamento (A01)
33 Central do vidro elétrico (B 11) Sensor de chuva (1)
34 Central do vidro elétrico (820) Central do vidro elétrico (A17)
35 Sensor de nfvel de combustfvel (1) 50 Airbag (A02)
37 Interruptor do pedal de freio (1) 51 Acendedor de cigarros (1)
Computador de bordo (13) Painel de comando (A06)
38 Computador de bordo (01) Iluminação de comando aquecedor (1)
39 Computador de bordo (17) 52 Central do vidro elétrico (A07)
Auto-rádio (A07) Banco elétrico (2)
40 Vidro traseiro térmico (2) 53 Computador de bordo (19)
42 ABS (15)
43 Conj. alavancas (A11) Relê Função
44 Acendedor de cigarros (2)
45 Banco elétrico (1) T01 Farol baixo
47 Central do vidro elétrico (A01) T11 Aquecedor traseiro ténnico
48 Central do vidro elétrico (A1O) T12 Ralé de serviços 1
T13 Ralé de serviços 2

111

!mp!1§1o orla !Da! em PAPEL BEC!ClADQ


ln}eçfo elettenlca tecnologia tlex

C. . .ll ........ --IMIIIIII . .41FCIIII ClllJII..IfdiiMnll

llallllliO 111 COIIDOIIIIII


Caixa de relés efusíveis do vão do motor
VISTA SUPERIOR

~~Q~
u o~~~~
Palio
Slena
Strada
~ N m ~ ~ rn oo o 1.408V
:J

I 18 I I
,ü FIex
(1)
> 1.808V
[ill] T06 T02 [ill] o FIex
I F231 T07 ITill -o
~
ro
[ill] [ ros] [ill] "E
Q)

[ill]~
:::J
o-
I F221 T09 [ T03]= Cf)
Q)

T20 I ~IF30I ~
[ill] [ ~
c=J WKl ro
IF2ol~: Tos]~I Fo91
frente do veículo
.
~
'e FUS DESTINO FUS DESTINO
i
.2
~~ 01 Central do painel (P02) 21 Relé T10 da partida a frio
~ 02 Central do painel (P02) 22 Bobina de ignição (1) se IAW 4AF ou IAW 4SF
'!
1 03 Comutador de ignição (A2) Eletro-injetores (1} se IAW 4AF ou IAW 4SF
~ 04 ABS (17 e 18) Bomba de combustrvel (1)
ª o1
a 06
Rei é T06 eletroventilador {baixa vel.)
Relé T07 do eletroventilador {aHa vel.}
23
30
Relé T20 do farol suplementar
Relé T14 do farol de neblina
.
s
3 08 Relé TOS do eletroventilador interno
i 09 ReléT17 Relê Função
t, 10
~ Relé T03 da buzina
~ 11 Sonda lambda (4) T02 Farol alto
~
~
Eletroválvula do canister (1) T03 Buzina
~
-; Sensor de velocidade (3) TOS Compressor de ar condicionado
f. 14 Farol alto direito (10) T06 Eletroventilador (baixa velocidade)
1S Farol alto esquerdo (10) T07 Eletroventilador (alta velocidade)
16 Central de injeção eletrônica T08 Eletroventilador interno
(OS seiAW 4SF /15 se IAW 4AF I 862 se SNF) T09 Injeção eletrônica {principal)
Relé T09 da injeção eletrônica T1 O Partida a frio
Relé T10 da partida a frio T14 Farol de neblina
17 Bobina de ignição (2)- somente SNF T17
Eletro-injetores (1)- somente SNF T19
18 Central de injeção eletrônica T20 Farol suplementar
(28 se IAW 4SF /29 se IAW 4AF I 816 se 5NF)
19 Relé TOS do compressor da ar condic.
20 ReléT19 101

lmP!H110 Q!'IQID8! em PAPEL BEC!CLADO


Fábio Ribeiro von Glehn

Controle da motor Maaneu Mare111• 4SF com Computador de borda

lOCIIIzaÇiD dOI COIDPDIII. dO


Controle dD IDIIOr

Palio
Siena
Strada

1.4 oav
FIex
Injetor
1.a oav partida a frio
FIex
\• cam.
Posição da
Pressão e~· borboleta • -~Velocidade
temperatura do ar -
Detonaçao ~•
~------~r---------~ Temperatura
./a água
Rotação
~ ~obina

Pressão~•
• IFusel
do óleo
Pressão
doAC •
~

Eletroinjetores Sonda lambda
'

Frente do veículo

101

e.I eI ~ . _. . -. _.
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSebt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~"
nd..@dcaongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

Collrale IID m•or Maanetllarellll. GF COID COIDPIIIIIDr lle bonlo

Altemador Frente do motor, lado direito


Bobinas de ignição Parte traseira do motor fixado ao cabeçote
Bomba de combustível Reservatório de combustível
Bomba de partida a frio Reservatório de partida a frio, lado direito do
veículo
Central de injeção eletrônica Vão do motor, acima do servo freio
Palio
Computador de bordo Abaixo e a esquerda do volante do verculo, fixado à
Siena
central de fusfveis
Strada
Eletro-injetores Coletor de admissão no lado direito do motor
Eletroválvula de purga do canister Fixado ao coletor de admissão 1.408V
Injetor de partida a frio Painel corta fogo entre o coletor de admissão e a FIex
central de admissão
1.808V
Interruptor da pressão de óleo do motor Fixado a bomba de óleo, frente do motor no lado FIex
direito
Interruptor do pedal de embreagem Fixado ao pedal de embreagem
Interruptor duplo do pedal de freio Pedal de freio
Interruptor inercial Ao lado do pedal de embreagem
Painel de instrumentos ---
8
Relé T21 da 4 vel. do eletroventildor intemo à esquerda do porta-luvas
Sensor de detonação Abaixo do coletor de admissão, entre o segundo e
terceiro cilindro
Sensor de posição da borboleta Na entrada do coletor de admissão
Sensor de posição do pedal do acelerador Pedal acelerador
Sensor de pressão e temperatura do ar Coletor de admissão, acima do duto do quarto
cilindro
Sensor de pressão do ar condicionado Duto do ar condicionado, abaixo do suporte da
bateria
Sensor de rotação Frente do motor e o chicote pela lateral direita do
motor
Sensor de temperatura da água Parte traseira do cabeçote, abaixo da bobina de
ignição
Sensor de velocidade Cambio logo abaixo da central de injeção
Sonda lambda aquecida Coletor de escape próximo as vávulas de escape
Termostato eletrônico Ao lado da caixa de ar no lado direito

101

lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C•IcI~ lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
ENGENHARIAwww~cloong.br
Fábio Ribeiro von Glehn

Controle dD IDIIDr MagneU Mare111• 4SF IBID CDIDPIIBdDr de bardo

Central de
l~lletr6nlca
.... AZooiPT ... ,yyy. h......,......, Eletrolnjetor 1
Aterramento
:1 PT
PT
...
H
71 ~

:JI PT
27 PTND ... ...,..,. h~
Eletroinjetor 2
~ 77 ~

-
..........
+
+:JO

+til
VIl

LR
21

SI
eo IIIIND d ,yyy. h......,......,
~
Eletrolnjetor 3

Palio = ... J
71
BRND ... ...,..,. h.....,....,
~
Eletroinjator 4

Siena ~-J'hO ~ .rhl 70 ~

~r
~Q
R11 - Rll6 prlnelpal
Strada VI
OI
,....,....,
~"
] Bobina de lgnl çlo
1.4 oav tn
•... J-

~~
IR
~

...-.
Senaor de rotaçio 2 VIl

FIex IIMI'T ~
7S te
VIIIPT
.i
1.a oav
Senaor de preaalo absoluta

I~ "" ~
.
Flex Senaor de temperatura do ar Lr-7'"l.•
~
PT
RSIPT
-
~
-
~
PTM r1
LI
_... h r-;j'i"'
t'~
lndleedor de nlvel do
nn~~r~~tórlo auxiliar
1

·-
da partida a fTio
~
.J""7'\I tJ CZIIIR
Senaor de temperatura da
água ·~ti
...
BlliPT
~
!Os Seneor de veloeldade i
c

t CZND
-
_...
a
~
.
•i
'~
Sanaor de poalçlo da ........L. YDIPT
17
lnten-uptor Inercial

R n~t......,......,
borboleta ~
-!!

.
CZIPT ~
~
~
BRIPT

VIIM
n
I ........_ ~-
Bomba de combustível
Senaor de nlval de
~.
c
L...[Ni). L~~ ~
PTM eombuetlvel
Aeelerador el.trõnieo 17


........L. •
4 AZ<Iji'T
1111/Bil --
t• --
At i
At i
M7
i
:i:

--
BOI
Sanaor de poalçlo do
,.fc
CZJIIIl CZND ~CIIc.. Mrt...IDJ.
tO+ 21
pedal do ac:elerador
r-----1 I
IM. R
PTM
~
SI+ 21
CZND IMI • .,.,.I'MII.II~
IIRIAII TIIOOMitn
'"~
At Painel de inetrumentoa
..
-
---r" IIRIPT 44 AZdNII Anomlllll !:
At4
AZ Nlnl d e CDIIIb.

~
ss
-
- r ~...----.· ti
--
PTM At7
41
Sonda lambda aqueelda
-L
~tll "'
~· 2 VD
:tr ~
- Afjf!;J... -{fi!] 5
20
VD
Al<8 .... ~ lmoblllzador .:"'
Sanaor de detona;io '"' ..... .r
VI ~

.r-:= =~ i
·r:r·
t AN n--+

- ~.
ce:5="~ I'·--·-- ~
CZIIIIl
Interruptor do pedal da ~
embreagem ~
Antena de ehlve eletr6nlca

---
........ ~
;o
Interruptor duplo
..-::=. .lt • VVPT
;.;
i.
do pedal de freio
-
..::. IJz j._ • VDJAII

- a A2.oWT ~1h-
....... Eletrvvllvul a de purga do
eanlatar ~

R10- Ralé de partida frio =íi~il


............ . 41
BRNII
o
o
s
2
Tomada de dl agnoae
.:.:;
.:-c

Motor da partida a frio


~-,.,
....~
I~·
..,
t;
'I'

Injetor de partida a frio ..,.. ~


~c
~

-
I

no
e.I eI ~ . _. . -. _. ~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSebt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

ENGENHARIA www.aolo.oro.br
nd..@dcaongoanharl• .onm.bo
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

Controle do motor laanetl Mare111• 4IF sem computador de bordo

Termostato eletr6nico

R12 • Rellli eletroventll ador


Comutador de velocidades (baixa velocidade)
Palio
Siena
Realator limitador de Strada
velocidade

1.408V
Eletronntllador de
R21 • Rellli do ventilador arrefecimento FIex
lnfllmo
R14 • Rellli eletroventll ador
CZJPT (alta velocidade) 1.808V
Elatroventllador 12
FIex
..,. BRA.R
BRND
Sansor de pnsslo do fluido
PTNI
de refrlgeraçlo do
114 ar condicionado

Raalatorn limitadoras da AZe8IVII


velocidade do 17 R13 • Rellli de plana carga do
ellltnwentllador comprauor de ar

Embreagem do
compre..or de ar

c
cc c " c; c ,___ _ _ _ __,

111

lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO Cl cI~


a lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
ENGENHARIAwww~cloong.br
Fábio Ribeiro von Glehn

Controle dD IDIIOr MagneU Mare111• 4SF IBID COIDPIIBdDr de bardo

Pln-aut da unidade de calllnlle do mDIDr

Palio
Siena
Strada

1.4 oav
FIex Term. Descrição
01 Aterramento
1.a oav 02 Aterramento
FIex
04 Sensor de posição do pedal acelerador pino 5
Sensor de pressão ar condicionado pino 1
05 Relê R11 principal da injeção pino 85
07 Interruptor de nrvel do reservatório de partida a frio
Painel de instrumentos pino 803
10 Sensor de posição do pedal acelerador pino 2
11 Sonda lamba aquecida pino 2
15 Sensor de posição do pedal acelerador pino 3
17 Relê R13 do ar condicionado pino 86
18 Interruptor duplo do pedal de freio pino 4
19 Solicitação de ar condicionado (termostato eletrônico pino 2)
20 Central do imobilizador pino A06
21 Painel de instrumentos pino A 13- painel com marcador de temperatura
22 Sonda lamba aquecida pino 1
26 Painel de instrumentos pino A 13- painel com led indicador de superaquecimento
27 Aterramento
28 Positivo de bateria- linha 30 protegida pelo fusfvel F1 OA
32 Relé R14 da 2° velocidade do ventilador do radiador pino 85
33 Painel de instrumentos pino 804- sinal de nfvel do reservatório de combustrvel
35 Interruptor duplo do pedal de freio pino 3
36 Sensor de posição do pedal acelerador pino 1
36 Sensor de pressão do fluido de refrigeração do ar condicionado pino 2
38 Positivo pós chave de ignição -linha 15
39 Sensor de pressão do fluido de refrigeração do ar condicionado pino 3
41 Sonda lamba aquecida pino 3
42 Relé R12 da 1° velocidade do ventilador do radiador pino 85
43 Eletroválvula de purga do canister pino 2
44 Painel de instrumentos pino A08
45 Interruptor do pedal de embreagem
46 Tomada de diagnose pino 3
48 Sensor de posição do pedal acelerador pino 6
49 Sensor de posição do pedal acelerador pino 4
52 Painel de instrumentos pino A 14

112

e.I eI ~ . _. . -. _.
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSebt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~"
nd..@dcaongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

Controle do motor laanetl Mare111• 4IF sem computador de bordo

PIHUl da Ulldldl dl COIUOII dO motor

Palio
Siena
Strada
.!
e
E
~ 1.408V
~
FIex
f
-1;
Term. Descrição
'õl 53 Acelerador eletrônico pino 3 1.808V
l 54 Sensor de rotação pino 2 FIex
~
~ 55 Sensor de temperatura do ar pino 2
~ 56 Sensor de posição da borboleta pino 4
-=
.i
{ 57 Sensor de posição da borboleta pino 2
;: 58 Sensor de posição da borboleta pino 6
~

Sensor de temperatura da agua pino 1


I.
~
59 Ralé R1O da partida a frio pino 85
~ 61 Sensor de detonação pino 1
i
•i: 62 Sensor de pressão absoluta pino 4
-e. 64 Sensor de pressão absoluta pino 3
~
.
~
.;
65
67
Sensor de pressão absoluta e temperatura do ar pino 1
Acelerador eletrônico pino 5
!
~
.. 68 Sensor de rotação pino 1
~
s 69 Sensor de temperatura da água pino 2
~
.;: 70 Bobina de ignição pino 1
t
"'
't;
73 Bobina de ignição pino 3
': 75 Sensor de detonação pino 2
~
76 Sensor posição borboleta pino 1
~
;: 77 Eletroinjetor 2 pino 2
~ Eletroinjetor 4 pino 2
~
78
.:l
~ 79 Eletroinjetor 1 pino 2
.I
~ 80 Eletroinjetor 3 pino 2
"'
ê:s
..
:
~
!

113

lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C•IcI~ lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
ENGENHARIAwww~cloong.br
Fábio Ribeiro von Glehn

Controle da motor Maaneu Mare111• 4SF se1D CDIDPIIBdDr de bardo

Alimentação da UCE Sonda Lambda


carcaça e massa continuidade resist. de aquec. 3,0 a4,0Q
pino 01 e massa continuidade pinos41 e 79 16,0 a 21 ,on aq sonda +
pino 02 e massa continuidade injetor
pino 27 e massa continuidade pinos 22 e 11 O, 1 a 0,9V (marcha-lenta)
28 e massa 11,0 a 13,5V- motordeslig. Sensor de detonação (resistência)
Palio
Siena 28 e massa 11 ,O a 13,5V- motor ligado pinos 75 e 61 I 4, 75 a 5,25 MO
Strada 38 e massa O,OV -motor desligado
38 e massa 12,0 a 15,0V- motor ligado Eletro-injetores (resistência)
1.4 oav isolado 13,0 a 17,0 o
FIex Relê principal (resistência) pinos 79 e 77 26,0 a 34,0 o
1.a oav 05 e 38 70 a 90 n pinos 79 e 80 26,0 a 34,0 o
FIex
Sensor de rotação e PMS (resistência) pinos 79 e 78 26,0 a 34,0 o
68 e 54 840a 1030 o Sistema de Ignição (resistência)
Sensor de pressão absoluta primário isolado 0,5 a 0,7 n
Verificar gráfico nas páginas seguintes pinos 1 e 3 (70 e 73) 1,0 a 1,4 n
secundário 1 (1 e 4) 10,0 a 13,0 kD:
Sensor de temperatura do ar secundário 2 (2 e 3) 10,0 a 13,0 kQ
Verificar gráfico nas páginas seguintes
Bomba de Combustível
Sensor de temperatura da água Pressão da linha I 3,5 bar
Verificar gráfico nas páginas seguintes
Eletroválvula de purga do canister (resist.)
Sensor posição da borboleta * isolado 18,0 a 22 ,0 o
Fechada Aberta pinos 43 e 79 31,0 a 39,0 n canister + inj.
1 e 2 (76 e 57) 1200 a 14800 350 a 440.0
1 e 6 (76 e 58) 700 a 860n 1180 a 14600
2 e 6 (57 e 58) 880 a 1090.0: 880 a 1090n
4 e 2 (56 e 57) 550 a 680n 1150 a 14200
4 e 6 (56 e 58) 1060 a 13100 320 a 410.0

Acelerador eletr6nico (resistência)


3 e 5 (53 e 67) 4,5 a5,5 o

114

e.I eI ~ . _. . -. _.
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSebt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~"
nd..@dcaongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

Controle do motor laanetl Mare111• 4IF sem computador de bordo


Sensor de temperatura do ar na tubulação de admissão
Medida de tensão: Unidade de gerenciamento do motor conectada, sensor conectado, chave de ignição
ligada. Meça a tensão entre os dois fios do sensorde temperatura introduzindo uma agulha pela parte traseira
do conectar do sensor, ou do conectar da unidade de comando ou utilize um chicote adaptador. No sensor
utilize os terminais 1 e 2, já na unidade de comando utilize os correspondentes 65 e 55.
Medida de resistência: Unidade de gerenciamento do motor desconectada, sensorconectado, chave de
ignição desligada. Meça a resistência do sensor utilizando a extensão do próprio chicote do verculo, ou seja,
conecte o ohmímetro nos terminais correspondentes ao sensor de temperatura no conectar da unidade de Palio
gerenciamento do motor, para isso utilize os terminais 65 e 55. Ou diretamente no componente desconectado, Siena
meça a resistência entre os terminais 1 e 2 . Strada
.!
~ 1.408V
~
~
FIex
f
-1;
Temp. Tensão Sensor de temperatura do ar
'õl 5 •...•...•...•...•...•...•...••..•...•...•...•.... 1.808V
(OC)
l (V) FIex
o 3,75
10 3,25 4 ~··•ll•••• • ••••••..,•••••••••••••••v•••••••••• • ••• • •

20 2,75
30 2,27
40 1,75 ~
o
50 1,41 <(IJ
cn
c 2
60 1,11 ~
70 0,87
80 0,68
90 0,53
100 0,41
o ····-···-···-·······-···--··-···-···-···-···-····
110 0,32 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110 120
120 0,26 Temperatura rC1

Temp. Resist. Sensor de temperatura do ar


7000 ••• •• • ••• •• ' • • ' •• ' ••• •• •• • ••• ••• • •• •• ' •• • •• ' • •• ••
(OC) (Q) • r ~ r ~ • r r r • r r

o 6100
6000 - o- o- o- t- . - o- o - ~- o- o- ,- t - o- , - o + ~- , - o - o - .:.- o+ o- o- r.- o+ o- o - ~- o- o- o- t- r - o- o - ,: - , - o- o+ r. - o+ o- , - t - o- o+ o- :
10 3800
20 2500 5000
~
- r - - - r- r· r·
r
~
H"

r
r· r - I"
~

r
O" I" r·--
r
~.
I" r· O" . .-


O" O" r·
~
10 "

r
O" r·
~
O"--

r
r· O" O"
:"
r · r·
r
O" r·
.
10"


I" r· O"
~
.. .

r
r· O" I"
~

r
O" O"
.
r· r

30 1700 Cf
40 1100 -~ 4000
c
•Gl
50 800 ]2
cn 3000
60 580 ~
70 430 2000 - ·- ~- ·- ·- ·- ~- ·- ·- ·- ,:_ ·- ·- ·- ~ - ·- ·- ·- ~- ·- ·- ·- t. ·- ·- ·- .:- ·- ·- ·- ~- ·- ·- ·- t - ·- ·- ·-:

80 320
90 240
100 180
110 140 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110 120
120 110 Temperatura [ 0 C]

Equação da tensão: Unte= 5,0 I (1 + 2040 I Rntc) ± 5%


Equação da resistência: ln(Rntc) = 35541(T+273) - 4 ,30 ± 10%
115

lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C•IcI~


ENGENHARIAwww~cloong.br
lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
Fábio Ribeiro von Glehn

Controle dD IDIIDr MagneU Mare111• 4SF IBID CDIDPIIBdDr de bardo


Sensor de temperatura da água
Medida de tensão: Unidade de gerenciamento do motor conectada, sensorconectado, chave de ignição
ligada. Meça a tensão entre os dois fios do sensor de temperatura introduzindo uma agulha pela parte traseira
do conectar do sensor, ou do conectar da unidade de comando ou utilize um chicote adaptador. No sensor
utilize os terminais 1 e 2, já na unidade de comando utilize os correspondentes 58 e 69.
Medida de resistência: Unidade de gerenciamento do motor desconectada, sensor conectado, chave de
ignição desligada. Meça a resistência do sensor utilizando a extensão do próprio chicote do verculo, ou seja,
Palio conecte o ohmímetro nos terminais correspondentes ao sensor de temperatura no conectar da unidade de
Siena gerenciamento do motor, para isso utilize os terminais 58 e 69. Ou diretamente no componente desconectado,
Strada meça a resistência entre os terminais 1 e 2.

1.4 oav
FIex

1.a oav Temp. Tensão Sensor de temperatura da água


FIex 5 •...•...•...•...•...•...•...•...•...•...•...•....
(OC) (V)
o 4,01
10 3,58 4

20 3,13
30 2,66 3
40 2,12
50 1,74
60 1,39
70 1'11
80 0,88
90 0,69
100 0,54 o ................. . ................ . ........... . ... .
110 0,43 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110
0
120 0,34 Temperatura [ C]

Temp. Resist. Sansor da temperatura da água


7000
(OC) (U)
o 6100
6000
10 3800
20 2500 5000
30 1700 ã
40 1100 -~ 4000
c
•Ql
50 800
~ 3000 •• I" I" .:.
I
I" I" I" ~-
I
I
I" I" I" t.
I
I
I" I" I" t. ••

I
I " I " .:..
I
I" I" I" t.
I
I
I" I" I" t.
I
I
I" I" I" I" I" I" r.. I" I" I" :

60 580 ~
70 430 2000 · o · , : . o· o· o·~- o· o· o · t. o· o · o·~- • · o· o · . : . o· o · o· t. o · o· o· t. o· o· o · o· o · o· lo · o · o· o·:

80 320
90 240 1000 ·- ·- ·- ~- ·- ·- .. '
'
100 180
o
110 140 o 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110 120
120 110 Temperatura [0 C]

Equação da tensão: Unte= 5,0 I (1 + 1500 I Rntc) ± 5%


Equação da resistênçia: ln(Rntc) = 3554/(T+273) - 4,30 ± 10%
na
e.I eI ~ . ... .-....
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSebt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll- Golú

ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~"
nd..@dcaongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

Controle do motor laanetl Mare111• 4IF sem computador de bordo


Sensor de pressão absoluta
Medida de tensão: Unidade de gerenciamento do motor conectada, sensor conectado, chave de ignição
ligada. Meça a tensão entre os terminais correspondentes a sinal e massa, ou seja 1 e 4 no sensor ou 65
e 62 na unidade de comando do motor. Introduza uma agulha pela parte traseira do conectar ou utilize um
chicote adaptador.
Eno: admita a possibilidade de uma variação de ± 3% na medida de tensão.

Palio
Bosch O 261 230 030 Siena
Strada
bar KPa mmHg Tensão (V)
0,2 20 150,01 0,301 1.408V
0,3 30 225,02 0,739 FIex
0,35 35 262,52 0,958
1.808V
0,4 40 300,02 1,177
FIex
0,5 50 375,03 1,615
0,6 60 450,04 2,053
0,7 70 525,04 2,491
0,8 80 600,05 2,929
0,9 90 675,05 3,367
0,92 92 690,06 3,455
1 ,O 100 750,06 3,805
1,1 110 825,07 4,243
1,2 120 900,07 4,681
1,23 123 922,57 4,812

Sensor de pressão absoluta


5 ................................................. .

4 • • •• • •• •• •••••••••••••••••••••••••••

3 . . . . . . . • . . . . . . • . . . . . . . . . . . . . . ....•......•.......
~
o
t('Q
UI
c: 2 • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • •••••••••••••••••••••••••••
~

o 20 40 60 80 100 120 140 kPa


o 0,2 0.4 0,6 0,8 1 1,2 1,4 Bar
o 150 300 450 600 750 900 1050 mmHG
Pressão

Equação da tensão: U = 4,38 * P(bar)- 0,575


Equação da pressão: P(bar) =0,228 * U + O, 131
11J

lmoresso orjgjnal em PAPEL BECICLADO C•IcI~ lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
ENGENHARIAwww~cloong.br
Fábio Ribeiro von Glehn

Controle dD IDIIOr MagneU Mare111• 4SF SeiD COIDPIIIdDr de bardo

lDcallziÇID de CDIDP•entes

CaiXa de relés erusíveis interno

Tomada de diagnose

--------
Palio versão Celebration
Siena R15

-------
16 09
Strada
R08 R09 R08
1.4 oav
FIex

1.a oav
FIex
-
c/ central
vidro

- -
s/ central
vidro
08 01

FUS DESTINO Relé Função

01 Limpador do parabrisa R01


02 Central dos vidros elétricos R02
03 Central dos vidros elétricos R03
04 Farol alto esquerdo R04 Farol baixo
05 Farol alto direito R05 Desembaçador do vidro traseiro
06 Lanterna de neblina R06 Buzina (não em todos)
07 Luz de posição -lado esquerdo R07
08 Luz de posição - lado direito R08 Limpador traseiro (peq ./marrom)
09 Farol de neblina R09 Limpadores
10 Trava de porta Ventilação interna
11 Desembaçador do v1dro trase1ro Relé do farol ba1xo
12 Sinalização de emergência R15 Vidro elétrico (amarelo/grande)
13 Buzina
14 Interruptor do pedal de freio
15 Painel de instrumentos
16 Ar condicionado
17 Farol baixo esquerdo
18 Farol baixo direito
19 Ventilação intema
20 Iluminação intema
Tomada de diagnose (16)- v. Celebration
21 Partida a frio
22 ABS
23 I mobilizador

na
e.I eI ~ . _. . -. _.
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSabt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~"
nd..@dcaongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

Controle do motor laanetl Mare111• 4IF sem computador de bordo

Locallzaçio da comPOnentes
Caixa de fusíveis ao lado da bateria
Fus Função

EFI Injeção eletrônica


IGN Comutador de ignição Palio
Siena
JB1 Farois baixos
Iluminação interna, Strada
Limpador do pára-brisa,
Partida a frio, 1.408V
Ventilação interna FIex
JB2 Buzina,
Desembaçador, 1.808V
FIex
frente do veículo Emergência

Caixa de relês efusíveis próximo ao


sarvalralo
I. Fus Função
~

G
F1 OA Injeção eletrOnica R1 0 comA/C IF30A ou F40AI
F15A Sonda lambda e canister R1 2 semAJC
F30A Arrefecimento (1 8 veloc. sem A/C) R10
F40A Arrefecimento (1 8 veloc. com A/C) (semNC)
I F15A I I F10A I

Relê Função frente do veículo


R1 O Partida a frio
R11 Principal
R12 Arrefecimento (1 8 veloc. sem A/C) *A posição dos relés pode mudar de carro para
carro

Caixa de relés abaixo do suporte da


bltariiiCDRI A/Cl

Relê Função
R13 R12 Arrefecimento (1 8 Veloc. com A/C)
(comNC) R13 Compressor
R14 Arrefecimento (28 Veloc. com A/C)

R12 *A posição dos relés pode mudar de carro para carro


(comNC)

R14
(comNC)

frente do veículo 119

lmoresso orjgjn8! em PAPEL BECICLADO C•IcI~ lw. C-255, nO:Z70, Centro Empra.arlal Sabba., aala 719
Nova Sulça, 74230-010, Gollnla- Gol6e
B2 - 3942-38!9 - VW~du@dckanganharta.mm.br
ENGENHARIAwww~cloong.br
Fábio Ribeiro von Glehn

Controle dD IDIIOr MagneU Mare111• 4SF IBID COIDPIIBdDr de bardo

lOCIIIzaÇiD dOI COIDPDIII. dO


Controle dD IDIIOr

Palio
Siena
Strada

1.4 oav
FIex
Injetor
1.a oav partida a frio
FIex
\• cam.
Posição da
Pressão e~· borboleta • -~Velocidade
temperatura do ar -
Detonaçao ~•
~------~r---------~ Temperatura
./a água
Rotação
~ ~obina
Pressão~
• IFusel
do óleo
Pressão
doAC •
~

Eletroinjetores Sonda lambda
'

Frente do veículo

121

e.I eI ~ . _. . -. _.
~ C-255, n027D, CamtJ ErT'flreearlalSebt.., llllla 719
Novo Sulça, 74280.010, Gollnl!ll· Golú

ENGENHARIA www.aolo.ero.~>~"
nd..@dcaongoanharl• .oam.b,
ImPresso orjgjnal em PAPEL RECICLADO
lnjeçio e1etr6n1ca tecnologia f/ex

Cantrale da mDIDr laanetl Mare111• 4IF sem camputadar de bardo


Bobina de ignição Parte traseira do cabeçote
Bomba de combustível No tanque
Bomba de partida a frio Lateral direita do veículo
Central de injeção eletrônica Painel corta fogo acima do servo freio
Central do imobilizador Abaixo da coluna de direção
Eletro-injetores Coletor de admissão -lado direito do motor
Palio
Eletroválvula de purga do canister Abaixo do corpo de borboleta Siena
Injetor de partida a frio Painel corta fogo abaixo central de injeção Strada
Interruptor inercial Ao lado do pedal de embreagem
1.408V
Interruptor do pedal de embreagem FIex
Interruptor duplo do pedal de freio
Painel de instrumentos 1.808V
FIex
Relé R21 da 41 vel. do eletroventildor interno à esquerda do porta-luvas
Sensor de detonação Bloco motor abaixo do coletor de admissão
Sensor de posição da borboleta No corpo de borboleta
Sensor de posição do pedal do acelerador