Você está na página 1de 21

Lição 1 e 3:

Introdução ao estudo de Hidrobiologia

AULAS DE HIDROBIOLOGIA - MESTRE


12/02/2017 1
OSMANE A. USSENE
Introdução à Hidrobiologia - Generalidades

1. Conceito “Hidrobiologia”
2. Relações de Hidrobiologia com outras ciências
3. Ciclo de agua
4. Agua na natureza
5. Distribuição de agua na natureza
6. Seres vivos na agua
7. Factores que condicionam a vida na agua
8. Enfoque da Hidrobiologia

AULAS DE HIDROBIOLOGIA - MESTRE


12/02/2017 2
OSMANE A. USSENE
1.Conceito “Hidrobiologia”

AULAS DE HIDROBIOLOGIA - MESTRE


12/02/2017 3
OSMANE A. USSENE
2.Relações de Hidrobiologia com outras ciências

AULAS DE HIDROBIOLOGIA - MESTRE


12/02/2017 4
OSMANE A. USSENE
3. Ciclo da Água

A água apresenta dois ciclos:

I. Ciclo curto ou pequeno: é aquele que ocorre pela lenta


evaporação da água dos mares, rios, lagos e lagos, formando
nuvens. Estas se condensam, voltando a superfície na forma
de chuva ou neve.
II. Ciclo longo ou grande: É aquele em que a água passa pelo
corpo dos seres vivos antes de voltar ao ambiente. A água é
retirada do solo através das raízes das plantas sendo
utilizada para a fotossíntese ou passada para outros animais
através da cadeia alimentar. A água volta a atmosfera através
da respiração, transpiração, fezes e urina.

Os processos do ciclo hidrológico são: precipitação;


infiltração; escoamento; evapotranspiração e condensação.
AULAS DE HIDROBIOLOGIA - MESTRE
12/02/2017 5
OSMANE A. USSENE
3. Ciclo da Água

AULAS DE HIDROBIOLOGIA - MESTRE


12/02/2017 6
OSMANE A. USSENE
4. Agua na natureza
1. Água atmosférica:
nuvem e precipitação
(chuva, neve ou
granizo).
2. Água superficial:
lagos, rios, oceanos.

3. Água do lençol freático:


água subterrânea (poros do
solo, espaços internos em
rochas estão saturados).

AULAS DE HIDROBIOLOGIA - MESTRE


12/02/2017 7
OSMANE A. USSENE
5. Distribuição de agua na natureza

A água na Terra avalia-se em 1380 x 1015 m3, o que


equivale a ocupar o volume de uma esfera de 1380 km de
diâmetro. Distribui-se pelos três reservatórios principais já
referidos, nas seguintes percentagens aproximadas: -oceanos
96,6 % - continentes 3,4 % - atmosfera 0,013 % (HARTMAN,
1996).

A quantidade da água salgada dos oceanos é cerca de


30 vezes a quantidade da água doce dos continentes e da
atmosfera. A água dos continentes concentra-se praticamente nas
calotas polares, glaciais e no subsolo, distribuindo-se a parcela
restante, muito pequena, por lagos e pântanos, rios, zona
superficial do solo e biosfera.

AULAS DE HIDROBIOLOGIA - MESTRE


12/02/2017 8
OSMANE A. USSENE
5. Distribuição de agua na natureza

AULAS DE HIDROBIOLOGIA - MESTRE


12/02/2017 9
OSMANE A. USSENE
6. Seres vivos na agua
Existe grande
diversidade de
microrganismos
aquáticos.

Os microrganismos
presentes na água
são determinados
por fatores físicos e
químicos
(temperatura,
luminosidade,
pressão,salinidade,
pH e nutrientes).

AULAS DE HIDROBIOLOGIA - MESTRE


12/02/2017 10
OSMANE A. USSENE
7. Factores que condicionam a vida na agua

Salinidade

A salinidade mede a quantidade de sais


dissolvidos nas águas dos lagos e reservatórios.

Enquanto nas águas salobras a unidade de


medida da Salinidade é o ppm ou "partes por milhão",
nas águas doces, uma unidade usual é o ppb (partes
por bilhão) ou mesmo o ppt ou "partes por trilhão". Na
água do mar, a Salinidade costuma ser de 35 ppt,
enquanto na água doce, é comum 0,5 ppt.

AULAS DE HIDROBIOLOGIA - MESTRE


12/02/2017 11
OSMANE A. USSENE
7. Factores que condicionam a vida na agua
Salinidade
A Salinidade é maior no Verão e menor no
Inverno. A evaporação pode, também, aumentar a
Salinidade. Por outro lado, as chuvas costumam diminuir
a Salinidade.
A quantidade total de íons presentes em uma
amostra de água é chamada de SDT (sais dissolvidos
totais).
Tanto a concentração de SDT como as
quantidades relativas ou proporções dos diferentes íons,
influem nas espécies de organismos que podem melhor
se desenvolver, além de participarem de muitas reações
químicas importantes que ocorrem nas suas águas.
AULAS DE HIDROBIOLOGIA - MESTRE
12/02/2017 12
OSMANE A. USSENE
7. Factores que condicionam a vida na agua
pH

O pH de uma amostra de água é a medida da


concentração de íons Hidrogênio.
O pH da água determina a solubilidade
(quantidade que pode ser dissolvida na água) e a
disponibilidade biológica (quantidade que pode ser
usada pela biota aquática) dos constituintes químicos,
tais como os nutrientes (P, N e C) e metais pesados (Pb,
Cu, Cd e outros).

AULAS DE HIDROBIOLOGIA - MESTRE


12/02/2017 13
OSMANE A. USSENE
7. Factores que condicionam a vida na agua
pH

AULAS DE HIDROBIOLOGIA - MESTRE


12/02/2017 14
OSMANE A. USSENE
7. Factores que condicionam a vida na agua
Temperatura

A temperatura das águas superficiais: 0°C (pólos) a


40°C (trópicos). A temperatura de 90% águas oceânicas está abaixo
de 5°C e favorece o crescimento de microrganismos psicrofilos. Com
relação à temperatura os microrganismos são classificados em:

1. Psicrofilos e Estenotérmicos (baixas temperaturas).


2. Mesófilos: desenvolvem-se bem sob temperaturas medianas (15°
a 40°C).
3. Extremofilos ou Euritérmicos: : desenvolvem-se bem sob
temperaturas extremas, Termofilos (altas temperaturas) e
Hipertermofilos (> 75°C, alguns acima dos 100°C).
4. Pecilotérmicos(e.g. invertebrados, peixes) ou Homeotérmicos
(e.g. mamíferos)

AULAS DE HIDROBIOLOGIA - MESTRE


12/02/2017 15
OSMANE A. USSENE
7. Factores que condicionam a vida na agua

Pressão Hidrostática

A pressão formada pela coluna de água regista +


1 atm a cada 10m profundidade. No Fundo do mar
regista alta pressão hidrostática.

Organismos barofilos: requerem alta pressão


hidrostática para crescer. Profundidade 1.000 a 10.000
m.

AULAS DE HIDROBIOLOGIA - MESTRE


12/02/2017 16
OSMANE A. USSENE
7. Factores que condicionam a vida na agua

Luminosidade
Zonas ecológicas verticais estabelecidas em função da
penetração da LUZ.

1) Zona Eufótica: Definida como a região onde a luz é suficiente para


suportar o crescimento e a reprodução de produtores primários
(fitoplânctone macroalgas). A produção da fotossíntese excede o
consumo (respiração).

2) Zona Disfótica: Zona onde alguns peixes e invertebrados


conseguem utilizar a visão, mas onde a luz penetra
insuficientemente para que ocorra fotossíntese positiva (respiração
> fotosíntese).

3) Zona Afótica: Zona escura, profunda.


AULAS DE HIDROBIOLOGIA - MESTRE
12/02/2017 17
OSMANE A. USSENE
7. Factores que condicionam a vida na agua

Outros factores

Para além dos factores acima mencionados que


influenciam a vida dos organismos no ambiente
aquáticos, os organismos são influenciados por
propriedades físicas e a dissolução de diversos
elementos químicos. Como a tensão superficial da
água, a viscosidade da água, densidade da agua,
oxigénio, carbono orgânico e inorgânico, nitrogénio,
fosforo e enxofre.

AULAS DE HIDROBIOLOGIA - MESTRE


12/02/2017 18
OSMANE A. USSENE
8. Enfoque da Hidrobiologia

AULAS DE HIDROBIOLOGIA - MESTRE


12/02/2017 19
OSMANE A. USSENE
8. Enfoque da Hidrobiologia

Classificação (Águas Lênticas e Águas


Lóticas)
Características gerais (Processo de formação dos
lagos, Factores físicos, Factores químico e Divisão e
Megabioma composição dos lagos)
Límnico
Ecologia do ecossistema límnico (Lagos e seus
habitantes e Outros Ecossistemas Límnicos)

Poluição límnica (Poluição límnica: metais


pesados, pesticidas, etc).

AULAS DE HIDROBIOLOGIA - MESTRE


12/02/2017 20
OSMANE A. USSENE
TRABALHO PARA CASA

Descreve detalhadamente e fixe no seu portfolio:

1) Como a TENSÃO SUPERFICIAL DA ÁGUA, a


VISCOSIDADE DA ÁGUA. e DENSIDADE DA AGUA
influencia a vida dos organismos aquáticos.
2) A importância de oxigénio, carbono orgânico e
inorgânico, nitrogénio, fosforo e enxofre.

AULAS DE HIDROBIOLOGIA - MESTRE


12/02/2017 21
OSMANE A. USSENE

Você também pode gostar