Você está na página 1de 4

Disciplina: Engenharia da Qualidade – EQ_4 – 2020/1 Prof.

Me. Eng. Ricardo Buneder


Atividade_8
Nome: Tathianne Valeska Reis Ferreira.

Data limite para postagem: 20/05/2020


Importante: o desenvolvimento matemático claro e completo da solução das
questões deve constar na resposta das mesmas. O não cumprimento dessa
exigência zera a nota relativa à questão.

1) O gerente de produção de uma determinada empresa participa de um


projeto de desenvolvimento de produto a partir da plataforma de um produto já
existente. Para tal, o gerente de produção propõe para a equipe de
desenvolvimento o uso da técnica Failure Mode and Effect Analysis (FMEA),
tanto para o desenvolvimento do produto como para o do processo de
produção. Considerando as especificidades da técnica FMEA, avalie as
afirmações a seguir.
I. Para a elaboração do FMEA de um processo, as fontes de informações
necessárias são os dados provenientes dos fornecedores.
II. A aplicação do método FMEA tem como objetivo aumentar a confiabilidade
do produto ou processo.
III. O uso da técnica FMEA no projeto de um novo produto possibilita a
redução de dois tipos de desperdícios: defeitos e produção em excesso.
IV. O número de prioridade de risco no FMEA resulta da multiplicação entre
os índices de severidade ( S ), ocorrência ( O ) e detecção ( D ).

É correto apenas o que se afirma em:


(A) I e III
(B) II e III
(C) II e IV
(D) I, II e IV
(E) I, III e IV
I- Incorreta. A FMEA é uma ferramenta que consiste em
sistematizaratividades para derectar possíveis falhas e avaliar seus
efeitos no projeto ou no processo.
II- Correta. Como diz acima a FMEA é uma ferramenta utilizada para
aumentar a confiabilidade de um produto durante a fase de projeto ou
processo
III- Incorreta. A FMEA é uma ferramenta usada para a detecção de
possíveis falhas no produto, no processo sistemas e nos serviços.
IV- Correta-pois como diz acima o método FMEA consiste na criação de
índices relacionados a três aspectos como: severidade, detecção e
ocorrência e pela multiplicação entre eles, são obtidos índices que,
colocados em ordem descrescente, mostram os modos de falaha
ordenados com sua importância, de acordo com a ordem do risco da
ocorrência de falha.

2) Em uma fábrica de produtos biscoitos, a produção é feita utilizando-se


uma máquina automática, composta por cinco componentes principais ligados
em série: misturador, rolo, cortador, aplicador e forno. As confiabilidades de
cada um dos componentes, isto é, a probabilidade de o componente não falhar,
estão indicadas na tabela a seguir.

Componentes Confiabilidade
Misturador 0,94
Rolo 0,92
Cortador 0,96
Aplicador 0,80
Rolo 0,97

A confiabilidade total do sistema está entre:


(A) 0,20 e 0,40
(B) 0,50 e 0,59
(C) 0,60 e 0,70
(D) 0,75 e 0,84
(E) 0,85 e 0,99

Rs=0,94 X 0,92 X 0,97 X 0,80 X 0,96= 0,64


3) Analise as asserções a seguir e a relação proposta entre elas.
I. No desenvolvimento de um produto, a metodologia FMEA (Failure Mode and
Effects Analysis) é uma ferramenta com melhor relação custo-benefício para a
Garantia da Qualidade.
PORQUE
II. A FMEA ajuda a descobrir as falhas críticas potenciais de um sistema para
eliminá-las ou controlá-las.
Analisando-se as afirmações acima, conclui-se que:
(A) as duas afirmações são verdadeiras, e a segunda justifica a primeira.
(B) as duas afirmações são verdadeiras, e a segunda não justifica a primeira.
(C) a primeira afirmação é verdadeira, e a segunda é falsa.
(D) a primeira afirmação é falsa, e a segunda é verdadeira.
(E) as duas afirmações são falsas.

4) Em um teste de confiabilidade, 10 unidades de um produto foram


colocadas, cada uma, em teste durante 1.000 horas. O objetivo do teste era o
de determinar o TMEF (Tempo Médio entre Falhas), sendo que as unidades
que falham não são repostas. Duas dessas unidades falharam após 100 horas
e 200 horas de funcionamento.
O valor estimado encontrado para TMEF, em horas, foi de:
(A) 300
(B) 1000
(C) 1300
(D) 4150
(E) 14.150

TMEF = tempo de operação/número de falhas


Tempo total (Tt) = nº de componentes x nº de horas total
Tt = 10 x 1.000 = 10.000
Tempo de operação (To) = tempo total – Tempo total de não operação

Tempo total de não operação (TNOt) = TNO da unidade 1 + TNO da unidade 2


TNO unidade 1 = 1.000 – 100 = 900
TNO unidade 2 = 1.000 – 200 = 800

Tempo total de não operação (TNOt) = 900+800 = 1700


Tempo de operação (To) = tempo total – tempo total de não operação
To = 10.000 – 1700 = 8.300
TMEF = 8.300/2 = 4150 h
5) A análise do Modo e Efeito de Falha (FMEA) é uma abordagem que ajuda
a identificar e a priorizar falhas potenciais em equipamentos, sistemas e
processos. Suponha que uma equipe de manutenção esteja analisando o
FMEA de um mancal, presente em um misturador, levantando a seguinte tabela
de dados:
Componente Mancal

Função do componente Suportar radialmente o eixo do


misturador
Falhas possíveis Fratura da caixa do mancal
Folga excessiva do mancal
Aumento da vibração
Efeitos Danos ao mancal e ao eixo
Danos à estrutura do misturador

Causas Mancal subdimensionado


Fixação inadequada
Controles atuais Nenhum

Essas falhas têm como efeitos, para a produção, a parada parcial da unidade e
o refugo do produto que não tenha sido misturado corretamente.
Qual o Grau de Severidade da Falha, considerando-se que o Número de
Prioridade de Risco (NPR) desse sistema seja igual a 60, que a Frequência de
Ocorrência da Falha seja igual a 6 e que a Probabilidade de Detecção da Falha
seja igual a 2?
(A) 5
(B) 10
(C) 15
(D) 20
(E) 30
NPR=60
D=2
O=6
NPR=S x O xD
60=S X 6 X 2
S=60/12
S=5

Você também pode gostar