Você está na página 1de 12

OS 4 PILARES DA FLUÊNCIA EM LIBRAS

Introdução
Olá “amante apaixonado por libras”.
Esse ebook( livro digital) é fruto é de minhas pesquisas sofre fluência e
aprendizagem de idiomas.
Sempre fui um apaixonado por cérebro, aprendizado, idiomas, processo de
assimilação linguística e afins.
Uma das coisas que sempre me perguntei desde meus 14 anos de idade era -
como alguém fica fluente em um idioma? E afinal, oque é a fluência?
Oque quero compartilhar com você neste ebook é oque de mais interessante
eu descobri nessa minha jornada.
E o meu objetivo nesse Ebook é te explicar ainda mais detalhadamente aquilo
que comecei a explicar no meu ebook anterior denominado "OS 6 PASSOS
PARA ALCANÇAR A FLUÊNCIA EM LIBRAS", onde também distribui de forma
gratuita.
E quero te colocar presente para estes pontos.
Neste Ebook eu irei te mostrar quais são os 4 Pilares da fluência em qualquer
idioma.
Se você é um estudante de Libras você irá se beneficiar muito mais, pois foco
na aprendizagem da Língua Brasileira de Sinais.
Mas se você estuda qualquer idioma, também poderá se beneficiar das
informações desse Ebook.

Lendo esse Ebook você terá clareza de que ainda lhe falta para
verdadeiramente alcançar uma fluência completa em Libras.
Escrevi esse ebook com o maior carinho possível. Me esforçando para que de
forma objetiva consiga te guiar mentalmente ao "ponto G" do prazer em ter o
entendimento correto sobre estes pontos.

Se você me permitir entrar um pouquinho na sua vida, roubar um pouquinho


do seu tempo através deste Livro eu transformarei a sua forma de ver a
aprendizagem de Libras e quiçá transformar a sua vida.
"Pregamos uma ideologia, defendemos-a com a força de nossos corações, mas
não abandonamos o senso científico de que a verdade é mais importante do
que nosso orgulho. Ao ser provado que nossa ideologia está incorreta ou que
há outra melhor, fazemos-a como VP(verdade de ponta). Abandonamos a
velha ideia recentemente provada incorreta ou incompleta e abraçamos a
verdade nova ou o complemento justo. Até que esta nova verdade também seja
provada incorreta ou que haja algo ainda melhor para se abraçar. Isto é
Filosofia; amor a sabedoria." (Carlos Cristian)

**Livro não comercial. Distribuído gratuitamente em todas as fontes!**


Quem é o Autor?
Meu nome é Carlos Cristian, talvez você que está me lendo ainda não teve a
oportunidade de me conhecer, ou talvez já me conhece mais não tão
profundamente.
Sou Fundador de duas empresas; O Instituto Tertúlias Libras e o Sos
Interpretes, cuja são duas escolas de Libras destinadas a Ouvintes e também
para surdos que querem aprender a Libras. Onde eu também atuo como
professor de Libras.
Sou também o criador do blog Tertúlias Libras, onde escrevo vários textos
explanando melhor alguns temas teóricos, psicológicos, polêmicos e
emocionais que envolvem a Língua Brasileira de Sinais.
Criei também o grande programa e projeto Repensando a Educação Inclusiva,
que tem como foco ajudar interpretes e professores que trabalham na
educação Inclusiva e bilíngue.
Sou palestrante, já palestrei em incontáveis eventos como SEBRAE,
Associação de surdos, Associação de cegos, eventos religiosos e entre outros
locais.
Também atuo como Consultor de Teatro, de acessibilidade e de Interpretação
e processo tradutórios.
Sou Poliglota, tenho domínio de mais de 4 idiomas.
Além de ser completamente apaixonado por temas aleatórios que
aparentemente não fazem conexão alguma, mas que para mim se completam
como; Física clássica, Física Quântica, Metafísica, Economia, Psicologia,
Marketing, Psicanalise, biologia, saúde da alimentação e entre outros.
Sou um apaixonado por aprendigem.
Sou apaixonado por comunicação e fazer amizades.
Vamos ser amigos?!
"A maior barreira para
se aprender uma nova
Língua não é
intelectual ou
de recursos,
e sim emocional"
(Carlos Cristian)

**Livro não comercial. Distribuído gratuitamente em todas as fontes!*


Os 4 pilares da fluência em LIBRAS
Se você leu o meu ebook anterior, " OS 6 PASSOS PARA ALCANÇAR A
FLUÊNCIA EM LIBRAS ", você descobriu que existem duas formas de
entender , de interpretar oque significa "fluência em um idioma".
Existe aqueles que entendem que fluência é saber tudo naquele idioma.
É literalmente saber tudo sobre tudo daquele idioma.
Saber todas as palavras, todas as regras gramaticais ou agramaticas e
conhecer todo o sistema linguístico daquela língua.
E existem aqueles que acreditam e entendem, que fluência em um idioma é
conseguir sem se esforçar muito se comunicar as coisas do dia a dia naquela
língua e aprender aquela língua usando a própria língua.
Isto é, saber se comunicar as coisas do dia a dia.
Eu ainda acrescentei como exemplo no ebook anterior que, se você souber
traduzir todo o seu dia e sua semana em libras, como se puder contar para
alguém em libras tudo que fez, pensou, planejou e sentiu durante o seu dia e
semana, voce já alcançou a fluência.
E para isso você não precisa saber mais do que 1000 sinais.
De 500 a 800 sinais, bem aprendidos, isso já é possível.

Eu como pogliota, e praticamente todo os poliglotas do mundo, acreditam


nesta segunda forma de ver.

O primeiro tipo de se ver, chamamos de excelência na língua.


É ser um especialista no idioma.
É quando você se comunica melhor ou igual a um nativo.

Até por que, cá para nós, a maioria dos nativos em qualquer idioma não
conhece o próprio idioma bem.
Assim como você não sabe verdadeiramente tudo em português.
Existem muitas palavras, regras gramaticais e aspecto linguístico que você
desconhece totalmente.

Logo, fluência não pode de forma alguma ser a primeira forma de se ver.
Mas por via de educação, respeitamos aqueles que acreditam ser. O
importante é oque você faz com a sua opinião e não ela em si.
Em Libras se confudem muito essa questão de Fluência e Excelencia por que
a maioria estuda Libras para ser Interprete. E com isso, o padrão exigido para
ser Interprete é de excelencia.
Mas esqueceram ou nunca aprenderam oque de fato é fluência.
E alias, o padrão de excelencia que pedem para ser interprete, ao meu ver
ainda está muito baixo.
Vejo muito Interprete que não sabem nem português direito, e alguns ainda
sinalizando muito mal.
Por todas estas razões que sinto essa necessidade de colocar isso em
discurssão, e eternizo isso através desse Ebook.

Entendo isso você já está pronto para subir na minha abstração e conhecer os
quatro pilares de uma fluência e com isso conhecer oque ainda lhe falta.
Vamos lá?

Jesus Zoeiro – Não leve a sério e nem se sinta ofendido.


Os quatro pilares da fluência em qualquer idioma:
1. Compreender a fala/sinalização.
2. Conseguir se expressar naquele idioma.
3. Escrever naquele idioma.
4. Ler e entender a escrita naquele idioma.

Agora vamos entrar em cada um destes pontos, e vou te mostrar oque


realmente são e como desenvolver.

1. Compreender a fala/sinalização.

Geralmente nas línguas orais esse é o primeiro ponto a ser desenvolvido.


Até mesmo as crianças quando estam aprendo a L1(primeira língua)
desenvolvem esse primeiro.
Não é muito raro você ver crianças que entendem perfeitamente oque a mãe
ou pai fala com ela, mas elas mesmo não falarem.

Porém eu tenho observado que tratando de línguas de sinais (não apenas a


libras, considerando todas) os ouvinte ao aprender desenvolvem este ponto
depois de ter desenvolvido a sinalização, o expressão naquela língua.
E muitos ainda desenvolvem muito mal esse ponto.

Isso por que o aprendizado se dar na dependência da língua oral do país.


No caso do Brasil, o português.
Os ouvintes sentem mais facilidades e os métodos de ensino também das
instituições , conectar palavras a sinais.
A pessoa pensa, esse sinal é "amor"(palavra em português), esse outro sinal é
"peteca" ( palavra em PT) e etc.
Ou seja, ao invés de ligar o sinal , a expressão à aquilo que é, o significado
semântico, etimologico, conectam a alguma palavra da língua oral onde o
cérebro já tem um conceito formado para aquilo.

E isso é oque mais gera problemas na aprendizagem. (Fique atento à isso).

Essa é a principal causa do "português-sinalizado".


E como desenvolver esse ponto de fluência?

A forma mais segura e eficaz - contato direto com o nativo.


No caso da libras, com os surdos.
( Surdos que se comunicam em libras de forma mediana para cima)

A forma segura e eficaz de nível médio - assistindo muito conteúdo de


libras. No caso na internet.
É ideal para quem não consegue ter contato com os surdos.
Eu indico usar o Librasflix que mencionei no ebook anterior.

A forma segura e pouco eficaz - apenas fazer cursos de libras e estudar em


casa com o material desse curso.

A forma não segura e não eficaz - ficar se lamentando por não entender
nada e só estudar 1 vez na semana quando for ao curso.

*Creio que esse seja o ponto que a maioria de vocês tem mais dificuldade*

2. Conseguir se expressar naquele idioma.

Com disse anteriormente, esse é o ponto que os alunos de Libras em sua


grande maioria desenvolve primeiro.

Se você já consegue se comunicar as coisas do dia a dia. Neste ponto, você


já é fluente. Pois já consegue "se virar".

Entretanto muita gente desenvolve pela metade esse ponto.


Pois desenvolve uma sinalização na dependência do português como disse
antes.
Isso pelo fato de aprenderem a libras mais facilmente assim.
O grande problema de quem está neste estágio e só desenvolve pela metade
é que já se sentido fluente pois se comunica de tudo, começa a pensar que
não precisa mais de estudar, não precisa mais de continuar a desenvolvendo.
E em sua grande maioria ficam fazendo os "português sinalizado" e
enfeiurando o mundo com as suas Horríveis sinalizações que apenas outros
ouvintes entendem. (as vezes nem isso)
As línguas não são apenas os seus léxicos, os seus vocabulários . As línguas
são um conjunto linguístico complexo.
Não basta sinalizar um tanto de palavras uma atras da outra na mesma
sequência e ordem que fala no português.
É necessário entender de que forma os nativos naquele idioma pensam,
entendem tudo e sinalizar de uma forma que será entendido.

Mas o primeiro passo é esse. Consegue absorver o vocabulário.

E como desenvolver esse ponto de fluência?

Método pouco eficaz - aprender todas as palavras e todos os sinais que ver
pela frente de todos os contextos.

Método meio eficaz - Aprender na ordem que o curso de libras que você faz
te ensina.

Método muito eficaz - Verificar e observar atentamente quais os


vocabulários básicos que você precisa para o dia a dia, para uma
comunicação normal de um dia a dia, e absorver eles.
Isto é, ter clareza de qual passo você está dando e dar ele na sua própria
velocidade com total presencial de qual razão você está dando aquele passo.
É apenas depois, depois de já conseguir estabelecer um diálogo normal sobre
as coisas simples, começar a aprender os sinais de contextos específicos
começando pela sua necessidade ou realidade para depois ir para contextos
de coisas que você não irá usar, como por exemplo sinais de "astrofísica"( a
não ser que você seja da área).

Esse ponto também pode ser o desenvolvido lá no Librasflix. Só para você


saber. Rsrsrs.

3.Escrever naquele idioma


4.Ler e entender a escrita naquele idioma

Coloquei estes dois tópicos juntos por que minha opinião vai ser breve,
rápido.
Só desenvolvemos isso geralmente em outras línguas e também aconselho
em libras, após já desenvolver os dois primeiros pontos bem ou pelo menos
razoavelmente.
Em libras a gente tem agora o novo e velho sistema de escrita, o SingWriting.

Eu particularmente sou muito cético quanto a funcionalidade e utilidade do


Singwhite.
Como eu aprendi o português e me vejo hoje em uma condição muito
melhor do que a maioria dos meus semelhantes que não aprenderem.
Acredito pessoalmente que para nós surdos, desenvolver o português como
segunda língua cada vez mais, é muito mais importante do que aprender a
escrita de língua de sinais.
Mas respeito aqueles que acreditam que esse caminho é bom e que para o
futuro isso será necessário.

Então se você quer desenvolver estas duas fluencias sugiro que você busque
cursos, grupos de estudos e etc para tal.
Entrando ainda afirmo com convicção, foque mais em aprender a se
comunicar e entender a língua do que a escrever.

Existem pessoas que usam a SingWriting para aprender a Libras. Usam para
registrar os sinais e ficar mais fácil depois na hora de estudar de ler o sinal e
entender.
É um método. Não posso julgar se é bom ou ruim por que eu
particularmente não o experimentei.

Mas apenas para a reflexão; se já temos hoje a condição de fazer esse


registro em fotos e até msmo em vídeos que tem movimentos, para que a
gente nos nivelar a homens das cavernas e ficar fazendo desenhos semi-
rupestres na tentativa do registro?

Novamente deixo claro que respeito todas as opiniões e o direito de cada um


de usar o método que lhe sentir melhor.
Mas essa é minha opinião como sujeito surdo que desenvolveu o português
e que hoje sou Poliglota.

Relembrando: Quer desenvolver os dois últimos pilares da escrita e leitura?

Busque cursos, grupos de estudos, seminários e pessoas que usam.


O que importa é o seu foco! Tenha foco para alcançar seus objetivos!
Então conclusão
Se você quer apenas se comunicar em libras. No caso se você for um
profissional que não trabalha diretamente com os surdos e inclusão, tipo
médico, professor de escola regular, psicólogo, enfermeiro e etc... Você
precisa desenvolver apenas o segundo tipo de fluência, - Se expressar em
libras. Pois assim já vai conseguir se virar na sua profissão.

Se você trabalha diretamente com surdos, ou tem familiares surdos, ou


precisa de fato se comunicar com surdos, você precisa desenvolver a fluência
no primeiro é o segundo ponto indicado.

Se você quer ser interprete de libras ou professor/instrutor de libras.


Voce precisa desenvolver no mínimo os dois pontos muuuito bem. Mas muito
bem mesmo.
Sugiro que sua meta seja sinalizar no mesmo nível dos surdos ou melhores.
Você precisa ter um grau de excelência cada vez maior. E nunca, nunca
mesmo , parar de estudar e se desenvolver.
E também desenvolver o máximo da fluência em português.
Mesmo depois de já tiver atuando uns 30 anos na área. Você precisa estar
sempre estudando freneticamente tudo que puder. De Libras e de português.

Afinal "O
Interprete de Língua de Sinais é um agente mediador
da comunicabilidade de duas modalidades aparentemente
não conectaveis" (Carlos Cristian).

E tudo isso ainda será pouco. Vá por mim.

Mas não desanime.


Tenha foco, fé e esperança.
Pois se é isso que você realmente quer, nada disso será um tormento ou
dificuldade para você.
Pelo contrário, Será seu prazer, sua maior alegria.
Gostou deste Ebook? Quer mais?
Onde mais você pode me encontrar?

Meu e-mail: carloscristianlibras@gmail.com – qualquer coisa me envie um e-


mail.

Curta a nossa página no Facebook:


https://www.facebook.com/Tertuliaslibras/ - Me ajude a alcançar mais
curtidas na página e divulgar nosso trabalho.

Leia nosso blog: tertuliasdelibras.blogspot.com.br – tem muita coisa lá de


graça.

Veja meu site: sosinterpretes.klickpages.com.br – Confira lá.

Veja nosso canal do Youtube: youtube.com/c/CarlosCristianLibras – tem


vídeos todos os dias.

Acesse o LIBRASFLIX: sosinterpretes.klickpages.com.br/librasflix

Você também pode gostar