Você está na página 1de 2

Fundação Centro de Ciências e Educação a Distância do Estado do Rio de Janeiro

Centro de Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro


Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Curso de Licenciatura em Pedagogia
Avaliação Presencial 2 – AP2/ 2016-1
Disciplina: Espaços Sociais de Formação Humana
Coordenadora: Jaqueline Luzia da Silva

GABARITO

Nome:_______________________________________________________________

Matrícula:_______________________ Polo: ________________________________

1. “Em relação às crianças e aos adolescentes em situação de rua, considerados consequências


dos problemas sociais, uma das soluções encontradas foi a criação de instituições específicas
para esta população. Estas instituições acompanharam as mudanças conceituais referentes à
infância ao longo do tempo, mas mantiveram sempre o objetivo de atender esta população,
especialmente para que não ficassem expostas à visão das pessoas nas ruas” (SANTANA et
al., 2004, p. 59). A partir desta afirmação, discuta o papel social dessas instituições e a função
do pedagogo nesses espaços de acolhimento.
(2,5)

Nesta questão o aluno pode tecer uma crítica a estes espaços de acolhimento,
problematizando as contradições existentes entre seus objetivos e a realidade institucional
que se apresenta. Ao mesmo tempo, pode expor a abrangência da atuação do pedagogo no
sentido de minimizar as discrepâncias existentes. Seus argumentos podem trazer elementos
que potencializem a ação educativa dos pedagogos, embora as instituições apresentem
problemas de organização, como aqueles elencados no texto.

2. Segundo Duarte (2008, p. 62), “[...] o terceiro setor tem funcionalidade diante da
conjuntura de reestruturação do capital que se desdobra em duas dimensões: a) na
contribuição com o processo de redimensionamento do Estado, minimizando sua intervenção
no enfrentamento das expressões da questão social; e b) na promoção de um clima de aliança
e igualdade entre as classes sociais, o que obscurece o conflito e fragiliza a luta e a resistência
dos trabalhadores na contemporaneidade”. A partir dessa crítica, analise a intervenção atual do
terceiro setor no campo social/educacional.
(2,5)

Nesta questão o aluno poderá trazer elementos da própria crítica tecida no texto, como, por
exemplo, a identificação do terceiro setor com a sociedade civil; a desresponsabilização do
Estado; a atuação das ONGs na sociedade (principalmente no campo educacional); o
estabelecimento de parcerias público-privadas; a lógica da solidariedade, do voluntariado e
da filantropia empresarial; a desarticulação dos movimentos sociais etc. Estes elementos
podem ser aprofundados na discussão em diálogo com os vídeos 4 e 5, trabalhados no
módulo V.
3. De acordo com Sassi et al. (2004, p. 43), “a Pedagogia Hospitalar envolve o conhecimento
médico e psicológico, representando uma tarefa complexa. A realização dessa tarefa necessita
de um ponto de referência não médico: o enfoque formativo, instrutivo e psicopedagógico.
Nisso germina um novo campo onde aparece uma inter-relação de trabalho que permite
delinear as fronteiras de aproximação conceitual do conhecimento demandado”. A partir desta
afirmação, problematize o papel do pedagogo no contexto hospitalar e suas principais
contribuições nesse espaço de atuação.
(2,5)

Nesta questão o aluno deve apresentar uma reflexão, baseando-se no texto referido, a
respeito da atuação do pedagogo nos hospitais. Para isso, ele pode trazer dados apontados
no texto, como o restabelecimento da autoestima das crianças, a relação entre o que é feito
no hospital e os conteúdos escolares, a conquista da aceitação dos pais, o trabalho
orientado das estagiárias (futuras pedagogas), o desenvolvimento do trabalho
cotidianamente, a receptividade de médicos e enfermeiras etc.

4. Segundo Caldart (2001, p. 217), “afirmar o movimento social como princípio educativo da
formação dos Sem Terra é considerar que seu processo educativo básico está no movimento
mesmo, no transformar-se transformando a terra, as pessoas, a história, a própria pedagogia,
sendo esta a raiz e o formato fundamental da identidade pedagógica do próprio MST”. A
partir desta afirmação, discuta a(s) matriz(es) pedagógica(s) presente(s) no movimento e
como ela(s) se articula(m) aos processos de transformação social.
(2,5)

Nesta questão o aluno deve citar ao menos uma matriz pedagógica do MST e abordá-la
profundamente, mostrando como ocorre o trabalho pedagógico no interior do movimento.
Dentre as matrizes pedagógicas, podem ser citadas: a formação humana de sujeitos sociais;
a eleição de práticas pedagógicas diversas para a formação e não apenas uma prática; a
amplitude educacional para além da escola e não somente nela; a luta social como base da
educação; o movimento como princípio educativo etc.

Referências:

CALDART, Roseli Salete. MST e a formação dos sem terra: o movimento social como
princípio educativo. Estudos Avançados, 15 (43), 2001.

DUARTE, Janaína Lopes do Nascimento. A funcionalidade do terceiro setor e das ONGS do


capitalismo contemporâneo: o debate sobre sociedade civil e função social. Libertas. Juiz de
Fora, v. 2, n. 2, p. 50-72, jul/2008.

SANTANA, J. P.; DONINELLI, T. M.; FROSI, R. V.; KOLLER, S. H. Instituições de


atendimento a crianças e adolescentes de rua. Psicologia & Sociedade, 16 (2), p. 59-70,
maio./ago, 2004.

SASSI, L. D. da. et. al. Pedagogia hospitalar: o projeto desenvolvido pela Universidade
Estadual de Ponta Grossa. Ponta Grossa/UEPG, 12(2), p. 41-48, dez. 2004.

Você também pode gostar