Você está na página 1de 13

Gastronomia aplicada à nutrição clínica

GASTRONOMIA APLICADA À NUTRIÇÃO CLÍNICA


Aula 13: Gastronomia internacional

AULA 13: GASTRONOMIA INTERNACIONAL


Gastronomia aplicada à nutrição clínica
Objetivos da aula

1. Identificar as vantagens da utilização de cardápios compostos por preparações da gastronomia


internacional para dietas livres e restritivas;

2. Identificar as desvantagens da utilização de cardápios compostos por preparações da gastronomia


internacional para dietas livres e restritivas;

3. Avaliar a utilização de cardápios compostos por preparações da gastronomia internacional,


quanto à aceitação da refeição por pacientes.

AULA 13: GASTRONOMIA INTERNACIONAL


Gastronomia aplicada à nutrição clínica
Gastronomia internacional

• Influências da gastronomia internacional no cenário brasileiro

 A globalização dá acesso à importação de produtos e à fusão de ingredientes e sabores de


todos os lugares do mundo.

 A economia globalizada, os intercâmbios culturais cada vez maiores, as divulgações das


culturas, entre outros fatores, têm contribuído para que a sociedade possa experimentar
alguns hábitos e costumes de outros povos.

AULA 13: GASTRONOMIA INTERNACIONAL


Gastronomia aplicada à nutrição clínica
Gastronomia internacional

• Abordagem contemporânea da cozinha internacional

 Cozinha contemporânea:

 Praticada nos grande centros urbanos;

 Flexibilidade na forma de preparar e apresentar os pratos;

 Relacionada às tradicionais cozinhas que conquistaram o mundo: a francesa, a italiana,


a espanhola, a portuguesa, a árabe, a oriental e a brasileira.

AULA 13: GASTRONOMIA INTERNACIONAL


Gastronomia aplicada à nutrição clínica
Viabilidade da execução de cardápios internacionais em nutrição clínica

• Vantagens de cardápios internacionais

 Variedade de alimentos de diferentes países/culturas;

 Melhor adesão ao plano alimentar;

 Melhora na condição de saúde, por conseguir atingir as necessidades nutricionais


do indivíduo;

 Criação de novas preparações (cozinha contemporânea).

AULA 13: GASTRONOMIA INTERNACIONAL


Gastronomia aplicada à nutrição clínica
Viabilidade da execução de cardápios internacionais em nutrição clínica

• Desvantagens de cardápios internacionais

 Limitação de alimentos e preparações dos países;

 Mão de obra especializada;

 Custo elevado.

AULA 13: GASTRONOMIA INTERNACIONAL


Gastronomia aplicada à nutrição clínica
Adaptação da gastronomia internacional para dietas restritivas

• Sugestões de preparações da gastronomia


internacional

 Caponata de berinjela (Itália)

 Preparação versátil, podendo ser


utilizada como antepasto, molho para
salada etc.;

 Substituição de compotas e molhos


industrializados;

 Redução do consumo de sódio


(preparação caseira). Fonte: https://www.shutterstock.com/pt/image-photo/eggplant-tomato-
caponata-on-crusty-white-318617066?src=BStcp0kfUYcc0kAnq_QrFw-1-5

AULA 13: GASTRONOMIA INTERNACIONAL


Gastronomia aplicada à nutrição clínica
Adaptação da gastronomia internacional para dietas restritivas

• Sugestões de preparações da gastronomia


internacional

 Hummus (Árabe)

 Preparação versátil, podendo ser


utilizada como antepasto,
acompanhamento etc.;

 Excelente fonte de proteínas (grão-de-


bico, pasta de amendoim).

Fonte: https://www.shutterstock.com/pt/image-photo/hummus-bowl-pita-
bread-on-white-418112089?src=w9f6omcNsEV0YNPp1PsqSg-1-33

AULA 13: GASTRONOMIA INTERNACIONAL


Gastronomia aplicada à nutrição clínica
Adaptação da gastronomia internacional para dietas restritivas

• Sugestões de preparações da gastronomia


internacional

 Yakisoba de legumes (Japão)

 Prato principal rico em proteínas,


carboidratos e fibras ;

 Variedade de vegetais;

 Diferentes tipos de proteínas


(carne vermelha, frango e pescado).

Fonte: https://www.shutterstock.com/pt/image-photo/yakisoba-plate-
304974764?src=F2yo5Xhm3xffqLIO6OPOlw-1-1

AULA 13: GASTRONOMIA INTERNACIONAL


Gastronomia aplicada à nutrição clínica
Adaptação da gastronomia internacional para dietas restritivas

• Sugestões de preparações da gastronomia internacional

 Cuca de Banana (Alemanha)

 Rica em carboidratos (simples e complexos);

 Pode ser usada como lanche da tarde;

 Substituição das farinhas de trigo por farinha


de arroz e aveia:

 Melhora do aspecto nutricional;

 Farinha de arroz: sem glúten;

 Aveia: aumento do aporte de fibras.

AULA 13: GASTRONOMIA INTERNACIONAL


Gastronomia aplicada à nutrição clínica
Saiba mais

 Leia o artigo: COSTA, E. R. C.; SANTOS, M. F. S. Considerações sobre cozinha patrimonial e turismo.
In: Rev. Interdiscip. Cult., Campinas, v. 23, n. 30, p. 5-15, jul./dez. 2015. Disponível em:
<https://contentmind2.emnuvens.com.br/rtcm-seer/article/view/155/pdf>

AULA 13: GASTRONOMIA INTERNACIONAL


Gastronomia aplicada à nutrição clínica
Referências bibliográficas utilizadas nesta aula

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica.


Guia alimentar para a população brasileira. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde.
Departamento de Atenção Básica. 2. ed. Brasília: Ministério da Saúde, 2014.

COSTA, E. R. C.; SANTOS, M. F. S. Considerações sobre cozinha patrimonial e turismo. In: Rev.
Interdiscip. Cult., Campinas, v. 23, n. 30, p. 5-15, jul./dez. 2015.

AULA 13: GASTRONOMIA INTERNACIONAL


Gastronomia aplicada à nutrição clínica

Assuntos da próxima aula:

Aula prática de aplicação da


gastronomia internacional em
nutrição clínica;

Elaboração de preparações
internacionais.

AVANCE PARA FINALIZAR


A APRESENTAÇÃO.
AULA 13: GASTRONOMIA INTERNACIONAL