Você está na página 1de 4

VEGETAÇÃO

AULA 1 – FORMAÇÕES VEGETAIS: INTRODUÇÃO (Hemisfério Norte) ou entre a região do Círculo


Polar Antártico e o Trópico de Capricórnio
A esfera dos gases (Hemisfério Sul).

As características das formações vegetais encontradas em  Intertropical e Equatorial: entre as regiões dos
todo o planeta são o resultado das influências de trópicos de Câncer e de Capricórnio e o Equador.
diferentes elementos e fenômenos do sistema Terra
(atmosfera, hidrosfera, litosfera e biosfera).

Fatores de influência

Alguns dos principais fatores que influenciam nas


características dos domínios de vegetação:

 Clima: comportamento geral das temperaturas e


da pluviosidade.

 Água: disponibilidade, através das chuvas,


corpos d’água ou águas subterrâneas, por
exemplo.
Fonte: < http://www.estudopratico.com.br/wp-content/uploads/2014/10/zonas-
termicas-da-terra-polares-temperadas-e-tropical.png>.
 Formações geológicas: características das
rochas, que interferem na formação dos solos. Formações vegetais no brasil

 Relevo: declividades e feições dos terrenos.  Florestais/arbóreas

 Interações biológicas: formas de organização  Arbustivas/herbáceas


da biosfera em uma região, as trocas de matéria
e energia entre seres vivos e as interações  Complexas
destes com outros elementos do sistema Terra.
Formações florestais
 Fatores astronômicos: luminosidade solar e
ciclos relacionados à translação (estações do
Formação Características
ano).
florestal
 Antropismo: interferências humanas nos Latifoliada: folhas largas e grandes.
ambientes.
Higrófita: vegetação adaptada à
presença de elevada umidade e
pluviosidade.
Perene: tem folhagens durante todo
o ano, sem períodos de queda de
AULA 2 – FORMAÇÕES FLORESTAIS folhas.
Ombrófila: desenvolvida em climas
Campo da biogeografia Amazônica
chuvosos.
Heterogênea: elevada diversidade
A biogeografia é um campo das geociências destinado a vegetal.
estudar e interpretar a distribuição espacial e as interações Mata de igapó: próxima aos rios e
entre as diferentes formas de vida no planeta. Como a aos igarapés (cursos d’água
vegetação (elemento da biosfera) é influenciada por estreitos e pouco profundos).
essas interações entre as esferas do sistema Terra, o
Mata de várzea: sujeita às
estudo das formações vegetais nos dá pistas importantes
inundações periódicas.
para compreender aspectos como o clima, o relevo, a
Mata de terra firme: floresta densa
hidrografia, os solos e outros fenômenos dos meios
e de grande porte arbóreo.
natural, biótico ou mesmo as repercussões para os seres
Cobria grande faixa do Brasil
humanos.
próxima ao litoral (norte do RS até
RN).
Regiões biogeográficas e zonas climáticas
Características semelhantes à
Mata Atlântica
 Polar/glacial: ao norte da região do Círculo Polar floresta amazônica
Ártico (Hemisfério Norte) ou ao sul da região do
Círculo Polar Antártico (Hemisfério Sul).
Antropismo: redução da área
 Temperada e Subtropical: entre a região do original.
Círculo Polar Ártico e o Trópico de Câncer

Copyright © 2017 Stoodi Ensino e Treinamento à Distância


www.stoodi.com.br
1
VEGETAÇÃO

Aberta Formação arbustiva:


gramíneas e arbustos.
Aciculifoliada: as folhas das
árvores possuem formato Associada à topografia:
Mata dos semelhante ao de agulhas.
Pinhais/Florest acompanhando o relevo de
a de Araucárias Campos áreas como as colinas da
Mais homogênea: não possui a Campanha gaúcha, por
mesma diversidade de áreas como exemplo.
a Mata Atlântica ou a Amazônia.
Prática de pecuária extensiva.
Ameaçada de extinção
Problemas socioambientais:
Transição entre os domínios da erosão e assoreamento.
Amazônia, e da Caatinga, além de
Mata de Cocais áreas de transição com o Cerrado.
Espécies como o babaçu, a
carnaúba, o buriti e a oiticica são
característicos.
Vegetação que ocupa margens dos
cursos d’água. AULA 4 – FORMAÇÕES COMPLEXAS
Matas
A densidade e a diversidade da
ciliares/galeria
vegetação
O nome ciliarestãofazassociadas
analogia aos Ecótonos
ricos
cílios,solos
quedasprotegem
margens dos
os cursos
olhos.
d’água.
Desse modo, a mata seria uma As formações complexas possuem faixas de transição
proteção contra o assoreamento entre diferentes biomas, pois podem conter espécies de
dos rios diferentes formações vegetais.

Formação Características

Planícies extensas e inundáveis no centro


AULA 3 – FORMAÇÕES ARBUSTIVAS E HERBÁCEAS do continente.
Pantanal
Altitude média de 200 m.
Pluviosidade e porte arbóreo Presença de vários corpos d’água.
Troncos e galhos retorcidos
As formações arbustivas e herbáceas estão associadas, Vegetação de linha costeira em quase
além de outros fatores, à menores taxas de pluviosidade e todo o Brasil
menor porte arbóreo.
Halófitas: adaptadas às condições
ambientais da maritimidade (salinidade e
Formação Características
baixo nível de oxigênio, por exemplo).
arbustiva/herbácea
Temperaturas elevadas: médias acima
Duas estações, sendo uma mais Mangues de 25ºC.
seca.
Pneumatóforas: raízes adaptadas para
Solos com pouca fertilidade.
as trocas gasosas com o ambiente.
retorcidos
Troncos e galhos retorcidos. Degradação ambiental: ocupação
Cerrado urbana, lançamento de esgoto e resíduos
Diferentes níveis/portes urbanos, empreendimentos imobiliários,
arbóreos: campo limpo, campo falta de fiscalização governamental.
sujo, campo cerrado,
cerradinho, cerradão.

Sertão do Nordeste e partes de


MG (norte do Estado).
Menores índices pluviométricos
do país: entre 500 mm e 1000 AULA 5 – DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS
Temperaturas
mm/ano. elevadas:
médias acima de 25ºC. Ocorrência regional, consequências globais
Caatinga
Densamente povoado. O conceito de domínios morfoclimáticos consideram as
Problemas socioambientais: características e as interações no quadro natural
redução da vazão, irrigação em (geologia, relevo, clima, solos, vegetação, etc.), além das
grandes propriedades, influências antrópicas sobre essas áreas. O geógrafo Aziz
transposição de rios como o São Ab’Sáber, um dos cientistas mais importantes da história
Francisco.

Copyright © 2017 Stoodi Ensino e Treinamento à Distância


www.stoodi.com.br
2
VEGETAÇÃO

brasileira, é um dos pioneiros nesse tipo de classificação e  Turismo predatório.


análise da paisagem.

Domínios morfoclimáticos

Domínio Características

Amazônico Terras baixas, de florestas equatoriais.


AULA 7 – QUESTÕES AMBIENTAIS: CONSEQUÊNCIAS
Cerrado Chapadões com cerrados. NOS DOMÍNIOS NATURAIS BRASILEIROS

Caatinga Depressões semiáridas País megadiverso


Mares de Áreas planálticas de Mata Atlântica.
Como um país considerado megadiverso, o Brasil possui
Morros
as seguintes características:
Araucárias Planaltos subtropicais com araucárias.

Pradarias Coxilhas com vegetação de  Grandes dimensões territoriais.


prados/campinas.
 Diversidade de domínios morfoclimáticos.
Faixas de Transição entre domínios e formações
transição complexas.  Mosaicos de ecossistemas.

 Potenciais na utilização dos recursos.

Na agenda

O meio ambiente brasileiro, em função de sua


megadiversidade e da necessidade de melhor gestão, é
alvo de políticas públicas que receberam inúmeras
AULA 6 – QUESTÕES AMBIENTAIS: DESMATAMENTO contribuições.

Destruição de ecossistemas  Eco-92, Rio+10, Rio+20, COP-10, IPCC.

Grandes áreas naturais do planeta acabaram por ser  Código Florestal, Sistemas de Gestão Ambiental
destruídas para dar lugar à atividades do cotidiano (SGAs), Reservas.
moderno das sociedades humanas.
 Movimentos sociais e comunidade científica.
 Rápida interiorização e expansão dos eixos
populacionais.  Elementos-chave: preservação, conservação e
manejo.
 Características dos diferentes modos de
ocupação. Impactos ambientais

Principais causas e consequências

 Extinções em massa e perda de biodiversidade. Fenômeno/impacto Consequências

 Queimadas e derrubadas de áreas florestais. Extinções em massa


(fauna/flora).
o Agropecuária. Alterações no ciclo d’água.
Desmatamento
o Mineração. Degradação dos solos.

o Silvicultura. Poluição.

 Processos erosivos. Aumento de temperaturas.

Alterações climáticas Desertificação.


 Poluição do ar, hídrica e dos solos.
Eventos extremos.
 Grandes projetos.

o Hidroelétricas. Poluição das águas


Chorume
o Mineração. Poluição dos solos
Ciclo d’água (poluição)
 Especulação imobiliária.

Copyright © 2017 Stoodi Ensino e Treinamento à Distância


www.stoodi.com.br
3
VEGETAÇÃO

Radiação.

Metais pesados.

Urbanização

Expansão agropecuária

Conflitos (comunidades tradicionais e indígenas)

Saúde pública

Copyright © 2017 Stoodi Ensino e Treinamento à Distância


www.stoodi.com.br
4