Você está na página 1de 6

O sistema circulatório ou cardiovascular, formado pelo coração e vasos sanguíneos, é responsável pelo

transporte de nutrientes e oxigênio para as diversas partes do corpo.


A circulação sanguínea corresponde a todo o percurso do sistema circulatório que o sangue realiza no corpo
humano, de modo que no percurso completo, o sangue passa duas vezes pelo coração. Esses circuitos são
chamados de pequena circulação e grande circulação. Vamos conhecer um pouco mais sobre cada um
deles:
A pequena circulação ou circulação pulmonar consiste no caminho que o sangue percorre do coração aos
pulmões, e dos pulmões ao coração.
Assim, o sangue venoso é bombeado do ventrículo direito para a artéria pulmonar, que se ramifica de
maneira que uma segue para o pulmão direito e outra para o pulmão esquerdo.
Já nos pulmões, o sangue presente nos capilares dos alvéolos libera o gás carbônico e absorve o gás
oxigênio. Por fim, o sangue arterial (oxigenado) é levado dos pulmões ao coração, através das veias
pulmonares, que se conectam no átrio esquerdo.
A grande circulação ou circulação sistêmica é o caminho do sangue, que sai do coração até as demais
células do corpo e vice-versa.
No coração, o sangue arterial vindo dos pulmões, é bombeado do átrio esquerdo para o ventrículo esquerdo.
Do ventrículo passa para a artéria aorta, que é responsável por transportar esse sangue para os diversos
tecidos do corpo.
Assim, quando esse sangue oxigenado chega aos tecidos, os vasos capilares refazem as trocas dos gases:
absorvem o gás oxigênio e liberam o gás carbônico, tornando o sangue venoso.
Por fim, o sangue venoso faz o caminho de volta ao coração e chega ao átrio direito pelas veias cavas
superiores e inferiores, completando o sistema circulatório.

O sangue é um tecido líquido e exerce papel fundamental no sistema circulatório. É pela corrente sanguínea
que o oxigênio e nutrientes chegam até as células.Desse modo, ele retira dos tecidos as sobras das
atividades celulares, como o gás carbônico produzido na respiração celular e conduz os hormônios pelo
organismo.

O coração é um órgão muscular, que se localiza na caixa torácica, entre os pulmões. Funciona como uma
bomba dupla, de modo que o lado esquerdo bombeia o sangue arterial para as diversas partes do corpo,
enquanto o lado direito bombeia o sangue venoso para os pulmões.
O coração funciona impulsionando o sangue por meio de dois movimentos: contração ou sístole e
relaxamento ou diástole.

As principais estruturas do coração são: Pericárdio: membrana que reveste o exterior do coração.
Endocárdio: membrana que reveste o interior do coração. Miocárdio: músculo situado entre o pericárdio e o
endocárdio, responsável pelas contrações do coração. Átrios ou aurículas: cavidades superiores por onde o
sangue chega ao coração. Ventrículos: cavidades inferiores por onde o sangue sai do coração. Válvula
tricúspide: impede o refluxo de sangue do átrio direito para o ventrículo direito. Válvula mitral: impede o
refluxo de sangue do átrio esquerdo para o ventrículo esquerdo.

Os vasos sanguíneos são tubos do sistema circulatório, distribuídos por todo o corpo, por onde circula o
sangue. São formados por uma rede de artérias e veias que se ramificam formado os capilares.

As artérias são vasos do sistema circulatório, que saem do coração e transportam o sangue para as outras
partes do corpo. A parede da artéria é espessa, formada de tecido muscular e elástico, que suporta a pressão
do sangue. O sangue venoso, rico em gás carbônico, é bombeado do coração para os pulmões através das
artérias pulmonares. Enquanto o sangue arterial, rico em gás oxigênio, é bombeado do coração para os
tecidos do corpo através da artéria aorta. As artérias se ramificam pelo corpo, ficam mais finas, formam as
arteríolas, que se ramificam ainda mais, originando os capilares.

As veias são vasos do sistema circulatório, que transportam o sangue de volta dos tecidos do corpo para o
coração. Suas paredes são mais finas que as artérias.

A maior parte das veias transporta o sangue venoso, ou seja, rico em gás carbônico. Contudo, as veias
pulmonares transportam o sangue arterial, oxigenado, dos pulmões para o coração.

Capilares
Os capilares são ramificações microscópicas de artérias e veias do sistema circulatório. Suas paredes
apresentam apenas uma camada de células, que permitem a troca de substâncias entre o sangue e as
células. Os capilares se ligam às veias, levando o sangue de volta para o coração.

Pelo corpo de uma pessoa adulta circula, em média, seis litros de sangue, numa ampla rede de vasos
sanguíneos, bombeados pelo coração.
HORIZONTAIS
3. São glóbulos brancos relacionados aos processos alérgicos.
6. Nome dado ao aumento do número de leucócitos no sangue.
7. Órgão que recolhe as hemácias velhas do sangue.
8. Nome dado a diminuição do número de plaquetas no sangue.
11. Também chamados de glóbulos brancos, produzidas na medula óssea, são células de defesa do
organismo (sistema imunológico), que destroem os agentes estranhos, como bactérias e vírus.
12. Trata-se de um tecido líquido, formado por diferentes tipos de células, que circula por todo nosso
corpo.
13. Quadro clinico que se caracteriza pela diminuição do número de hemácias no sangue.
14. Substâncias ou proteínas especiais produzidas pelos leucócitos durante a defesa do corpo contra
agentes estranhos ou patogênicos.
15. São células em maior quantidade nos humanos, em fora de disco côncavo de ambos os lados, não
possuem núcleo.
16. Nome dado a diminuição do número de leucócitos no sangue.
17. É uma proteína cujo pigmento vermelho dá a cor característica ao sangue que tem a propriedade de
transportar o oxigênio.
18. Gás indispensável a respiração, transportado pelas hemácias.
VERTICAIS
1. Também chamadas de trombóticos, não são células, mas fragmentos celulares, que atuam na coagulação
do sangue.
2. Substâncias químicas produzidas pelas glândulas e que são transportadas pelo sangue até os órgãos
onde regulam o seu funcionamento.
4. É um líquido de cor amarela e corresponde a mais da metade do volume do sangue.
5. Região do osso onde são produzidos os elementos do sangue.
9. Um tipo de câncer no sangue caracterizado pelo aumento do número de leucócitos.
10. Nome dado às células que compõem o sangue .
1. O Coração é um órgão do Sistema Circulatório. Assinale a alternativa INCORRETA
a) É a bomba propulsora que faz o sangue circular por todo o corpo. 
b) Localiza-se na cavidade torácica entre os pulmões, no mediastino. 
c) Apresenta 4 grandes cavidades.
d) Seus batimentos são voluntários
2. Os Vasos sanguíneos são as vias de transporte por onde o sangue circula.  Não se pode
afirmar que:
a) as artérias  são vasos que saem do coração e conduzem o sangue para todo o corpo
b) veias são vasos que carregam sangue dos tecidos ao coração
c) capilares são vasos sanguíneos com grande espessura que se originam das
ramificações das artérias e veias 
d) capilares tem como função irrigar as células.
3. Sobre o sistema circulatório analise os itens:
I. Linfa: fluido produzido quando o sangue passa pelos capilares e vaza para os espaços
entre as células.
II. Vasos linfáticos: são as vias de transporte da linfa. Drenam a linfa do espaço entre as
células (espaço intersticial) para as veias subclávias.
Está(ão) correto(s)
a) Somente I b) Somente II c) I e II d) nenhum
4. O sistema circulatório é responsável por conduzir elementos essenciais para todos os
tecidos do corpo: oxigênio para as células, hormônios (que são liberados pelas glândulas
endócrinas) para os tecidos, condução de __________ para sua eliminação nos pulmões,
coleta de excretas metabólicos e celulares, entrega desses rejeitos nos órgãos
excretores, como os rins.
Qual das alternativas completa a frase
a) dióxido de carbono b) oxigênio c) nitrogênio d)
hidrogênio
5. Assinale a alternativa que não representa uma função do sistema respiratório
a) Apresenta importante papel no sistema imunológico de defesa contra infecções
b) Atua na termorregulação da temperatura com a vasodilatação ou vasoconstrição de
vasos sanguíneos
c) O transporte de nutrientes desde os locais de absorção até as células dos diferentes
órgãos também é realizado por este sistema. 
d) Promover a síntese de proteína para levar essas substâncias ao interior das células
6. Pode -se dizer que Sistema circulatório no ser humano é composto de, EXCETO
a) sangue,  b) condutores (veias e artérias) c) coração.   d)
glândulas hormonais
7.Sobre o sistema vascular analise os itens:
I. É composto pelos vasos sanguíneos: artérias, veias e capilares. 
II. As artérias são os vasos pelos quais, em regra, o sangue sai do coração. 
III. Os capilares são vasos microscópicos, com apenas uma camada de células e uma
camada basal e que são responsáveis pelas trocas de gases e nutrientes entre o sangue e
o meio interno.
Quantos itens estão corretos?
a) 1 b) 2 c) 3 d)
nenhum 8. Não é uma característica da Circulação pulmonar
a) A circulação pulmonar é, em termos de distância, muito mais longa do que a circulação
sistêmica
b) A circulação pulmonar ou pequena circulação inicia-se no tronco da artéria pulmonar
(que sai do ventrículo direito), 
c) da artéria pulmonar segue pelos ramos das artérias pulmonares, arteríolas pulmonares,
capilares pulmonares 
d) nos alvéolos, ocorre a hematose - troca de gases.
c) Até aqui o sangue é venoso - rico em gás carbônico. A partir daqui o sangue é arterial -
rico em oxigênio. Segue: vênulas pulmonares e veias pulmonares que desaguam no átrio
esquerdo do coração. 9. No sistema circulatório o coração
bombeia o sangue oxigenado para o corpo e o sangue desoxigenado para os pulmões.
Assinale a alternativa INCORRETA
a)  No coração humano existe um aurícula e um ventrículo para cada circulação, e com
ambos uma circulação sistêmica e pulmonar, havendo quatro câmaras no total: átrio
esquerdo, ventrículo esquerdo, átrio direito e ventrículo direito. 
b) O átrio direito é a câmara superior do lado direito do coração. 
c) O sangue que retorna pelas veias cavas ao átrio direito é arterial (rico em oxigênio)
d) O sangue do ventrículo direito é bombeado pela artéria pulmonar para os pulmões
para re-oxigenação e remoção de dióxido de carbono. 
10. No sistema circulatório o sangue volta dos pulmões ao coração através das veias
pulmonares o átrio esquerdo recebe sangue recém-oxigenado dos pulmões, que é
passado através da válvula bicúspide para o:
a) ventrículo esquerdo. b) átrio esquerdo c) átrio direito d) ventrículo
direito
O SISTEMA EXCRETOR HUMANO
O sistema excretor tem a função de eliminar os resíduos das reações químicas que ocorrem dentro das
células, no processo de metabolismo. Dessa maneira, muitas substâncias que não são aproveitadas no
organismo, principalmente as tóxicas, são excretadas do corpo.
Importante ressaltar que o sistema excretor é responsável pelo controle da composição química do ambiente
interno. A eliminação de substâncias prejudiciais ou que estão em excesso em nosso corpo é chamada de
excreção, processo que permite o equilíbrio interno do nosso organismo.
Os produtos da excreção são denominados "excretas", que são lançadas das células para o líquido que as
banha (líquido intersticial), e daí são passadas para a linfa e para o sangue.
No processo de degradação de glicídios e lipídeos são produzidos gás carbônico e água. As proteínas
também são metabolizadas, e do seu metabolismo resultam substâncias prejudiciais ao organismo entre elas,
o gás carbônico e os produtos nitrogenados, como a amônia, a ureia e o ácido úrico.
Há também a água e os sais minerais, com destaque para o cloreto de sódio.
Para eliminar essas substâncias, a excreção é realizada através da urina, da respiração e do suor. Entenda, na
sequência, como é feita a excreção desses resíduos.
A excreção através da urina inicia em um processo realizado pelos rins. Eles funcionam como um filtro que
retém as impurezas do sangue e o deixa em condições de circular pelo organismo.
Os rins participam do controle das concentrações plásmicas de íons, como sódio, potássio, bicarbonato,
cálcio e cloretos. De acordo com as concentrações no sangue, esses íons podem ser eliminados em maior ou
menor quantidade na urina, através do sistema urinário. As principais substâncias que formam a urina são
ureia, ácido úrico e amônia.
A excreção do gás carbônico é realizada através dos órgãos do sistema respiratório. A eliminação deste
elemento é o produto final do metabolismo dos glicídios (carboidratos ou açúcares) e lipídios (gorduras) no
processo de respiração celular.
Além disso, a água também é eliminada sob a forma de vapor, por meio da expiração.
No entanto através do suor são eliminados sais minerais, como o cloreto de sódio, e água sendo que, devido
a sua enorme importância para a célula, ela fica conservada em grande parte no organismo.
Os rins são órgãos do sistema urinário, porém que atuam diretamente na eliminação de resíduos que resultam da
ação do metabolismo do organismo. Além dessa função, ele também atua na regulação do volume de líquidos do
organismo e no controle da pressão arterial sanguínea.
Os néfrons são estruturas presentes nos rins e que tem como principal ação a formação da urina. Ele filtra os
elementos do plasma sanguíneo para então eliminar na urina.

Localizados nos rins, eles estão presentes em grandes quantidades no corpo humano, sendo
aproximadamente 1.200.000 néfrons em cada rim.
O ureter é um tubo que liga o rim à bexiga, ou seja, ele transporta a urina dos rins para a bexiga, sendo um
ureter para cada rim. Ele é um dos elementos do sistema urinário e que auxiliam na excreção das substâncias
indesejadas. Para desempenhar sua função, ele realiza movimentos peristálticos que auxiliam a condução da
urina até a bexiga. Para isso, sua parede é formada por três camadas diferentes, sendo estas formadas por
uma camada mucosa, uma muscular e outra adventícia.
A bexiga urinária é o órgão responsável por armazenar a urina produzida pelos rins e transportada pelos
ureteres. Além do armazenamento é ela quem elimina a urina.
Este é um órgão muscular com alta capacidade elástica, visto que pode armazenar até 800 ml de urina.

A uretra é o canal responsável por conduzir o caminho da urina para fora do


corpo. Ela está ligada à bexiga urinária. Nos homens a uretra termina no pênis, já nas mulheres termina na
vulva.

1. Quais são as vias excretoras do nosso corpo? 2.O que é homeostase corporal? 3. Disserte a cerca da morfologia
e localização dos rins. 4. O que entendemos como hilo renal? 5. Quais são as estruturas internas dos rins.6. Qual é a
unidade funcional dos rins? 7. Qual a quantidade de nefrons aparecem em cada rim? 8. Quais os problemas
enfrentados em transplantes de rins? 9. Explique a composição da urina. 10. Qual a função dos rins? 11. Explique o
processo de condução da urina até o exterior. 12. Quais os dados obtidos na análise da urina? 13. Para que serve a
bexiga urinária. 14. Qual o volume de urina que a bexiga comporta? O que ocorre quando o volume da bexiga
ultrapassa 300 ml de urina? Justifique.

1. Quais são as vias excretoras do nosso corpo? 2.O que é homeostase corporal? 3. Disserte a cerca da morfologia e
localização dos rins. 4. O que entendemos como hilo renal? 5. Quais são as estruturas internas dos rins.6. Qual é a
unidade funcional dos rins? 7. Qual a quantidade de nefrons aparecem em cada rim? 8. Quais os problemas
enfrentados em transplantes de rins? 9. Explique a composição da urina. 10. Qual a função dos rins? 11. Explique o
processo de condução da urina até o exterior. 12. Quais os dados obtidos na análise da urina? 13. Para que serve a
bexiga urinária. 14. Qual o volume de urina que a bexiga comporta? O que ocorre quando o volume da bexiga
ultrapassa 300 ml de urina? Justifique.

1. Quais são as vias excretoras do nosso corpo? 2.O que é homeostase corporal? 3. Disserte a cerca da morfologia e
localização dos rins. 4. O que entendemos como hilo renal? 5. Quais são as estruturas internas dos rins.6. Qual é a
unidade funcional dos rins? 7. Qual a quantidade de nefrons aparecem em cada rim? 8. Quais os problemas
enfrentados em transplantes de rins? 9. Explique a composição da urina. 10. Qual a função dos rins? 11. Explique o
processo de condução da urina até o exterior. 12. Quais os dados obtidos na análise da urina? 13. Para que serve a
bexiga urinária. 14. Qual o volume de urina que a bexiga comporta? O que ocorre quando o volume da bexiga
ultrapassa 300 ml de urina? Justifique.

1. Quais são as vias excretoras do nosso corpo? 2.O que é homeostase corporal? 3. Disserte a cerca da morfologia e
localização dos rins. 4. O que entendemos como hilo renal? 5. Quais são as estruturas internas dos rins.6. Qual é a
unidade funcional dos rins? 7. Qual a quantidade de nefrons aparecem em cada rim? 8. Quais os problemas
enfrentados em transplantes de rins? 9. Explique a composição da urina. 10. Qual a função dos rins? 11. Explique o
processo de condução da urina até o exterior. 12. Quais os dados obtidos na análise da urina? 13. Para que serve a
bexiga urinária. 14. Qual o volume de urina que a bexiga comporta? O que ocorre quando o volume da bexiga
ultrapassa 300 ml de urina? Justifique.

1. Quais são as vias excretoras do nosso corpo? 2.O que é homeostase corporal? 3. Disserte a cerca da morfologia e
localização dos rins. 4. O que entendemos como hilo renal? 5. Quais são as estruturas internas dos rins.6. Qual é a
unidade funcional dos rins? 7. Qual a quantidade de nefrons aparecem em cada rim? 8. Quais os problemas
enfrentados em transplantes de rins? 9. Explique a composição da urina. 10. Qual a função dos rins? 11. Explique o
processo de condução da urina até o exterior. 12. Quais os dados obtidos na análise da urina? 13. Para que serve a
bexiga urinária. 14. Qual o volume de urina que a bexiga comporta? O que ocorre quando o volume da bexiga
ultrapassa 300 ml de urina? Justifique.

1. Quais são as vias excretoras do nosso corpo? 2.O que é homeostase corporal? 3. Disserte a cerca da morfologia e
localização dos rins. 4. O que entendemos como hilo renal? 5. Quais são as estruturas internas dos rins.6. Qual é a
unidade funcional dos rins? 7. Qual a quantidade de nefrons aparecem em cada rim? 8. Quais os problemas
enfrentados em transplantes de rins? 9. Explique a composição da urina. 10. Qual a função dos rins? 11. Explique o
processo de condução da urina até o exterior. 12. Quais os dados obtidos na análise da urina? 13. Para que serve a
bexiga urinária. 14. Qual o volume de urina que a bexiga comporta? O que ocorre quando o volume da bexiga
ultrapassa 300 ml de urina? Justifique.