Você está na página 1de 19

ESTRUTURAS DE CONCRETO ARMADO 2

PROJETO DE LAJES MACIÇAS DE CONCRETO ARMADO


As lajes dos edifícios são regiões retangulares apoiadas sobre vigas.
P1 P2 P3 P4
V1 V2
V5b

V7b
V6b

V8b
L1 L2

P5 P6 P7 P8
V3a V3b V3c

L3 L4 L5
V5a

V7a
V6a

V8a
V4a V4b V4c
P9 P10 P11 P12

No geral, são arranjos contínuos que, por simplicidade, são tratados


individualmente e a continuidade é resolvida por processo aproximado. Daí a
importância do estudo das lajes isoladas.
CONVENÇÃO PARA REPRESENTAR O TIPO DE APOIO
Livre Apoiada Engastada

CLASSIFICAÇÃO DAS LAJES


• Laje armada em uma direção.
• Laje armada em duas direções.
Laje armada em uma direção
Quando a relação entre da maior dimensão pela menor for > 2.
Quando os apoios da borda configurar uma direção do apoio.
A direção de apoio é a direção principal e os esforços principais são calculados
com ela.

Livre
V1

V2

Apoiada

Apoiada
Lx

V1 V2 Livre
Laje armada em uma direção

V1
V1 Engastada

Livre

Livre
Lx
Livre

V1
Apoiada

Apoiada

Apoiada
Ly
Lx

Apoiada
V2

Ly > 2Lx
Solicitações nas lajes armadas em uma direção isoladas
Em lajes contínuas como abaixo, deve-se determinar as solicitações como
viga contínua.
Laje armada duas direções
Quando a relação entre da maior dimensão pela menor for < 2.
Possuir apenas uma borda livre.

Para as lajes sem bordas livres são definidas 6 situações fundamentais


apresentadas a seguir.

1 2A 2B 3

4A 4B 5A 5B

Neste curso serão estudadas as lajes maciças e será utilizada a teoria elástica para o
cálculo dos momentos fletores.
Cálculo dos momentos fletores em lajes isoladas

Tabelas de Bares modificada por Libânio M. Pinheiro


Lajes contínuas
O efeito da continuidade em um apoio comum, dado pelo valor do momento negativo a
ser adotado no cálculo da armadura de ligação entre esses painéis, é tratado de modo
aproximado a partir dos valores dos momentos de engastamento obtidos para as lajes
supostamente isoladas.

O momento a ser utilizado no cálculo da armadura comum é:

Os momentos positivos desses painéis nessa direção devem ser corrigidos somando-se a eles
as semi-parcelas retiradas dos momentos negativos.
XA 2 XC 1 XC 2
XA-B XB - C XC-D
XB 1 XB 2 XD 1
XA-B X B-C X C-D

A B C D
MA M A corr. MC
MA MB M C corr.

MC
Armaduras das lajes

Armaduras mínimas
Critério para as lajes sem armadura para força cortante
Distribuição das armaduras
Prescrições gerais da seção 20 da NBR 6118
Armação positiva
Armaduras em bordas engastadas
Armaduras principais dos balanços
Armaduras suplementares negativas em lajes com bordas apoiadas
Exercício 1
Determinação de solicitações em laje de piso.
Dados:
q=1,5 kN/m2; Revs=1,6kN/m2; Peso conc= 25 kN/m3;
Espessura das lajes = 12 cm

600,00 800,00 600,00


P1 V1a P2 V1b P3 V1c P4
V4b

V5b

V7b
V6b
400,00

V2a L1 V2b L2 L3
P5 P6 P7 P8

15,00
V4a

V5a

V7a
V6a
L4 L5 L6
V3a V3b V3c

P9 P10 P11 P12


17
L1 L2
17
Exercício 2 563 123
Detalhamento das 283

armaduras de uma 12 12

laje de piso

12
Dados:
q=1,5 kN/m2; 243 443

Revs=1,6kN/m2
Peso conc= 25 kN/m3
C 25; 363 L3

12
CA 50 e CA 60

L4
12

243
12 17

12

368
393

L5 L6 258
17

Você também pode gostar