Você está na página 1de 9

PREFEITURA MUNICIPAL DE CASTRO ALVES

Secretaria Municipal de Educação


DEPARTAMENTO DE ENSINO

COLÉGIO: Municipal Dr. Reinaldo Barreto Rosa TRIMESTRE: I Trimestre PERÍODO: 25/02 a 07/06

DISCIPLINA: História PROFESSOR/A: Janete Neves ANO: 6º ano

PLANO DE CURSO (ANOS FINAIS)

ÁREA DO CONHECIMENTO
Ciências Humanas

OBJETIVO GERAL (TEMA ANUAL)


Propiciar o conhecimento acerca da história da humanidade, a passagem do modo de vida nômade para a sedentarização, as teorias utilizadas para explicar a
origem o deslocamento do homem no espaço, e sua contribuição para a produção da História ao longo do tempo.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS (TEMA TRIMESTRAL) I TRIMESTRE ( X ) II TRIMESTRE ( ) III TRIMESTRE ( )
 Conceituar História;
 Identificar o papel do historiador, dos registros e das fontes;
 Adquirir conhecimentos sobre Cultura e Patrimônio;
 Entender a importância de se estabelecer noções acerca da ideia de sujeito histórico e tempo;
 Reconhecer o continente africano, enquanto berço da humanidade;
 Refletir acerca dos modos de vida nas sociedades antigas (economia, cultura, geografia, escrita, ciência, estrutura do poder, entre outros aspectos).
COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS DE ÁREA
UNIDADE TEMÁTICA HABILIDADES
OBJETOS DE CONHECIMENTO
(Organização dos conteúdos, conceitos e (habilidades estão relacionadas a
(conteúdos, conceitos e processos)
processos) diferentes objetos de conhecimento)
PREFEITURA MUNICIPAL DE CASTRO ALVES
Secretaria Municipal de Educação
DEPARTAMENTO DE ENSINO

 A questão do tempo, sicronias e diacronias: reflexões sobre o sentido


das cronologias.
História: tempo, espaço e formas de (EF06HI01)
 Formas de registro da história e da produção do conhecimento (EF06HI02)
registros
histórico. (EF06HI03)
 As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos de (EF06HI04)
sedentarização. (EF06HI05)
 Povos da Antiguidade na África (egípcios), no Oriente Médio (EF06HI06)
(Parte) A invenção do mundo clássico e o
(mesopotâmicos) e nas Américas (pré-colombianos). (EF06HI07)
contraponto com outras sociedades (EF06HI08)
 Os povos indígenas originários do atual território brasileiro e seus
hábitos culturais e sociais.

RECURSOS DIDÁTICOS (Quais materiais serão utilizados)


 Filmes e vídeos;
 Material icnográfico ( imagens e slides);
 Quadro, piloto, livro didático;
 Gêneros textuais diversos sobre os temas abordados (resumos, notícias, apostilas etc);
 Papel sulfite, cartolina, papel metro, marcadores permanentes coloridos;
 Documentos: RG, carteira de vacinação, certidão de nascimento etc.
 Recortes, Cola e tesoura;
 Dinâmicas; Xerox de materiais;
 Projetor de áudio-visual (DataShow);
 Mapas e Globo Terrestre.

METODOLOGIA (Como serão as aulas)


PREFEITURA MUNICIPAL DE CASTRO ALVES
Secretaria Municipal de Educação
DEPARTAMENTO DE ENSINO

Aulas expositivas e dialogadas com auxílio de ferramentas de suporte e de recursos pedagógicos acessíveis.
Utilização do artifício das tempestades de ideias para diagnosticar os conhecimentos prévios da classe. Proposta de entrevista com pessoas da comunidade, afim
de que se possa saber mais sobre a comunidade. Exibição do filme “Os Croods” e de vídeos sobre as primeiras civilizações, bem como, apreciação de material
icnográfico e documentos para posterior análise e discussão. Orientação para uso e localização de continentes, países, rios e oceanos nos mapas e no globo
terrestre. Exploração de exercícios e pesquisas classe e extra-classe. Confecção de painel comparativo sobre as civilizações estudadas. Paralelo aos conteúdos
curriculares serão realizadas atividades relacionadas ao Projeto da Consciência Negra. Aplicação de atividades/ avaliações orais e escritas.
AVALIAÇÃO (Como serão avaliados)
A avaliação se dará de modo processual (de modo qualitativo e quantitativo), a medida em que as provocações didáticas e as intervenções necessárias forem
atendidas.
REFERÊNCIAS (Obras utilizadas)

BAUMAN, Zygmund. Identidade: entrevista a Benedetto Vecchi. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2005.
BOULOS JÚNIOR, Alfredo. História, sociedade & cidadania. 6ºano. 3. ed. São Paulo: FTD, 2015.
BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular – BNCC versão final. Brasília, DF, 2017.
BRASIL. Lei 10.639/2003, de 9 de janeiro de 2003. Altera a Lei nº 9. 394, de 20 de dezembro de 1996. Diário Oficial da União, Poder Executivo, Brasília.
BRASIL. Lei 11.645/08 de 10 de Março de 2008. Diário Oficial da União, Poder Executivo, Brasília.
BRANDÃO, Ana Paula (coord.). Saberes e fazeres, v.3 : modos de interagir . Rio de Janeiro: Fundação Roberto Marinho, 2006, 152p. : il. color. - (A cor da
cultura).
_________________________.Saberes e fazeres, v.2 : modos de sentir.Rio de Janeiro : Fundação Roberto Marinho, 2006,76p. : il. color. - (A cor da cultura)
_________________________. Saberes e fazeres, v.1 : modos de ver . Rio de Janeiro : Fundação Roberto Marinho, 2006, 116p. : il. color. - (A cor da cultura)

OS Croods. Direção: Chris Sanders; Kirk de Micco. Animação. Duração: 98 min. Ano de produção: 2013.
Outras fontes:
Coleção de vídeos didáticos “Grandes civilizações” sobre Mesopotâmia, Egito Atigo, Grécia Antiga, Roma Antiga e Pré-colombianos.
PREFEITURA MUNICIPAL DE CASTRO ALVES
Secretaria Municipal de Educação
DEPARTAMENTO DE ENSINO

COLÉGIO: Municipal Dr. Reinaldo Barreto Rosa TRIMESTRE: II Trimestre PERÍODO: 10/06 a 20/09

DISCIPLINA: História PROFESSOR/A: Janete Neves ANO: 6º ano

PLANO DE CURSO (ANOS FINAIS)


ÁREA DO CONHECIMENTO
Ciências Humanas

OBJETIVO GERAL (TEMA ANUAL)


Propiciar o conhecimento acerca da história da humanidade, a passagem do modo de vida nômade para a sedentarização, as teorias utilizadas para explicar a
origem o deslocamento do homem no espaço, e sua contribuição para a produção da História ao longo do tempo.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS (TEMA TRIMESTRAL) I TRIMESTRE ( ) II TRIMESTRE ( X ) III TRIMESTRE ( )
 Localizar geograficamente Grécia, Roma e África, relacionando mapas antigos e mapas atuais;
 Caracterizar a sociedade grega antiga, de modo que, estabeleçam os princípios e fundamentos da ideia de “democracia” e “polis”, bem como, entender as
ocorrências que levaram ao declínio dessa civilização;
 Refletir acerca do significado de cidadania do ponto de vista de gregos e romanos;
 Compreender o processo de formação do Império Romano e os aspectos remanescentes da política do “pão e circo” popularizada durante o domínio
romano;
 Conhecer os principais povos e culturas africanos, bem como, suas diferentes formas de organização política, estabelecendo parâmetro temporal com
sociedades contemporâneas;
 Precisar com se deu a dinâmica que convergiu na transição do mundo antigo para o medieval.

COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS DE ÁREA


UNIDADE TEMÁTICA HABILIDADES
OBJETOS DE CONHECIMENTO
(Organização dos conteúdos, conceitos e (habilidades estão relacionadas a
(conteúdos, conceitos e processos)
processos) diferentes objetos de conhecimento)
PREFEITURA MUNICIPAL DE CASTRO ALVES
Secretaria Municipal de Educação
DEPARTAMENTO DE ENSINO

 O Ocidente Clássico: aspectos da cultura na Grécia e em


Roma;
(Continuação) A invenção do mundo  As noções de cidadania e política na Grécia e em Roma;
clássico e o contraponto com outras  Domínios expansão das culturas grega e romana;
(EF06HI09)
sociedades.  Significados do conceito de “império” e as lógicas de (EF06HI10)
conquista, conflito e negociação dessa forma de organização (EF06HI11)
política; (EF06HI12)
(Parte) Lógicas de organização política  As diferentes formas de organização política na África: reinos,
impérios, cidades-estado e sociedades linhageiras ou aldeias;
 A passagem do mundo antigo para o mundo medieval.

RECURSOS DIDÁTICOS (Quais materiais serão utilizados)


 Filmes e vídeos;
 Material icnográfico ( imagens e slides);
 Quadro, piloto, livro didático, dicionários;
 Gêneros textuais diversos sobre os temas abordados (resumos, notícias, apostilas etc);
 Papel sulfite, cartolina, papel metro, marcadores permanente coloridos;
 Recortes, Cola e tesoura
 Dinâmicas; Xerox de materiais
 Projetor de áudio-visual (DataShow);
 Mapas e Globo Terrestre.

METODOLOGIA (Como serão as aulas)


PREFEITURA MUNICIPAL DE CASTRO ALVES
Secretaria Municipal de Educação
DEPARTAMENTO DE ENSINO

Aulas expositivas e dialogadas com auxílio de ferramentas de suporte e de recursos pedagógicos acessíveis. Discussões sobre as ideias de “democracia”, polis e
“cidadania” empreendidas através de Grupos de Verbalização (GV) e Grupos de Observação (GO). Exibição de vídeos sobre o Império Romano e sobre impérios
africanos, afim de que os educandos possam estabelecer relações e levantar hipóteses sobre mudanças e permanências na atualidade. Realizar pesquisas acerca do
conceito de “Império” e as relações de poder intrínsecos ao mesmo. Confeccionar esquema histórico, mapeando os principais fatos que a história oficial considera
responsáveis pela transição do mundo antigo para o medievo. Paralelo aos conteúdos curriculares serão realizadas atividades relacionadas ao Projeto da
Consciência Negra. Aplicação de atividades/ avaliações orais e escritas.

AVALIAÇÃO (Como serão avaliados)


A avaliação se dará de modo processual (de modo qualitativo e quantitativo), a medida em que as provocações didáticas e as intervenções necessárias forem
atendidas.

REFERÊNCIAS (Obras utilizadas)


BAUMAN, Zygmund. Identidade: entrevista a Benedetto Vecchi. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2005.
BOULOS JÚNIOR, Alfredo. História, sociedade & cidadania. 6ºano. 3. ed. São Paulo: FTD, 2015.
BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular – BNCC versão final. Brasília, DF, 2017.
BRASIL. Lei 10.639/2003, de 9 de janeiro de 2003. Altera a Lei nº 9. 394, de 20 de dezembro de 1996. Diário Oficial da União, Poder Executivo, Brasília.
BRASIL. Lei 11.645/08 de 10 de Março de 2008. Diário Oficial da União, Poder Executivo, Brasília.
BRANDÃO, Ana Paula (coord.). Saberes e fazeres, v.3 : modos de interagir . Rio de Janeiro: Fundação Roberto Marinho, 2006, 152p.: il. color. - (A cor da
cultura).
_________________________.Saberes e fazeres, v.2 : modos de sentir.Rio de Janeiro : Fundação Roberto Marinho, 2006,76p. : il. color. - (A cor da cultura)
_________________________. Saberes e fazeres, v.1 : modos de ver . Rio de Janeiro : Fundação Roberto Marinho, 2006, 116p. : il. color. - (A cor da cultura)
MOORE, Carlos. A África que incomoda: sobre a problematização do legado africano no quotidiano brasileiro. Belo Horizonte: Nandyala, 2010.
Outras fontes:
Coleção de vídeos didáticos “Grandes civilizações” Roma Antiga e África.
PREFEITURA MUNICIPAL DE CASTRO ALVES
Secretaria Municipal de Educação
DEPARTAMENTO DE ENSINO

COLÉGIO: Municipal Dr. Reinaldo Barreto Rosa TRIMESTRE: III Trimestre PERÍODO: 29/09 a 23/12

DISCIPLINA: História PROFESSOR/A: Janete Neves ANO: 6º ano

PLANO DE CURSO (ANOS FINAIS)


ÁREA DO CONHECIMENTO
Ciências Humanas

OBJETIVO GERAL (TEMA ANUAL)


Propiciar o conhecimento acerca da história da humanidade, a passagem do modo de vida nômade para a sedentarização, as teorias utilizadas para explicar a
origem o deslocamento do homem no espaço, e sua contribuição para a produção da História ao longo do tempo.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS (TEMA TRIMESTRAL) I TRIMESTRE ( ) II TRIMESTRE ( ) III TRIMESTRE ( X )
 Entender a ideia de longa duração, a partir da crise e degradação do Império Romano;
 Identificar os eventos que levaram à fragmentação do poder político-ideológico dos impérios nos primórdios medieval;
 Localizar geograficamente o Mar Mediterrâneo, refletindo acerca da dinamicidade de trocas comerciais ocorridas entre diferentes povos desde a
Antiguidade;
 Diferenciar nos diferentes espaços temporais, os modos de trabalho “escravo” do “servil”, identificando as características que mais aproximam e/ou
distanciam tais conceitos, relacionando-os à figura do “senhor”;
 Reconhecer o cristianismo como o divisor de águas que permitiu a conversão de grandes impérios ao monoteísmo na Idade Média, bem como, entende-lo
como motor reflexivo sobre atitudes e valores da ética cristã;
 Refletir acerca da situação da mulher medieval a partir da figura de Joana D’Arc.
COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS DE ÁREA
UNIDADE TEMÁTICA HABILIDADES
OBJETOS DE CONHECIMENTO
(Organização dos conteúdos, conceitos e (habilidades estão relacionadas a
(conteúdos, conceitos e processos)
processos) diferentes objetos de conhecimento)
PREFEITURA MUNICIPAL DE CASTRO ALVES
Secretaria Municipal de Educação
DEPARTAMENTO DE ENSINO

 A fragmentação do poder político na Idade Média;


 O Mediterrâneo como espaço de interação entre as sociedades da
(Continuação) Lógicas de organização (EF06HI13)
Europa, da África e do Oriente Médio;
política; (EF06HI14)
 Senhores e servos no mundo antigo e no medieval;
 Escravidão e trabalho livre em diferentes temporalidades e espaços (EF06HI15)
(Roma Antiga, Europa medieval e África); (EF06HI16)
(EF06HI17)
 Lógicas comerciais na Antiguidade romana e no mundo medieval;
Trabalho e formas de organização social (EF06HI18)
 O papel da religião cristã, dos mosteiros e da cultura da Idade Média; (EF06HI19)
e cultural
 O papel da mulher na Grécia e Roma, e no período medieval.

RECURSOS DIDÁTICOS (Quais materiais serão utilizados)


 Filmes e vídeos;
 Material icnográfico ( imagens e slides);
 Quadro, piloto, livro didático, dicionários;
 Gêneros textuais diversos sobre os temas abordados (resumos, notícias, apostilas etc);
 Papel sulfite, cartolina, papel metro, marcadores permanentes coloridos;
 Recortes, Cola e tesoura;
 Dinâmicas; Xerox de materiais;
 Projetor de áudio-visual (DataShow);
 Mapas e Globo Terrestre.

METODOLOGIA (Como serão as aulas)


Aulas expositivas e dialogadas com auxílio de ferramentas de suporte e de recursos pedagógicos acessíveis. Utilização de mapas durante as aulas e leituras em
PREFEITURA MUNICIPAL DE CASTRO ALVES
Secretaria Municipal de Educação
DEPARTAMENTO DE ENSINO

grupo de materiais sobre os temas estudados. Confecção de pirâmide social, identificando as estruturas do poder durante a longa Idade Média. Elaboração de mini-
seminários sobre a História das Mulheres na Idade Média e o Cristianismo. Paralelo aos conteúdos curriculares serão realizadas atividades relacionadas ao Projeto
da Consciência Negra. Aplicação de atividades/ avaliações orais e escritas.

AVALIAÇÃO (Como serão avaliados)


A avaliação se dará de modo processual (de modo qualitativo e quantitativo), a medida em que as provocações didáticas e as intervenções necessárias forem
atendidas.
REFERÊNCIAS (Obras utilizadas)

BAUMAN, Zygmund. Identidade: entrevista a Benedetto Vecchi. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2005.
BOULOS JÚNIOR, Alfredo. História, sociedade & cidadania. 6ºano. 3. ed. São Paulo: FTD, 2015.
BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular – BNCC versão final. Brasília, DF, 2017.
BRASIL. Lei 10.639/2003, de 9 de janeiro de 2003. Altera a Lei nº 9. 394, de 20 de dezembro de 1996. Diário Oficial da União, Poder Executivo, Brasília.
BRASIL. Lei 11.645/08 de 10 de Março de 2008. Diário Oficial da União, Poder Executivo, Brasília.
BRANDÃO, Ana Paula (coord.). Saberes e fazeres, v.3 : modos de interagir . Rio de Janeiro: Fundação Roberto Marinho, 2006, 152p. : il. color. - (A cor da
cultura).
_________________________.Saberes e fazeres, v.2 : modos de sentir.Rio de Janeiro : Fundação Roberto Marinho, 2006,76p. : il. color. - (A cor da cultura)
_________________________. Saberes e fazeres, v.1 : modos de ver . Rio de Janeiro : Fundação Roberto Marinho, 2006, 116p. : il. color. - (A cor da cultura)
JOSTEIN, Gaarder. O Livro das Religiões. São Paulo: Companhia das Letras, 2000
Outras Fontes:

Vídeos – História das mulheres. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=_PJ0zyTF414


- Mulher, a pobre coitada da Idade Média?. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=hsgs5fduYUI

Você também pode gostar