Você está na página 1de 18

27.994/20, 27.997/20, 28.

014/20,
28.026/20, 28.032/20 e 28.033/20.
 1. cartórios e tabelionatos;
 2. casas lotéricas; (permitida a presença do idoso
em caso imprescindível)
 3. casas de câmbio;
 4. compensação bancária, redes de cartões de
crédito e débito, caixa bancários eletrônicos e
outros serviços não presenciais de instituições
financeiras;
 5. clínicas veterinárias;
 6. comércio de alimentos para animais e serviço
de petshop;
 7. comércio de produtos naturais;
 8. distribuidoras de água e gás;
 9. farmácias e manipulação de fórmulas;
 10. inspeção de alimentos, produtos e derivados
de origem animal e vegetal;
 11. panificadoras e confeitarias;
 12. postos de combustíveis, sendo permitidas as
atividades das lojas de conveniências anexas,
sendo proibido o consumo de produtos no local;
 13. restaurantes e lanchonetes devendo
estabelecer o distanciamento de 2m (dois
metros) entres as mesas e nos casos de serviço
de buffet self service deverá ser mantido um
funcionário exclusivo para a montagem do prato,
de acordo com a indicação do cliente, este
mantendo a distância recomendável;
 14. segurança pública e privada, incluídas
vigilância;
 15. serviços de assistência social e atendimento a
população em estado de vulnerabilidade;
 16. serviços funerários;
 17. serviços de entrega rápida;
 18. serviços de coleta, reciclados, remoção e
transporte de entulhos;
 19. serviço de fiscalização pelos órgãos fiscalizadores
municipais;
 20. serviços públicos e privados de saúde e
internação aos pacientes; (permitido aos idosos com
idade superior a 60 anos e crianças com idade inferior a
14 anos);
 21. serviços de seguros;
 22. serviços do setor privado de saúde que não
envolvam aglomeração de pessoas, e cuja a
intervenção do profissional seja essencial; (permitido
aos idosos com idade superior a 60 anos e crianças com
idade inferior a 14 anos);
 23. setor industrial e da construção civil, em geral;
 24. supermercados, mercados e mercearias;
 25. prestação de serviços e comércio, destinados
ao atendimento dos segmentos públicos e
privados na área da saúde e segurança;
 26. processamento de dados ligados a serviços
essenciais e serviços excepcionais
administrativos e contábeis, sem atendimento ao
público, desde que com limitação de funcionários,
respeitando o distanciamento entre pessoas e as
medidas obrigatórias de prevenção e higiene, sob
pena de aplicação das penalidades cabíveis;
 27. produção e distribuição de alimentos para
uso humano e veterinário;
 28. provedores de acesso às redes de
comunicações, telecomunicação e internet;
 29. transporte e entrega de cargas em geral;
 30. atividades e serviços relacionados à
imprensa, por todos os meios de
comunicação e divulgação disponíveis, bem
como as atividades acessórias e de suporte e
a disponibilização dos insumos necessários à
cadeia produtiva relacionadas a esta atividade
e serviços;
 31. serviços fornecidos no interior dos
shoppings centers, tais como: mercados,
supermercados, casa lotéricas, caixa
eletrônico 24h e Posto de emissão de
passaportes e atendimentos a estrangeiros da
Delegacia da Polícia Federal poderão funcionar
em horário reduzido;
 32. permitida a entrega de alimentos direto
ao consumidor, na modalidade de delivery ou
similar;
 33. atividades acessórias, de suporte e a
disponibilização dos insumos necessários à
cadeia produtiva relativa ao exercício e ao
funcionamento dos serviços públicos e das
atividades essenciais, nos termos do Decreto
Estadual no 4.323, de 24 de março de 2020.
 1. óticas; (permitido aos idosos com idade superior a 60
anos e crianças com idade inferior a 14 anos)
 2. lavanderias;
 3. barbearias e salões de beleza; (permitido aos idosos
com idade superior a 60 anos e crianças com idade
inferior a 14 anos) - o EPI deverá ser composto de no
mínimo máscara, óculos de proteção, touca higiência e
avental impermeável;
 4. clínicas médicas e similares, psicológicas,
odontológicas, fisioterápicas, fonoaudiológicas,
nutricionista (permitido aos idosos com idade superior a
60 anos e crianças com idade inferior a 14 anos) - os
espaços coletivos de espera poderão ser utilizados em
até 30% da sua capacidade de pessoas sentadas - é
obrigatório o uso de Equipamentos de Proteção
Individual – EPI’s – para os trabalhadores, conforme
recomendações do Ministério da Saúde por categoria
profissional e/ou de seu respectivo Conselho
Profissional;
 5. personal trainer - atendimento individual;
 6. Os estabelecimentos comerciais diversos não
previstos nos Decretos nos 27.994/2020 e
28.026/2020, poderão atender por tele-entrega,
desde que mantenham vedado o atendimento
presencial ao público - não estão inclusos os
localizados em centros comerciais tais como,
shopping centers, galerias e supermercados;
 7. Comércio e serviços essenciais de limpeza,
manutenção, assistência e comercialização de peças
de veículos automotor, lojas de materiais de
construção, vidraçarias, comércio e oficinas de
refrigeração e bicicletaria, com atendimento somente
por agendamento e/ou tele-entrega - não estão
inclusos os localizados em centros comerciais tais
como, shopping centers, galerias e supermercados;
 8. atelier de costuras;
 9. escritórios de profissionais liberais e imobiliárias;
 10. lojas de tecidos e aviamentos. O atendimento
fica limitado a 3 (três) clientes no interior do estabelecimento;
 11. quadra de tênis;
 12. instituições bancárias, que poderão realizar
trabalho interno com atendimento remoto ao
cliente ou mediante prévio agendamento, nos
casos excepcionais (permitida a presença do idoso em
caso imprescindível);
 13. atividades religiosas coletivas, poderão ser
realizadas em ambientes com no máximo 50
pessoas, desde que esta quantidade não
ultrapasse os 50% da capacidade instalada do
templo religioso. Não será admitida a presença de
idosos com idade superior a 60 anos e crianças com idade
inferior a 14 anos.
 1. academias;
 2. bares;
 3. cinema, museus e teatro;
 4. clubes, associações recreativas, áreas comuns,
piscinas e academias em condomínio;
 5. discoteca, danceteria, salões de dança e similares;
 6. casas noturnas, casas de shows e gestão de casas
de eventos;
 7. comércio de tabacaria, inclusive de consumo no
local;
 8. feiras livres de qualquer natureza;
 serviços de organização de feiras, congressos,
exposição e festas;
 9. serviços de organização de feiras, congressos,
exposição e festas;
 10. shopping centers;
 11. Terminal Rodoviário Internacional de Foz do
Iguaçu;
 12. todos os meios de hospedagem, incluindo
resorts, hotéis, hostels, motéis, pousadas,
albergues, dentre outros, exceto aqueles com
hóspedes residentes ou temporários, que ainda estejam
em trânsito;
 13. atividades escolares municipais, incluindo o
transporte escolar;
 14. aulas presenciais nas instituições de ensino
da rede educacional privada, em todos os níveis,
bem como a recomendação às universidades
públicas para a adoção das medidas correlatas;
 15. expedição de novos alvarás de autorização
para a realização de shows, devendo ser tomadas
as providências para o cancelamento de eventos
privados;
 16. licenças já concedidas pelos órgãos
licenciadores municipais a eventos programados,
envidando esforços para dar ciência aos
particulares que as requereram;
 17. visitas ao Zoológico Bosque Guarani;
 18. operação do Transporte Coletivo Urbano
Municipal de passageiros, garantindo o serviço
excepcional para atendimento aos usuários dos
serviços essenciais públicos e privados;
 19. execução do Programa de Coleta Seletiva de
Resíduos Recicláveis, porta a porta e em órgãos,
autarquias e entidades públicas.
 1. festas de qualquer natureza, incluindo festas
familiares;
 2. utilização dos playgrounds, praças esportivas,
ginásios, campos de futebol públicos e privados e
academias ao ar livre;
 3. realização de quaisquer tipos de eventos e atividades
em locais fechados ou abertos com aglomeração de
pessoas, sejam governamentais, esportivos, artísticos,
culturais, políticos, científicos, comerciais, religiosos e
outros, com entrada gratuita, pagas ou a convite;
 4. condomínios residenciais/empresariais estão
proibidos de ceder os espaços sociais/comunitários,
denominados de salão de festas, para toda ou qualquer
atividade dos moradores, sob pena de aplicação das
sanções cabíveis.
 1. preenchimento e protocolo do Termo de
Responsabilidade Sanitária;
os estabelecimentos deverão manter, no local, cópia
assinada, digital ou impressa, do Termo de
Responsabilidade Sanitária, devidamente
protocolado;
 2. não atender menos de 14 e maiores de 60 anos,
fora as exceções;
 3. uso obrigatório de máscara – para funcionários e
clientes, podendo ser caseira;
 4. disponibilizar responsáveis nas entradas e nas
suas dependências para orientar e realizar o
procedimento de higienização das mãos, bem como
controlar e limitar a entrada de pessoas;
 5. o transporte de funcionários, quando
realizado pela empresa, não deve exceder a
capacidade de pessoas sentadas;
 6. aos profissionais da área da saúde pública
e privada, deverão ser disponibilizados no
mínimo 20 (vinte) veículos de transporte
coletivo para o atendimento excepcional,
trafegando com a limitação de usuários ao
número de assentos disponíveis;
 7. os estabelecimentos comerciais e de
serviços previstos no Decreto 28.026/20,
somente poderão funcionar a partir das 9h;
 obrigatoriedade do uso de máscaras em
espaços públicos e comerciais;
 os estabelecimentos deverão adotar medidas
de higiene em todos os equipamentos
utilizados e compartilhados pelos clientes,
mantendo ambientes arejados, estabelecendo
formas de controle no distanciamento mínimo
de 2m (dois metros) entre pessoas, bem como a
fixação de cartazes que promovam orientações
básicas quanto aos cuidados de prevenção e
higiene para a redução da transmissibilidade
do Novo Coronavírus.