Você está na página 1de 5

PROCURADORIA GERAL DO ESTADO

Procuradoria Judicial

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DESEMBARGADOR RELATOR DO

MANDADO DE SEGURANÇA Nº. 8000239-52.2020.8.05.0000 DA SEÇÃO

CÍVEL DE DIREITO PÚBLICO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO

ESTADO DA BAHIA.

REF. MS N. 8000239-52.2020.8.05.0000

(SEÇÃO DE DIREITO PÚBLICO)

O ESTADO DA BAHIA nos autos do mandado de segurança acima, impetrado

por DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DA BAHIA, em trâmite perante

este MM. Juízo, vem, por seu Procurador ex lege, abaixo firmado, com endereço

profissional na 3ª Avenida do Centro Administrativo, n.º 370, Salvador-Bahia,

onde receberá as posteriores intimações, vem expor e requerer o que se segue,

demonstrando a PERDA DO OBJETO posto nesse processo:

MANIFESTAÇÃO

Trata-se de ação mandamental coletiva, requerida pela Defensoria Pública do

1
PROCURADORIA GERAL DO ESTADO
Procuradoria Judicial

Estado da Bahia, visando impugnar EDITAL DE ABERTURA DE

INSCRIÇÕES – SAEB – 02/2019, DE 15 DE OUTUBRO DE 2019, subscrito

pelas autoridades coatoras indicadas; bem como ao Concurso Público para

Seleção de Candidatos ao Estágio de Adaptação no Posto de 1º Tenente do

Quadro de Oficiais de Saúde da Polícia Militar/Médico - QOSPM/Médico e do

Quadro de Oficiais de Saúde da Polícia Militar/Odontólogo -

QOSPM/Odontólogo, conforme EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES –

SAEB - 03/2019, DE 24 DE OUTUBRO DE 2019, subscrito pelo Secretário da

Administração do Estado da Bahia e o Comandante Geral da Polícia Militar da

Bahia.

Em síntese, impugnavam os seguintes aspectos do concurso: (a) exames

admissionais invasivos para mulheres exigidos pelo edital; (b) direito à

remarcação de TAF para candidatas gestantes; (c) momento da comprovação da

idade máxima limite estipulada no edital e (d) distribuição de vagas entre homens

e mulheres.

Conforme prova em anexo, a Administração editou a Portaria número 031-

CG/2020 estabelecendo, definitivamente, a possibilidade de remarcação do TAF

para gestantes (item b) e excluindo os exames ginecológicos, ditos invasivos

(item a) na peça inaugural:

2
PROCURADORIA GERAL DO ESTADO
Procuradoria Judicial

PORTARIA N.º 031-CG/2020


Acrescenta dispositivos à Portaria n.º 060-CG/2017, que estabelece
critérios para a realização dos exames pré-admissionais com vistas ao
ingresso de candidatos na Polícia Militar da Bahia e dá outras
providências.
O COMANDANTE-GERAL DA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DA
BAHIA, no uso de suas atribuições, RESOLVE:
Art. 1º - Acrescentar no Anexo I da Portaria n.º 060-CG/2017, publicada no
DOE de 09/05/2017, os subitens 3.2, 3.3, 3.3.1, 3.4 e 3,5, as alíneas “a”,
“b” e “c” ao subitem 3.3.1, e as alíneas “d” e “e” ao subitem 4.2, com o
seguinte teor:
3.2 A candidata gestante poderá realizar o TAF em data diversa da
prevista, independentemente da data da gravidez, se prévia ou posterior à
data de inscrição no concurso público, do tempo da gestação, da sua
condição física e clínica ou da natureza do exame físico, do grau de
esforço ou do local de realização dos testes.
3.3 A candidata que desejar a remarcação do TAF deverá apresentar à
Banca Examinadora (Junta Militar Estadual de Saúde - JMES), até 10
(dez) dias antes da data marcada para o TAF, relatório médico original que
indique expressamente a sua condição de gestante, devendo ser juntado
exame laboratorial comprobatório.
3.3.1 A comprovação da falsidade em qualquer dos documentos referidos
no subitem 3.3 sujeita a candidata, além das sanções cíveis e criminais
cabíveis:
a) à exclusão do concurso público;
b) ao ressarcimento de todas as despesas havidas com a realização do
exame de aptidão física remarcado;
c) se já matriculada no Curso de Formação ou em exercício, à anulação do
ato de matrícula/nomeação, com devolução de todos os valores recebidos.
3.4 É assegurado à candidata gestante o direito de realizar, sob sua
responsabilidade, os testes de aptidão física nos locais e datas fixados no
edital de convocação.
3.5 O dia, o local e o horário do TAF remarcado serão determinados em
prazo não inferior a 120 (cento e vinte) dias e não superior a 180 (cento e
oitenta) dias da data do término da gravidez, devendo este fato ser
comunicado formalmente pela candidata à entidade responsável, no prazo
máximo de 30 (trinta) dias contados do parto, sob pena de ser considerada
inapta no TAF.
4.2...
d) não comunicar, a candidata gestante, a data do término da gravidez, no
prazo máximo de 30 (trinta) dias contados do parto;
e) não comparecer ao local, em data e horário estabelecidos para o TAF
remarcado, no caso de candidata gestante, seja qual for o motivo alegado.
Art. 2º - Excluir no Anexo II da Portaria n.º 060-CG/2017, publicada no
DOE de 09/05/2017, o item 19 do inciso II. Salvador, 08 de maio de 2020.
ANSELMO ALVES BRANDÃO - Cel PM Comandante-Geral

3
PROCURADORIA GERAL DO ESTADO
Procuradoria Judicial

Noutro giro, o marco temporal para comprovação da idade máxima (item c) será

aferida na data prevista do edital com suas retificações, razão porque superado

também o pedido deduzido, uma vez que TODOS passam a ter pleno

conhecimento prévio do atendimento do requisito etário. A data para início do

Curso está fixada: (i) para o Concurso de Soldado no Edital, item 13.5 - A matrícula

no Curso de Formação de Soldado da Polícia Militar da Bahia e do Corpo de

Bombeiros Militar da Bahia, dos candidatos aprovados dentro do número de vagas

definidas neste Edital, está prevista para 26/10/2020; e, (ii) No caso do Concurso do

Médico no Edital item 12.5 - A matrícula no Estágio de Adaptação do Quadro de

Oficiais de Saúde da Polícia Militar da Bahia, dos candidatos aprovados dentro do

número de vagas definidas neste Edital, prevista para 03/08/2020.

Por fim, quanto à distribuição por gênero, é evidente tratar-se de

discricionaridade administrativa impassível de aferição nesse via estreita.

DO PEDIDO

Demonstrada a relevância dos fundamentos apresentados pelo o Estado, revela a

PERDA DO OBJETO do writ, pedindo que, ouvida o Impetrante, seja decretada

a extinção do mandamus sem exame do mérito.

4
PROCURADORIA GERAL DO ESTADO
Procuradoria Judicial

Pede Deferimento.

Salvador-Bahia, 11 de maio de 2020.

Marcos Sampaio

Procurador do Estado

OAB/BA 15899