Você está na página 1de 13

Ficha de Informação de Segurança de

Produto Químico - FISPQ

Página: 1
PRODUTO: THINNER 216
Data de Revisão: 03/2017 N.o FISPQ: 01

1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA

Nome do produto: Thinner 216

Fornecedor: Thinsol Química Indústria e Comércio LTDA


Avenida José Ílio Veronez, N-261, Dist. Ind. VII, Pederneiras
- SP
CEP 17280-000 - PABX: (14) 3283-8900

Telefone para Emergências: CEATOX (Centro de Assistência Toxicológica de São Paulo),


0800-0148110

2. IDENTIFICAÇÃO DE PERIGOS

Classificação da substância ou mistura:

Líquidos inflamáveis – Categoria 2


Corrosão/irritação à pele – Categoria 2
Lesões oculares graves/irritação ocular – Categoria 2A
Toxicidade á reprodução - Categoria 1
Toxicidade aguda - Oral / Inalação - Categoria 4
Toxicidade para órgãos-alvo específicos – Exposição única – Categoria 1 e 3
Toxicidade para órgãos-alvo específicos – Exposição repetida – Categoria 1 e 2
Perigosos ao meio ambiente aquático – Agudo – Categoria 2

Sistema de classificação utilizado: Norma ABNT – NBR 14725 – 2:2009 – versão corrigida
2010. Adoção do Sistema Globalmente Harmonizado (GHS) para Classificação e Rotulagem de
Produtos Químicos, ONU.

Outros perigos que não resultam em uma classificação: O produto não apresenta outros
perigos.

Elementos apropriados da rotulagem.

Pictogramas:
Ficha de Informação de Segurança de
Produto Químico - FISPQ

Página: 2
PRODUTO: THINNER 216
Data de Revisão: 03/2017 N.o FISPQ: 01

Palavra de Advertência: PERIGO.

Frases de Perigo: H225 Líquido e vapores altamente inflamáveis.


H302 / 332 Nocivo se ingerido e inalado
H315 Provoca irritação à pele.
H319 Provoca irritação ocular grave.
H335 Pode provocar irritação das vias respiratórias.
H336 Pode provocar sonolência ou vertigens.
H360 Pode prejudicar a fertilidade ou o feto.
H370 Provoca danos ao sistema nervoso central.
H372 Provoca dano ao sistema nervoso central, fígado
através de exposição repetida ou prolongada ou se
ingerido.
H401 Tóxico para os organismos aquáticos.

Frases de precaução: P210 Mantenha afastado do calor, faísca, chama aberta e


superfícies quentes. Não fume.
P264 Lave cuidadosamente a área afetada após o
manuseio.
P273 Evite a liberação para o ambiente.
P280 Use luvas de proteção e proteção ocular.
P302 + P352 EM CASO DE CONTATO COM A PELE:
Lave com água e sabão em abundância.
P305 + P351 + P338 EM CASO DE CONTATO COM
OS OLHOS: Enxágue cuidadosamente com água durante
vários minutos. No caso de uso de lentes de contato,
remova-as se for fácil. Continue enxaguando.
P314 Em caso de mal-estar, consulte um médico.
P370 + P378 EM CASO DE INCÊNDIO: Para a
extinção utilize pó químico seco, espuma para
hidrocarbonetos, dióxido de carbono (CO2) e neblina de
água.

3. COMPOSIÇÃO E INFORMAÇÕES SOBRE OS INGREDIENTES

Natureza química: Mistura de solventes

.Nome Químico ou Faixa de Conc. CAS


Nome Genérico
Comum (%) Number
Etanol Álcool Etílico 37,0 – 44,0 64-17-5
Ficha de Informação de Segurança de
Produto Químico - FISPQ

Página: 3
PRODUTO: THINNER 216
Data de Revisão: 03/2017 N.o FISPQ: 01

Tolueno Toluol 20,5 – 24,0 108-88-3


Acetato de Etila 13,0 – 15,5 141-78-6
Isobutanol Álcool isobutílico 6,5 – 8,2 78-83-1
Naftas de Petroleo 5,0 – 8,0 64741-87-3
Acetato de Butila 3,0 - 5,0 123-86-4
Xileno Xilol 2,0 – 3,8 1330-20-7

4. MEDIDAS DE PRIMEIROS SOCORROS

Inalação: Remover a vítima para local arejado. Se a vítima não estiver


respirando, aplicar técnica de respiração artificial. Procurar
assistência médica imediatamente, levando o rótulo do produto,
sempre que possível.

Contato com a pele: Retirar roupas contaminadas. Lavar a pele com água em
abundância e sabão, por pelo menos 20 minutos,
preferencialmente sob chuveiro de emergência. Procurar
assistência médica imediatamente, levando o rótulo do produto,
sempre que possível.

Contato com os olhos: Lavar os olhos com água em abundância, por pelo menos 20
minutos (ou até que não se perceba mais sensação de irritação),
mantendo as pálpebras separadas. Se a pessoa estiver usando
lentes, removê-las. Procurar assistência médica imediatamente,
levando o rótulo do produto, sempre que possível.

Ingestão: Não provocar vômito. Se a vítima estiver consciente, lavar a sua


boca com água limpa em abundancia. Procurar assistência médica
imediatamente, levando o rótulo do produto, sempre que possível.

Sintomas e efeitos mais importantes, agudos ou tardios:


Provoca irritação à pele com vermelhidão, ressecamento e dor.
Pode ser fatal se aspirado e penetrar nas vias respiratórias, com
pneumonia química. A exposição única pode provocar efeitos no
sistema nervoso central, com dor de cabeça, náusea, tontura,
confusão mental e perda de consciência e sonolência. Em
elevadas concentrações pode provocar irritação das vias
respiratórias causando tosse, dor de garganta e falta de ar. A
Ficha de Informação de Segurança de
Produto Químico - FISPQ

Página: 4
PRODUTO: THINNER 216
Data de Revisão: 03/2017 N.o FISPQ: 01

exposição repetida ou prolongada pode provocar danos aos rins


e trato respiratório.

5. MEDIDAS DE PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO

Meios de extinção apropriados: Espuma para solventes polares, pó químico seco,


Dióxido de Carbono (CO2) e neblina de água (para
resfriamento).

Meios de extinção contra indicados: Água em forma de jato pleno (jato sólido, direto).

Perigos específicos referentes às


medidas: Os vapores podem se deslocar até uma fonte de
ignição e provocar incêndio.
O jato de água direto no líquido em chamas pode
provocar o alastramento do mesmo para outras áreas,
aumentando o foco de incêndio.

Métodos especiais de combate a


incêndio: Isole a área. Interrompa o fluxo do produto e combata
o fogo a favor do vento, aplicar camada de espuma,
resfriar os equipamentos próximos ao incêndio com
neblina de água. Utilizar diques para conter produtos
utilizados no combate.

Proteção das pessoas envolvidas


no combate ao incêndio: Durante o combate, usar proteção completa para o
fogo e máscara autônoma.

Perigos específicos da combustão


do produto químico: A combustão de produtos químicos pode gerar
vapores tóxicos, como Monóxido de Carbono e
Dióxido de Carbono, bem como ambiente inflamável.

6. MEDIDAS DE CONTROLE PARA DERRAMAMENTO OU VAZAMENTO

Precauções pessoais:
Remoção das fontes de ignição: Aterrar todos os equipamentos em uso, para evitar o
acúmulo de cargas eletrostáticas. Isolar e sinalizar a área
Ficha de Informação de Segurança de
Produto Químico - FISPQ

Página: 5
PRODUTO: THINNER 216
Data de Revisão: 03/2017 N.o FISPQ: 01

da ocorrência. Remover ou desativar possíveis fontes de


ignição.

Proteção respiratória: Utilizar respirador equipado com cartuchos para vapores


orgânicos para concentrações baixas e sistemas abertos.

Proteção para mãos e pés: Utilizar luvas resistentes a produtos químicos como as de
PVC e bota de borracha.

Proteção ocular: Utilizar óculos de proteção ou máscara de proteção


panorâmica.

Precauções ao meio ambiente:

Para conter o vazamento, utilizar materiais absorventes e não combustíveis como: estopa, pó de
serra, areia, terra, vermiculita ou similar. Evitar o contato do produto com o solo e/ou corpos
d’água. Ocorrendo a contaminação, informar as autoridades competentes.

7. MANUSEIO E ARMAZENAMENTO

Orientações para manuseio seguro: Manipular o produto respeitando as regras de


segurança e higiene industrial.

Utilizar equipamentos de proteção individual (EPI)


para evitar o contato direto com o produto.

Medidas técnicas de armazenamento: Manter a embalagem bem vedada. Manter a


embalagem em lugar coberto, fresco e seco. Manter
longe de fontes de ignição. Armazenar longe de
produtos incompatíveis. (explosivos, gases inflamáveis e/ou
tóxicos, produtos clorados, substâncias corrosivas, oxidantes,
peróxidos orgânicos, materiais de combustão espontânea e
materiais radioativos.)
Aterrar eletricamente todos os equipamentos
condutores do sistema em contato com o produto.
Usar ferramentas anti-faiscantes.
Ficha de Informação de Segurança de
Produto Químico - FISPQ

Página: 6
PRODUTO: THINNER 216
Data de Revisão: 03/2017 N.o FISPQ: 01

Condições de armazenamento:

Adequadas: Armazenar em tanques corretamente projetados e


aprovados, ou outros recipientes de aço doce ou
inoxidável. E manter o local coberto e ventilado, à
temperatura e pressão atmosférica ambientes.

8. CONTROLE DE EXPOSIÇÃO E PROTEÇÃO INDIVIDUAL

Medidas de controle de engenharia:

Manipular o produto com ventilação local exaustora ou ventilação geral diluidora (renovação do
ar) para que os níveis de concentração dos vapores fiquem abaixo do Limite de Tolerância.

Parâmetros de Controle → Limites de exposição ocupacional:

A.C.G.I.H A.C.G.I.H LT
Nome Químico
TLV-TWA TLV-STEL NR-15
Etanol n.d. 1000 ppm 780 ppm
Tolueno 20 ppm n.d. 78 ppm
Acetato de Etila 400 ppm n.d. 310 ppm
Acetato de Butila 150 ppm 200 ppm n.d.
Isobutanol 50 ppm n.d. 40 ppm
Naftas de Petroleo 0,5 ppm 2,5 ppm n.d.
Xileno 100 ppm 150 ppm 78 ppm

Equipamentos de proteção individual:

Proteção respiratória: Máscara com filtro químico contra gases.


Proteção para as mãos: Luvas de PVC, borracha nitrílica, neoprene ou PVA.
Proteção para os olhos: Óculos de proteção ou mascara panorâmica contra
borrifos químicos. Não se recomenda o uso de lente
de contato quando se trabalha com este produto.

Precauções Especiais: Manter chuveiros de emergência e lavadores de olhos


onde se tem manuseio de produto.

Medidas de Higiene: Higienizar roupas e sapatos após o uso. Não comer,


beber ou fumar ao manusear produtos químicos.
Separar as roupas de trabalhos das roupas comuns.
Ficha de Informação de Segurança de
Produto Químico - FISPQ

Página: 7
PRODUTO: THINNER 216
Data de Revisão: 03/2017 N.o FISPQ: 01

9. PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS

Aspectos do solvente formulado:

Estado Físico: Líquido


Cor: Incolor
Odor: Característico
pH: Não Aplicável
Ponto de Fusão / Congelamento: Não Disponível
Ponto de Ebulição Inicial e Faixa de
70 ºC – 180 °C
Temperatura de Ebulição:
Ponto de Fulgor: Não Disponível
Taxa de Evaporação: Não Disponível
Inflamabilidade (sólido, gás) Não Disponível
Limite Inferior / Superior de
Não Disponível
Inflamabilidade ou Explosividade:
Pressão de Vapor: Não Disponível
Densidade de Vapor: Não Disponível
Densidade Relativa (25ºC): 0,810 – 0,820 g/cm3
Em água, parcialmente solúvel.
Solubilidade:
Em solventes orgânicos, solúvel.
Coeficiente de Partição n-Octanol /
Não Disponível
água:
Temperatura de Auto-Ignição: Não Disponível
Temperatura de Decomposição: Não Disponível
Viscosidade: Não Disponível

As características específicas dos componentes estão detalhadas na tabela 1, no item 16 desse documento.

10. ESTABILIDADE E REATIVIDADE

Estabilidade Química: Estável em condições normais de uso e


armazenamento.
Reatividade / Incompatibilidade: Evitar contato com ácidos fortes, álcalis, agentes
oxidantes (peróxidos orgânicos e inorgânicos), metais
(pós de zinco, zinco, pós de alumínio, pós de
magnésio, potássio e sódio).

Possibilidades de reações perigosas: Pode formar misturas explosivas com o ar.


Ficha de Informação de Segurança de
Produto Químico - FISPQ

Página: 8
PRODUTO: THINNER 216
Data de Revisão: 03/2017 N.o FISPQ: 01

Condições a serem evitadas: Evitar fontes de calor e ignição e exposição


prolongada ao ar.

Produtos perigosos de decomposição: Dependem da temperatura, fornecimento de ar e


presença de outros materiais, mas resultados da
decomposição podem incluir: Monóxido de Carbono
(CO) e Dióxido de Carbono (CO2).

11. INFORMAÇÕES TOXICOLÓGICAS

Toxicidade Aguda:
Pode ser nocivo se ingerido e inalado.

Corrosão / irritação da pele:


O contato breve com o produto pode causar irritação com vermelhidão no local. Com o contato de
forma constante, pode causar queimaduras na pele, desengorduramento da pele e consequente
ressecamento.

Lesões oculares graves / irritação ocular:


Provoca irritação ocular grave com vermelhidão, inchaço, dificuldade em enxergar e danos à
córnea.

Sensibilização respiratória ou à pele:


Irritação nas vias respiratórias superiores. À pele, demonstra potencial de alergia à queimadura
local.

Mutagenicicidade em células germinativas:


Pelo teor etílico do produto, tem-se a possibilidade de o produto causar defeitos genéticos.

Carcinogenicidade:
Não classificado. Porém, não se espera que o produto apresente carcinogenicidade.

Toxicidade à reprodução:
Suspeita-se que possa prejudicar a fertilidade ou o feto.

Toxicidade para órgãos-alvo específicos (exposição única):


Pode provocar danos ao sistema nervoso central e causar sonolência, vertigem, dores de cabeça,
fadiga, tonturas, confusão mental, inconsciência. Pode, também, causar irritação das vias
respiratórias com tosse e dificuldade de respirar.
Ficha de Informação de Segurança de
Produto Químico - FISPQ

Página: 9
PRODUTO: THINNER 216
Data de Revisão: 03/2017 N.o FISPQ: 01

Toxicidade para órgãos-alvo específicos (exposição repetida):


Com exposição repetida ou prolongada, pode provocar danos no sistema nervoso central causando
inconsciência, perda de memória, distúrbios do sono, perda de habilidade de concentração,
distúrbios visuais, convulsão e, com exposição prolongada, pode causar dermatite

Perigo por aspiração:


Pode ser fatal se ingerido e penetrar nas vias respiratórias. Todo produto químico deve ser
manuseado de forma cuidadosa e adequada.

12. INFORMAÇÕES ECOLÓGICAS

Efeitos ambientais, comportamentos e impactos do produto.

Mobilidade no solo: Pelas características dos componentes, o produto pode


ser considerado com uma mobilidade alta a moderada.

Ecotoxicidade: O produto pode ser perigoso para os organismos


aquáticos.

Persistência e Degradabilidade: O produto não apresenta persistência e é considerado


rapidamente degradável.

Potencial Bioacumulativo: O produto pode apresentar baixo potencial de


bioacumulação em organismos aquáticos.

Outros efeitos adversos: Em caso de derramamento em água, o produto pode


ser perigoso devido à possibilidade de formar
películas na superfície e diminuir os níveis de
oxigênio dissolvidos.

13. CONSIDERAÇÕES SOBRE TRATAMENTO E DISPOSIÇÃO

Métodos recomendados para tratamento e disposição aplicados ao:

Produto: Deve ser descartado como produto perigoso,


conforme consta na NBR 10.004 / 2004 e
adequadamente conforme a legislação local.
Incineração ou com processamento em fornos são
métodos adequados para disposição.
Ficha de Informação de Segurança de
Produto Químico - FISPQ

Página: 10
PRODUTO: THINNER 216
Data de Revisão: 03/2017 N.o FISPQ: 01

Resíduo do produto: Manter os resíduos em suas embalagens originais e


devidamente fechadas e acondicionadas. O descarte
deve seguir o mesmo procedimento estabelecido ao
produto. Incinerações ou recuperações são as mais
freqüentes e indicadas.

Embalagem usada: A embalagem não deve ser reutilizada. Uma vez


vazia, a embalagem deve ser mantida fechada e
encaminhada para um local autorizado para adequada
destinação.

EPI necessário para manuseio dos resíduos: O uso de EPI deve ser feito conforme relatado na
seção 8 deste documento.

14. INFORMAÇÕES SOBRE TRANSPORTE

Regulamentações Nacionais e Internacionais.

Terrestre: ANTT

- Nome apropriado para embarque: TINTA OU MATERIAL RELACIONADO COM


TINTA
- Número ONU: 1263
- Classe de risco principal: 3
- Número de risco: 30
- Grupo de embalagem: III

Hidroviário: DPC/IMDG/NORMAM

- Nome apropriado para embarque: PAINT OR RELATED MATERIAL PAINT


- Número ONU: 1263
- Classe de risco principal: 3
- Grupo de embalagem: III

Aéreo: ANAC/ICAO/ IATA

- Nome apropriado para embarque: PAINT OR RELATED MATERIAL PAINT


- Número ONU: 1263
- Classe de risco principal: 3
- Grupo de embalagem: III
Ficha de Informação de Segurança de
Produto Químico - FISPQ

Página: 11
PRODUTO: THINNER 216
Data de Revisão: 03/2017 N.o FISPQ: 01

15. REGULAMENTAÇÕES

Resolução n. 420, de 12.02.2004, da Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT


(Regulamento do Transporte Terrestre de Produtos Perigosos).
IMDG Code: International Maritime Dangerous Goods Code.

ANAC: Agência Nacional de Aviação Civil – Resolução n° 129 de 8 de Dezembro de 2009.

ICAO: International Civil Aviation Organization’’(Organização da Aviação Civil Internacional)


– Doc 9284 – NA/905

IATA: International Air Transport Association” (Associação Internacional de Transporte Aéreo)


Dangerous Goods Regulation (DGR)

DPC: Diretoria de Portos e Costas (transportes em águas brasileiras).

NORMAM: Normas de Autoridades Marítimas.

16. OUTRAS INFORMAÇÕES

As informações e recomendações apresentadas neste documento refletem o nosso melhor


conhecimento para o manuseio apropriado deste produto em condições normais e somente se
destinam a fornecer orientações gerais de precauções e segurança no uso do produto. São
informações baseadas nas literaturas, documentos de fornecedores dos produtos e legislações
específicas sobre as matérias-primas constituintes.
Cabe à empresa usuária do produto promover o treinamento de seus empregados e contratados
quanto aos possíveis riscos advindos do produto. Assim, as informações aqui apresentadas, não
isentam os usuários de suas responsabilidades pelo referido manuseio e armazenamento do
produto.

Legenda:

N.D. – Não disponível.

n.a. – Não Aplicável

CAS - Chemical Abstracts Service (número para registro no banco de dados de cada produto
químico descrito na literatura).
Ficha de Informação de Segurança de
Produto Químico - FISPQ

Página: 12
PRODUTO: THINNER 216
Data de Revisão: 03/2017 N.o FISPQ: 01

A.C.G.I.H - American Conference of Governmental Industrial Hygienists – Ohio – USA.

OECD / CEE: Organização para Cooperação Econômica e Desenvolvimento da Comunidade


Econômica Européia.

TLV-TWA: é a concentração média ponderada permitida para uma jornada de 8 horas de


trabalho por dia.

TLV-STEL: é o limite de exposição de curta duração, máxima concentração permitida para uma
exposição contínua de 15 minutos.

ppm: partes de vapor ou gás por milhão de partes de ar contaminado.


Koc: Coeficiente de partição de uma substância entre uma fase orgânica e uma fase aquosa, ou
seja, é o poder de penetração da substância em estudo, quanto dela fica retido nas fases.

BCF: Bioconcentration Factor (Fator de Bioconcentração).

DL50: Dose letal mediana é a dose mínima necessária administrada de uma dada substância para
matar 50% da população em estudo, é medida em miligramas da substância por quilograma de
massa corporal do indivíduo testado (mg/Kg).

CL50: Concentração letal é a concentração atmosférica de uma substância que provoca a morte
de 50% da população em estudo.

CEATOX: Centro de Assistência Toxicológica do Hospital das Clínicas da Faculdade de


Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). Funciona 24 horas por dia, com atendimento
gratuito e por telefone. Para mais informações acesse: http://www.ceatox.org.br/
Ficha de Informação de Segurança de
Produto Químico - FISPQ

Página: 13
PRODUTO: THINNER 216
Data de Revisão: 03/2017 N.o FISPQ: 01

Tabela 1- Características específicas dos componentes


Naftas
Etanol Isobutanol Tolueno Ac. Etila Ac. Butila Xileno
Petróleo
Ponto de Fusão / -5,0 –
-117 °C -108 ºC -94,99 °C -83,0 °C -77,0 °C n.d.
Congelamento: 13,0°C
Ponto de Ebulição
Inicial e Faixa de
77 – 80 °C 107,9 °C 105-112 °C 76-80 °C 126 °C >40 °C 128-136 °C
Temperatura de
Ebulição:
13 °C 27 ºC -4,0 ºC 21,85 °C
4,4 °C (vaso 31 °C (vaso
Ponto de Fulgor: (vaso (vaso (vaso (vaso -7 °C
fechado) fechado)
fechado) fechado) fechado) fechado)
Taxa de
n.d. 0,82 2,24 4,5 1,0 3,0 0,79
Evaporação:
Inflamabilidade
n.a. n.a. n.a. n.a. n.a. n.a. n.a.
(sólido, gás)
Limite Inferior /
Superior de 3,3% - 1,6% - 2,2% - 1,0% -
1,2% - 7,1% 1,7% - 7,6% 0,8% - 7,0%
Inflamabilidade ou 19% 10,9% 11,4% 6,0%
Explosividade:
43,5 10,4 73,73 220
Pressão de Vapor: 22,0 mmHg 8,52 mmHg 6,72 mmHg
mmHg mmHg mmHg mmHg
Densidade de 1,6 1,59 3,04 3,67
3,1 (ar=1,0) 4,0 (ar=1,0) n.d.
Vapor: (ar=1,0) (ar=1,0) (ar=1,0) (ar=1,0)
0,700 –
Densidade Relativa 0,786 0,798
0,861 g/cm3 0,895 g/cm3 0,875 g/cm3 0,720 0,862 g/cm3
(25ºC): g/cm3 g/cm3
g/cm3
Levemente
Parcialmente
solúvel em Parcialmente
Praticamente solúvel em Praticamente
água solúvel em Insolúvel
insolúvel em água insolúvel em
Solúvel (9,5g/L, água (80g/L, em água.
água. (4,3g/L, água.
em água e 20°C). 20°C). Solúvel
Solubilidade: Solúvel na 20°C). Solúvel na
compostos Solúvel na Solúvel na em
maioria de Solúvel na maioria de
orgânicos. maioria maioria dos solventes
solventes maioria dos solventes
dos solventes orgânicos.
orgânicos. solventes orgânicos.
solventes orgânicos.
orgânicos.
orgânicos.
Coeficiente de
Log kow: Log kow: Log kow: Log kow: Log kow: Log kow: Log kow:
Partição n-Octanol
-0,32 0,76 2,11 – 2,80 0,730 1,78 4,27 3,12
/ água:
Temperatura de 280 – 470
363 °C 415 °C 536 °C 427 °C 390 °C 567 °C
Auto-Ignição: °C
Temperatura de
n.d. n.d. n.d. n.d. n.d. n.d. n.d.
Decomposição:
Viscosidade: n.d. n.d. n.d. n.d. n.d. n.d. n.d.

Você também pode gostar