Você está na página 1de 13

APR AL 006

Análise Preliminar de Risco Data Emissão Data Revisão


12.02.2016 Rev. 03 - 22.08.2018
ATIVIDADE: PREPARAÇÃO E MONTAGEM DE MID 02/T3, TOP/T4, NACELLE e HUB.
PREPARAÇÃO E MONTAGEM DE: ( ) MID 02/T3 ( ) TOP/T4 ( ) NACELLE ( ) HUB
LOCAL DAS ATIVIDADES:
EMITENTE DO CUMENTO: DATA:
EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL NECESSÁRIOS PARA ATIVIDADE
( X ) Capacete com jugular ( X ) Óculos de Segurança ( X ) Protetor Auricular ( X ) Respirador PFF1 ( X ) Luvas de Seg. ( X ) Protetor Solar
( X ) Bota com biqueira de segurança ( X ) Dispositivos de Proteção Contra Quedas ( X ) Fardamento com sinalização de alta visibilidade
( ) Outros:
LEGENDA
Temporabilidade: (P) Passada (A) Atual (F) Futura Situação: (N) Normal ( E ) Emergêncial
Incidência: (D) Direta ( I ) Indireta
Significância: (T) Trivial ( TL ) Toleravel (MD) Moderado ( S ) Substancial ( IN ) Intoleravel
Riscos Identificados na Preparação e Montagem
PREPARAÇÃO E MONTAGEM DE MID 02/T3, TOP/T4, NACELLE e HUB.
ANALISE OCUPACIONAL AÇÃO
TEMPORALIDADE CLASSIFICAÇÃO

PROBABILIDADE

SIGNIFICÂNCIA
FREQUÊNCIA /

PROBABILIDAD

SIGNIFICÂNCIA
FONTE GERADORA DO

FREQUÊNCIA /
SEVERIDADE

SEVERIDADE
INCIDÊNCIA
RISCOS POTENCIAIS PESSOAS EM SITUAÇÃO
RISCO / PERIGO (FATOR MEDIDA PREVENTIVA
IDENTIFICADO RISCO
DE RISCO)

01 - Orientação em DDS referente às consequências


á exposição solar sem proteção. 02 - Fornecimento,
Radiações não ionizantes Todos envolvidos uso e orientações quanto à importância do uso de
A N D 2 2 TL protetor solar. 03 - Óculos de proteção contra 1 1 T
Trabalho a Céu Aberto (Raios UV) na atividade.
radiação solar. 04 - Uso de fardamento (calça/blusa
(Diurno)
com manga longa). 05 - Fornecimento de água
potável e fresca a todos os envolvidos. 06 -
Todos envolvidos
Exposição Solar A N D 2 2 TL Orientações em DDS referente à importância de 1 1 T
na atividade.
ingestão constante de água.
01 - Antes de iniciar as atividades consultar através
do radio a incidência de raios no projeto. 02 - Todos
devem receber orientações dos riscos e os
procedimentos dos trabalhos realizado com
incidência de raios das zonas de trabalho. 03 - Em
casos de raios atingirem a zona de trabalho deverão
realizar a paradas das atividades: incidência de raios
Todos envolvidos
Incidência de Raios A N D 2 3 S nível 01, perímetro de 80 km, somente será 1 2 TL
na atividade.
permitido atividades de curta duração, consultar
equipe da GE no local para aprovação da atividade,
Incidência de raios nível 02, perímetro de 40 km,
Condições Climáticas Proibido realizarem qualquer atividade externa.
Procurar um abrigo e permanecer em um local
seguro (Ponto de Encontro) ou no interior dos
carros.
Todos envolvidos 01 - Em caso de chuva/neblina forte que atrapalhe a
Chuva forte A N D 2 3 S 1 2 TL
na atividade. visibilidade do operador / Rigger / rigger do
guindaste, as atividades deverão ser paralisadas até
as condições se normalizarem. 02 - Uso dos
Todos envolvidos equipamentos de proteção individual para chuva
Néblina A N D 2 3 S 1 2 TL
na atividade. (Capa de Chuva, Camisa de PVC, Calça de PVC, Bota
de PVC, Óculos de Segurança, etc.
01 - Realizar os trabalhos com atenção, mantendo
os ambientes organizados. (Orientações em DDS e
Arranjo físico Todos envolvidos
A N D 1 2 TL nas reuniões de Pré Atividade). 02 - Uso dos 1 1 T
inadequado na atividade.
equipamentos de Proteção de Segurança (Capacete
com jugular, Óculos de Segurança, Bota de Seg.,
01 - Analisar a existências desses animais antes de
iniciar as atividades. 02 - Evitar qualquer
proximidade com animais soltos na obra. 03 - Não
armazenar ou fazer uso de alimentos no posto de
trabalho. 04 - Comunicar ao setor ambiental a
Circulação na Área de
existência de animais na área de atividade,
Atividade
solicitando sua remoção. 05 - Alertar os
Todos envolvidos companheiros da presença de animais perigosos na
Animais peçonhentos A E D 1 2 TL 1 1 T
na atividade. área de atividade. 06 - Não remover pedras e
objetos sem usar luvas de proteção adequadas,
antes de iniciar a remoção, utilizar um cabo
comprido espalhar os resíduos acumulados. 07 -
Uso de perneira quando realizar atividade em
vegetação ou identificar riscos. 08 - Manter o
ambiente de trabalho limpo e organizado (Evitar
acumular resíduos por períodos longos).

ULTIMA REVISÃO REALIZADO POR: REVISADO E APROVADO POR: REVISADO E APROVADO POR:
SAMIRA MARIA DA SILVA FERNANDO CÉSAR ZANCO MARILÓ LEGIDO CEBALLOS

ELABORADO POR: PAULO FERNANDO DE OLIVEIRA SILVA Página 1 de 13


CLASSIFICAÇÃO

TEMPORALIDADE

PROBABILIDADE

SIGNIFICÂNCIA
FREQUÊNCIA /

PROBABILIDAD

SIGNIFICÂNCIA
FONTE GERADORA DO

FREQUÊNCIA /
SEVERIDADE

SEVERIDADE
RISCOS POTENCIAIS PESSOAS EM

INCIDÊNCIA
SITUAÇÃO
RISCO / PERIGO (FATOR MEDIDA PREVENTIVA
IDENTIFICADO RISCO
DE RISCO)

01 - Na reunião de Pré-atividade analisar as


condições do PAD e/ou Loca da atividade,
identificando possíveis pontos de quedas. 02 -
Queda de pessoas de Sinalizar as valas, buracos entre outros
Todos envolvidos
diferentes e mesmo A N D 2 3 S desníveis/depressão do solo, etc. (Usar cones, fitas 1 3 MD
na atividade.
nível. zebrada, etc.). 03 - Manter o local organizado não
deixando ferramentas e equipamentos espalhados
pelo chão. 04 - Caso seja necessário solicitar
iluminação provisória adequada.
Circulação na Área de 01 - Realizar orientação referente ao risco de queda
Atividade de materiais. 02 - Atentar para as atividades que
ocorrem e altura. 03 - respeitar os isolamentos de
área restrita. 04 - Alerta os companheiros da
equipe de possíveis pontos de riscos com queda de
Todos envolvidos
Queda de objetos A N D 2 3 S materiais/objetos/etc. 05 - Não passar sobre carga 1 3 MD
na atividade.
suspensa. 06 - Ferramentas não podem ficar soltas
ou expostas em área onde ofereça risco de queda.
07 - Todos devem fazer o uso de equipamentos de
Segurança (Capacete, Óculos de Segurança, Bota de
Segurança, etc.).
01 - Orientações em DDS e nas Reuniões de Pré
Atividade quanto a organização no ambiente de
trabalho. 02 - Monitoramento em campo atráves dos
Arranjo físico Todos envolvidos supervisores/encarregados/EHS. 03 -Planejar na
A N D 1 2 TL 1 1 T
inadequado na atividade. reuniões de pré atividade a localização de cada objeto,
equipamento, etc. 04 - Uso dos equipamentos de
Proteção de Segurança (Capacete, Óculos de Segurança,
Bota de Segurança, etc.).
01 - Realizar orientações em DDS conscientizando
os colaboradores para manter o local de trabalho
Armazenamento Todos envolvidos limpo e organizado. 02 - Armazenar objetos,
A N D 1 2 TL 1 1 T
inadequado na atividade. produtos, ferramentas em recipientes apropriados.
03 - Uso de equipamento de proteção individual -
EPI´s, correspondente à atividade.
01 - Possuir lanterna de capacete e/ou portátil. 02 -
Todos envolvidos Para atividades noturnas deverá manter iluminação
Iluminação Inadequada A N D 2 2 MD 1 2 TL
na atividade. adequada no local de armazenamento de materiais
e no local de montagem.
01 - Orientações em DDS/Treinamento em relação
Preparação para as às posturas correta de trabalho. 02 - Orientações
atividades Separação das Todos envolvidos em DDS/Treinamento de exercícios físico de
Postura Inadequada A N D 1 2 TL 1 1 T
ferramentas / Acessórios na atividade. alongamento na atividade (antes, durante e
de Içamento, Eslingas, depois). 03 - Pausas para descanso, revezamento
etc. entre membros da equipe.
01 - Realizar orientação referente ao risco de queda
de materiais. 02 - Atentar para as atividades que
ocorrem e altura. 03 - respeitar os isolamentos de
área restrita. 04 - Alerta os companheiros da
equipe de possíveis pontos de riscos com queda de
Todos envolvidos
Queda de objetos A N D 2 3 S materiais/objetos/etc. 05 - Não passar sobre carga 1 3 MD
na atividade.
suspensa. 06 - Ferramentas não podem ficar soltas
ou expostas em área onde ofereça risco de queda.
07 - Todos devem fazer o uso de equipamentos de
Segurança (Capacete, Óculos de Segurança, Bota de
Segurança, etc.).
01 - Orientações em DDS/Treinamento em relação
às posturas correta de trabalho. 02 - Orientações
em DDS/Treinamento de exercícios físico de
Levantamento e
Todos envolvidos alongamento na atividade (antes, durante e
Transporte Manual de A N D 1 2 TL 1 1 T
na atividade. depois). 03 - Pausas para descanso, revezamento
Peso
entre membros da equipe. 04 - Solicitar ajudar ao
colega ao levantar e/ou movimentar equipamentos
grande/pesados.
01 - Trabalhar com atenção. 02 - Ter cuidado com
as mãos no momento da separação das ferramentas
e materiais. 03 - Usar os equipamentos de proteção
adequados para atividade (Capacete de Segurança,
Óculos de segurança, luvas de proteção contra os
Manuseio de
Ferramentas riscos de corte, Bota de Segurança com Biqueira).
ferramentas hidráulicas, Todos envolvidos
inadequadas ou A N D 2 2 MD 04 - Somente utilizar Ferramentas em bom estado 1 1 T
de impacto elétrico, na atividade.
defeituosas de conservação e adequadas. 05 - É proibida a
acessórios e materiais.
utilização de adornos (Anéis, Colar, Pulseiras,
Relógios, etc.) nas atividades. 06 - Somente fazer o
somente fazer os uso das ferramentas os
colaboradores autorizado e com treinamento de
ferramentas rotativas / manuais e/ou elétricas, etc.

ULTIMA REVISÃO REALIZADO POR: REVISADO E APROVADO POR: REVISADO E APROVADO POR:
SAMIRA MARIA DA SILVA FERNANDO CÉSAR ZANCO MARILÓ LEGIDO CEBALLOS

ELABORADO POR: PAULO FERNANDO DE OLIVEIRA SILVA Página 2 de 13


CLASSIFICAÇÃO

TEMPORALIDADE

PROBABILIDADE

SIGNIFICÂNCIA
FREQUÊNCIA /

PROBABILIDAD

SIGNIFICÂNCIA
FONTE GERADORA DO

FREQUÊNCIA /
SEVERIDADE

SEVERIDADE
RISCOS POTENCIAIS PESSOAS EM

INCIDÊNCIA
SITUAÇÃO
RISCO / PERIGO (FATOR MEDIDA PREVENTIVA
IDENTIFICADO RISCO
DE RISCO)

Manuseio de 01 - Orientações em DDS/Treinamento sobre


ferramentas hidráulicas, Exigencia de Postura Todos envolvidos exercícios físico de alongamento na atividade
A N D 2 2 MD 1 2 TL
de impacto elétrico, Inadequada. na atividade. (antes, durante e depois ). 02 - Pausas para
acessórios e materiais. descanso, revezamento entre membros da equipe.

01 - Verificar se todas as ferramentas e/ou


Todos envolvidos
Eletricidade A N D 2 2 MD equipamento estão devidamente aterrados 1 2 TL
na atividade.
segundo os parâmetros da NR - 10 do MTE.

01 - Orientações em DDS/Treinamento de
Todos envolvidos exercícios físico de alongamento na atividade
Movimentos repetitivos A N D 2 2 MD 1 2 TL
na atividade. (antes, durante e depois ). 02 - Pausas para
descanso, revezamento entre membros da equipe.

01 - Trabalhar com atenção. 02 - Ter cuidado com


as mãos no momento de uso das ferramentas. 03 -
Somente utilizar Ferramentas em bom estado de
conservação e adequadas. 04 - É proibida a
utilização de adornos nas atividades. 05 - Somente
Aprisionado /
fazer o uso das ferramentas pessoal autorizado e
Esmagamento por e/ou Todos envolvidos
A E D 2 3 S com treinamento de ferramentas rotativas / 2 3 S
entre objetos, pancadas, na atividade.
manuais, elétricas ou hidráulicas. 06 - Realizar
etc.
Check List. 07 - Usar os equipamentos de proteção
adequados para atividade (Capacete, Óculos de
Segurança, Protetor Auditivo, luvas de proteção
contra os risco de corte, Bota de Segurança com
Biqueira, etc.).

01 - Observar guias de segurança e EPI´s exigidos


em manuais de instrução de ferramentas
Todos envolvidos hidráulicas, elétricas, manuais, etc. 02 - Bloquear e
Manuseio de Projeção de partículas A E D 2 2 MD 2 2 MD
na atividade. sinalizar o acesso à área de trabalho. 03 - Em caso
ferramentas hidráulicas, de dúvida, interromper o trabalho e notificar o
de impacto elétrico, supervisor.
acessórios e materiais. 01 - Usar luvas de proteção para trabalhos
mecânicos e óculos de segurança juntamente com
Impacto/Cortes por Todos envolvidos outros EPI´s. 02 - Por qualquer falha ou dúvida,
A E D 2 2 MD 1 2 TL
objetos ou ferramentas na atividade. retirar a ferramenta da atividade para o reparo ou
substituição. 03 - Área de trabalho livre de
obstáculos.
01 - Rodizio entre os membros da equipe. 02 - Se
houver algum desconforto, comunicar a supervisão
e para realizar o rodízio de pessoal. 03 - Uso de
ruído de impacto e/ou Todos envolvidos
A N D 1 2 MD Proteção Auditiva simples ou combinada (Plug mais 1 2 TL
continuo. na atividade.
concha). 04 - Realização de exames ocupacionais
conforme o cronograma no PCMSO e/ou orientação
médica.
01 - Bloquear e sinalizar o acesso à área de
trabalho. 02 - Na dúvida, parar atividade e notificar
o supervisor. 03 - Obter Permissão de trabalho para
atividades em altura antes de iniciar. 04 - Todas as
ferramentas portáteis a serem utilizadas devem
possui ponto de ancoragem fixo ou, como último
Queda de objetos Todos envolvidos
A E D 1 3 MD recurso, deve ser anexada ao trabalhador (por 2 2 MD
(Ferramentas, etc.) na atividade.
cintos , amarração ou bolsa adequada). 05 -
Remover objetos e materiais a fim de garantir uma
área de trabalho limpa, organizada. 06 - Uso
adequado dos equipamentos de proteção individual
(Capacete com jugular, Óculos de Segurança, Luva
de Segurança, Bota com biqueira reforçada, etc.).

Todos envolvidos 01 - Remover objetos e materiais a fim de garantir


Queda em mesmo nível. A N D 2 2 MD 1 2 TL
na atividade. uma área de trabalho limpa e organizada.

01 - Obter Permissão de trabalho para atividades


Acesso e trabalho no em altura antes de iniciar.
interior dos segmentos 02 - Permitido somente o acesso ao aerogerador
(T3, T4). pessoas autorizadas. 03 - Remover objetos e
Queda em níveis Todos envolvidos
A N D 2 2 MD materiais a fim de garantir uma área de trabalho 2 2 MD
diferentes na atividade.
limpa e organizada. 04 - Uso dos equipamentos de
proteção individual (capacete com jugular, óculos
de segurança, Luvas de Proteção, Bota de
segurança, etc.)

ULTIMA REVISÃO REALIZADO POR: REVISADO E APROVADO POR: REVISADO E APROVADO POR:
SAMIRA MARIA DA SILVA FERNANDO CÉSAR ZANCO MARILÓ LEGIDO CEBALLOS

ELABORADO POR: PAULO FERNANDO DE OLIVEIRA SILVA Página 3 de 13


CLASSIFICAÇÃO

TEMPORALIDADE

PROBABILIDADE

SIGNIFICÂNCIA
FREQUÊNCIA /

PROBABILIDAD

SIGNIFICÂNCIA
FONTE GERADORA DO

FREQUÊNCIA /
SEVERIDADE

SEVERIDADE
RISCOS POTENCIAIS PESSOAS EM

INCIDÊNCIA
SITUAÇÃO
RISCO / PERIGO (FATOR MEDIDA PREVENTIVA
IDENTIFICADO RISCO
DE RISCO)

01 – Realizar o check list das unidades de força


(Gerador, etc.). 02 - Realizar sinalização de área
restrita das unidades de força (gerador de energia).
03 - Realizar o aterramento das unidades de força
Uso de unidade de força Contato com a Todos envolvidos
A E D 2 3 S (Gerador energia). 04 - Antes de utilizar 2 2 MD
(Gerador de Energia). eletricidade na atividade.
ferramentas elétricas verificar se a mesma possui
conector/cabo terra em perfeito estado. 05 -
Somente colaborador qualificado e autorizado
poderá operar unidades de força.

01 - Somente iniciar com liberação (Permissão de


Trabalho em Altura). 02 - Realizar Check List Diário
da PTA. 03 - Uso obrigatório de cinto de segurança
com talabarte clipado em ponto de ancoragem. 04 -
Não ficar pendurado na plataforma, exceto quando
acessar a área protegida coletiva. 05 - Para
Uso de plataforma de Queda de pessoas em Todos envolvidos operação da PTA o colaborador deverá ser
A N D 2 2 MD 2 2 MD
elevação níveis diferentes na atividade. habilitado com treinamento específico para uso do
equipamento. 06 - Somente pessoas treinadas em
NR 35 executar a atividade. 07 – Uso obrigatório
dos equipamentos de proteção individual EPI´s
(Capacete com jugular, Óculos de Segurança, Luvas
de Segurança, Bota de Segurança com Biqueira
reforçada, etc.).

01 - Delimitar e isolar a área de risco PAD. 02 -


Manusear Carga pesadas sempre com auxílio de 02
(dois) colaboradores. 03 - Ferramentas devem
possuir corda de empunhadura sempre que
Aprisionamento de necessário. 04 - Realizar a manobra de instalação de
membros por e/ou entre Todos envolvidos forma sincronizada com o operador de guindaste e
A E D 2 3 S 1 3 MD
objetos, cortes, na atividade. os membros envolvidos. 05 - Uso correto dos
escoriações, etc. equipamentos de proteção individual (Capacete
com jugular, óculos de segurança, luvas de proteção
contra agente abrasivos, bota de segurança com
biqueira reforçada, etc). 06 - Uso de plataforma de
elevação PTA sempre que necessário.

01- Emitir Permissão de Trabalho - Trabalho em


Instalação dos Altura / Içamento. 02 - Manter -se ancorado
Dispositivos para durante todo o momento num ponto de ancoragem
içamento/montagem dos seguro; 03 - Inspecionar Cintos de segurança e
segmentos T3 e T4. talabartes antes do início da atividade; 04 - Verificar
se os EPI´s para trabalho em altura foram
Queda de pessoa de Todos envolvidos inspecionados conferindo o Tag. da cor do mês; 04 -
A N D 2 2 MD 2 2 MD
diferentes nivél (Altura). na atividade. Somente pessoas treinadas em NR35 executar a
atividade. 05 - Executar atividade sobre PTA; 06 -
Para operação da PTA o colaborador deverá ser
habilitado com treinamento específico para uso do
equipamento; 07- Inspecionar PTA antes do início
das atividades com uso de Chek List. 08 - Somente
pessoas treinadas em NR - 35 executar a atividade.

01 - Verificar se no local há aberturas no solo, caso


haja deverá ser sinalizado. 02 - Manter o local
Queda de pessoa de Todos envolvidos
A N D 1 2 TL organizado não deixando ferramentas e 1 1 T
mesmo nivel. na atividade.
equipamentos espalhados pelo chão. 03 - Caso seja
necessário solicitar iluminação provisória.
01 - Uso de Equipamento de Proteção individual
(Capacete com Jugular , Óculos de Segurança Ampla
Umidade / Produtos Todos envolvidos
A N D 1 2 TL Visão, Luvas de Látex , Capa de Chuva PVC, Camisa 1 1 T
Químicos. na atividade.
de PVC, Calça de PVC, Macacão, Bota Impermeável,
Limpeza dos segmentos etc.).
(T3, T4) com uso de jato 01- Uso de Equipamento de Proteção individual
Fragmentos ou particulas Todos envolvidos
de agua com alta pressão A N D 2 2 MD (Capacete com jugular, Óculos de Segurança, Luva 1 2 TL
suspensas na atividade.
e produtos químicos. de segurança, Bota de seg. etc.).

01 - Verificar se todos as ferramentas e/ou


Todos envolvidos
Eletricidade A E D 2 3 S equipamento estão devidamentes aterrados 1 3 MD
na atividade.
segundo os parametros da NR - 10 do MTE.
01 - Manter disponivél a FISPQ - Fincha de
Limpeza com produtos
contaminação / absorção Todos envolvidos informações de segurança dos produtos químicos.
químicos e reparos de A E D 2 3 S 2 2 MD
de produtos químicos na atividade. 02 - Uso dos equipamento de proteção individual
pintura.
indicados nas FISPQ.

ULTIMA REVISÃO REALIZADO POR: REVISADO E APROVADO POR: REVISADO E APROVADO POR:
SAMIRA MARIA DA SILVA FERNANDO CÉSAR ZANCO MARILÓ LEGIDO CEBALLOS

ELABORADO POR: PAULO FERNANDO DE OLIVEIRA SILVA Página 4 de 13


CLASSIFICAÇÃO

TEMPORALIDADE

PROBABILIDADE

SIGNIFICÂNCIA
FREQUÊNCIA /

PROBABILIDAD

SIGNIFICÂNCIA
FONTE GERADORA DO

FREQUÊNCIA /
SEVERIDADE

SEVERIDADE
RISCOS POTENCIAIS PESSOAS EM

INCIDÊNCIA
SITUAÇÃO
RISCO / PERIGO (FATOR MEDIDA PREVENTIVA
IDENTIFICADO RISCO
DE RISCO)

01 - Realizar o check list das máquinas e


Probabilidade de Todos envolvidos equipamentos. 02 - Uso de dispositivo de combate
A N D 1 2 TL 1 1 T
incêndio e/ou explosão. na atividade. a incêndio próximo aos equipamentos (no raio
máximo de 30 m).
Maquinas e/ou 01 - Realizar manutenção preventiva nas maquinas e
Todos envolvidos
Uso de maquinas e/ou Equipamentos sem A N D 1 2 TL equipamentos. 02 - Acionar técnico para realizar reparos 1 1 T
na atividade.
Proteção. nos mesmo caso necessário.
Equipamentos elétricos
01 - Todas as máquinas e equipamentos deverão
(Gerador, Torre de
estar aterrados. 02 - Condutores elétricos (cabos)
iluminação, etc.)
sem fissuras ou emendas. 03 - Orientações em
Todos envolvidos
Eletricidade A E D 2 3 S DDS/Treinamento sobre os riscos de choque 1 3 MD
na atividade.
elétrico e suas medidas preventivas. 04 - Realizar o
aterramento e os demais itens antes de ligar os
equipamentos.
01 - Somente utilizar dispositivos de içamento,
eslingas, manilhas, etc. devidamente inspecionados
e provados por profissional competente; 02 -
Verificar Tag de inspeção dos acessórios de
içamento (se aplicável). 03 - Capacidade de Carga
do dispositivo deve ser compatível com peça içada;
04 - Inspecionar fixação do dispositivo na Carga a
ser içada (em acordo com Instruções Técnicas de
Montagem); 05 - Não utilizar dispositivos
improvisados; 06 - Utilizar eslingas com coeficiente
de segurança. 07 - inspecionar visualmente os
dispositivos de içamento antes da conexão; 08 -
Rompimento da eslinga,
Todos envolvidos
quebra do dispositivo de A E D 2 3 S Verificar capacidade dos dispositivos, conforme 1 3 MD
na atividade. instruções do plano de içamento; 09 - Verificar
içamento
posicionamento adequado e pontos de fixação da
eslinga, conforme instruções do plano de içamento;
10 - Inspecionar visualmente manilhas antes da
Içamento e conexão; 11 - Verificar capacidade de Carga da
Posicionamento do Manilha, conforme instruções do plano de
segmento (MID 02/T3 e içamento; 12 - Verificar posicionamento adequado
TOP/T4) nos suporte e pontos de fixação da manilha, conforme
(fogueira) para lavagem e instruções do plano de içamento. 13 – Delimitar e
reparos, verticalização e demarcar com cones, placas, etc. o perímetro da
içamento/instalação dos área restrita. 14 – Encarregado e/ou Rigger deverá
segmentos. confirmar visualmente ou por radio os fechamento
das vias (área restrita).
01 - É proibida a presença de pessoas não
autorizadas no raio de operação do guindaste no
momento de içamento / posicionamento /
verticalização. 02 - Manter terceiros que não fazem
parte da atividade fora do isolamento de segurança
Essmagamento /
Todos envolvidos (área restrita) 03 - Não posicionar parte do corpo
Aprisionamento / A E D 2 3 S 1 3 MD
na atividade. entre cargas içadas e outro objetos/estrutura. 04 -
Entalamento
Proibido ficar entre os segmento (ponto de
entalamento). 05 - Somente iniciar o içamento após
a confirmação visual pelo Rigger que não existe
pessoas em volta da carga. 06 - Utilizar os
equipamentos de segurança correspondente à
atividade. 07 -
01 - Realziar o içamento de acordo com o plano de
Tombamento de Todos envolvidos
A E D 2 3 S içamento (Lift Plan). 02 - Realizar teste e inspeções 1 3 MD
carga/guindaste na atividade.
visual da compactação do solo.
01 - Emitir Permissão para Trabalho em Altura. 02 -
Verificação dos riscos antes de se iniciar as
atividades. 03 - Somente executar a atividade
pessoas treinadas em NR35. 04 - Realizar a Inspeção
do equipamento de segurança (cinto de segurança
e componentes) antes de iniciar a atividade. 05 -
Escalada na Torre
Todos envolvidos Manter -se ancorado durante todo o percurso até o
(Acesso a Plataforma Queda de diferente nivel. A N D 2 3 S 1 3 MD
na atividade. acesso a plataforma no topo do segmento,
Superior)
alternando os pontos de ancoragem utilizando o
cinto de segurança com duplo talabarte e/ou trava
quedas (Linha de vida temporária). 06 - Escalar a
torre/escada uma pessoas por vez, a segunda só
poderá escalar após a passagem do primeiro para as
plataformas das seções dos segmentos.
Todos envolvidos 01 - Fazer o uso de eauipamento de proteção
Ruído de Impacto A N D 2 2 MD 1 3 MD
na atividade. individual (Protetor Auditivo Plug e/ou concha).
Impactar os parafusos 01 - Fazer o uso de eauipamento de proteção
(Pré Torque) Todos envolvidos individual (Capacete com jugular, Óculos de
Projeçao de estilhaços A N D 2 2 MD 1 3 MD
na atividade. Segurança, Luvas de Proteção, Bota de Segurança
com biqueira).

ULTIMA REVISÃO REALIZADO POR: REVISADO E APROVADO POR: REVISADO E APROVADO POR:
SAMIRA MARIA DA SILVA FERNANDO CÉSAR ZANCO MARILÓ LEGIDO CEBALLOS

ELABORADO POR: PAULO FERNANDO DE OLIVEIRA SILVA Página 5 de 13


CLASSIFICAÇÃO

TEMPORALIDADE

PROBABILIDADE

SIGNIFICÂNCIA
FREQUÊNCIA /

PROBABILIDAD

SIGNIFICÂNCIA
FONTE GERADORA DO

FREQUÊNCIA /
SEVERIDADE

SEVERIDADE
RISCOS POTENCIAIS PESSOAS EM

INCIDÊNCIA
SITUAÇÃO
RISCO / PERIGO (FATOR MEDIDA PREVENTIVA
IDENTIFICADO RISCO
DE RISCO)

01 - Realizar sinalização de área restrita. 02 -


Trabalhar com atenção ter cuidado com os
membros superiores inferiores. 03 - Fazer o uso de
Aprisionamento de
Todos envolvidos cordas guias sem emendas. 04 - Não posicionar /
membros por e/ou entre A E D 2 3 S 1 3 MD
na atividade. colocar parte do corpo em pontos de entalamento
objetos
Retirada dos dispositivos 05 - Proibido ficar sob carga içada. 06 – Certificar
de içamento dos que todos os parafusos do dispositivo estão com as
segmentos. porcas e amarrar os dispositivos de içamento. 07 -
Utilizar os equipamentos de segurança
correspondente à atividade (Capacete de
segurança, luvas de proteção contra os riscos de
Todos envolvidos
Quedas de Objetos A N D 2 3 S corte, Óculo de Segurança, Botina de Segurança, 1 3 MD
na atividade.
Cinto de Seg. Talabarte, Trava quedas, etc.).

01 - Orientação em DDS/Treinamento de exercícios


Todos envolvidos físico de alongamento na atividade (antes, durante
Realizar limpeza e Postura inadequada A N D 1 2 TL 1 1 T
na atividade. e depois). 02 - Pausas para descanso, revezamento
desmobilizaçao das entre membros da equipe.
ferramentas / materiais
Todos envolvidos 01 - Escotilhas das plataformas sempe fechadas.
Quedas de Objetos A N D 2 3 S 2 2 MD
na atividade. 02 - Proibido ficar sob carga suspensa.

Riscos Identificados na Preparação e Montagem da NACELLE.


01 - Manter disponivél a FISPQ - Fincha de
contaminação / absorção Todos envolvidos informações de segurança dos produtos químicos.
A E D 2 3 S 2 2 MD
de produtos químicos na atividade. 02 - Uso dos equipamento de proteção individual
indicados nas FISPQ.
Limpeza com produtos
químicos. 01 - Realizar uma analise no ambiente antes de
iniciar as atividades. 02 - Não trabalhar sem
Todos envolvidos
Aniamais peçonhentos A E D 2 3 S iluminação artificial/natural adequada. 03 - Não 2 2 MD
na atividade.
realizar a atividade sozinho. 04 - Usar os
equipamentos de proteção individual adequados
01 - Orientação em DDS/Treinamento de exercícios
Todos envolvidos físico de alongamento na atividade (antes, durante
Postura inadequada A N D 1 2 TL 1 1 T
na atividade. e depois). 02 - Pausas para descanso, revezamento
entre membros da equipe.

01 - Uso de ferramentas apropriadas e em bom


Quebra de torque dos estado de conservação. 02 - Não improvisar
Aprisionamento e/ou
dispositivos de Todos envolvidos ferramentas. 03 - Uso dos equipamentos de
entre objetos, pancadas, A N D 2 2 MD 2 2 MD
transporte. (Uso de na atividade. proteção individual EPI´s (Capacete com jugular,
etc.
ferramentas manuais.) óculos de segurança, protetor auditivo, luvas de
proteção, Bota de Segurança com biqueira, etc.)
01 - Realizar uma analise no ambiente antes de
iniciar as atividades. 02 - Não trabalhar sem
Todos envolvidos
Aniamais peçonhentos A E D 2 3 S iluminação artificial/natural adequada. 03 - Não 2 2 MD
na atividade.
realizar a atividade sozinho. 04 - Usar os
equipamentos de proteção individual adequados
01 - Usar luvas de proteção para trabalhos
Uso de Ferramentas mecânicos e óculos de segurança juntamente com
manuais (Impacto/Cortes Todos envolvidos outros EPI´s. 02 - Por qualquer falha ou dúvida,
A E D 2 2 MD 1 2 TL
por objetos ou na atividade. retirar a ferramenta da atividade para o reparo ou
ferramentas). substituição. 03 - Área de trabalho livre de
Preparação do eixo lento. obstáculos.

01 - Manter disponivél a FISPQ - Fincha de


Limpeza com produtos Todos envolvidos informações de segurança dos produtos químicos.
A E D 2 2 MD 2 2 MD
químicos na atividade. 02 - Uso dos equipamento de proteção individual
indicados nas FISPQ.

01 - Delimitar e isolar a área de risco PAD. 02 -


Manusear Carga pesadas sempre com auxílio de 02
(dois) colaboradores. 03 - Ferramentas devem
possuir corda de empunhadura sempre que
Aprisionamento /
necessário. 04 - Realizar a manobra de instalação de
Esmagamento de
Instalação do dispositivo Todos envolvidos forma sincronizada com o operador de guindaste e
membros por e/ou entre A E D 2 3 S 1 3 MD
de içamento da nacelle. na atividade. os membros envolvidos. 05 - Uso correto dos
objetos, cortes,
equipamentos de proteção individual (Capacete
escoriações, etc.
com jugular, óculos de segurança, luvas de proteção
contra agente abrasivos, bota de segurança com
biqueira reforçada, etc.). 06 - Proibido ficar sub
carga suspensa.

ULTIMA REVISÃO REALIZADO POR: REVISADO E APROVADO POR: REVISADO E APROVADO POR:
SAMIRA MARIA DA SILVA FERNANDO CÉSAR ZANCO MARILÓ LEGIDO CEBALLOS

ELABORADO POR: PAULO FERNANDO DE OLIVEIRA SILVA Página 6 de 13


CLASSIFICAÇÃO

TEMPORALIDADE

PROBABILIDADE

SIGNIFICÂNCIA
FREQUÊNCIA /

PROBABILIDAD

SIGNIFICÂNCIA
FONTE GERADORA DO

FREQUÊNCIA /
SEVERIDADE

SEVERIDADE
RISCOS POTENCIAIS PESSOAS EM

INCIDÊNCIA
SITUAÇÃO
RISCO / PERIGO (FATOR MEDIDA PREVENTIVA
IDENTIFICADO RISCO
DE RISCO)

01- Emitir Permissão de Trabalho - Trabalho em


Altura / Içamento. 02 - Manter -se ancorado
durante todo o momento num ponto de ancoragem
seguro; 03 - Inspecionar Cintos de segurança e
Queda de pessoa de Todos envolvidos
A N D 2 2 MD talabartes antes do início da atividade; 04 - Verificar 2 2 MD
diferentes nivél (Altura). na atividade.
se os EPI´s para trabalho em altura foram
Instalação do dispositivo inspecionados conferindo o Tag. da cor do mês; 04 -
de içamento da nacelle. Somente pessoas treinadas em NR35 executar a
atividade.

01 - Manter o local organizado não deixando


Queda de pessoa de Todos envolvidos ferramentas e equipamentos espalhados pelo chão.
A N D 1 2 TL 1 1 T
mesmo nivel. na atividade. 03 - Caso seja necessário solicitar iluminação
adequada provisória.
01 - Delimitar e isolar a área de risco PAD. 02 -
Realizar a manobra de retirada de forma
Aprisionamento / sincronizada com o operador de guindaste,
Esmagamento, operador de manitu e os membros envolvidos. 05 -
escoriações, Fratura, etc. Uso correto dos equipamentos de proteção
Retirada dos dispositivos Todos envolvidos
de membros por e/ou A E D 2 3 S individual (Capacete com jugular, óculos de 1 3 MD
de transporte na atividade.
entre a nacelle e o segurança, luvas de proteção contra agente
dispositivo de abrasivos, bota de segurança com biqueira
transporte, reforçada, etc.). 06 - Proibido ficar sub carga
suspensa. 07 - Utilizar chave com cabo alongado
para remoação dos parafusos.
01 - Somente utilizar dispositivos de içamento,
eslingas, manilhas, balancin etc. devidamente
inspecionados e provados por profissional
competente; 02 - Verificar Tag de inspeção dos
acessórios de içamento (se aplicável). 03 -
Capacidade de Carga do dispositivo deve ser
compatível com peça içada; 04 - Inspecionar fixação
do dispositivo na Carga a ser içada (em acordo com
Instruções Técnicas de Montagem); 05 - Não utilizar
dispositivos improvisados; 06 - Utilizar os
dispositivs com coeficiente de segurança. 07 -
inspecionar visualmente os dispositivos de
içamento antes da conexão; 08 - Verificar
Rompimento da eslinga, capacidade dos dispositivos, conforme instruções
Todos envolvidos
quebra do dispositivo de A E D 2 3 S 1 3 MD
na atividade. do plano de içamento; 09 - Verificar
içamento posicionamento adequado e pontos de fixação da
eslinga, manilhas, etc, conforme instruções do
plano de içamento; 10 - Inspecionar visualmente os
dispositivos antes da conexão; 11 - Verificar
capacidade de Carga do dispositivo, conforme
instruções do plano de içamento; 12 - Verificar o
posicionamento adequado e pontos de fixação do
dispositivo, conforme instruções do plano de
Içamento da Nacelle para
içamento. 13 – Delimitar e demarcar com cones,
instalação/montagem
placas, etc. o perímetro da área restrita. 14 –
Encarregado e/ou Rigger deverá confirmar
visualmente ou por radio os fechamento das vias
(área restrita).
01 - É proibida a presença de pessoas não
autorizadas no raio de operação do guindaste no
momento de içamento / posicionamento. 02 -
Manter terceiros que não fazem parte da atividade
fora do isolamento de segurança (área restrita) 03 -
Essmagamento / Não posicionar parte do corpo entre cargas içadas e
Todos envolvidos outro objetos/estrutura. 04 - Proibido ficar entre os
Aprisionamento / A E D 2 3 S 1 3 MD
na atividade. ponto de entalamento. 05 - Somente iniciar o
Entalamento
içamento após a confirmação visual pelo Rigger que
não existe pessoas não autorizadas em volta da
carga. 06 - Utilizar os equipamentos de segurança
correspondente à atividade. 07 - Proibido ficar,
passar ou permanecer sob carga suspensa.

01 - Realziar o içamento de acordo com o plano de


Tombamento de Todos envolvidos içamento (Lift Plan). 02 - Realizar teste e inspeções
A E D 2 3 S 1 3 MD
carga/guindaste na atividade. visual da compactação do solo. 03 - Realizar a
evacuação das pessoas não autorizadas.

ULTIMA REVISÃO REALIZADO POR: REVISADO E APROVADO POR: REVISADO E APROVADO POR:
SAMIRA MARIA DA SILVA FERNANDO CÉSAR ZANCO FERNANDO CÉSAR ZANCO

ELABORADO POR: PAULO FERNANDO DE OLIVEIRA SILVA Página 7 de 13


CLASSIFICAÇÃO

TEMPORALIDADE

PROBABILIDADE

SIGNIFICÂNCIA
FREQUÊNCIA /

PROBABILIDAD

SIGNIFICÂNCIA
FONTE GERADORA DO

FREQUÊNCIA /
SEVERIDADE

SEVERIDADE
RISCOS POTENCIAIS PESSOAS EM

INCIDÊNCIA
SITUAÇÃO
RISCO / PERIGO (FATOR MEDIDA PREVENTIVA
IDENTIFICADO RISCO
DE RISCO)

Todos envolvidos 01 - Fazer o uso de eauipamento de proteção


Ruído de Impacto A N D 2 2 MD 1 3 MD
na atividade. individual (Protetor Auditivo Plug e/ou concha).
Impactar os parafusos 01 - Fazer o uso de eauipamento de proteção
(Pré Torque) Todos envolvidos individual (Capacete de segurança, Óculos de
Projeçao de estilhaços A N D 2 2 MD 1 3 MD
na atividade. Segurança, Luvas de Proteção, Bota de Segurança
com biqueira).

01 - Realizar sinalização de área restrita. 02 -


Trabalhar com atenção ter cuidado com os
membros superiores inferiores. 03 - Não posicionar
/ colocar parte do corpo em pontos de entalamento
04 - Proibido ficar sob carga içada. 05 – Certificar
Aprisionamento de
Todos envolvidos que todos os parafusos do dispositivo estão com as
membros por e/ou entre A E D 2 3 S 1 3 MD
na atividade. porcas e os contra pinos. 07 - Utilizar os
objetos
equipamentos de segurança correspondente à
atividade (Capacete de segurança, luvas de
proteção contra os riscos de corte, Óculo de
Segurança, Botina de Segurança, Cinto de
segurança com talabarte clipado,etc.).

01 - Realiar isolamento de área restrita. 02 -


Retirada dos dispositivos
Proibido a presenção de pessoas não autorizadas
de içamento da Nacelle
dentro do isolamento (PAD). 03 -Antes de iniciar a
Todos envolvidos retirada do dispositivo o rigger deverá solicitar a
Quedas de Objetos A N D 2 3 S 1 3 MD
na atividade. evacuação de todos os colaboradores que estão
abaixo (raio de giro) do guindaste (área envolta da
nacelle). 02 - Não deixar ferramentas e/ou objetos
soltos no teto da nacelle.
01- Emitir Permissão de Trabalho - Trabalho em
Altura / Içamento. 02 - Manter -se ancorado
durante todo o momento num ponto de ancoragem
seguro; 03 - Inspecionar Cintos de segurança e
Queda de pessoa de Todos envolvidos
A N D 2 2 MD talabartes antes do início da atividade; 04 - Verificar 2 2 MD
diferentes nivél (Altura). na atividade.
se os EPI´s para trabalho em altura foram
inspecionados conferindo o Tag. da cor do mês; 04 -
Somente pessoas treinadas em NR35 poderão
executar a atividade.
01 - Realizar sinalização de área restrita. 02 -
Trabalhar com atenção ter cuidado com os
membros superiores inferiores. 03 - Não posicionar
Posicionamento / / colocar parte do corpo em pontos de entalamento
Carregamento dos Aprisionamento de 04 - Proibido ficar sob carga içada. 05 – Certificar
Todos envolvidos
dispositivo no solo ou no membros por e/ou entre A E D 2 3 S que todos os parafusos do dispositivo estão com as 1 3 MD
na atividade.
veículo de transporte objetos porcas e os contra pinos. 07 - Utilizar os
(carreta). equipamentos de segurança correspondente à
atividade (Capacete de segurança, luvas de
proteção contra os riscos de corte, Óculo de
Segurança, Botina de Segurança,etc.).

Riscos Identificados na Preparação e Montagem da HUB.


01 - Manter disponivél a FISPQ - Fincha de
contaminação / absorção Todos envolvidos informações de segurança dos produtos químicos.
A E D 2 3 S 2 2 MD
de produtos químicos na atividade. 02 - Uso dos equipamento de proteção individual
indicados nas FISPQ.
Limpeza do nose cone e
do eixo lento (produtos 01 - Uso de escadas (uma pessoa deverá segurar a
químicos e reparos de escada enquanto estiver sendo usada). 02 - Uso de
pintura.) Plataformar de Trabalho Áreo - PTA (Quando
Queda de pessoas de Todos envolvidos
A N D 2 2 MD necessário). 03 -Uso dos Equipamentos de proteção 1 2 TL
diferentes níveis na atividade.
individual - EPI´s (Capacete com jugular, Óculos de
Segurança, Luvas de Segurança, Bota com biqueira,
cinto de segurança com talabarte, etc).

01 - Usar luvas de proteção para trabalhos


Uso de Ferramentas mecânicos e óculos de segurança juntamente com
manuais (Impacto/Cortes Todos envolvidos outros EPI´s. 02 - Por qualquer falha ou dúvida,
A E D 2 2 MD 1 2 TL
por objetos ou na atividade. retirar a ferramenta da atividade para o reparo ou
ferramentas). substituição. 03 - Área de trabalho livre de
Preparação do eixo lento. obstáculos.

01 - Manter disponivél a FISPQ - Fincha de


Limpeza com produtos Todos envolvidos informações de segurança dos produtos químicos.
A E D 2 2 MD 2 2 MD
químicos na atividade. 02 - Uso dos equipamento de proteção individual
indicados nas FISPQ.

ULTIMA REVISÃO REALIZADO POR: REVISADO E APROVADO POR: REVISADO E APROVADO POR:
SAMIRA MARIA DA SILVA FERNANDO CÉSAR ZANCO MARILÓ LEGIDO CEBALLOS

ELABORADO POR: PAULO FERNANDO DE OLIVEIRA SILVA Página 8 de 13


CLASSIFICAÇÃO

TEMPORALIDADE

PROBABILIDADE

SIGNIFICÂNCIA
FREQUÊNCIA /

PROBABILIDAD

SIGNIFICÂNCIA
FONTE GERADORA DO

FREQUÊNCIA /
SEVERIDADE

SEVERIDADE
RISCOS POTENCIAIS PESSOAS EM

INCIDÊNCIA
SITUAÇÃO
RISCO / PERIGO (FATOR MEDIDA PREVENTIVA
IDENTIFICADO RISCO
DE RISCO)

01 - Orientação em DDS/Treinamento de exercícios


Todos envolvidos físico de alongamento na atividade (antes, durante
Postura inadequada A N D 1 2 TL 1 1 T
na atividade. e depois). 02 - Pausas para descanso, revezamento
entre membros da equipe.

01 - Uso de ferramentas apropriadas e em bom


estado de conservação. 02 - Não improvisar
Quebra de torque dos Aprisionamento e/ou
Todos envolvidos ferramentas. 03 - Uso dos equipamentos de
dispositivos de entre objetos, pancadas, A N D 2 2 MD 2 2 MD
na atividade. proteção individual EPI´s (Capacete com jugular,
transporte. (Uso de etc.
óculos de segurança, protetor auditivo, luvas de
ferramentas manuais.)
proteção, Bota de Segurança com biqueira, etc.)

01 - Realizar uma analise no ambiente antes de


iniciar as atividades. 02 - Não trabalhar sem
Todos envolvidos iluminação artificial/natural adequada. 03 - Não
Aniamais peçonhentos A E D 2 3 S 2 2 MD
na atividade. realizar a atividade sozinho. 04 - Usar os
equipamentos de proteção individual adequados
para atividade.

01 - Delimitar e isolar a área de risco PAD. 02 -


Manusear Carga pesadas sempre com auxílio de 02
(dois) colaboradores. 03 - Ferramentas devem
possuir corda de empunhadura sempre que
Aprisionamento / necessário. 04 - Realizar a manobra de instalação de
Esmagamento de forma sincronizada com o operador de guindaste e
Todos envolvidos
membros por e/ou entre A E D 2 3 S os membros envolvidos. 05 - Uso correto dos 1 3 MD
na atividade.
objetos, cortes, equipamentos de proteção individual (Capacete
escoriações, etc. com jugular, óculos de segurança, luvas de proteção
contra agente abrasivos, bota de segurança com
biqueira reforçada, cinto de segurança com
talabarte, etc.). 06 - Proibido ficar sub carga
suspensa.
Instalação do dispositivo
de içamento da nacelle.
01- Emitir Permissão de Trabalho - Trabalho em
Altura / Içamento. 02 - Manter -se ancorado
durante todo o momento num ponto de ancoragem
seguro; 03 - Inspecionar Cintos de segurança e
Queda de pessoa de Todos envolvidos
A N D 2 2 MD talabartes antes do início da atividade; 04 - Verificar 2 2 MD
diferentes nivél (Altura). na atividade.
se os EPI´s para trabalho em altura foram
inspecionados conferindo o Tag. da cor do mês; 04 -
Somente pessoas treinadas em NR35 poderá
executar a atividade.

01 - Manter o local organizado não deixando


Queda de pessoa de Todos envolvidos ferramentas e equipamentos espalhados pelo chão.
A N D 1 2 TL 1 1 T
mesmo nivel. na atividade. 03 - Caso seja necessário solicitar iluminação
(artificial) adequada provisória.

01 - Manter o local organizado não deixando


ferramentas e equipamentos espalhados pelo chão.
02 - Utilizar ferramenta de corte (Estilete retratil),
Corte por uso de Todos envolvidos
Envelopamento de Hub A N D 1 2 MD para cortar a lona do nose cone. 03 - Utilizar epi 1 1 T
Ferramenta manual. na atividade.
adequado para atividade (Luvas). 04 - Não deixar
pontos do hub em aberto (sem a lona de
envelopamento).

01 - Delimitar e isolar a área de risco PAD. 02 -


Realizar a manobra de retirada de forma
sincronizada com o operador de guindaste e os
membros envolvidos. 03 - Uso correto dos
equipamentos de proteção individual (Capacete
Aprisionamento /
com jugular, óculos de segurança, luvas de proteção
Esmagamento,
contra agente abrasivos, bota de segurança com
escoriações, Fratura, etc.
Retirada dos dispositivos Todos envolvidos biqueira reforçada, etc.). 04 - Proibido ficar sub
de membros por e/ou A E D 2 3 S 1 3 MD
de transporte na atividade. carga suspensa. 05 - Utilizar chave com cabo
entre a nacelle e o
alongado para remoação dos parafusos. 06 -
dispositivo de
Somente iniciar o içamento após o rigger ou
transporte,
encarregado realizar a confirmação visual ou por
radio que ás area restrista estão devidamente
sinalizadas e isolada. 07 - Colocar os suportes (pés)
do dispositivos de transporte de forma que o
colaborador não fique embaixo da carga suspensa.

01 - Realziar o içamento de acordo com o plano de


içamento (Lift Plan). 02 - Realizar teste e inspeções
Içamento do Hub para Tombamento de Todos envolvidos
A E D 2 3 S visual da compactação do solo. 03 - Proibido a 1 3 MD
instalação / POR:
ELABORADO Montagem carga/guindaste
PAULO FERNANDO DE OLIVEIRA SILVA na atividade. Página 9 de 13
presença de pessoas não autorizadas no raio de
operação.
01 - Realziar o içamento de acordo com o plano de
içamento (Lift Plan). 02 - Realizar teste e inspeções
Içamento do Hub para Tombamento de Todos envolvidos
A E D 2 3 S visual da compactação do solo. 03 - Proibido a 1 3 MD
instalação / Montagem carga/guindaste na atividade.
presença de pessoas não autorizadas no raio de
operação.

ULTIMA REVISÃO REALIZADO POR: REVISADO E APROVADO POR: REVISADO E APROVADO POR:
SAMIRA MARIA DA SILVA FERNANDO CÉSAR ZANCO MARILÓ LEGIDO CEBALLOS
CLASSIFICAÇÃO

TEMPORALIDADE

PROBABILIDADE

SIGNIFICÂNCIA
FREQUÊNCIA /

PROBABILIDAD

SIGNIFICÂNCIA
FONTE GERADORA DO

FREQUÊNCIA /
SEVERIDADE

SEVERIDADE
RISCOS POTENCIAIS PESSOAS EM

INCIDÊNCIA
SITUAÇÃO
RISCO / PERIGO (FATOR MEDIDA PREVENTIVA
IDENTIFICADO RISCO
DE RISCO)

01 - Somente utilizar dispositivos de içamento,


eslingas, manilhas, etc. devidamente inspecionados
e provados por profissional competente; 02 -
Verificar Tag de inspeção dos acessórios de
içamento (se aplicável). 03 - Capacidade de Carga
do dispositivo deve ser compatível com peça içada;
04 - Inspecionar fixação do dispositivo na Carga a
ser içada (em acordo com Instruções Técnicas de
Montagem); 05 - Não utilizar dispositivos
improvisados; 06 - Utilizar os dispositivs com
coeficiente de segurança. 07 - inspecionar
visualmente os dispositivos de içamento antes da
conexão; 08 - Verificar capacidade dos dispositivos,
Rompimento da eslinga, conforme instruções do plano de içamento; 09 -
Todos envolvidos Verificar posicionamento adequado e pontos de
quebra do dispositivo de A E D 2 3 S 1 3 MD
na atividade. fixação da eslinga, manilhas, etc, conforme
içamento
instruções do plano de içamento; 10 - Inspecionar
visualmente os dispositivos antes da conexão; 11 -
Verificar capacidade de Carga do dispositivo,
conforme instruções do plano de içamento; 12 -
Verificar o posicionamento adequado e pontos de
Elevação/Içamento do fixação do dispositivo, conforme instruções do
HUB Para Instalação. plano de içamento. 13 – Delimitar e demarcar com
cones, placas, etc. o perímetro da área restrita. 14 –
Encarregado e/ou Rigger deverá confirmar
visualmente ou por radio os fechamento das vias
(área restrita).

01 - É proibida a presença de pessoas não


autorizadas no raio de operação do guindaste no
momento de içamento / posicionamento. 02 -
Manter terceiros que não fazem parte da atividade
fora do isolamento de segurança (área restrita) 03 -
Não posicionar parte do corpo entre cargas içadas e
Essmagamento / outro objetos/estrutura. 04 - Proibido ficar entre os
Todos envolvidos
Aprisionamento / A E D 2 3 S ponto de entalamento. 05 - Somente iniciar o 1 3 MD
na atividade.
Entalamento içamento após a confirmação visual pelo Rigger que
não existe pessoas não autorizadas em volta da
carga. 06 - Utilizar os equipamentos de segurança
correspondente à atividade. 07 - Proibido ficar,
passar ou permanecer sob carga suspensa.

01 - Realizar a manobra de forma sincronizada com


o operador de guindaste e a equipe 02 - Proibido
colocar o corpo ou parte do corpo entre carga
Aprisionamento /
Aproximação / suspensa. 03 - Trabalhar com atenção ter cuidado
Esmagamento de Todos envolvidos
alinhamento e instalação A E D 2 3 S com as mãos. 04 - Utilizar os equipamentos de 2 2 MD
membros por e/ou entre na atividade.
Do HUB na NACELLE segurança correspondente a atividade (Capacete de
os componente.
segurança, luvas de proteção contra os risco de
corte, Óculos de Segurança, Botina de Segurança,
Cinto de Segurança clipado, etc) .

Todos envolvidos 01 - Fazer o uso de eauipamento de proteção


Ruído de Impacto A N D 2 2 MD 1 3 MD
na atividade. individual (Protetor Auditivo Plug e/ou concha).
Impactar os parafusos
(Pré Torque) 01 - Fazer o uso de eauipamento de proteção
Todos envolvidos individual (Capacete de segurança, Óculos de
Projeçao de estilhaços A N D 2 2 MD 1 3 MD
na atividade. Segurança, Luvas de Proteção, Bota de Segurança
com biqueira).

01- Emitir Permissão de Trabalho - Trabalho em


Altura / Içamento. 02 - Manter -se ancorado
durante todo o momento num ponto de ancoragem
seguro; 03 - Inspecionar Cintos de segurança e
Retirada dos dispositivos Queda de pessoa de Todos envolvidos
A N D 2 2 MD talabartes antes do início da atividade; 04 - Verificar 2 2 MD
de içamento. diferentes nivél (Altura). na atividade.
se os EPI´s para trabalho em altura foram
inspecionados conferindo o Tag. da cor do mês; 04 -
ELABORADO POR: PAULO FERNANDO DE OLIVEIRA SILVA Somente pessoas treinadas em NR35 poderão Página 10 de 13
executar a atividade.
seguro; 03 - Inspecionar Cintos de segurança e
Retirada dos dispositivos Queda de pessoa de Todos envolvidos
A N D 2 2 MD talabartes antes do início da atividade; 04 - Verificar 2 2 MD
de içamento. diferentes nivél (Altura). na atividade.
se os EPI´s para trabalho em altura foram
inspecionados conferindo o Tag. da cor do mês; 04 -
Somente pessoas treinadas em NR35 poderão
executar a atividade.

ULTIMA REVISÃO REALIZADO POR: REVISADO E APROVADO POR: REVISADO E APROVADO POR:
SAMIRA MARIA DA SILVA FERNANDO CÉSAR ZANCO MARILÓ LEGIDO CEBALLOS
CLASSIFICAÇÃO

TEMPORALIDADE

PROBABILIDADE

SIGNIFICÂNCIA
FREQUÊNCIA /

PROBABILIDAD

SIGNIFICÂNCIA
FONTE GERADORA DO

FREQUÊNCIA /
SEVERIDADE

SEVERIDADE
RISCOS POTENCIAIS PESSOAS EM

INCIDÊNCIA
SITUAÇÃO
RISCO / PERIGO (FATOR MEDIDA PREVENTIVA
IDENTIFICADO RISCO
DE RISCO)

01 - Trabalhar com atenção ter cuidado com os


membros superiores inferiores. 02 - Não posicionar
/ colocar parte do corpo em pontos de entalamento
03 - Proibido ficar sob carga içada. 04 – Certificar
Aprisionamento de
Todos envolvidos que todos os parafusos foram soltos. 05 - Utilizar os
membros por e/ou entre A E D 2 3 S 1 3 MD
na atividade. equipamentos de segurança correspondente à
objetos
atividade (Capacete de segurança, luvas de
proteção contra os riscos de corte, Óculo de
Retirada dos dispositivos Segurança, Botina de Segurança, Cinto de
de içamento. segurança com talabarte clipado,etc.).

01 - Realiar isolamento de área restrita. 02 -


Proibido a presenção de pessoas não autorizadas
dentro do isolamento (PAD). 03 -Antes de iniciar a
Todos envolvidos retirada do dispositivo o rigger deverá solicitar a
Quedas de Objetos A N D 2 3 S 1 3 MD
na atividade. evacuação de todos os colaboradores que estão
abaixo (raio de giro) do guindaste (área envolta da
nacelle). 02 - Não deixar ferramentas e/ou objetos
soltos no teto da hub/nacelle.

01 - Orientações em DDS/Treinamento de
Todos envolvidos exercicios fisico de alongamento na atividade
Postura inadequada A N D 1 2 TL 1 1 T
Realizar limpeza e na atividade. (antes, durante e dpois ). 02 - Pausas para descanso,
desmobilizaçao das revezamento entre membros da equipe.
ferramentas / materiais
Todos envolvidos 01 - Escotilhas das plataformas sempe fechadas.
Quedas de Objetos A N D 2 3 S 2 2 MD
na atividade. 02 - Proibido ficar sob carga suspensa.

01 - Realiar isolamento de área restrita. 02 -


Proibido a presenção de pessoas não autorizadas
dentro do isolamento (PAD). 03 -Antes de iniciar a
Todos envolvidos
Quedas de Objetos A N D 2 3 S equipe deverá confirmar se não existem pessoas 1 3 MD
na atividade.
abaixo da carga. 02 - Não deixar ferramentas e/ou
objetos soltos no entorno do fusso da
talha/escotilha

01 - Orientações em DDS/Treinamento de
Todos envolvidos exercicios fisico de alongamento na atividade
Postura inadequada A N D 1 2 TL 1 1 T
Içamento de Materiais na atividade. (antes, durante e dpois ). 02 - Pausas para descanso,
com Talha e Manua. revezamento entre membros da equipe.

01- Emitir Permissão de Trabalho - Trabalho em


Altura / Içamento. 02 - Manter -se ancorado
durante todo o momento num ponto de ancoragem
seguro; 03 - Inspecionar Cintos de segurança e
Queda de pessoa de Todos envolvidos
A N D 2 2 MD talabartes antes do início da atividade; 04 - Verificar 2 2 MD
diferentes nivél (Altura). na atividade.
se os EPI´s para trabalho em altura foram
inspecionados conferindo o Tag. da cor do mês; 04 -
Somente pessoas treinadas em NR35 poderão
executar a atividade.

EXISTE ALGUM RISCO A SER ACRESCENTANDO? ( ) SIM OU ( ) NÃO.


CLASSIFICAÇÃO
TEMPORALIDADE

PROBABILIDADE

SIGNIFICÂNCIA

SIGNIFICÂNCIA
FREQUÊNCIA /

FONTE GERADORA DO
FREQUÊNCIA
SEVERIDADE

SEVERIDADE
INCIDÊNCIA

RISCOS POTENCIAIS PESSOAS EM


SITUAÇÃO

RISCO / PERIGO (FATOR MEDIDA PREVENTIVA


IDENTIFICADO RISCO
DE RISCO)
/

ELABORADO POR: PAULO FERNANDO DE OLIVEIRA SILVA Página 11 de 13


ULTIMA REVISÃO REALIZADO POR: REVISADO E APROVADO POR: REVISADO E APROVADO POR:
SAMIRA MARIA DA SILVA FERNANDO CÉSAR ZANCO MARILÓ LEGIDO CEBALLOS

RESPONSÁVEL PELA EXECUÇÃO DO SERVIÇO


Nome e sobrenome legível Nome e sobrenome legível

EG - EUROGRUAS GE - GENERAL ELECTRIC OUTROS

ELABORADO POR: PAULO FERNANDO DE OLIVEIRA SILVA Página 12 de 13


ULTIMA REVISÃO REALIZADO POR: REVISADO E APROVADO POR: REVISADO E APROVADO POR:
SAMIRA MARIA DA SILVA FERNANDO CÉSAR ZANCO MARILÓ LEGIDO CEBALLOS

ELABORADO POR: PAULO FERNANDO DE OLIVEIRA SILVA Página 13 de 13