Você está na página 1de 39

PREVENÇÃO E COMBATE

A INCÊNDIO
NR 23 – PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIOS

O QUE DIZ A NORMA SOBRE A PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIOS

23.1 Disposições gerais.

23.1.1 Todas as empresas deverão possuir:

a) proteção contra incêndio;

b) saídas suficientes para a rápida retirada do pessoal em serviço,


em caso de incêndio;

c) equipamento suficiente para combater o fogo em seu início;

d) pessoas adestradas no uso correto desses equipamentos.


É queima entre três elementos: COMBUSTÍVEL,

COMBURENTE e FONTE DE CALOR.


Para que haja fogo é necessário que existam três
elementos essenciais da combustão, que constituem o
chamado "Triângulo da Combustão". São eles:

• COMBUSTÍVEL

• FONTE DE CALOR

• COMBURENTE
COMBUSTÍVEL
É toda substância capaz de queimar e alimentar a
combustão. Os combustíveis dividem-se em três
grupos, de acordo com o estado físico em que se
apresentam:
COMBUSTÍVEIS SÓLIDOS:

A maioria dos combustíveis sólidos transforma-se em

vapores e, então, reagem com o oxigênio, exemplos:

madeira, papel, plástico, ferro, etc.


COMBUSTÍVEIS LÍQUIDOS

Tem algumas propriedades físicas que dificultam a


extinção do calor, aumentando o perigo. Os líquidos
assumem a forma do recipiente que os contém, é
importante notar também que a maioria dos líquidos
inflamáveis são mais leves que a água, e portanto,
flutuam sobre esta.
Outra propriedade a ser considerada é a sua

volatividade, que é a facilidade com que os líquidos

liberam vapores, também é de grande importância,

porque quanto mais volátil for o líquido, maior a

possibilidade de haver fogo ou mesmo explosão.


COMBUSTÍVEIS GASOSOS

Os gases não tem volume definido, tendendo,

rapidamente, a ocupar todo recipientes que estão

envolvidos.
COMBURENTE
É o elemento que possibilita vida às chamas e

intensifica a combustão. O mais comum na natureza é

o oxigênio, encontrado na atmosfera a 21%.


FONTE DE CALOR
Calor é uma forma de energia que eleva a temperatura, gerada
da transformação de outra energia, através de processo físico
ou químico. Pode ser descrito como uma condição da matéria em
movimento, isto é, movimentação ou vibração das moléculas que
compõem a matéria.
Podemos definir as 3 formas de eliminar o fogo:

a) Resfriamento: Quando se retira o


calor;
b) Abafamento: Quando se retira o
comburente
Abafamento
c) Isolamento: Quando se retira o
combustível.
PARA FACILITAR A MANEIRA DE SE COMBATER OS

INCÊNDIOS, VAMOS DIVIDI-LOS EM QUATRO CLASSES:


PARA FACILITAR A MANEIRA DE SE COMBATER OS

INCÊNDIOS, VAMOS DIVIDI-LOS EM QUATRO CLASSES:

CLASSE “A”- Combustíveis sólidos;

CLASSE “B”- Combustíveis Líquidos;

CLASSE “C”- Equipamentos Energizados; e

CLASSE “D”- Materiais Pirofóricos.


CLASSE “A”

Incêndios envolvendo combustíveis sólidos comuns,

como papel, madeira, pano, borracha:


CLASSE “B”
Incêndio envolvendo combustíveis líquidos inflamáveis
graxas e gases combustíveis:
CLASSE “C”
Incêndio envolvendo materiais energizados:
Classe “ D “
Compreende os incêndios ocasionados por elementos

pirofosfóricos, como magnésio, zircônio, titânio,

dentre outros.
O que são extintores ?
São aparelhos portáteis, de utilização imediata, para

serem usados em princípios de incêndios.


Suas instalações deverão ser ...
• Visíveis (bem localizados);

• Desobstruídas ( livres de qualquer obstáculo que

possa dificultar o acesso até eles);

• Sinalizadas (para melhor visualizá-los caso não

estejam visíveis);
Localização...
Os extintores deverão ter um lugar fixo de onde
serão retirados somente por três motivos:
• Para manutenção (recarga, conserto ou
revisão);
• Para exercícios (treinamento ou instrução);
• Para uso em caso de incêndio.
MODO DE USAR OS
EXTINTORES...
EXTINTOR DE ESPUMA
MODO DE USAR
A simples inversão do aparelho faz disparar o jato,
que só estanca quando a carga se esgota.
EXPLICAÇÃO
Quando se inverte o extintor, a solução de
bicarbonato de sódio e a solução de sulfato de
alumínio entram em contato, havendo desprendimento
de gás carbônico que sai misturado no meio de uma
substância gelatinosa.
Neste caso a substância gelatinosa e o gás carbônico
absorvem o calor e também separam o oxigênio do
material que está queimando.
RESUMO DOS AGENTES EXTINTORES
AGENTE EXTINTOR

INCÊNDIO
ESPUMA ESPUMA
AGUA PQS CO²
QUÍMICA MECÂNICA

CLASSE A EFICIENTE POUCO POUCO POUCO POUCO


EFICIENTE EFICIENTE EFICIENTE EFICIENTE
CLASSE B NÃO EFICIENTE EFICIENTE EFICIENTE EFICIENTE

CLASSE C NÃO EFICIENTE EFICIENTE NÃO NÃO


CLASSSE D PQS
NÃO NÃO NÃO Não
ESPECIAL
REGRAS BÁSICAS
•Mantenha sempre a vista o numero de telefone de
emergência do corpo de bombeiros;

•Os extintores devem estar fixados sempre em locais


de fácil acesso, devidamente carregados e revisados.

•Revisar periodicamente toda a instalação elétrica do


prédio, procurando inclusive constatar também a
existência de possíveis vazamento de gases.
•Evitar o vazamento de líquidos inflamáveis;
•Não manter trancadas as saídas de
emergência;
•Não deixar estopas ou flanelas embebidas
em óleos graxas em locais inadequados;
•Manter a atenção sobre os locais apropriados
para fumantes;
•Ao final da jornada de trabalho desligar
todos os equipamentos elétricos;

Você também pode gostar