Você está na página 1de 11

1

INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO TRABALHOS ACADÊMICOS – NORMA


BRASILEIRA- Material atualizado em 02 de abril 2008( todas as normas citadas neste
material estão em vigência)

ABNT NBR 14724: 2005

Objetivo: Esta Norma especifica os princípios gerais para a elaboração de trabalhos


acadêmicos(teses,dissertações e outros),visando sua apresentação à instituição(banca, comissão
examinadora de professores, especialistas designados e/ou outros).
Esta Norma aplica-se, no que couber, aos trabalhos intra e extraclasse da graduação.

As Normas relacionadas a seguir contêm disposições que, ao serem citadas neste texto
constituem prescrições para esta Norma.

ABNT NBR 6023: 2002


ABNT NBR 6024:1989
ABNT NBR 6027:1989
ABNT NBR 6028:1990
ABNT NBR 6034:1989
ABNT NBR 10520:2002
ABNT NBR 12225:1992
IBGE. Normas de apresentação tabular. 1993

TRABALHO CIENTÍFICO – TRABALHOS ACADÊMICOS

DEFINIÇÃO:
Trabalhos acadêmicos – similares (trabalho de conclusão de curso- TCC, trabalho de graduação
interdisciplinar- TGI, trabalho de conclusão de curso de especialização e/ou aperfeiçoamento e
outros): Documento que representa o resultado de estudo,devendo expressar conhecimento do
assunto escolhido, que deve ser obrigatoriamente emanado da disciplina, módulo, estudo
independente, curso, programa e outros ministrados. Deve ser feito sob a coordenação de um
orientador.

1. ESTRUTURA

A norma nº 6023, da ABNT, a estrutura do trabalho é dividida:

1.1 Pré-texto: Elementos (pré-textuais) que antecedem o texto com informações que ajudam na
identificação e utilização do trabalho.

1.2 Texto: (Elementos textuais), parte do trabalho em que é exposta a matéria. Abrange três
partes: Introdução, corpo do trabalho (desenvolvimento) e conclusão.

1.3 Pós-texto: Elementos (pós-textuais) que complementam o trabalho. Corresponde à última


parte da estrutura do trabalho científico, contém as referências e o anexo.
2
DISPOSIÇÃO DE ELEMENTOS

ESTRUTURA ELEMENTO SEÇÃO


Capa (obrigatório) 1.1.1
Lombada (opcional) 1.1.2
Folha de rosto (obrigatório) 1.1.3
Errata (opcional) 1.1.4
Folha de aprovação (obrigatório) 1.1.5
Dedicatória(s) (opcional) 1.1.6
Agradecimento(s) (opcional) 1.1.7
1.1 Pré - textuais Epígrafe (opcional) 1.1.8
Resumo na língua vernácula (obrigatório) 1.1.9
Resumo em língua estrangeira (obrigatório) 1.1.10
Lista de ilustrações (opcional) 1.1.11
Lista de tabelas (opcional) 1.1.12
Lista de abreviaturas e siglas (opcional) 1.1.13
Lista de símbolos (opcional) 1.1.14
Sumário (obrigatório) 1.1.15

Introdução 1.2.1
1.2 Textuais Desenvolvimento 1.2.2
Conclusão 1.2.3

Referências (Obrigatório) 1.3.1


Glossário (opcional) 1.3.2
1.3 Pós-textuais Apêndice (Opcional) 1.3.3
Anexo(s) (Opcional) 1.3.4
Índice(s) (opcional) 1.3.5

1.1 ELEMENTOS PRÉ - TEXTUAIS

1.1.1 CAPA

Elemento obrigatório
É o primeiro elemento informativo de um trabalho científico. É, também, a proteção externa do
trabalho. Na capa as informações são transcritas na seguinte ordem a instituição, nome do autor,
o título do trabalho, subtítulo (se houver), número de volumes (se houver mais de um), o local
(cidade) da cidade onde será apresentado e o ano (da entrega).

1.1.2 LOMBADA

Elemento opcional
As informações devem ser impressas conforme a NBR 12225, ou seja: o nome do autor,
impresso longitudinalmente e legível do alto para o pé da lombada, possibilitando a leitura
quando o trabalho está no sentido horizontal, com a face voltada para cima; o título do trabalho é
impresso da mesma forma que o nome do autor; elementos alfanuméricos de identificação, por
exemplo: v.2.
3
(3 cm)
Modelo de capa
A margem não deverá aparecer no trabalho !
CENTRO UNIVERSITÁRIO DE JARAGUÁ DO SUL – UNERJ
NOME DOS ACADÊMICOS

TÍTULO DO TRABALHO

(3 cm) (2 cm)

Jaraguá do Sul
Ano

(2 cm)
4
1.1.3 FOLHA DE ROSTO : (Página de rosto)

Elemento Obrigatório
Segundo a NBR 14724, a folha de rosto é “folha que contém os elementos essenciais à
identificação do trabalho”.
No seu anverso devem figurar na seguinte ordem:
a) nome do autor (responsável intelectual do trabalho);
b) título principal do trabalho (deve ser claro e preciso, identificando o seu conteúdo e
possibilitando a indexação e recuperação da informação);
c) subtítulo (se houver mais de um, deve ser evidenciada a sua subordinação ao título
principal, precedido de dois-pontos;
d) número de volumes;
e) natureza (tese, dissertação, trabalho de conclusão de curso, trabalho de conclusão de
curso de especialização e/ou aperfeiçoamento) e objetivo (aprovação em disciplina, grau
pretendido e outros); nome da instituição a que é submetido; área de concentração;
f) nome do orientador e, se houver, do co-orientador;
g) local (cidade) da instituição onde deve ser apresentado;
h) ano de depósito (da entrega).

O verso da folha de rosto deve conter a ficha catalográfica, conforme o Código de Catalogação
Anglo-Americano vigente. A ficha catalográfica é elaborada pela bibliotecária.

1.1.4 ERRATA:

Elemento opcional
Lista de páginas e linhas em que os erros ocorrem, seguidas das devidas correções. Por se tratar
de um elemento opcional, nem todos os trabalhos trazem erratas, caso haja deverá ser inserida
antes da página de rosto.
Exemplo:

ERRATA

Folha Linha Onde se lê Leia-se

15 7 pequisa pesquisa
(3cm) 5
Modelo de Folha de Rosto:

NOME DO ACADÊMICO

TÍTULO DO TRABALHO

(3cm) (2cm)
2 espaços

Trabalho de conclusão da disciplina de


(Usar espaço simples) Metodologia Científica do curso de
_______________________do Centro
Universitário de Jaraguá do Sul-
UNERJ.

Orientador: Prof. Nome ....

Jaraguá do Sul
Ano

(2cm)
6
1.1.5 FOLHA DE APROVAÇÃO

Elemento obrigatório. Colocado logo após a folha de rosto, constituído pelo nome do autor do
trabalho, título do trabalho e subtítulo (se houver), natureza, objetivo, nome da instituição a que
é submetido, área de concentração, data de aprovação, nome, titulação e assinatura dos
componentes da banca examinadora e instituições a que pertencem. A data de aprovação e
assinaturas dos membros componentes da banca examinadora são colocadas após a aprovação do
trabalho.

1.1.6 DEDICATÓRIA(S)

Elemento opcional, colocado após a folha de aprovação. De acordo com a NBR 14724, “folha
onde o autor presta homenagem ou dedica seu trabalho”.

1.1.7 AGRADECIMENTO(S)

Elemento opcional, colocado após a dedicatória. Conforme a NBR 14724, “folha onde o autor
faz agradecimentos dirigidos àqueles que contribuíram de maneira relevante à elaboração do
trabalho”.

1.1.8 EPIGRAFE

Elemento opcional, colocado após os agradecimentos. Podem também constar epígrafes nas
folhas de abertura das seções primárias.

1.1.9 RESUMO NA LÍNGUA VERNÁCULA

Segundo a NBR 14724, é “Elemento obrigatório, constituído de uma seqüência de frases


concisas e objetivas e não de uma simples enumeração de tópicos, não ultrapassando 500
palavras, seguido, logo abaixo, das palavras representativas do conteúdo do trabalho, isto é,
palavras-chave e/ou descritores, conforme a NBR 6028.”
Com base na NBR 6028, pode-se afirmar que o resumo apropriado aos trabalhos de conclusão de
curso de especialização é o “resumo informativo”. Este informa suficientemente ao leitor, para
que este possa decidir sobre a conveniência da leitura do texto inteiro. Expõe finalidades,
metodologia, resultados e conclusões. A mesma norma recomenda que para monografias o
resumo tenha extensão de até 250 palavras.

1.1.10 RESUMO EM LÍNGUA ESTRANGEIRA

De acordo com a NBR 14724, este é “Elemento obrigatório, com as mesmas características do
resumo em língua vernácula, digitado ou datilografado em folha separada (em inglês, Abstract,
em espanhol Resumen, em francês Résumé, por exemplo). Deve ser seguido das palavras
representativas do conteúdo do trabalho, isto é, palavras-chave e/ou descritores, na língua.

1.1.11 LISTAS DE ILUSTRAÇÕES

Elemento opcional, que deve ser elaborado de acordo com a ordem apresentada no texto, com
cada item designado por seu nome específico, acompanhado do respectivo número da página.
Quando necessário, recomenda-se a elaboração de lista própria para cada tipo de
7
ilustração(desenhos, esquemas, fluxogramas, fotografias, gráficos, mapas, organogramas,
plantas,quadros, retratos, e outros).

1.1.12 LISTA DE TABELAS

Elemento opcional, elaborado de acordo com a ordem apresentada no texto, com cada item
designado por seu nome específico, acompanhado do respectivo número de página.

1.1.13 LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS

Elemento opcional, que consiste na relação alfabética das abreviaturas e siglas utilizadas no
texto, seguidas das palavras ou expressões correspondentes grafadas por extenso. Recomenda-se
a elaboração de lista própria para cada tipo.

1.1.14 LISTA DE SIMBOLOS

Elemento opcional, que deve ser elaborado de acordo com a ordem apresentada no texto, com o
devido significado.

1.1.15 SUMÁRIO

Elemento obrigatório “Enumeração das principais divisões, seções e outras partes do trabalho,
na mesma ordem e grafia em que a matéria nele se sucede.” Conforme a mesma NBR 14724, as
partes são acompanhadas do(s) respectivo(s) número(s) da(s) página(s). Havendo mais de um
volume, em cada um deve constar o sumário completo do trabalho, conforma a NBR 6027.”
Quanto à numeração progressiva das seções de um documento, necessária para aplicação da
NBR 6027 que trata do Sumário, é dada pela NBR 6024.

1.2 ELEMENTOS TEXTUAIS


Os elementos textuais são Introdução, Desenvolvimento e Conclusão.

1.2.1 INTRODUÇÃO:Os elementos textuais iniciam com a Introdução. Segundo a NBR


14724, a introdução é “parte inicial do texto, onde devem constar a delimitação do assunto
tratado, objetivos da pesquisa e outros elementos necessários para situar o tema do trabalho”. Na
introdução deve estar claro (para quem estiver lendo entenda) o assunto tratado no trabalho. É a
parte do texto na qual deve constar a formulação e a delimitação do assunto e os objetivos da
pesquisa. Para redigir a INTRODUÇÃO deve-se usar folha separada e, como sugestão, embora
seja parte inicial do trabalho, devemos escrever a versão definitiva após o término, momento em
que podemos ter uma visão melhor do conjunto.

1.2.2 DESENVOLVIMENTO (CORPO DO TRABALHO) “Parte principal do texto, que


contém a exposição ordenada e pormenorizada do assunto. Divide-se em seções e subseções, que
variam em função da abordagem do tema e do método.” Conforme a NBR 6024, as seções
primárias são as principais divisões do texto de um documento, denominadas “capítulos”. As
seções primárias podem ser divididas em seções secundárias; as secundárias, em terciárias; as
terciárias, em quaternárias, e assim por diante.” É a parte mais extensa, dividindo-se em
capítulos, partes, seções e subseções, com suas respectivas numerações. Muitas vezes
encontramos dificuldades em o que colocar e como organizar esta parte do trabalho. Geralmente,
comporta várias idéias, porém, os capítulos ou as partes devem obedecer a uma ordem crescente
de valores (idéia principal, idéia secundária...) Neste espaço estaremos discutindo as etapas do
8
trabalho, seu desenvolvimento. Poderemos incluir tabelas, fotos, gráficos estatísticos e demais
itens que complementam o trabalho.

1.2.3 CONCLUSÃO: Deve ser fundamentada em deduções lógicas e corresponder aos objetivos
do trabalho. Dedica-se a última parte do texto (uma nova página) para a conclusão. O título
deverá estar centralizado na página e redigido em letras maiúsculas. A conclusão é o arremate
final. Deve ser clara, objetiva, redigida com base nos resultados obtidos.

1.3 ELEMENTOS PÓS-TEXTUAIS

1.3.1 REFERÊNCIAS

Elemento obrigatório, elaborado conforme a ABNT NBR 6023.

1.3.2 GLOSSÁRIO

Elemento opcional, elaborado em ordem alfabética.

1.3.3 APÊNDICE (S)

Elemento opcional. O(s) apêndice(s) são identificado(s) por letras maiúsculas consecutivas,
travessão e pelos respectivos títulos. Excepcionalmente utilizam-se letras maiúsculas dobradas,
na identificação dos apêndices, quando esgotadas as 23 letras do alfabeto.
Exemplo:

APÊNDICE A – Análise do processo......

1.3.4 ANEXO (S)

Elemento opcional. O(s) anexo(s) são identificado(s) por letras maiúsculas consecutivas,
travessão e pelos respectivos títulos. Excepcionalmente utilizam-se letras maiúsculas dobradas,
na identificação dos apêndices, quando esgotadas as 23 letras do alfabeto.
Exemplo:

ANEXO A – Representação gráfica dos elementos .....

1.3.5 ÍNDICE

Elemento opcional, elaborado conforme a ABNT NBR 6034.

2 REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO

2.1 Margem: “As folhas devem apresentar margem esquerda e superior de 3cm; direita e
inferior de 2cm” (NBR 14724). Então, a folha utilizada deverá obedecer às seguintes medidas: 3
centímetros na parte superior, 2 centímetros na parte inferior, 3 centímetros no lado esquerdo e 2
centímetros no lado direito (tendo como referência a pessoa que escreve).

As páginas deverão estar numeradas seqüencialmente. A numeração começa a partir da


Introdução, no canto superior direito da folha, a 2 centímetros da margem, e em algarismos
arábicos.Todas as páginas do trabalho devem ser contadas, porém somente a partir da Introdução
numeradas.
9
2.2 Espacejamento

Todo o texto deve ser digitado ou datilografado, com espaço 1,5 (entrelinha / espaço entre
linhas). Excetuando-se as citações de mais de três linhas, notas de rodapé, referências, legendas
das ilustrações e das tabelas, ficha catalográfica, natureza do trabalho, objetivo, nome da
instituição a que é submetida e área de concentração, que devem ser digitados ou datilografados
em espaço simples. As referências, ao final do trabalho, devem ser separadas entre si por dois
espaços simples.
Os títulos das seções devem começar na parte superior da mancha (início do espaço destinado ao
texto) e ser separados do texto que os sucede por dois espaços 1,5, entrelinhas. Da mesma forma,
os títulos das subseções devem ser separados do texto que os precede e que os sucede por dois
espaços 1,5.
Na folha de rosto e na folha de aprovação, a natureza do trabalho, objetivo, o nome da instituição
a que é submetido e a área de concentração devem ser alinhados do meio da manha para a
margem direita.

2.3 A digitação do trabalho:

Os trabalhos devem ser apresentados em papel branco, de boa qualidade (gramatura 75g ou 90g),
formato A4 (210 mm X 297 mm), digitados na cor preta, com exceção das ilustrações, em uma
só face (ou seja, no anverso das folhas).
De acordo com a NBR 14724, “Recomenda-se, para digitação, a utilização de fonte tamanho 12
para o texto e tamanho menor para citações de mais de três linhas, notas de rodapé, paginação e
legendas das ilustrações e tabelas. [...] para citações de mais de três linhas, deve-se observar
apenas o recuo de 4cm da margem esquerda.” Convencionamos, com base na norma
apresentada, que os elementos do texto que devem ser apresentados em “tamanho menor”
utilizem a fonte tamanho 10.
Recomenda-se usar fonte 12 para o texto e 10 para as citações recuadas e notas de rodapé.

2.3.1 Alinhamento: justificado, para o trabalho, com exceção das notas e referências.

2.4 Notas de rodapé

As notas de rodapé devem ser digitadas ou datilografadas dentro das margens, ficando separadas
do texto por um espaço simples de entrelinhas e por filete de 3cm, a partir da margem esquerda.

2.5 Indicativos de seção

O indicativo numérico de uma seção precede seu título, alinhado à esquerda, separado por um
espaço de caractere.

2.6 Títulos sem indicativo numérico

Os títulos sem indicativo numérico: errata, agradecimentos, lista de ilustrações, lista de


abreviaturas e siglas, listas de símbolos, resumos, sumário, referências, glossário, apêndice(s),
anexo(s) e índice(s)- DEVEM SER CENTRALIZADOS

2.7 Elementos sem título e sem indicativo numérico

Fazem parte desses elementos a folha de aprovação, a dedicatória e a epígrafe.


10
2.8 Paginação

De acordo com a NBR 14724, todas as folhas do trabalho, a partir da folha de rosto, devem
ser contadas seqüencialmente, mas não numeradas. A numeração é colocada a partir da
primeira folha da parte textual em algarismos arábicos, no canto superior direito da folha, a
2cm da borda superior, ficando o último algarismo a 2cm da borda direita da folha. Ou seja,
a começar da Introdução inicia-se a numeração com os números arábicos, seguindo a partir
daí consecutivamente.
Obs.: Para efeito estético, os números das páginas iniciais da Introdução, de cada capítulo e
da Conclusão são omitidos (não aparecem). As referências seguem a numeração da parte
textual.
Existindo apêndice e anexo, as suas folhas devem ser numeradas de maneira contínua e sua
paginação deve dar seguinte à do texto principal.

2.9 Numeração progressiva

Para evidenciar a sistematização do conteúdo do trabalho, deve-se adotar a numeração


progressiva para as seções do texto. Os títulos das seções primárias, por serem as principais
divisões de um texto, devem iniciar em folha distinta alinhado à esquerda, separado por um
espaço de caractere. Destacam-se gradativamente os títulos das seções, utilizando-se os
recursos de negrito, itálico ou grifo e redondo, caixa alta ou versal, e outro, conforme a
ABNT NBR 6024, no sumário e de forma idêntica, no texto. O título das seções (primárias,
secundárias etc.) deve ser colocado após sua numeração, dele separado por um espaço. O
texto deve iniciar-se em outra linha.

2.10 Citações: A citação é uma menção, no texto, de uma informação colhida em outra
fonte. Poder ser uma transcrição ou paráfrase, direta ou indireta, de fonte escrita ou oral. A
transcrição é a reprodução fiel das próprias palavras do texto citado. Já a paráfrase é uma
citação livre do texto, incorporando elementos textuais da redação de quem está redigindo.
As citações textuais longas (mais de três linhas) devem constituir um parágrafo
independente, recuado a 4cm da margem esquerda ou 12 toques da margem esquerda, como
recomenda a NBR 12256. Como já explicitado, a citação deverá ser digitada em espaço
simples. As citações de até 3 linhas, chamadas curtas ou pequenas, são inseridas no próprio
texto entre aspas.

Todas as citações devem ser referenciadas, ou seja, todos os autores e obras citadas
devem obrigatoriamente aparecer na lista de referências. Maiores informações material
específico sobre “Citações”.

2.11 Siglas

Quando aparece pela primeira vez no texto, a forma completa do nome precede a sigla,
colocada entre parênteses.

Exemplo: Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT)

2.12 Equações e fórmulas

Para facilitar a leitura, devem ser destacadas no texto e, se necessário, numeradas com
algarismos arábicos entre parênteses, alinhados à direita. Na seqüência normal do texto, é
11
permitido o uso de uma entrelinha maior que comporte seus elementos(expoentes, índices
e outros).

Exemplo:

x² + y² = z² ...(1)

2.13 Ilustrações

Qualquer que seja o seu tipo( desenhos, esquemas, fluxogramas, fotografias, gráficos, mapas,
organogramas, plantas, quadros, retratos, e outros) sua identificação aparece na parte
inferior, precedida da palavra designativa, seguida de seu número de ordem de ocorrência no
texto, em algarismos arábicos, do respectivo título e/ou agenda explicativa de forma breve e
clara, dispensando consulta ao texto, e da fonte. A ilustração deve ser inserida o mais
próximo possível do trecho a que se refere, conforme o projeto gráfico.

2.14 Tabelas

As tabelas apresentam informações tratadas estatisticamente, conforme IBGE(1993)

2.15 Referências: De acordo com a NBR 6023, referência é “conjunto padronizado de


elementos descritivos retirados de um documento, que permite sua identificação individual.”
Ou seja, é a representação dos documentos efetivamente citados no trabalho. A referência é
constituída de elementos essenciais (autor, título, edição, local, editora e data de publicação)
e, quando necessário, acrescida de elementos complementares (Tradutor, ISBN, Coleção
etc).
As referências são alinhadas somente à margem esquerda do texto e de forma a se identificar
individualmente cada documento, em espaço simples, e separadas entre si por espaço duplo.
As referências no final do trabalho devem ser listadas por ordem alfabética.
Consultar manual específico sobre Referências.