Você está na página 1de 11

Abiba Haquima Abdul Carimo

Lígia de Fátima Armindo

Meios de Ensino

Universidade Pedagógica
Maxixe
2019
Abiba Haquima Abdul Carinho

Lígia de Fátima Armindo

Meios de Ensino

Trabalho de Investigação,
referente a cadeira de MEIC
a ser apresentado para
efeitos de avaliação.

Docente: Dr. Castro R. Magul

Universidade Pedagógica
Maxixe
2019
Índice
Introdução................................................................................................................................2

Objectivos da Pesquisa............................................................................................................2

Geral........................................................................................................................................2

Específicos..............................................................................................................................2

Metodologia do trabalho.........................................................................................................2

Meios de Ensino......................................................................................................................3

Os meios de ensino desde o ponto de vista fisiologico..........................................................3

Os meios de ensino desde o ponto de vista psicológico..........................................................3

Objectivo do uso dos meios ou recursos.................................................................................4

Importância dos Meios de Ensino...........................................................................................4

Critérios de utilização dos meios de ensino............................................................................5

Principais recursos de ensino..................................................................................................5

Conclusão................................................................................................................................7

Referências bibliográficas.......................................................................................................8
Introdução
O presente trabalho visa fazer um estudo em torno dos meios de ensino, tentando
compreender a importância que eles nos trazem no processo de ensino-aprendizagem,
sendo desses, levar o aluno a realidade próxima, a partir da abstracção para a realidade.

Objectivos da Pesquisa

Geral
 Estudar os meios de ensino.

Específicos
 Caracterizar os meios de ensino;
 Citar a importância dos meios de ensino;
 Descrever os procedimentos de elaboração e utilização dos meios de ensino.

Metodologia do trabalho
Para a realização do trabalho, o grupo recorreu a diversos métodos, dos quais destacam
se: consultas bibliográficas, consultas em sites da internet e debate ao nível do grupo, o
que culminou com o trabalho abaixam apresentado.
Meios de Ensino
Segundo LIBANEO (1994:173) "Meios de ensino são materiais utilizados para a
organização e condução metódica do processo de ensino pelo professor e pelos alunos.
São todos recursos pedagógicos que combinados com os métodos permitem ao
professor e aos alunos alcançar objectivos da aula de forma metódica, efectiva e
racional."

Segundo PILETTI (1999:151) "os meios de ensino ou recursos de ensino são


componentes do ambiente de aprendizagem que dão origem à estimulação para o
aluno. Esses componentes podem ser o professor, os alunos, os mapas, as fotografias,
as gravuras, os filmes, os recursos da comunidade, os recursos naturais e outros."

Na base da definição dos dois autores o ideal seria que toda aprendizagem se efectuasse
em situação real da vida. Não sendo isso possível os meios ou recursos de ensino tem
por fim substituir a realidade, representando-a da melhor forma possível, de maneira a
facilitar a sua intuição por parte do aluno. Para além disso, os meios de ensino tem
como meta tornar aprendizagem mais significativa para o aluno através de factos,
através de uma suposta "realidade" criada para facilitar esse processo.

Os meios de ensino desde o ponto de vista fisiológico:

Os meios de ensino do ponto de vista fisiológico permitem ao aluno treinar, praticar as


teorias orientadas no Processo de Ensino-Aprendizagem e como isso ganhar habilidades
e adquirir não somente conhecimentos no sentido teórico, mas também no sentido
prático.

Os meios de ensino desde o ponto de vista psicológico :

No psicológico, os meios de ensino encontram uma ampla justificativa no processo de


ensino. As funções emocionais destes na criação de motivações são tão elevadas que
inclusive se valorizam muito acima de sua capacidade comunicativa e pedagógica.

Na aprendizagem humana, a maior interacção com o mundo exterior está dada através
do órgão visual. Por isso o emprego dos meios de ensino e em especial dos meios
visuais facilitam o bom aproveitamento dos mecanismos sensoriais. Quanto maior
numero de sentidos forem envolvidos na aprendizagem, mais eficaz ela se torna.
Objectivo do uso dos meios ou recursos do ensino

 Facilitar o processo de Ensino-Aprendizagem;


 Tornar que os objectivos preconizados sejam alcançados;
 Aproximar os alunos realidade da vida a partir das abstracções para a
concretização;
 Motivar e despertar interesse do aluno sobre o conteúdo que esta a ser mediado;
 Favorecer o desenvolvimento da capacidade de observação;
 Aproximar o aluno a realidade;
 Visualizar ou concretizar os conteúdos de aprendizagem;
 Ilustrar noções mais abstractas;
 Desenvolver a experimentação concreta.

Importância dos Meios de Ensino


 Facilitar e apresentar mensagens informativas que devem receber os alunos;
 Oferecem aos alunos experiencias de conhecimento dificilmente alcançáveis,
isto é permitem aos alunos obter conhecimentos através de experiencias de
aprendizagem mediante figuras ou símbolos;
 Os meios são suportes que mantém estáveis e inalteráveis a informação;
 Serem integrantes dos processos comunicativos que se dão no ensino;
 Os meios são potenciadores de habilidades intelectuais nos alunos. A obtenção
do conhecimento através dos meios exige nos sujeitos a descodificação das
mensagens simbolicamente representadas. A cada médio pela natureza do seu
sistema simbólico pelo modo de representação e estruturação de ditas
mensagens, demanda dos alunos que activam diferentes estratégias e operações
cognitivas para que o conhecimento ofertado seja compreendido, armazenado
significativamente recuperado e utilizado;
 Os meios são suportes que mantêm estável e inalterável a informação;
 Na escola, os meios de ensino não só devem ser recursos facilitadores de
aprendizagem académicos, se não também se converter em objecto de
conhecimento dos alunos.
Critérios de utilização dos meios de ensino
A utilização dos meios de ensino é para melhorar a aprendizagem, para esses
colaborarem neste sentido, importa observar alguns critérios e princípios dos quais
se destacam

 Ter em vista os objectivos a alcançar;


 Utilizar meios suficientes conhecidos de forma a emprega-los correctamente;
 Estimular nos alunos comportamentos que aumentem a receptividade dos
meios de ensino, tais como, a actuação, a percepção o interesse, a sua
participação activa, pois, a eficácia dos meios d ensino dependem da
interacção entre estes e o aluno;
 Escolher os meios tendo em conta a natureza da matéria a ensinar;
 Há matérias que exigem maior utilização do meios audiovisuais que outros;
 Considerar o tempo disponível, pois a preparação da utilização dos meios
que as vezes o professor não dispõe. Como alternativa, deve se recorrer a
meios que exigem menos tempo se necessário o professor pode solicitar
ajuda dos alunos e de outros profissionais para preparar os meios de ensino.

Principais recursos de ensino


Recursos visuais: projecções, cartazes, gravuras, álbum seriado

Recursos audiovisuais: cinema, televisão.

Recursos auditivos: rádio, gravações

1. Gravuras - ilustração retiradas de revistas jornais ou livros. Servem para motivar


estudos, desenvolver a observação, completar e enriquecer as plantações.

Vantagens do uso das gravuras

São poucos dispendiosos porque as revistas e os jornais estão cada vês mais ricos
em gravuras que ate os próprios alunos pode colaborar na obtenção desse material.

2. Cartazes são cartolinas ou folhas de papel contendo uma ou mais ilustrações e


uma mensagem. Servem para comunicar, dar sugestões, recomendações e
informações despertando assim o interesse por um determinado assunto, que
pode ser numa data comemorativa um acontecimento importante.
Vantagens do uso de cartazes

Despertar atenção no aluno;

São facilmente confeccionados;

São de custo baixo;

Estimulam o trabalho em equipa e podem ser confeccionado pelos próprios alunos.

3. Álbum Seriado colecção de folhas organizadas numa encadernação, contendo


fotografias e letreiros. Servem para abordar temas mais ou manas gerais, que
permitem a sua visão em partes. Também enriquecem numa aula expositiva,
apresenta dados previamente elaborados e de forma sequencial. Sistematiza um
assunto.

Vantagens do uso de álbum seriado

Apresentação da aula de maneira mais organizada, orientada e dirigida, sem


dispersões ou confusões;

Concentração da atenção do aluno com relação ao tópico seguinte;

Fixa tópicos essenciais, e

Melhor visualização das ideais através de ilustrações

4. Plano de aula

Este funciona como um roteiro que trás descritas todas as actividades do programa
distribuídas no tempo, bem como, todos os recursos utilizados. É um instrumento
valioso pois serve de guia para o formador.

5. Manual da disciplina

Esse instrumento é útil para o aluno, não apenas para acompanhamento daquilo que esta
sendo ministrado, mas também como referência do assunto tratado para posterior
consulta, e ainda como complemento. O manual pode trazer detalhadamente o que foi
abordado na sala de aula, permitindo que o aluno complemente as informações. O
manual como o próprio sugere é um instrumento mais completo, com os detalhes passo
a passo.
Conclusão
Feito o trabalho, concluiu se que os meios de ensino são recursos indispensáveis no
processo de ensino e aprendizagem, os mesmos facilitam a interacção do professor-
aluno na sala de aula, aproxima o aluno a realidade mais próxima diante a uma aula ou
certo mediado.

O estudo sobre estes meios de ensino aponta para a recusa da doação de uma postura
salvacionista criadora de padrões exaustivos considerados universais e necessários.

Os meios de ensino são uma forma de intervenção mediata no que tange a realidade,
visto que ajudam no alinhamento e concretização de toda a actividade que o professor
realiza durante a aula.
Referências bibliográficas
LIBANEO, José Carlos; Didáctica, Cortez editora, são Paulo, 1994.

PILETTI, Claudino; Didáctica Geral, 23ª edição, composição e artes, Universidade


Católica de Campinas, São Paulo, 2004.
Exercício 1.

Ordenação da referência bibliográfica

AFONSO, Nelson, Investigação Naturalista em Educação – Um guia prático e crítico,


Asa Editores, Porto: 2005;

ALMEIDA, Lourenço, Atribuições causais e expectativas de controlo do desempenho


na matemática, universidade do Minho, Braga: 1996;

ALPIARÇA, Joao, Textos de apoio – Formação em carta escola, 2000;

CHIAVENATO, Idalberto, Elsevier. Gestão de Pessoas, Rio de Janeiro: 2004;

CUNHA, António, Dicionário etimológico nova fronteira da língua portuguesa, 2ª ed.


8 imp, nova fronteira, Rio de Janeiro: 1997;

MATANGUE, Alípio, Textos de apoio – Micro Planificação da Educação, UP,


Maputo, 2010;

MORGADO, António e PINHO, Fernando, Planeamento Estratégico, Instituto Superior


de Engenharia de Coimbra, Coimbra, 2009;

NHAMPOSSA, Cláudio, Insucesso Escolar, uma realidade de matemática 3º Ciclo


ensino básico, 1ª edição, novas edições académicas 978-613-9-70762-1, 2018;

PONTE, Pinto e SERRAZINA, Manuel, Didáctica de Matemática do 1º ciclo,


Universidade Aberta, Lisboa, 2000;

SERRANO, Person, Elaboração de projectos sociais, casos práticos, Porto, 2008;

TAVARES, Manuel, Gestão estratégica, Atlas, São Paulo: 2000;

TEIXEIRA, Sebastião, Gestão das organizações, ed. Lisboa, 1998;

VASCONSELOS, Carlos, Planejamento: projecto de ensino aprendizagem e projecto


político - pedagógica 5ª ed. São Paulo, 2000.