Você está na página 1de 73

Instrumentação Eletroeletrônica

Prof. Me. Danilo Guia


Instrumentação Eletroeletrônica

CAPÍTULO 4
Medição de pressão, vazão e nível

2
Medição de pressão, vazão e nível
 Medição de pressão é um dos mais importantes
padrão de medida, pois as medidas de vazão, nível
etc. podem ser feitas utilizando-se esse princípio

 Pressão é definida como uma força atuando em


uma unidade de área.

3
Medição de pressão, vazão e nível
 A unidade SI

 O pascal é uma unidade muito pequena, que


equivale à pressão exercida por uma coluna d'água
de altura de 0,1 mm (pressão de uma cédula de
dinheiro sobre uma superfície plana).
 Na prática, usa-se o kilopascal(kPa) e o megapascal
(MPa).

4
Medição de pressão, vazão e nível
 Conversões

5
Medição de pressão, vazão e nível
 Medição de pressão
 Sensor capacitivo
 Sensor de indutância variável
 Sensor de relutância variável
 Sensor piezoresitivo (strain gauge)
 Sensor piezoelétrico

6
Medição de pressão, vazão e nível
 Sensor capacitivo
 O sensor de pressão capacitivo utiliza um diafragma
dielétrico e duas placas metálicas.
 Quando há uma diferença de pressão através do
conjunto, o diafragma se deforma alterando a
distância entre as placas e, consequentemente,
modificando a capacitância do circuito

7
Medição de pressão, vazão e nível
 Sensor capacitivo

 onde
 C é a capacitância
 A é a área das placas
 d é a distância entre as placas, e
 ε é a constante dielétrica

8
Medição de pressão, vazão e nível
 A Figura a seguir, parte (a), mostra os detalhes
construtivos de um sensor de pressão capacitivo.
 A armadura móvel, ao sofrer uma variação de
pressão, altera o valor da capacitância. Isso pode
ser medido através de um circuito eletrônico, o qual
gera um sinal proporcional à pressão aplicada

9
Medição de pressão, vazão e nível
 Sensor capacitivo

10
Medição de pressão, vazão e nível
 Na figura anterior, a parte (b) mostra a foto de um
transmissor eletrônico de pressão capacitivo e a
parte (c) mostra o detalhe de um diafragma sensor.
 O emprego desse tipo de sensor elimina os
problemas de sistemas com alavancas que formam
os sistemas tradicionais, pois se baseia na
deformação das armaduras do capacitor, porém
ficam sujeitos às condições de temperatura do
processo.

11
Medição de pressão, vazão e nível
 Sensores indutivos
 O tipo de transdutor de pressão mais empregado é o
transformador diferencial variável (LDVT).
 O Movimento associado à pressão exercida sobre o
LVDT faz com que o núcleo ferromagnético do LVDT
se movimente proporcionando uma tensão de saída
proporcional à pressão aplicada, permitindo que
esse dispositivo seja utilizado como um transmissor.
Esses sensores podem medir faixa de pressão bem
ampla. No entanto, são sensíveis a vibrações e
campos magnéticos.

12
Medição de pressão, vazão e nível
 O transdutor de indutância variável utiliza uma
bobina primária, uma secundária e um núcleo
magnético que localiza-se entre as duas bobinas. O
núcleo é conectado um sensor de pressão (p.e.
diafragma) e quando ocorre uma variação da
pressão, este núcleo se movimenta e altera o
número de espiras induzidas, variando
consequentemente a voltagem de saída do circuito.

13
Medição de pressão, vazão e nível
 Sensor e transmissor indutivo

14
Medição de pressão, vazão e nível
 Vantagens
 não possui partes móveis (não há atrito entre as partes
móveis);
 possibilita o monitoramento contínuo da pressão;
 consegue indicar uma alteração da pressão com uma
pequena deflexão do diafragma/fole, e tem resposta
linear para pequenos deslocamentos;
 pode medir diferenças de pressão de 0,001 polegadas de
água se um diafragma bem fino e grande é utilizado.

15
Medição de pressão, vazão e nível
 Exemplo: Transdutor Indutivo de Fole

16
Medição de pressão, vazão e nível
 Sensor de relutância variável
 Os transdutores de relutância variável empregam
um diafragma que ao movimentar-se altera a
relutância (intensidade do fluxo do campo
magnético) do circuito magnético e,
consequentemente, a indutância das bobinas,
produzindo uma diferença de potencial.

17
Medição de pressão, vazão e nível
 Exemplo

18
Medição de pressão, vazão e nível
 Vantagens
 tem grande capacidade para suportar choques e
condições severas de vibração mecânica;
 pode operar com grande faixa de sobrecarga, e
 tem alto sinal de saída.

19
Medição de pressão, vazão e nível
 Sensor de pressão piezorresistivo
 Utiliza o strain gauge, muito empregado nas
chamadas células de cargas empregadas sob
condições de flexão, cisalhamento e compressão
dependendo da aplicação.

20
Medição de pressão, vazão e nível
 Baseia-se no princípio de variação da resistência
de um fio, mudando-se as suas dimensões

21
Medição de pressão, vazão e nível
 Exemplo

22
Medição de pressão, vazão e nível
 A Figura anterior mostra uma situação em que o
strain gauge sofre um processo de flexão.
 Uma das extremidades da lâmina é fixada num
ponto de apoio rígido, enquanto a outra é o ponto de
aplicação da força.
 Ao inserir uma pressão no strain gauge, a lâmina
sofre deformação proveniente da força aplicada que,
como consequência, provoca a variação da
resistência.

23
Medição de pressão, vazão e nível
 Exemplos

24
Medição de pressão, vazão e nível
 Exemplos

25
Medição de pressão, vazão e nível
 Sensor de pressão piezoelétrico
 Os sensores piezo- elétricos medem a pressão
através da deformação de cristais piezoelétricos, os
quais geram uma diferença de potencial ou carga
eletrostática quando tencionados/pressionados ao
longo de planos específicos de tensões.

26
Medição de pressão, vazão e nível
 Sensor de pressão piezoelétrico
 São pequenos e de construção robusta, bastante
estável e exata. O sinal de resposta é linear com a
pressão e pode ser em alta frequência. Podem
medir pressões de 1 mbar até mais de 10 kbar.
 Os materias mais utilizados nos cristais são o
quartzo, o sal de rochelle, o ADP (Amônia
Dihidrogenada de fosfato) e o titanto de bário.

27
Medição de pressão, vazão e nível
 A Figura parte (a) mostra o esquema básico do
sensor piezoelétrico. A parte (b) mostra uma foto de
um sensor de pressão piezoelétrico.

28
Medição de pressão, vazão e nível
 Sensor piezoelétrico
 A carga induzida sobre o cristal é proporcional à
força aplicada, e é dada por
 Q=D·P

 onde
 D é a sensibilidade de carga
 P é a pressão aplicada

29
Medição de pressão, vazão e nível
 A tensão E que resulta da aplicação da pressão é
calculada pela equação abaixo, e é a grandeza de
saída do sensor:
 E=G · t · P
 onde
 t é a espessura do cristal
 G é a sensibilidade de tensão
 P é a pressão aplicada

30
Medição de pressão, vazão e nível
 Vantagens
 A principal vantagem dos sensores piezo elétricos é a
boa resposta em frequências até 200 Hz. Por isso são
recomendados para a medição de pressão transiente.
São utilizados em túnel de vento, tubos de choque e
equipamentos sismográficos, onde eventos podem durar
até microsegundos.
 Desvantagens
 São sensíveis à variação de temperatura, a vibração
mecânica e ao ruído externo. São
 inadequados para a medição de pressão estática.

31
Medição de pressão, vazão e nível
 Exemplos

32
Medição de pressão, vazão e nível
 Mais exemplos em:

 http://www.smar.com/brasil/artigo-tecnico/medicao-
de-pressao-caracteristicas-tecnologias-e-tendencias

33
Medição de pressão, vazão e nível
 Exercícios para pesquisar
 1. Cite como a pressão pode ser utilizada para se medir a
grandeza temperatura

 2. O MXP100A da Motorola e o BMP180 da BOSCH são


dois circuitos integrados (CIs) que realizam a medição de
pressão funcionando como barômetros em pequenos
dispositivos digitais como relógios. Qual o tipo de
elemento sensor de pressão é utilizando em cada um
deles?

34
Medição de pressão, vazão e nível
 Exercícios para pesquisar
 3. Explique o princípio de funcionamento de um sensor
de pressão piezoresistivo. Quais os outros dois nomes
que o sensor piezoresistivo pode ter? Qual a função da
ponte de Wheatstone num circuito com um sensor
piezoresistivo?

 4. Explique o princípio de funcionamento de um sensor


de pressão piezoelétrico. Cite dois materiais na natureza
que possuem essa caracterísitica. Qual a função do
circuito eletrônico no uso de um sensor de pressão
piezoelétrico?

 5. O piezoelétrico pode ser utilizado “ao contrário”


também. Explique como é esse uso.

35
Medição de pressão, vazão e nível
 Medição de vazão
 Eletromagnético
 Turbina/ Efeito Hall

36
Medição de pressão, vazão e nível
 Importância dos medidores de vazão
 Nas instalações industriais o transporte de materiais se
dá em grande parte através de tubulações. A medida de
vazão é muito importante para monitoramento de
processos industriais.
 Existem duas formas básicas de medir vazão: quantidade
(massa) e volumétrica (volume). A quantidade
transportada pode ser medida em unidades de volume ou
unidades de massa (litros, m3 ou kg, toneladas). No
entanto, a vazão instantânea é medida em l/m, kg/h e
m3/h.

37
Medição de pressão, vazão e nível
 Medidor de vazão eletromagnético
 A Figura a seguir mostra um medidor
eletromagnético típico. Trata-se de um dos mais
flexíveis e universais métodos de medidas de vazão.
A perda de carga é equivalente a de um trecho reto
de tubulação, pois não apresenta obstrução.
 Apresenta pouca sensibilidade à densidade e à
viscosidade do fluido medido. Esses medidores são
ideais para produtos químicos corrosivos, fluidos
com sólidos em suspensão, lama e água.

38
Medição de pressão, vazão e nível
 Medidor de vazão eletromagnético

39
Medição de pressão, vazão e nível
 As aplicações desse dispositivo compreendem
saneamento, indústrias químicas, papel e celulose,
mineração e alimentícias.
 A desvantagem desse medidor restringe-se à
necessidade do fluido ser condutivo, e às
propriedades magnéticas do mesmo adiciona um
erro de medida.

40
Medição de pressão, vazão e nível
 O princípio de funcionamento do medidor
eletromagnético de vazão é baseado na lei de
Faraday, e assim, o condutor elétrico se move num
campo magnético cortando as linhas de campo
formando uma f.e.m no condutor proporcional a
velocidade do condutor.
 A tensão induzida é diretamente proporcional à
velocidade média do fluxo, a indução magnética B e
a distância entre os eletrodos D (diâmetro nominal
do tubo) que são constantes. Então a f.e.m é função
da velocidade do líquido que é proporcional a vazão.

41
Medição de pressão, vazão e nível
 Medidores de vazão tipo turbina
 A Figura a seguir parte (a) mostra um medidor do
tipo turbina, o qual é constituído por um rotor
montado na tubulação, o qual apresenta aletas que
giram durante a passagem de fluido na tubulação.
 Um sensor de efeito Hall capta a passagem das
hélices da turbina. A frequência dos pulsos gerados
é proporcional à velocidade do fluido, sendo a vazão
determinada pela medida desses pulsos. A parte (b)
da figura mostra uma foto de um transmissor do tipo
turbina.

42
Medição de pressão, vazão e nível
 Figura

43
Medição de pressão, vazão e nível
 Sensores de efeito Hall
 O sensor de Efeito Hall é usado para medir a magnitude
de um campo magnético e consiste de um condutor, o
qual é percorrido por corrente alinhada
perpendicularmente ao campo magnético, como é
mostrado na Figura 1.2.

44
Medição de pressão, vazão e nível
 Sensores de efeito Hall
 Isso produz uma diferença de potencial diretamente
proporcional ao campo magnético e pode ser usado para
medir determinada grandeza.
 Para uma corrente de módulo I e de campo magnético B,
a tensão produzida é definida por V=KHBI, sendo KH a
constante de Hall.
 O condutor do sensor de efeito Hall normalmente é feito
de materiais semicondutores, pois produz uma tensão V
maior

45
Medição de pressão, vazão e nível
 Resumo
 Os medidores de vazão têm ampla aplicação tendo em
vista os inúmeros setores que empregam esses
dispositivos, que vão desde tubulações de esgoto, de
água, petrolíferas entre outras.
 A especificação de um medidor de vazão dependerá de
que tipo de fluido será empregado e das condições gerais
de temperatura, pressão, diâmetro de tubulação, fluido a
ser medido, rangeabilidade, exatidão, facilidade de
manutenção.
 A importância do que será medido deve ser considerada
para que se tenha êxito na aplicação e finalmente, a
relação custo-benefício para decidir, a partir de
informações técnicas, o que será empregado
considerando as restrições impostas.

46
Medição de pressão, vazão e nível
 Medição de nível
 Flutuadores
 Célula de carga
 Capacitância
 Eletrodos

47
Medição de pressão, vazão e nível
 O nível de líquido é, em geral, expresso como uma
medida de comprimento em relação a uma
referência (base de um tanque, por exemplo).

 São várias as técnicas usadas na medição do nível


de líquido: vão desde a visualização direta do nível
de líquido em um tanque com o uso de tubo de vidro
externo (visualizadores), passando pela
determinação da altura do líquido através da
medição da pressão na base de um tanque, até o
uso de ultrassom para determinar a interface do
líquido (ou mesmo entre líquidos)

48
Medição de pressão, vazão e nível
 Exemplos de medição

49
Medição de pressão, vazão e nível
 Medição por flutuadores

50
Medição de pressão, vazão e nível
 Boia Lateral
 São instrumentos utilizados no controle e detecção
de nível de líquidos em tanques ou reservatórios
que requerem posição de montagem lateral, seja
por:
 falta de espaço
 devido ao tanque ser muito alto.

51
Medição de pressão, vazão e nível
 Boia Lateral
 Apresentam fácil instalação, não necessitando de
alimentação elétrica.
 Dispondo de várias opções de conexões ao
processo, versões para áreas classificadas, e
utilizáveis em uma ampla faixa de
temperatura/pressão, estes instrumentos são
soluções de grande versatilidade e confiabilidade.

52
Medição de pressão, vazão e nível
 Boia Lateral
 Podem ser utilizados com diversos materiais como:
 Água,
 Produtos químicos,
 Combustíveis,
 Alimentícios,
 Inflamáveis,
 Outros.

53
Medição de pressão, vazão e nível
 Exemplos

54
Medição de pressão, vazão e nível
 Boia Pêra
 Representam os mais simples instrumentos para o
controle e detecção de nível de líquidos.
 Aliam baixo custo e grande facilidade de instalação.
 Seu microcontato não utiliza mercúrio e o diferencial
pode ser ajustado através de um pequeno
contrapeso

55
Medição de pressão, vazão e nível
 Boia Pêra
 Entre as aplicações típicas encontram-se:
 tanques e fossas de efluentes
 dejetos industriais ou água,
 controle de bombas,
 locais de difícil acesso à montagem de outros tipos de
sensores de nível

56
Medição de pressão, vazão e nível
 Exemplos

57
Medição de pressão, vazão e nível
 Aplicações

58
Medição de pressão, vazão e nível
 Aplicações

59
Medição de pressão, vazão e nível
 Célula de carga
 Se as dimensões do tanque são conhecidas, e é
possível a pesagem do mesmo, esta é uma
alternativa para se obter o nível

60
Medição de pressão, vazão e nível
 Capacitância
 O medidor de nível capacitivo mede as
capacitâncias do capacitor formadas pelo eletrodo
submergido no líquido em relação às paredes do
tanque. O elemento sensor, geralmente, é uma
haste ou cabo flexível de metal, conforme mostra a
Figura a seguir

61
Medição de pressão, vazão e nível
 Capacitância

62
Medição de pressão, vazão e nível
 A medida de nível por capacitância pode ser feita
sem contato. A sonda consiste num disco que é uma
das placas do capacitor e a outra é a superfície do
produto ou a base do tanque.
 Podem ser usados dois tubos concêntricos
mergulhados no tanque, sendo o externo aberto e o
interno fechado. Quanto mais líquido tiver no tubo
externo, maior será o valor da capacitância
 À medida que o nível do tanque aumenta, o valor da
capacitância também aumenta devido ao dielétrico
ar ser substituído pelo líquido. A capacitância é
convertida por um circuito eletrônico numa corrente
elétrica, sendo este sinal indicado num medidor.

63
Medição de pressão, vazão e nível
 A capacitância entre duas placas planas paralelas
deslocadas de uma distância x, como as mostra o
arranjo na figura abaixo, é calculada por:

64
Medição de pressão, vazão e nível
 Esquema

65
Medição de pressão, vazão e nível
 A capacitância é medida através de um circuito em
ponte AC, excitado por um oscilador de alta
frequência (500 kHz a 1,5 MHz).
 Ao variar o nível no interior do vaso, altera-se as
proporções entre o líquido e o vapor. Como a
constante dielétrica da maioria dos líquidos é maior
que a dos vapores as variações de nível se
traduzem em variações (quase) lineares de
capacitância.
 Consequentemente, as sondas capacitivas também
podem ser utilizadas para detectar a interface de
líquidos com constantes dielétricas (K) distintas.

66
Medição de pressão, vazão e nível
 No circuito, C1 representa a
capacitância parasita apresentada,
pelo isolador da soda e é constante.
As capacitâncias C2 e C3
representam os efeitos das
constantes dielétricas das fases de
vapor e líquido, respectivamente. O
valor do resistor R deve ser muito
elevado (tendendo ao infinito) e
representa a resistência efetiva entre
a sonda e as paredes do vaso.
 As condições de pressão e
temperatura determinam o tipo de
isolador da sonda enquanto que as
condições do fluido (corrosivo ou
não) determinam o seu revestimento.
67
Medição de pressão, vazão e nível
 Recomendações
 A composição química e física do material ou alteração
de sua estrutura pode afetar a constante dielétrica. Este
efeito é mais pronunciado nas aplicações com sólidos
onde a granulometria das partículas e o seu volume
específico afetam a constante dielétrica.
 Em aplicações com líquidos condutivos viscosos, é
possível que o material incruste na superfície da sonda.
Em uma redução de nível a camada aderida à superfície
acarreta um erro de medida, já que o instrumento
indicará o nível anterior à redução. Nesse caso utiliza-se
sistema com proteção contra incrustação.

68
Medição de pressão, vazão e nível
 Recomendações
 A presença de bolhas de ar ou espuma na superfície do
líquido pode acarretar indicações falsas.
 A interface entre dois líquidos condutores não pode ser
detectada por esse tipo de medidor.

69
Medição de pressão, vazão e nível
 Exercício
 Um sensor capacitivo é formado por duas placas
planas paralelas. Cada placa tem uma altura w = 0,1
metros e comprimento l = 0,5 metros. A distância d
entre as placas é de 0,1 m. A permeabilidade
relativa do meio dielétrico εr é 1. Dado que a
permeabilidade elétrica do espaço livre é ε0 é 8,854
x 10-12, determine a capacitância do dispositivo. Se a
superposição das placas é reduzida pelo
deslocamento de uma das placas de 50 mm,
determine o novo valor da capacitância.

70
Medição de pressão, vazão e nível
 Resolução
 Sabemos que w = 0,1 m, l = 0,5 m, d = 0,1 m. A área das
placas é A = 0,05 m2.
 A capacitância é então
C = (0,05 x 8,854 x 10-12 x 1) / 0,1 = 4,427 x 10-12 F = 4,427 pF
 Se o comprimento da superposição entre as placas é
reduzido pelo movimento de uma das placas de uma
distância de x = 50 mm, a nova área de superposição é
A = (A - wx) = (0,05 - 0,1 x 0,05) = 0,045 m2.
 O novo valor da capacitância será
C = (0,045 x 8,854 x 10-12 x 1) / 0,1 = 3,984 x 10-12 F = 3,984 pF.

71
Medição de pressão, vazão e nível
 Seminário

 Divisão em 4 grupos
 Explicar: técnica, aplicações, fotos, datasheets ou
manuais dos sensores que utilizem tal técnica

 A - Pesquise sobre medição de nível via medição de


pressão diferencial
 B - Pesquise sobre medição de nível via ultrassom
 C - Pesquise sobre medição de nível via radiação
 D - Pesquise sobre medição de nível via radar

72
Medição de pressão, vazão e nível
 Medição de nível por eletrodos
 Nos líquidos que conduzem eletricidade, podemos
mergulhar eletrodos metálicos de comprimento diferente.
Quando houver condução entre os eletrodos teremos a
indicação de que o nível atingiu a altura do último
eletrodo alcançado pelo líquido

73

Você também pode gostar