Você está na página 1de 6

EQUIPE ID – PRA QUEM TEM IDENTIDADE

ARENA JOVEM PARQUE MARINHA – RIO GRANDE/RS


Tarefa do DISCIPULADO 12 (ID), JULHO 2015

Oração Intercessória: Como Deus pode usar seus intercessores para


mover céu e terra – Dutch Sheets
Autoria: Kelvin Bettanzos1

CAPITULO 1 – A QUESTÃO É
Esperar é persistir com fé, essa é a questão, na maior parte das vezes não temos isso, e se
temos um não temos outro, as vezes temos situações em que precisamos de um milagre nos
colocamos de joelho abrimos a boca e oramos pelo milagre, um ou dois dias se o milagre não
vem desistimos de buscar o milagre através da
oração e muitas vezes vamos buscar o milagre
através do „‟braço‟‟ e assim podemos estar
abrindo mão do milagre e das promessas de
Deus na nossa vida. Se ainda não aconteceu é
por que não esta na hora não estamos prontos
para receber o milagre, questione Deus por que o
milagre ainda não veio e se você está fazendo a
pergunta certa , para obter a resposta certa. Deus
ama aquele que questiona sinceramente.

CAPITULO 2 – A NECESSIDADE DE
ORAÇÃO
Obvio, por que precisamos de algumas
coisas e assim pedimos a Deus em oração certo?
Certo, mas e do ponto de vista de Deus?. Qual a
necessidade de nós orarmos a Ele? Algumas
pessoas pensam do ponto de vista de que „‟ pra
que orar a Deus, se ele só vai fazer o que quer
mesmo‟‟. A verdade é que Deus, o que ele quer
de nós é que nós cumpramos a vontade dEle, e é

1
líder da Célula PITBULL da Equipe: ID – PRA QUEM TEM IDENTIDADE, Arena Jovem Parque Marinha.

Página 1 de 6
através da oração que fazemos isso, Deus quer que nós sejamos „‟santos‟‟ como vamos ser santos
se não confessarmos nossos pecados a Ele?. Nós somos os representantes de Deus na terra e
Deus ele opera em nós nos fazendo instrumentos de mudança através da oração. Muitas vezes o
cumprimento da promessa em nossa vida exige uma resposta nossa em oração a Deus.

CAPITULO 3 – RE-APRESENTANDO JESUS


Quando nós intercedemos por alguém estamos reapresentando Jesus as pessoas é quando
nos colocamos entre a pessoa e Deus para apresenta-las, por exemplo, Jesus ele intercedia por
nós para que nós podessemos nos aproximar de Deus, o que ele faz até hoje, ou seja orar. O que
temos que entender é que quando intercedemos , não intercedemos por honra nossa , mas para
que honra e glória de Deus, nós não curamos, não libertamos, não reconciliamos ninguém com
Deus, Deus é o produtor disso nós somos só os distribuidores, Jesus precisa de homens na terra
para representa-lo assim como O Pai precisou, o homem de Deus foi Jesus, o homem de Jesus
somos nós. Sendo assim nós somos colaboradores de Deus. E então quanto aquelas pessoas que
precisam de cura, libertação, vamos dize-las que há um Deus que se importa, vamos reapresenta-
las, vamos „‟mediar‟‟, vamos interceder!?.

CAPITULO 4 – ENCONTROS, O BOM O MAU E O FEIO


Através da intercessão acontecem alguns encontros na vida de uma pessoa, encontros de
reconciliação, como o de Deus com a humanidade, os que saram como o de Jesus com muitas
pessoas nos evangelhos da bíblia por exemplo, e também terá os encontros ruins, feios, como o
de Jesus com satanás. O que da pra se concluir com isso é que através da intercessão não
acontecem só encontros bons, mas também os ruins, e Deus quer que nos exerçamos vitória em
todos, quando encontrarmos os poderes das trevas temos a responsabilidade de vencer sobre eles
, embora Jesus realizou por completo a tarefa de quebrar a autoridade de satanás e invalidar seu
domínio legal sobre nós, alguém na terra deve representa-lo nessa vitória e executa-la. Quando
nós intercedemos nos colocamos face a face com Deus, mas também nos colocamos face a face
com o diabo e então temos que enfrentar o gigante sem medo, por que Jesus nos qualificou para
representa-lo, Jesus venceu satanás e ele disse faríamos obras maiores do que as dEle então nós
venceremos em nome de Jesus.

CAPITULO 5 – FACE A FACE


Quando Jesus consumou a obra da Cruz ele tomou para si e levou embora nossas
maldições, sendo assim o que ele espera é que façamos o mesmo uns pelos outros, ele quer que
oremos, que façamos milagres pelos outros? Não, ele quer que nós o apresentemos, os
coloquemos face a face com as outras pessoas, para que ele possa fazer.. apresentemos,

Página 2 de 6
auxiliando, aconselhando, se disponibilizando a ajudar e a sustentar a pessoa terra enquanto Ele
prepara o sobrenatural. Quando levamos as pessoas a estarem face a face com Deus, e pisam no
diabo, todos os seus principados e potestades caem por terra, as pessoas são saradas, libertas isso
é interceder, isso é executar a vitória de Cristo.

CAPITULO 6 – NÃO ULTRAPASSE


Cercas de proteção, existe a ideia de que tudo que vem de Deus na vida de um cristão
vem automático, simplesmente se Deus quer proteger, protege independente de orarmos ou não,
e se Ele não quer permite que as coisas aconteçam e acreditam que isso acontece com todo
mundo em tudo, não só com cristãos. Aconteçe que isso não é verdade por exemplo Deus nunca
permitiria que uma criança fosse estuprada...
A verdade é que nosso vida tem alguns princípios reguladores para isso, é como se Deus
estivesse com o dedo na tecla pronto para ativar a proteção e o que o faz dar a partida é a nossa
oração. Deus ele pode fazer do outro jeito mas não que dizer que ele queira, o jeito que ele quer
fazer é esse. Habitar no esconderijo é um outro ponto, não adianta orarmos pela proteção de
Deus no ambiente de Deus, e após isso sentarmos na roda dos escarnecedores por exemplo. A
oração é como a palavra de Deus, não lemos uma vez hoje o suficiente para a semana toda,
também é preciso analisar o tempo oportuno para orar podemos ter uma oração diária de
proteção, mas há momentos em que a própria circunstancia requer orar, como por exemplo uma
clara exposição aos ataques do diabo como estar em um ambiente até familiar porem com
refeições consagradas a outros deuses. Precisamos entender que cada situação é uma situação
diferente e que o que mais aconteçera na vida de um cristão são situações para nós cairmos,
existe uma esconderijo onde Deus nos guarda mas não concedido aos crentes automaticamente,
embora tenhamos uma promessa de proteção contra os inimigos da parte de Deus, há uma parte
definida que devemos desempenhar para assegura-las para nós mesmos e para os outros ou seja
erguer a placa, o muro com a descrição “ sobre a sombra do Altissimo”.

CAPITULO 7 – BORBOLETAS, CAMONDONGOS, ELEFANTES E OLHOS DE BOI


Uma das coisas mais interessantes na vida de um cristão é quando o Espirito Santo passa
a agir nas nossas vidas, nos ajudando, nos consolando, diariamente nos encontramos diversas
situações onde vamos necessitar da ajuda dEle, seja para sair de uma situação constrangedora ou
para não pecar. Sempre é bom lembrar que o Espirito Santo é quem faz tudo e por isso a vezes na
intercessão que é preciso da ajuda do Espirito Santo é como se nós nos sentíssemos incapazes de
criar resultados e é ai que o Espirito Santo entra nos dando a direção assim como direciona
muitas vezes onde orar, como e pelo que, ou seja, algumas vezes Ele vai nos direcionar a lugares
em que não poderemos orar alto então precisaremos orar no espirito. Por fim o Espirito Santo é o
cara que mais cola com agente, em todos os sentidos, em todas as horas, Ele nos ajuda a obter

Página 3 de 6
resultados esperados, a vencer as batalhas ele nos consola na hora difícil, nos capacita e nos
santifica naqueles momentos que o pecado vem, a tentação aparece e se nós permitirmos que Ele
ore através de nós Ele vai segurar junto com nós, o fato é que Deus quer liberar as obras de Jesus
através de nossas orações, não tenha medo por causa da sua ignorância, não sabendo o que é
certo ou necessário não permita que sua fraqueza o torne estagnado ou inativo.

CAPITULO 8 – PARTO SOBRENATURAL


Na maioria das vezes temos a „‟ mania‟‟ de achar que Deus age somente quando a gritos,
choros, lamentações.. e constumamos a achar que por exemplo uma pessoa que você ora comela
e não acontece nada fisicamente não recebeu o poder de Deus. Temos esse costume de agir assim
por que vimos a reação mas há verdade é que nunca podemos julgar o que esta acontecendo no
espirito pelo que vemos no natural. Há verdade é que quem faz não somos nós, nós temos
capacidade para pedir a Deus que aconteça, Elias por exemplo não podia fazer chover, mas
através da sua oração, Deus mandou a chuva. Muitas vezes não são necessários gritos e choros,
mas sinceridade, temos a capacidade de pedir ao Espirito Santo que faça a obra, Deus está pronto
para nos usar para dar vida ao que está morto, está pronto para mandar a chuva, por tanto jamais
julgue uma manifestação do Espirito Santo Ele não precisa da sua opinião.

CAPITULO 9 – LUTADOR PROFISSIONAL


A intercessão ela envolve duas atividades diferentes, uma é a reconciliação a outra é a
separação, uma é levar embora, desunir, a outra é juntar, unir. Interceder significa guerrear
contra o diabo, buscar desunir as pessoas dele, e unir com Deus, porém precisamos tomar
cuidado guerrear contra o diabo não é o mesmo que guerrear com seu cachorro por um pedaço de
pão, podemos pagar um preço muito caro pela nossa ignorância, não podemos ignorar as suas
táticas e o jeito que opera, se não, não poderemos nos defender. Na batalha contra o diabo a
questão não é como lutamos mas sim lutarmos, como vamos lutar é Deus que vai nos conduzir e
a chave para isso sempre será nossa devoção a Cristo quando não fazemos isso a instabilidade do
diabo vem, parecemos bons mas sem unção nenhuma.
É importante que agente tenha sabedoria para agir, esperar o tempo de Deus, os termos de
Deus e os seus métodos, Deus vai nos dar as coordenadas sempre, como por exemplo na
intercessão terá o tempo de gritar, o verdadeiro tempo de guerra, agressiva e violenta contra o
diabo, quando fazemos isso estamos tomando posse da herança que Jesus nos deixou e assim a
protegemos. Pra finalizar precisamos crescer em autoridade, Cristo nos libertou da autoridade do
diabo sobre nós, não do poder dele, ou seja, satanás pode usar seus poderes contra nós e o que
nos faz vencer e ser livre disso é a autoridade que ganhamos devido a aproximação com Deus, a
persistência na oração, assim sempre venceremos, mas sem esquecer que ignorar satanás é
renunciar perante satanás.

Página 4 de 6
CAPITULO 10 – O HOMEM MAIS ALTO
A bíblia diz que a um véu que impede os descrentes de compreenderem o evangelho, ou
seja, eles não veem por que não conseguem ve-lo, não compreendem por que não conseguem
compreende-lo, precisam tirar o véu e ter uma revelação. Não importa o quão glorioso seja Jesus
e nem quão maravilhoso seja a nossa mensagem se o véu não for removido, não haverá a
verdadeira imagem de Cristo. Há pessoas que farão uma oração de salvação e não há revelação
verdadeira e então não há transformação a verdade é que não houve verdadeiro arrependimento,
arrependimento não significa mudar para outra direção mas sim ter uma nova compreensão, e é
preciso ter uma revelação não uma informação , informação é a que você passa, é mental,
revelação é bíblica e então até envolve e afeta a mente mas origina-se no coração. A solução
então para isso é aceitar o tempo do Espirito Santo para produzir um verdadeiro arrependimento
neles através da revelação que é dada por Deus o grande problema tanto para você conseguir
passar as informações que levem a revelação e ao arrependimento quanto para que a pessoa a ser
liberta consiga receber é o orgulho, o orgulho nos cega, o orgulho faz com que o homem pense
de outra forma, o desejo de liderar torna-se anseio de dominar, uma natureza de dar torna-se em
uma natureza de obter e para que nos possamos orar pelos perdidos é preciso a compreensão de
que o orgulho é capaz de produzir cegueira e é preciso sabedoria se atacarmos esse orgulho no
nível humano somente o fortalecemos, precisamos usar as armas de Deus para destruir as
fortalezas, a prisão interior de satanás, o lugar dentro dos descrentes onde ele pode aprisionar
fortemente os descrentes. As fortalezas são compostas por três componentes, padrões de
pensamentos, altivez e pensamentos e tentações, então temos a responsabilidade de demolir essas
fortalezas, somos chamados para executar e tornar efetiva a liberdade que Cristo obteve, o
incrédulo não pode guerrear por si mesmo não pode vencer as fortalezas e não vai compreender o
evangelho se o véu não for tirado.

CAPITULO 11 – O TROVÃO DE DEUS


Deus é luz, e a luz vence as trevas , a cruz por exemplo foi uma guerra a luz vencendo as
trevas, é só através da luz de Deus que podemos derrubar os gigantes. Nós somos templos vivos
que carregam a Gloria, a mesma Gloria de Deus a mesma luz de Deus, porem muitos não sabem
disso, nós somos o templo do Espirito Santo precisamos liberar a luz, liberar o pode de Deus,
permitindo a vitória do acesso de Cristo, Ele tem nos dado a sua luz a sua espada e o seu Nome,
use-o.

CAPITULO 12 – A SUBSTANCIA DA ORAÇÃO


Dentre as coisas que envolvem uma oração sem duvida não desistir é a mais importante,
não tenha calma na oração, calma é uma coisa muito boa inclusive em aconselhamentos mas não
na oração, se nós formos calmos na oração faremos uma oração agua com salsicha e acabo,

Página 5 de 6
quando não somos calmos no momento de orar oramos sem cessar, o conceito é que nossas
orações fazem mais do que simplesmente motivar o pai a ação, as orações realmente liberam o
poder do Espirito Santo que está em nós para realizar as coisas, que há pode literal no Espirito
Santo que pode ser liberado através de nos é incontestável, o pode de Deus que cura, liberta e da
integridade a terra flui de nós. Nós somos o útero de Deus na terra de onde o rio de poder flui é
importante saber que esse poder é mensurável, há porções cumulativas de poder, para que o rio
de poder seja liberado precisamos compreender os caminhos e os princípios de Deus o bastante
para saber como liberar o rio para gerar algo em seu útero espiritual, quando intercedemos
cooperando com o espirito de Deus nós o liberamos para flui de nós e pairar sobre uma situação
liberando seu pode de gerar vida até que aquilo pelo temos orado venha a existência, ou seja, a
fonte de poder não é o problema e para que o problema não exista, ou seja, também não seja nós,
temos que ser radical naquilo que mais precisamos fazer, orar.

CAPITULO 13 – AÇÕES QUE FALAM E PALAVRAS QUE REALIZAM


Intercessão também é uma ação profética, as ações e as declarações proféticas preparam o
caminho para Deus agir sobre a terra. Em certo sentido eles liberam Deus para fazer algo,
tornano-se o meio de execução ou método através do qual Ele escolheu agir. Eles não o liberam
no sentido de que Ele estaria limitado – Deus obviamente não está limitado mas eles o liberam
no sentido de que a obediência a Deus traz uma reação de Deus, a fé libera Deus. Quando ele diz
„‟faça isso‟‟ a fé e a obediência o liberam. Há verdade é que algumas coisas , quando se referem
a Deus, simplesmente não podem ser explicadas, o importante é fazer da maneira de Deus
mesmo quando não faz sentido. Quando nós temos uma ação profética é o poder da declaração
inspirada pelo Espirito Santo, ela libera o pode de Deus para dentro das circunstancias, assim nós
nos tornamos a sua voz.
A palavra de Deus nunca é ineficaz. Ela sempre dá resultados mesmo que pareça não ter
sentido por tanto independente do que Deus lhe falar, se o que for, obedeça é o que precisamos
fazer e é o que Deus quer que façamos!.

REFERÊNCIAS

SHEETS, Dutch - Oração Intercessória: Como Deus pode usar seus intercessores para mover
céu e terra

Página 6 de 6

Você também pode gostar