Você está na página 1de 7

UNIVERSIDADE ZAMBEZE

FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIAS

CURSOS DE ENGENHARIA CIVIL E MECATRONICA LABORAL E PÓS-LABORAL

INFORMATICA I

2020

Componentes de um sistema e classificação do


computador
AULA 2
1. Componentes de um sistema de computador
Um sistema baseado em computador é, na verdade, composto por hardware e software.

Hardware é a parte física da máquina, o equipamento propriamente, em outras palavras representa tudo que pode-se tocar:
o processador, as memórias, os periféricos de entrada e saída, a carcaça, as placas, fios, e outros componentes físicos em
geral, como se ilustra em seguida:

LEGENDA: 01- Monitor; 02- Placa-Mãe; 03-


Processador; 04- Memória RAM; 05- Placas
de: Rede, Placas de Som, Vídeo, Fax...; 06-
Fonte de Energia; 07- Leitor de CDs e/ou
DVDs; 08- Disco Rígido (HD); 09- Mouse
(Rato); 10- Teclado.

O Hardware do computador se agrupa em:

Meios de entrada
• teclado
• rato
• monitor
• modem
• e outros dispositivos que permitem a entrada de informação.

Meios de Processamento
• CPU

Meios de saída
• monitor
• impressora
• diskette
• e outros dispositivos que permite a sadia de informação.

O teclado, é o meio através do qual transmitimos a informação e comandos para a memória do computador.
A Unidade Central de Processamento (UCP) frequentemente designado por CPU (Central Processing Unit) ou
simplesmente processador, é o componente que recebe as instruções (ordens) de um programa, coordena as restantes
partes do hardware a executar o que o programa “exige”. É a CPU que determina a velocidade de execução do
computador (geralmente são designados por 286, 386, 486, Pentium, …).

A memória é a componente onde o computador armazena, e compreende:

Memória interna a que é directamente acessível pelo CPU e se divide em duas partes nomeadamente a ROM e RAM.

A ROM - Read Only Memory (memória só para leitura) é um tipo de memória


interna que vem com o computador da fábrica e contém informação e
programas específicos que não é possível altera-los. É uma memória sempre
activa pois é alimentada de energia de uma pequena pilha. As principais
funções destes programas são:

 verificar se todas as componentes do computador funcionam correctamente;


 gerar a memória RAM e carregar as partes essenciais de sistema operativo (comandos internos) para a
RAM;
 mantém a data e o tempo;
 dar outras informações específicas do computador.

A RAM - Random Access Memory (memória de acesso aleatório) é uma


memória temporária e funciona como um imenso bloco de anotações
preenchido com dados e instruções à medida que qualquer programa é
executado; a memória RAM determina a capacidade de execução do
computador; quanto maior for a RAM maior será capacidade de manipulação
de informação consequentemente possibilidade de executar programas
grandes (muitas instruções) e de funcionar com a rapidez real na execução
dos programas. Esta memória só existe enquanto haver a corrente
eléctrica, portanto, logo que se desligar (ou faltar corrente) ao
computador, a informação na RAM perde-se imediatamente. (a RAM é identificada pela designação DDR2, DDR3, ... e pela
sua capacidade que normalmente parte de 32Mb, 64Mb, 1GB em diante)

Memória externa não é directamente acessível pelo CPU. Existem vários tipos, os mais importantes são as disquetes,
flash (memórias USB), o disco duro e o CD/DVD.

Uma disquete, Flash e o CD-ROM/DVD são meios permanentes de armazenamento, e ficam fora do computador,
excepto quando estão a ser utilizados. A capacidade usual da disquete é normalmente de 1.44 a 2.0 Mb, flash varia de
256 Mb até ao tamanho de um disco duro, do CD-ROM varia entre 700 e 800 Mb e DVD de 1Gb a 4Gb.

O disco duro (HD) é um dispositivo idêntico a outras memórias, mas não é removível, isto é, este dispositivo fica
permanentemente no interior do computador e faz parte integrante da CPU podendo, por isso, ser considerado memória
interna. O HD determina a capacidade de armazenamento do computador.

2. Software
É o conjunto de programas, a parte funcional e, responsável pela coordenação na ligação do utilizador e o hardware
(máquina): abarca os programas fornecidos pelo fabricante do computador (software de sistema) e programas
desenvolvidos pelo utilizador (software de aplicação).

2.1.Tipos de Programas de Computador


Firmware é um software que é permanentemente armazenado no hardware. Normalmente não é acessível ao usuário e
geralmente contém a programação básica do software do dispositivo.

Software do sistema é o software básico necessário para um computador operar (principalmente o sistema operativo),
incluindo: DOS, Windows, UNIX, Linux, Mac OS, etc.

Software aplicativo é todo o software que usa o sistema do computador para realizar um trabalho útil além da operação do
próprio computador. Exemplos de aplicações comuns são: processador de texto, planilha, base de dados, navegador da
Internet, email, jogos, etc.

Existem diferentes softwares de aplicativos disponíveis para quase todas as necessidades imagináveis. Os quatro tipos
básicos de software de aplicativos que são:

 Software comercial vem pré-empacotado e está disponível para compra em lojas de software e pela Internet.

 Shareware é um software desenvolvido por empresas individuais e pequenas que não têm condições de comercializar
seu software ou por uma empresa que deseja lançar uma versão de demonstração de seu produto comercial.

 Software de código aberto é criado por uma colaboração de programadores trabalhando juntos. Os programas de
código aberto geralmente estão abertos para qualquer um contribuir e os produtos finais de projectos de código aberto
são comumente liberados para uso público. O software de código aberto não é de domínio público, pois a empresa ou
indivíduo que desenvolve o software retém a propriedade do programa, mas o software pode ser usado livremente.

 Freeware é criado por programadores e desenvolvedores generosos e é distribuído gratuitamente, geralmente


acompanhado de um aviso de direitos autorais e termos de serviço que devem permanecer com o produto de software.

3. Classificação de Computadores
Computadores podem ser classificados de acordo com a função que exercem ou pelas suas dimensões (capacidade de
processamento). A capacidade de processamento é medida em flops.
3.1.Quanto à Capacidade de Processamento
Microcomputador - Também chamado Computador pessoal ou ainda Computador doméstico. Segundo a Lista Top 10
Flops, chegam actualmente aos 107,58 GFlops (Core i7 980x da Intel).

Desktop, laptop e notebook

Console ou videogame - Ao mesmo tempo função e capacidade. Não chega a ser um computador propriamente dito,
mas os actuais PlayStation 3 e Xbox 360 alcançam 218 e 115 GFlops respectivamente.

Mainframe - Um computador maior em tamanho e mais poderoso. Segundo a Lista Top500 de jun/2010, ficam na casa
dos TFlops (de 20 a 80 TFlops), recebendo o nome comercial de servidores (naquela lista), que na verdade é a função
para a qual foram fabricados e não sua capacidade, que é de mainframe.
Mainframe

Super computador - Muito maior em dimensões, pesando algumas toneladas e capaz de, em alguns casos, efectuar
cálculos que levariam 100 anos para serem calculados em um microcomputador. Seu desempenho ultrapassa 80 TFlops,
chegando a 1.750 TFlops (1,75 PFlops).

3.2.Quanto às suas Funções


Console ou videogame - Como dito não são computadores propriamente ditos, mas actualmente conseguem realizar
muitas, senão quase todas, as funções dos computadores pessoais.

Servidor (server) - Um computador que serve uma rede de computadores. São de diversos tipos. Tanto
microcomputadores quanto mainframes são usados como servidores.

Estação de trabalho (workstation) - Serve um único usuário e tende a possuir hardware e software não encontráveis
em computadores pessoais, embora externamente se pareçam muito com os computadores pessoais. Tanto
microcomputadores quanto mainframes são usados como estações de trabalho.

Sistema embarcado, computador dedicado ou computador integrado (embedded computer) - De menores


proporções, é parte integrante de uma máquina ou dispositivo. Eles são chamados de dedicados pois executam apenas
a tarefa para a qual foram programados. Tendem a ter baixa capacidade de processamento, às vezes inferior aos
microcomputadores.

Cuidados a ter com o Computador


Para o correcto funcionamento do computador aconselha-se uma temperatura entre 21° - 24°C e humidade entre 40% -
60%. Entre outras as partes, mais sensíveis, do computador o VDU (Visual Display Unit) e os drives de disquete/disco/CD
são os dispositivos que requerem maiores cuidados como a protecção contra a poeira e outros. O VDU, ou seja, o monitor é
um dispositivo que se assemelha a uma TV, exige cuidados especiais.

Para a segurança na utilização do computador é necessária uma corrente permanente e estabilizada, por isso é aconselhável
ter ligado, ao computador, um UPS (uninterruptible power supply) que também, no caso de corte de corrente eléctrica
garante a um encerramento pacífico do computador.

Ainda observe o seguinte:

 Se desligou (da corrente eléctrica) o seu computador e quer voltar a ligá-lo, espere pelo menos 3 minutos;
 Introduza a diskette de papel (cardboard disk) no seu drive de diskettes, sempre que for a deslocar o seu
computador;
 Proteja da poeira o seu computador e a sua impressora;
 Nunca desloque o computador enquanto estiver ligado;
 Não abra, nem toque nas componentes eléctricas internas do seu computador sem a devida protecção;
 Proteger-se dos Vírus.
Vírus de Computador: O Que é?
Um vírus electrónico é um programa ou fragmento de programa que se instala em uma máquina sem que o usuário
perceba, e nela começa a se reproduzir (gerar cópias de si mesmo).

Por definição “Vírus de Computador é um programa de código malicioso capaz de danificar diversas áreas da máquina,
desde aplicativos, Sistema Operacional e até alguns componentes físicos”. O vírus apenas necessita de um arquivo
hospedeiro para infectar e se espalhar através dele.

Os vírus se dividem em 3 tipos/grupos (de programa, de macro e de boot):

Vírus de Programa: Normalmente atacam arquivos de código executável (exe, bin, drv, etc), causando danos em
diversos programas e até no Sistema Operacional.

Vírus de Macro: Ataca geralmente programas do pacote MS Office, que utilizam macros (comando usado regularmente
para executar tarefas repetitivas dentro de um programa, como trocar uma palavra pelo seu sinónimo dentro de todo
o documento). Ele infecta esses códigos bloqueando tarefas como Abrir, Salvar, Fechar e Sair.

Vírus de Boot: Ataca o registo mestre de um disco (MBR), ou seja, o registo de inicialização, a primeira área do disco a
ser executada, onde contém informações essenciais para o carregamento da máquina, por isso tem um alto poder de
destruição do sistema. A única maneira de ser infectado por um vírus desse tipo é inicializando o sistema com um disco
infectado.

Outros tipos de programas com estas características são:

Worms: os vírus de worm são programas também maliciosos que se reproduzem de um sistema para outro
(normalmente por e-mail) sem usar um arquivo hospedeiro. Na maioria das vezes causam mais transtornos do que
danos, gerando alto tráfego de mensagens na rede.

Cavalo de Tróia: são programas aparentemente saudáveis, mas carregam um código de vírus, geralmente usado para
abrir portas do PC para ataques de hacker, capturar senhas e enviá-las por e-mail ou até mesmo apagar arquivos.

Spam: mensagem de e-mail, contendo na maioria das vezes propaganda não solicitada.

Hoax (boato): são e-mails contendo mentiras, alertas falsos sobre vírus que circulam pela Internet.

Prevenção de Vírus no Computador


Existem vários utilitários para procurar e retirar vírus de seu sistema, como o ViruScan (McaFee), o MSAV (Microsoft),
o NAV (Norton) e outros, mas nada melhor que a prevenção.

Para isso, recomenda-se o seguinte:

 evite utilizar programas piratas;


 sempre que for utilizar um programa novo, pesquise antes a existência de vírus; se encontrar algum, remova-
o;
 proteja as memorias auxiliares (disquetes, flash, ...) contra gravações indevidas;
 faça sempre cópias de segurança (backup) de seus arquivos, pois assim você terá como recuperá-los em caso
de ataque de vírus ou de danos no disco;
 controle seu sistema quanto ao seu uso por pessoas estranhas ou não autorizadas;
 sempre verifique seu equipamento logo após terem sido efectuadas nele apresentações de novos
programas/sistemas, ou após a intervenção do pessoal da assistência técnica;
 se for possível, deixe instalado um programa anti-vírus funcionando em “background”, ou seja, enquanto você
utiliza o computador - ele irá intervir toda vez que algum vírus se manifestar ou for encontrado.

Exercícios de Revisão (Informática)


1). Elabore um diagrama representativo dos principais componentes de um computador, focando o CPU, as
memórias e os principais periféricos.

2). Distinga entre memoria ROM e memoria RAM.

3). Explicite a diferença entre armazenamento primário e armazenamento secundário, apontando alguns dos
principais tipos de suportes de memória de um e de outro.

4). Liste os componentes hardware do computador agrupados em periféricos ou dispositivos de:


a). entrada;
b). saída;
c). entrada e saída;
d). armazenamento temporário de informação;
e). armazenamento permanente de informação;
f). processamento.

5). Liste os elementos/componentes Software de computador que sejam designados por:


a). Software de Aplicação;
b). Software de Sistemas.