Você está na página 1de 16

Óleos Essenciais: descrição, propriedades e aplicações

Alecrim – É antisséptico, adstringente e antioxidante. Alivia dores reumáticas e musculares e também melhora a digestão e o
apetite. Estimula o sistema nervoso e aumenta a energia. Não deve ser usado na gravidez, nem por hipertensos e epilépticos, pois
pode ser altamente estimulante e aumentar a pressão sanguínea.
Bergamota – Antisséptico, anti-inflamatório, antidepressivo, antiviral e antibacteriano. A bergamota ajuda no combate diversos
vírus, incluindo os causadores da gripe, herpes e catapora. Devido à sua versatilidade, também auxilia no tratamento de infecções
bacterianas do sistema urinário, boca, garganta e pele, incluindo eczemas. Como desodorante natural, não só tem um perfume
agradável, como elimina as bactérias responsáveis pelo mau odor. A bergamota só perde para a lavanda na habilidade de relaxar as
ondas cerebrais quando é inspirada. Um cuidado: não se deve expor ao sol por 12h após aplicação na pele, pois a bergamota pode
causar pigmentação anormal nas pessoas mais sensíveis.
Propriedades: Analgésico, bactericida, alivia cãibras, desodorizante, antidepressivo
Usos: Eczema, depressão, ansiedade, acne, mau hálito, resfriados, bronquite, repelente de insetos
Cuidados: Não use na pele exposta ao sol; pode irritar peles sensíveis
Camomila – Anti-inflamatória e antisséptica. Auxilia a digestão e ajuda a aliviar gases e náuseas. Também acalma os nervos e
estimula o sono. O aroma de camomila relaxa a mente e o corpo. Pesquisas indicam que a camomila acalma as emoções, os
músculos e até mesmo as ondas cerebrais. Ajuda a lidar com os altos e baixos da TPM, menopausa e hiperatividade em crianças.
Também ajuda a controlar a dor de cabeça, músculos doloridos, cólicas e reações alérgicas. A camomila também é indicada para
acalmar cólicas de bebês. Pode ser utilizada no banho ou em compressa.
Propriedades: Analgésico, antidepressivo, anti-inflamatório, antisséptico, sedativo
Usos: Problemas de pele, estresse, artrite, bursite, bolhas, feridas, menopausa, TPM
Cuidados: Evite no primeiro trimestre de gravidez
Canela – Muito utilizado na culinária, pode ser usado na aromaterapia para reduzir a sonolência e a irritabilidade. Em geral, é
utilizado como estimulante físico e emocional. Pesquisadores descobriram que a canela reduz ainda a dor de cabeça. Pesquisa já
mostrou que o aroma de canela em um ambiente ajudou os participantes a se concentrar mais e produzir melhor. O óleo essencial
ajuda a relaxar os músculos e alivia as dores menstruais. Deve ser utilizado em baixa concentração.
Capim limão – Tem efeito revigorante e analgésico. É indicado para combater o cansaço, nervosismo, ansiedade e depressão.
Aumenta a concentração e também pode ser utilizado para relaxar crianças agitadas.
Cedro – Ao ser inalado, pode auxiliar no tratamento de infecções respiratórias a ajudar a diminuir a congestão. É estimulante
linfático e diurético, funcionando ainda como adstringente suave e tônico. Deve ser usado em baixa concentração e evitado durante
a gravidez.
Cravo
Propriedades: Analgésico, especialmente para problemas orais
Usos: Dor de dente, problemas nas gengivas
Cuidados: Evite durante a gravidez
Erva-cidreira (Melissa)
Propriedades: Antiviral (eficaz contra herpes); antifúngico, alivia espasmos musculares, sedativo
Usos: Herpes, depressão, estresse, pé de atleta
Cuidados: A preparação da erva-cidreira é cara; marcas baratas podem vir mistura com óleos de qualidade inferior
Eucalipto – Antisséptico, o eucalipto por muito tempo foi usado na Austrália para tratamento das mais diversas enfermidades: de
gripe, febre e dor de garganta a dor muscular e ferimentos na pele. O óleo essencial é utilizado para ajudar no alívio da sinusite e da
congestão nos pulmões. A essência de eucalipto estimula as ondas cerebrais e atua no combate à fadiga física e mental. Por isso,
especialistas indicam que se leve eucalipto para longas viagens de carro ou que mantenha a essência em seu quarto de estudo ou
escritório. De acordo com a International Flavors and Fragances, empresa situada em Nova Jersey, Estados Unidos, inspirar a
essência de eucalipto também ajuda a aumentar a energia.
Propriedades: Analgésico, descongestionante, expectorante, antiviral, bactericida, antifúngico
Usos: Asma, tosse, bronquite, artrite, dor de cabeça, ferimentos, febre, repelente de insetos
Cuidados: Dilua antes de aplicar sobre a pele; evite se você tiver epilepsia ou pressão arterial alta
Gengibre
Propriedades: Antisséptico, alivia espasmos musculares, expele gases digestivos, analgésico, anti-inflamatório
Usos: Congestão, tosse, resfriado, dor de cabeça, febre, artrite, náusea
Cuidados: Pode irritar peles sensíveis
Gerânio – A essência de gerânio tem efeito antidepressivo. Ajuda no alívio dos sintomas da TPM, ansiedade e cansaço nervoso.
Estimula a adrenalina e ajuda a normalizar os picos hormonais. Inalar a agradável essência ajuda no combate aos sintomas da
menopausa, retenção de líquidos e outros problemas relacionados a hormônios.
Propriedades: Analgésico, anti-inflamatório, antisséptico, antidepressivo, desodorizante, repelente de insetos
Usos: Menopausa, problemas menstruais, mamas doloridas, estresse, TPM, ansiedade
Cuidados: Evite no início da gravidez; o uso excessivo pode causar insônia
Hortelã pimenta – É expectorante e refrescante. Estimula o cérebro e clareia o pensamento. Ajuda a aliviar a febre, dor de cabeça e
náusea. O aroma de hortelã pimenta é altamente energizante.
Propriedades: Analgésico, antisséptico, alivia espasmos musculares, adstringente, expele gases digestivos, alivia dores de estômago,
descongestionante, antifúngico
Usos: Dor de cabeça, febre, resfriados, sinusite, náusea, espasmos musculares, micose, mau hálito, letargia, depressão
Cuidados: Pode irritar a pele; não aplique sobre peles feridas ou rachadas
Jasmim – É conhecido por seus poderes afrodisíacos. O jasmim acalma o sistema nervoso, por isso é indicado para quando os nervos
estão à flor da pele, e também quando a pessoa sofre de dor de cabeça insônia, depressão e com os sintomas da TPM e da
menopausa. Estudos da Toho University School of Medicine, em Tóquio, mostram que a essência de jasmim também estimula as
ondas cerebrais e a clareza mental.
Junípero – Atua como purificador emocional, ajudando a lidar com as debilidades mais diversas do corpo e da alma. Ao ser inalado,
ajuda a aliviar a congestão e outros sintomas da bronquite.
Laranja – Revigorante, alivia a ansiedade. Na aromaterapia, é conhecida por sua habilidade para afetar o humor e baixar a pressão
arterial. O aroma de laranja é o preferido de muitas crianças, e, geralmente, elas se adaptam melhor à aromaterapia quando este
aroma é incluído.
Lavanda – Auxilia no equilíbrio físico, mental e emocional. Considerada poderoso desintoxicante, também pode ajudar a combater a
insônia. Das diversas fragrâncias trabalhadas pela aromaterapia, a lavanda é a mais efetiva em relaxar as ondas cerebrais e reduzir o
estresse.
Propriedades: Antisséptico, antidepressivo, antiviral, sedativo, alivia espasmos musculares, adstringente
Usos: Problemas de pele, artrite, dor, gota, estresse, ansiedade, insônia
Cuidados: Evite se você tiver pressão arterial excessivamente baixa
Limão – Ativa a concentração e alivia o cansaço mental. Tem efeito antidepressivo. O forte aroma cítrico do óleo essencial do limão
é utilizado para tratar dor de garganta, tosses e outras infecções. Ao ser inalado, ajuda a reduzir a pressão arterial. Também pode
ajudar a reduzir a retenção de líquidos e melhorar a absorção de minerais, além de auxiliar na perda de peso. No Japão, o óleo
essencial de limão é usado em difusores de escritórios e fábricas, pois se acredita que aumenta a concentração e a capacidade de
memorização. Pesquisas comprovam que o aroma de limão é relaxante, o que aumenta a concentração. Como se considera que o
limão estimula a mente enquanto acalma as emoções, inalar a essência pode auxiliar na tomada de decisões.
Propriedades: Antisséptico, alivia espasmos musculares, adstringente, bactericida, antifúngico, repelente de insetos, antiviral
Usos: Acne, furúnculos, esfoliante, pele oleosa, febre, TPM, juntas doloridas, fadiga depressiva
Cuidados: Não exponha a pele tratada ao sol; pode irritar peles sensíveis
Manjerona - Afrodisíaca, a manjerona tem efeito analgésico e anti-infeccioso. Além disso, é considerada excelente para acalmar as
ondas cerebrais.
Manjericão
Propriedades: Antisséptico, alivia espasmos musculares, expele gases digestivos, acalma os nervos, alivia os sintomas da TPM
Usos: Dor de cabeça, bronquite, resfriado, tosse, aplicações cosméticas
Cuidados: Evite durante a gravidez
Melaleuca (Tea tree)
Propriedades: Antibiótico, bactericida, antiviral, descongestionante
Usos: Cortes, escoriações, picadas de mosquito, úlceras bucais, herpes, catapora, resfriados, bronquite, acne, pé de atleta,
micoses, caspa
Cuidados: Pode causar irritação em peles sensíveis
Mirra
Propriedades: Anti-inflamatório, antifúngico, germicida, adstringente, expectorante
Usos: Ferimentos, pé de atleta, úlceras bucais, dor de garganta, problemas nas gengivas, laringite
Cuidados: Evite durante a gravidez
Patchouli – De aroma forma, o patchouli tem efeito antidepressivo. Seu aroma reduz o apetite e ajuda a aliviar dores de cabeça.
Também é considerado estimulante sensual e afrodisíaco.
Rosa – Geralmente associada a romances e ocasiões especiais, o óleo essencial também atua como poderoso antidepressivo.
Afrodisíaco, é indicado para dar um up na autoestima. A rosa ajuda também no alívio de sintomas de diversos problemas femininos,
como cólicas menstruais, TPM e alterações de humor inerentes à menopausa.
Sálvia esclareia
Propriedades: Antidepressivo, desodorizante, alivia cãibras
Usos: Sintomas de TPM e de menopausa, tonificante da pele, acne, caspa, depressão, estresse, enxaqueca, fadiga
Cuidados: Não confundir com sálvia comum (Salvia officinalis); o uso excessivo pode causar dor de cabeça
Sândalo – Tem efeito afrodisíaco, mas pode ser utilizado também para meditação. O óleo essencial é usado para tratar problemas
oriundos do sistema nervoso, como insônia e irritabilidade.
Tomilho
Propriedades: Bactericida, analgésico
Usos: Artrite, problemas de pele, ferimentos, acne, resfriados, infecções nos seios paranasais
Cuidados: Evite os óleos essenciais de tomilho avermelhados. Sua coloração deve ser amarela pálida
Toranja (Grapefruit)
Propriedades: Antidepressivo, antisséptico, adstringente
Usos: Acne, pele oleosa, rigidez muscular, dor de cabeça, estresse, fadiga
Cuidados: Não exponha a pele tratada ao sol
Ylang Ylang – Antidepressivo e afrodisíaco, atua no combate à tensão, ansiedade e irritabilidade. Frigidez e estresse também podem
ser amenizados com o uso deste óleo essencial.
Propriedades: Antisséptico, antidepressivo, sedativo
Usos: Ansiedade, estresse, acne, insônia, depressão, TPM
Alecrim
Vindo da Ásia, o óleo essencial de alecrim é um aliado precioso no combate à obesidade e celulite, mas tem ainda efeitos positivos
no cérebro e sistema nervoso – melhora a memória, alivia as dores de cabeça, enxaquecas, fadiga mental e exaustão nervosa. O
alecrim é óptimo para tratar o cabelo e para estimular a circulação no couro cabeludo, o que incentiva o crescimento capilar. A
aromaterapia indica que este óleo é ainda adequado para tratar perturbações tão diversas como: diarreia, flatulência, dispepsia,
colite, icterícia e disfunções hepáticas. As dores musculares, reumáticas, artríticas e relacionadas com a gota também encontram
conforto no alecrim, assim como as doenças arteriais, palpitações, má circulação e varizes. Este óleo é simultaneamente utilizado no
tratamento da bronquite, catarro, asma, sinusite, tosse convulsa, acne, eczema e dermatite.
Camomila
Anti-tóxico e anti-irritante, existem dois tipos de camomila – a camomila romana (originária da Inglaterra, é cultivada na Alemanha,
França e Marrocos) e a camomila alemã (cultivada em França, Espanha e Marrocos). O óleo essencial de camomila romana é
indicado para o alívio de dores musculares, de cabeça, enxaquecas, de dentes, de ouvidos e para o reumatismo. É aconselhada para
o tratamento de vários tipos de problemas de pele – acne, eczema, erupções cutâneas, feridas, pele seca, dermatites e reacções
alérgicas em geral – bem como para perturbações do sistema digestivo, sistema nervoso e condições ginecológicas. Diluída, a
camomila romana pode ainda ser utilizada nos bebés, para aliviar as gengivas aquando do nascimento dos dentes, cólicas e diarreia.
Igualmente eficaz, a camomila alemã é conhecida por ser um bom anti-inflamatório, nomeadamente em curas associadas a dores
articulares, musculares e à síndrome de intestino irritável. Pode melhorar as dores associadas à menstruação, aos espasmos
musculares, reumatismo e artrite. Enquanto solução tópica, é aconselhada no tratamento de acne, eczema, erupções cutâneas,
psoríase, pele hipersensível e reacções alérgicas em geral.
Eucalipto
Com origens na China, o óleo essencial de eucalipto é perfeito para a pele, principalmente a oleosa, mas também no caso de
queimaduras, feridas, bolhas, mordidelas de insectos, piolhos e infecções cutâneas, em geral. O eucalipto é talvez o mais indicado
para o tratamento de constipações e gripes, mas é ainda eficaz contra músculos e articulações doridas. Desintoxicante natural, este
óleo revigora o sistema imunitário, circulatório e respiratório. A aromaterapia aconselha o eucalipto como enquanto estimulante
mental, que melhora significativamente os níveis de concentração e de produtividade.
Gerânio
Encontrado na África do Sul, Madagáscar, Egipto e Marrocos, o óleo essencial de gerânio tem propriedades tónicas, diuréticas, anti-
sépticas, anti-depressivas e antibióticas, entre outras. Extremamente benéfico para a pele – queimaduras, cortes, dermatites,
eczema – é um excelente repelente natural contra mosquitos. O gerânio é igualmente utilizado no tratamento de hemorróidas,
piolhos, ulceras, edemas, má circulação e dores de garganta. Anti-stressante, este óleo essencial actua ainda ao nível do sistema
nevrálgico. É muitas vezes prescrito para as mulheres, principalmente para alívio da tensão pré-menstrual e sintomas de
menopausa.
Hortelã-pimenta 
Proveniente dos Estados Unidos da América, o óleo essencial de hortelã-pimenta tem inúmeras propriedades terapêuticas, sendo
bastante útil no combate à fadiga mental, depressão, stress, dores de cabeça, enxaquecas, tonturas, fraqueza e estados de choque,
melhorando significativamente a agilidade mental e os níveis de concentração. A hortelã-pimenta é frequentemente utilizada no
tratamento de tuberculose, pneumonia, bronquite, cólera, asma, sinusite e tosse seca. Estimula a vesícula e a secreção biliar e,
relativamente ao tracto digestivo e intestinal, é indicado contra as cólicas, flatulência, cólon irritável, dispepsia, náuseas e dores
menstruais. Ao nível cutâneo, é prescrito para irritações de pele várias, dermatites, acne, sarna e pruridos; sendo a hortelã-
pimenta aconselhada ainda para as dores musculares, reumatismo e neuralgia.
Lavanda
Originário de França, este óleo é considerado um dos mais benéficos e está indicado para uma série de problemas de saúde –
bronquite, asma, constipação, infecções da garganta e tosse. O óleo essencial de lavanda tem um efeito extremamente
tranquilizante, perfeito para acalmar os nervos e aliviar a tensão, sendo ainda eficaz no tratamento da depressão, dos ataques de
pânico, dores de cabeça, enxaquecas e insónias. É ainda poderoso no tratamento de perturbações do sistema digestivo – flatulência,
cólicas, náuseas, vómitos –
e utilizado para aliviar dores reumáticas, musculares e artrite. A lavanda é um dos poucos óleos essenciais que pode ser
directamente aplicado na pele, sem qualquer tipo de diluição, tonificando e revitalizando-a. O óleo de lavanda é ainda
particularmente útil no tratamento de pequenas queimaduras, feridas, abcessos, mordidelas de insectos, psoríase e piolhos, sendo
igualmente eficaz em peles oleosas e com tendência para acne.
Limão
Um nativo da Índia, o óleo essencial de limão é muito benéfico para o sistema circulatório e para diminuir a tensão arterial. Para
além de estimular o sistema imunitário e digestivo, é um bom remédio para a prisão de ventre, dispepsia e celulite. Em
aromaterapia, o limão acalma e alivia dores de cabeça e enxaquecas, melhorando as dores de quem sofre de artrite e reumatismo.
Poderoso no combate às gripes e constipações, contribui para a diminuição da febre e outros sintomas associados, como as
infecções da garganta e a bronquite. Indicado para o tratamento do cabelo e pele oleosa, tem vários outros benefícios ao nível da
pele, nomeadamente enquanto esfoliante, na eliminação de acne, herpes labial e aftas.
Rosa
Directamente de França, o óleo essencial de rosa tem um efeito calmante muito agradável, principalmente em situações de
depressão, raiva, luto, medo, tensão e stress. Estimula o funcionamento do fígado, da vesícula e do sistema circulatório, estando
ainda indicado para tratar várias doenças cardiovasculares, nomeadamente palpitações, arritmias e tensão alta. A aromaterapia
defende ainda a sua utilização em casos de asma, tosse crónica, alergias, náuseas, vasos capilares quebrados, herpes, eczema e
inflamações diversas. Enquanto hidratante faz maravilhas à pele e, diluído em água, é um remédio óptimo para a conjuntivite.
Sândalo
Originário da Índia e extraído do tronco das árvores, o óleo essencial de sândalo é um dos óleos mais puros, sendo recomendado em
terapias de bronquite, laringite e leucorreia. Extremamente eficaz no processo curativo de pele sensível, seca, oleosa e com cieiro,
pode ainda ser aplicado em cicatrizes, estrias e varizes. Antídoto perfeito para os soluços, a aromaterapia também sugere a
utilização de óleo de sândalo em casos de depressão e stress. Para além das suas características afrodisíacas, melhora os níveis de
concentração e funciona com um bom ansiolítico e redutor de ansiedade.
Ylang-ylang
Com origens na Indonésia, o óleo essencial ylang-ylang é, acima de tudo, um anti-depressivo e tranquilizante, mas também um
afrodisíaco. Na aromaterapia é utilizado para combater a ansiedade, tensão, choque, medo e pânico, sendo frequentemente
utilizado no tratamento de impotência e frigidez. Os seus poderes curativos foram ainda verificados em casos de infecções
intestinais, tensão alta, respiração acelerada, e em pessoas com batimentos cardíacos muito elevados. O ylang-ylang é igualmente
eficaz na estimulação do crescimento do cabelo.
Sala
A sala costuma ser o ambiente mais movimentado e dinâmico da casa. Por isso, seu aroma deve ser energético e proporcionar bem-
estar. O óleo essencial de laranja, por exemplo, transmite as sensações de alegria e tranquilidade.
É ideal para ser utilizado durante uma reunião entre amigos. Se o ambiente for utilizado para os estudos, o óleo essencial de alecrim
é o mais indicado, pois estimula a concentração durante a leitura. Os óleos de pimenta rosa, canela, cedro e manjericão também são
excelentes para esse cômodo.
Cozinha
A cozinha já é um ambiente onde os aromas de temperos e especiarias predominam, portanto, é preciso tomar cuidado para não
criar uma mistura desagradável. Para não errar, o mais indicado é utilizar aromas cítricos, como os óleos essenciais de laranja, limão
e tangerina.
Banheiro
Nada melhor do que entrar no banheiro e sentir aquele cheirinho de limpeza, não é mesmo? O banheiro deve transmitir uma
sensação de limpeza e refrescância. Nesse caso, os óleos essenciais de lavanda, palma rosa e alecrim são os mais indicados. O aroma
dos óleos essenciais também proporciona mais bem-estar e conforto durante um banho relaxante.
Quartos
Os quartos exigem aromas mais amenos, que transmitem serenidade e calma, diminuindo o estresse e favorecendo o descanso. Os
óleos essenciais de lavanda, camomila, melissa e capim-limão são os mais indicados. Porém, se a intenção é a de criar um ambiente
sensual e romântico para o quarto do casal, os óleos essenciais mais indicados são os de rosa, jasmim, ylang ylang e patchouli.

Negócios que exigem tranquilidade, equilíbrio e harmonia – podemos optar por óleo essencial de Lavanda.
Negócios que precisam de doses de bom humor e alegria – podemos sugerir aromas cítricos, como óleos essenciais de Laranja
Doce, Tangerina ou Bergamota, com um amadeirado, como o óleo essencial de Cedro.
Negócios que exigem comunicação e negociação – nesse caso, podemos usar o óleo essencial de Limão com óleo essencial de
Patchouli, que facilitam na comunicação.
Negócios que exigem atenção aos detalhes – para locais de produção, nos quais precisamos de foco e concentração, podemos
optar pelo uso do óleo essencial de Hortelã Pimenta ou Capim Limão.
Negócios que exigem respeito e paciência – podemos optar pelo óleo essencial de Limão.
Negócios que exigem beleza, gosto estético apurado – podemos brincar com vários aromas, combinando óleos cítricos (Tangerina,
Laranja Doce) com amadeirados (Vetiver).

Sala íntima
Óleos essenciais de lavanda, capim-limão, bergamota, petitgrain de laranja ou manjerona.

Sala de estar
Óleos essenciais de laranja, mandarina, cravo-da-índia, pimenta-rosa, pimenta-negra, gengibre, canela-da-china, manjericão ou noz-
moscada.

Sala para estudos ou leitura


Óleos essenciais alecrim-do-campo quimiotipo canforado, limão ou tomilho.
Quarto do casal
Para dormir: óleos essenciais de lavanda, bergamota, laranja, capim-limão, camomila-romana ou pau-rosa.

Para uma noite de amor


Óleos essenciais de ylang-ylang, patchuli, jasmim, rosa, gerânio, tribulus, cedros, néroli, sândalo, lírio, íris, frangipani ou palmarosa.

Para aliviar a congestão nasal


Óleos essenciais de hortelã-do-campo, eucalipto-glóbulus, eucalipto-radiata, abeto siberiano, espruce canadense ou cipreste.

Quarto de criança
Óleos essenciais de lavanda, camomila-romana ou laranja-pêra.

Cozinha
Para estimular o apetite: óleos essenciais de manjericão, orégano, tomilho, sálvia, cravo-da-índia, canela, pimenta-rosa, pimenta-negra,
cominho, turmérico, erva-doce, anis-estrelado ou noz-moscada.

Banheiro
Para ficar com cheiro de limpeza: óleos essenciais de alecrim-do-campo, hortelã-verde, eucalipto citriodora, citronela, pinheiro silvestre,
cipreste, tea tree ou limão.

Escritórios e ambientes de trabalho


Para estimular: óleos essenciais de limão, cipreste, abeto, hortelã-pimenta, eucalipto radiata ou gerânio.

Para aliviar o estresse


Óleos essenciais de capim-limão, bergamota, laranja, mandrina, tangerina, erva-doce, funcho, alcarávia, anis-estrelado, lavanda ou pau-rosa.
Sala de estar
Neste ambiente onde se costuma receber pessoas, o ideal é escolher essências alegres, energizantes e que ajudam a harmonizar.
Alguns exemplos são o capim-santo, a hortelã-pimenta, o alecrim e a grapefruit. Porém, se a ideia é manter o clima mais intimista, o
indicado são os aromas florais intensos como rosa, ylang-ylang e jasmim.
Banheiro
As essências bactericidas, que dão aquela sensação gostosa de limpeza e frescor, são as mais indicadas para este ambiente. Alguns
exemplos são eucalipto, alecrim, pinho siberiano, capim-santo, citronela e hortelã.
Cozinha
O ideal neste cômodo é utilizar essências que harmonizam com os próprios dos alimentos. Boas opções são os perfumes cítricos
como laranja e tangerina. Aromas de ervas e especiarias também combinam e podem abrir o apetite e ainda ajudar na digestão.
Alguns exemplos são gengibre, canela, cravo, cardamomo, manjericão, noz-moscada, alecrim e hortelã-pimenta.
Quartos
Nesses locais, que devem ser os mais calmos da casa, é preciso usar essências que tragam tranquilidade e induzam ao sono.
Lavanda, manjericão e laranja são indicadas para quem sofre de insônia. Já ylang-ylang, cedro, sândalo e olíbano são bons para
relaxar e meditar. Se a ideia é favorecer o contato físico e o namoro, no entanto, pode-se optar por essências afrodisíacas como
rosa, jasmim e patchouli.
Escritório
Na área onde normalmente se resolvem questões financeiras, vale utilizar essências que atraem a prosperidade. É o caso da canela,
do orégano, da tangerina e do manjericão. Para favorecer a concentração e o foco, a essência de limão é a mais indicada
Área externa
Como em ambientes abertos a tendência é que o aroma se dissipe rapidamente, o ideal é escolher essências que tenham funções
repelentes, para manter os insetos do lado de fora. A mais indicada para este caso é a citronela.

Dicas de Essências – Como Escolher Além de considerar o seu gosto pessoal na hora de escolher o aroma para o ambiente, outra
dica é optar por fragrâncias naturais, que são mais leves e menos enjoativas. Além disso, algumas essências naturais ainda são
capazes de agir em prol de nosso organismo, como no combate ao stress e insônia. Depois de considerar essas dicas para escolher
fragrâncias para o aromatizador de ambiente, outro ponto importante é escolher o cheirinho de acordo com o ambiente, de modo a
estimular sensações que sejam condizentes com cada espaço a casa. E para essa tarefa, vamos às dicas de acordo com cada cômodo
do lar.
Sala: geralmente as salas costumam ser um dos ambientes mais frequentados da casa, e por isso pede um aroma mais unânime no
gosto das pessoas, por isso, o ideal para esse ambiente é por cheirinhos mais leves e naturais, evitando aromas que lembrem
perfumes. Entre as essências mais recomendadas para esse tipo de ambiente, a aposta pelos cheiros naturais e cítricos são
perfeitas, e algumas opções são aromas de flores de laranjeira, limão siciliano, bambu, verbena e em regiões frias vale usar aromas
amadeirados.
Cozinha: neste ambiente os cheiros mais leves são perfeitos para não atrapalhar o preparo dos alimentos e até mesmo o paladar.
No ambiente, invista em cheiros naturais como aromas de frutas (limão, tangerina,) que ajudam a neutralizar o cheiro de frituras e
fumaças. E se a intenção é trazer é um cheirinho mais aconchegante e com aroma de casa de vovó, aposte por aromas artificias que
lembrem cheirinho de pão e bolo assando (ex: cheirinho de maçã com canela).
Quarto: neste ambiente vale usar de óleos essenciais e naturais que ajudem a relaxar o corpo, como melissa, lavanda, camomila e
mandarina. Esses cheirinhos trazem um toque relaxante e até ajudam na hora de dormir. No entanto, se a ideia é acrescentar um
aroma mais romântico, o quarto de casal pode ganhar essências mais marcantes, como cheiros de flores (rosa, jasmim, néroli).
Banheiro: neste ambiente, o ideal é investir em cheiros que ajudem a neutralizar odores, e por isso as essências mais concentradas
não costumam ser as melhores opções para aromatizador de ambiente. Entre as apostas para escolher um cheirinho agradável para
o banheiro, aposte nos aromas que lembrem cheirinho de limpeza, de flores suaves (lavanda) e cítricos.
Escritório: seja no home office ou no cantinho de estudos, a dica é escolher por aromas que ajudam na revitalização e estímulo, e
neste caso os aromas como hortelã-pimenta e capim-limão são perfeitos.

As melhores essências para cada intenção


Primeiramente é necessário pensar qual o motivo para o qual você utiliza aquele cômodo. Por exemplo: se você possui uma sala de
estar para relaxar, essências estimulantes não são ideais. Por isso, a lista abaixo descreve a sensação exercida por cada aroma, assim
você define em que ambiente aplicará.
 para quem quer beneficiar a concentração e estudos: alecrim, eucalipto, hortelã, cipreste, cedro, artemísia e menta;
 para promover a comunicação e interação entre as pessoas: laranja, violeta e pêssego;
 para tirar energias negativas e trazer boa sorte: arruda, bálsamo, cânfora, cravo, rosa;
 para boas energias e neutralizar cheiro de comida/fritura: tangerina, limão, laranja, manjericão, canela, erva-doce e
anis;
 para descanso: melancia e mil flores;
 para combater insônia: melissa e ópium;
 para aumentar o desejo sexual e o amor: absinto, jasmim, dama-da-noite, jojoba, ylang-ylang, almíscar, baunilha, erva-
cidreira, gardênia, morango e maçã verde;
 para relaxar e meditar: lótus, mirra, nardo, olíbano e sândalo;
 para sensação de paz e limpeza (ideal para banheiros): lavanda e gerânio;
 para atrair prosperidade e fortuna: âmbar, bergamota, café, cedro, flor de laranjeira, flor de pitanga, mel, pinho, romã
e sálvia;
 para atrair felicidade: girassol, nós-moscada, rosa amarela e verbena;
 para proteção: arruda, bálsamo, gardênia, girassol, gerânio, lavanda e uva.
Como fazer aromatizador de ambiente: veja receitas, essências e dicas
Saiba como fazer um aromatizador de ambiente caseiro com diferentes essências e receitas
por decorfacil - 10 de dezembro de 2019
Quer deixar sua casa sempre cheirosa e proporcionar um ambiente agradável para os moradores e visitantes? Aposte em
aromatizadores para o seu lar. Mas como fazer aromatizador de ambiente?
Pois bem, se a sua intenção é economizar com esse produto, você pode fazer no conforto do seu lar. Para isso, você precisará de
alguns itens que já se encontram em sua dispensa, sem precisar ter um custo alto.
Saiba que o aromatizador ajuda a atrair boas energias para sua casa, deixa o ambiente mais alegre, facilita a comunicação e pode
relaxar. Por isso, não deixe de investir em bons aromatizadores.
Para quem deseja fazer em casa, separamos neste post algumas informações fundamentais para você saber quais as essências que
são indicadas para cada cômodo do seu lar.
Além disso, explicamos como você pode fazer vários tipos de aromatizadores, desde os mais simples até os mais criativos. Confira
agora como fazer aromatizadores de ambiente e deixe sua casa ainda mais cheirosa.
Quais os principais tipos de essências para aromatizadores de ambiente?
O ideal é criar alguns aromatizantes com fragrâncias variadas. Mas antes você precisa entender qual a funcionalidade de cada
essência. Por isso, confira os principais aromas que separamos para vocês escolher.
Essência de Canela

A canela tem um aroma bem quente e sua origem é uma das mais antigas. Se você tem interesse em usá-la, saiba que a fragrância
ajuda a despertar, estimula os sentidos, abre o apetite e proporciona um clima ameno.
Essência de Sândalo

O sândalo possui um perfume aconchegante, mas ao mesmo tempo muito envolvente. Mas, além disso, a essência tem qualidades
medicinais. Portanto, é indicada se você quer proporcionar um ambiente mais calmo e tranquilo.
Essência de Capim-limão

O capim-limão é um dos mais queridos na hora de escolher um aromatizador. Isso porque o seu aroma é algo agradável que
proporciona uma sensação de bem-estar. Portanto, é fundamental usá-lo quando quiser melhorar a concentração.
Essência de Eucalipto

Quem sofre com problemas respiratórios pode usar aromatizadores com essências de eucalipto, já que a fragrância ajuda na
respiração funcional e é descongestionante. Além disso, o eucalipto fortalece o organismo.
Essência de Lavanda

A lavanda é outra essência que proporciona sensação de bem-estar e ajuda a criar mecanismo de defesa para organismo. Além do
mais, a fragrância ajuda a combater o estresse e a ansiedade.
Essência de Rosas

O aroma de rosa proporciona um perfume suave, mas também tonifica o sistema imunológico e ajuda a combater sintomas de
estresse, tensão, medo e até casos de depressão.
Essência de Patchouli

O patchouli possui uma reputação afrodisíaca por ser um aroma quente e intenso. O seu perfume doce e balsâmico ajuda a relaxar e
acalmar. É uma fragrância muito usada nos templos de meditação.
Como fazer um aromatizador de ambiente para sua casa?

Existem muitos aromatizadores no mercado, mas com custo elevado. Uma boa ideia é fazer o seu próprio aromatizador usando
materiais acessíveis. Dessa forma, você consegue fazer um para cada cômodo da sua casa. Confira.
Aromatizador de ambiente com cascas de laranja
O que você vai precisar:
 Água
 Cravos da índia
 Cascas de laranja ou de tangerina
Como preparar:
1. Pegue todos os elementos e coloque em uma panela;
2. Em seguida, espere até o momento de ferver;
3. O cheiro agradável será inevitável nesse momento;
4. Quando isso acontecer, desligue o fogo;
5. Agora você deve colocar a mistura em uma vasilha, spray ou até em um copo;
6. Prefira usar itens coloridos para proporcionar mais alegria;
7. Para deixar um cheirinho gostoso no cômodo da sua casa, deixe em um espaço reservado só para ele.
Aromatizador com limão e alecrim
O que você vai precisar:
 1/4 de maçã em fatias finas
 1 limão pequeno cortado em rodelas
 1 galho pequeno de alecrim que esteja fresco
 Água
 1 pote de vidro de sua preferência, o mais indicado é o de geleia
 1 aparelho de fondue de cerâmica
Como preparar:
1. Inicialmente, você precisa colocar o alecrim, o limão e a maçã dentro do pote;
2. Ferva a água e despeje sobre os itens dentro do pote;
3. Nesse momento, você precisa acender a vela do seu aparelho de fondue;
4. Coloque o pote em cima, mas tenha muito cuidado para não quebrar;
5. O calor do fogo vai ajudar a liberar o aromatizador;
6. Faça isso apenas quando estiver em casa porque você precisa controlar o fogo;
7. Quando não quiser mais, apague o fogo da vela.
Aromatizador de ambiente em gel
O que você vai precisar:
 2 copos de água
 4 pacotinhos de gelatina sem sabor
 15g a 20g de essência de sua preferência
 2 colheres de sopa de sal
 Corante alimentício
 Pote de vidro
Como preparar:
1. Pegue um copo d’água, coloque em uma panela e aqueça;
2. Depois coloque a essência e o corante que você escolheu;
3. Quando você perceber que a mistura estiver fervendo, desligue o fogo;
4. Em seguida, despeje a gelatina sem sabor na mistura;
5. Logo após coloque o sal e deixe dissolver bem;
6. Agora você vai pegar o segundo copo de água fria e despejá-lo na mistura;
7. Misture com muito cuidado;
8. Em seguida, coloque todo o conteúdo em alguns potinhos. Prefira usar potinhos de vidro;
9. Deixe reservado em algum lugar e espere endurecer;
10. Se quiser que endureça mais rápido, coloque na geladeira;
11. Por fim, distribua em vários cômodos de sua casa.
Aromatizador em flor
O que você precisa:
 1 recipiente de vidro
 Sal grosso
 Algumas laranjas
 Cravo da Índia
Como preparar:
1. Descasque a laranja, mas tenha cuidado em fazer uma única tira;
2. Pegue a casca e enrole como se fosse uma flor;
3. Faça isso mais duas ou três vezes;
4. Pegue o vasilhame de vidro;
5. Dentro dele coloque alguns dedos de sal grosso;
6. Ponha as flores de laranja em cima, mas deixe bem arrumada;
7. Para enfeitar, use os cravos da índia;
8. Se quiser incrementar, pode usar flores e folhas secas;
9. Deixe no ambiente que você quer aromatizar.
Aromatizador de ambiente na lâmpada
O que você vai precisar:
 1 lâmpada
 1 pequeno pedaço de algodão
 Use uma essência de sua preferência
Como preparar:
1. Espere a lâmpada ficar fria para desinstalá-la;
2. Pegue um pedaço de algodão um pouco da essência pelo lado de fora da lâmpada;
3. Reserve para secar e só pegue novamente quando tiver seco;
4. Instale a lâmpada novamente;
5. Ligue a lâmpada;
6. Espere que o calor da luz deixará o cheiro da essência exalar no ambiente.
Aromatizador de ambiente com palitos
O que você vai precisar:
 200 a 250 ml de álcool de cereais
 50 ml de água
 50 ml de essência
 10 ml de fixador
 Corante a gosto
 Palitos de churrasco, mas deixe as pontinhas todas cortadas
 1 pote, prefira um frasco de sabonete líquido que esteja vazio
Como preparar:
1. Pegue uma vasilha e coloque todos os ingredientes dentro;
2. Misture bem;
3. Coloque a mistura no freezer;
4. Deixe lá por 5 dias para macerar;
5. Caso não consiga colocar dentro do freezer, pode deixar dentro de um pacote fechado e tampado, mas coloque em um
lugar escuro e deixe macerar por 10 dias;
6. Depois dos 5 dias, coloque todo o produto dentro do frasco;
7. Coloque os palitos de churrasco dentro;
8. Para o aroma circular, você precisa ir virando os palitos de vez em quando.
O P E R F U M E I D E A L PA R A C A DA T I P O D E P E L E !
Pele seca
Sabe aquela sensação de que o cheiro do perfume parece não impregnar na pele e sai rápido? Bastante comum, não é? Tal sensação
se dá, majoritariamente, em quem possui a pele seca. O tipo seco de pele é mais áspero e torna a fixação da fragrância dificultosa,
fazendo com que tenhamos a impressão de que não utilizamos nada.
Para isso, vale o investimento em fragrâncias florais e orientais mais intensos que prometem demorar para desvanecer da pele.
Outra dica: é interessante fazer uso de cosméticos, como hidratantes, desodorantes que tenham fragrâncias iguais ou semelhantes
para fortificar o cheiro do perfume e melhorar a sua conservação.

Pele oleosa
Diferente da pele seca, em que o perfume dissipa rapidamente, a cútis com característica oleosa apresenta melhor absorção da
fragrância, por conta do óleo natural produzido, e a faz parecer mais forte do que realmente é.
Para esse tipo de pele, são recomendados aromas com notas leves e suaves, pois, como o cheiro é acentuado, a escolha de um
perfume intenso pode se tornar um tanto enjoativo e exagerado. Fragrâncias florais, cítricas e amadeiradas são opções que caem
bem para pele oleosa.

Pele mista ou normal


A chamada pele mista ou normal é muito comum. Ela apresenta as duas condições: oleosa e seca, normalmente, de maneira
equilibrada. Para que haja esse controle entre os dois tipos, é importante fazer a utilização de produtos corretos para hidratá-la e
manter tal equilíbrio.
Aqui, a escolha do perfume ideal é facilitada, já que a fixação acontece de modo eficaz. Por isso, qualquer aroma é bem-vinda,
seja fragrância floral, cítrica, amadeirada, oriental ou notas intensas. A durabilidade do aroma é prolongada e as notas do perfume
tendem a não ser alteradas.

Você sabia que também existem diferenças em relação as peles morena, negra e a pele clara? A pele morena e a negra geralmente
são mais oleosas e promovem melhor fixação do produto. Dessa forma, são indicados os toques cítricos e florais. A pele clara, por
sua vez, tende a ser ressecada, por isso as notas orientais e florais se mostram opções mais eficientes.
Dicionário de Óleos Essenciais – de A a Z
O que é Aromaterapia
Aromaterapia é uma técnica que nasceu na França nas primeiras décadas do século passado, e envolve a utilização de óleos
essenciais com o objetivo de equilibrar a mente, o corpo e o espírito. A palavra “aroma” se remete a cheiro e “terapia” a cura. Se
dividiu em dois grandes sistemas: a Aromaterapia inglesa, que se fixou mais no emprego dos óleos essenciais para o bem-estar, seja
através da massagem, inalações ou tratamentos estéticos, e a Aromaterapia francesa (ou aromatologia) que, além destas
abordagens, abrange o emprego clínico dos óleos essenciais e seu uso como fitoterápico. A Aromatologia concebe todo o estudo
científico dos efeitos e propriedades dos óleos essenciais, desde sua ação psicológica, aspectos clínicos, gastronômicos, estéticos e
energéticos, é o estudo científico dos óleos essenciais.
O que é Aromacologia
Aromacologia é um termo criado para descrever o conceito desenvolvido para o estudo das inter-relações entre psicologia e
tecnologia de fragrâncias. A marca AROMA-CHOLOGY® foi registrada em 1989, pelo Sense of Smell Institute, formalmente
conhecido como Fundação para Pesquisa do Olfato. A Aromacologia trabalha ativando determinadas áreas do sistema límbico e do
hipotálamo, que controlam a maioria das funções vegetativas e endócrinas do corpo.
A Aromacologia foca alcançar os efeitos positivos causados pelos aromas em todo organismo, nas emoções e no humor, para trazer
bem-estar e melhorar a qualidade de vida humana. Em paralelo, o tratamento terapêutico realizado através do emprego dos óleos
essenciais deve sempre ser conduzido e orientado por um médico ou terapeuta especialista, que avalia e acompanha o quadro de
cada paciente, analisando-o dentro de uma abrangente visão, levando em consideração os aspectos físicos, mentais e emocionais de
cada indivíduo.
A indústria da perfumaria e cosmética vem a trabalhando cada vez mais com o conceito da Aromacologia, com o objetivo de
desenvolver estudos e pesquisas para acompanhar os efeitos das fragrâncias sobre o comportamento humano.
o Alecrim Cânfora (Rosimarinus officinalis)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Tônico que ajuda no alívio do cansaço e fadiga mental. Alivia dores de
câimbras, contusões e torções. Em shampoos, aumenta o crescimento capilar. Estimula a circulação melhorando a drenagem
linfática e aliviando dores nas pernas e varizes. Evite uso por hipertensos.
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Para aqueles desatentos, cansados e sonolentos. Induz ao aumento de ondas
beta na região anterior do cérebro e, por isso, ajudando a melhorar a concentração e a atenção que facilitam o aprendizado.
o Anis Estrelado (Illicium Verum)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Equilibra o sistema endócrino feminino ajudando a amenizar sintomas de
menopausa, TPM e cólicas. Estimula o aumento da produção de leite materno. Diurético, reduz edemas e auxilia na drenagem
linfática. Devolve maciez e hidratação à pele madura. Reduz o crescimento de pelos.
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Para os críticos e negativos que tem dificuldade de viver momentos de alegria
com plenitude por terem tido a doçura e a afetuosidade “feminina” de seu arquétipo infantil ferido quando pequenos.
o Bergamota (Citrus bergamia, a LFC não mancha a pele)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Reduz a ansiedade e o estresse, melhora a insônia e reduz a hipertensão
(vasodilatador), além de ser neuroprotetor. Possui propriedades cicatrizantes e analgésicas. Utilizado em dermatites, seborreia,
psoríase e hiper-hidrose. Cuidado, mancha a pele se for ao sol.
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Dissolve nos inflexíveis e irritadiços seu pessimismo e autocrítica, tornando-os
mais leves e calmos para fluir no mundo. Harmoniza os pensamentos estressantes trazendo clareza, harmonia e tranquilidade.
o Camomila Romana (Anthemis nobilis)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Possui propriedades anti-inflamatórias benéficas e para a pele em casos de
irritações, alergias, coceiras e picadas de insetos. É sedativo e ansiolítico, favorece o sono (reduz a insônia) agindo como
tranquilizante. Útil no alívio de cólicas menstruais em geral e na melhora da rinite.
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Age no coração dissolvendo mágoas, o ódio e promovendo a consciência do
perdão. Para quem mantém pensamentos negativos, depressivos e suicidas. Para contato com as esferas angelical e espiritual.
o Canela da China (Cascas, Cinnamomum cassia)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Estimulante metabólico, promove queima de gordura, reduz a flacidez e
celulite. Poderoso antisséptico de vasta ação antimicróbica. É um anti-inflamatório útil contra o reumatismo e artrites. Utilizar na
pele com cautela (0,5-1% em óleo) pois pode queimar, nunca use puro.
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Óleo de energia solar que trabalha a expressão, rompendo limitações, timidez
e medo. Dissolve tristezas e depressões. Favorece a libido e o desejo sexual. Aumenta a energia vital, diminuindo o cansaço.
o Capim Limão (Cymbopogon citratus/ Cymbopogon flexuousus)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Promove relaxamento e reduz a ansiedade. Promove queima e redução de
gordura, flacidez e celulite. Diminui a hipertensão (vasodilatador), é antifúngico (micoses), anti-inflamatório e antibacteriano de
vasto espectro. Na pele, sempre usar diluído em carreador.
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Relaxa e reduz ansiedade. Auxilia a trabalhar experiências dolorosas de
rejeição, que é somatizada na forma de frustração e raiva. Favorece a externalização destas sensações guardadas para um trabalho
consciente.
o Cipreste (Europeu/ Lusitânica + antimicrobial, Cupressus sempervirens / lusitânica)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Adstringente indicado para tratamento de acne e seborreia. Melhora a
circulação sendo útil na drenagem linfática, edemas, varizes e hemorroidas. Eficiente em furúnculos e abcessos, cistos sebáceos e
sinoviais. Comumente empregado em micoses e frieiras.
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Para aqueles que precisam trabalhar o desapego e a aceitação de perdas ou
morte. Para diminuir o apego ao supérfluo, focando mais seu interior. Facilita a meditação, introspecção, o estudo e a concentração.
o Citronela (Cymbopogon winternalus)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Repelente de insetos, principalmente moscas e mosquitos (inclusive o da
dengue). Reduz a coprofagia em cães e a tendência a latir excessivamente. É antisséptico, anti-inflamatório (artrite) e antimicótico
(muito útil em micoses de pele). Reduz a fome (inalação).
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Para aqueles que ao se confrontar com situações desagradáveis, manifestam
agressividade e raiva, tendo dificuldade em dissolver sentimentos ruins dentro de si. Para pessoas invasivas e pegajosas.
o Copaíba (Copaifera officinalis / reticulata)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Excelente cicatrizante, promove hidratação, cuidando da pele e cabelos.
Eficaz anti-inflamatório e analgésico geral. Benéfico na endometriose, cistite, bronquite, artrite, reumatismo, fibromialgia e lábios ou
seios rachados. Possui propriedades neuroprotetoras.
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Para pessoas ansiosas e impacientes, nas quais a agitação mental deixa-as
aéreas e sem foco. Age como um sedativo, ao mesmo tempo que trabalha a estabilidade e autoconfiança para tomar iniciativas na
vida.
o Cravo da Índia (o OE dos botões é mais suave, Syzgium aromaticum)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Possui ação antimicróbica potente. Útil na eliminação de verrugas e
micoses de unha. É anticoagulante e anti-inflamatório. Analgésico em massagens, alivia a dor de aftas e dentárias. Repelente
potente (mais que a citronela) de vários insetos (inclusive o mosquito da dengue).
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Para aqueles que precisam se sentir fortes e capazes novamente,
reconhecendo seu potencial e analisando as causas de seus problemas e soluções. Fortalece a ação, iniciativa e coragem. Energiza o
campo sutil.
o Espruce (Branco e Preto, Tsuga canadensis / Picea mariana)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Possui qualidades relaxantes dos nervos. Indicado para melhorar o sono
(insônia) na ansiedade e hiperatividade. É anti-alergênico (rinites, tosses, alergias de pele) e antiespasmódico (reduz cólicas diversas)
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Útil aqueles que cativam agressividade e intolerância ao próximo, sendo
incapazes de reflexão ou dissolução destas emoções. Desperta a generosidade e a consciência para o trabalho e harmonia em
grupo.
o Eucalipto (Globulus / Cinérea / Radiata/ Eucalyptus sp.)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Expectorante, limpa o pulmão de catarro, útil em asma, efisema, bronquite
e sinusite. Melhora a absorção de outros óleos essenciais pela pele. Combate piolho, pulgas e carrapatos. Possui efeito analgésico
em dores musculares por massagem.
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Trabalha conflitos pelo aprimoramento da comunicação. Para pessoas
psiquicamente instáveis, contraditórias e que oscilam em ideias e emoções. Melhora a integração com a vida e atua como
purificador geral.
o Gengibre (CO2/ HD, Zingiber officinalis)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Rico em propriedades analgésicas, sendo um anti-inflamatório potente
empregado no tratamento de reumatismo, artrite, nervo ciático e fibromialgia. O CO2 é mais eficaz em aquecer, queimar gordura
localizada e melhorar a aparência da celulite. É digestivo e laxante.
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Combate indisposição, fadiga e o desânimo. Aumenta a motivação, reduz a
tendência à dispersão mental e melhora a assimilação. Para aqueles de temperamento lento, tímido e medroso. É afrodisíaco.
o Gerânio (Bourbon/ Africano, Pelargonium graveolens)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Equilibrador hormonal feminino (TPM, menopausa). Antioxidante,
renovador e rejuvenescedor da pele, útil em acne, psoríase, eczemas e rosácea. Eficaz contra candidíase. Trata a celulite e previne
estrias melhorando a aparência da pele. É anti-inflamatório.
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Útil aqueles conflitos internos com a figura materna ou o feminino. Se sentem-
se sem apoio, são inseguros e têm medos diversos. Desperta a sensibilidade e melhora dificuldades de se relacionar com o outro.
o Hortelã (Pimenta e do Campo, Mentha piperita / arvensis)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Expectorante (sinusites e bronquites). Analgésico no alívio de dores.
Digestivo, reduz mau hálito. Refrescante em insolações e coceiras. Estimula a circulação e queima de gordura localizada. Melhora
enxaquecas, remove manchas de pele e estimula crescimento de cabelos.
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Para aqueles com a mente congestionada de pensamentos, dificuldade em de
se concentrar e raciocinar. Traz clareza mental, melhora a atenção, revigora e cansaço e reduz o sono durante o dia. Purifica a aura e
ambientes.
o Laranja (Todos os tipos, Citrus aurantium / sinensis)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Possui efeito tranquilizador. Estimula o colágeno da pele. Depurativo e
desintoxicante hepático. Muito utilizado em problemas de circulação e drenagem. Reduz o colesterol alto, facilita a digestão, reduz
gases, melhora a prisão de ventre e combate a anorexia nervosa.
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Para aqueles que se tornaram tensos, ansiosos e por vezes tristes,
depressivos. Resgata a criança interior, trazendo à tona a alegria esquecida, reduz a ansiedade, dissolve o estresse, dá ânimo e
motivação.
o Lavanda (40/42, Fina – a mais potente, Levandula angustifólia)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Calmante e ansiolítica, favorece o sono e reduz a hiperatividade. Útil no
tratamento de pele, por ser cicatrizante e regeneradora (queimaduras, acne, psoríase, assaduras, escaras, insolação, picadas,
herpes, alergias). Possui qualidades neuroprotetoras.
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Para aqueles tensos, estressados, que perdem o sono à noite, com
esgotamento do corpo físico e das forças mentais. Promove profundo relaxamento trazendo uma sensação de liberdade e paz com a
vida.
o Lavandim (Abrialis/ Super/ Grosso, Lavandula x Intermedia)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Possui efeitos similares aos da lavanda, porém menos potente como
calmante. A presença de cineol e cânfora, o torna muito útil no tratamento de rinites e sinusites (antialérgico e expectorante). Útil
em massagens para relaxar nervos e músculos tensos.
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Para os tensos, estressados e ansiosos. Ação similar a lavanda, trazendo paz,
conforto e bem-estar. Como ela, ajuda a reduzir a impaciência, amenizar estados de choque, insônia e irritabilidade nervosa.
o Lima (limão) Tahiti e Lima da Pérsia (Citrus aurantifolia / limettoides)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Utilizado na queima de gordura localizada, melhora a celulite, da má
circulação (varizes, hemorroidas, flebite, trombose, aterosclerose) e na drenagem linfática. Possui ação depurativa e desintoxicante,
é hepatoprotetor, reduz o colesterol. No sol mancha a pele, cuidado.
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Pata aqueles que precisam ser estimulados para ideias mais claras e lúcidas.
Promove a dissolução de memórias traumáticas. Facilita a organização da mente, reduz a ansiedade, trazendo bem-estar a alegria
no dia.
o Limão Siciliano (O LFC não mancha a pele, Citrus limon)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Desintoxicante e hepatoprotetor. Na pele e cabelos, reduz a oleosidade,
limpa os vasos de entupimentos, sendo útil em varizes, aterosclerose, má circulação, flebite e trombose. Útil contra celulite
(massagem) e na melhora da acne. Reduz o mau colesterol.
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Auxilia na limpeza mental, trazendo clareza aos pensamentos, mais foco e
objetividade. Deixa a mente mais desperta, reduzindo o sono e facilitando o estudo. Promove uma sensação de purificação e
limpeza interna.
o Mirra (Todos os tipos, Commiphora mirrha / mukul)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Poderoso cicatrizante, útil em escaras, queimaduras e machucados. Útil na
gengivite. Aumenta a imunidade. Ajuda no hipotireoidismo (mirra indiana). Na pele, promove a redução de rugas (especialmente
mirra indiana – oleorresina/abs). Melhora a lubrificação vaginal (gel).
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Para pessoas que carregam dentro de si amarguras, intenso sofrimento e
precisam transmutar experiências difíceis e dolorosas. Um óleo protetor que favorece a introspecção e reduz a sensibilidade ao
negativismo.
o Olíbano (Todos os tipos, Boswella carteri / serrata / frereana)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Imunoestimulante (aumenta a fagocitose e proliferação dos linfócitos).
Melhora a imunidade da pele reduzindo inflamações e agindo como anti-aging (previne o envelhecimento da pele). Útil em
problemas respiratórios como asma, rinite e bronquite. Melhora circulação.
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Para aqueles que perderam a conexão com seu Deus interior, que não se
adaptam ao mundo em que vivem. Permite o equilíbrio interno, favorece a meditação, a responsabilidade e encontro com a
espiritualidade.
o Orégano (Qt. carvacrol, Origanum vulgare)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Anti-inflamatório potente (artrite, reumatismo) e analgésico (dores em
geral) e antimicróbico (candidíase, micoses, verrugas, infecções de todos os tipos e resistentes). Em xampu, estimula o crescimento
capilar. Favorece a queima de gordura localizada em massagens.
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Para aqueles que se sentem vulneráveis na vida, cansados e sem força e que
são facilmente atacados e sugados de suas energias. Combate o tédio, a frustração e devolve a vitalidade perdida para lutar por seus
ideais.
o Palmarosa (Cymbopogon martinii var. motia)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Melhora a aparência da pele, promovendo regeneração celular, redução de
manchas, rosácea e rugas, combate a acne. Auxilia na cicatrização (inclusive em escaras), reduz mau cheiro nas axilas e chulé. Possui
efeito harmonizador dos hormônios femininos.
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Para aqueles que precisam despertar o amor universal, mas impondo limites
ao seu espaço para não serem abusados por terceiros. Equilibra o relacionamento com a figura materna, dissolve raiva e
agressividade.
o Patchouli (Todos os tipos, Pogostemon cablin)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Possui quantidades anti-inflamatórias, cicatrizantes, hidratantes e
regeneradoras de pele (psoríase, dermatite, rachadura de pé, etc). Possui ação contra o vírus da gripe (antigripal). Fortalecedor de
vasos frágeis, varizes e hemorroidas. Antimicótico útil contra frieiras.
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Torna indivíduos mais responsáveis, menos críticos e capazes de valorizar as
qualidades alheias, facilitando o entendimento do outro. Para quem começa e nunca vai ao fim, fortalece o idealismo e
determinação.
o Pimenta Negra (Pimenta do Reino, Piper negrum)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Tonifica os vasos. Melhora a aparência da celulite, ajuda na drenagem
linfática e varizes. Em xampus, estimula o crescimento capilar e reduz a oleosidade. É considerado útil para parar de fumar. O óleo
via CO2 arde e com isso é mais potente na estimulação da circulação geral.
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Útil nas situações de falta de vitalidade, condicionadas pelo medo ou
insegurança. Melhora a energia de expressão e ação do indivíduo. Facilita a tomada de decisões. Afrodisíaco, reduz a tristeza e
melancolia.
o Pinheiro Silvestre (Pinus sylvestris)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Inibe a degradação da cartilagem, prevenindo o agravamento da
osteoartrite e da artrose. Melhora a calcificação óssea. Promove dissolução de cálculos renais e de cristais de gota. Possui efeito
sedativo, aumenta a imunidade e melhora a circulação.
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Promove a introspecção e o desapego, favorecendo aqueles que culpam a si
mesmos, que acham que sempre poderiam ter feito melhor, culpando-se. reduz a ansiedade, favorece o trabalho conjunto e os
estudos.
o Rosa (Vermelha/ De maio/ Damasco, Rosa sp.)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Melhora a produção de colágeno na pele, promovendo rejuvenescimento
facial. Cicatrizante e antioxidante (anti-aging). Previne o envelhecimento da pele. Harmoniza os hormônios femininos (menopausa e
TPM). Reduz a agitação e ansiedade. Potente antioxidante.
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Desperta o amor próprio e fraterno ao outro, trabalhando bloqueios ao
feminino e ao arquétipo materno. Expande o coração e o interesse para a vida, rompe medos e timidez, harmonizando relações.
o Sálvia Esclareia (a 3/4 é a que contém mais esclareol, Salvia sclarea)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Possui propriedades calmantes, ansiolíticas e antidepressivas potentes.
Harmoniza os hormônios femininos (menopausa e TPM). Promove efeito regenerador e cicatrizante da pele (útil em escaras e
queimaduras). Controla a transpiração excessiva de mãos e pés.
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Reduz a confusão mental, a ansiedade ou o pânico para se ter uma visão mais
clara da vida e absorver as impressões do outro de forma mais real. Facilita a meditação. Equilibra indivíduos compulsivos e
obsessivos.
o Tea Tree (Melaleuca alternifólia)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Imunoestimulante e antimicróbico de vasto espectro, útil em micoses,
candidíase, caspa, infecções bacterianas, psoríase, herpes, gripe, viroses. Combate gengivite e melhora aftas. Mata piolho, ácaros,
sarna, pulgas e carrapato. Muito eficaz na otite e no combate a acne.
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Para aqueles que carregam conflitos sexuais, ninfomania ou se sentem
impuros com seus pensamentos. Auxilia pessoas com tendência a se vitimar ou que descarregam em compulsões sua angustia.
Purificador.
o Vetiver (Vetiver zizanoides)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Anti-inflamatório útil no reumatismo e artrite. Imunoestimulante,
antioxidante e antimicróbico. Considerado afrodisíaco, estimulante da libido e tônico de gônadas. Potente cicatrizante (escaras e
queimaduras), regenerador e clareador de manchas escuras da pele.
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Melhora a capacidade de raciocinar com pés no chão. Útil para pessoas
desorganizadas e indecisas, sem autoconfiança e com dificuldade em aceitar seu próprio corpo. Harmoniza o arquétipo masculino
(ânimus).
o Ylang Ylang (Completo e frações, Cananga odorata)
Aromaterapia – Aspectos farmacológicos e cosméticos: Sedativo, antidepressivo e calmante, reduz a ansiedade e favorece o sono.
Reduz a oleosidade excessiva do couro cabeludo e face. Possui efeito rejuvenescedor e cicatrizante da pele. Harmoniza os
hormônios femininos (menopausa e TPM). Ajuda a reduzir a hipertensão arterial.
Aromacologia – Aspectos emocionais e vibracionais: Para indivíduos com dificuldades em expressar sua afetividade, com
problemas de toque e contato, traumas ou bloqueios sexuais, e atitudes egoístas. Relaxa e facilita o sono. Afrodisíaco, melhora a
libido e o desejo.

Você também pode gostar