Você está na página 1de 4

Diocese de Itabira - Cel.

Fabriciano
Paróquia Nossa Senhora Aparecida
paroquia.aparecida@yahoo.com.br
Rua Caetés, 495 - Iguaçu – CEP.:35.162.038

20 de março de 2020
ORIENTAÇÕES
CONTRA O AVANÇO DO CORONAVÍRUS – COVID-19

Estimado(a) Irmão(â)
“O amor de Deus para conosco se manifestou por ter enviado ao mundo seu Filho
unigênito, a fim de vivermos por ele.”(1Jo.4,9)
Na quaresma, tempo de conversão, usando para isto os exercícios quaresmais, somos chamados a
renovar a nossa fé, estreitar a nossa comunhão com Nosso Senhor Jesus Cristo e com os irmãos, objetivando
adorar a Deus em espírito e verdade e a vivermos a fraternidade com o próximo, filho de Deus.
Este ano, nesta quaresma, uma realidade cruel se posta diante de nós e desafia a nossa fé, testa nossa
fidelidade, coloca à prova nosso seguimento de Jesus. Uma ameaça que quer tirar a nossa vida, não está aí
para brincadeira (está mostrando isto em outros Países e quer mostrar aqui, em nosso Brasil).
É hora de mostrar a qualidade de nossa fé, de que cepa somos feitos, que a nossa fé está fincada na
rocha e não na areia (Mt.7,24-27).
Precisamos mudar nossos hábitos e adaptarmo-nos a uma realidade que é assustadora. É uma
Epidemia. A família que está ameaçada não é só a de alguém distante ou a do meu vizinho, mas a minha.
Não podemos ficar indiferentes diante da ameaça chamada coronavírus (COVID 19), pois este vírus já
mostrou que não é só uma ameaça. Podemos ver o que está acontecendo em outros Países e o que começa a
acontecer em nosso País. É e vital importância tomarmos precauções para evitar um mal maior. E não basta
que só você tome precauções, o outros também precisam se prevenir.
É preciso agir comunitariamente, onde é fundamental que cada um faça a sua parte. Em nossa fé já
temos experiência disto. A comunidade de Igreja é o espaço onde a Graça de Deus acontece à medida em que
cada cristão aumenta o seu fervor e mantem a sua fidelidade.
Pe. Aloísio Vieira

Estamos unidos em oração e solidários a todos que sofrem pelo contágio ou que já perderam seus
entes queridos devido ao Vírus.
Convoco todos os paroquianos da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, no Bairro Iguaçu e do Bairro
Ferroviários a enfrentarmos a epidemia com as duas armas que temos: a nossa fé que, por meio do Sangue
derramado por Nosso Senhor na Cruz, nos salva; e as nossas precauções contra o vírus. Assim como o
agricultor que, confiando em Deus, trabalha na sua plantação; confiando em Deus, vamos fazer a nossa
parte, seguindo as orientações que estão sendo dadas pelo Decreto de nosso Bispo Diocesano (Dom Marco
Aurélio), pelos Agentes Sanitários e de Saúde e pela Prefeitura Municipal de Ipatinga.
Procure viver este tempo recolhido em casa. Evite sair de casa, bem como o contato com as pessoas.

I – Orientações da Diocese:
Decreta-se a suspensão por 30 dias das seguintes atividades:
I – Pastorais e administrativas:
Reuniões ou atividades formativas que aglomerem pessoas: Formações de Lideranças,
Conselhos e Movimentos (Vicentinos, Apostolado da Oração, Legião de Maria, Mães que
Oram pelos Filhos, Terço dos Homens, Terço das Mulheres, ECC, RCC entre outros);
reuniões de pastorais; grupos de reflexão; escolas bíblicas ou curso de teologia; escola
diaconal; retiros; catequese de crianças, adolescentes e adultos, catequese batismal e
matrimonial; formações paroquiais, regionais e diocesanas; e outras atividades com este
caráter;
 Em nossa paróquia, todas as reuniões serão virtuais. Cada Conferência Vicentina,
cada grupo do Apostolado da Oração, cada grupo de Terço, cada Grupo de Oração
(inclusive do Ademir), cada grupo da Pastoral litúrgica, cada grupo da Pastoral
Familiar, cada grupo de jovens, o COMIPA e todos os outros deverão tomar
providências para continuar suas atividades, mas de forma virtual. Consulte seu
coordenador ou pergunte ao Pe. Aloísio (por meio virtual – zap) como fazer.
 Os grupos de catequese (catequese de iniciação, de crisma, catecumenato, catequese
de noivos, de batismo etc.) devem continuar suas atividades, repassado o material
para os pais (catequese de iniciação) que serão os catequistas dos filhos, assessorado
e auxiliado virtualmente pelo catequista. A catequese será em família. Para os
demais, o material deve ser entregue para os próprios catequizandos estudarem,
acompanhados virtualmente pelos catequistas.
 As formações de agentes e retiros, previstos para os próximos 30 dias, estão
cancelados.
 O tempo de quarentena, que vem pela frente, vai fazer que a família fique em
casa, sem muito o que fazer. Então vamos fazer nossas pastorais funcionarem,
usando os meios virtuais ao nosso alcance.
Quermesses; almoços, jantares e bailes beneficentes; festas devocionais e de padroeiro;
gincanas; tardes de lazer; shows e outros eventos de cunho social promovidos por grupos,
associações, movimentos e paróquias. Tais eventos deverão ser reagendados após a
superação desta problemática social;
Nos Secretariados Diocesano e Regionais, Câmara Eclesiástica, Cúria e Sub Cúria Diocesana
e Secretarias Paroquiais, mantenha-se o expediente interno. O atendimento ao público será
através de telefone e outras mídias.
Salões, auditórios e outras dependências das paróquias que por ventura são alugados para
festas e outros eventos, tenham a realização de suas atividades suspensas. 
     II- Atividades litúrgicas no âmbito geral:
Na autoridade que me confere o Código de Direito Canônico (Cân. 87, §1; Cân. 1248, §2): os
fiéis leigos ficam dispensados da obrigação católica de participar das missas dominicais e
de preceitos; porém, recomenda-se que os fiéis dediquem-se à oração por tempo
conveniente, pessoalmente ou em família;
 Em nossa paróquia vamos oferecer a Santa Missa, transmitida pela mídias sociais.
Teremos a santa Missa às 09 horas e às 18 horas. Todos são convidados a participar
sintonizando seus dispositivos ao endereço:
 Inclusive você poderá enviar suas intenções para as Santas Missas pelo zap da
paróquia (xxxxxxxxx) ou zap do Padre (984795944)
 Baixe o Elo Litúrgico no endereço: https://dioceseitabira.org.br/elo-liturgico/ e
participe em sua casa, junto com toda família.
Os sacerdotes, sempre que possível, celebrem diariamente a Santa Eucaristia nas intenções
do Povo de Deus, de acordo com o rito prescrito no Missal Romano;
 Em nossa paróquia teremos a Santa Missa todos os dias às 18 horas. De segunda
feira à sexta feira. Todos são convidados a participar sintonizando seus dispositivos
ao endereço:
 Inclusive você poderá enviar suas intenções para as Santas Missas pelo zap da
paróquia (xxxxxxxxx) ou zap do Padre (984795944)
 Estas Missas serão pela ‘liturgia diária’
Conforme o costume local, mantenham-se abertas as igrejas ou capelas do Santíssimo para
visitação e orações pessoais; em hipótese alguma pode haver aglomerações de pessoas
nestes mesmos espaços ao mesmo tempo;
 A Matriz ficará aberta de 00 horas às 00 horas, para que você possa fazer
individualmente as suas orações.
 Será que São João, Jesus de Nazaré, Divina Providência e Esperança em Cristo
podem ficar algum tempo aberta, diariamente, para a oração pessoal dos
fiéis?
Os Ministros Extraordinários da Distribuição da Sagrada Comunhão Eucarística
suspendam as visitas e distribuição da comunhão aos doentes e idosos durante esse
período (residências particulares, hospitais e asilos);
 Neste ponto, como todos podem ver, não será permitido levar a Santa Comunhão a
enfermos. Isto é para que preservemos os enfermos e idosos, pois são os mais
vulneráveis à infecção pelo vírus.
Diante do falecimento de um (a) paroquiano (a), o padre seja comunicado para que reze a
missa “sem povo” em sufrágio do falecido e do consolo da família;
 Neste caso, a família poderá optar pela Santa Missa só pelo falecido e eu celebrarei
ou pela Santa Missa, já programadas e transmitida pela mídias sociais.
Estão suspensas as celebrações comunitárias: Missas (com participação do Povo de Deus),
batizados, confissões individuais, celebrações penitenciais, mutirões de confissão, crismas,
celebrações da Palavra, exéquias, bênçãos, procissões, via Sacra, encontros de oração e
recitação do terço em grupos;
 Pedimos às famílias, que pretendiam batizar seus filhos nos próximos 30 dias, que
adiem.
No que se refere ao sacramento do matrimônio, previsto dentro deste prazo de 30 dias, que
os párocos ou administradores paroquiais dialoguem com os noivos sobre a viabilidade de
reagendamento e, em caso de realização do mesmo, ficam limitados ao número máximo de
20 pessoas dentro do espaço litúrgico;
 Para os casamentos que temos, os noivos serão procurados para conversar.
O sacramento do batismo, a unção dos enfermos e a administração do viático, serão
ministrados em caso de extrema urgência, ou seja, risco eminente de morte;
 Neste caso, a família deve solicitar diretamente na secretaria e o padre irá à casa da
família, em horário definido por ele.
A Iniciação Cristã dos Catecúmenos, prevista para acontecer na Vigília Pascal, deverá ser
remarcada segundo orientações que serão emitidas no momento oportuno.
Valorizar os meios de comunicação social, especialmente as novas mídias, como
instrumento de evangelização e sempre que possível transmitir via Facebook, YouTube,
Instagram, rádios, as ações litúrgicas que serão celebradas sem a presença da assembleia
litúrgica. Os fiéis sejam convidados a continuarem colaborando com a ação evangelizadora
seja por meio das orações, testemunho e economicamente (dízimo e ofertas).
III – Atividades litúrgicas no âmbito da Semana Santa 
No que se refere à realização das atividades, tais como as procissões, sermões,
dramatizações da paixão, vias sacras, caminhadas penitencias etc, sejam canceladas. O
Domingo de Ramos e o Tríduo Pascal sejam realizados sem a participação da assembleia
litúrgica, ou seja, os ministros ordenados presidirão os atos litúrgicos propostos pela Igreja,
assessorados por um grupo restrito de leigos. Deve-se obedecer às orientações da Saúde
Pública, mantendo distanciamento físico e fazendo a higienização pessoal e dos ambientes
celebrativos de modo adequado. As missas e orações da Igreja serão oferecidas em favor de
toda humanidade que sofre com esta pandemia;
 O Domingo de Ramos e o Tríduo Pascal serão também transmitidos pela mídias
sociais. Baixe o Elo Litúrgico no endereço https://dioceseitabira.org.br/elo-
liturgico/ e participe em sua casa, junto com toda família.
A missa dos Santos Óleos será remarcada para outro momento oportuno. Se por ventura
em alguma paróquia vier a faltar algum dos óleos, conforme os casos previstos nos rituais,
os sacerdotes poderão fazer a bênção do óleo para a ministração dos sacramentos;
 Na missa da Ceia do Senhor, na quinta-feira santa, omita-se o rito do Lava-pés;
 Na Ação Litúrgica da Paixão do Senhor omita-se o rito do beijo da cruz;
 A Vigília Pascal e o Domingo de Páscoa deverão ser celebrados segundo as normas
prescritas, com o máximo de zelo, porém sem a participação da assembleia litúrgica.
Este DECRETO poderá ser revogado ou prorrogado, parcialmente ou integralmente, a partir
do discernimento feito pelo bispo diocesano.
Este DECRETO entra em vigor na data de sua publicação.

II – Complementando as orientações da Diocese:


1. Ficam cancelados os atendimentos presenciais dos padres na secretaria paroquial. Mas, o padre
atenderá pelo telefone ou chamada de vídeo (984795944)

2. Exéquias:
 Não serão celebradas

III. Igreja Doméstica:


Para cada família de nossa Paróquia pedimos que aproveite este tempo de recolhimento em casa para
tornar mais viva a Igreja Doméstica, intensificando a Vida de Oração. Para isso procurem viver:
 Leitura Orante da Palavra de Deus
 Reza do Terço em Família
 Participação da Missa pelos Mídias sociais

Inspirados pelo exemplo evangélico do Bom Samaritano, vamos nos cuidar e rezar uns pelos outros.
Fazendo assim, estaremos cuidando do próximo, pois os irmãos não serão ameaçados pelo vírus, vindo de
nós; pois estaremos limpos.

Rogamos a N. S. Aparecida, Padroeira da nossa Diocese e do Brasil que intercedam por nós, neste
tempo de crise.
Fraternalmente,

Pe. Aloísio Vieira – Pároco