Você está na página 1de 9

05/08/2019 Unicesumar - Ensino a Distância

ATIVIDADE 2 - LET - LINGUÍSTICA I - 2018C1


Período:14/09/2018 22:30 a 21/09/2018 23:59 (Horário de Brasília)
Status:ENCERRADO
Nota máxima:0,50
Gabarito:Gabarito será liberado no dia 23/09/2018 00:00 (Horário de Brasília)
Nota obtida:0,50

1ª QUESTÃO
O século XIX foi muito produtivo e importante para os estudos linguísticos, por meio do método histórico-
comparativo. Entre os autores desse período, destaca-se Franz Bopp que estudou as relações entre o
sânscrito, o germânico, o grego, o latim etc., apresentadas em sua obra Sistema de Conjugação do
Sânscrito, lançada em 1816. Sobre a gramática histórico-comparativa, assinale a alternativa correta.

ALTERNATIVAS
O método comparativo tem como característica a aplicação do grau de parentesco entre as línguas faladas por
grupos de falantes incluídos digitalmente.

O método comparativo tem como característica a aplicação do grau de parentesco entre as línguas analisadas a
partir de suposições aleatoriamente detectadas.

O método comparativo tem como característica a aplicação do grau de parentesco entre as línguas analisadas,
considerando as regularidades das ocorrências entre elas.

O método comparativo tem como característica a aplicação do grau de parentesco entre as línguas analisadas,
desconsiderando as regularidades das ocorrências entre elas.

O método comparativo tem como característica a aplicação do grau de parentesco entre as línguas analisadas,
considerando uma lista de palavras escolhidas aleatoriamente.

2ª QUESTÃO
Leia a citação que segue: “A contribuição talvez mais interessante dessas gramáticas gerais para a linguística
foi justamente a de estabelecer princípios que não se prendiam à descrição de uma língua particular, mas de
pensar a linguagem em sua generalidade”

ORLANDI, Eni Puccinelli. O que é Linguística. 2. ed., São Paulo: Brasiliense, 2009, p. 11.

Essa citação refere-se à Gramática Geral ou de Port-Royal e, em virtude da sua importância para as
pesquisas linguísticas, assinale a alternativa correta.

ALTERNATIVAS
A Gramática de Port-Royal foi publicada em 1960, pelos autores René Descartes e Jean Jacques Rousseau.

Os estudiosos da Gramática de Port-Royal defendiam uma língua ambígua para despertar o senso crítico nos
leitores.

Antoine Arnauld e Claude Lancelot, autores da obra Discours de la Méthode inspiraram René Descartes a escrever e
lançar a Gramática de Port-Royal.

O objetivo principal da Gramática de Port-Royal era explicar os mecanismos de pensamento, bem como as
expressões da linguagem com clareza e precisão.

A Gramática de Port-Royal nunca perdeu sua importância no contexto dos estudos linguísticos, justamente por
desenvolver os estudos sobre a língua, a partir do seu estado sincrônico.

1/9
05/08/2019 Unicesumar - Ensino a Distância

3ª QUESTÃO
Câmara Júnior (2011) afirma que os estudos linguísticos não teriam evoluído sem as experiências obtidas
durante a Antiguidade, Idade Média e nos Tempos Modernos anteriores ao século XIX. Considerando a
importância dos estudos gramaticais desenvolvidos durante esses períodos, no que diz respeito à Gramática
Especulativa apresentada em seu material de estudo, leia as assertivas que seguem.

I. Como Aristóteles, os gramáticos especulativos viam uma relação intrínseca entre a língua, o pensamento e
a realidade.
II. O princípio norteador da gramática especulativa está na concepção de língua que representa o
pensamento.
III. O objeto de estudo da gramática especulativa era, exclusivamente, a língua latina.
IV. O nome Especulativa vem do latim speculum (espelho), antecipando a consideração da língua enquanto
reflexo da realidade.

É correto o que se afirma em:

ALTERNATIVAS
I, apenas.

I e II, apenas.

III e IV, apenas.

I, II e III, apenas.

I, II, III e IV.

4ª QUESTÃO

2/9
05/08/2019 Unicesumar - Ensino a Distância

Leia os textos I e II a seguir:


 
Texto I

Disponível em: <https://umabrasileiranagrecia.com/frases-basicas-em-grego>. Acesso em: 11 mar. 2018.


 
Texto II
O texto apresenta o alfabeto grego e, apesar de fazer parte de uma língua estrangeira (a grega), percebe-se
que há signos (sinais, letras) que não causam estranhamento pela familiaridade com signos (vogais e
consoantes) também pertencente à língua portuguesa brasileira. O texto demonstra que a base que
compõem a língua materna do Brasil é anterior à formação do _____________, bem como, questões sobre a
gramática ______________ e _____________ que ainda hoje se estuda na aula de língua portuguesa, por meio de
suas famosas _______________________ também remontam ao período grego, especificamente por meio do
gramático alexandrino __________________, provocando e provando que as reflexões e novas teorias são
ressignificadas a cada tempo, sem perder a essência que forma a base dos estudos atuais sobre a língua. A
linguística saussuriana, enquanto ciência que elegeu a língua como seu objeto de estudo inspirou nas
reflexões filosóficas gregas para pensar a língua enquanto objeto ______________ e _______________.

 
SILVA, Vera Lucia da. Linguística I.  Maringá: NEAD/UNICESUMAR, 2018.

Diante do exposto, na sequência, assinale a alternativa que preencha as lacunas corretamente.

ALTERNATIVAS
Português de Portugal, normativa e prescritiva, classes de palavras, Dionísio da Trácia, convencional e arbitrário.

Português de Portugal, normativa e descritiva, classes de palavras, Dionísio da Trácia, convencional e arbitrário.

Português de Portugal, internalizada e prescritiva, classes de palavras, Dionísio da Trácia, convencional e arbitrário.

Português de Portugal, internalizada e descritiva, classes de palavras, Dionísio da Trácia, convencional e arbitrário.

Português de Portugal, normativa e prescritiva, classes de palavras, Platão Hermógenes, convencional e arbitrário.

5ª QUESTÃO

3/9
05/08/2019 Unicesumar - Ensino a Distância

Leia o excerto da música “língua” cantada por Caetano Veloso:

Gosto de sentir a minha língua roçar a língua de Luís de Camões.

...

Flor do Lácio Sambódromo Lusamérica latim em pó


O que quer
O que pode esta língua?

...

A língua é minha pátria


E eu não tenho pátria, tenho mátria
E quero frátria.

...

Minha pátria é minha língua.


 
Disponível em: <https://www.letras.mus.br/caetano-veloso/44738/>. Acesso em: 12 mar. 2018.
SILVA, Vera Lucia da. Linguística I.  Maringá: NEAD/UNICESUMAR, 2018.

Considere a letra da música e a Unidade III do seu livro, em específico o item "Do lado de cá do atlântico:
um passeio pela língua portuguesa brasileira", e analise os itens de 1 a 4, associando as duas colunas.
 
(1) Língua de (  ) Língua portuguesa no Brasil. Família Real chega ao Brasil. Língua do colonizador e
Camões. do colonizado. Diploma com português do Brasil.
(  ) Dissolução do Império Romano.  Condado portucalense.  Batalha de Ourique.
(2) Lusamérica.
Independência de Portugal. Língua portuguesa.
(  ) Língua da região de Lusitânia (Portugal). Evento expansionista e projeto marítimo
(3) Latim em pó.
português. Colonização.  Língua portuguesa na América (Brasil).
(4) Minha pátria é (  ) Independência política de Portugal. Língua portuguesa. Criação de Universidades.
minha língua.     Desenvolvimento de poesias épicas como os Lusíadas.
 

A sequência correta desta associação é:

ALTERNATIVAS
(4), (3), (1), (2).

(1), (2), (4), (3).

(4), (3), (2), (1).

(4), (2), (3), (1).

(4), (1), (2), (3).

6ª QUESTÃO

4/9
05/08/2019 Unicesumar - Ensino a Distância

Na unidade III do seu material de estudo, a autora apresenta as características de algumas gramáticas para
contextualizar os movimentos linguísticos denominados pré-estruturalistas. Assim sendo, considere a
Gramática Histórico-Comparativa e assinale a alternativa correta.
 

ALTERNATIVAS
Estuda a língua a partir de uma concepção diacrônica.

Estuda as línguas com o objetivo de localizar diferenças entre elas.

Última tentativa de estudos da língua a partir de uma concepção científica.

O objetivo da Gramática Histórico-Comparativa era verificar a língua dos animais.

O objetivo da Gramática Histórico-Comparativa era chegar até à língua mãe que, naquela época, era o português
brasileiro.

7ª QUESTÃO
Leia os textos 1 e 2, abstraia o conjunto de informações sobre a língua portuguesa brasileira e, em seguida,
assinale a alternativa correta.
 
Texto 1:

5/9
05/08/2019 Unicesumar - Ensino a Distância

Disponível em: <http://cmapspublic3.ihmc.us/rid=1219502477218_1631385653_6497/Mapa>. Acesso em: 14


mar 2018.

Texto 2:

O período histórico denominado de grandes navegações (ou expansão marítima) liderado por Portugal, no
século XVI, teve a língua portuguesa como uma das aliadas do projeto de dominação colonizadora daquele
País. Apesar da imposição da língua pelo grupo colonizador, os desdobramentos do seu uso por uma
diversidade de raças (negros, índios, portugueses, etc) resultaram na língua que a nação brasileira fala hoje,
ou seja, a língua portuguesa brasileira.

SILVA, Vera Lucia da. Linguística I.  Maringá: NEAD/UNICESUMAR, 2018.

ALTERNATIVAS

6/9
05/08/2019 Unicesumar - Ensino a Distância

A formação da língua portuguesa brasileira vem de uma versão clássica e escrita do latim, utilizada nas pregações
das autoridades religiosas e também dos membros do alto escalão em acordos políticos, econômicos e nas demais
atividades administrativas.

O português de Portugal e o latim eclesiástico é o cerne da formação do português do Brasil. A imposição da língua
portuguesa e do latim vulgar profano dos romanos aos indígenas brasileiros formou o que hoje pode ser definido
como língua portuguesa brasileira.

Pouco (ou nada) se debate sobre o fato de que a língua falada e escrita no Brasil se difere do português de Portugal
e os linguistas já concluíram que uma língua resultante de uma diversidade racial, passou por variações deixando de
ser de Portugal, para ser do Brasil.

O português brasileiro por ter se originado de uma versão do latim vulgar (sermos usualis ou plebeu vulgar) foi
inicialmente imposta no Brasil, como português de Portugal e assim permaneceu, pois as línguas de outros povos,
como os negros escravizados, não foi considerada.

O português de Portugal, enquanto resultado do latim urbano clássico, é o cerne da formação do português do
Brasil. A imposição da língua portuguesa e do latim vulgar dos romanos aos indígenas brasileiros formou o que hoje
pode ser definido como língua portuguesa brasileira.

8ª QUESTÃO
O Estruturalismo surgiu como uma reação aos movimentos teóricos anteriores, a saber, a gramática
histórico-comparativa e a neogramática. Ele tem origem na obra Curso de Linguística Geral, obra póstuma
do linguista suíço Ferdinand de Saussure (1857-1913), publicada postumamente, no ano de 1916. Sobre o
conhecimento que você adquiriu acerca do Estruturalismo, leia as assertivas a seguir.
 
I. Dentre as concepções defendidas pelos estruturalistas, estão as práticas analíticas das línguas, a partir das
descrições de seu sistema e  funcionamento.
II. O Estruturalismo não rompeu com os estudos anteriores sobre a língua, como a gramática tradicional,
histórico-comparativa e a neogramática.
III. O Estruturalismo americano priorizou estudos sobre a descrição das línguas dos nativos.
IV. Pesquisar as línguas ameríndias americanas foi um processo simples, pois, em sua maioria, todas tinham
registro escrito.

É correto o que se afirma em:


 

ALTERNATIVAS
I e II, apenas.

I e III, apenas.

III e IV, apenas.

I, II e III, apenas.

II, III e IV, apenas.

9ª QUESTÃO
Sobre o movimento dos neogramáticos, é relevante afirmar que se trata de um grupo de estudiosos que, em
oposição aos pensadores da perspectiva histórico-comparativa, estudavam a língua amparados em
regularidades que poderiam ser explicadas cientificamente. Sobre os estudos dos neogramáticos, assinale a
alternativa correta.

ALTERNATIVAS

7/9
05/08/2019 Unicesumar - Ensino a Distância

Os neogramáticos, tal qual os comparatistas, consideravam a língua a partir da concepção naturalista de Charles
Darwin.

O marco inicial do movimento neogramático se deu a partir da publicação do primeiro número da revista Nova
Escola, em 1878.

Machado de Assis (1847 -1909) e Fernando Pessoa (1849 -1919) são considerados os principais representantes do
movimento neogramático.

Os neogramáticos eram movidos por concepções anarquistas e tinham como objetivo averiguar a mudança da língua
falada por operários do século XXI.

Os neogramáticos, atrelados aos conceitos positivistas, tinham como objetivo estudar a língua, observando as regras
determinantes que justificavam sua mudança.

10ª QUESTÃO
Leia o texto a seguir:

Disponível em: < https://galdomara.wordpress.com/tag/evolucao-da-lingua-portuguesa/>. Acesso em: 11


mar. 2018.

Agora, analise as assertivas que seguem considerando (V) para verdadeiras e (F) para falsas:

I. A dúvida da garota elabora uma reflexão que resulta no fato de que a origem da língua portuguesa pode
ser explicada a partir do latim, enquanto língua falada pelo povo romano (ou latino) que habitou uma região
italiana denominada Lácio.
II. A dúvida da garota resulta e assegura o fato de que a língua romana (ou latina) pode ser historicamente
pensada como uma língua forte e de poucos, ou seja, dos reis, religiosos, eruditos, juízes, etc. Fato que
justifica a base da formação  oficial e escrita da língua portuguesa.
III. Nas aulas de língua, deve-se aplicar somente o modelo normativo/prescritivo, tido como oficial e de
versão única correta. Uma metodologia eficiente, pois a versão falada cotidiana de um povo pouco (ou
nada) influencia no processo formativo de uma língua.
IV. O latim escrito oficial e necessário para as autoridades daquela época fazerem acordos não conseguiu
manter sua hegemonia e superar a força da língua falada do povo simples e analfabeto que marcou
fortemente sua influência linguística na formação de outras línguas.

As afirmações I, II, III e IV são, respectivamente:

ALTERNATIVAS

8/9
05/08/2019 Unicesumar - Ensino a Distância

V, V, F, F.

V, F, F, V.

F, F, V, V.

V, V, V, F.

F, F, F, V.

9/9

Você também pode gostar