Você está na página 1de 14

APR AL 036

Análise Preliminar de Risco Data Emissão Data Revisão


24.01.2016 Rev. 02 - 09.03.18
ATIVIDADE: IÇAMENTO (GIRO/ROTAÇÃO) DE PÁS
LOCAL DAS ATIVIDADES:
EMITENTE DO CUMENTO: DATA:
EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL NECESSÁRIOS PARA ATIVIDADE
( X ) Capacete com jugular ( X ) Óculos de Segurança ( X ) Protetor Auricular ( X ) Respirador PFF1 ( X ) Luvas de Seg. ( X ) Protetor Solar
( X ) Bota com biqueira de segurança ( X ) Dispositivo de Proteção Contra Quedas ( X ) Fardamento com sinalização de alta visibilidade
( ) Outros:
LEGENDA
Temporabilidade: (P) Passada (A) Atual (F) Futura Situação: (N) Normal ( E ) Emergêncial
Incidência: (D) Direta ( I ) Indireta
Significância: (T) Trivial ( TL ) Toleravel (MD) Moderado ( S ) Substancial ( IN ) Intoleravel
IÇAMENTO (GIRO/ROTAÇÃO) DE PÁS
ANALISE OCUPACIONAL AÇÃO
CLASSIFICAÇÃO
TEMPORALIDADE

PROBABILIDADE

PROBABILIDADE
SIGNIFICÂNCIA
FREQUÊNCIA /

SIGNIFICÂNCIA
FONTE GERADORA DO

FREQUÊNCIA /
SEVERIDADE

SEVERIDADE
RISCOS POTENCIAIS PESSOAS EM

INCIDÊNCIA
RISCO / PERIGO (FATOR MEDIDA PREVENTIVA
SITUAÇÃO
DE RISCO) IDENTIFICADO RISCO

Radiações não ionizantes Todos envolvidos 01 - Orientação em DDS referente as


(Raios UV) na atividade. A N D 2 2 TL consequências á exposição solar sem proteção. 02 - 1 1 T
Fornecimento, uso e orientações quanto a
Trabalho a Céu Aberto importância do uso de protetor solar. 03 - Óculos
de proteção contra radiação solar/Uso de
(Diurno) fardamento (calça/blusa com manga). 04 -
Fornecimento de água potável e fresca a todos os
envolvidos/Orientações em DDS referente à
Todos envolvidos
Exposição Solar na atividade. A N D 2 2 TL importância de ingestão constante de água. 1 1 T

01 - Realizar os trabalhos com atenção, mantendo


os ambientes organizado. (Orientações em DDS e
Arranjo físico Todos envolvidos A N D 1 2 TL nas reuniões de Pré Atividade). 02 - Uso dos 1 1 T
inadequado na atividade. equipamento de Proteção de Segurança (Capacete,
Óculos de Segurança, Bota de Segurança, etc.).

01 - Analisar a existências desses animais antes de


iniciar as atividades. 02 - Evitar qualquer
proximidade com animais soltos na obra. 03 - Não
armazenar ou fazer uso de alimentos no posto de
trabalho. 04 - Comunicar ao setor ambiental a
existência de animais na área de atividade, para
Todos envolvidos realizarem a remoção. 05 - Alertar os
Animais peçonhentos na atividade. A E D 1 2 TL companheiros da presença de animais perigosos na 1 1 T
área de atividade. 06 Não remover pedras e
objetos sem usar luvas de proteção adequadas. 07
- Uso de perneira quando realizar atividade em
vegetação ou identificar riscos. 08 - Manter o
ambiente de trabalho limpo e organizado (Evitar o
acumulo de residuos sólidos).

Circulação na Área de
Atividade
01 - Na reunião de pré atividade analisar as
condições do PAD e/ou Loca da atividade,
identificando possiveis pontos de quadas. 02 -
Queda de pessoa de Todos envolvidos Sinalizar as valas, buracos entre outros
diferentes e memso na atividade. A N D 2 3 S desniveis/depressão do solo, etc (Usar cones, fitas 1 3 MD
nivél. zebrada, etc.). 03 - Manter o local organizado não
deixando ferramentas e equipamentos espalhados
pelo chão. 04 - Caso seja necessário solicitar
iluminação provisória

01 - Orientação referente ao risco de queda de


materiais. 02 - Atentar para as atividade que
ocorrem e altura. 03 - respeitar os isolamentos de
área restrita. 04 - Alerta os companheiros da
equipe de possiveis pontos de riscos com queda de
Todos envolvidos materiais/objetos/etc. 05 - Não passar sob carga
Queda de objetos na atividade. A N D 2 3 S 1 3 MD
suspensa. 06 - Ferramentas não podem ficar soltas
ou expostas em área onde ofereça risco de queda.
07 - Todos devem fazero uso de equipamentos de
Segurança (Capacete, Óculos de Segurança, Bota
de Segurança, etc.).

ELABORADO POR: REVISADO POR: APROVADO POR:


SAMIRA MARIA DA SILVA FERNANDO ZANCO MARILÓ LEGIDO CEBALLOS

Página 1 de 14
CLASSIFICAÇÃO

TEMPORALIDADE

PROBABILIDADE

PROBABILIDADE
SIGNIFICÂNCIA
FREQUÊNCIA /

SIGNIFICÂNCIA
FONTE GERADORA DO

FREQUÊNCIA /
SEVERIDADE

SEVERIDADE
RISCOS POTENCIAIS PESSOAS EM

INCIDÊNCIA
RISCO / PERIGO (FATOR MEDIDA PREVENTIVA

SITUAÇÃO
IDENTIFICADO RISCO
DE RISCO)

01 - Orientações em DDS e nas Reuniões de Pré


Atividade quanto a organização no ambiente de
trabalho. 02 - Monitoramento em campo atráves
Arranjo físico Todos envolvidos dos supervisores/encarregados/EHS. 03 -Planejar
inadequado na atividade. A N D 1 2 TL na reuniões de pré atividade a localização de cada 1 1 T
objeto, equipamento, etc. 04 - Usar os
equipamentos de proteção individual - EPI´s
neessários.

01 - Realizar orientações em DDS concientizando os


colaboradores para manter o local de trabalho
Armazenamento Todos envolvidos limpo e organizado. 02 - Armazenar objetos,
inadequado na atividade. A N D 1 2 TL produtos, ferramentas em recipientes apropriados. 1 1 T
03 - Uso de equipamento de proteção individual -
EPI´s correspondente a ativdade.

01 - Possuir lanterna de capacete e portátil. 02


Todos envolvidos - Para atividades noturnas deverá manter
Iluminação Inadequada na atividade. A N D 2 2 MD iluminação adequada no local de armazenamento 1 2 TL
de materiais e no local de montagem.

01 - Orientações em DDS/Treinamento em relação


Preparação para as as posturas correta de trabalho. 02 - Orientações
atividades Separação das Todos envolvidos em DDS/Treinamento de exercicios fisico de
ferramentas / Acessórios Postura Inadequada na atividade. A N D 1 2 TL alongamento na atividade (antes, durante e dpois ). 1 1 T
de Içamento, Eslingas, 03 - Pausas para descanso, revezamento entre
etc. membros da equipe.

01 - Orientação referente ao risco de queda de


materiais. 02 - Atentar para as atividade que
ocorrem e altura. 03 - respeitar os isolamentos de
área restrita. 04 - Alerta os companheiros da
Todos envolvidos equipe de possiveis pontos de riscos com queda de
Queda de objetos na atividade. A N D 2 3 S materiais/objetos/etc. 05 - Não passar sob carga 1 2 T
suspensa. 06 - Ferramentas não podem ficar soltas
ou exposta. 07 - Todos devem fazer o uso de
equipamentos de Segurança (Capacete, Óculos de
Segurança, Bota de Segurança, etc.).

01 - Orientações em DDS/Treinamento em relação


as posturas correta de trabalho. 02 - Orientações
Levantamento e em DDS/Treinamento de exercicios fisico de
Transporte Manual de Todos envolvidos A N D 1 2 TL alongamento na atividade (antes, durante e dpois ). 1 1 T
Peso na atividade. 03 - Pausas para descanso, revezamento entre
membros da equipe. 04 - Solicitar ajuda ao colegar
ao pegar equipamentos pesados.

01 - O guindaste deve dispor de equipamentos de


segurança (sensor de ré). 02 - Só deverá operar o
equipamento pessoa habilitada (operador de
Colisões, Batida e Todos envolvidos guindar) 03 - Ao movimentar o veículo, o operador
Pancadas. na atividade. A N D 2 3 S 1 3 MD
Posicionamento do deve certificar-se que a área está livre para
Guindaste execução da atividade. 04 - Sempre que haja pouca
visibilidade, devera acionar um rigger para sinalizar
uma movimentação. 05 - Na execução de uma ré
sempre acionar o alarme sonoro. 6 - Área restrita
sinalizada e somente permitir pessoas autorizadas
e que participem da atividade.
Todos envolvidos
Atropelamento. na atividade. A N D 2 3 S 1 3 MD

01 - Isolar e sinalizar o local da atividade a fim de


evitar a circulação de pessoas que não participam
do processo. 02 - Na abertura das patolas verificar
Aprisionado por ou entre se não existem pessoas no isolamento de área
objetos / Esmagamento, Todos envolvidos
na atividade. A N D 2 3 S restrita. 03 - Manter a área livre de pessoas 1 3 MD
pancadas. durante atividade. 04 - Trabalhar com atenção,
proibido está com parte do corpo (pé, mãos, etc)
sob a patola. 05 - Verificar se o terreno esta bem
compactado, e fazer uma certificação visual.

Patolamento do
Guindaste

01 - Na reunião de pré atividade analisar as


condições do PAD e/ou Loca da atividade,
identificando possiveis pontos de quadas. 02 -
Queda de pessoa de Sinalizar as valas, buracos entre outros
diferentes e memso Todos envolvidos A N D 1 2 TL desniveis/depressão do solo, etc (Usar cones, fitas 1 1 T
nivél. na atividade. zebrada, etc.). 03 - Manter o local organizado não
deixando ferramentas e equipamentos espalhados
pelo chão. 04 - Caso seja necessário solicitar
iluminação provisória

ELABORADO POR: REVISADO POR: APROVADO POR:


SAMIRA MARIA DA SILVA FERNANDO ZANCO MARILÓ LEGIDO CEBALLOS

Página 2 de 14
CLASSIFICAÇÃO

TEMPORALIDADE

PROBABILIDADE

PROBABILIDADE
SIGNIFICÂNCIA
FREQUÊNCIA /

SIGNIFICÂNCIA
FONTE GERADORA DO

FREQUÊNCIA /
SEVERIDADE

SEVERIDADE
RISCOS POTENCIAIS PESSOAS EM

INCIDÊNCIA
RISCO / PERIGO (FATOR MEDIDA PREVENTIVA

SITUAÇÃO
IDENTIFICADO RISCO
DE RISCO)

01 - Emitir Permissão de Trabalho - Trabalho em


Altura / Içamento. 02 - Manter -se ancorado
Acesso a cabine do Queda de pessoa de Todos envolvidos quando necessário; - Inspecionar Cintos de
Guindaste diferentes nivel. na atividade. A N D 1 2 TL segurança antes do início da atividade; 03 - 1 1 T
Verificar se os EPI´s para atividade foram
inspecionado conferindo o Tag da cor do mês. 04 -
Acessar a cabine com atenção.

01 - Isolar e sinalizar o local da atividade a fim de


evitar a circulação de pessoas que não participam
do processo. 02 - Manter a área livre de pessoas
durante atividade. 03 - Trabalhar com atenção ter
Aprisionamento de cuidado com as mãos na hora de fazer o
membros por e/ou entre Todos envolvidos
na atividade. A E D 2 3 S eslingamento em conjunto com os outros 1 3 MD
objetos acessórios de içamento. 04 - Utilizar os
equipamentos de segurança correspondente a
atividade (Capacete de segurança, luvas de
proteção contra os risco de corte, Óculo de
Segurança, Botina de Segurança, etc) .

Instalação dos
Dispositivos para 01 - Verificar se no local há aberturas no solo, caso
Içamento da pá. Queda de pessoa de Todos envolvidos haja deverá ser sinalizado. 02 - Manter o local
mesmo nivel. na atividade. A N D 1 2 TL organizado não deixando ferramentas e 1 1 T
equipamentos espalhados pelo chão. 03 - Caso seja
necessário solicitar iluminação provisória.

01 - Delimitar e isolar a área de risco (abaixo). 02 -


Manusear Carga pesadas sempre com auxílio de 02
(dois) colaboradores. 03 - Ferramantas devem
Todos envolvidos possuir corda de empunhadura 04 - As ferramentas
Queda de objetos na atividade. A E D 2 3 S devem estar amarradas ou portadas dentro de 1 3 MD
sacolas apropriadas; 05 - Utilizar cinturão de
ferramentas se necessário 06 - Não deixar objetos
soltos sobre a carga. 07 - Manter bolsa adequada
para guarda de ferramentas.

Todos envolvidos
Incidência de Raios na atividade.
A N D 2 3 S 01 - Em caso de chuva/neblina forte que atrapalhe 1 2 TL
a visibilidade do operador/Rigger do guindaste, as
atividades deverão ser paralisadas até as condições
se normalizarem. 02 - Todos devem ser orientados
referente aos riscos de trabalho com Incidência de
raios na zona de trabalho. 03 - Orientações para
ficarem atentos ao rádio em dias que a condição do
Condições Climáticas Todos envolvidos clima favoreça para que haja raios. 04 - Realização
chuva forte na atividade. A N D 2 3 S 1 2 TL
do monitoramento via sistema informatizado. 05 -
Em casos de raios atingirem a zona de trabalho
realizar as paradas (nível 1 - Atenção, nível 2 -
Parada e todos os colaboradores para os carros/e
ou direcionarem para o ponto de encontro ou
escritórios).
Todos envolvidos
Néblina na atividade. A N D 2 3 S 1 2 TL

01 - Trabalhar com atenção. 02 - Ter cuidado com


as mãos no momento da separação das
ferramentas e materiais. 03 - Usar os equipamento
de proteção adequados para atividade (luvas de
Ferramentas Todos envolvidos proteção contra os risco de corte, Bota de
inadequadas ou A N D 1 2 TL Segurança com Biqueira). 04 - Somente utilizar 1 1 T
defeituosas na atividade. Ferramentas em bom estado de conservação e
adequadas. 05 - É proibida a utilização de adornos
nas atividades. 06 - Somente fazer o so das
ferrametas pessoal autorizado e com treinamento
de ferramentas rotativas / manuais e/ou eletricas.

Manuseio e uso de
Ferramentas Manuais e
elétricas. 01 - Orientações em DDS/Treinamento de
Exigencia de Postura Todos envolvidos exercicios fisico de alongamento na atividade
Inadequada. na atividade. A N D 1 2 TL (antes, durante e dpois ). 02 - Pausas para 1 1 T
descanso, revezamento entre membros da equipe.

Todos envolvidos 01 - Verificar se todos as ferramentas e/ou


Eletricidade na atividade. A N D 1 2 MD equipamento estão devidamentes aterrados 1 2 TL
segundo os parametros da NR - 10 do MTE.

01 - Orientações em DDS/Treinamento de
Todos envolvidos exercicios fisico de alongamento na atividade
Movimentos repetitivos na atividade. A N D 1 2 TL (antes, durante e dpois ). 2 - Pausas para descanso, 1 1 T
revezamento entre membros da equipe.

ELABORADO POR: REVISADO POR: APROVADO POR:


SAMIRA MARIA DA SILVA FERNANDO ZANCO MARILÓ LEGIDO CEBALLOS

Página 3 de 14
CLASSIFICAÇÃO

TEMPORALIDADE

PROBABILIDADE

PROBABILIDADE
SIGNIFICÂNCIA
FREQUÊNCIA /

SIGNIFICÂNCIA
FONTE GERADORA DO

FREQUÊNCIA /
SEVERIDADE

SEVERIDADE
RISCOS POTENCIAIS PESSOAS EM

INCIDÊNCIA
RISCO / PERIGO (FATOR MEDIDA PREVENTIVA

SITUAÇÃO
DE RISCO) IDENTIFICADO RISCO

01 - Realizar o check list das máquinas e


Probabilidade de Todos envolvidos equuipamentos. 02 - Uso de dispositivo de
incêndio e/ou explosão. na atividade. A N D 1 2 TL combate a incêndio próximo aos equipamentos 1 1 T
(no raio máximo de 30 m).

Uso de maquinas e/ou Maquinas e/ou Todos envolvidos 01 - Realizar manutenção preventiva nas maquinas
Equipamentos elétricos Equipamentos sem na atividade. A N D 1 2 TL e equipamentos. 02 -Acionar técnico para realizar 1 1 T
(Torre de iluminação, Proteção. reparos nos mesmo caso necessário.
Gerador etc.)
01 - Todas as máquinas e equipamentos deverão
Todos envolvidos estar aterrados. 02 - Condutores elétricos (cabos)
Eletricidade na atividade. A E D 2 3 S sem fissuras ou emendas. 03 - Orientações em 1 3 MD
DDS/Treinamento sobre os riscos de choque
elétrico e suas medidas preventivas.

Todos envolvidos 01 - Verificar se todos as ferramentas e/ou


Eletricidade na atividade. A N D 1 2 MD equipamento estão devidamentes aterrados 1 2 TL
segundo os parametros da NR - 10 do MTE.

01 - Orientações em DDS/Treinamento de
Todos envolvidos exercicios fisico de alongamento na atividade
Movimentos repetitivos na atividade. A N D 2 2 MD (antes, durante e dpois ). 2 - Pausas para descanso, 1 2 TL
revezamento entre membros da equipe.

01 - Trabalhar com atenção. 02 - Ter cuidado com


as mãos no momento de uso das ferramentas. 03 -
Somente utilizar Ferramentas em bom estado de
conservação e adequadas. 04 - É proibida a
utilização de adornos nas atividades. 05 - Somente
Aprisionado/Esmagamen Todos envolvidos fazer o uso das ferrametas pessoal autorizado e
to por e/ou entre na atividade. A E D 2 3 S com treinamento de ferramentas rotativas / 2 3 S
objetos, pancadas. manuais, eletricas ou hidraulicas. 06 - Realizar
Check List. 07 - Usar os equipamento de proteção
adequados para atividade (Óculso de Seguraça,
Protetor Auditivo, luvas de proteção contra os risco
de corte, Bota de Segurança com Biqueira, etc.).

01 - Observar guias de segurança e EPI´s exigidos


em manuais de instrução de ferramentas
Todos envolvidos hidráulicas, elétricas, manuais, etc. 02 - Bloquear e
Projeção de partículas na atividade. A E D 2 2 MD sinalizar o acesso à área de trabalho. 03 - Em caso 2 2 MD
de dúvida, interromper o trabalho e notificar o
Manuseio de supervisor.
ferramentas hidráulicas,
de impacto elétrico,
acessórios e materiais.
01 - Usar luvas de proteção para trabalhos
mecânicos e óculos de segurança juntamente com
Impacto/Cortes por Todos envolvidos outros EPI´s. 02 - Por qualquer falha ou dúvida,
objetos ou ferramentas na atividade. A E D 2 2 MD retirar a ferramenta de quarentena para o reparo 1 2 TL
ou substituição. 03 - Área de trabalho livre de
obstáculos.

01 - Rodizio entre os membros da equipe. 02 - Se


houver algum desconforto, comunicar a supervisão
ruído de impacto e/ou Todos envolvidos e para realizar o rodízio de pessoal. 03 - Uso de
continuo. na atividade. A N D 1 2 MD Proteção Auditiva simples ou combinada (Plug mais 1 2 TL
concha). 04 - Realização de exames ocupacionais
conforme o cronogrma no PCMSO e/ou orientação
médica.

01 - Bloquear e sinalizar o acesso a área de


trabalho. 02 - Na dúvida, parar atividade e notificar
o supervisor. 03 - Obter Permissão de trabalho
para atividades em altura antes de iniciar. 04 -
Todas as ferramentas portáteis a serem utilizadas
devem possui ponto de ancoragem fixo ou, como
Queda de objetos Todos envolvidos A E D 1 3 MD último recurso, deve ser anexada ao trabalhador 2 2 MD
(Ferramentas, etc.) na atividade.
(por cintos ou bolsa adequada). 05 - Remover
objetos e materiais a fim de garantir uma área de
trabalho limpa, organizada. 06 - Uso adequado dos
equipamentos de proteção individual (Capacete
com jugular, Óculos de Segurança, Luva de
Segurança, Bota com biqueira reforçada, etc).

01 - O manipulador telescópico (manitou) deve


dispor de equipamentos de segurança (sensor de
ré). 02 - Só deverá operar o equipamento
colaborador com treinamento de manipulador
Posicionamento/ Pancadas/ Todos envolvidos telescópico. 03 - Ao movimentar o manipulado
Movimentação de Atropelamentos na atividade. A N I 2 2 MD telescópico o operador deve certificar-se que a 1 2 TL
Manipulador Telescópico área está livre para execução da movimentação e
sempre que haja pouca visibilidade, acione um
colaborador para sinalizar no posicionamento. 04 -
Na execução de uma ré o equipamento tem que
ter alarme sonoro/Isolamento de área.

ELABORADO POR: REVISADO POR: APROVADO POR:


SAMIRA MARIA DA SILVA FERNANDO ZANCO MARILÓ LEGIDO CEBALLOS
Página 4 de 14
CLASSIFICAÇÃO

TEMPORALIDADE

PROBABILIDADE

PROBABILIDADE
SIGNIFICÂNCIA
FREQUÊNCIA /

SIGNIFICÂNCIA
FONTE GERADORA DO

FREQUÊNCIA /
SEVERIDADE

SEVERIDADE
RISCOS POTENCIAIS PESSOAS EM

INCIDÊNCIA
RISCO / PERIGO (FATOR MEDIDA PREVENTIVA

SITUAÇÃO
IDENTIFICADO RISCO
DE RISCO)

01 - Somente utilizar dispositivos de içamento,


eslingas, manilhas, etc devidamente inspecionados
e provados por profissional competente; 02 -
Verificar Tag de inspeção dos acessórios de
içamento. 03 - Capacidade de Carga do dispositivo
deve ser compátivel com peça içada; 04 -
Insepcionar fixação do dispositivo na Carga a ser
Rompimento da eslinga, içada (em acordo com Instruções Técnicas de
quebra do dispositivo de Todos envolvidos A E D 2 3 S Montagem); 05 - Não utilizar dispositivos 1 3 MD
içamento na atividade. improvisados; 06 - Utilizar eslingas com coeficiente
de segurança. 07 - insepecionar visualmente os
dispostivos de içamento antes da conexão; 08 -
Verificar capacidade de Carga da Eslinga, conforme
instruções do plano de içamento; 09 - Verificar
posicionamento adequado e pontos de fixação da
eslinga, conforme instruções do plano de
içamento; 10 - Inspecionar visualmente manilhas
antes da conexão;
Içamento e
Posicionamento da
Blade/pá

11 - Verificar capacidade de Carga da Manilha,


conforme instruções do plano de içamento; 12 -
Verificar posicionamento adequado e pontos de
Rompimento da eslinga, Todos envolvidos fixação da manilha, conforme instruções do plano
quebra do dispositivo de na atividade. A E D 2 3 S de içamento;13 - Utilizar corda guia devidamente 1 3 MD
içamento inspecionada e sem emendas;

01 - É proibido a presença de pessoa no raio de


operação do guindaste no momento de
verticalzação/içamento. 02 - Manter terceiros que
não fazem parte da ativiade fora do isolamento de
segurança (área restrita) 03 - TNão posicionar parte
do corpo entre cargas içadas e outro
Essmagamento / Todos envolvidos A E D 2 3 S objetos/estrutura. 04 - Utilizar os equipamentos de 1 3 MD
Aprisionamento na atividade. segurança correspondente a atividade.

01 - Realizar sinalização de área restrita. 02 -


Trabalhar com atenção ter cuidado com os
Aprisionamento de membros superiorese inferiores.03 - Fazer o uso
membros por e/ou entre Todos envolvidos A E D 2 3 S de cordas guias sem imendas. 04 - Não posicionar / 1 3 MD
objetos na atividade. colocar parte do corpo em pontos de entalamento
Retirada dos dispositivos
de içamento. 05 - Proibido ficar sob carga içada. 06 - Amarrar os
dispositivos de içamento. 07 - Utilizar os
equipamentos de segurança correspondente a
atividade (Capacete de segurança, luvas de
proteção contra os risco de corte, Óculo de
Segurança, Botina de Segurança, etc) .
Quedas de Objetos Todos envolvidos A N D 2 3 S 1 3 MD
na atividade.

01 - Orientações em DDS/Treinamento de
Todos envolvidos exercicios fisico de alongamento na atividade
Postura inadequada na atividade. A N D 1 2 TL (antes, durante e dpois ). 02 - Pausas para 1 1 T
Realizar limpeza e descanso, revezamento entre membros da equipe.
desmobilizaçao das
ferramentas / materiais
Todos envolvidos 01 - Escotilhas das plataformas sempe fechadas.
Quedas de Objetos na atividade. A N D 1 2 TL 02 - Proibido ficar sob carga suspensa. 1 1 T

01 - Só movimentar a lança após o sinal do rigger.


Desmobilização do Torção da mão/choque Todos envolvidos 02 - Área deve permanecer sinalizada até o
Guindaste na Atividade elétrico/corte/ na atividade. A N D 2 2 MD recolhimento das patolas. 03 - Realizar atividade 1 2 TL
escoriação com atenção. 04 - Pessoas não envolvidas no
processo devem manter-se afastadas.

EXISTE ALGUM RISCO A SER ACRESCENTANDO? ( ) SIM OU ( ) NÃO.


CLASSIFICAÇÃO
TEMPORALIDADE

PROBABILIDADE

PROBABILIDAD
SIGNIFICÂNCIA

SIGNIFICÂNCIA
FREQUÊNCIA /

FREQUÊNCIA /

FONTE GERADORA DO
SEVERIDADE

SEVERIDADE

RISCOS POTENCIAIS PESSOAS EM


INCIDÊNCIA

RISCO / PERIGO (FATOR MEDIDA PREVENTIVA


SITUAÇÃO

DE RISCO) IDENTIFICADO RISCO


E

Página 5 de 14
ELABORADO POR: REVISADO POR: APROVADO POR:
SAMIRA MARIA DA SILVA FERNANDO ZANCO MARILÓ LEGIDO CEBALLOS

Página 6 de 14
RESPONSÁVEL PELA EXECUÇÃO DO SERVIÇO
Nome e sobrenome legível Nome e sobrenome legível

EUROGRUAS GE OUTROS

Página 7 de 14
ELABORADO POR: REVISADO POR: APROVADO POR:
SAMIRA MARIA DA SILVA FERNANDO ZANCO MARILÓ LEGIDO CEBALLOS

Página 8 de 14
APR AL 036

Análise Preliminar de Risco Data Emissão Data Revisão


24.01.2016 Rev. 02 - 09.03.18

REGISTROS DAS MODIFICAÇOES REALIZADAS NA APR

REVISÃO DE Nº DESCRIÇÃO DAS MODIFICAÇÕES ALTERADO POR APROVADO POR


ITEM DA IT
Nº DATA ITEM ORIGINAL ITEM MODIFICADO

Página 9 de 14
Página 10 de 14
APR AL 036

Análise Preliminar de Risco Data Emissão Data Revisão


1/24/2018 Rev. 02 - 09.03.18

EVIDENCIA DE TREINAMENTO

APR DE Nº: DATA DO TREINAMENTO:


ATIVIDADE:
ELABORADO POR: SAMIRA MARIA DA SILVA REVISADO POR: JONATHAS P
POR: JONATHAS PEDRO DE OLIVEIRA SANTOS REVISADO POR: FRANCIANE GOMES PEREIRA
APROVADO POR: MARIA DOLORES L. CEBALLOS