Você está na página 1de 2

TIPOS DE SUJEITO

 SUJEITO SIMPLES E SUJEITO COMPOSTO.

Hobes está encostado à árvore. Calvin e Hobes estão a conversar.


Ele está pensativo. Tanto um como o outro não sabem o que fazer.

Cada uma das frases da primeira vinheta é constituída por um sujeito


simples porque tem um só elemento (núcleo): um nome ou um pronome.
Nas frases da segunda vinheta, o sujeito é constituído por mais do que um
núcleo: é, pois, um sujeito composto.

 SUJEITO SUBENTENDIDO (OU OCULTO)


É aquele que não está expresso na oração, mas pode ser identificado.
Observa estes exemplos:

Sentimos muito a tua falta. O sujeito de sentimos é nós.

O professor entrou e, muito calmamente, pousou a pasta na secretária. Só


depois cumprimentou os alunos. O sujeito das formas verbais pousou e
cumprimentou é o professor, mencionado no primeiro período, antes da
forma verbal entrou.

 SUJEITO INDETERMINADO
Observa as frases:
Diz-se que deitar cedo dá saúde.
Chamavam-lhe nomes para o irritarem.
Quem diz? Quem chamava? Não se sabe. Nestes exemplos, o verbo
não se refere a uma pessoa determinada. Dizemos, então, que o sujeito é
indeterminado.

 SUJEITO INEXISTENTE
Em orações como:
Chove.
Amanheceu.
Há flores no jardim.

Os verbos não têm sujeito. Diz-se, então, que o verbo é impessoal e o


sujeito é inexistente. Mas atenção: não se pode confundir o sujeito
indeterminado (que existe, mas não é possível identificar), com a inexistência de
sujeito.

APLICA OS TEUS CONHECIMENTOS

1. Repara nas seguintes frases simples:


Verdes são os campos.
Conto estrelas em ti.
Mataram o rei.
1.1. Reescreve a primeira frase, colocando as palavras pela ordem
mais habitual.
1.2. Identifica o tipo de sujeito das três frases apresentadas.
1.3. Inventa um sujeito composto para a última frase.

2. O texto seguinte apresenta algumas orações sem sujeito (sujeito


inexistente).
Identifica-as.

Ela fechou a persiana do seu quarto. Escurecera de repente e poucas pessoas


passavam na rua. Pôs um xaile sobre os ombros. O Inverno chegara mais cedo
do que habitualmente e, em breve, nevaria.

Você também pode gostar