Você está na página 1de 2

Desincruste

Objetivo: limpeza profunda da pele

Indicação: pele oleosa (lipídica), seborreica e acneica (Grau 1 ou 2) com restrições.

O desincruste é um procedimento de ação eletroquímica. A desincrustação é uma


técnica que usa a corrente contínua ou galvânica para facilitar a retirada do excesso de
oleosidade (sebo da glândula sebácea) e retirando os resíduos do sebo incrustados nas
paredes do canal pilossebáceo e removendo boa parte do manto hidrolipídico.

O produto utilizado contém ativos (detergentes) como: carbonato de sódio, salicilato


de sódio ou lauril sulfato de sódio, que possuem características alcalinas. Essas loções
apresentam-se com polaridade negativa (-) ou positiva (+) dependendo do tipo de loção e
realizam a saponificação ou efeito detergente com os ácidos graxos presentes na secreção
sebácea, cujo objetivo é emulsionar a gordura da pele, transformando em sabão, sendo
facilmente removível com água.

Ao extrair os comedões, alguns resíduos de sebo podem permanecer dentro do canal


pilossebáceo resultando em inflamação da pele posteriormente. A desincrustação é
fundamental para inibir esta ação. Deve-se evitar aplicar o eletrodo sobre lesões de pele
(pústulas) realizando-se a limpeza antes para esvaziamento do óstio. Nas peles mistas e
lipídicas, a desincrustação deve dar atenção às regiões “T”: testa, nariz e queixo.

Tipos de loções desincrustantes

Salicilato de sódio – polaridade negativa (-)

Lauril sulfato de sódio – polaridade negativa (-)

Carbonato de sódio – polaridade positiva (+)

Eletrodos

Eletrodo ativo (com o produto) – fio vermelho ou positivo

Eletrodo passivo (borracha ou pino) – fio preto ou negativo

“MUDAR A POLARIDADE CONFORME O PRODUTO”.


Modo de aplicação:

Posicionar o eletrodo passivo atrás do


ombro do cliente ou na mão caso seja em
bastão.

Molhar o eletrodo ativo em loção


desincrustante. Ajustar a polaridade no
aparelho conforme a indicação no rótulo do
produto e aplicar lentamente sobre a pele com
intensidade baixa e ir aumentando de acordo
com o limiar de sensibilidade do paciente que
pode relatar estar sentindo um gosto metálico na boca (“chumbo”), sendo este normal devido
aos efeitos polares da corrente.

Após o término da aplicação, trocar o algodão molhando-o em água. Mudar a


polaridade do aparelho e iniciar a remoção do produto sobre a pele seguindo as orientações
acima.

PROTOCOLO

1. Higienizar a pele com sabonete líquido para pele oleosa ou sabonete


acidificado.
2. Esfoliar
3. Aplicar a técnica do desincruste seguindo as orientações acima. Nos
casos de acne ou em peles extremamente seborreicas, recomenda-se
realizar as extrações antes e o desincruste depois.
4. Aplicar loção calmante para estabilizar o pH da pele.
5. Aplicar o emoliente (máscara e loção) e ocluir a pele com algodão ou
máscara, caso necessário.
6. Deixar no vapor em torno de 15 a 20 minutos.
7. Realizar as extrações. Em caso de sangramento (pústulas), faça
compressa com algodão embebido em loção salicílica.
8. Nesta etapa realiza-se o desincruste caso não tenha feito na fase 3.
9. Tonifique a pele após limpá-la bem com algodão e água.
10. Aplique o alta frequência utilizando o eletrodo cauterizador nas pústulas
(se houver).
11. Aplique uma máscara de acordo com a necessidade da pele. Lembre-se
que o objetivo deste tratamento é equilibrar o manto hidrolipídico
controlando a secreção sebácea e descongestionando esta pele.
Sugestão: misture numa cubeta uma pequena parte de carvão ativo (La
Vertuan) + argila verde + loção com ácido salicílico (Prodermic). Aplique
com pincel sobre o rosto do cliente ou espátula em casos de acne. Deixe
agir por 15 a 20 minutos. Remova com algodão embebido em água.
12. Finalize com gel secativo (a base de própolis) La Vertuan.
13. FPS