Você está na página 1de 43

Retalho | Antes, Durante e Depois do Confinamento

12 de maio 2020
Introdução

O REDUNIQ Insights, que resulta da parceria entre a REDUNIQ e a Return on Ideas, é uma solução de conhecimento que pretende
disponibilizar informação analítica aos seus clientes, com base em informação do retalho nacional, suportando empresas na geração de
insights e na tomada de decisões de desenvolvimento de negócio.

A REDUNIQ, a maior rede de aceitação de cartões nacionais e estrangeiros em Portugal (transacionando 20 mil milhões de euros em
compras em 2019, num total de 539 milhões de transações) dispõe de informação detalhada sobre os perfis de consumo realizados em
estabelecimentos servidos pela sua rede.

A Return on Ideas é uma empresa de estratégia e consumer knowledge que, alavancando o seu Projecto C-Lab, fundado em 2009, se
afirma como conhecedora e intérprete do comportamento dos consumidores portugueses e dos diferentes mercados de retalho em
Portugal.

Durante o próximo mês, com recorrência semanal, o REDUNIQ Insights disponibilizará um conjunto de análises sobre a dinâmica de
evolução de diferentes setores de atividade e zonas geográficas, ao longo do período de confinamento e do processo de reabertura dos
negócios. Pretendemos contribuir para uma melhor compreensão do retomar de atividades económicas e dos comportamentos do
consumidor

2
Agenda

1. Evolução da Performance do Retalho

2. Análises Setoriais

3. Zoom In a “Reaberturas”
(de diferentes setores)

3
Evolução da Performance do Retalho
Faturação | número de transações | ticket médio | pontos de venda ativos
Evolução da Faturação (total Portugal)
1. Evolução da Performance do Retalho
. Análise base 100

Análise Mensal 2020 Análise Semanal Mar2020 - Presente

108
100 100 99 97 100
100 100

84
77 Estado de Emergência
Estado de Calamidade
69 68
61 62 63
60 62
57 55
52 55 53
51 49 51
48
43 45

€39,33 €41,34 €41,62 €41,42


€36,33 €38,89 €38,84 €37,21 €37,44
€33,29 €35,23 €36,35
€32,75 €32,85

Janeiro Fevereiro Março Abril 1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai

# Transações Faturação Global Ticket Médio # Transações Faturação Global Ticket Médio

✓ Quebras de 33p.p. (pontos percentuais) nas transações e 27p.p. na faturação no mês de abril, face a março. Nos primeiros dias do mês de maio nota-se já uma recuperação, com níveis de faturação equivalentes aos
existentes na semana antes do início do confinamento (70% do pré-COVID)
✓ Aumento do ticket médio (valor médio gasto) para mais de 25% , atingindo os 41,34€ (e que ainda se mantém em valores superiores aos observados antes do Estado de Emergência)
5
Evolução da Faturação & Pontos de Venda “Ativos” (total Portugal)
1. Evolução da Performance do Retalho
. Análise base 100

Análise Mensal 2020 Análise Semanal Mar2020 - Presente

108
100 100 99
100 100 101 98
97
Estado de Calamidade
84 Estado de Emergência

70 69 68
62 63
61 60
57 57
51 53
46 42
38 39 40
37 37

Janeiro Fevereiro Março Abril 1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai
25.179 € 24.276 € 21.396 € 33.322 € 6.691 € 7.297 € 6.663 € 9.228 € 10.631 € 11.209 € 9.110 € 9.532 € 10.045 € 7.925 €
Faturação Média por Ponto de Venda Faturação Média por Ponto de Venda

# Pontos de Venda Ativos Faturação Global # Pontos de Venda Ativos Faturação Global

✓ Queda de 62p.p. no número de pontos de venda a faturar (ativos) na semana de 8-14 de março para 22-28 de março (pós Estado de Emergência). Após estas datas existe uma estabilização, mas ainda estamos a
40p.p. do valor antes da pandemia
✓ Aumento significativo da faturação média nos pontos de venda “sobreviventes” aos tempos de confinamento - faturação média por ponto de venda, em média, 150% acima face aos valores pré-pandemia
✓ Reabertura de 10.000 pontos de venda no sistema REDUNIQ (aumento de 37% face à semana anterior) - O fim do confinamento ditou um natural acelerar da tendência de recuperação dos níveis de faturação 6
Comentários & Memória Descritiva
Faturação Global

Depois de um aumento de 8% na semana A tendência de evolução da faturação Igualmente impressionante é a análise do


de 8 de março em que o tema da pandemia observada resulta de uma combinação de número de pontos de venda ativos, na qual
se adensou, a faturação evidenciou uma uma ainda mais expressiva quebra do se evidencia uma quebra ainda mais
forte quebra na semana prévia e na número de transações (que chegou a cair estrutural. Da semana de 8-14 de março
semana subsequente ao decretar o 1º 57% face aos números pré-COVID) com para 22-28 de março assistimos a uma
Estado de Emergência, para níveis de 50% um importante aumento do ticket médio queda de 63% face ao número de pontos
dos observados no arranque de março de (e que ainda se mantém em valores de venda a faturar no inicio de março.
2020. superiores aos observados antes do Estado
de Emergência), que indica que as pessoas Os pontos de venda que continuaram a
O mês de abril terminou com quebras de foram menos vezes às compras mas faturar assistiram a um aumento
33% de transações e 27% na faturação gastaram mais em cada ida. significativo da faturação média durante o
face a março; Estado de Emergência, em média 150%
O aumento do ticket médio pode, em parte, acima dos valores pré-pandemia. Em
Não obstante, observou-se uma ligeira indicar que consumidores stockaram bens algumas categorias, como por exemplo o
recuperação da faturação ao longo dos alimentares e criaram infraestruturas para retalho tradicional, esta crise, marcada por
tempos de Estado de Emergência, com as suas casas (com tecnologia e profundas assimetrias, representou uma
alguma tendência de reforço na 1ª eletrodomésticos). melhoria de performance.
semana de maio, após o fim do 3º Estado
de Emergência (e entrada no Estado de Na semana do decreto de estado de O fim do Estado de Emergência marca um
Calamidade). No final do período de análise emergência assistimos ao maior importante fenómeno de reabertura de
temos níveis de faturação equivalentes aos crescimento do ticket médio, atingindo os 10.000 pontos de venda, + 37% face à
existentes na semana antes do início do 41,34€. Neste momento temos o ticket semana anterior. Podemos concluir que o
confinamento (70% do pré-COVID). médio a estabilizar, mas ainda assim está fim do confinamento ditou um natural
nos 36,35€ o que significa 11% acima do acelerar da tendência de recuperação dos
inicio de Março; níveis de faturação. 7
Evolução da Faturação (por distritos) – análise semanal Mar2020 - Presente
1. Evolução da Performance do Retalho
. Análise base 100
Aveiro Beja
122
114 Estado de Emergência Estado de Calamidade
105 109 Estado de Emergência Estado de Calamidade
100 100 100 100
94
88 90 87
81 84 83
76 75 77 76 80
74 75 73
68 68 67 66 68 67
64 62 62 62 65
59 60 60
54 57
51

€40,00 €39,04 €42,05 €41,89 €38,85 €39,92 €41,73


€36,63 €37,24 €38,05 €37,00 €38,14 €39,67
€33,79 €33,90 €35,92 €35,72 €34,74 €34,35
€30,29

1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai 1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai

# Transações Faturação Global Ticket Médio # Transações Faturação Global Ticket Médio

112 126
100 100 103 Braga 114 Bragança
Estado de Emergência 100 100 Estado de Emergência
Estado de Calamidade Estado de Calamidade
76 77 75 77 88
71 84 84 86
66 69 79
61 61 61 63 74 75 74
58 56 58 67 67 66
51 61 64 62
50
53 52
€44,02 €44,91 €44,85 €42,26 €41,97 €51,35
€38,62 €41,24 €40,68 €39,58 €46,35 €47,87 €46,29 €47,67
€35,48 €45,32 €44,77 €43,62
€40,87
€36,87

1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai 1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai

# Transações Faturação Global Ticket Médio # Transações Faturação Global Ticket Médio

✓ Há grandes diferenças entre distritos com menor população e interior (como Beja, Portalegre, Castelo Branco, Guarda, Bragança) e litoral, de maior dimensão. Os primeiros dão mostras de uma grande recuperação
(atingindo já valores próximos de 90 em análise de base 100) que se pode explicar por serem regiões que dependem essencialmente do consumo em grandes players de retalho moderno 8
Evolução da Faturação (por distritos) – análise semanal Mar2020 - Presente
1. Evolução da Performance do Retalho
. Análise base 100
Castelo Branco Coimbra
113
118 104
Estado de Calamidade 100 100 Estado de Calamidade
107
100 100 Estado de Emergência Estado de Emergência
91
85 82 74
77 76 69 71
74 75 67 66
65 68 68 59 62
64 62 58 57 55
56 58 50 53 54 50
51 54 46 45

€43,14 €41,63 €44,37 €43,53


€41,92 €42,43 €42,50 €40,43 €39,64 €40,10 €38,92
€40,43 €39,98 €38,92 €38,47 €38,75 €33,64 €36,80
€31,99 €35,33

1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai 1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai
# Transações Faturação Global Ticket Médio # Transações Faturação Global Ticket Médio

Évora
116
Estado de Calamidade 104 106
Faro Estado de Calamidade
105 100 100
100 100 Estado de Emergência Estado de Emergência

84
79
75 73 75 73 69
67 66
64 62 59 60
62 61 60 59
56 57 50 49 54 52
50 50 49 49 48 45 48
45 44

€44,32
€40,58 €42,13 €40,77 €39,66 €40,25 €38,96 €39,71 €38,59 €37,09
€38,76 €37,50 €36,51 €36,94 €36,29 €35,83 €35,20 €35,90
€31,70 €34,77

1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai 1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai

# Transações Faturação Global Ticket Médio # Transações Faturação Global Ticket Médio

✓ Distritos como Madeira, Faro e Lisboa a chegarem ao final de abril com níveis de faturação próximos a 50% dos valores observados no arranque de março, que podem ser a síntese do impacto do 9
desaparecimento do turismo em territórios que dele dependem muito 9
Evolução da Faturação (por distritos) – análise semanal Mar2020 - Presente
1. Evolução da Performance do Retalho
. Análise base 100
Guarda Açores
120 105 106
100 100
110 Estado de Emergência Estado de Emergência
Estado de Calamidade Estado de Calamidade
100 100
77
83 83 69 70 70
72 73 75 65 65
69 70 68 59 57 61
64 58 58
60 55 55 54
57 58 59 51
55
50 50 44

€41,70 €44,06 €42,89 €41,77 €36,66 €37,22 €39,02 €36,85


€37,90 €39,73 €40,21 €39,59 €38,69 €35,38 €34,34 €33,44
€34,86 €32,02 €32,50 €32,15

1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai 1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai
# Transações Faturação Global Ticket Médio # Transações Faturação Global Ticket Médio

100 100 103


108
Madeira Estado de Calamidade 115 Leiria Estado de Calamidade
107
Estado de Emergência 100 100 Estado de Emergência

70 83
76 76 76 75
61 59 72 68
59 67
63 61 63 61
52 51 58 57 55
46 48 48
42 43 46 43 43 50
39 39
€47,12 €43,79
€39,85 €41,58 €40,54 €42,37 €39,99 €39,86 €39,13 €38,66 €40,25 €40,27
€38,62 €37,35 €36,82 €35,84 €36,30 €35,47
€32,29 €34,66

1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai 1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai

# Transações Faturação Global Ticket Médio # Transações Faturação Global Ticket Médio

10
10
Evolução da Faturação (por distritos) – análise semanal Mar2020 - Presente
1. Evolução da Performance do Retalho
. Análise base 100
Lisboa Portalegre
125
100 100 102
95 112
Estado de Calamidade Estado de Emergência Estado de Calamidade
100 100 98
Estado de Emergência 93
88 87 86 86
80 78
77 75
60 70 72 72 70
57
53 64 61
50 50 48 50
46 45 45
43 41
38 38 36
35
€41,18 €38,81 €41,69 €41,76 €39,05 €37,08 €37,59 €36,00
€31,60 €33,62 €37,49 €38,69 €37,39
€34,40 €36,30 €36,09 €35,27 €34,41 €35,06
€30,89

1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai 1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai

# Transações Faturação Global Ticket Médio # Transações Faturação Global Ticket Médio

106 122
Estado de Calamidade Estado de Calamidade
100 100 98 Porto 110 Santarém
Estado de Emergência 100 100 Estado de Emergência 95
89 87 88
69 70 84 82
64 67 65 78 75
61 61 70 69 67 72 68
54 57 55 65
53 51 51 60
48 57
43 45

€41,65 €39,98 €42,86 €42,83 €40,82 €38,45 €38,15 €36,99


€32,36 €34,98 €39,49 €37,06 €40,45 €39,82 €37,24
€34,27 €35,90 €36,72 €35,75
€31,00

1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai 1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai

# Transações Faturação Global Ticket Médio # Transações Faturação Global Ticket Médio

✓ As quedas de Lisboa e Porto podem também ser em grande medida explicadas pelo facto de serem “cidades terciárias” das quais os fluxos de trabalhadores, em grande medida, desapareceram (muitos
trabalhadores confinados nas suas casas em modelos de teletrabalho) 11
Evolução da Faturação (por distritos) – análise semanal Mar2020 - Presente
1. Evolução da Performance do Retalho
. Análise base 100
Setúbal Viana do Castelo
116 Estado de Calamidade 118 Estado de Calamidade
105 108
100 100 Estado de Emergência 100 100 Estado de Emergência

81 78 81 84 84
75 80 77 78 76
73 69 71 73
64 66 68 70
62 63 60 65 62 64 65
57 57 61
52 53 53 56

€43,36 €44,99 €43,48


€37,42 €37,05 €37,56 €38,58 €40,99 €40,40 €39,44 €39,71 €38,91
€35,30 €34,31 €33,38 €33,89 €32,54 €35,39
€28,64 €31,47

1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai 1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai

# Transações Faturação Global Ticket Médio # Transações Faturação Global Ticket Médio

Vila Real Viseu


115 Estado de Calamidade Estado de Calamidade
107 118
100 100 Estado de Emergência 109 Estado de Emergência
100 100

78 80
70 73 72 78 77
67 68 74 72
65 64 70 70
58 60 61 66 65 64
56 53 58 57 60 59 59
48 50 51 50

€42,39 €40,85 €43,88 €42,43 €41,67 €44,87 €44,91


€37,76 €39,48 €39,79 €39,02 €39,47 €43,09 €41,86 €42,84 €40,48 €39,99
€35,12 €36,35 €39,07

1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai 1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai

# Transações Faturação Global Ticket Médio # Transações Faturação Global Ticket Médio

✓ É visível que na semana de 29 de março a 4 de abril (duas semanas após o primeiro estado de emergência), verificou-se, pela primeira vez, um crescimento da faturação em todos os distritos, em média 20%
superior face à semana anterior. Atualmente temos a maioria dos distritos com uma atividade correspondente a valores de 70/80% dos observados no arranque de março 12
Comentários & Memória Descritiva
Faturação Regional

Há marcantes diferenças entre Distritos Estes números podem ser a síntese do Lisboa, Porto, Madeira , Açores e Faro são
com menor população, de zonas interiores impacto do desaparecimento do turismo também os distritos onde a quebra é mais
de Portugal (como Beja, Portalegre, Castelo em territórios que dele dependem muito. A imediata a partir da semana de 22 de
Branco, Guarda, Bragança) e Distritos página 15 ilustra de forma evidente este março, com uma tendência de estabilidade
Litorais, de maior dimensão. Os primeiros fenómeno – os cartões estrangeiros de nas semanas seguintes. É visível que, na
dão mostras de um importante recuperar turistas desapareceram praticamente do semana de 20 de março a 4 de abril (duas
dos níveis de faturação (atingindo já valores sistema, podendo inferir-se, pela semanas após o primeiro estado de
próximos de 90 em análise de base 100), estabilização observada em torno dos 18%, emergência), se verificou, pela primeira
fenómeno que, em grande parte, se pode que os que permanecem a transacionar no vez, um crescimento da faturação em
explicar pela natureza do sistema de sistema são de estrangeiros residentes. todos os distritos, em média 20% superior
retalho destas regiões, alicerçado, em face à semana anterior.
grande parte, nos grandes players de As quedas de Lisboa e Porto, para além da
retalho moderno (retalho alimentar, forte queda do turismo, podem também ser Atualmente temos a maioria dos distritos
tecnologia e eletrodomésticos, bricolage, em grande medida explicadas pelo facto de com uma atividade correspondente a
combustíveis). serem “cidades terciárias” das quais os valores de 70/ - 80% dos observados no
fluxos de “workers” desaparecerem em arranque de março.
Distritos como Açores, Madeira, Faro e grande medida (confinados nas suas casas
Lisboa a chegaram ao final do período de em modelos de teletrabalho).
Estado de Emergência com níveis de
faturação próximos a 50% dos valores
observados no arranque de março

13
Evolução da Performance do Retalho
Faturação | Portugueses vs. Estrangeiros | Lojas Físicas vs. Online
Evolução da Faturação do Sistema por Nacionalidade
1. Evolução da Performance do Retalho
. Análise base 100

Evolução da Faturação por Nacionalidades (total Portugal) Evolução da Faturação por Nacionalidades (total Portugal)
Análise Mensal 2020 Análise Semanal Mar2020 - Presente

111
100
100 101
Estado de Emergência
100 100
97
Estado de Calamidade
88 89 77
75
71 72
68
65
69 57 60
60

41

18 21
16 17 16 16 17 18

Janeiro Fevereiro Março Abril 1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai

Faturação Nacional Faturação Estrangeira Faturação Nacional Faturação Estrangeira

✓ Quebra no turismo - o consumo por cartões estrangeiros desapareceu de forma quase integral após o Estado de Emergência (chegando a cair 84% face a periodo pré-covid)
✓ Decréscimo de consumo de estrangeiros permite constatar que a quebra do consumo dos portugueses é menos acentuada. Durante as semanas de confinamento, a faturação de portugueses apenas
momentaneamente esteve abaixo dos 60% (do período pré-COVID), tendo recuperado progressivamente para valores que já passam os 70%. 15
Evolução da Faturação do Sistema por Canal (Loja Física vs. Online)
1. Evolução da Performance do Retalho
. Análise base 100

Evolução da Faturação por Canal (total Portugal) Evolução da Faturação por Canal (total Portugal)
Análise Mensal 2020 Análise Semanal Mar2020 - Presente
122
119 117 Estado de Calamidade
106
Estado de Emergência 111
100 100 98 108
97 105
100 100
€96,67 92
84 €100,26 €101,68 90
77 €92,46 €93,50 €94,95 €95,30
€91,21
€80,20 €79,56 €83,21 €73,74
€84,21
67 70 68
60 €73,26 62
58 59 61
57
50 52

€35,97 €38,49 €41,34 €38,89 €41,62 €41,42 €38,84


€32,91 €32,38 €35,23 €37,21 €36,80 €35,88
€32,85

Janeiro Fevereiro Março Abril 1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai

Faturação Lojas Online Faturação Lojas Físicas


Faturação Lojas Online Faturação Lojas Físicas Ticket Médio Lojas Online Ticket Médio Lojas Físicas
Ticket Médio Lojas Online Ticket Médio Lojas Físicas

✓ Comparando Abril com o período homólogo, registamos um aumento de 30% no ticket médio (passando de 74,89€ para 96,67€).
✓ Na semana de 22 de março, perante a perspetiva de que os tempos de confinamento seriam longos, e pelo facto de muitos pontos de venda estarem fechados, os consumidores começaram a aumentar
expressivamente o recurso ao online para construir stocks e adquirir equipamentos tecnológicos e eletrodomésticos 16
Evolução da Faturação em Contactless (total Portugal)
1. Evolução da Performance do Retalho
. Análise base 100

Análise Mensal 2020 Análise Semanal Mar2020 - Presente


118 137
Estado de Calamidade
110
123
103 118
100 100
97 110
108 Estado de Emergência
100100 101
84 96
93
87
77
61 69 68
60 62 63
57
51 53

€22,45 €23,81 €23,99


€18,41 €22,40 €22,13 €22,09 €21,38 €21,82 €20,97
€14,46 €14,41 €14,69 €16,99

Janeiro Fevereiro Março Abril 1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai

Faturação Contactless Faturação Total Ticket Médio Contactless Faturação Contactless Faturação Total Ticket Médio Contactless

✓ Aumento de 160% de pagamentos via contactless, face ao mesmo período de 2019


✓ Em abril o contactless representou perto de 20% do total de toda a faturação em lojas físicas com sistema REDUNIQ
✓ O ticket médio aumentou 43% desde o inicio da pandemia (de 14,69€ para 20,97€) 17
Comentários & Memória Descritiva
Faturação por Nacionalidade Faturação Física vs Online Contactless

Durante o período de análise, após o Durante a primeira metade do período de Já quando analisados os diferentes
decretar do 1º Estado de Emergência, o análise, pós o decretar do 1º Estado de métodos de pagamentos, verifica-se que os
consumo por cartões estrangeiros Emergência, as vendas em pontos físicos pagamentos via contactless registaram um
desapareceu de forma quase integral (uma observaram, como já se enunciou, uma aumento histórico durante a primeira
queda de cerca de 85% do valor base de tendência de progressiva quebra. semana de desconfinamento em Portugal.
comparação), tendência que reflete,
sobretudo, uma radical quebra no turismo. Em contraciclo, nesse mesmo período, as Após um mês de março com uma subida
vendas no canal online evidenciaram de 113% em relação ao período homólogo,
O expurgar do consumo de estrangeiros, uma importante aceleração (tendo e abril com mais 157% face ao mesmo mês
que em distritos como Lisboa, Porto, Faro, aumentado cerca de 20% face ao ponto de de 2019, a utilização do contactless volta a
Madeira é particularmente expressivo partida). Já em relação ao ticket médio, se subir na primeira semana de maio, uma
(tendo historicamente representado uma compararmos Abril com o período tendência que se justifica pela abertura de
queda de 80% nos números da REDUNIQ), homólogo, registamos um aumento de 30% mais de 10 mil estabelecimentos
permite constatar que a quebra do (passando de 74,89€ para 96,67€). comerciais a 4 de maio, um aumento de
consumo dos portugueses é menos 37% face à semana anterior. O ticket
acentuada do que a anteriormente revelada A semana de 22 de março é aquela em médio aumentou 43% desde o inicio da
pelos números globais. que, pelo facto de muitos pontos de venda pandemia (de 14,69€ para 20,97€).
estarem fechados, os consumidores
Durante as semanas de confinamento, a aumentaram expressivamente o recurso ao Comparando com o mesmo período em
faturação de portugueses esteve online para construir stocks e adquirir 2019, a utilização do contactless
momentaneamente abaixo dos 60% (do equipamentos tecnológicos e aumentou mais 160% no numero de
período pré-COVID), tendo recuperado eletrodomésticos. transações, representando já este método
progressivamente para valores que já cerca de 20% de toda a faturação.
passam os 70%.
18
Análises Setoriais
Faturação Lojas Físicas | Número de Transações | Ticket Médio | Pontos de Venda
Ativos | Portugueses Vs. Estrangeiros + Lojas Físicas Vs. Online
Setores em Análise

Retalho Alimentar Eletrodomésticos & Tecnologia Combustíveis Farmácias

Saúde Estado (serviços) Restauração Moda

Tabacarias, Papelarias e Livrarias Cosmética e Perfumes Oficinas Hotelaria & Atividades Turísticas

20
Notas:
Análise Comparativa da Performance dos Setores
2. Análises Setoriais
. Análise base 100
Análise Semanal Mar2020 - Presente

160
Estado de Emergência Estado de Calamidade
140
120
100 Hipers&Supers
80 Retalho Alimentar Tradicional
60 Farmácias
40 Electrodomésticos&Tecnologia
20
0
1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai

100
Estado de Calamidade Acessórios Automóveis e Oficinas
Estado de Emergência
80
Combustiveis
60 Moda
Papelarias, Livrarias, Revistas e Tabaco
40
Perfumarias
20 Restauração
Saúde
0
1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai Hotelaria e Atividades Turísticas

✓ “Sobrevivem” setores associados a necessidades básicas e ao processo de capacitação das casas para tempos de confinamento (para teletrabalho e ensino remoto) e “desaparecem” setores
com diferentes características e condicionados por diferentes imposições legislativas
21
Comentários & Memória Descritiva
Faturação por Setor de Atividade

A análise da performance dos diferentes Conclui-se assim que “Sobrevivem” setores A Saúde não obstante não ter “deixado de
setores evidencia impactos profundamente associados a necessidades básicas, funcionar” como setor (com algumas
assimétricos, havendo essencialmente 3 teletrabalho e ensino remoto. exceções como o caso dos Dentistas e
grupos: outras urgências) e, apesar de prevalecer
O turismo, hotelaria e restauração como uma necessidade central na vida das
1. Os que evidenciaram uma expressiva “desaparecem”. A restauração, pelo facto pessoas, observou quebras brutais,
resiliência: Retalho Alimentar de poder funcionar apenas em modo de sobretudo por força de um imenso receio
Tradicional + Hipers & Supermercados delivery ou take-away, colapsou de forma dos indivíduos em recorrerem a ambientes
+ Farmácias + Eletrodomésticos & quase total. hospitalares (percebidos como locais de
Tecnologia; elevado risco sanitário).
Desapareceu também a moda, obrigada a
2. Os que ainda que impactados por fechar, e associada a uma categoria não
quebras de consumo, apresentam essencial.
quebras contidas face ao contexto:
Combustíveis + Acessórios Automóveis
e Oficinas;

3. E os que praticamente deixaram de


faturar: Papelarias Livrarias e Tabacarias
+ Saúde + Restauração + Hotelaria &
Atividades Turísticas + Moda +
Perfumarias

22
Hipers&Super vs Retalho Tradicional | Evolução da Faturação (total Portugal)
2. Análises Setoriais
. Análise base 100

153
Estado de Emergência
143 145
141
Estado de Calamidade

121 124
118 117
109 110 111
106 105
100 100 100 100 100 102
98
94 92
89 91
85 86 85 85
79 81
73
69 68 68 68
63 64
58 56
48 Transações Hipers&Supers
€42,42 €44,64 €44,70 Transações Retalho Alimentar Tradicional
€40,98 €40,08 €38,61 €39,17 €37,43
€33,63
€27,76 €26,92 €26,68 €27,72 Faturação Hipers&Supers
€23,30 €24,69 €24,00 €23,43 €23,17 €22,47
€18,51 Faturação Retalho Alimentar Tradicional
Ticket Médio Hipers&Supers
Ticket Médio Retalho Alimentar Tradicional
1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai

✓ Retalho Alimentar Tradicional, onde estão incluídos estabelecimentos de bairro, teve um forte crescimento das suas vendas face ao período pré-pandemia - os consumidores deram preferência à proximidade destas
lojas e à própria segurança, uma vez que são estabelecimentos com muito menos afluência face às grandes superfícies - performance acima dos níveis anteriormente registados.
✓ O ticket médio nos Hiper&Supers e no Retalho Alimentar Tradicional atingiu o seu valor máximo na semana de 5 a 11 de abril (44,70€ e 27,72€), correspondendo a um crescimento de 61% e 50% respetivamente face 23
à primeira semana de março - processo de “construção de stocks para longos tempos de confinamento” 23
23
Comentários & Memória Descritiva
Retalho Alimentar

Com o antecipar da obrigatoriedade de No final do período de análise não se Importa reter que, no caso do Retalho
confinamento, e com o decretar do 1º observa nenhum setor com níveis de Moderno (hipers e supermercados), o
Estado de Emergência, as vendas de faturação superiores aos observados no número de transações estava, na última
Retalho Alimentar crescerem de forma arranque de março. Mesmo os semana do Estado de Emergência, em
impressionante. Depois de um 1º momento hipermercados e supermercados que, em valores abaixo dos 50% dos observados no
(semana de 8 a 14 de março) em que o abril, apresentaram crescimentos de arranque de março.
crescimento do Retalho Moderno e do faturação (face a março), chegaram ao
Retalho Tradicional foram equiparados, o arranque de maio abaixo do ponto de Mesmo no Retalho Tradicional, no fim do
Retalho Tradicional apresentou níveis de partida. período de confinamento, o número de
crescimento acima dos anteriormente transações já era inferior ao dos tempos de
registados, indicando uma valorização dos Parte desta tendência de quebra reflete, pré-Covid (uma quebra de 30%).
pequenos formatos, de proximidade. acreditamos, a conjugação de diferentes
fenómenos: Estes indicadores de transações são os
O ticket médio atingiu o seu valor máximo mais interessantes para perceber a
na semana de 5 a 11 de abril (44,70€ e 1. A menor necessidade de compra por recorrência da visita os espaços físicos.
27,72€), um crescimento de 61% e 50% parte de consumidores, que antes se
respetivamente face à primeira semana de abasteceram de forma estrutural;
março. No caso do Retalho Moderno 2. O desaparecimento de procura por
(hipermercados e supermercados) grande parte de clientes de HORECA;
parte do crescimento da faturação é ditada 3. O afirmar de novos comportamentos de
por um aumento do ticket médio. Já no poupança por parte de amplos
caso do Retalho Tradicional observa-se, segmentos da sociedade já impactados
também um ligeiro efeito de aumento de nos seus rendimentos.
número de transações.
24
Farmácias| Evolução da Faturação (total Portugal)
2. Análises Setoriais
. Análise base 100
Análise Mensal Análise semanal Mar2020 - presente
Estado de Calamidade

118 144
110 116 105 126 122
Estado de Emergência 133
100 100 99 118
89 100 100 103 97 106 99 105
97 96 96 88
88 81 86
69

€25,30 €24,58 €23,04 €21,58 €22,59 €23,20 €23,61 €23,76 €22,54 €23,28

Janeiro Fevereiro Março Abril 1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 12-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai

Facturação 2019 Facturação 2020 Transações Facturação Ticket Médio

Estado de Calamidade 141


Faturação por Nacionalidade
123
115 Estado de Emergência 111
102 105
100 100
90 91 94

70 72
62
47 47 49
41 40 40

1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai
Faturação Nacional Faturação Estrangeira

✓ Faturação das Farmácias conseguiu manter-se quase sempre próxima do valor base observado antes do Estado de Emergência
✓ Crescimento de 26% no número de transações na semana de 8 de março (pré-confinamento, mas com as notícias do Covid a ganharem proximidade), com queda até 30% nas duas semanas seguintes
✓ Ticket médio manteve-se estável em torno dos 23€ / 24€ 25
25
25
Gasolineiras | Evolução da Faturação (total Portugal)
2. Análises Setoriais
. Análise base 100
Análise Mensal Análise semanal Mar2020 - presente
111 113 Estado de Calamidade
100 100 100 100 96 93
96 96
Estado de Emergência
75 69 70 74
66 61
59
50 54 53 54
45 45 49 47
41 39 42
€27,81 €27,05 €27,89 €23,46
€22,91 €22,30 €21,95 €22,10 €22,67 €23,01

Janeiro Fevereiro Março Abril 1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 12-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai

Facturação 2019 Facturação 2020 Transações Facturação Ticket Médio

100 100 Faturação por Nacionalidade


93 95
Estado de Calamidade
Estado de Emergência
70
63
57 55
47 48
42 40 43
27
21 19 19 21 21
16

1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 12-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai

Faturação Nacional Faturação Estrangeira

✓ Faturação desceu até cerca de 60% - queda atingida na 1ª Semana de Estado de Emergência e tem-se mantido estável, com alguma recuperação após a reabertura
✓ Quebra de faturação mais pelo efeito de redução de ticket médio do que pela redução de número de transações - os consumidores preferem abastecer menos de cada vez 26
26
26
Comentários & Memória Descritiva
Farmácias Gasolineiras

A faturação do setor conseguiu manter-se O setor das gasolineiras reflete um


quase sempre próxima do valor base comportamento que evidencia uma
observado antes do Estado de Emergência, espécie de existência de “ponto mínimo”
evidenciando um fortíssimo crescimento de funcionamento do sistema de
na 1ª semana de reabertura. mobilidade, com quedas em torno dos
50% a 60% dos seus níveis pré-Estado de
Na semana de 8 de março, pré- Emergência. Esse valor é atingido na 1ª
confinamento, mas com as notícias do Semana de Estado de Emergência e tem-
Covid a ganharem proximidade, houve um se mantido estável, também, como em
impressionante crescimento de 26% no quase todos os demais setores, com
número de transações. alguma recuperação após a reabertura.

Nas duas semanas seguintes, uma delas já No caso das Gasolineiras, a quebra de
em pleno 1º Estado de Emergência, faturação mais é explicada por um efeito de
também as farmácias observaram quedas redução de ticket médio do que por um
significativas na faturação (que chegaram a efeito redução de número de transações. É,
ser de 30% face ao arranque de março). assim, razoável assumir que num momento
de incerteza e de crise económica os
Observou-se depois 4 semanas de consumidores prefiram abastecer menos
crescimento sustentado com uma de cada vez.
performance em tudo idêntica ao pré-crise.

Ao longo de todo o período de análise o


ticket médio manteve-se estável, em
torno dos 23€ / 24€. 27
Eletrodomésticos & Tecnologia | Evolução da Faturação (total Portugal)
2. Análises Setoriais
. Análise base 100
Análise Mensal Análise semanal Mar2020 - presente
Estado de Calamidade
€128,24
€115,40 €120,20 €113,75 €115,32
100 100 €111,00 €111,27 €112,36 €110,92
99 94
86 €109,78
100 100 97 98
84
76 89 94 Estado de Emergência
92 87 91 87 89
71 79
64 70 70 71 69 72
52 53

Janeiro Fevereiro Março Abril 1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 12-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai

Facturação 2019 Facturação 2020 Transações Facturação Ticket Médio

Faturação por Nacionalidade Estado de Calamidade


101
100 100
94 91 95 94 92
Estado de Emergência

71 73 74

57 54
49 49
42 45 44
36
31

1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 12-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai
Faturação Nacional Faturação Estrangeira

✓ Categoria que se manteve essencial e útil e com real capacidade de resposta aos propósitos de compra dos seus clientes
✓ Despois de uma queda para quase 50% do valor base, observada logo na primeira semana em Estado de Emergência, tem observado uma capacidade de recuperação sustentada, tendo já voltado a níveis pré-crise
✓ Fenómeno de eficaz conjugação entre pontos de venda de físicos abertos com inovadoras soluções de visita à loja e um e-commerce em impressionante crescimento - esta análise não considera as vendas e- 28
commerce deste setor, que foram bastante expressivas (como mostra análise de vendas físicas vs online). 28
28
Saúde | Evolução da Faturação (total Portugal)
2. Análises Setoriais
. Análise base 100
Análise Mensal Análise semanal Mar2020 - presente

100 100 100 100 Estado de Emergência


91 94 95
81 84 88 Estado de Calamidade

€87,65 €78,69 €77,18


56 €71,14 €72,20 €72,92 56
€67,68 €69,34 €67,49 50
€60,20
23 26 24 24 28 28
20 15 17 20 22
14 16 14 15

Janeiro Fevereiro Março Abril 1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 12-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai

Facturação 2019 Facturação 2020 Transações Facturação Ticket Médio

Faturação por Nacionalidade


100 100
94
88
Estado de Emergência
Estado de Calamidade

51

33 34
25 25 28
22 22 19 22
17 17 15 13 17
12

1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 12-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai

Faturação Nacional Faturação Estrangeira

✓ A atividade atingiu, mesmo antes do decreto do Estado de Emergência, queda de 74%, acentuando nas semanas seguintes para queda até 85% (face ao pré-COVID)
✓ Com o passar do tempo o setor iniciou uma tendência de crescimento que acelerou na 1ª semana após o desconfinamento com um crescimento de 20 pontos base
✓ Aumento de 79% no volume de faturação após Estado de Emergência 29
29
29
Comentários & Memória Descritiva
Eletrodomésticos e Tecnologia Saúde

Despois de uma queda para quase 50% do A saúde revela-se com uma realidade
valor base, observada logo na primeira paradoxal. Em teoria é uma necessidade
semana em Estado de Emergência, a não sacrificável mas que, ainda assim,
categoria tem observado uma capacidade observou quedas de faturação brutais.
de recuperação sustentada, tendo já
voltado a níveis pré-crise.
A atividade atingiu, mesmo antes do
Esta tendência evidencia um fenómeno de decreto do Estado de Emergência, quedas
eficaz conjugação entre pontos de venda de 74%, acentuando, nas semanas
de físicos abertos (com inovadoras seguintes, as quedas para impressionantes
soluções de visita à loja) e um e- valores de 85% (face ao pré-COVID).
commerce em impressionante
crescimento, como mostra análise de Com o passar do tempo, o adiável tornou-
vendas físicas vs online, na página 16 se inadiável (como demonstra a evolução
do presente documento, embora neste do ticket médio) e o consumo de serviços
gráfico apenas expressemos as vendas de saúde iniciou uma tendência de
físicas. crescimento, que acelerou na 1ª semana
após o desconfinamento, com um
Em termos práticos estamos perante uma crescimento de 20 pontos, estando agora
categoria que se manteve essencial e útil em cerca de 50% dos valores observados
e com real capacidade de resposta aos no arranque de março.
propósitos de compra dos seus clientes

30
Zoom in | Reaberturas Setoriais
Faturação | Número de Transações | Ticket Médio | Pontos de Venda Ativos |
Portugueses Vs. Estrangeiros + Lojas Físicas Vs. Online
Setores – Efeito do fim do confinamento e das reaberturas

Cabeleireiros Serviços (Estado) Tabacarias, Papelarias e Livrarias Combustíveis


Abertura a 4 de maio Abertura a 4 de maio Efeito do fim do confinamento Efeito do fim do confinamento

32
Notas: ...
Comentários & Memória Descritiva
Zoom Ins Enquadramento

A inclusão deste capítulo prende-se com o O negócio da moda sofreu um forte


propósito de compreender, em maior impacto com a chegada do novo
detalhe, o que possa ser o retomar de coronavírus, tendo-se registado uma
atividades que estiveram estruturalmente quebra na ordem dos 88% no seu volume
fechadas. de negócios logo na semana em que foi
decretado o 1º Estado de Emergência,
Pretendemos, a partir da análise de acabando por atingir o seu ponto mínimo
reaberturas, compreender na semana de 5 a 11 de abril. Estes níveis
comportamentos de consumidores nos de atividade mantiveram-se mínimos até à
seus processos de desconfinamento, ainda semana em que começou o Estado de
que numa realidade mais condicionada. Calamidade, tendo-se registado, neste
período, um crescimento exponencial do
volume de negócios na ordem dos 270%
É assim, um exercício em curso, que face à semana anterior.
ganhará densidade ao longo das próximas
semanas, em que se perceberá a eventual O mesmo comportamento verificou-se no
consolidação de tendências e o impacto de setor das perfumarias, registando também
novas reaberturas como a restauração ou a uma quebra do seu volume de negócios na
moda. ordem dos 83% durante a 1º semana do
Estado de Emergência face ao período que
antecedeu o decreto. Também na semana
da reabertura da economia com a
imposição do Estado de Calamidade, este
setor teve um crescimento explosivo na
ordem dos 525% face à semana anterior. 33
Cabeleireiros | Evolução da Faturação & Pontos de Venda Ativos (total Portugal)
2. Análises Setoriais
. Análise base 100

Análise Semanal Março 2020 – Presente – Evolução da Faturação Análise Semanal Março 2020 – Presente – Evolução Pontos de Venda Ativos

124
120124

100100 Estado de Emergência Estado de Calamidade


100100 Estado de Emergência Estado de Calamidade 95
91

76
77 76

€48,21 €47,81 €49,51 47


€46,09 €43,47
€38,30
€31,27 €28,07
€25,89 €26,75
18 17 17
8 10 11 10 9 14 11
5 3 6 4 6 5 6 6 7 9 8 11
5 3 4 5 6

1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai
1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai
791 € 633 € 293 € 500 € 584 € 710 € 817 € 1.019 € 1.106 € 1.080 €
Faturação Média por Ponto de Venda
Transações Facturação Ticket Médio

# Pontos de Venda Ativos Facturação

✓ Quebra do volume de negócios em 83% na 1º semana do Estado de Emergência, mantendo-se este volume por valores mínimos até à semana que antecedeu o Estado de Calamidade.
✓ Crescimento explosivo logo no primeiro dia útil da primeira semana após Estado de Emergência, com valores superiores em mais de 1000% face ao volumes da semana anterior, superando o volume de negócios
gerado no período pré-Covid 34
34
34
Cabeleireiros | Evolução da Faturação & Pontos de Venda Ativos (total Portugal)
2. Análises Setoriais
. Análise base 100

Análise Diária – Evolução da Faturação Análise Diária – Evolução Pontos de Venda Ativos

€50,95 €52,09 67 68
€50,74 €49,97 €49,63
€49,35 €48,97 64 64
€46,72
€44,39 59
56

Estado de Calamidade
€31,40
€28,10
€29,13 €25,46
€21,59 2122 2021 21
Estado de Calamidade
2020 20 2020
1818 22 21 20 21 20
18

3 3 3 2 4 4 4 5 4
2 1 2 1 2 2 1 1 1 1 2 3 2 1 2
0 0 0 0 1 1 1 1

26Abr 27Abr 28Abr 29Abr 30Abr 01Mai 02Mai 03Mai 04Mai 05Mai 06Mai 07Mai 08Mai 09Mai 26Abr 27Abr 28Abr 29Abr 30Abr 01Mai 02Mai 03Mai 04Mai 05Mai 06Mai 07Mai 08Mai 09Mai
529€ 251€ 290€ 369€ 506€ 587€ 363€ 455€ 251€ 273€ 254€ 250€ 249€ 269€
Faturação Média por Ponto de Venda
Transações Facturação Ticket Médio
# Pontos de Venda Ativos Facturação

✓ O fim do estado de emergência e a autorização para a reabertura dos cabeleireiros na 1ª semana de maio foi marcada por um impressionante processo de reabertura de quase todos os pontos de venda – 90% (que
existiam no arranque de março) e um ainda mais marcante atingir de níveis de faturação superiores aos do pré-crise (fruto de um efeito de procuras há muito adiadas) 35
35
35
Estado | Evolução da Faturação & Pontos de Venda Ativos (total Portugal)
2. Análises Setoriais
. Análise base 100

Análise Semanal Março 2020 – Presente – Evolução da Faturação Análise Semanal Março 2020 – Presente – Evolução Pontos de Venda Ativos

€109,54
100100 100100
97 Estado de Emergência Estado de Calamidade
Estado de Emergência Estado de Calamidade

€56,96
€52,41 54 54
€49,28
44 44
€38,42 €40,06 €38,82
37 37 38 37
34 34 34
€24,83
€22,38
€18,93 19 21 21
11 13 13
9 7 11 9
6 6 5 6 5
2 4 4 2 4 2 2 4 4

1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai 1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 12-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai
9.431 € 3.624 € 1.831 € 993 € 1.601 € 1.047 € 2.461 € 1.357 € 2.750 € 3.701 €
Transações Facturação Ticket Médio Faturação Média por Ponto de Venda

# Pontos de Venda Ativos Facturação

✓ Em termos objetivos, o Estado (de serviços públicos) fechou para os cidadãos. Não obstante terem-se mantido em funcionamento cerca de 1/3 a 40% das “repartições”, os pagamentos nelas efetuados caíram mais
de 95% 36
36
36
Estado | Evolução da Faturação & Pontos de Venda Ativos (total Portugal)
2. Análises Setoriais
. Análise base 100

Análise Diária – Evolução da Faturação Análise Diária – Evolução Pontos de Venda Ativos

€49,10 Estado de Calamidade 38 38 38


Estado de Calamidade 37 37
€46,03
€42,83 34
€38,51 30
28 27 27
€33,60 €32,50
23 23
€27,92 €27,59 €28,61 22
€25,63 €26,17
€23,28
€19,01
€17,32 14

6
6
4
5 4 3 3
2 3 3 3 3 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2
1 1 1 1 1 2 1 2 1 2 2 2 2 2 1 1 2
0 0 0

26Abr 27Abr 28Abr 29Abr 30Abr 01Mai 02Mai 03Mai 04Mai 05Mai 06Mai 07Mai 08Mai 09Mai 26Abr 27Abr 28Abr 29Abr 30Abr 01Mai 02Mai 03Mai 04Mai 05Mai 06Mai 07Mai 08Mai 09Mai

170 € 419 € 498 € 714€ 1.032 € 888 € 773 € 998 € 1.631 € 859 € 795 € 618 € 413 € 523 €
Faturação Média por Ponto de Venda
Transações Facturação Ticket Médio
# Pontos de Venda Ativos Facturação

✓ Crescimento acentuado do volume de negócios gerado no primeiro dia útil da semana em que terminou o Estado de Emergência - semana esta em que reabriram departamentos de finanças e conservatórias -
impacto positivo da reabertura, mas ainda para níveis muito baixos (menos 80% dos níveis na 1ª semana de março) 37
37
37
Papelarias, Livrarias, Revistas e Tabaco | Evolução da Faturação & Pontos de Venda Ativos (total Portugal)
2. Análises Setoriais
. Análise base 100

Análise Semanal Março 2020 – Presente – Evolução da Faturação Análise Semanal Março 2020 – Presente – Evolução Pontos de Venda Ativos

100100 100100 98 Estado de Emergência


Estado de Emergência Estado de Calamidade Estado de Calamidade

82 82 84
76
72
€66,52

55 55 55
€50,52 €42,37 52 53
€46,62 48 49
€44,24 €43,50 42 45
39 €37,44 €35,57 38 38
€31,37 32 30 33 33
€29,89 30
24 23 25 25
21 20 19 21 20 19 21
15 15

1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai 1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 12-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai

9.872 € 8.260 € 6.526 € 4.417 € 3.974 € 3.074 € 5.636 € 4.665 € 3.792 € 5.256 €
Transações Facturação Ticket Médio Faturação Média por Ponto de Venda

# Pontos de Venda Ativos Facturação

✓ Este setor pôde estar em funcionamento durante o Estado de Emergência, tendo ainda assim observado quebras de faturação de quase 90% na semana de 5 de abril (com 50% dos pontos de venda ativos)
38
38
38
Papelarias, Livrarias, Revistas e Tabaco | Evolução da Faturação & Pontos de Venda Ativos (total Portugal)
2. Análises Setoriais
. Análise base 100

Análise Diária – Evolução da Faturação Análise Diária – Evolução Pontos de Venda Ativos

€51,17
59 58
Estado de Calamidade 57 57
€44,85 55
Estado de Calamidade
€41,30 €41,18 €41,71 €41,30 52
48
46 44 45
€32,99 €32,65 €32,68 €32,23 39
€29,40
30

€15,98 20
19
€16,86 €16,46
6 7 6 7 6 6 6 6 6 7 6 7 8 8
5 5 6 4 6 6 6 6 6 6
4 4 4 3 4 4 4 4 4 4
2 1 1 2
1 1 1 1

26Abr 27Abr 28Abr 29Abr 30Abr 01Mai 02Mai 03Mai 04Mai 05Mai 06Mai 07Mai 08Mai 09Mai 26Abr 27Abr 28Abr 29Abr 30Abr 01Mai 02Mai 03Mai 04Mai 05Mai 06Mai 07Mai 08Mai 09Mai

318 € 816 € 846 € 841 € 906 € 319 € 899 € 365 € 1.042 € 1.029 € 1.075 € 933 € 1.020 € 1.561 €
Faturação Média por Ponto de Venda
Transações Facturação Ticket Médio
# Pontos de Venda Ativos Facturação

✓ No fim do confinamento reabriram quase metade dos pontos de venda que haviam fechado e a faturação duplicou
39
39
39
Gasolineiras | Evolução da Faturação & Pontos de Venda Ativos (total Portugal)
2. Análises Setoriais
. Análise base 100

Análise Semanal Março 2020 – Presente – Evolução da Faturação Análise Semanal Março 2020 – Presente – Evolução Pontos de Venda Ativos

Estado de Emergência
Estado de Emergência Estado de Calamidade Estado de Calamidade

100100 100100 100


96 93 99 98
96 96 96 95 96 95
93

74
69 70 70
66
59 61 61
54 53 54 54
50 49 47
45 45 47
41 39 42 41 42
39

€27,81 €27,05 €27,89


€22,91 €23,46 €22,30 €21,95 €22,10 €22,67 €23,01

1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 19-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai 1-7 Mar 8-14 Mar 15-21 Mar 22-28 Mar 29Mar-04Abr 5-11 Abr 12-18 Abr 12-25 Abr 26Abr-2Mai 3-9 Mai

17.164 € 15.955 € 12.010 € 7.325 € 8.134 € 7.004 € 7.475 € 8.367 € 9.647 € 10.709 €
Transações Facturação Ticket Médio
Faturação Média por Ponto de Venda

# Pontos de Venda Ativos Facturação

40
40
40
Gasolineiras | Evolução da Faturação & Pontos de Venda Ativos (total Portugal)
2. Análises Setoriais
. Análise base 100

Análise Diária – Evolução da Faturação Análise Diária – Evolução Pontos de Venda Ativos

Estado de Calamidade

88 89 89 90 90 90 90
88 87 88 86
84
€24,57 €24,29 80 80
€23,83 €23,71
€23,11 €22,87 €23,11 €23,17 €22,79 €23,23
€20,41 €21,08 €21,41
€20,13

Estado de Calamidade

12 11 12
10 11 11 10 11 10 10
9 10 9 9 10
9 8 9 9 9 9
8 8 8
6 7 6
6

9 11 9 9 9 9 10 10
8 8 6 7 6
6

26Abr 27Abr 28Abr 29Abr 30Abr 01Mai 02Mai 03Mai 04Mai 05Mai 06Mai 07Mai 08Mai 09Mai 26Abr 27Abr 28Abr 29Abr 30Abr 01Mai 02Mai 03Mai 04Mai 05Mai 06Mai 07Mai 08Mai 09Mai

Transações Facturação Ticket Médio 1.186€ 1.519€ 1.556€ 1.718€ 2.086€ 1.270€ 1.353€ 1.349€ 1.738€ 1.644€ 1.716€ 1.628€ 1.828€ 1.964€
Faturação Média por Ponto de Venda

# Pontos de Venda Ativos Facturação

✓ No dia 30 de abril, antes do fim-de-semana prolongado do dia do trabalhador, houve um aumento de 23% na faturação em gasolineiras, quando comparado com o dia anterior. 41
41
41
Comentários & Memória Descritiva
Cabeleireiros Estado Papelarias, Livrarias, Revistas
e Tabaco
O fim do estado de emergência e a Em termos objetivos, o Estado (de Serviços Na prática, Papelarias, Livrarias e
autorização para a reabertura dos Públicos) fechou para os cidadãos. Não Tabacarias sempre puderam estar em
cabeleireiros na 1ª semana de maio foi obstante terem-se mantido em funcionamento durante o Estado de
marcada por um impressionante processo funcionamento cerca de 1/3 a 40% das Emergência, tendo ainda assim observado
de reabertura de quase todos os pontos “Repartições”, os pagamentos nelas quedas de faturação de quase 90% na
de venda – 90% (que estavam no sistema efetuados caíram mais de 95% semana de 5 de abril, e com apenas 50%
no arranque de março) e um ainda mais dos pontos de venda ativos.
marcante atingir de níveis de faturação É possível verificar o crescimento
superiores aos do pré-crise (fruto de um acentuado do volume de negócios gerado Neste contexto, o fim do confinamento
efeito de procuras há muito adiadas). no primeiro dia útil da semana em que evidencia a duplicação de faturação,
começou o Estado de Calamidade. Semana reabrindo quase metade dos pontos de
A reabertura foi quase instantânea logo esta em que reabriram departamentos de venda que haviam fechado.
no dia 4 de maio, tendo os números Finanças e Conservatórias, mas ainda para
estabilizado a partir da 3ª feira, dia 5. níveis muito baixos (faturação a 20% do
que eram os níveis na 1ª semana de Gasolineiras
O paralelo com a faturação foi evidente, março).
tendo o seu crescimento sido mais
explicado por um aumento muito Assistiu-se a um curioso processo, pós-
expressivo do ticket médio (fruto de um reabertura da economia, de aumento
efeito de procuras há muito adiadas) do quotidiano de faturação e, logo, da
que pelo número de transações que faturação média dos pontos de venda (que
cresceu menos de metade do que a se mantiveram sempre abertos em durante
faturação. todo o período de análise).

42
Obrigado.